VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Teresina monitora posição de caminhões da coleta de lixo


13/07/2011 - 11h05

atualizado em 13/07/2011 07:09

Prefeitura implanta sistema que permite rastrear caminhões de lixo via satélite

por sugestão do leitor Dourado

População poderá conhecer a localização dos veículos acessando www.teresina.pi.gov.br

Mais uma ferramenta para facilitar o serviço de coleta lixo domiciliar foi implantada pela Prefeitura de Teresina. Trata-se de um sistema de rastreamento via satélite de todos os caminhões de coleta da cidade. Foram instalados aparelhos de GPS (Sistema de Posicionamento Global) nos 31 caminhões que atuam em Teresina. A população poderá conhecer a localização dos veículos acessando a página oficial da Prefeitura pelo link www.teresina.pi.gov.br.

Via internet, a população poderá saber em tempo real a localização do veículo em seu bairro e dessa forma programar de forma mais precisa o horário em que deverá colocar o lixo na porta de casa para ser coletado. A atualização da posição dos veículos é realizada a cada meia hora e o internauta terá acesso às seguintes informações: dia, hora e rua onde se encontra o caminhão. “O novo sistema de monitoramento foi uma determinação do prefeito Elmano Férrer para garantir a sociedade mais transparência e integração do teresinense com os serviços prestados pela Prefeitura”, explica Wander Maia, coordenador de Limpeza Pública da cidade, acrescentando que em alguns bairros, cujas ruas não estão cadastradas no sistema Google Mapas, aparecerá apenas o nome do bairro na página de rastreamento.

O serviço de coleta de lixo domiciliar em Teresina é dividido em 42 circuitos, sendo que 21 são realizados durante o dia e a outra metade no turno da noite. Cada circuito corresponde a um perímetro urbano delimitado por onde o caminhão coletor passa três dias da semana intercalados em horários pré-determinados. Na região central e em pontos onde há grande produção de lixo a coleta é realizada diariamente durante a noite. “Mensalmente coleta-se cerca de 17 toneladas de resíduos sólidos em Teresina”, comenta Wander.

NOVO ATERRO

Atualmente todo lixo coletado é destinado ao aterro controlado, onde é compactado e coberto com uma espessa camada de terra para evitar que os resíduos se espalhem e ainda exalem mau cheiro. Com o novo aterro que está em fase de construção esse processo de deposição ocorrerá de forma mais segura para o meio ambiente, tendo em vista que o lixo será depositado em valas impermeáveis, denominadas células, que impedirão a infiltração do chorume no solo e lençóis freáticos. “É justamente a impermeabilização que diferencia o aterro controlado do novo aterro sanitário”, finaliza Wander Maia.





14 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Klaus

14 de julho de 2011 às 13h24

Duvido que qualquer pessoa vá acessar o site para olhar onde está o caminhão de lixo. Mas duvido mesmo. A pessoa só se dispõe a fazer algo caso isto agregue alguma vantagem para ela. Na minha cidade caminhão de lixo tem dia certo e hora mais ou menos certa de passar. Ninguém acessa a internet para saber disto. Se você saber que ele passa de manhã, acorda e coloca o lixo quando sai do trabalho. Interessante seria saber porque numa cidade que deve ter tantos problemas implantaram este sistema. Tem caroço debaixo deste angu. Quanto custou e qual a empresa que foi responsável. Daqui um ano, procurem saber como está o sistema e se agregou algum ganho.

Responder

    Klaus

    14 de julho de 2011 às 18h50

    "souber", inbecil…

Silveira

14 de julho de 2011 às 11h53

Isso não é o que 80% do piauiense diz em pesquisas recentes, quando este Wilsão, arremedo de socialista, e que esteve com a oligarquia até à véspera do campeão de votos senador Wellington Dias passar um rolo compressor em cima deles, jogando o Maranhão e Alagoas para as lideranças dos Estados miseráveis do Brasil. Isto sim, são dados até do IBGE. Estes links aí só acabam de detonar de vez a oligarquia e seus incompetentes espiões Wilsões. A nota triste é ver um ladrão comprovado de nome Hugo Napoleão ser eleito pela burguesia deputado federal. Essa corja nunca mais. Pipocam municípios petistas pra todo canto no Piauí.
Adeus Leonardo. Sifu!

Responder

Aldir Nunes

14 de julho de 2011 às 10h52

O departamento de "marketing" da Prefeitura de Teresina está funcionando… O que não funciona mesmo é a "coleta de lixo". Teresina tem inúmeros cemitérios de animais e, pasmem, até de humanos, a céu aberto, em bairros ricos e pobres: em terrenos baldios; em rua pavimentadas e/ou, asfaltadas, os lixões são a tônica na cidade. O Resto é propaganda…aliás, o Ministério Público tem a obrigação de fiscalizar essa verdadeira onda de propaganda enganosa nos meios de comunicação!!!

Responder

Amélia

14 de julho de 2011 às 09h36

Além de tudo o que o Leonardo diz, ainda os tucanos colocaram o PTB e o "armazém"(Paraíba) no governo da prefeitura, e agora os GPSs vão limpar nosso lixo…Porque a modernidade chegou só no conceito! Nós todos vamos saber para onde o lixo vai…virtualmente! Porque realmente ele continua nas ruas!!!

Responder

Alexandre

13 de julho de 2011 às 22h23

Espero que no futuro implementem esse sistema para se descobrir onde os ônibus se encontram!

Responder

José Antero Silvério

13 de julho de 2011 às 17h54

Aqui em Minas estão usando algo parecido, mas para vigiar e monitorar pessoas implantando chips nelas. Os nazistas marcavam os judeus com aquela tinta (COISA HORRÍVEL!) que não saia de jeito nenhum. Agora eles implantam chips nos desafetos.

Responder

jefff

13 de julho de 2011 às 14h39

O GPS já foi implantado na prefeitura de santo andré desde 2000 e isso não evitou problemas na coleta seletiva. O sistema mostra aonde o caminhão passou mas não especifica a velocidade dele.

Responder

Gustavo Pamplona

13 de julho de 2011 às 14h39

Legal… pena que a Internet lá não presta muito e emissoras como a Band também não tem cobertura (*), a TV Meio Norte que transmitia o sinal da Band deixou de transmitir a partir de 1 de Janeiro de 2011.

Aê pessoal… conheço gente de lá, beleza?

(*) A não ser por parabólica é claro… mas isto em qualquer lugar do país pega. A SKY fala que tem cobertura nacional, mas não tem…

—-
Gustavo Eduardo Paim Pamplona – Belo Horizonte – MG
Desde Jun/2007 cobrindo nacionalmente no "Vi o Mundo"! ;-)

Responder

    Silveira

    14 de julho de 2011 às 11h45

    A BAND não faz falta em lugar nenhum. Teresina tem vários canais locais pra todos os gosto e desgostos, como a Globo e a Band. Tem também seis emissoras de TVs, sendo três delas em HD Digital – (Curitiba e Porto Alegre têm uma, cada. Os tucanato teresinense está no controle dos desmandos em Teresina, desde os tempos do Covas em São Paulo. O Nordeste está se tornando Petistas Socialistas (PT/PSB), enquanto a tirania do Anestesia ? Aécio do Pó, começa a dar sinais de queda – cachaça, cocaina, tombo de cavalo e greves de revoltas no deserviço público mineiro. CALA A MATRACA, PAMPLONA!!!

    Gustavo Pamplona

    14 de julho de 2011 às 19h40

    Silveira, meu querido… (Tsc, tsc…)
    http://www.band.com.br/emissoras-da-rede/ http://pt.wikipedia.org/wiki/TV_Meio_Norte

    Amigo… se tem uma coisa que é regra fundamental do jornalismo é sempre ter fontes e nunca publicar factóides (pena que o PIG infelizmente não pratica isto)

    Outra coisa, meu caro… tenha bons modos… não conhece a máxima?

    "Nâo faça com o seu próximo aquilo que não gostariam que fizessem contigo"

    Abraços! []'s ;-)

Luís

13 de julho de 2011 às 13h41

Só falta implementar

Responder

Silveira

13 de julho de 2011 às 11h40

Estas coisas acontecendo no Nordeste deixa a gang tucana do Demo em pânico. É que as chances da volta do Brasil do entreguismo estão a cada dia indo pro lixo. No Piauí os últimos governos foram do PT, que elegeu o ex-governador pra Senador, detonando o bobão Mão Santa e o falastrão boca de caçapa Heráclito Fortes. Em Teresina, finalmente, algo de novo das administrações tucanas, além de se maquiar a cidade, pintando os meios-fios de tinta cal. A cidade é uma ilha de modernidade, (bonita mesmo!) por conta da iniacitiva privada e suas torres de condomínios de luxo cercada por várias Etiópias; para agravar, assediada pelas hordas de vítimas do Sarney, do que restou do Maranhão, na outra margem do rio Parnaíba. Teresina, "cidade verde" é atualmente governada pelo PTB cujo prefeito está com um pé no PT da Dilma. Estive lá em junho, no surpreendente Salão do Livro do Piauí.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding