VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Datafolha: Dilma bateria Joaquim Barbosa por 44% a 15%


30/11/2013 - 17h32

 

30/11/2013 – 17h00
Dilma cresce e oposição encolhe, aponta Datafolha

FERNANDO RODRIGUES, na Folha

De junho para cá, os pré-candidatos a presidente fizeram o possível para recuperar a popularidade perdida por causa do abalo provocado pelas manifestações de rua em todo país. Por enquanto, só a presidente Dilma Rousseff segue em trajetória ascendente. A oposição oscila entre bons e maus momentos, e agora encolheu um pouco mais, segundo o Datafolha.

Dilma ou seu antecessor, Luiz Inácio Lula da Silva, ambos do PT, lideram a corrida presidencial em todos os cenários mais prováveis para 2014 — o Datafolha testou nove combinações de nomes.

A presidente pontua de 41% a 47%, dependendo de quem são seus adversários. Lula oscila de 52% a 56%.

O Datafolha entrevistou 4.557 pessoas em 194 municípios na quinta e na sexta-feira. A margem de erro máxima é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Apesar do conforto momentâneo que oferecem a Dilma, os eleitores emitem um sinal contraditório para a petista. Dois terços dizem preferir que “a maior parte das ações do próximo presidente seja diferente” das adotadas por ela.

Entre todas as simulações com os nomes dos pré-candidatos, o cenário que parece mais provável hoje é também aquele em que Dilma está mais bem colocada. Ela tem 47% contra 19% de Aécio Neves (PSDB) e 11% de Eduardo Campos (PSB). Em outubro, ela pontuava 42%. O tucano tinha 21% e o socialista, 15%.

Nesse cenário, o percentual de eleitores que vota em branco, nulo ou que se diz indeciso ficou inalterado em 23%, de outubro até agora. Ou seja, a petista cresceu extraindo votos dos dois adversários diretos nesse período. Ganharia no primeiro turno.

A presidente só não venceria hoje a eleição na primeira votação nos cenários em que Marina Silva aparece como candidata. Ocorre que a ex-senadora se filiou ao PSB e não é certo que vá concorrer como cabeça de chapa nas eleições do ano que vem.

Numa das simulações, a petista fica com 41% contra 43% dos outros dois adversários somados (Marina registra 24% e José Serra 19%). Mas Dilma está se recuperando. Em outubro, tinha 37%, contra 28% de Marina e 20% de Serra.

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, testado num dos cenários, aparece com 15%, numericamente em segundo lugar. Dilma, com 44%, venceria no primeiro turno. Aécio teria 14%. Campos, 9%.

Diferentemente de Dilma, o ex-presidente Lula venceria a disputa no primeiro turno nos quatro cenários em que seu nome aparece — inclusive contra Marina e Serra.

PS do Viomundo: A pressão sobre Barbosa para que ele saia candidato vai se multiplicar. É a melhor chance de garantir um segundo turno.

Leia também:

Barbosa passou dos limites em seu desejo de vingança





89 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Eduardo

03 de dezembro de 2013 às 17h43

Do 15% do Barbosa, 1% é de brincalhões gozadores, 1% é de revoltados com a própria existência e 13% é de gente que votaria no Aécio, Serra ,Caiado,Roberto Jefferson, Demóstenes Torres,Bolsonaro,Perilo, Roberto Freire, Gabeira e suas adjacências.

Responder

Pitagoras

02 de dezembro de 2013 às 00h23

Gostaria de ver o senador Randolfe deslanchar. Caso não decole, que Dilma passe o rolo compressor sem piedade nestes golpistas desconsolados.

Responder

Herminio

01 de dezembro de 2013 às 22h50

podem chamar até o fute, que Dilma e Lula põe pra correr de volta pro inferno e de quebra ele leva os outros a tiracolo.

Responder

FrancoAtirador

01 de dezembro de 2013 às 22h39

.
.
Se o Enéas ainda estivesse vivo,

hoje, seria o principal candidato

da Mídia Bandida DemoTucanalha.
.
.

Responder

Jose Renato

01 de dezembro de 2013 às 15h40

Dado que apenas 20% da populacao conhece o Barbosa o indice dele esta otimo, o mesmo digo do Aecio, poucos o conhecem. A Dilma tem que abrir o olho : Manifestacoes no periodo da copa, vai ter que responder varias contradicoes como as privatizacoes e sem rede de radio e televisao!!!

Responder

oziel f. albuquerque

01 de dezembro de 2013 às 15h37

Com esta pesquisa em que a Dilma galha no primeiro turno, a extra direita vai mudar a tatica. mesmo porque, a prisao do Dirceu e Genuino nao deu certo, eles vao mandar prender o Lula e a Dilma.

Responder

    Bonifa

    01 de dezembro de 2013 às 20h17

    Se pudessem, já teriam feito.

lulipe

01 de dezembro de 2013 às 14h49

Segundo o mesmo Data Folha, 87% dos petistas apoiam a prisão dos mensaleiros.Voltando ao Barbosão seu índice na pesquisa surpreende para alguém que não é político, já afirmou que não será candidato e ainda é pouco conhecido do povão.Já estar deixando muito petista preocupado…

Responder

    lulipe

    01 de dezembro de 2013 às 15h34

    Onde se lê “estar” leia-se está….

    Bonifa

    01 de dezembro de 2013 às 20h16

    Exatamente, surpreende. Quem não sabia.

Bacellar

01 de dezembro de 2013 às 13h33

Mas não é absolutamente óbvio que “o paladino da moral” só tira votos de candidatos francamente conservadores? As vezes eu juro que vivo em outro planeta…

Responder

Urbante

01 de dezembro de 2013 às 13h24

Caso o resultado fosse o inverso, haveríamos de providenciar glebas e mais glebas de terra para poder suprir os responsáveis de alfafa.

Responder

Álvares de Souza

01 de dezembro de 2013 às 12h57

Um exercício interessante é a gente tentar imaginar quem são os 15%? Que tipo de gente forma esse contingente que deseja um Barbosa na Presidência da República? Não creio que seja difícil descobrir ou pelo menos suspeitar. Podem ser os alienados de sempre, os que não sabem coisa com coisa. Os que vivem assistindo as novelas da Globo e os seus programas pornográficos e aqueles destinados ao público infantilizado que eles creem obstinadamente ser a marca do povo brasileiro. Ou os que leem os jornalões e os jornalecos que reproduzem as notícias (embustes) dos primeiros, todos eles, sem exceção, propriedade de famílias abastadas e herdeiras da Casa Grande, que dão as caras nas colunas sociais que publicam, sem qualquer senso de ridículo, o que existe de mais decadente na sociedade brasileira. E eles se acham! Os que vivem a imaginar um golpe de estado, sob o comando das forças armadas, sempre ao serviço dos poderosos, com a cabeça feita para isto, sonhando com o dia em que uma junta militar, com gorilas das tres armas, atras de uma mesa, em frente às câmaras de TV, exibindo sua obesidade e esgar indecentes, irá estabelecer a ordem do dia, tendo por tras o aparato que vai trucidar e matar os mais de 50% que insistem em querer um Brasil com mais justiça, com mais democracia, com mais liberdade. São os bárbaros que ainda vivem em um mundo selvagem, sob uma lei do mais forte, em que os mais fracos tem de ser sacrificados, banidos para as favelas, para os guetos, para as periferias, para conviverem com os restos que lhes foram destinados.

Responder

    Bonifa

    01 de dezembro de 2013 às 20h21

    Depois de uma explicação inicial, o freguês vota em quem o explicador quiser.

jõao

01 de dezembro de 2013 às 12h32

As penas vão voar! Juiz quebra sigilo de ex-presidente da Siemens no Brasil
Relatório de Inteligência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) apontou “operações atípicas” em conta do ex-presidente da Siemens do Brasil Adilson Antonio Primo, logo após a saída dele da multinacional alemã. A movimentação incomum e suspeitas envolvendo uma outra conta de Primo no exterior levaram a Justiça Federal em São Paulo a decretar a quebra do sigilo bancário e fiscal do executivo por suspeita de “indícios de delitos” de crime financeiro.
A abertura dos dados bancários de Primo alcança um lapso de 10 anos, entre 2001 e 2011 – período em que ele dirigiu a empresa. Em agosto, o juiz Fabio Rubem David Müzel, da 6.ª Vara Criminal Federal, determinou ao Banco Central que encaminhe em planilha e dados tabulados “todas as informações sobre remessas e recebimentos de recursos internacionais e de operações de câmbio, além de outros recursos no exterior e declarações de bens e capitais relacionados ao sr. Adilson Primo

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/

Responder

Zanchetta

01 de dezembro de 2013 às 11h54

E olha que o Barbosão não é candidato a nada!!! E já tem 15% votando nele! Dá-lhe Barbosão…

Responder

    Luís Carlos

    01 de dezembro de 2013 às 14h45

    Barbosa foi o primeiro a ser lançado desde ano passado com aquela capa forjada da Veja. De lá para cá é toda semana comentada sua possível candidatura e sempre com cobertura favorável da grande mídia, escondendo os escândalos de Barbosa. Ainda assim tem só 15% de intenções de voto. É como Aécio, com todo apoio da grande mídia e não decola. Só decola o helipóptero. Agora Aécio tem que esconder o pó e FH, Barbosa tem que esconder o filho e o apartamento e Campos tem que esconder Marina.

RicardãoCarioca

01 de dezembro de 2013 às 11h23

Para o oPÓsitor, Aético Never!, sem proPÓstas, sem PÓjeto, sua PÓsição medíocre nas pesquisas e agora sem a sua encomenda apreendida no heliPÓptero do PÓ, só lhe restará uma forte crise de abstinência… Vê se PÓde isso!

Responder

José X.

01 de dezembro de 2013 às 11h11

Acharia ótimo se o barbosa saísse candidato a presidente. Por isso mesmo é que tenho certeza que não acontecer.

Responder

Zé Francisco

01 de dezembro de 2013 às 10h55

15% é muito coisa, é significativo nesta altura do campeonato. Reflete, outrossim, a ausência de candidato da oposição. JB e sua vassourinha (petista na prisão) é a esperança de uma elite abandonada e de um PIG cansado de derrota, pode representar a mudança que o povo deseja. JB pode repetir a única vitória da elite no voto: Jânio Quadros. Discurso moralista, reacionário, louco, desequilibrado. JB tem a vantagem de não precisar beber, já nasceu dopado. É hora de humildade, trabalho e desconstrução das falácias piguentas em torno deste JQ repaginado.

Responder

Izac

01 de dezembro de 2013 às 10h28

Ele (JB) está mais para Idi Amin Dadá do que para Batma

Responder

Luís Carlos

01 de dezembro de 2013 às 09h41

Barbosa é a farsa moralista, reedição do “caçador de marajás”. É o traidor popular ungido de herói da elite. Barbosa é a seletividade moralista perseguidora daqueles que ameaçam suas idéias e legitimador da impunidade dos amigos criminosos. Barbosa representa o oportunismo do emprego para o seus em grandes empresas em troca de favores promíscuos.

Responder

wanildo alves

01 de dezembro de 2013 às 09h02

As três coisas mais difícil de encontrar: Pesquisador da pesquisa eleitoral, enterro de anão e o cabra com o retrato da sogra na carteira.

Responder

Roberto Locatelli

01 de dezembro de 2013 às 08h44

Será muito bom se Joaquim Batman sair candidato. Será muito didático, e permitirá que a população compreenda as atitudes dele contra o PT.

Responder

    Bonifa

    01 de dezembro de 2013 às 12h04

    Isso. Ele terá oportunidade de expor suas razões com humildade, porque o povo brasileiro detesta quem fala com arrogância. E é bom que suas razões sejam muito consistentes, porque não há melhor juiz do que o povo. A menos que sua campanha seja feita apenas em auditórios fechados para convidados especiais, e na televisão ele só apareça com chavões. Esta fórmula é elitista, e não dá mais para vencer eleições com conchavos distanciados do povo. Então, perderia fragorosamente, porque um malabarismo midiático sempre é possível, mas mesmo o mais talentoso marqueteiro não pode fazer milagres.

mario lucio de o oliveira

01 de dezembro de 2013 às 08h41

Estas pesquisas são para afastar do caminho do Serra eventuais presidenciáveis, basta notar que nestas tais (pesquisas) a Dilma a quem a Folha odeia está sempre ganhando no primeiro turno, porém, quanto ao Serra, veladamente, subliminarmente andam a divulgar que será o único que se candidato terá condição de derrotar a Dilma e o (time de mensaleiros do PT, julgados e condenados). Ninguem comenta nem divulga que nos idos do plano economico da Zelia Cardoso a Folha foi pega no flagrante usando NF frias para se beneficiar na conhecida (compra dos cruzados bloqueados), burlando criminosamente as leis e regras da época. Aliás, a partir daí estava decretada a campanha difamatória contra Collor que com a adesão da Globo (naturalmente no mesmo delito) encontraram “forças” negras para desestabilizar o país, (muitos juizes foram acusados de facilitar o debloqueio dos cruzados o que terminava definitivo porque depois de sacado o dinheiro nunca mais poderia ser novamente bloqueado, como o de todo mundo), quem sabe na esperança do retorno da ditadura.
mario

Responder

    AlvaroTadeu

    01 de dezembro de 2013 às 11h12

    Caro Mário Lúcio de Oliveira, concordo apenas com a primeira parte de seu comentário, a segunda parte, onde você fala do Plano Collor, deu-me a impressão de que está defendendo aquele plano funesto. Primeiro, foi ilegal, pois tratou-se da expropriação de todos os cidadãos que tinham dinheiro no banco e isso só poderia ter sido feito através de uma revolução armada. As eleições não chancelaram tamanha patifaria, era para ele cumprir o (mau) programa com o qual foi eleito. O plano foi mal-feito e fracassou porque era ruim, não porque jogou a economia do Brasil de cabeça para baixo. Zélia não tinha nenhuma competência para ser ministra. Seu trabalho acadêmico na USP foi sobre a crise do café no começo do Século XX no estado de São Paulo. A um ministro não basta o conhecimento acadêmico, há situações políticas a serem enfrentadas que exigem muito jogo de cintura, coisa que ela não tinha. A corrupção corria solta COMPROVADAMENTE. Na PETROBRAS, por exemplo, exigiam uma propina de TRINTA por cento para liberar pagamentos a fornecedores. Pergunte a quem trabalhou na empresa naquela época. PC Farias confessava em público que não ficava com todo dinheiro do achaque, 70% iam para o “chefe”. Alguma dúvida?

Leandro

01 de dezembro de 2013 às 08h23

Isso ia ser igual a comemoração aqui pelo adiamento do julgamento do mensalão, deu no que deu, tão em cana. Até a eleição vai ter copa e seus protestos, inflação, mais aumentos de gasolina, mais tempo de exposição dos adversários…já to até vendo o chororo depois, igualzinho mensalão.

Responder

    Luís Carlos

    01 de dezembro de 2013 às 09h31

    Tomara que tenha novos protestos na Copa e Dilma lance outro programa como o Mais Médicos novamente como reposta.

    Bonifa

    01 de dezembro de 2013 às 11h36

    A direita ficou refém do mensalão. Mensalão só tem um, primeiro e único, espinha dorsal de referência para toda palavra que sai da boca de um oposicionista da direita. Este é o estandarte midiático da direita, que para carregá-lo, tem que contar com o apagamento de toda e qualquer denúncia dos malfeitos e corrupções que se acumulam em governos direitistas. Isto priva o povo de informação de qualidade, devida por quem teria a obrigação de prestá-la, mas nada pode falar, para não “atrapalhar” o estandarte do mensalão, não foi isso que o procurador Antonio Fernando argumentou ao juiz Barbosa para propor um inquérito paralelo, escondendo provas? Para não “atrapalhar” o inquérito do mensalão, e aí já se encontrava o desvio inaugural, o primeiro de outros tantos, que em se acumularem estão gerando um país esquizofrênico, com duas realidades se expandindo sem convergência. A justiça se põe como um produto industrializado, o consumidor tem que acreditar que o produto foi fiscalizado pelas autoridades. Mas quando uma reportagem investigativa descobre que o produto não merece confiança, o povo o rejeita imediatamente. No caso do mensalão, o produto oferecido ao povo está estragado e contaminado. Mas a imprensa, que deveria denunciá-lo, acoberta a contaminação e ajuda a envenenar o povo. Neste caso, a imprensa se desautoriza automaticamente, e surge um novo meio meio de alertar o povo. E este meio irá substituir fatalmente a imprensa convencional, é questão de tempo, e de instinto de sobrevivência

sergio

01 de dezembro de 2013 às 04h51

Joaquim Barbosa?
Vai ter eleição para Ditador?

Responder

    Ary

    01 de dezembro de 2013 às 12h23

    Dilma bateria? Engraçado… Quem costuma bater é o Barbosa.

FrancoAtirador

01 de dezembro de 2013 às 01h51

.
.
Já lançaram o Johnnie Walker BraZil.

Agora tentam vender um JB Paraguaio

numa Garrafa de Conhaque Presidente,

com efeito de Alcatrão São João da Barra.

Mas ainda tem muito Whisky pela frente.

Até o primeiro turno da eleição de 2014,

lançam o Chivas Regal, o Jack Daniel’s,

o Black Label, o Ballantines e o Passport,

só pra dar um estímulo ao Aébrio Nébulus.

PSDB e Mídia Bandida… É Drury’s!…


.
.
Últimas da Tia Carmela:

Após sucesso entre bem-nascidos,
JB é convidado por Tancredo Neves
a ser seu vice


JB aceitou o convite emocionado,
mas o pres. Zezinho acha
que só vai trazer dor de cabeça…

(http://tiacarmela.wordpress.com/2013/11/18/apos-sucesso-entre-bem-nascidos-jb-e-convidado-por-tancredo-neves-a-ser-seu-vice)
.
.

Responder

Marco Aurélio

30 de novembro de 2013 às 23h30

Isso porque a população está desinformada. Quando for bem informada sobre a fraude do julgamento midiático, Joaquim cai para 3%, ficando apenas com o voto dos que querema volta da ditadura.

Responder

Zanchetta

30 de novembro de 2013 às 23h27

… então tem que soltar o Zé e o Genu porque o Barbosão perdeu da Dilma…

Responder

    JULIO*Dilma2014/Contagem(MG)

    01 de dezembro de 2013 às 10h14

    Esse prancheta…

    vamos desenhar para ver se ele entende!!!

Luís Carlos

30 de novembro de 2013 às 23h11

Quem odeia povo é péssimo de voto, bom de totalitarismo e golpe e muito bom em crimes e impunidade. Muito pó e pouco voto.

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 23h10

“Vamos conversar?” –
“Vamo”: Polícia Federal, cuidado com a reincidência contumaz: ‘os tucanos do pó ao pó voltará!’ Pausa para rir!

É A OPOSIÇÃO PÓ, ESTÚPIDO!

República Desses Bananas Podres e Miasmáticos “cheirosos e ‘cansados'” da eterna oposição ao Brasil, ‘o cheiro dos cavalos ao do povo’, fascistas, MENTEcaptos, entreguistas, antinacionalistas, terroristas de meia tigela, aloprados, energúmenos desalmados…
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Fabio Passos

30 de novembro de 2013 às 23h09

Imaginem quando a população souber que o sujeito gosta de bater em velho e mulher… este covardão do stf é apenas um fantoche do PiG.

Responder

juarez aparecido costa

30 de novembro de 2013 às 22h56

justiça seja feita,para alguem que,não afundou nenhuma plataforma,não xingou nenhum velhinho aposentado de vagabundo,nunca ficou de quatro para o FMI,nunca colocou nenhum patrimonio público na bacia das almas,alguem que nunca nomeou engavetador,por tudo isso,o povo lhe reconhece.

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 22h44

“Papo reto”! … Em 2018, José Genoino Neto [do Brasil!] presidente do Brasil, nossa Mandela, no primeiro turno, óbvio! O povo saberá da verdade!…

Responder

    Daniel - morte a GLOBO

    01 de dezembro de 2013 às 12h10

    Ótimo, oposição raivosa, cria mais um presidenciável. Genuino 20l8. eua não tem mais p vcs.

Murdok

30 de novembro de 2013 às 22h38

Mas quem disse que nós negros iríamos votar no Barbosão?. Se a globo pensou, …pensou errado.
Nós negros vivemos a melhor época da história desse país. E é graça ao PT.

Responder

lukas

30 de novembro de 2013 às 22h03

Sem campanha e sem se lançar candidato está ótimo. Parabéns a JB.

Responder

    Luís Carlos

    30 de novembro de 2013 às 23h05

    Sem campanha? O que é toda essa cobertura feita pela grande mídia exibindo o julgamento da AP 470, e toda exposição do ditador de toga com essa prisão apenas de petistas no dia 15/11 enquanto todos demais esperam em liberdade? Isso não é campanha?
    Barbosa, como todo autoritário, não tem coragem para se submeter a escolha popular. Ele gosta mesmo é da “ilha do paraíso” que é o judiciário. Sem eleição, sem controle, e superpoderes para perseguir jornalistas e desafetos de todos os tipos. Magistratura mesmo, só a remuneração e nenhum compromisso com a Constituição Federal.
    Como um sujeito que diz detestar políticos poderia se candidatar e passar a ser um político? Talvez seria apenas mais uma das tantas incoerências de Barbosa. O ego extremamente inflado e doentio dele não é compatível com política. Quem não tem humildade não pode sequer sentar a mesa para negociações.
    Barbosa é herói dos pusilânimes e rei da parcialidade, injustiça, autoritarismo e senhor supremo da arrogância. Os desvairios desse senhor estão sujando para sempre o direito brasileiro. Barbosa presidente é o retorno ao autoritarismo e totalitarismo imperial.
    Não creio que se candidate. Caso o faça, repetirá o fiasco de venda das máscaras dele no último carnaval. Barbosa não é Batman, está mais para o Duas Caras.

    Frank Almeida

    30 de novembro de 2013 às 23h52

    Sem campanha? De longe, o JB teve a campanha mais cara do ano. Você tem noção do quanto custa uma inserção de 15 ou 30 segundos no meio do JN? (e não estamos nem falando de horário de propaganda)

    Aline C Pavia

    01 de dezembro de 2013 às 00h57

    Assim torcemos. Ele vai ter de explicar os 90 mil reais do contribuinte gastos para reformar um banheiro. Por que usou um endereço funcional, pago pelo contribuinte, para abrir uma empresa fantasma cujo único sócio é ele mesmo, o que é proibido pela Lei do Servidor Público. Essa empresa fantasma de capital social 10 dólares comprou (sem comprovação até agora via BACEN da remessa de moeda) um apartamento de 250 mil dólares em Miami – avaliado em 1,5 milhão de reais. Com salário declarado de 20 mil reais. Mais, obviamente, os 8 anos em que recebeu do contribuinte seu salário como professor na UFRJ sem exercer a profissão (nem poderia, exercendo cargo no STF). Um exemplo de moral e ética. Fora os tapas na mulher, o dinheiro público para ir ver jogo da seleção no camarote do Huck, o filho recebendo dinheiro do Valério, a palestra nos EUA até hoje não explicada, as licenças para tratar um “problema” na coluna, e a cereja do bolo não é ser o novo Calígula, é deixar Bob Jeff solto “porque ele tem problema de saúde e agora não tenho mais pressa”. Legítimo candidato para os coxinhas.

    Marcelo

    01 de dezembro de 2013 às 07h00

    E, principalmente, ele vai ter que explicar porque o processo do mensalão pósdb está mofando em sua gaveta há vários anos, sendo que, 2 tucanos já não podem mais ser julgados (o vice governador de Minas de 1998 a 2001, Walfrido Mares Guias e o tesoureiro da campanha de 1998 do pósdb, Cláudia Mourão) e o ex-governador de 98 a 2001 Eduardo Azeredo vai fazer 70 anos em maio do ano que vem e, muito provavelmente, ficará impune.
    Ele vai ter que explicar sim, o tratamento diferenciado dado aos tucanos.
    Ademais, é muito óbvio, até um completo débil mental perceberia, que o mesmo esquema usado na campanha de governador em 98 foi usado na campanha de 2002 pelo Aócio, que graças ao procurador geral, conseguiu se safar do processo do mensalão tucano.

Mariza

30 de novembro de 2013 às 22h01

Ainda não estamos trabalhando direito, temos que fazer muito mais, esse resultado ainda não é nada. Quero DILMA COM 80%, aí sim, podemos comemorar e deixá-los chorar e espernear a vontade. Não devemos nos acomodar, quanto mais alto o índice, mas trabalharemos. Esse é o objetivo.

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 21h21

‘A oPÓsicão do PÓ ao PÓ voltará [derrotada, mais uma vez!]’! Passa a régua que eu quero espirrar!…

BRASIL – em homenagem ao eterno presidente Luis Inácio Lula da Silva
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 21h19

‘É A OPOSIÇÃO VALE QUANTO PÓde’: ZERO!… Pausa para rir!

BRASIL – em homenagem ao eterno presidente Luis Inácio Lula da Silva
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 21h18

Joaquim Barbosa voa para ver jogo com dinheiro público. FONTE: Jornal o Estado de São Paulo

04 de julho de 2013 | 20h 09 EDUARDO BRESCIANI E MARIÂNGELA GALLUCCI – Agência Estado

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, usou recursos da Corte para se deslocar ao Rio de Janeiro no final de semana de 2 de junho, quando assistiu ao jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. O STF diz que a viagem foi paga com a cota que os ministros têm direito, mas não divulgou o valor pago nem qualquer regulamento sobre o uso da cota. O tribunal confirmou à reportagem que não havia na agenda do presidente nenhum compromisso oficial no Rio de Janeiro durante o final de semana do jogo no Maracanã. Barbosa tem residência na cidade e acompanhou o jogo ao lado do filho Felipe no camarote do casal de apresentadores da TV Globo Luciano Huck e Angélica. Segundo a Corte, porém, apenas o ministro viajou de Brasília com as despesas pagas pelo STF. Os voos de ida e de volta foram feitos em aviões de carreira. Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de maio deste ano mostrou que ministros têm usado recursos da Corte para viagens durante o recesso forense, quando estão de férias, e para levar as mulheres em diversos voos internacionais. O total gasto em passagens para ministros do STF e suas mulheres entre 2009 e 2012 foi de R$ 2,2 milhões. Neste período, Barbosa utilizou recursos da Corte para passagens enquanto estava de licença médica e não participava dos trabalhos em Brasília. Os dados oficiais foram retirados do portal da transparência do Supremo após a reportagem por supostas “inconsistências”. O Supremo diz que os ministros dispõem de uma cota para voos nacionais tendo como base uma decisão tomada em um processo administrativo durante a gestão de Nelson Jobim na presidência da Corte. Segundo o STF, a cota equivale a um deslocamento mensal para o estado de origem com base na tarifa mais alta para voos entre Brasília e Sergipe, devido ao fato de o ministro já aposentado Carlos Ayres Britto ser o integrante da corte naquele momento que morava na unidade da federação mais distante. De acordo com o tribunal, a cota é anual e não é submetida a controle. As passagens podem ser usadas a qualquer momento, inclusive no recesso parlamentar, durante licenças, ou para viagens motivadas por interesses pessoais dos ministros. À exceção do recém-empossado Luís Roberto Barroso, e de Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Teori Zavascki, os outros sete integrantes da atual configuração do tribunal usaram passagens áreas pagas pelo Supremo durante os recessos de julho e janeiro entre 2009 e 2012 segundo os dados que estavam no portal do próprio STF.

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,joaquim-barbosa-voa-para-v

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 21h15

… O Aécio ‘Never’ “deve estar um pouco nervoso (sic) com os resultados destas pesquisas!”…

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 21h15

[“Médico estrangeiro” desembarca em Brasília do STF! “Cuma”? ENTENDA A LAMBANÇA “suprema”! … gilmar DANTAS convocou em regime de urgência, e já desembarcou no STF (sic) o MÉDICO MONSTRO ESTUPRADOR DO NOME DIFÍCIL: o foragido por conta de [mais] um INDECOROSO habeas corpus notívago concedido pelo mesmo gilmar DANTAS irá “chefiar” a “junta médica” do barbosinha, e irá examinar a próstata (sic) do Robert(o) Jefferson!

Viva o ‘brazil’! Dos golpistas aloprados!

Responder

wanildo alves

30 de novembro de 2013 às 20h52

Caro Azenha, a unica chance de Joaquim Barbosa chegar a Presidência do Brasil, seria com o apoio de Lula. Lembrando que foi com o apoio de Lula que o mesmo chegou a Presidência do Supremo Tribunal Federal. As caricaturas apresentadas, a Dilma parece com a Mônica e quanto a outra caricatura , por enquanto, prefiro não comentar , pois o Sr. Joaquim, segundo a imprensa é muito “brabo” (bravo). Deixe o cabra entrar para a política que tecerei meus comentários.

Responder

Teco

30 de novembro de 2013 às 20h45

Nem em sonho haverá esse embate. Tem emprego que dormindo paga mais,
para que se estressar .

Responder

sebastiao leme

30 de novembro de 2013 às 20h16

Eu não confio em pesquisas do PIG mas no caso de DILMA não é necessario pesquisa é só notar o que o povo fala

Responder

Luciano Bastiani

30 de novembro de 2013 às 19h58

“Apesar do conforto momentâneo que oferecem a Dilma, os eleitores emitem um sinal contraditório para a petista. Dois terços dizem preferir que “a maior parte das ações do próximo presidente seja diferente” das adotadas por ela.’

Se não tem um ‘mas’, não é do PIG….

Responder

    wanildo alves

    30 de novembro de 2013 às 21h04

    Caro Luciano Bastiani, o que está sendo pedido nas pesquisas, só será conseguido se o nosso voto for direcionado para os Parlamentares que respeitem o nosso voto. Com esse Congresso que está aí, até Deus teria duvidas que algum governante, conseguisse fazer sua tarefa de governar com o povo, para o povo.

Avelino

30 de novembro de 2013 às 19h48

Caro Azenha e demais

Os partidos empresariais, ainda não conseguiram um candidato que minta de forma convincente, ao povo, a ter mais votos para eles.
Os blogues sujos, estão ficando enfestados do mercenários de direita.

Saudações

Responder

Elias

30 de novembro de 2013 às 19h46

O Datafolha testou nove combinações de nomes. Por que não tentou dez? Talvez Roberto Carlos, Neymar, alguma unanimidade nacional, sei lá, talvez conseguisse chegar mais perto de Dilma.

Responder

    Aline C Pavia

    30 de novembro de 2013 às 20h47

    Pelé, Silvio Santos, Hebe Camargo… saudade da cédula de papel eu podia votar no Osama Bin Laden, no Batman, no Chapolin Colorado… kkkkkkkk

Fabio Passos

30 de novembro de 2013 às 19h43

E isso no datafraude… na realidade o psicopata do stf não ganha eleição nem prá síndico de apartamento em miami. rsrs

Responder

Darci

30 de novembro de 2013 às 19h42

Pé no chão. Não baixar a guarda. Trabalhar, trabalhar e trabalhar. Nosso maior inimigo somos nós mesmos.

Responder

Carlos

30 de novembro de 2013 às 19h41

Quanto maior a maldade dessa gente; maiores são as suas perdas. Vivem de acusações e denúncias e mais nada. As pessoas de bom senso sabem o quanto a vida delas e do país melhorou. Mas não somente as pessoas humildes não. Os intolerantes, raivosos e perversos tiveram as suas vidas melhoradas também. A classe média tem hoje dois ou três carros. Compram imóveis novos, financiados em 30 anos. Vê se nas décadas passadas eles tinham isso? Mas mesmo assim não reconhecem, porque são maus. O Brasil nesses últimos 11 anos gerou mais de vinte milhões de empregos. Há vagas de emprego sobrando. É só andar por aí. Mas, apesar das evidências, continuam caluniadores e cheios de maldade, rancor e ódio.

Responder

    Márcia Pozenato

    30 de novembro de 2013 às 20h45

    vc tem toda razão Carlos…..as pessoas prosperaram, mas não acham que foi pelas oportunidades dadas pelo atual governo…..isso é pura falta de reconhecimento e noção dos fatos……

Denise

30 de novembro de 2013 às 19h37

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

Responder

Zilda

30 de novembro de 2013 às 19h34

Agora que JB cumpriu o papel de feitor ou capitão do mato, fazendo o serviço sujo para a Casa Grand- como faziam alguns irmãos de cor no tempo da escravatura, ele pode ser liberado para qualquer coisa. Não precisam mais dos serviços dele.

Responder

Geraldo

30 de novembro de 2013 às 19h16

Olhando para frente, e sem descuidar da retaguarda, pois dum adversário desesperado pode-se esperar tudo! As pauladas e facadas pelas costas ainda não começaram. Come estes prognósticos, é mais do que certo que virão, e serão violentos.

Responder

Rubinho da Divinéia

30 de novembro de 2013 às 19h14

CRFB/88, Artº 223, &5º, Cumpra-se! Urge regulamentar o Capítulo da Comunicação Social! Nada além ou aquém da Lei. Em 2014 Será Dilma Reeleita; 27 de 27 Governadores; 513 Dep. Fed. e 81 Sen. Petistas/Aliados para mudar!

Responder

Julio Silveira

30 de novembro de 2013 às 19h13

A Dilma será praticamente imbatível. Por que ela hoje representa as esperanças conservadoras de terem um governo que lhes atende no essencial e ainda lhes possibilitem um sono tranquilo, com alguma consciência politicamente correta. Por outro lado ela apresenta um curriculum de identificação que faz com que os progressistas pelo seu histórico, e com poucas opções de representação, mergulhem na fé de que o passado possa ter tido força suficiente para lhes garantir esperanças de avanços. cultural para os progressistas idealistas (eu me incluo nessa) e financeiros para os progressistas patrimonialistas.
Os únicos que não vota nela de jeito nenhum serão os reacionários da direita, por que esses ainda vivem a esperança do retorno a escravidão, não mais racial, agora mais cruel, a da falta de opções, da limitação das oportunidades que lhes dêem poder.

Responder

    Guilherme

    30 de novembro de 2013 às 20h46

    Nossa, Julio! Depois do seu comentário só me resta aplaudir e ficar calado! Você foi de uma visão clínica irretocável!!! Parabéns pela sensatez e clareza de ideias!

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 19h04

… Se essa MEDÍOCRE oposição fosse composta por anões estaria muito bem! A “sorte” é que essa maldita oposição [ao Brasil!] é composta por corruptos e incompetentes! É Dilma Vana Rousseff, A MAGNÍFICA, no primeiro turno! Em 2018, José Genoino presidente do Brasil, nosso Mandela!… Viva o Brasil! Viva o sapiente, competente, honesto, destemido e LEAL povo trabalhador brasileiro!

BRASIL – em homenagem ao eterno presidente Luis Inácio Lula da Silva
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Messias Franca de Macedo

30 de novembro de 2013 às 18h58

[“VAI QUE É TEU, joaquim barbosinha!”]

Luciano Huck tem problemas com justiça.

A VERGONHOSA LEI LUCIANO HUCK!

Vocês imaginam a possibilidade de Michele Obama advogar? Pois, era uma grande advogada, antes de seu marido ser eleito. Agora fica em casa, pois tem ética e pudor. Aqui no Brasil, isso falta e MUITO. Luciano Huck contrata escritório da mulher de Cabral e ganha de presente decreto do governador que libera sua casa em Angra.
Mais um caso escandaloso envolve o governador Sérgio Cabral e sua mulher Adriana Ancelmo. É mais uma situação em que um cliente do escritório de sua mulher é beneficiado pelo governador Sérgio Cabral. Desta vez envolve o apresentador da TV GLOBO, Luciano Huck. O artista tem uma mansão em Angra dos Reis, que foi construída de forma irregular e por isso responde processo movido pela Prefeitura do município. Luciano Huck contratou o escritório de advocacia da mulher de Sérgio Cabral e, coincidentemente (?), o governador assinou um decreto que liberou as construções em Angra dos Reis e na Ilha Grande.
O decreto de Cabral é uma aberração tão grande, que ambientalistas o apelidaram de Lei Luciano Huck, porque beneficiou o apresentador. Hoje, o jornal Estado de S.Paulo publica a denúncia gravíssima (vejam abaixo). Mais uma denúncia que envolve negócios particulares da mulher de Sérgio Cabral com decisões tomadas pelo governador, que beneficiaram os clientes da esposa. Os jornais do Rio continuam ignorando o assunto.
O Ministério Público, estranhamente diante de tantas evidências, denúncias e fatos comprovados, até agora não se manifestou. Os deputados vão pedir uma CPI para apurar a situação…

http://www.minutodenoticia.blogspot.com.br/2013/11/luciano-huck-tem-problemas-com-justica.html

Responder

Gerson Carneiro

30 de novembro de 2013 às 18h53

Oposição reduzida a pó.

Responder

    Rodrigo

    30 de novembro de 2013 às 21h49

    oPÓsição!

    G.A Almeida

    02 de dezembro de 2013 às 11h47

    e você acha isso bom para alguém?

Gerson Carneiro

30 de novembro de 2013 às 18h52

Oposição virou pó.

Responder

Maria Thereza

30 de novembro de 2013 às 18h37

Me espanta que 15% de brasileiros e brasileiras gostariam de ter um presidente alucinado, autoritário, agressivo, desrespeitador das leis e pouco afeito à justiça. Deve ser alguma síndrome.
Diante desses resultados, vamos nos preparar para ataques mais ferozes contra Dilma e Lula. pelo menos em 2014 não vamos ter o nenhum casal piedoso, de vela na mão, bradando contra o aborto. (No Brasil, é claro).

Responder

Mariza

30 de novembro de 2013 às 18h26

Isso é só o começo e vindo do datafalha deve haver falhas ai no percentual.DILMA deve estar bombando

Responder

Maria Amélia Martins Branco

30 de novembro de 2013 às 18h24

O Idi Amin que não se meta, estamos esperando pra DERROTÁ-LO dentro da Lei. Chora TUCANALHA.

Responder

Sérgiobsb

30 de novembro de 2013 às 18h23

O POVO NÃO É BOBO… Abaixo essa direita que roubou o Pais durante 500 anos… Abaixo Rede Globo, Veja (cretina), Folha, Estadão… e tamém Financial Times, que deveria estar ajudando e orientando a Europa a sair do buraco que está. Invés de ficar dando palpite aqui.

Responder

Eduardo Oliveira

30 de novembro de 2013 às 18h14

Para o resistentes a essa realidade recomenda-se o uso regular de ansiolíticos, tipo lorazepam,diazepam ou assemelhados derivados bensodiazepínicos. Ao pleito!

Responder

renato

30 de novembro de 2013 às 18h14

AHAHAHAAHAHAH, ah ah cof…cof,,ahahahah!!

Responder

Eric

30 de novembro de 2013 às 17h55

A presidente e o PT devem tomar essa pesquisa como um estimulo adicional para mais atuação assertiva no campo político e econômico. De forma nenhuma devem ser tais resultados motivo ou desculpa para “baixar a guarda”. A vitória na eleição ainda está longe, o trabalho será mais árduo e o outro lado é capaz de qualquer coisa, legal, ilegal, pouco ética, nem um pouco ética, qualquer coisa! Parabéns aos reais brasileiros, nacionalistas e humanistas de verdade, que veem nesse grupo que está no poder uma chance de nos elevarmos como nação!

Responder

    Ivan da Costa

    30 de novembro de 2013 às 19h47

    Eric, a atenção que devemos dar nessa pesquisa, esta no 5º parágrafo, de resto é só mais uma pesquisa, que só retrata um momento presente. O Povo que nada tinha ou pouco tinha aprendeu a querer mais e nós temos obrigação histórica em lhes dar mais. Lula ensinou isso ao nosso Povo e não podemos nos descuidar com isso. As paseatas em todo o Pais, reivindicando melhorias na Saúde, educação, Segurança, dentre outras é parte de nossa prática passada, não reconhecer isso, é o mesmo que afirmar que o psdb e seus carapixos, não devem explicações a 200.000.000 de brasileiros! Eu quero mais passeatas, mais reivindicações isso é o PT, na rua, mesmo que alguns teimem e torna-las criminosas e despolitizadas elas são nós na década de oitenta, quando derrubamos os nefastos que estão livres por ai, devido a uma Anista que só previlegiou covardes ou assassinos.

    Maria Apafrecida Jube

    30 de novembro de 2013 às 20h14

    Se tiver eleições não é Eric, leia a reportagem, Memória: Mais Perguntas e Nenhuma Resposta. A teia de aranha lançada em 2004 está se fechando agora com a prisão de José Dirceu e José Genoíno e o pedido de processo contra o ex presidente LULA pedido Serra Azul, o final disso é o golpe contra a DILMA, pois eles sabem que no voto ninguém dessa máfia ganha da DILMA

CRB

30 de novembro de 2013 às 17h47

começou…

Responder

Marat

30 de novembro de 2013 às 17h36

Não escrevei nada, além do CHORA PIG – ha ha ha hahaha

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding