VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Brasil de Fato: Evo Morales aposta todas as fichas em uma vitória no domingo
Você escreve

Brasil de Fato: Evo Morales aposta todas as fichas em uma vitória no domingo


19/10/2019 - 01h46

Da Redação 

Neste domingo, 20 de outubro, 6,9 milhões de eleitores bolivianos elegerão presidente, vice-presidente, 130 deputados e 36 senadores para o período 2020-2025.

Evo Morales, que já governa o país há 14 anos, disputa o seu quarto mandato presidencial contra oito candidatos de oposição.

O Brasil de Fato está com uma cobertura especial para essa eleição muito importante para a América do Sul. O seu repórter Daniel Giovanaz, está entre as cidades de La Paz e Santa Cruz.

Já publicaram uma série de textos, entrevistas, áudios e materiais para as redes sociais.

Vivian Neves Fernandes, coordenadora de Jornalismo do Brasil de Fato, nos enviou um e-mail muito gentil e generoso: “Escrevemos para fazer um convite à leitura dessa cobertura especial e, também, para oferecer a republicação de todo o material no site e nas redes do Viomundo”.

Convite aceito, claro.

Em nome dos leitores do Viomundo, obrigadíssima, Vivian e toda equipe do Brasil de Fato, por compartilharem conosco o trabalho de vocês.

Abaixo, a primeira das matérias. Uma visão geral da Bolívia e do quadro atual.

Especial Brasil de Fato: Eleições Bolívia 2019

Com 193 golpes de Estado entre 1825 e 1982, a Bolívia, país vizinho ao Brasil, vai às urnas em 20 de outubro em um contexto de estabilidade política sem precedentes.

O Movimento ao Socialismo (MAS), encabeçado por Evo Morales, governa o país há 14 anos e ostenta uma média de crescimento econômico acima dos 4% ao ano, com expressiva redução da pobreza.

O atual presidente lidera a atual corrida presidencial com mais de dez pontos percentuais de vantagem.

O cenário poderia indicar uma reeleição tranquila, mas as pesquisas mostram o contrário: as eleições presidenciais de 2019 serão as mais equilibradas do século.

Embora se apoie nos indicadores socioeconômicos e nas melhorias nas condições de vida da população, o governo Morales enfrenta desafios inéditos à frente do país.

Além da histórica rejeição junto às oligarquias da porção oriental do país, o presidente precisará lidar com a insatisfação de parte de sua base de apoio tradicional, formada por indígenas da região amazônica e ambientalistas que questionam a aproximação com mineradoras estrangeiras e setores do agronegócio.

Somam-se a esse quadro os recentes incêndios florestais e a não identificação de eleitores jovens – sem memórias da Bolívia pré-2005 – com o projeto do MAS.

Morales aposta todas as fichas em uma vitória no domingo porque sabe que, se a eleição não for decidida no dia 20, as forças de direita se unirão para um segundo turno – previsto para 15 de dezembro – em torno de seus principais representantes, o ex-presidente Carlos Mesa e o senador e empresário Óscar Ortiz.

Leia também:

‘Há uma revolução em curso na Bolívia; o projeto índio continua sendo a utopia possível’

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

19 de outubro de 2019 às 15h39

Na Bolívia – é bom frisar – o Presidente se reelege,
no 1º Turno, se conseguir Metade dos Votos + um,
ou se obtiver + de 40% dos Votos e, concomitante,
uma Vantagem de 10% ou + sobre o 2º Colocado.

https://www.redebrasilatual.com.br/mundo/2019/10/pesquisa-indica-larga-vantagem-de-evo-morales-para-conquistar-quarto-mandato-seguido/

Responder

Cláudio

19 de outubro de 2019 às 11h31

É ótima essa parceria Viomundo e Brasil De Fato. Assim é que devem agir os/as progressistas: unindo, somando, multiplicando e não dividindo. Parabéns a ambos e vamos acompanhar nos dois a eleição boliviana com grande interesse. Saudações progressistas.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.