VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Sindicalista alerta: Ao vender refinarias da Petrobras, projeto do governo Bolsonaro é criar monopólios privados; vídeo
Quem luta educa

Sindicalista alerta: Ao vender refinarias da Petrobras, projeto do governo Bolsonaro é criar monopólios privados; vídeo


17/10/2020 - 16h00

Sind-UTE/MG Outras Palavras

No último dia 7/10/2020, a Comissão do Trabalho, da Previdência e da Assistência Social da Assembleia Legislativa realizou uma audiência pública para discutir as privatizações das estatais.

As representações sindicais presentes e a deputada estadual e presidenta da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Casa, Beatriz Cerqueira, defenderam a soberania nacional, os serviços e servidores públicos, e a Petrobras contra a tentativa de privatização.

“Na minha concepção, deveríamos discutir como usar os royalties do Pré-sal na Saúde, principalmente nesse momento da pandemia, e na Educação. Mas, estamos discutindo a privatização da Petrobras”, disse o presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT Minas), Jairo Nogueira Filho.

A representante da coordenação nacional do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Soniamara Maranho, destacou as consequências do projeto privatista do governo federal. “O que está acontecendo é a entrega para o capital internacional daquilo que construímos historicamente com nossas estatais. Isso é a entrega do nosso poder, da nossa soberania.”

“A Petrobras foi pioneira na exploração de petróleo no mar. Se não fosse criada, não teríamos nem refinarias no Brasil”, explicou o coordenador-geral do Sindicato dos Petroleiros de Minas Gerais (Sindipetro/MG), Alexandre Finamori, a respeito da produção tecnológica da empresa estatal.

“O projeto do governo federal ao vender as refinarias é a criação de monopólios do petróleo”, disse o representante do Comitê Mineiro em Defesa do Sistema Petrobras, Guilherme Alves.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

17 de outubro de 2020 às 22h47

Bolsonaristas têm Dólar na Cueca
pra pagar Gasolina e Diesel Caros.
Custa só 1 Dólar o Litro na Bunda.

Responder

Augusta

17 de outubro de 2020 às 20h43

Seria tão adequado e útil se pudessem fazer um mapeamento gênico deste padrão de seres humanos , comparando-os aos seres humanos outros, apesar de crê que esta é uma condição da maioria, apenas não sendo possível a eles concretizar esta ambição; enfim, o que leva estes indivíduos a nunca se saciarem ou e satisfazerem? O que há de diverso neles, se uma questão gênica ou meramente o produto de uma personalidade moldada em condições especificas ao longo da infância , ou uma relação competitiva de ambos? Enfim, porque não se satisfazem, ou melhor , por que não utilizam toda sua riqueza e seu poder para construir um mundo melhor e uma humanidade superior. Evidentemente, é fácil entender como é a dinâmica do modelo vigente politico-econômico; se você não crescer a todo tempo , em um meio sem qualquer ético ou moral, será dominado por seus concorrentes e sufocado pela diferença de capital e pela ganância em outrem . Mas há algo além disso , como uma tendencia comportamental humana , aliada à uma falha de programação cultural , que procriar em série este padrão de seres humanos insaciáveis. Em uma análise das motivações presentes , atuais , de se possuir grandes fortunas , sabemos todos de várias; possibilidade de conforto , luxo e toda forma de lazer e distração produzidas pela cultura humana, um tratamento absolutamente delicado e bajulador de todo e qualquer individuo que saiba de sua fortuna, uma leve e exigente sensação de segurança por se transcender a ordem juridica-politica vigente devido ao poder conferido pelo dinheiro e, claro, sendo a meu ver o principal, a possibilidade de se satisfazer sexualmente com as mais belas jovens mulheres e jovens homens, é possível até menores , existentes no planeta terra que comumente se encontram nas industrias da moda e do entretenimento( se não creem , pensem o que impede uma mulher absolutamente famosa e bela de se vender para um homem , de forma sigilosa, quando não são coagidas , com muito dinheiro ou poder; o conscentimento delas ou incapacidade de resistir as pressões absurdas existentes nestes meios, para nele se prosseguir, segredo sigiloso; pela forma como os homens deste planeta demonstram absurda sujeição e vulnerabilidade ao prazer com belas mulheres , creio ser um dos elementos principais).Certamente são algumas motivações e por certo existam mais. Mas a questão , estes indivíduos , apesar de serem idolatrados por outros indivíduos que aspiram possuir fortunas e estilo de vida como o deles, sendo mal sucedidos, e por isso idolatram, por ser aquele individuo alguém que concretizou suas aspirações e ambições pessoais; enfim, estes indivíduos são pessoas absolutamente comuns . Para ser mais clara, nas civilizações mais avançada do universo, que obviamente erradicaram de suas cultura , de seus modelos econômicos e políticos qualquer forma de acumulo de riqueza material , deve ser incompreensível como seres podem idolatrar outros de mesma espécie , e simplesmente por ter riqueza material. Para concluir , seria muito bom para todos se fossem capazes de pararem de idolatrar seus semelhantes meramente pelo fato de serem ricos ou famosos e passassem a valorizar tanto as pessoas que os querem bem quanto as pessoas que são honestas e principalmente os seres humanos que sacrificaram suas vidas para desenvolver etica e moralmente a humanidade . Muitos respeitam seus semelhantes dessa forma, não idolatram e nem é do feitio dessas pessoas tanto idolatrar tanto quando querer ser idolatrado, mas é preocupante o quão crescente é o número de seres humanos que se esqueceram de algo tão banal. Quer dizer, não se esquecem, simplesmente não sabem como entender , sentir e traduzir esta ideia em ações e pensamentos( são insensíveis aos valores que desencadeiam este estado de percepção da realidade)Todo mundo sabe disso , mas nunca é demais repetir ser impossível a construção de uma civilização com tanta riqueza e poder nas mãos de poucos. E o tempo humano está se esgotando , tanto quanto a oportunidade de estar aqui no planeta terra como uma civilização , que embora escravizada desde seus primórdios, está atada à razões e leis superiores ,constituintes do universo, que lhes permitem se libertarem mesmo em condições tão adversas. Mas o cenário, o conjunto absoluto de todos os fatores e razões , se desdobrando em lógicas e razões consequentes do conjunto absoluto prévio enquanto mesmo se lê este texto, está muito, muito mesmo, desfavorável.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!