VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Neoarrependida se esquece de limar post de Genoíno: “Ao que tudo indica era bolsonarista-raiz”, diz Carlos Cleto
Você escreve

Neoarrependida se esquece de limar post de Genoíno: “Ao que tudo indica era bolsonarista-raiz”, diz Carlos Cleto


16/04/2021 - 13h23

Por Conceição Lemes

Em 1º de abril,  Becky S. Korich, advogada e dramaturga, publicou na Folha um artigo fazendo  mea-culpa  por ter votado em Jair Bolsonaro para presidente em 2018.

Curiosamente, em nenhum lugar cita o nome dele.

Refere-se ao inominável como “ele”.

No texto, amplamente reproduzido pela mídia, inclusive aqui no Viomundo, diz:

Foi um ato de puro impulso. Um ato insano. 

[Ele] Nunca escondeu sua personalidade controversa e seu temperamento colérico. Ingênua, portanto, eu não fui. Não posso, pois, usar em meu favor, desconhecimento como fator atenuante.

Errei, e faço o mea-culpa. 

Sou hoje coautora de crimes dolosos, por ter sido autora de um crime culposo em 2018. Carrego essa mácula.

De fato, Becky não é nem foi ingênua.

Que o diga o advogado Carlos Cleto.

Em função da pandemia, ficou trancado em casa, e aprendeu o funcionamento das redes sociais.

Foi assim que Carlos Cleto fez duas descobertas surpreendentes sobre a neoarrependida.

A doce Becky limou as mensagens postadas de 2015 a 2019  no seu perfil do Facebook

Só que possivelmente se esqueceu de apagar uma que foi publicada em 8 de dezembro de 2013.

É uma foto de José Genoíno, ex-deputado federal e ex-presidente do PT, lendo um jornal com a manchete Lugar de Ladrão é na Cadeia, sob o título Premonição.

Este post diz muito sobre a autora.

“Ao que tudo indica, era bolsonarista-raiz”,  opina Cleto.

“E, agora, recorrendo à sua expertise profissional de fazer drama, se diz envergonhada e que votou por impulso”, acrescenta.

No mea-culpa, Becky diz ainda: “Aparentemente ele tem uma boa equipe de ministros”.

Aparentemente, também, “da boa equipe de ministros”, ela não se envergonha nem se arrepende.

 





7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Vitor Sorenzi

18 de abril de 2021 às 14h11

Boa equipe de ministros? Onde?

Responder

Ricardo Oliveira

17 de abril de 2021 às 14h15

Apenas está tentando se distanciar do fascista pra limpar a imagem, quer tirar proveito do arrependimento em benefício próprio.

Responder

Sergio Alexandre Antunes de Carvalho

17 de abril de 2021 às 12h43

De fato ele é ruim e tem uma equipe que vai do incompetente ao totalmente desprezivel. Já ouvi de um que ele tinha um bom ministério que bastava ele ficar na ribalta, como o Itamar Franco, que colheria os frutos. Ora, Damares, Salles, Guedes, Weintraub, Pazuello, Mendonça, Ribeiro e muito etc. não são o que se possa chamar de bom ministério ma, ao contrário, o fim do mundo.

Responder

Alberto Bretone

16 de abril de 2021 às 20h17

Só bobo acredita nessa mentira de mea culpa.
Certas pessoas até se afastaram da mídia. Não adianta falar.
Deixa o povo exprimentar*.

Responder

Luiz Clete

16 de abril de 2021 às 19h47

Mais uma para o Clube do Ai meu Rivotril! Arrependida meuzovo!

Responder

Antonio de Araujo

16 de abril de 2021 às 16h45

É aquele típico reconhecimento do erro com um MAS. “É ruim, mas tem uma boa equipe”. Não, ela nunca se arrependeu. Está só envergonhada. Em 2022, votaria em outro “Bolsonaro”.

Responder

Zé Maria

16 de abril de 2021 às 16h36

Um impulso de 5 Anos de Antipetismo da Eleitora do Aécio.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding