VIOMUNDO

Diário da Resistência


Você escreve

Barão de Itararé promove debate: Privataria Tucana e o silêncio da mídia


20/12/2011 - 10h10





47 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Geralda

17 de fevereiro de 2012 às 21h22

Parabéns à vocês homens corajosos, nós brasileiros precisamos de pessoas como vocês, vão em frente a caminhada é árdua, mas edificante para a nação.

Responder

Marcelo Lincoln

21 de dezembro de 2011 às 16h03

Ô gente, o sindicato fica no Edificio Martinelli na São João com a São Bento, é fácil, pena que eu não esteja aí em Sampa…..

Responder

Julio C. M. Bastos

21 de dezembro de 2011 às 15h38

Muito de novo na frente (i)moral. Povo que vinha há 500 anos, como índio, preto ou canelau, levando pau, finalmente rastreou a casagrande como controle (mais ou menos) remoto para continuarem f e didos & mal pagos. Novos ares removendo velhos mofo tumulares. Com miasmas abalados em vetustos solares: forças armadas; federações patronais, multinacionais, mídias a serviço dos barões tradicionais… quer mais?

Responder

Marcio

21 de dezembro de 2011 às 14h52

Saiu no PHA: Serra quase chega às vias de fato em encontro com Aécio. kkkkkkkkkkkkkkkk

"Cerra quis bater em deputado aecista"
http://www.conversaafiada.com.br/politica/2011/12

Responder

Ceiça Araújo

21 de dezembro de 2011 às 14h31

Sucesso nesse "grande evento sobre o maior assalto aos cofres públicos" de nosso país.

Responder

Ronald

21 de dezembro de 2011 às 14h14

VIVA O BRASIL! Saiu no PHA que não tem CPI tão cedo…KKKKKKKKK…só bobo mesmo para acreditar que o PT vai apoiar dar tiro no próprio pé. O máximo que consegurão com este livro é sujar a barra do Serra, mas cuidado, temos um povo sem memória e que adora a rede globo.

Responder

Pall Kunkanen

21 de dezembro de 2011 às 13h47

vai ser só em dinheiro ou cartão e o preço do livro a venda hoje, assim já passo no BB antes de chegar lá.

Responder

David

21 de dezembro de 2011 às 13h30

Transmissão peça Internet ??

Responder

Submarino Amarelo

21 de dezembro de 2011 às 13h10

E os silêncios da ABI, da OAB, da CUT, da UNE? Como se justificam?

Responder

    Norberto

    27 de dezembro de 2011 às 13h25

    e o silencio do Governo petista… calado há 9 anos?

    tem justificativa?

José

21 de dezembro de 2011 às 12h03

Deviam convidar o Merval tb, pra ficar mais divertido…

Responder

SILOÉ-RJ

21 de dezembro de 2011 às 11h05

Gostaria que houvesse mais eventos como esse em várias cidades do BRASIL, durante esse período que antecede a CPI, para não esfriar o movimento e não deixar a peteca cair.

Responder

SILOÉ-RJ

21 de dezembro de 2011 às 02h57

A velha mídia é o tucano que virou avestruz.
O envolvimento é tanto, que se um pingo compromete, o silêncio muito mais!!!
E pior ainda mais para globo, tendo que mostrar aquela dinheirama toda dos seus amiguinhos contraventores, patronos das escolas de samba dos globais, incluindo o Boni, sendo confiscada pela polícia
Eita mafiazinha perigosa!!!
Vocês aí tomem cuidado, vide a morte suspeita do ministro da Argentina.
Alguma dúvida com relação a mídia???
Essa corja não brica em serviço quando tem seus interesses contrariados.

Responder

Gerson Carneiro

20 de dezembro de 2011 às 22h13

Agora é ficar bastante alerta para a possível aparição de um Puma com dois indivíduos dentro rondando a área.

Responder

Manoel R.Mello Jr

20 de dezembro de 2011 às 19h25

O Centro de Estudos da Mídia alternativa Barão de Itararé realiza, nesta quarta-feira (21), o debate A Privataria Tucana e o Silêncio da Mídia. Participam da discussão o deputado federal Delegado Protógenes (PCdoB-SP), o jornalista Paulo Henrique Amorim e o autor do livro A Privataria Tucana, jornalista investigativo Amauri Ribeiro Jr.
O Debate acontece às 19 horas no sindicato dos Bancários, rua São Bento 413, no centro de São Paulo-SP.
Informações:
11 3054-1829
Tem um site que passara este debate a conferir:
Momento Bancário em Debate.

Responder

    Ronald

    21 de dezembro de 2011 às 13h09

    Evento para uma pequeníssima minoria! Muito democrático mesmo!!!!!

Klaus

20 de dezembro de 2011 às 15h22

Fico imaginando um debate no Instituto Millenium, com a apresentação de jornalista da Globo, sobre um livro contra o PT e com a participação de um deputado do PSDB quer propôs uma CPI para investigar o que diz o livro. Interessante, né? Isenção, seu nome é PHA…rs

Responder

    francisco.latorre

    21 de dezembro de 2011 às 10h10

    isenção.

    isso não existe.

    você sabe. todos sabem. qualquer idiota sabe.

    ..

    hipocrisia.

    deu. não cola mais.

    pau. nos cara de pau.

    ..

Adilson

20 de dezembro de 2011 às 14h11

Fui conferir mas a 1001 tá sem ônibus nessa data e a Gol tb não tem passagens…

vou tentar!

Responder

    Adilson

    20 de dezembro de 2011 às 14h27

    desculpe a informação errada, tem sim…tô indo lá pra ver se consigo!!

FrancoAtirador

20 de dezembro de 2011 às 13h42

Alfinetada da Carta Maior

PACTO VERGONHOSO

Sempre indignados quando se trata de criticar a corrupção no país, os principais articulistas políticos da Folha

Clóvis Rossi, Catanhede, Lo Prete e Fernando Rodrigues observam um pacto de silêncio vergonhoso

em relação ao documento político mais explosivo sobre a corrupção na vida brasileira,

o livro 'A Privataria Tucana', de Amaury Ribeiro Jr.

Responder

Ronald

20 de dezembro de 2011 às 13h21

Éééé´…o próprio PHA já levanta a hipótese do enterro desta CPI antes mesmo que ela ganhe vida. Pra falar a verdade é no que eu mais acredito. O PT pode até apoiar esta CPI nos jornais e para a platéia, mas lá no fundo estará trabalhando para enterrá-la, aproveitando-se da inércia do povo e principalmente, contará com a conivência da mídia.

Responder

    Bonifa

    20 de dezembro de 2011 às 18h25

    É difícil parar o Titanic neoliberal… Mesmo sabendo do desastre iminente, muitos petistas procuram desesperadamente subir a bordo para aproveitarem da última festa. Vão afundar com seu naviozão querido. Dependendo de como se comportem neste episódio, não escaparão.

    Julio Cesar

    21 de dezembro de 2011 às 14h34

    voce quis dizer PT ou psdb? deixa de ser falso, oooo da bolinha de papel. ooooo do aborto no Chile, etc e etc e tal….

    Julio Silveira

    21 de dezembro de 2011 às 16h10

    Sou dos que apoiam esse pensamento, mesmo querendo a utopia.
    é muito coerente isso que voce diz, diferente dos que não gostam de ouvir verdades incovenientes.
    Infelizmente os poucos corretos, se não concordam com a delinquencia, sucumbem nas teias dos arranjos e dos conchavos feitos por aqueles que tramam e que se apoderaram, a tempos, do nosso país.

alex

20 de dezembro de 2011 às 13h20

PALAVRA “PRIVATARIA” CHEGA AO 1º MILHÃO NO GOOGLE

A privataria chega ao seu primeiro milhão
por Jorge Furtado em 20 de dezembro de 2011

Quem já entendeu o mundo pós-Google sabe que o fluxo de informações segue palavras-chave, tags (etiquetas) associadas a uma notícia. Muitas vezes o tag é o nome próprio dos envolvidos no assunto, às vezes é o nome do lugar onde o fato se deu, às vezes é algum detalhe marcarte da notícia.

Quando o deputado Roberto Jefferson, réu confesso num esquema de lavagem de dinheiro para o caixa dois de campanhas eleitorais, batizou de “mensalão” o método inventado por Marcos Valério e turma para financiar a reeleição do governador mineiro Eduardo Azeredo (à época presidente nacional do PSDB), método este a seguir alegremente adotado por José Dirceu e turma para financiar campanhas petistas, estava criando a palavra-chave adotada pela mídia para toda e qualquer matéria que pretendia fustigar o governo Lula.

“Mensalão” virou sinônimo de maracutaia política, depois do tucano e do petista veio o mensalão do DEM em Brasília e ainda o “mensalinho”, no Congresso Nacional. Ainda hoje, uma pesquisa no Google para a palavra “mensalão” encontra 3 milhões e 180 mil ocorrências.

Pois a palavra “privataria” acaba de atingir seu primeiro milhão no Google. Para ser mais exato, 1.070.000. (09:54, 20.12.11). Ela serve de busca para as matérias sobre o livro de Amaury Ribeiro Jr. “A privataria tucana”, que apresenta documentos e provas irrefutáveis – e por isso não refutadas – do enriquecimento ilícito de altas figuras do PSDB e seus familiares no processo de privatização de empresas brasileiras, durante o governo tucano. Para resumir, eles vendiam para eles mesmos e, somas e restos, embolsavam o lucro.

Contagem da busca “privataria” no Google,

14.12.11, às 12:21: aproximadamente 495.000 citações.

14.12.11, às 22:58: aproximadamente 547.000 citações.

16.12.12, 10:09: aproximadamente 636.000 citações

20.12.11, 09:54: aproximadamente 1.070.000 citações.

* Blog de Jorge Furtado

Responder

    Norberto

    27 de dezembro de 2011 às 13h26

    por favor…

    tem alguma estatistica sobre "MENSALÃO PETISTA"?

    e "ALOPRADOS"?

    fiquei curioso!

Alessandro Cruz

20 de dezembro de 2011 às 12h32

Como faço pra ir? É grátis a entrada?

Responder

    Conceição Lemes

    20 de dezembro de 2011 às 13h34

    Sim, Alessandro, entrada “de grátis”. Vc mora onde? Se for de metrô, desça na Estação São Bento. abs

    Alessandro Cruz

    20 de dezembro de 2011 às 14h10

    Obrigado! eu trabalho perto dessa estação e farei o possível pra ir nesse debate.

Luiz

20 de dezembro de 2011 às 12h27

Senhores, talvez para muito de vcs, tal fato seja novidade, mais não é! Eu me refiro as questões apresentadas pelo Sr. Amaury.
Este Grupo que comprou a Telemar, hoje Oi, já deveria ser investigados a muito tempo, mas, a CPI do Grampo não evoluiu, terminou em Pizza. Este mesmo Grupo, tem em BH um forte aliado (ex-empregado da Telemar), quando digo forte, é porque trata-se de um homem de confiança, aquele que faz o serviço SUJO (os famigerados Grampos – sem conhecimento das Autoridades).

Responder

Ivone

20 de dezembro de 2011 às 11h49

Não deixem de colocar na internet. PELAMORDEDEUS !!!

Responder

Gerson Carneiro

20 de dezembro de 2011 às 11h41

Vai ter livro lá à venda?

Responder

    Conceição Lemes

    20 de dezembro de 2011 às 11h59

    Gerson, vou perguntar ao Emediato ou ao Amaury. Depois, respondo. abração

    Conceição Lemes

    20 de dezembro de 2011 às 14h22

    Gerson, vai ter livro à venda, sim. Abração

    Gerson Carneiro

    20 de dezembro de 2011 às 14h52

    Beleza, e é bom levar bastante pra não faltar.

Armando S Marangoni

20 de dezembro de 2011 às 11h39

Eu vou, mas não sei se vou voltar ; )
Tomara que a greve do dia 22 comece depois que embarcar.
De qualquer maneira, vou levar meus livros e pedir pro Amaury, e, quem sabe,
também o Dep.Protógenes, autografar.
Esse bonde não vou deixar escapar.

Responder

Fabiano

20 de dezembro de 2011 às 11h39

Vai ter trasmissão pela internet!?? Transmitam, gravem!!!! Coloquem no youtube!!!

Responder

Ivone

20 de dezembro de 2011 às 11h36

Espero que os simpatizantes do partido de oposição, possam refletir, de que diante de denúncias de corrupção nosso partido deverá ser único, A VERDADE! Seja para lucidar os fatos, seja para lavar a honra.

Responder

Jorge Nunes

20 de dezembro de 2011 às 11h19

Fica fácil encontrar motivos para o silêncio da mídia. Eduardo Guimarães em seu blog postou planilhas onde se mostra que as empresas de mídia se apropriaram de parte de empresas públicas ou se associaram a grupos que as levaram.

A defesa da privatizações feita pela mídia foi em causa própria. Ou seja a mídia foi associada ao tucanos no processo.

Que cria uma situação bem esquisita, pois, a grande mídia basicamente seria cúmplice da privataria.

Aí está a origem do PIG.

Este é processo como os tucanos pretendiam ter o controle ideologico por "20 anos" sobre o Brasil, controlando a informação através da associação com mídia. Eles não têm mais o poder poder político mas através da mídia tentam impor o controle ideológico. Mas ignoraram a força que a internet teria no Brasil nos anos que seguiram depois da privataria.

Responder

    Luiz

    20 de dezembro de 2011 às 12h22

    "A defesa da privatizações feita pela mídia foi em causa própria."
    Eureka, Jorge! Eureka!
    Só vê quem pode ver. E é quase impossível convencer os seguidores da mídia disso.

    Eli

    20 de dezembro de 2011 às 12h55

    Bingo!!

    zilda

    21 de dezembro de 2011 às 13h25

    Isso enquanto Eduardo Peçonhento Traíra Rastejante Azeredo não conseguir implantar o AI-5 DIGITAL não é?

    Julio Cesar

    21 de dezembro de 2011 às 14h28

    PARAFRASEANDO fhc, Jorge Nunes é um homen brilhante…..

zilda

20 de dezembro de 2011 às 11h14

Vão transmitir????? Transmite pelamor!!!!!!!

Responder

Mateus_Beatle

20 de dezembro de 2011 às 11h09

Um abismo separa "A Privataria Tucana" de "O Chefe" – Blog da Cidadania: http://www.blogcidadania.com.br/2011/12/um-abismo

Responder

Vieira

20 de dezembro de 2011 às 10h34

Gostaria está em São Paulo, para participar deste grande evento, sobre o maior assalto aos cofres públicos de uma nação.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding