VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Senador pego com dinheiro sujo entre as nádegas tem quase “união estável” com Bolsonaro, diz presidente; vídeo
O senador é tão próximo do clã Bolsonaro que emprega um parente do clã em seu gabinete. Reprodução redes sociais
Política

Senador pego com dinheiro sujo entre as nádegas tem quase “união estável” com Bolsonaro, diz presidente; vídeo


15/10/2020 - 09h57

Sórdido

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro disse, em vídeo, ter quase uma “união estável” com um dos vice-líderes do governo no Senado, o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), que foi pego em flagrante pela PF com dinheiro na cueca.

Foi durante uma operação em Boa Vista. De acordo com policiais federais, havia dinheiro sujo inclusive entre as nádegas do senador.

Ele foi alvo por ser suspeito de desviar dinheiro de emendas parlamentares destinadas ao combate da covid-19 em Roraima.

No vídeo, resgatado por internautas, Chico Rodrigues diz ser amigo de Bolsonaro há 20 anos e aponta o então deputado federal como exemplo de “moralidade” para a juventude brasileira.

Em seu gabinete em Brasília, o senador emprega Leonardo Rodrigues de Jesus, o Léo Índio, primo dos filhos de Bolsonaro, com salário bruto de R$ 14. 802,41 — segundo o diário conservador carioca O Globo.

Léo já trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro e é muito próximo de Carlos, o vereador.

De acordo com O Globo, Léo Índio saudou a nomeação declarando:

Há algumas semanas recebi o convite do senador Chico Rodrigues, a quem admiro há bastante tempo, para compor sua equipe de trabalho. Nossa convivência foi estreitada desde os primórdios da campanha de Jair Bolsonaro à Presidência, quando o senador pôde constatar algumas das minhas características e a convergência de nossas ideias. Sempre acreditei na meritocracia e no valor do trabalho, verdadeiro fiador das liberdades individuais. A boa política, entretanto, é indissociável de mim desde a infância.

A Polícia Federal filmou e fotografou a apreensão do dinheiro na cueca, mas as imagens não foram divulgadas pelo Jornal Nacional.

A mídia, obviamente, deu “tratamento diferenciado” ao vice-líder do governo Bolsonaro.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

16 de outubro de 2020 às 00h03

A propósito, onde foi que a Micheque guardou
os R$ 89 Mil entregues pelo Fabrício Queiroz?
Kí Maldade …

Responder

Henrique Martins

15 de outubro de 2020 às 11h37 Responder

Henrique Martins

15 de outubro de 2020 às 10h50

Esse homem não teve um pingo de sossego desde que tomou de assalto a presidência da república. Ele não teve e nunca terá sossego depois de ter feito isso com o Brasil. Se Deus quiser!

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!