VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade com a CPI


04/06/2012 - 14h54

por Conceição Lemes

Na semana passada, a CPI do Cachoeira aprovou:

1. A quebra de sigilos da matriz da Delta Construções e de outras empresas mencionadas nas investigações da Polícia Federal e supostamente ligadas aos negócios do bicheiro.

2. A quebra dos sigilos bancário, fiscal, telefônico, de e-mail, SMS e skype do senador Demóstenes Torres (sem-partido GO).

3. A convocação dos governadores de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), e Distrito Federal, Agnello Queiroz (PT), para prestar esclarecimentos. Perillo confirmou para 12 de junho, Agnello, para 13.

Curiosamente, a julgar pelo noticiário da chamada grande imprensa, a CPI vai de mal a pior.  É tudo de ruim: vai acabar em pizza, é lerda, entre outras depreciações. O deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), eleito na semana passada vice-presidente da CPI, discorda dessas avaliações.

Viomundo – Por quê?

Paulo Teixeira – Não há na CPI qualquer objetivo de fazer dela uma pizza. Pelo contrário. Ela está andando com precisão. A CPI já quebrou os sigilos fiscal, bancário e telefônico de empresas e pessoas envolvidas com a organização criminosa do Carlinhos Cachoeira.

Acontece que essa organização criminosa enredou setores importantes do PSDB e do Democratas, e a CPI inexoravelmente vai chegar mais fortemente na oposição do que já chegou.

Daí a grita de setores da sociedade, inclusive da grande mídia. Estão irritados justamente por causa do objeto da CPI — a organização criminosa do Carlinhos Cachoeira, as empresas e os agentes públicos envolvidos.

A grande mídia está contra, porque essa CPI implica a oposição, sua aliada, além de segmentos da própria mídia. Ao ridicularizar a CPI, a grande mídia revela a sua predisposição em relação à CPI.

Viomundo –  Há quem defenda que as acusações do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes ao ex-presidente Lula também sejam objeto dessa CPI. Concorda? 

Paulo Teixeira – Primeiro, a fala do ministro Gilmar Mendes é muito estranha. Supondo que tivesse havido qualquer tipo de ameaça, pressão, por parte do ex-presidente Lula, ele tinha a obrigação denunciar prontamente o que ele disse que teria havido. E não o fez. A conversa entre o ex-presidente Lula, o ex-ministro Jobim e o ministro Gilmar Mendes aconteceu no dia 26 de abril. Ele só falou sobre este tema um  mês depois.

Segundo, ele fala que depois da conversa com o ex- presidente alguns jornalistas disseram-lhe que  Lula teria dito isso, aquilo, aquilo outro.  Ou seja, ele pode ter sido enredado numa teia de fofocas, de boatos.

Terceiro, há o precedente de que, no passado, o ministro Gilmar Mendes disse ter sido vítima de escuta telefônica, o que, de fato, não aconteceu. Portanto, a forma como o ministro Gilmar investiu contra o ex-presidente Lula demonstra desequilíbrio, confusão.

Viomundo – No seu entender, revela o quê?

Paulo Teixeira — Intranqüilidade do ministro Gilmar Mendes com a CPI, porque ele acaba se debruçando sobre o tema CPI longamente. Até porque dos três presentes à conversa, dois desmentiram o seu conteúdo.

Viomundo – Mas a CPI deveria ou não tratar desse fato?

Paulo Teixeira – Acho que não, a CPI tem coisas muito importantes para investigar. Além disso, eu não creio que o Supremo Tribunal Federal estivesse vulnerável a qualquer tipo de pressão, ainda que eu não acredite que tenha havido qualquer tipo de pressão por parte do ex-presidente Lula.

Na verdade, tanto a mídia quanto a oposição querem desviar o foco de si próprias. Eu creio que esse fato não deveria fazer parte da CPI. Esse fato terá espaço na política brasileira como um embate entre um ex-presidente da República e um ministro do STF.  Cada brasileiro fará o julgamento que achar desse ataque do ministro Gilmar Mendes ao ex-presidente Lula.

Consequentemente, na minha opinião, a CPI deve se preocupar com o seu foco inicial, que é o de investigar essa organização criminosa e dar conta dela e não se permitir o desvio de rota por conta desse fato.

