VIOMUNDO

Diário da Resistência


Depois do ataque da suástica, Haddad diz que escalada de violência promovida por eleitores de Bolsonaro “tem que ter fim”
Reprodução
Você escreve

Depois do ataque da suástica, Haddad diz que escalada de violência promovida por eleitores de Bolsonaro “tem que ter fim”


10/10/2018 - 16h18

Essa escalada de violência tem que ter fim. Estamos recebendo denúncia de atos violentos em todo o país. Hoje uma jovem de 19 anos foi praticamente sequestrada por três apoiadores do Bolsonaro e teve uma suástica entalhada no seu corpo com um canivete. Isso precisa parar. Fernando Haddad, candidato ao Planalto, no twitter (ver entrevista abaixo)

Mulher é agredida por usar camiseta com a expressão #EleNão

Estudante teria sido atacada por três homens no bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre

Publicado por Carlos Machado, Rádio Guaíba

Uma jovem de 19 anos registrou Boletim de Ocorrência na Polícia relatando ter sido agredida por três homens na rua Baronesa do Gravataí, bairro Cidade Baixa, em Porto Alegre, na noite da última segunda-feira, um dia após o primeiro turno das eleições.

A vítima, que não quer falar com a imprensa por medo de sofrer novos ataques, relatou à Polícia Civil que após descer do ônibus, quando ia para casa, teria sido abordada pelos agressores porque estava usando uma camiseta com os dizeres #EleNão, em referência ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).

Ainda segundo o BO registrado pela jovem que está se preparando para prestar as provas do vestibular, os homens teriam questionado ela sobre o motivo do uso da camiseta e a atingiram com socos.

Na sequência, enquanto dois deles teriam segurado a vítima, o terceiro fez riscos com um canivete, similares a uma suástica, na região da barriga da jovem.

A suástica é símbolo do regime nazista alemão.

Orientada pela polícia, a vítima fez exame de lesão corporal.

Devido ao susto, ela está tomando calmantes.


Leia também:

Eleitores de Bolsonaro agridem estudante da UFPR com garrafadas



6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Marcelo Silva

11 de outubro de 2018 às 10h16

Esses bolsonaristas cada vez mais violentos, muitos até tiraram fotos com armas na mão na urna eletronica, matam quem é contrario ao bolsonaro, trocaram Deus pelo seu deus bolsonaro, matam por ele, adoram ele, bolsonaro já virou um santo, um deus, se antes dele vencer seus seguidores ja estão assim, imaginem quando estiver no poder, que Deus nos proteja desses assassinos.

Responder

Hudson

10 de outubro de 2018 às 19h11

Que, pelo menos, as pessoas enganadas pelo farsante neonazista acordem ao perceberem em que time estão.

Responder

robertoAP

10 de outubro de 2018 às 18h45

A candidatura e os simpatizantes do nazista Bolsonaro, são um bando de selvagens saídos diretamente da Idade da Pedra, e o candidato à presidente do Brasil não passa de um Brucutu selvagem, ignorante,mal educado, desbocado, mau caráter e semi alfabetizado que só conhece a linguagem da violência e está se lixando para o povo e para seu país.
Ao passo que o oponente Haddad, é um cara do século 21, educado,instruído, culto, generoso e patriota, que deseja paz,felicidade e o melhor para o povo e o país.
Se a população optar pela selvageria, estará alijando de qualquer possibilidade de futuro e prosperidade os seus próprios filhos e netos e jogando-os diretamente na fogueira desse verdadeiro anticristo subdesenvolvido, que está assombrando o mundo pela sua estupidez e primitivismo inacreditáveis.

Responder

Edgar Rocha

10 de outubro de 2018 às 16h59

A escalada de violência tem que acabar!!! Faço um apelo aos bolsonaristas: tenham critérios! Vocês não viram que a pele da vítima era branca?! Aonde vamos parar?
Continuem amarrando preto em poste. Quem liga? Quem reclama? Os próprios pretos? E quem escuta???
Desenhar a suástica com arranhõezinhos não deveria ser motivo para tanto alarde. Se vissem o que fazem os agentes de polícia nas periferias… Fazem e depois matam. Matam e depois desovam num canto qualquer.
E o crime organizado? Há bairros onde há presença efetiva da esquerda e que estão sob controle total do PCC. Perguntem às lideranças. Elas devem saber.
“Num certo feudo tão-tão distante do centro de São Paulo, há um verdadeiro abatedouro, tão grande e antigo que os felizes compradores de terrenos grilados devem se encarregar de remover os corpos e enterrá-los em outro local pra poder fazer suas casas. E o que não faltam são “joões” e “marias” sendo levados a força pra dar um passeio na floresta. Dizem que um bruxo muito mal transforma-os em cogumelos. Mas, acho que é mentira. Eles vão todo santo dia. E não voltam. Todo mundo sabe.
Um dia, um honroso rei mandou fazer uma estrada pra levar as pessoas atéééé o Estádio do Corinthians durante a Copa. Esta estrada passava bem no lugar onde João em Maria viram cogumelo. E não é que um nobre cavaleiro, “companheiro” de todos, ga-ran-tiu que a Avenida jamais ia destruir o Caminho na Floresta, pra alegria do Lobo e do bruxo. Assim foi feito. E viveram felizes para sempre: o lobo, o bruxo, o cavaleiro. Só que o lobo cresceu, juntou matilha, protegeu o bruxo e agora, destronaram o rei e ameaçam colocar o bobo da corte pra governar estas terras. E ai de quem não votar nele em seu feudo.
Mas, tudo isto é história da carochinha. Não é pra ser levado a sério. Tem que conciliar com o Lobo, a adular o bruxo, espalhar a Floresta… Afinal de contas, o que seria do mundo sem cogumelos?
Só não vale ideologizar a violência. Violência sem ideologia! É pra matar pra ver o tombo e só. Nada de rabiscar a vítima com símbolo. E nada de atacar por questões políticas. Coisa feia. Pega mal. Até parece que não tem “gente que merece apanhar” neste país (como bem disse Sua Majestade)?

Responder

Sérgio

10 de outubro de 2018 às 16h46

CALANDO O CANTO DA SEREIA
Por: Trabalhador do Mundo Real
Finda a primeira etapa deste pesadelo, a missão agora é mostrar aos incautos a diferença entre um “ungido” neofascista despreparado e um intelectual social-democrata e inovador, entre o ódio e a esperança, embora parte daqueles já o saiba e se sinta representada pelo sociopata canalha (inclusive, sendo criadores e crédulos das famigeradas fake news das redes antissociais, onde a ignorância impera!).
Todos querem se dar bem! Mas, os pobres e as minorias desprotegidas comerão o pão que o coisa-ruim amassou caso elejam a extrema-direita! Darão literalmente um tiro no pé! Milícias estarão nas ruas, sem dúvida, livres, leves e soltas! (Aliás, já estão!). E temos de devolver esses animais intolerantes às suas cavernas! (Como se já não bastasse o subdesenvolvimento nos empurrar goela abaixo, e cada vez mais, a bancada BBBB: boi, bíblia, bala, bola… sem falar nas “celebridades” oportunistas…).
Por outro lado, qualquer governo que não mexer nos históricos privilégios e incompetência do Setor Público não poderá ser levado a sério… (Por mim, contanto que o governo neofascista não quebre os bancos, estarei bem…). Mas, ainda vale reforçar: Ele não! Ele nunca! Esqueçamos a pequeno-burguesia conservadora (e seus parasitas sociais e covardes), que sempre têm os seus candidatos e interesses próprios… Então, cabe-nos RECUPERAR votos da pobreza iludida pelo canto da sereia (do próprio Nordeste já seria um grande passo!) para o seu próprio bem… e do país, afinal de contas!

Responder

joao

10 de outubro de 2018 às 16h34

Simplesmente lamentavel a imbecilidade do ser humano, se e que quem faz isto possa ser apelidado deste nome, o que esta acontecendo.Isto e so um pequeno exemplo da barbarie que nos espera se desgraçadamente este nazista for eleito.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!