VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Bolsonarismo do ódio perde na Câmara, que mantém Daniel Silveira preso por 364 a 130 votos
Você escreve

Bolsonarismo do ódio perde na Câmara, que mantém Daniel Silveira preso por 364 a 130 votos


19/02/2021 - 20h19

Da Redação

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) pediu desculpas aos brasileiros pelo vídeo de mais de 18 minutos em que defendeu o AI-5 e atacou o Supremo Tribunal Federal (STF).

No vídeo, Daniel disse que exerceu seu direito inviolável à liberdade de expressão, mas concordou ter exagerado, num “momento passional”.

Na fala, o deputado xingou o ministro Edson Fachin de “filho da puta”, disse que Gilmar Mendes vende sentenças e lembrou que o AI-5, o ato mais duro da ditadura militar, cassou três ministros do STF.

Mais cedo, por decisão do ministro Alexandre de Moraes, todas as redes sociais do parlamentar foram bloqueadas.

A defesa do deputado não reconheceu que o parlamentar cometeu crime inafiançável ou em flagrante. Mesmo juristas de esquerda, como Pedro Serrano, concordam que neste ponto Daniel Silveira tem razão.

“A ideia de que gravar um vídeo no You Tube é caracterizar flagrante é um pouco equivocada. Não existe flagrante em um vídeo. Houve um evidente abuso. Quando a Constituição defere liberdade ao parlamentar, a finalidade é a defesa da democracia, não ataque a instituição. Ele cometeu ilícitos graves e deve ser investigado”, opinou Serrano.

A deputada Magda Mofatto (PL-GO) apresentou o parecer da Constituição de Constituição e Justiça.

Ela repetiu frases do vídeo, em que Silveira se referiu a Edson Fachin como alguém que tem “essa cara de filha da puta que você tem, essa cara de vagabundo”.

A fala pela qual o deputado se desculpou

“O Judiciário tem feito uma sucessão de merda no Brasil. Uma sucessão de merda. E quando chega em cima [o STF] caga em cima da porra toda”, disse a deputada Magda, reproduzindo transcrição do vídeo.

A relatora do caso considerou adequadas as medidas tomadas pelo STF e pediu a manutenção da prisão.

“Já me arrependi. Já me arrependi de fato”, voltou a falar Daniel Silveira.

Ele fez uma súplica aos colegas: “Não relativizem a nossa imunidade”, lembrando que estava preso num quartel por causa de um discurso.

O deputado Daniel Silveira foi defendido por colegas como Bibo Nunes (PSL-RS), Coronel Tadeu (PSL-SP) e Marcel van Hatten (Novo-RS), que argumentaram que qualquer decisão sobre o futuro do parlamentar caberia ao Congresso, não ao STF.

No encaminhamento da votação, se mostraram contrários à decisão do STF o PSL, o Novo e o PTB.

A deputada Carla Zambelli defendeu o colega Silveira dizendo que acima de tudo está a imunidade parlamentar.

Ao final, o discurso do bolsonarismo de ódio foi derrotado, mas ainda assim obteve 130 votos, contra 364 votos para que Silveira continue preso.





9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

19 de fevereiro de 2021 às 22h20

Ao menos, agora, pode-se nomear 130 Fascistas na Câmara dos Deputados:

Se votaram “Não”, é porque fariam tal qual fez o Deputado Bolsonarista Bandido.

(https://www.camara.leg.br/presenca-comissoes/votacao-portal?reuniao=60387)

Responder

Zé Maria

19 de fevereiro de 2021 às 22h04

.
.
“Esse Deputado é apenas um Souvenir do Absurdo,
usado para isso e será esquecido pelos Bolsonaristas.”

Deputado Federal Marcelo Freixo (PSoL=RJ)

Íntegra do Discurso: (https://youtu.be/wiDDd7PfEbs?t=11898)
.
.

Responder

Zé Maria

19 de fevereiro de 2021 às 21h37

Discurso Histórico do Deputado Federal Paulo Pimenta (PT=RS):

(https://youtu.be/wiDDd7PfEbs?t=11156) .
.
.
Íntegra da Sessão da Câmara dos Deputados: (https://youtu.be/wiDDd7PfEbs)

Responder

Maria Carvalho

19 de fevereiro de 2021 às 21h34

Por muito menos, Delcídio Amaral foi preso e perdeu o mandato.

Responder

Zé Maria

19 de fevereiro de 2021 às 20h39

Se os Poderes Judiciário e Legislativo Federais tivessem assim decidido
em relação aos Atentados à Constituição Federal e ao Estado de Direito
cometidos por Jair Bolsonaro, quando era Deputado, a Democracia no
Brasil não teria sido atacada de forma irreversível pelo Nazi-Fascismo.

Responder

    Zé Maria

    19 de fevereiro de 2021 às 21h17

    .
    Foi Calcado no Abuso na Prerrogativa Constitucional da Imunidade Parlamentar
    que o então Deputado Federal Jair Bolsonaro defendeu constantemente a Tortura,
    os Seqüestros e as Execuções Sumárias de Civis por Agentes do Governo Federal, e demais Crimes Inafiançáveis cometidos no Período da Ditadura Militar (1964/1985), sobretudo após a Decretação do AI-5, que até hoje é defendido por Oficiais Militares.
    .
    .

    Zé Maria

    19 de fevereiro de 2021 às 21h22

    E quem devolverá o Tempo de Liberdade Suprimido do Ex-Presidente Lula,
    por uso de um Processo Penal de Exceção por um Bando de Fascistas Judiciais ?

    E quem restituirá o Período de Mandato Cassado da Presidente da República,
    Dilma Vana Rousseff, Reeleita diretamente pela Maioria dos Votos Populares ?

    Esses Ataques Constantes Praticados contra o Estado Democrático de Direito
    foram Inconstitucionalidades de tal ordem, que fazem com que a Prisão desse Merrequinha Fasci-Bolsonarista pareça Palmadinha em Bundinha de Criança.

Zé Maria

19 de fevereiro de 2021 às 20h28

Esquece o Moro …

A Pérola que a Deputada Zambelli (PSL-SP) lançou, agora há pouco na Câmara,
em Defesa do Bandido Silveira (PSL-RJ), citando a ‘jurista’ [SIC] e Procuradora
[da Força-Tarefa da Lava Jato do Paraná] “Thaméa Danelon”:

“Durante uma Investigação, um Juiz não pode, de Ofício, no Âmbito de um
Inquérito, inclusive inconstitucional, determinar a Prisão de uma Pessoa” [SIC]
.
.
A essa se dá o nome de “Bandida Constitucionalista que advoga em Causa Própria”.
.
.

Responder

    Zé Maria

    19 de fevereiro de 2021 às 21h34

    É impressionante como esses Fascistas ‘Valentões’ e ‘Rabiosos’
    ficam Mansinhos, Mansinhos, quando têm Processos Contra eles.

    (https://youtu.be/wiDDd7PfEbs?t=10353)
    .
    .


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura