VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Em Minas, Zema quer aulas presenciais sem nem saber quando professores serão vacinados
Quem luta educa

Em Minas, Zema quer aulas presenciais sem nem saber quando professores serão vacinados


25/02/2021 - 09h26

Sind-UTE/MG denuncia a falta de condições nas escolas da Rede Estadual para o retorno presencial

Nesta quarta-feira, dia 24/2/21, infelizmente superamos no Brasil a casa de 250 mil mortes por Covid-19.

Nas últimas 24 horas, foram 200 mortes registradas e mais de 17 mil vítimas desde o início da pandemia em Minas Gerais, segundo dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MG).

É sob esse cenário que o governo do Estado quer retomar as aulas presenciais na Rede Estadual de Educação.

O Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), por meio da coordenadora-geral, professora Denise Romano, denuncia as condições das escolas da Rede Estadual, que não oferecem a segurança sanitária necessária para um retorno seguro.

“Denunciamos a falta de bebedouros, de salas de aulas adequadas, de mobiliário, o baixo número de Auxiliares de Serviços de Educação Básica, a falta de instalações sanitárias. O Estado está transferindo a responsabilidade para a escola e nós, a população de Minas Gerais, não sabemos quando seremos vacinados”, disse.

A coordenadora-geral do Sind-UTE/MG ainda reforça a importância da cobertura da vacina e da imunidade coletiva para combater a pandemia de Covid-19.

“Não transfiram para os profissionais da Educação e para as comunidades escolares a responsabilidade da gestão, porque a população de Minas Gerais quer ser imunizada. Denunciamos a situação de risco que o governo do Estado quer nos impor”, destacou Denise.

Confira o posicionamento completo do Sind-UTE/MG no vídeo acima.





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Blogs & Colunas
Mais conteúdo especial para leitura