VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Ricardo Boechat, Bob Fernandes e a Privataria Tucana


04/01/2012 - 19h34

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



75 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

O projeto de Kassab para o centro de SP | Viomundo - O que você não vê na mídia

09 de janeiro de 2012 às 16h05

[…] Ricardo Boechat, Bob Fernandes e a Privataria Tucana […]

Responder

Mauri

08 de janeiro de 2012 às 15h30

O ricardo boechat é digamos dos que ficam no muro o mais mal instalado no tal muro.e é possível que a cúpula da familia Saad só agora que a porteira ja tá arrebentada autorizou ao seus âncoras radiofônicos emitirem opniões mais contundentes,ainda mais no tucanato que anunciam maçiçamente nas emissoras do grupo bandeirantes.Uma das coisas que mais irrita é no caso específico dos transporte metropolitanos da grande são paulo os intervalos comercias da Bandnews FM o Metrô,a CPTM e Sabesp inundarem de anúncios a emissora e a população congestionar as linhas,emails,twitters com reclamações da total falta de qualidade dos transportes de São Paulo.Aí não dá pra acreditar em nenhuma crítica com grande confiabilidade dessas emissoras quando se referem aos tucanos.

Responder

    Paulo

    09 de janeiro de 2012 às 11h16

    Quando o livro do Amaury começou a aparecer o Ricardo Boechat convidou o Luiz Carlos Mendonça de Barros para co-ancorar o seu programa nas manhãs da BandNews. Não entendi nada! (Mendonça tem uma participação semanal no programa). Um dia antes, no mesmo programa, Boechat disse que não leria o livro do Amaury por ser massante demais, cheio de documentos… E agora faz esse comentário. O que será que aconteceu?

Fausto

05 de janeiro de 2012 às 19h50

Com, ou sem, uma “Ley de médios”, estamos fazendo a nossa parte.
Aqui quem escreve, é mais que um cidadão exercendo o seu direito de se expressar livremente nesse espaço, legitimamente democrático. É antes de tudo um ser humano em estado de graça, dentre milhões de outros, que após vivenciar tantas indignidades, tanta inversão de valores, tanta hipocrisia, justamente por aqueles que tinham a obrigação cívica e ética de zelar pela democracia, tem agora a chance de expurgar o veneno que injetaram na nossa alma, durante todo esse tempo. Acho que estamos vivendo uma catarse coletiva, uma sensação de depuração cidadã, de higienização dos podres poderes. O PIG insaciável com seu container de Pandora colhererá tudo que semeou. O livro do Amaury é a nossa carta de alforria. Dos doutos, o conhecimento, mas é do povo a sabedoria, não o subestime jamais!
O PIG não resistirá à CPI da PRIVATARIA TUCANA. Os tucanos e a mídia corporativista hegemônica são irmãos siameses, ligados visceralmente, inseparáveis, a morte de um leva fatalmente à morte, o outro. Morrerão juntos! O silêncio imoral da imprensa elitista partidarizada diante da obra do jornalista Amaury, atesta de vez a sua cumplicidade na espoliação do patrimônio público pertencente ao povo brasileiro.
O Amaury Ribeiro Jr. já disse que o seu livro é uma gota d’água, a ponta do iceberg, o fio da meada… Não tenho a menor dúvida quanto a isso. Se realmente o Brasil for um país sério, que queira consolidar sua democracia, e ter uma Justiça que faça justiça de fato, a hora é agora. Não tem porque adiar essa assepsia republicana. Os brasileiros honestos clamam por isso! Temos neste momento uma oportunidade histórica, para mudar o destino do nosso país, e construirmos um novo Brasil.
O Amaury, talvez somente agora, começa a se dar conta da real magnitude da sua obra. O livro PRIVATARIA TUCANA, poderá se transformar num divisor da história brasileira, num Brasil antes e depois da sua publicação. Um agente desencadeador de uma nova mentalidade, de uma nova cultura, soterrando de vez, a velha e putrefata elite brasileira. Uma sociedade renovada, evoluída, sadia, atuante e proativa. Há um ambiente fértil para isso, é só prestarmos atenção em nós mesmos aqui nos blogs. Há um sentimento único, um desejo de mudança, uma energia solidária, uma disposição, uma mesma sensação que podemos mais. Amigos navegantes, já pararam para refletir o que estamos fazendo aqui? Isso é uma verdadeira revolução, a criatividade é a nossa arma, estamos reconstruindo a nossa história. Recusamo-nos ao papel de meros coadjuvantes, agora somos sim, os protagonistas dela. Somos os donos da voz e não mais a voz dos donos! Há vida inteligente na blogosfera, nela nos oxigenamos, nos revitalizamos, nos socializamos, construímos a nossa identidade. Descobrimo-nos senhores do nosso próprio destino. O que estamos realizando não é pouca coisa, a nossa mobilização imobilizou o PIG! Somos o seu antídoto, pensem nisso? Sem querer querendo, por força das circunstâncias, nos unimos naturalmente e olha só o poder que agora sabemos ter, mas que até então, desconhecíamos. Ninguém nos segura mais, o processo é irreversível. Há uma nova conjuntura mundial, uma nova ordem, um novo contexto, uma onda no ar que conspira a nosso favor. Eu sinto isso, sei lá o que, uma espécie de pressentimento, uma intuição, um mutirão de idéias, algo muito contagiante que desafia e supera a própria lógica, transcendental mesmo, eu ousaria dizer, e nada poderá nos impedir de mudar esse Brasil, para melhor. Companheiros dos blogs “Sujos”, nós somos a bola da vez, podem crer! Eu sei disso, não sei como explicar, só sei que sei…

Responder

    Eduardo Souto Jorge

    05 de janeiro de 2012 às 20h24

    A HORA E' ESSA! E' JOGAR NA CARA DELES O SEU PROPRIO VENENO. VOCES QUEREM "FAXINA', ENTAO TA". NOS TAMBEM QUEREMOS. MAS , COM UM DETALHE, A NOSSA E' P'RA VALER.

    Bonifa

    06 de janeiro de 2012 às 11h22

    Belo e inspirador texto, Fausto! Esta política simbolizada pelo tucano, é a máscara que se fundiu à face de um stablishment apodrecido, que suga as forças vitais do país e impede seu deslanche rumo ao pleno desenvolvimento. É um stablishment que ainda governa o país, embalde a perda sucessiva de eleições majoritárias. Aí está a mágica da minoria que se comporta como maioria. É um stablishment que corre nas veias apodrecidas da velha justiça, da velha imprensa corporativa, de diversos órgãos relacionados à administração e à segurança pública, fazendo parecer que os governos trabalhistas são invasores de um território que não lhes pertence por direito divino. É a face horrenda de um Brasil que não deveria existir mais, um Brasil sem cérebro, amarrado ao tronco e ao pelourinho. Blindado fortemente pela mídia cujo outro nome é traição à Pátria, este velho Brasil vê agora a máscara tucana de sua vanguarda política rachada de alto a baixo por um único livro, um livro demolidor. Quem quiser o bem do Brasil, tem que buscar aumentar esta rachadura para olhar internamente, com quantos olhos tenha. E quem quiser proteger o stablishment apodrecido, que tente inutilmente fechar a brecha que o livro do Amaury abriu na máscara tucana, expondo a podridão.

    Antonio Nunes

    06 de janeiro de 2012 às 14h51

    "O livro PRIVATARIA TUCANA, poderá se transformar num divisor da história brasileira, num Brasil antes e depois da sua publicação. Um agente desencadeador de uma nova mentalidade, de uma nova cultura, soterrando de vez, a velha e putrefata elite brasileira. Uma sociedade renovada, evoluída, sadia, atuante e proativa"

    Deus te ouça e q neste novo Brasil, não haja espaço para a PRIVATARIA do PSDB ou o MENSALÃO do PT ou as roubalheiras do PMDB, do DEM ou do PC do B ou de quem quer q seja!

    q este novo Brasil não caia na ingenuidade de achar q "só eles" são ladrões!

    q este novo Brasil nãos e comporte como torcida de futebol e exija do homem público, QUALQUER HOMEM PÚBLICO, a honestidade q o cargo exige!

    Pedro Boemer

    06 de janeiro de 2012 às 18h29

    Caro Fausto, suas palavras são contagiantes. Expressa um sentimento, lá do fundo, que há muito desejo, mas minhas indignações com a sujeira instalada me impedem de sentir. Obrigado por suas palavras. É isso mesmo, somos maior que tudo isso. Está na hora de lavarmos nossa alma em benefício de nosso povo, que tudo pode mas não sabe. O PIG acha que ainda pode manipular tudo, mas dessa vez o Amaury Ribeiro Jr mostrou, com inteligência, as nossas garras, blindada com verdades irrefutáveis. Obrigado

MARCOS

05 de janeiro de 2012 às 14h26

Onde anda a Presidenta do Brasil?!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Onde anda o Procurador geral da REPÚBLICA?????????????????????????????????????
Onde anda a Polica Federal??????????????????????????????????????????????????

Estão todos Cegos e Muos, DORMINDO?????????????????????????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

ACORDA BRASILLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL

Responder

Luc

05 de janeiro de 2012 às 13h35

Para completar,

Na Argentina ocorreu também um processo de privatização em massa, este documentário relata acontecimentos e consequências, vale a pena assistir pois é um de nossos vizinhos, sua presidente é alinhada com a nossa, está dando a volta por cima, assistam:
http://www.youtube.com/watch?v=g_Z07XeiynA&fe

Responder

Yarus

05 de janeiro de 2012 às 12h33

FUNDAÇÃO ROBERTO MARINHO esta sendo investigada por rombo de até R$ 13,8 milhões do MInistério do Turismo ( operação Voucher)
A batata da ONG da Rede Globo está assando.
Uma solicitação de informações ao TCU (Tribunal de Contas da União) mostra que o Ministério Público Federal está investigando as relações da Fundação Roberto Marinho com os desvios de dinheiro público no Ministério Turismo, desbaratados na operação Voucher da Polícia Federal.
QUEM VAI DÁ A NOTÍCIA: A CASA CAIU!?! http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2012

Responder

Elias SP SP

05 de janeiro de 2012 às 12h00

Mônica Bergamo foi muito mais esclarecedora do que Boechat. Quem ouvir na íntegra vai notar que Boechat foi tímido comparado a Bergamo.

Band News FM 28/12/2011
Racha entre o PSDB

O engraçado é ouvir os dois tentarem ser isentos.

Quanto a Bob Fernandes, só admiração.

Responder

Eunice

05 de janeiro de 2012 às 11h34

Só anotando. Leram o Estadão de Ontem? Agora além do Nêumane atirador temos o Estatistico da UF JF
atirando e xingando também. Que linguagem ….. para um acadêmico. Ora, aqui não há jornalismo e fim.
São portavozes de empresas. Estão vendo a economia mundial encalhada e estão pressionados pelas bases econômicas a meterem o pau no Governo e assim garantirem algum.

Responder

    Januário Rezende

    16 de janeiro de 2012 às 11h17

    Esse José Nêumane é o sujeito mais holofoteiro que conheço. É o chamado "aparecildo". E está procurando um meio (uma mídia, na verdade) para parecer honestão às custas do Lula e do PT. Já escreveu até um livro somente esculachando o ex-presidente. E se diz Imortal de Campina GRande. Deve ser. Mas honesto moralmente nunca foi.

Julio Silveira

05 de janeiro de 2012 às 11h34

Aproveito para perguntar por que os Jornalistas são das poucas profissões que não tem conselho de classe para disciplinar suas atividades, poderia ser por interferencia e interesses de seus patrões?

Responder

Julio Silveira

05 de janeiro de 2012 às 11h32

Me desculpem, é curiosidade mesmo, não sou do metier, mas gostaria de saber se realmente existe independência em jornalismo empresarial. Tenho duvidas, por que existe aquela relação empresa – salário que demanda sobrevivencia não só dá pessoa, mas da familia. É possivel ser independente, indiferente de preferencias politicas?

Responder

    ribamar

    06 de janeiro de 2012 às 19h51

    Julio, a liberdade/independencia do jornalismo morre onde começam os interesses de seus proprietários. Aprendi isso com um dos primeiros donos de jornal com quem trabalhei na década de setenta, em Fortaleza. Na primeira vez que contrariei interesses de amigos seus, por descuido do editor geral, ele me chamou e disse que se quisesse escrever o que bem entendia, comprasse um jornal.
    É isso!

Daniel Gorte-Dalmoro

05 de janeiro de 2012 às 10h57

A Grande Imprensa e o pseudo-combate à corrupção no Brasil
por Daniel Gorte-Dalmoro
Renato Janine Ribeiro comentou em seu artigo no jornal Valor, de segunda (“Apurar até depois do fim”); Vladmir Safatle, no seu espaço na Folha de São Paulo, terça (“O inimigo da moral”); Maria Inês Nassif, na sua coluna do dia 22, quinta, no portal de notícias Carta Maior (“2011, o ano em que a mídia demitiu ministros. 2012, o ano da Privataria.”). Os três criticam a parcialidade da Grande Imprensa diante da corrupção no Brasil, e como essa parcialidade, a despeito da impressão de combate à corrupção, não altera em absolutamente nada o panorama, simplesmente porque a corrupção por ela denunciada é um subterfúgio para fazer proselitismo partidário disfarçado.

Maria Inês Nassif, em artigo na revista Interesse Nacional número 11, de outubro de 2010, comentava o fato da chamada direita (PSDB-DEM), carente de base social, ter a Grande Imprensa – ou mídia tradicional, como ela prefere – como tal base, encabeçando os ataques ao governo Lula. Já no governo Dilma, diante do esfacelamento da oposição com o surgimento do PSD, à imprensa coube todo o papel de oposição ao PT: ela assume, então, claramente, ainda que de maneira não admitida, o papel de veículo partidário.

A tática utilizada no correr de todo o ano para tentar desestabilizar o governo Dilma, um governo que teoricamente começou fraco – pela primeira vez o presidente era mais fraco que seu partido, como a própria Nassif assinalara quando Dilma ainda era uma possibilidade de candidata –, tratou de utilizar o que Renato Janine Ribeiro chamou de “tática de artilharia”: mirar um ministro por vez para derrubá-lo. O efeito, contudo, foi contrário ao esperado: Dilma conseguiu passar a imagem de intransigente com os corruptos, além de ter conseguido se tornar credora dos partidos da base aliada – como assinalou Nassif. Isso até o ministro-alvo ser Fernando Pimental, o primeiro da cota de Dilma.

A princípio esse denuncismo parece benéfico, preocupado em combater a corrupção. A forma de agir, contudo, soltando denúncias a conta-gotas e sempre direcionado – exceção a Haddad, que sempre merece uma lembrança, por não ter sido pego em caso algum de corrupção e pôr medo na oposição de perder a principal cidade do país –, é o primeiro sinal de que o interesse é outro.

Como em política, no Brasil, o suspeito é culpado até que se prove o contrário, uma campanha orquestrada pelos grandes veículos de massa tem um poder considerável. Entretanto, uma vez derrubado o alvo, logo a Grande Imprensa se volta para o próximo da lista, como se o caso estivesse encerrado: não tem qualquer preocupação em seguir com a apuração e confirmar se as denúncias são, de fato, procedentes, para, em caso afirmativo, mostrar quais os caminhos da corrupção – obra do sistema e não de um pessoa individualmente –, ou, em caso negativo, em fazer um mea culpa pela reputação manchada.

Mas não é apenas de leviandade: como comentou Safatle, não há sequer simetria na apuração dos casos de corrupção: a Grande Imprensa é extremamente seletiva no que fala, no que cala, no quanto e quando fala. Ele lembra que o esquema do mensalão, que ficou grudado ao PT, teve início no governo PSDB.

O assunto do momento é o livro do jornalista Amaury Ribeiro Jr., A privataria tucana, que, conforme Nassif, faz “denúncia fundamentada e grave” sobre o processo de privatização durante o governo tucano – cujo projeto político, junto com a redução do Estado, típico do receituário neoliberal, era de criar uma burguesia moderna, “escolhida a dedo por uma elite iluminada, e tecida especialmente para redimir o país da velha oligarquia, mas em aliança com ela própria”. A tentativa de ignorar o livro, num primeiro momento, a campanha de desqualificação do autor, depois, mostram que não se trata de uma obra desprezível – sem contar que acabaram por fazer propaganda ao livro, já esgotado.

O risco de um CPI a partir daquilo que o livro constrange a Grande Imprensa a moderar no seu apetite contra o governo Dilma: afinal, seu grande aliado nas últimas cinco eleições presidenciais, o PSDB, está no alvo, afora o fato de nunca se sabe aonde termina uma CPI – nem nós sabemos até onde se estende o quarto poder.

A conclusão dos três colunistas é basicamente a mesma: para combater a corrupção estrutural do Brasil, não adianta fazer denúncias para derrubar ministros, ou encarar toda denúncia como disputa partidária: é preciso levar as investigações adiante, em busca do que esquema que move, e não das pessoas que se aproveitam dele – e fazê-lo sem coloração partidária necessária.

Pato Branco, 24 de dezembro de 2011.

Responder

José Ricardo Romero

05 de janeiro de 2012 às 10h56

Cuidado com este tal do Boechat. Isto aí não presta. Ele não engana ninguém que tenha mais do que dois neurônios. É tudo jogo de cena…canastrão.

Responder

    Arthur Schieck

    05 de janeiro de 2012 às 17h58

    Eu devo discordar de você. Acho o Boechat uma voz quase progressista no meio de um monte de reacionários.
    É normal ele defender na radio opiniões que a direita detesta. Defendeu a molecada da USP, por exemplo.
    Opiniões sobre drogas, religião (ele é ateu) ou repressão policial nunca estão em sintonia com a "opinião do grupo bandeirantes". Por isso achei muito estranha essa atitude.

    Geysa Guimarães

    05 de janeiro de 2012 às 19h20

    Arthur:

    Concordo inteiramente com você. Sou fã do Boechat.

    Yarus

    05 de janeiro de 2012 às 18h58

    Só cai na do Boechat quem quer, o cara é Tucano até o último fio de cabelo que restou… Kkkkkkkk!

    Geysa Guimarães

    05 de janeiro de 2012 às 19h19

    Acho não, Yarus. E eu não perco o Jornal da Band.
    Boechat é sensível, humano. Tá mais pra progressista.

ZePovinho

05 de janeiro de 2012 às 09h49

Eu te disse,eu te disse,eu te disse,eu te disse…………………mas,olha……… eu te disse:
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/eua-susp

EUA suspendem encomenda de aviões à Embraer
Enviado por luisnassif, qui, 05/01/2012 – 08:00

Por Moraes

De O Estado de S. Paulo

Força aérea dos EUA suspende encomenda de aviões feita à Embraer

Agência Estado, com Roberto Godoy

WASHINGTON – A Força Aérea dos EUA suspendeu temporariamente a encomenda de 20 aviões de treinamento e suporte EMB-314 Super Tucano, da Embraer, no valor de US$ 355 milhões, anunciada na sexta-feira passada. Segundo a Força Aérea, a suspensão foi motivada pelo fato de a norte-americana Hawker Beechcraft estar contestando o resultado da concorrência em um tribunal federal norte-americano.

A Embraer venceu a concorrência em associação com a norte-americana Sierra Nevada Corp., que responderia pelo treinamento de pilotos e do pessoal de apoio. Nos EUA, o EMB-314 tem a designação A-20. Os aviões serão construídos na fábrica da Embraer em Jacksonville (Flórida), para operar no Afeganistão……………………………………….

[youtube kQAwuMBk6qw http://www.youtube.com/watch?v=kQAwuMBk6qw youtube]

Responder

Melinho

05 de janeiro de 2012 às 09h12

Digamos que Boechart pegou o trem das 11.
Ele é filho único e tem a sua casa para olhar, quero dizer, sustentar.

Não posso ficar mais nem um minuto com você…, teria ele finalmente cantado para o Serra, quando o trem carregado com os livros do Amaury se aproximava da estação.

O nome da música é "trem das 11". Vocês lembram?

Responder

Marcio H Silva

05 de janeiro de 2012 às 02h29

o Boechat falou na surdina na radio FM. Já pensou se todos os Jornalistas do PIG pudessem emitir sua opinião abertamente na TV aberta? veríamos e saberíamos quem é quem neste imbroglio todo.

Responder

Maria Dirce

04 de janeiro de 2012 às 23h15

hoje assisti os 2 jornais Record News e o pig Globo News.na Record News um comentarista político, esqueci o nome mas era altamente gabaritado, falava sobre o perigo da guerra do Irã e Usa, dizia que não ficariam só eles, formariam aliados e assim a desgraça tava pronta.Na Globo News o Demétrio Magnólio, cujo livro dele de geografia corre nas escolas estaduais de SP, aliás DM afinadíssimo com os tucanos, disse que Irã faz um blefe jamais iriam atacar o poderoso Usa.Ai, fiquei pensando nesses livros que estão espalhados nas escolas estaduais, com o senhor Demétrio olhando ostensivamente a direita que lhe cobre de livros para assisti-lo falar tantos impropérios, diga-se que esse não é o primeiro comentário carregado de tucanagem!!!!

Responder

    Bruno

    05 de janeiro de 2012 às 09h45

    Mas qual o seu ponto? Que por o Demétrio Magnoli ter livros nas escolas estaduais de São Paulo o Irã vai ter coragem de atacar os EUA? Não é porque o cara é "tucano", "direitista", "piguiano", "feio, bobo cara de coruja" que tudo que ele fala é com intuito de subverter e enganar, né.

    M. S. Romares

    05 de janeiro de 2012 às 14h11

    Dificil argumentar baseado nessas bobagens que voce escreve e nas quais deve acreditar. Procure saber um pouco mais sobre esse verme oportunista e depois volte. Ou pule direto pra coluna do cabeção de "dois corgos".

amores

04 de janeiro de 2012 às 22h58

o patrão do Boechat deu dois minutos ele falar sobre livro.

Responder

Fabio_Passos

04 de janeiro de 2012 às 22h44

Muito bom:
[youtube bs9AXSXNUHE http://www.youtube.com/watch?v=bs9AXSXNUHE youtube]

Responder

    ejedelmal

    05 de janeiro de 2012 às 06h15

    Todos os homens do "suposto" presidente

    Antonio Nunes

    05 de janeiro de 2012 às 10h59

    esses políticos corruptos e suas filhas… e filhos biólogos!!!

    até nos escândalos, o PSDB e o PT se parecem…

    Antonio Nunes

    05 de janeiro de 2012 às 12h32

    esses políticos corruptos e suas filhas… e filhos biólogos!

    até nos escândalos, o PSDB e o PT são iguais…

    Yacov

    05 de janeiro de 2012 às 19h24

    AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH… É verdade!! Enquanto o PT desvia tapiocas e uns trocos na cueca, o PSDB desvia metade do PIB nacional e é o REI dos paraísos fiscais. Mas tu é abestado mesmo em Antonio Nunes… (Aliás, nome perfeito para um TROLL)

    "O BRASIL PARA TODOS não passa na glObo – O que passa na glOBo é um braZil para TOLOS"

    Antonio Nunes

    06 de janeiro de 2012 às 21h44

    esse é o problema dos petistas…

    querer cadeia pros tucanos corruptos, ZERO problema!

    mas dizer q a corrupção do PT é "desvio de tapioca", cansa qualquer cidadão honesto…

    os petistas querem criar um novo tipo de cidadão: o "meio" honesto… o q só quer a prisão dos ladrões "de lá"!

    uma pena…

Arthur Schieck

04 de janeiro de 2012 às 22h32

Isso não foi um atraso, foi um "mea culpa".
Na segunda-feira, se não me engano, na semana seguinte ao lançamento do livro o mesmo Boechat não só desdenhou o livro como acusou os ouvintes da bandnewsfm que o escreveram para cobrar alguma opinião sobre o livro de estarem "orquestrados", ou algo do gênero.
Pior. Não o fez em cadeia nacional. Esperou entrar na programação fluminense pra comentar sobre.
Confesso que sou um grande fã do Boechat e que isso me causou uma imensa decepção.

Responder

Fausto

04 de janeiro de 2012 às 22h08

Aqui quem escreve, é mais que um cidadão exercendo o seu direito de se expressar livremente nesse espaço, legitimamente democrático. É antes de tudo um ser humano em estado de graça, dentre milhões de outros, que após vivenciar tantas indignidades, tanta inversão de valores, tanta hipocrisia, justamente por aqueles que tinham a obrigação cívica e ética de zelar pela democracia, tem agora a chance de expurgar o veneno que injetaram na nossa alma, durante todo esse tempo. Acho que estamos vivendo uma catarse coletiva, uma sensação de depuração cidadã, de higienização dos podres poderes. O PIG insaciável com seu container de Pandora colhererá tudo que semeou. O livro do Amaury é a nossa carta de alforria. Dos doutos, o conhecimento, mas é do povo a sabedoria, não o subestime jamais!
O PIG não resistirá à CPI da PRIVATARIA TUCANA. Os tucanos e a mídia corporativista hegemônica são irmãos siameses, ligados visceralmente, inseparáveis, a morte de um leva fatalmente à morte, o outro. Morrerão juntos! O silêncio imoral da imprensa elitista partidarizada diante da obra do jornalista Amaury, atesta de vez a sua cumplicidade na espoliação do patrimônio público pertencente ao povo brasileiro.
O Amaury Ribeiro Jr. já disse que o seu livro é uma gota d’água, a ponta do iceberg, o fio da meada… Não tenho a menor dúvida quanto a isso. Se realmente o Brasil for um país sério, que queira consolidar sua democracia, e ter uma Justiça que faça justiça de fato, a hora é agora. Não tem porque adiar essa assepsia republicana. Os brasileiros honestos clamam por isso! Temos neste momento uma oportunidade histórica, para mudar o destino do nosso país, e construirmos um novo Brasil.
O Amaury, talvez somente agora, começa a se dar conta da real magnitude da sua obra. O livro PRIVATARIA TUCANA, poderá se transformar num divisor da história brasileira, num Brasil antes e depois da sua publicação. Um agente desencadeador de uma nova mentalidade, de uma nova cultura, soterrando de vez, a velha e putrefata elite brasileira. Uma sociedade renovada, evoluída, sadia, atuante e proativa. Há um ambiente fértil para isso, é só prestarmos atenção em nós mesmos aqui nos blogs. Há um sentimento único, um desejo de mudança, uma energia solidária, uma disposição, uma mesma sensação que podemos mais. Amigos navegantes, já pararam para refletir o que estamos fazendo aqui? Isso é uma verdadeira revolução, a criatividade é a nossa arma, estamos reconstruindo a nossa história. Recusamo-nos ao papel de meros coadjuvantes, agora somos sim, os protagonistas dela. Somos os donos da voz e não mais a voz dos donos! Há vida inteligente na blogosfera, nela nos oxigenamos, nos revitalizamos, nos socializamos, construímos a nossa identidade. Descobrimo-nos senhores do nosso próprio destino. O que estamos realizando não é pouca coisa, a nossa mobilização imobilizou o PIG! Somos o seu antídoto, pensem nisso? Sem querer querendo, por força das circunstâncias, nos unimos naturalmente e olha só o poder que agora sabemos ter, mas que até então, desconhecíamos. Ninguém nos segura mais, o processo é irreversível. Há uma nova conjuntura mundial, uma nova ordem, um novo contexto, uma onda no ar que conspira a nosso favor. Eu sinto isso, sei lá o que, uma espécie de pressentimento, uma intuição, um mutirão de idéias, algo muito contagiante que desafia e supera a própria lógica, transcendental mesmo, eu ousaria dizer, e nada poderá nos impedir de mudar esse Brasil, para melhor. Companheiros “Sujos”, nós somos a bola da vez, podem crer! Eu sei disso, não sei como explicar, só sei que sei…
Força total aos deputados Brizola Neto e Protógenes!
“QUEM É OU QUEM FOI O MAIOR BRASILEIRO DE TODOS OS TEMPOS?”
Amigos navegantes entrem no site do SBT e votem no Lula! http://www.sbt.com.br/home/

Responder

Eduardo

04 de janeiro de 2012 às 22h06

correção: Bob Fernandes comentou o livro e questionou o pig por tentar escondê-lo logo nos primeiros dias, não houve atraso. já boechat e band, 'certo atraso' é pra pegar leve né?

Responder

Henrique

04 de janeiro de 2012 às 22h00

A grande imprensa , "pensadores", 'outros políticos' e muitos jornalistas(?) sabiam e sabem que o PSDB/Serra/FHC e Cia nunca se importaram com a soberania, o estratégico e o povo brasileiro.
Certamente esse 'jornalismo' e/ou 'jornalistas' estão envergonhados de esconderem por muito tempo esta privataria.
Faça comentários na TV, jornais, revistas, etc…, onde o Boechat está 'lotado'.
SOMENTE isto, numa rádio FM, só é HIPOCRISIA.
E o Bob?
Já foi mais contundente.
O intrigante é quando eles tem a notícia na mão, se der ibope ou se a "oligarquia" que os comanda deixarem, eles emitem seus 'comentários'.
Para mim, agora estes comentários são tardios – eles todos estão é envergonhados de não fazerem INFORMAÇÂO, que é o verdadeiro JORNALISMO – aliás que todos eles tinham conhecimento da privataria.
Olhem-se no espelho e se perguntem que jornalismo fizeram até agora!
Querem um exemplo: quando FHC em entrevista à Revista Piauí/agosto/2007, disse que "…EU TRAÍ OS ANSEIOS DA PÁTRIA…" – por que esse jornalismo HIPÓCRITA não teceu nenhum comentário a respeito? Será por que fazem parte da imprensa golpista que só sabe ficar em ESTRONDOSO SILÊNCIO?
OLHEM-SE NO ESPELHO, senhores jornalistas(?)!

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    04 de janeiro de 2012 às 22h09

    Henrique, o comentário do Bob é antigo, foi feito em 12/12/2011, como notou o Edson Augusto. O Bob é um excelente jornalista, um dos melhores do Brasil.

    Rodrigo Leme

    04 de janeiro de 2012 às 22h23

    Naquela escala onde melhor = poupa o PT e casca o PSDB, ele é um dos melhores.

    Heitor

    04 de janeiro de 2012 às 23h19

    Já o Boechat bate o governo todo dia e se omite quanto ao PSDB. Não dá para confiar.

    Antonio Nunes

    05 de janeiro de 2012 às 11h02

    assim como não dá pra confiar nos jornalistas q batem na oposição e defendem o PT… preciso citar nomes?

    como disse Vladimir Safatle, "O ímpeto investigativo tem de ser simétrico"

    traduzindo: a honestidade mora na isenção!

    Yacov

    05 de janeiro de 2012 às 19h20

    A grande maioria dos jornalistas que batem na oposição e defendem o PT está nos blogs..Creio que essa simetria a que vc es refere, é exatamente que todos os brasileiros de bem desejam do fundo do coração. Mas com o PIG submetendo o Brasil ao seu "jornalxo" diariamente, fica difícil, para não dizer impossível. Mas estamos avançando. Já temos os Blogs. Em breve teremos CPI da PRIVATARIA e, a partir dela, a LEi de MIDIAS. Aí o jogo vai ficar mais equilibrado.

    "O BRASIL PARA TODOS não passa na glOBo – O que passa na glObO é um braZil para TOLOS"

    LuisCPPrudente

    05 de janeiro de 2012 às 13h10

    O Boechat tenta se fazer de imparcial, mas logo que a gravação saiu do ar o mesmo disse: Esqueçam o que eu falei.

    Gerson Carneiro

    05 de janeiro de 2012 às 07h41

    Rodrigão, use de toda a sua imparcialidade e nos diga, por favor, o nome de um jornalista que é um dos melhores do Brasil.

    El Cid

    05 de janeiro de 2012 às 11h20

    pedir imparcialidade pro troll acima… Gersão, tem horas que você é exigente demais !! kkkk !!

    Rodrigo Leme

    05 de janeiro de 2012 às 19h31

    Eu nunca me disse imparcial. Vocês que adoram ter fantasias com o que penso ou não penso…adoram criar um personagem de mim pra ficar mais fácil discutir.

    Rafael

    06 de janeiro de 2012 às 12h04

    Não respondeu.

    LuisCPPrudente

    05 de janeiro de 2012 às 13h08

    Rodrigo, parece que eu li o seu nome no livro do Amaury!

    Paulo Roberto

    05 de janeiro de 2012 às 13h34

    Na escala do Rodrigo, um dos melhores jornalistas do Brasil deve ser o William Bonner…

    Henrique

    05 de janeiro de 2012 às 00h46

    Peço desculpas.
    A inclusão do Bob 'nisto' tudo foi uma grande falha minha.
    Lembro-me de uma matéria do Bob Fernandes na Carta Capital de 25/11/1998 – "Sob Suspeita" sobre o dinheiro para o Opportunity – um dos raríssimos jornalistas a comentar sobre a 'irresponsabilidade' do gov/FHC.
    Realmente, no vídeo acima ele sintetizou tudo e foi mais contundente
    Eu não generalizo o Bob com outros. Acho-o uma das excelências em JORNALISMO.
    Obrigado Azenha.
    Obrigado Bob e desculpas.

    Antonio Nunes

    05 de janeiro de 2012 às 12h27

    na lista de "outros politicos", DEVEMOS citar o PT de Lula, q se limitou a fazer chantagem e ameaças ao PSDB no caso do MENSALÃO, numa tentativa (q funcionou) de "toma lá, dá cá"!

    como disse o outro, "tá dominado, tá tudo dominado!"

Vergonha

04 de janeiro de 2012 às 21h58

Ainda não comprei o livro, mas vou comprar…
Só gostaria de saber se nele é citado o nome do maior colaborador para que tudo fosse consumado visando o envio da grana para o exterior, além da privatização do BANESTADO, o sr. Jaime Lerner ?
Lí um pedaço de um comentário em que se citava o nome do banco (um banco sadio que foi quebrado por políticos e seus amigos que não pagaram suas contas milionárias). Mas e do mandatário ? Do grande governador-articulador ? O nome dele está lá ? O que os suécos farão com o título que deram a ele ? Logo eles, um povo tão sério ?
A propósito: Onde está o Paladino da Justiça Álvaro Dias nesta hora ? A Globo não vai entrevistá-lo ?
Manda ele arrumar bem a peruca antes dos holofotes serem acesos…

Responder

    M. S. Romares

    05 de janeiro de 2012 às 14h17

    Não, não está. Mas deveria constar e contar pra todos o que esse Jaime, o verme, fez na gestão no governo do Paraná. E o que me entristece é que a turma toda está de volta no governo junto com o betinho richinha.
    E pensar que certa vez escutei alguem comentar que o Jaime, o verme, seria um excelente presidente da república. Provavelmente no mesmo estilo do SSerra. Afffff!!!!

Edson Augusto

04 de janeiro de 2012 às 21h52

Por questão de justiça, o Bob Fernandes fez esse comentário em 12/12/2011.

Responder

João-PR

04 de janeiro de 2012 às 21h48

MAS, sempre tem um mas, o Boechat não deixou de alfinetar o governo Lula dizendo que o DD continua a dar as cartas no governo.

Responder

    Antonio Nunes

    05 de janeiro de 2012 às 08h55

    mas é mentira?

Yarus

04 de janeiro de 2012 às 21h45

Aécio "janta" Serra em MG: Rádio Itatiaia leva ao ar "A Privataria Tucana

Agora todos mineiros já sabem quem é o verdadeiro José Serra (PSDB/SP).

Do taxista ao passageiro executivo sentado no banco de trás… da diarista à dona de casa… do garçom e do balconista ao cliente dos bares e restaurantes…

A Rádio Itatiaia, líder de audiência em Belo Horizonte (MG), levou ao ar entrevista com Aumaury Ribeiro Júnior, o autor do livro "A Privataria Tucana".

Na entrevista, José Serra, sua filha, seu genro, seus compadres, foram alvo da descrição detalhada dos esquemas de roubalheira e da arapongagem contra Aécio Neves na disputa presidencial em 2010.

A rádio é considerada "chapa branca" em Minas, ou seja, aliada de Aécio. Difícil imaginar que levaria ao ar sem o "consentimento" dos chefões do tucanato mineiro.

Isso mostra que a briga entre Aécio e Serra já chegou às vias da antropofagia tucana.

O áudio da entrevista está no Portal Vermelho. http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2012

Responder

Marcelo Figueiredo

04 de janeiro de 2012 às 21h45

Sou mais o Bob.

Responder

Sebastião

04 de janeiro de 2012 às 21h40

Este comentario de Bob Fernandes já faz algum tempo,não é recente não.Digo isto porque assisto todos os dias o Jornal da Gazeta.O Bob é muito bom,faz comentários interessantes e coerentes.

Responder

Selma1

04 de janeiro de 2012 às 21h35

Justiça seja feita, e é bom esclarecer, o Bob Fernades foi o primeiro a falar sobre o livro na TV Aberta (TV Gazeta). Não recordo a data, mas lembro que foi na semana seguinte ao lançamento do livro, que ocorreu em uma sexta. Na ocasião, o vídeo com o seu comentário foi bem divulgado na internet…

Responder

victor

04 de janeiro de 2012 às 21h24

quero ver na tv

Responder

Arno Siebert

04 de janeiro de 2012 às 21h02

Regime militar – nada era investigado – conclusão, todo mundo era santo.
Governo fhc – investigação era impedida – conclusão, os caras eram santinho.
Governo Lula – Investigação liberada – Conclusão, o governo é corrupto, "na opinião deles".
Governo Dilma – Investigação Incentivada – Conclusão, Um governo que determinará o fim da política de carreira. O psdb aventou que Dilma não tinha carreira na política, (um milhão a zero para a Dilma, ela não tem rabo preso).
O Brasil deve deve dar graças a Deus, os politicos de carreira estão na contra mão.

Responder

    Paulo Roberto

    05 de janeiro de 2012 às 13h46

    No caso do Aécio, além das carreiras, está na contramão, bêbado e sem carteira. rsrsrs

Regina Braga

04 de janeiro de 2012 às 20h54

Aos poucos a coisa esquenta…Existe demora prá engrenar a marcha,mas depois…CPI,URGENTE…Vamos Brasil(com muitos ssss),vamos mostrar que,SIM,NÓS PODEMOS…E podemos.

Responder

Paulo P.

04 de janeiro de 2012 às 20h43

Fundação Roberto Marinho é investigada por rombo de até R$ 13,8 milhões no Ministério do Turismo
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2012

Responder

Democracy

04 de janeiro de 2012 às 20h35

Cadê a Imprensa Livre nesse país????
Que Democracia é essa onde não se pode confiar nem no Judiciário???

Responder

    João-PR

    05 de janeiro de 2012 às 21h51

    Judiciário? No Brasil? Com Juízes dos Tribunais Superiores querendo calar o CNJ?
    Tás brincando né!!!

Cleverton_Silva

04 de janeiro de 2012 às 20h26

Será que S(F)erra pediu a Boechat pra ficar com "a fita"? Deu m…, Zé Alagão!!!

Responder

Gerson Carneiro

04 de janeiro de 2012 às 20h16

"Com um certo atraso"

Com muito atraso, né. Até pra nóis da Bahia (alô Fadel – é Fadel, Fedel, Escarcel?!).

Eu já até tinha colocado essas duas referências nos comentários mas, em se tratando de Azenhão e Conceição Lemes, eu relevo.

Quem ama perdoa.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    04 de janeiro de 2012 às 22h11

    Gerson, a gente às vezes publica atrasado mesmo, especialmente quando pretende fazer referência a vídeos em textos vindouros. Obrigado pela paciência…

Rios

04 de janeiro de 2012 às 19h49

Na rádio ninguém escutou, mas na Band "eles" não deixariam nunca…

Responder

Relme

04 de janeiro de 2012 às 19h45

Boechat, levou muito tempo para fazer uma análise sobre a privataria tucana, isso em rede nacional, talvez tenha feito na sua conciência. Mas, só agora teve sinal verde dos patrões, para tratar do caso em tribuna.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!