VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

Plínio esclarece o que disse à Folha sobre o discurso de Dilma


17/04/2010 - 18h30

por Conceição Lemes

Sábado passado, 10 de abril, em discurso a sindicalistas, a ex-ministra Dilma Rousseff, candidata do PT à presidência, disse: “Eu nunca fugi da luta ou me submeti. E, sobretudo, nunca abandonei o barco.”

A Folha de S. Paulo, porém, deturpou a fala de Dilma e publicou: “Eu não fugi da luta e não deixei o Brasil”.

Depois, a Folha admitiu o erro. Porém, o “Erramos” foi apenas em alguns exemplares.

Outro porém. A repercussão da Folha foi em cima da frase errada.

Hoje o Viomundo conversou Plínio de Arruda Sampaio sobre o episódio.

“Perguntado por telefone, o que eu disse é que se a Dilma tivesse dito aquilo era aloprado”, afirma o candidato do PSOL à presidência. “Eu falei no condicional em cima da frase que o repórter me passou. Eu não havia lido nem ouvido o discurso dela.”

Siga o Viomundo no Twitter





26 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

luizCarlosDias

04 de maio de 2010 às 18h40

Ambiciosos e vaidosos, espelho, espelho meu diz que sou o cara e não o LULA.
O PLINIO, marina, HELOIZA ate tu CIRO, etc etc DILMA vencera e vai ser otimo.

Responder

Reginaldo Moraes

19 de abril de 2010 às 23h07

Não é inocente o termo que ele usou: aloprada. Um termo pejorativo que a grande imprensa tem tentado colar no PT e no governo. Desconta-se o fato de Plinio estar bastante fora de si. Mas não é de hoje. Ele e o senhor Ivan Valente, quando sairam do PT, o fizeram de modo particularmente vergonhoso. A presidencia do PT estava em disputa. Tres candidados à esquerda concorriam contra o candidato da articulação, maioria. Plinio (e Ivan, seu escudeiro), Pomar e Raul Pont fizeram um acordo: aquele que fosse pro segundo turno receberia apoio dos dois outros. Plinio achava que era ele, pelo apoio da esquerda catolica. Nao foi, foi o Raul Pont. Plinio e Ivan roeram a corda. Nao apenas sairam do PT nas vesperas do segundo turno. Em muitas regioes fizeram campanha para que os militantes nao votassem – o que favorecia o candidato da situação. Por que? Ressentimento? Desejo de que o PT nao mudasse? Isto parecia bom pro PSOL, partido com o qual, agora se sabe, eles estavam comprometidos. Quanto a Ivan VAlente, foi apenas um gesto de oportunismo eleitoreiro, como muitos que tem feito. Sairia pro Psol e, em S.PAulo, como nome mais conhecido do partido, construiria seu nicho de mercado eleitoral. Agora, lança Plinio à presidência, dando uma rasteira na Heloisa Helena, que, por sua vez, anteriormente se aliara aos dois para dar uma rasteira nos ingênuos de 'esquerda' que ficaram segurando a brocha. Não há nada de inocente no comentário do Plinio. Infelizmente, para sua biografia, é mais um sinal de decadência.

Responder

M.Amélia M. Branco

19 de abril de 2010 às 19h18

Coitado do Plínio foi seduzido pelo Poder ser ser Presidente, Dilma nele.

Responder

Louzada

19 de abril de 2010 às 02h41

Não tem desculpa não
Acreditou na Folha sem verificar a noticia
O que é o pior foi usado pela direita se ele Plinio fosse amador tudo bem mas com o passado dele num dá
Deixou a vaidade o pegar
Vai ter que ajoelhar no milho

Responder

Ubaldo

18 de abril de 2010 às 23h10

Não há dúvida alguma que a Dilma estava se referindo aos exilados políticos, especificamente FHC e Serra. Ela começou o discurso com essa afirmação, revisada pelos marqueteiros, mas depois que a afirmação pegou mal entre outros exilados coligados, retrocedeu. Esse episódio nos traz algumas lições:
1. A Folha inferiu o que Dilma quis dizer e errou. Se defendeu dias depois afirmando que foram poucos exemplares. Outro erro.
2. Dilma não dá a versão para aquilo que ela quis dizer. Se não se referia aos exilados, a quem se referia?
3. Percebeu-se que a Dilma não é muito hábil no palanque e sente a falta de seu criador.

Responder

pereira

18 de abril de 2010 às 18h30

o Psol e a marina perderam uma chance de estarem juntos com nós para fazer parte das pessoas que vamos juntos com O LULA e DILMA fazer parte das pessoas que eatamos mudando a história do Brasil. O senhor plínio deu uma entrevista depois das eleições para prefeito, comemorando a crise mundial e dizendo cadê o dinheiro para os investimentos, então ele faz parte da turma quanto pior melhor junto com psdbdemo e outros. Agora a turma mudou o discurso pós-LULA, mim engana que eu gosto.

Responder

O vice do Lula?

18 de abril de 2010 às 18h44

Plínio diz ;"… sonha usar a candidatura ao Planalto para ampliar o número de entusiastas do socialismo. “Precisamos de alguém para dizer que existe uma alternativa ao modelo capitalista…." O Brasil esta carente de um partido de esquerda,o meu voto sera no Psol. O PIG (Partido da Imprensa Golpista),coloca de forma inteligente,a oposição de esquerda ao governo social democrata do Lula,junto,com a oposição de direita.Se o discurso acima for verdadeiro,o povo começara a ter mais clareza que tipo de sociedade esta em disputa,visto que,o atual governo,deixa a exploração capitalista correr solta,sem a preocupação de contestar o Estado burguês e seus donos.Isto vai fazer a diferença entre os socialistas(de fato),e os outros partidos burgueses neoliberais (psdb,demo,pmdb,…),e pequenos burgueses social democratas(pt,pdt,…),ou seja,elevar a consciencia politica da nação,que não basta dar esmola é preciso acabar com a exploração do capital.

francisco.

Responder

    francisco.latorre

    19 de abril de 2010 às 22h35

    pô xará…

    psol?… plínio?… o catolicão metafísico?…

    decepção.

    mais ainda da parte de um marxista convicto.

    foi mal.

    ..

Daniel

18 de abril de 2010 às 16h06

Quem não ouviu e não leu tem que dar a opinião criticando? Da próxima vez que o senhor Plínio de Arruda Sampaio seja menos oportunista e diga que não ouviu nem leu e por isso não pode comentar o assunto. Ou ele não sabe que a Folha de S. Paulo usará o comentário dele para bater na Dilma e quando o alvo da crítica for o Serra será ignorado?

Responder

Maria Efigênia

18 de abril de 2010 às 15h10

Gente, quem disse textualmente que não havia exilado no Brasil e sim fugitivo, foi o general Leônidas Pires na entrevista ao Geneton.Inclusive citou o FHC, chamando-o e a outros de fugitivos.

O PSOL, infelizmente, devido as suas posições,é um partido praticamente aliado das forças mais reacionárias que ainda existem.
Lembro do prazer com que membros do Demo no Senado cediam a vez para a "aguerrida "Heloísa Helena detonar o governo do Lula.

Responder

    Janes Rodriguez

    18 de abril de 2010 às 16h32

    Na pressa de atacar a Dilma, o expetista comeu cru. Como se fosse ingênuo, tivesse começado ontem a fazer política e como se não soubesse que a imprensa grande no Brasil de hoje é um conglomerado mafioso, monopolista e privado. E anti-nacional, anti-Brasil. Plínio não tem o direito de enganar-se com a mídia que apoiou e sustentou o golpe.

    O vice do Lula?

    18 de abril de 2010 às 18h38

    Janes,se mostra uma pessoa politizada,gosto das suas opinões firmes e de conteudo ideologico,da forma como voce coloca,da a impressão que o Lula,Dilma e mesmo o Plinio são e serão infaliveis nos seus discursos.Pra todo efeito onde esta a gravação da entrevista?

    francisco.

David R.Silva

18 de abril de 2010 às 13h58

Está fingindo de morto. O discurso da DILMA13, foi ao vivo pela TV do PT e o discurso disponível. A Marina, Heloísa Helena,Plínio…sabem muito bem quem é o PIG, é lamentável que essas pessoas acreditam como verdade as MENTIRAS …e manipulações do PIG. Andam na prática de braços dados com o PIG. Vou de DILMA13. de Belo Horizonte.

Responder

Luciana

18 de abril de 2010 às 13h24

Se ele responde entrevistas por telefone para responder sobre declarações de alguém o mínimo que se pode exigir é que ele primeiro leia as tais declarações, e depois comente. Errou por vaidade e excesso de confiança no PIG.
E realmente o senhor Plínio conhece a linha ideológica da Folha.

Responder

fabiofcruz

18 de abril de 2010 às 12h02

se um político que é uma pessoa que tem de estar bem informado, lê apenas a FSP,

sem checar nada,nem ao menos outro jornais,também é um alienado . Plinio,vacilou.

não votaria nem pra sindico do prédio…

Responder

Paulo Salvador/BA

18 de abril de 2010 às 08h14

Foi bom gente como o plinio ter saído do PT!
vejam a marina…. tudo bem q não concorde com tudo no governo Lula, mas AJUDAREM a elite a nos levar ao retrocesso é demais.. o Povo necessitado está comendo… antes morria de fome..

Acorda plinio, heloisa, marina… ou será q estão acordados e NÓS q estamos dormindo?
sobre o gabeira acho q não precisamos nem comentar… viveu a vida inteira no leblon, ipanema..

Dilma 2010!

Responder

Beto Crispim - BH

18 de abril de 2010 às 06h07

gosto muito do Plinio, mas para uma politico com a experiencia dele, emitir uma opinião em cima de uma iformação passada por um jornalista, ainda da Folha. Sem antes averiguar os fatos, é lamentavel. Na verdade ele aproveitou a oportunidade pra dar uma "alfinetada" na Dilma.

Responder

Ivonildo Dourado

18 de abril de 2010 às 03h32

Por isso é que aprendi a não emitir opinião sobre coisas que não visto, ouvido ou lido (a depender de quem escreveu). Plínio vacilou, como dizemos aqui na Bahia comeu mosca do PIG

Responder

Eudes H. Travassos

18 de abril de 2010 às 02h24

Acho Plini9o uma figura fantástica e imprescindínvel , mas não assinaria em baixo desta condicional, o que poderem fazer pra derrubar a candidatura do governo (Lula) irão fazerr.

Responder

Alexandre

18 de abril de 2010 às 00h40

Marina, Plínio, como foi, anteriornente, a Heloísa Helena só apareceram na Mídia do PIG para a Mídia do PIG atacar a DILMA… Esta é a verdade! Não existe plataforma de Governo deles a ser apresentada pelo PIG! É dar entrevistas para o PIG e esperar a manipulação em prol do SERRA!

Responder

Fabio_Passos

18 de abril de 2010 às 00h29

A esquerda anti-capitalista não pode confiar em relatos da imprensa burguesa.
Não é realmente uma lástima como o jornaleco do frias mente desesperadamente?

Muito provavelmente meu voto no primeiro turno será para o Plínio de Arruda Sampaio.

Responder

    francisco.latorre

    23 de abril de 2010 às 23h59

    plínio é bla-bla metafísico.

    pra quem gosta.

    ..

    é um barato…

    tremendo golpe ameaçando a democracia..

    e nem assim os metafísicos ideológicos caem na real.

    ..

Atilio Aguilera

17 de abril de 2010 às 23h30

O sr. Plinio, pela idade que tem, experiência que os anos trazem, devia ter um mínimo de cuidado. Certa vez um jornalista indagou a Lula, ainda candidato, sobre declarações do presidente da CUT a época, o Jair, que estava em viagem no exterior, a resposta, depois de conversar com ele eu lhe respondo a pergunta, agora eu não posso dizer nada. Lógico, para não cair na armadilha e a intriga que queriam armar.

Atilio Aguilera

Responder

Leider_Lincoln

17 de abril de 2010 às 22h44

O Diabo está nos detalhes, não é mesmo?

Responder

Roberto Locatelli

17 de abril de 2010 às 22h39

Respeito muito o lutador Plinio de Arruda Sampaio. Mas ele deveria saber que, ao dar entrevista à folha, suas palavras seriam usadas contra Dilma. Ele não é ingênuo.

Responder

José Luiz Rossi

17 de abril de 2010 às 22h37

ÔÔÔ Plínio,um político experimentado como você,entrevista por telefone e ainda mais por esse tipo de imprensa!!!!?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding