VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Vereador acusado de receptar bens de quadrilha de policiais rodoviários é cidadão de bem, devoto de Nossa Senhora
Reprodução
Política

Vereador acusado de receptar bens de quadrilha de policiais rodoviários é cidadão de bem, devoto de Nossa Senhora


09/08/2021 - 17h17

Da Redação

Neste domingo, o programa Fantástico, da TV Globo, apresentou reportagem sobre a prisão de policiais rodoviários estaduais do Paraná acusados de receber propina para autorizar a passagem de contrabando, além do desvio de bens e drogas obtidas em apreensões.

A quadrilha de policiais teria lucrado mais de R$ 20 milhões enquanto atuou, estimou a reportagem — feita com base em escutas autorizadas pela Justiça, numa ação do Ministério Público Estadual do Paraná e da Corregedoria da PM do estado.

Ao todo, 30 policiais rodoviários teriam integrado o bando. Um dos chefes seria o comandante da 4ª Companhia da Polícia Rodoviária Estadual de Maringá, capitão Rodrigo dos Santos Pereira.

Sob ele, o chefe do posto da Polícia Rodoviária Estadual em Cruzeiro do Oeste, subtenente Elizeu Correia de Melo, que já foi alvo de homenagem da Câmara de Vereadores do município.

Numa das gravações, um sargento subordinado a Elizeu cobra 200 mil reais para liberar um caminhão de contrabando.

O motorista reclama e ele abaixa o “preço” para 150 mil reais, em duas parcelas de 75 mil.

O subtenente Elizeu, responsável pelo posto de policiamento, manejava a escala de forma a colocar homens de confiança nos “horários da propina”, de acordo com a reportagem.

Ele teria orientado os subordinados a jamais registrar as quantidades de contrabando apreendidas, para facilitar o desvio.

Parte do material teria sido destinado ao vereador Sidney Ronaldo Ribeiro, o Tucano, filiado ao PSD de Campo Mourão.

Tucano é dono de uma loja de produtos eletrônicos e foi acusado de ser o principal receptador da quadrilha.

O vereador foi preso na primeira fase da operação do Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), mas ficou detido por apenas uma semana, até obter liberdade provisória da Justiça do Paraná. 

Os policiais permanecem presos.

Além de apoiar Jair Bolsonaro em 2018, o vereador se mostrou sempre muito “família” nas redes sociais, especialmente exibindo sua devoção a Nossa Senhora de Aparecida.

Baseado numa pesquisa do Facebook, Sidney se definiu como o “Jacó” da Bíblia a seus 4.964 amigos: “Seu legado nunca será esquecido”.

O advogado dos policiais disse que todos são inocentes e que as gravações foram tiradas de contexto. O vereador alega que jamais recebeu os produtos roubados pela quadrilha.





1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

10 de agosto de 2021 às 01h47

Outro Bolsonarista devoto
de “Nossa Senhora Hipocrisia”
a entrar para a Galeria.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding