VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Dirceu: Já vivemos um governo militar, com inspetoria das PMs ativa e ditadura construída por dentro; vídeo
Twitter PMRJ/Via Fotos Públicas
Você escreve

Dirceu: Já vivemos um governo militar, com inspetoria das PMs ativa e ditadura construída por dentro; vídeo


29/06/2020 - 13h14

Da Redação

O ex-ministro José Dirceu disse às entrevistadoras Carla Kunze e Suyanne Correia Mendes, da Rede Liberdade, que o Brasil já vive um governo militar e que a ditadura está sendo construída por dentro.

De acordo com o estrategista do PT, foi a ação da mídia, do Congresso e do STF que impediu Jair Bolsonaro de governar por decreto, impondo uma agenda de extrema-direita.

Porém, Dirceu enxerga Bolsonaro apenas como marionete dos militares, que ocupam todos os altos cargos com assento no Palácio do Planalto.

Ele diz que sob a influência do ex-ministro do Exército Eduardo Villas Boas e do general Augusto Heleno, que ocupa o Gabienete de Segurança Institucional, os militares estão redesenhando o governo, inclusive a Inspetoria das Polícias Militares — através da qual as PMs estaduais prestam contas diretamente ao estamento militar federal.

Na entrevista, no entanto, Dirceu notou que desde a volta das eleições pós ditadura, em 1989, os candidatos à esquerda atingem ao menos 45% dos votos, razão pela qual o petista enxerga capacidade de resistência da sociedade civil.

No topo, trecho da entrevista de José Dirceu.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Nelson

01 de julho de 2020 às 13h16

A ditadura está sendo institucionalizada por meio de projetos de lei que tramitam com êxito no Congresso Nacional.

Criação de forças policiais/militares clandestinas para, supostamente, combater o terrorismo, que poderão “atirar antes e perguntar depois” e autorização para que o “aparato de segurança” possa vasculhar o conteúdo das redes sociais, são duas das medidas previstas nesses projetos.

É claro que o objetivo real é outro. É a repressão ao protesto popular e o ataque frontal, que poderia ser feito dentro da lei, aos movimentos sociais de esquerda.

Movimentos sociais que não poderão ficar estáticos diante do atroz aprofundamento da pobreza e da miséria do povo brasileiro, que virá como resultado do desmantelamento e destruição das estruturas do país, previstos pelos planejadores do golpe de Estado de 2016.

Na verdade, estão implantando, por dentro das instituições, com a complacência, infelizmente, de muita gente que se diz de esquerda, o que já está sendo chamado de “Patriot Act Tabajara”.

Ditadura institucionalizada de forma sutil. O melhor dos mundos, segundo Henry Kissinger. Se não estou enganado, foi ele que recomendou que o poder deve ser sentido mas não deve ser notado.

Assim, haveria alguma razão para que o Sistema de Poder que domina os Estados Unidos, mentor e organizador do golpe de 2016, quisesse ou aceitasse um outro golpe, desta vez sob a batuta de Bolsonaro e a cambada de militates entreguistas que está com ele no governo?

Responder

Zé Maria

30 de junho de 2020 às 13h27

PMs estão nas Páginas Policiais dos Jornais,
como Bandidos, não mais como Policiais …

Preso no RJ suspeito que herdou Comando
do Grupo do ex-Capitão Adriano Nóbrega

Matador foi surpreendido pelos Agentes
dormindo numa Casa de Dois Andares,
num Condomínio de Classe Média, onde
morava na Vila Valqueire, na Zona Norte

| Reportagem: Vera Araújo e Chico Otávio | Extra | 30/6/2020 |

Meses antes de ser morto, em 9 de fevereiro deste ano, em Esplanada,
no interior da Bahia, o ex-capitão do Batalhão de Operações Especiais (BOPE)
da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro, Adriano Magalhães da Nóbrega,
criador do Grupo de Matadores de Aluguel (*), resolveu se dedicar mais à exploração
da Milícia de Rio das Pedras e da Muzema, no Itanhangá, Zona Oeste do Rio. (**)
Para isso, ele passou a chefia do bando – que já foi suspeito das mortes da
vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes – para as mãos
de Leonardo Gouvea da Silva, o Mad, seu amigo de infância e, portanto, de total
confiança do ex-PM, conforme apontam investigações da Polícia Civil e do
Ministério Público do Rio de Janeiro.

Mad foi preso na manhã desta terça-feira (30/6).
Ele estava dormindo quando foi surpreendido pelos agentes.

O Suspeito mora numa Casa de Dois Andares
num Condomínio de Classe Média na Vila Valqueire,
na Zona Norte do Rio.

Ao receber a chefia do grupo de pistoleiros de Adriano,
Mad, de acordo com as investigações, ficou encarregado
de arregimentar mais ex-Policiais [!!!] para o Grupo
e a negociar “encomendas” com chefes da contravenção
– ramo em que o ex-capitão vinha atuando ativamente.

Depois de passar o posto, o ex-Oficial do Bope
virou ‘conselheiro’ da Facção de Pistoleiros de Aluguel.
Suas decisões, porém, continuaram sendo seguidas à risca.

Além de Mad, outros suspeitos tiveram mandados de prisão
expedidos pela Justiça:
o irmão dele, Leandro Gouvea da Silva, o Tonhão; e
os ex-PMs João Luiz da Silva, o Gago,
Anderson de Souza Oliveira, o Mugão,
e Gurgel.
Também há um PM da reserva conhecido como Janjão,
com atuação na Milícia do Morro do Fubá, em Campinho,
na Zona Norte do Rio.

Tonhão também é, de acordo com a polícia e o MP,
remanescente do Núcleo de Adriano
e é considerado braço direito de Mad.
Ele, Adriano e Mad jogavam bola em Quintino,
também na Zona Norte, quando eram crianças,
informaram os investigadores.
O campo de futebol era administrado
pelo pai dos dois irmãos, um ex-policial civil.

(*) Segundo o Delegado, o Grupo era contratado para executar friamente.
O Valor da Morte por Encomenda dependia da Dificuldade do “Serviço”.
Eles cobravam de R$ 1 Milhão a R$ 1,5 Milhão — afirmou o Titular da DH.

(**) https://pt.wikipedia.org/wiki/Itanhang%C3%A1_(Rio_de_Janeiro)
https://pt.wikipedia.org/wiki/Itanhang%C3%A1_(Rio_de_Janeiro)#Comunidades
https://pt.wikipedia.org/wiki/Regi%C3%B5es_administrativas_da_cidade_do_Rio_de_Janeiro#Quantifica%C3%A7%C3%B5es_de_regi%C3%B5es_administrativas

https://extra.globo.com/casos-de-policia/suspeito-preso-herdou-comando-de-grupo-do-ex-capitao-adriano-seu-amigo-de-infancia-dizem-policia-mp-24506835.html

‘Bandido Bom é Bandido que Mora em Mansão
de Dois Andares em Bairro de Classe Média’ …

Responder

Zé Maria

30 de junho de 2020 às 11h46

Ganha uma “MP5 9mm” quem apresentar
uma Tese demonstrando a Diferença entre
“Escritório do Ódio” e “Escritório do Crime”.

Responder

a.ali

29 de junho de 2020 às 23h10

se TODOS tivessem a visão do dirceu…

Responder

Mercedes Lemos da Silva

29 de junho de 2020 às 21h21

Amo as matérias

Responder

Zé Maria

29 de junho de 2020 às 20h23

A Degradação Moral das Forças Armadas

Já teve Cocaina em Avião Presidencial
e agora esta:

“Uma sequência de ‘erros grosseiros’ cometida por altos militares do Exército causou um prejuízo de R$ 273 milhões ao Exército.
E os responsáveis estão a um passo de serem inocentados pelo Tribunal de Contas da União.”
https://interc.pt/31iOjM4

https://twitter.com/TheInterceptBr/status/1277572774802800641

Responder

Henrique Martins

29 de junho de 2020 às 17h42

ONLY PEOPLE – John Lennon

Somente as pessoas sabem exatamente como falar com as pessoas
Somente as pessoas sabem exatamente como mudar o mundo
Somente as pessoas percebem o poder do povo
Bem, um milhão de cabeças pensam melhor que uma
Então vamos lá, vamos lá!

Bem, eu sei como nós tentamos e as milhões de lágrimas que nós choramos
Agora somos mais espertos. Já estivemos nesta viagem
E não podemos ser negados com mulher e homem lado a lado

Não se engane, é o nosso futuro que estamos fazendo
Asse o bolo e o coma também
Nós não queremos nenhum irmão porco na cena!

Pescando ou cortando isca
É o nosso futuro que estamos fazendo
Todos juntos agora – puxe a corrente
Não queremos nenhum irmão porco na cena
(…)

Bem, já passou a muito a hora
Não há nada melhor a fazer
Agora somos mais espertos
Podemos voar direto por cima
Não há nada neste mundo que não possamos fazer
(…)
Fonte: m.letras.mus.br

Valeu John!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!