Toda a crônica tem sido na direção de desacreditar a CPI, de forçá-la a desviar o seu foco. Afinal, o foco dela é, digamos assim, muito destrutivo, tendo em vista que revela uma grande maracutaia, um grande esquema envolvendo partidos de oposição com o crime organizado.

Insisto. O ministro Gilmar Mendes está dedicando muito tempo à CPI. Na verdade, na sua fala, ele dedica um grande tempo do seu ataque para explicar as suas relações  com o senador Demóstenes Torres.  Desse modo, caberá à sociedade brasileira julgar se essa relação era ou não adequada.

Na minha opinião, o Gilmar Mendes desferiu um ataque inaceitável ao ex-presidente Lula e agora ele não consegue mais controlar.

Leia também:

Voar contradiz versão de Gilmar Mendes

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


60 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Paulo Teixeira: CPI do Cachoeira tenta ouvir Cavendish, Pagot e Paulo Preto « Viomundo – O que você não vê na mídia

04 de julho de 2012 às 19h18

[…] Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade com a CPI […]

Responder

Gravação da PF revela participação de Cachoeira na venda da casa de Marconi Perillo « Viomundo – O que você não vê na mídia

11 de junho de 2012 às 14h11

[…] Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade com a CPI Voar contradiz versão de Gilmar Mendes […]

Responder

Elvino Bohn Gass: Gilmar Mendes, Veja e o conluio dos desesperados « Viomundo – O que você não vê na mídia

11 de junho de 2012 às 12h40

[…] Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade com a CPI […]

Responder

Luis Nassif: Supremo, circo ou hospício? « Viomundo – O que você não vê na mídia

07 de junho de 2012 às 16h16

[…] Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade com a CPI […]

Responder

FrancoAtirador

05 de junho de 2012 às 23h04

.
.
Demóstenes – GILMAR, OBRIGADO PELO RETORNO, EU TE LIGUEI PORQUE TEM UM CASO AQUI QUE VOU PRECISAR DE VOCÊ.
Gilmar – O que você quer fazer?
Demóstenes – EU ESTOU PENSANDO EM LIGAR PARA O PROCURADOR-GERAL DE JUSTIÇA E VER SE ELE MOSTRA PARA OS PROMOTORES QUE ELES NÃO PODEM INTERVIR EM CPI FEDERAL, QUE AQUI SÓ PODE CHEGAR ORDEM DO SUPREMO.
SE ELES RESOLVEREM LÁ, TUDO BEM.
SE NÃO, VOU PEDIR AO ADVOGADO-GERAL DA CASA PARA PREPARAR ALGUMA MEDIDA JUDICIAL PARA VOCÊ RESTABELECER O DIREITO.
Gilmar – Está demais, não é, Demóstenes?
Demóstenes – Burrice também devia ter limites, não é, Gilmar? Isso é caso até de Conselhão. (risos)
Gilmar – Então está bom.
Demóstenes – SE EU NÃO RESOLVER ATÉ AMANHÃ, EU TE PROCURO COM UMA AÇÃO PARA VOCÊ ANALISAR. ESTÁ BOM?
Gilmar – ESTÁ BOM. Um abraço, e obrigado de novo.
Demóstenes – Um abração, Gilmar. Até logo.
.
.
LEI 8027/90
Art. 5º São faltas administrativas, puníveis com a pena de demissão, a bem do serviço público:
I – valer-se, ou permitir dolosamente que terceiros tirem proveito de informação, prestígio ou influência, obtidos em função do cargo, para lograr, direta ou indiretamente, proveito pessoal ou de outrem, em detrimento da dignidade da função pública;
.
.
8112/90
Art. 117. Ao servidor é proibido:
IX – VALER-SE DO CARGO PARA LOGRAR PROVEITO PESSOAL OU DE OUTREM, EM DETRIMENTO DA DIGNIDADE DA FUNÇÃO PÚBLICA.
.
.
CÓDIGO PENAL
Prevaricação
Art. 319 – Retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, PARA SATISFAZER INTERESSE OU SENTIMENTO PESSOAL:
Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.
.
.

Responder

    FrancoAtirador

    05 de junho de 2012 às 23h20

    .
    .
    Após ligação de Serra, Gilmar Mendes pára sessão sobre documentos para votar

    MOACYR LOPES JUNIOR e CATIA SEABRA, FSP

    Após receber uma ligação do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra,
    o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, interrompeu o julgamento
    de um recurso do PT contra a obrigatoriedade de apresentação dos dois documentos
    na hora de votar.

    Serra pediu que um assessor telefonasse para Mendes pouco antes das 14h,
    depois de participar de um encontro com representantes de servidores públicos em São Paulo.

    A solicitação foi testemunhada pela Folha.

    Após pedir que o assessor ligasse para o ministro,
    Serra recebeu um celular das mãos de um ajudante de ordens.

    O funcionário o informou que o ministro do STF estava do outro lado da linha.

    Ao telefone, Serra cumprimentou o interlocutor como “meu presidente”.

    Durante a conversa, caminhou pelo auditório onde ocorria o encontro.

    Após desligar, brincou com os jornalistas: “O que estão xeretando?”

    No fim da tarde, Mendes pediu vista, adiando o julgamento.

    Sete ministros já haviam votado pela exigência de apresentação
    de apenas um documento com foto, descartando a necessidade do título de eleitor.

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/806923-apos-ligacao-de-serra-gilmar-mendes-para-sessao-sobre-documentos-para-votar.shtml

    Fabio Passos

    05 de junho de 2012 às 23h59

    demóstenes torres & gilmar dantas não são amigos… são comparsas.

Fabio Passos

05 de junho de 2012 às 22h54

Responder

Willian

05 de junho de 2012 às 21h01

Curiosamente, a blogosfera só se interessa por Gilmar Mendes, Veja e o Procurador Geral da República, sei lá por que….

Responder

    abolicionista

    06 de junho de 2012 às 02h26

    Porque são caras do bem, Willian, gente como você.

Azuir Ferreira Tavares Filho

05 de junho de 2012 às 18h37

Azuir Disse:
Esse Juiz é igual ao Procurador e já não tem condição moral, emocional, Profissional e humana nenhuma de Julgar o Mensalão que é o Único objetivo deles para não afundarem nas Eleições.
O Mensalão com Demóstenes e Cachoeira, Com Gurgel e Gilmar já esta desmoralizado.
O Mensalão é uma Peneira que pensam que vai tapar o SOL.
A Tentativa deste crime vai é lhes custar os cargos.
O Lula é que foi assediado e provocado covardemente com ameaças de bater com mensalão.

DEMÓSTENES E CACHOEIRA
ASSIM FIZERAM O MENSALÃO.

Contra Dirceu uma vingança, e nisso puseram-se a agir.
Tremenda lambança, e Ministério da Justiça conseguir.
Uma Mina Verdadeira, dali conseguiriam a imensidão.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Demóstenes do DEM sairia, para bom cargo conseguir
Para o PMDB ele entraria, na Justiça é melhor pra agir.
Oportunista de Primeira, grande mestre na enganação.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Foi uma crise criada, e foi Policarpo quem publicou.
Na Veja infâmia danada, que ao PT tanto prejudicou.
Uma Quadrilha tranqueira, da calúnia e da insinuação.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

E toda Mídia colaborou, e fez-se a notícia espetacular.
Grande Teatro se montou, Conseguiram a Dirceu cassar.
Foi Política ratoeira, contra quem enfrentou a repressão
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Querem é faturamento, sem nenhuma responsabilidade.
Ignoram espaço e tempo, perdem o tino na maldade.
Ficam sem eira nem beira, e trocam o pé pela mão.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Contam que ninguém esta vendo, só pensam no lucrar.
Mais o Povo esta aprendendo, sem a fome faz estudar.
Realidade é coisa verdadeira, não é revista ou televisão.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

O Brasil vive uma beleza, o mundo esta reconhecendo
As cartas estão na mesa, e o povo esta tudo sabendo.
Chegada a Hora derradeira, será mostrada na eleição.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Tem perna curta a mentira, e vai em frente a História.
A Vida na verdade se inspira, o povo tem sua memória.
Enganar é fazer besteira, sempre vem a hora da razão.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Não vai reescrever o passado, nem nosso Futuro mudar.
O fato imundo desmoralizado, faz a essa Mídia condenar.
Coisa de gente traiçoeira, à ocultar nossa transformação.
Demóstenes E Cachoeira, Assim Fizeram O Mensalão.

Azuir e Turmas: do Social da Unicamp, Campinas, SP, Amigos de Rocha Miranda,
Rio de Janeiro, RJ e de Amigos de Mosqueiro, Belém , PA.

Responder

    Mário SF Alves

    06 de junho de 2012 às 11h29

    Eis a síntese; eis a sensibilidade e o poder de discernimento dizendo a todos nós: eis o PIG, o crime organizado e o anti-Estado Democrático de Direito, em versos e prosa.
    Parabéns, Azuir.

neopartisan

05 de junho de 2012 às 18h30

La Cour Suprême c’est moi!
(Subtítulo: A evidência do gangsterismo do Lula diante da opinião pública é inquestionável).
Espetacular performance com Gilmaróstenes, Gurgelóstenes, o professor imortal Mervalóstenes e a sardônica Cristiane Lobóstenes (ou será a Mónica Waldvogelóstenes, ou a Eliane Catanhedóstenes?)
http://www.youtube.com/watch?v=qK5InZbS9PA

Responder

Francy Granjeiro

05 de junho de 2012 às 13h11

ABRAM AS PORTAS DA PAPUDA QUE A TROPA DO pig VAI ENTRAR…KKKKKK QUER VER???? JA VAI OUTRO as contradições do empresário Walter Paulo…KKKKKKKKKKKKKKK

Responder

Sérgio Ruiz

05 de junho de 2012 às 11h20

gilmar-veja-serra, precisa dizer mais?

Responder

    Mário SF Alves

    06 de junho de 2012 às 11h31

    Ou… quem sabe, Gilmar só vê Serra! Inclusive, a Pelada, enquanto sinônimo de terra arrasada.

Remindo Sauim

05 de junho de 2012 às 10h56

Não sei por que a pressa da imprensa no julgamento do Mensalão, também não sei de onde tiraram a idéia que os réus serão condenados. Se tivessem lido as acusações no processo veriam que nada mais são que copy/paste das acusações da mídia. Os argumentos ficariam muito bons em série policial de televisão, mas que no Supremo não se suportam. O Gilmar Mendes já se deu conta, e faz tudo para ser considerado impedido de votar e depois dizer que não votou a absolvição e ficar bem com a mídia, da qual necessita para tocar seus negócios.

Responder

Paulo Teixeira: Ataque de Gilmar Mendes a Lula revela intranquilidade do ministro com a CPI | Estrela de Couro

05 de junho de 2012 às 10h17

[…] Leia mais aqui Gostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso post. Esta entrada foi publicada em Sem categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos. ← Control C Control Veja […]

Responder

Marcos Sousa

05 de junho de 2012 às 09h22

Quem esteve por traz de toda esta confusão provocada por Gilmar Mendes foi a oposição. Para ela, o quanto pior, melhor. Só que ela não contava com duas coisas neste caso: o desmentido de Jobim e a incompetência de Gilmar, que se considera, sozinho, o Supremo.
Para uma melhor análise, veja: http://mticianosousa.blogspot.com.br/2012/05/oposicao-brasileira.html

Responder

Ildefonso Murillo Seul

05 de junho de 2012 às 08h00

Entrem na pesquisa do Google com o nome “gilmar mendes” (minusculo mesmo, como deve ser) e as duas palavras aparecerao com outros complementos sugeridos pelo sistema. Na terceira linha a terceira palavra é “corrupto”! A contagem eletronica de acessos não mente. E o cara do “grampo sem audio”, dos HCs bumerangue e das relações mais do que suspeitas.

Alguem já disse que ele está parecendo a XUXA que depois de muitos anos revelou que sofreu abuso na infancia. Talvez ele tenha também algo a revelar da infancia em Diamantino.

“Joaquim Barbosa falou…

E o Dallari avisou,

O GD é picareta com anel de DOUTOOO!!!”

Acorda STF!!!

Responder

Fabio Passos

05 de junho de 2012 às 07h15

intranquilidade?

gilmar dantas está completamente transtornado.
Qualquer um pode ver.

Não fosse um notório pilantra até sentiria pena.

Responder

Roberto Locatelli

05 de junho de 2012 às 05h25

Discordo do deputado. Se o próprio “coroné” Gilmar já deixou escapar que a chantagem de que teria sido vítima tinha, como moeda de troca, suas relações com Demóstenes e Perillo, então cabe à CPI investigar a fundo essas relações. Até, quem sabe, para eximir Gilmar Mendes de qualquer culpa. Mas eu duvido disso. Acho que ele tem culpa em cartório, sim, e está envolvido com o esquema Cachoeira.

Responder

José Stefanini

05 de junho de 2012 às 02h39

Esses congressistas do PT que participam da CPI do Cachoeira dão sono…
É nessa esquerda que o PT se transformou. Só apanham, não revidam, não respondem, não falam com veemência.
Tem esse “cara de bobão” do ministro das telecomunicações, o Paulo Bernardo, um quase inútil que fez acordo com a grande mídia e mandou engavetar o projeto de regulação da mídia do Franklin Martins. Inocentar a Dilma é ingenuidade, o Paulo Bernardo não agiria sem o aval dela.
Agora, esse governo está para aprovar um decreto que proibirá a venda de horário pelas emissoras de tvs. Isso será um tiro no próprio peito. Esse projeto interessa apenas a Rede Globo, que nada de braçada em audiência e em verba publicitária, sendo a única emissora que não precisa vender horário para sobreviver. É um golpe principalmente na Rede Record, a única emissora que possui um jornalismo mais isento e não destila ódio ao PT como as demais… Vamos ter que mudar o nome de Partido dos Trabalhadores para Partido dos Trouxas…

Responder

    Bonifa

    05 de junho de 2012 às 09h51

    Você acredita mesmo que se alguém do PT falar com veemência a mídia oposicionista vai lhe dar todas as condições para que faça isso em bons termos? Ao contrário, editarão imagem e voz, fazendo com que pareça alucinado ou criminoso. Pela mídia da oposição, você não verá nenhuma veemência positiva do Partido dos Trabalhadores. O fato dele estar no poder é um milagre da vontade popular, que entretanto poderá se extinguir, na medida em que o partido progressivamente se descaracterize por adesão tardia à ideologia neoliberal, como em São Paulo é mais visível.

    Mário SF Alves

    06 de junho de 2012 às 11h38

    Cara, tenho de concordar. Você tem razão. É tanta porrada que chega a justificar a expressão milagre.
    Vai ver, não é à toa que dizem que deus é brazuka.

Francisco Hugo

04 de junho de 2012 às 22h59

Entre tantas mordomias a regar a vida dos senadores, será que esqueceram de lhes destinar telefones celulares?
Quantos aparelhos por senador? Pré ou pós-pagos? As cotas são medidas em reais ou em minutos? Operadora? … … …?
Por que deixaram o Demóstenes sem celular?
Ele precisou se socorrer à falta de decoro.
Sacanagem!

Responder

Orley Galindo

04 de junho de 2012 às 22h28

Em um debate, ocorrido na Rádio Jornal do Comércio em Recife, um dos debatedores era o Jurista Paulo Cavalcanti Filho, um dos escolhidos por Dilma pra compor a Comissão da Verdade. O mesmo afirmou, categoricamente, que no encontro entre Lula e Gilmar Dantas, tinha certeza absoluta que o referido Ministro estava falando a verdade, ou seja, Lula estava mentido, pois tinha falado pelo telefone com o Ministro e o mesmo estava indignado, por isso não tinha dúvidas de que ele falava a verdade. Conclusão, ou o Jurista é muito ingênuo e desatualizado ou é pura má-fé. Com certeza deve ser um tuncano infiltrado na Comissão da verdade.

Responder

    Djijo

    04 de junho de 2012 às 23h04

    Como o ministro Melo já disse que não há nada demais,já que Lula não é um expert em leis e ele é um politico, o que se está fazendo é como duas crianças, onde uma faz cara feia – o Lula – e o outro – Gilmar – chorra e corre para a mamãe Veja e conta que o menino mau fez cara feia para ele. Ou seja, toda a história é ridícula, mas mesmo assim, dá uma alvoroçada na vizinhança que gosta de fofocas.

    Bonifa

    05 de junho de 2012 às 02h05

    Gilmar faz metade do mundo jurírico acreditar que possui um poder sobrenatural. Muitos que aspiram posições de outro modo inatingíveis vêm na aproximação com Gilmar uma espécie de meio caminho andado. Assim, para muitos, defender Gilmar é defender seus próprios sonhos, mesmo com todas as evidências em contrário.

Fabio Passos

04 de junho de 2012 às 21h35

“Na verdade, tanto a mídia quanto a oposição querem desviar o foco de si próprias”

A estratégia é clara.
Pegos no flagra em relação carnal com o crime organizado, o PIG e o restante da direita udenista – psdb/dem – está desesperada tentando mudar de assunto.

Só que as investigações vão prosseguir e a quadrilha de carlinhos cachoeira será desbaratada.

Responder

Bonifa

04 de junho de 2012 às 20h51

Um fato que passou quase despercebido neste episódio foi a demonstração de indignação do ministro Sepúlveda Pertence, ao se manifestar sobre o caso. Pertence é do tempo em que uma conversa informal entre um ministro do Supremo e alguém que foi presidente da República, seja qual tenha sido seu teor, jamais deveria sofrer inconfidência de nenhum dos lados. Foi nestes termos que ele externou sua indignação.

Responder

O JUIZ

04 de junho de 2012 às 20h40

Entendo que esse episódio deixa clara a posição política do Gilmar Mendes. Como todo bom tucano, sobrevier é preciso. E para isso, precisam caçar o predador de tucanos. LULA. O povo está com LULA e LULA está com o povo. Nessa esquação, o povo está contra os tucanos. E assim será, até que todos esteja desempregados. PSDB nunca mais. Voltar atrás nunca mais.
O que Gilmar Mendes sentiu, foi o perigo da extinção da raça tucana, e puxou para si o ônus da batalha.Desequilibrado, prepotente, e por vêzes perdido, é a própria imagem tucana.

Responder

alex

04 de junho de 2012 às 20h18

“Alguns coleguinhas”

Do Blog DoLaDoDeLá
CRETINOS & CANALHAS

Fiquei pasmo ao saber que quem envenenou Gilmar Mendes (com a intriga de que Lula espalhava a viagem à Europa do ministro do STF com Demóstenes) tenham sido duas jornalistas, uma da TV Globo de Brasília e a outra também da Globo, mas do canal Globo News.

Entristece saber que colegas com carreiras de tantos anos de bons serviços prestados à profissão são capazes de se prestarem a este tipo de papel.

Trata-se de uma guerra suja, em que a vítima primeira é a verdade. Infelizmente, não posso revelar os nomes, ainda, mas posso dar pistas. Uma delas se associou ao agora candidato à prefeitura de Salvador pelo DEM, quanto este era deputado federal e vazava documentos sigilosos da CPI do mensalão. Tratava sua “fonte” carinhosamente de grampinho, história que já contei aqui.

A outra teve uma sólida carreira no jornal impresso das “Organizações”, sempre na área de economia. Já deu muito plantão na porta de Ministério, sob sol e chuva. Agora tem um cargo importante, com ar condicionado, café trazido em bule de prata, condição que a aproxima dos poderosos de turno.

Esta jornalista terá um papel muito importante nas próximas eleições presidenciais. Seguir seus passos será fundamental para entender o jogo da “firma”.

Nunca estive tão convencido de que estar do outro lado neste jogo me faz realizado. Permite mapear todos os passos daqueles que usam o jornalismo para promoção pessoal, tráfico de influência, tramas sinistras e objetivos impublicáveis.

Farei o que estiver ao meu alcance para desmascarar essa gente inescrupulosa, desonesta e maquiavélica. Podem contar comigo!

http://maureliomello.blogspot.com.br/2012/06/alguns-colegas.html#more

Responder

    Marianne (Serrote)

    05 de junho de 2012 às 07h05

    Na minha opinião interessa, tanto à mídia quanto à oposição, colocar o máximo possível de pessoas importantes do judiciário nesse imbróglio. Contam tanto com a influência do implicado (quanto mais importante melhor) quanto com o corporativismo do judiciário para atrapalhar o máximo possível a CPMI.

João

04 de junho de 2012 às 20h03

já a tentativa de Lula de “barganhar” com Gilmar Mendes uma proteção na CPMI por um atraso no julgamento do Mensalão, revela muita tranquilidade!

Responder

    Jotage

    04 de junho de 2012 às 20h59

    Só você para acreditar no Gilmar. Nem a Veja acredita mais.

    Geysa Guimarães

    04 de junho de 2012 às 21h57

    Provas, meu caro, cadê provas? Nem testemunhais há.
    Eu aqui numa canseira danada para provar que um familiar tentou extorquir grana de um político em eleição passada, tenho vários indícios mas quero PROVAS!
    Quem acusa tem que provar. Eu preciso, tu precisas, e Mentes também. O verbo tem ser conjugado em todas as pessoas.

    paulo roberto

    05 de junho de 2012 às 13h47

    E de onde vc tirou a idéia de que o Gilmar “Dantas” tem poder de atrasar o julgamento do mensalão? Seu ídolo é só um dos 11 ministros, e não preside o órgão e nem relata o processo. Leitor adestrado pelo PIG é fogo…

    João

    05 de junho de 2012 às 22h06

    e de onde vc tirou q Lula só falou com Gilmar Mendes sobre isso?

    Lula estava em “campanha” e visitou vários ministros do STF, como todo mundo sabe…

    menos a torcida organizada do Lula, claro!

    Bonifa

    06 de junho de 2012 às 10h05

    Boa observação, João. A denúncia (idiota, mas sempre é uma denúncia) de Gilmar põe em suspeição automaticamente todos os ministros com quem Lula conversou naquele momento. Gilmar sabia disso e não teve uma gota de consideração com seus pares. Se não nos enganamos, todos eles falaram que nenhum assunto tal como mensalão ou CPI foi ventilado em suas conversas, mas a denúncia de Gilmar coloca todos eles inapelavelmente como possíveis mentirosos e suspeitos de conluio com o Presidente Lula para adiar o julgamento do mensalão. Gilmar teria sido o único resistente da moral e da dignidade do Supremo, o bravo Ministro que reagiu e não admitiu tal conluio.

Clóvis

04 de junho de 2012 às 19h30

Grande DEPUTADO PAULO TEIXEIRA, ético, grande parlamentar, que fala com sinceridade. Ele fala as maiores verdades, sem ofender, sem elevar a voz, no debate sincero e verdadeiro.
Ele será importantíssimo para o avanço da CPMI e para que no final possa estabelecer uma agenda ao país, tais como: regulação dos meios de comunicação e principalmente para o estabelecimento de uma REFORMA POLÍTICA que faça o país avançar sobremaneira para patamares mais elevados em termos de ética pública.

Responder

Fabio SP

04 de junho de 2012 às 19h29

O que o Paulo Teixeira acha que se devia fazer? Cancelar o julgamento do Mensalão, é óbvio… passa a borracha em tudo…

Responder

Fabio Passos

04 de junho de 2012 às 19h06

Esta tramóia de gilmar dantas e rupert civita tinha objetivo claro: Desviar o foco das investigações sobre a quadrilha de carlinhos cachoeira.

Se estreparam. O resultado foi o oposto ao esperado.

Ninguém mais duvida do envolvimento da veja e deste min do stf com o crime organizado…

Responder

luiz pinheiro

04 de junho de 2012 às 18h51

O ministro Gilmar Cachoeira Dantas está tal e qual o Capitão Gancho quando ouve o tic-tac do relógio na barriga do crocodilo que devorou sua perna e quer devorá-lo de vez, por inteiro. Está apavorado, transtornado, e ao reagir revela, mais uma vez, seu estilo truculento, sem escrúpulo algum. Tomara que a CPI seja o crocodilo que por fim dê cabo do excelentíssimo pirata.

Responder

Nilo Aguiar

04 de junho de 2012 às 18h31

Luana Piovani falando e um cão da rua cag%an%do é mais importante o cão pois suas fezes poderão virar aduba para plantas. Luana e Rede Globo se completam e nem nessa emissora ela consegue espaço. Coloquem-a no GNT ou na Globo News, junto a Miriam Leitão. Fará bem as ouvidos da Ana Maria Braga!

Responder

    Bonifa

    05 de junho de 2012 às 02h33

    Pelo que seria lógico deduzir, Luana Piovani não teria condições de realizar um approach mínimamente adequado do epísódio Lula X Gilmar. Embora a imprensa tente por vezes fazer coisa complicada parecer popular, tal como o próprio “mensalão”, pessoas como Luana não andam se indignando com fatos dessa natureza, a não ser que lhe digam respeito muito diretamente. Mas seria razoável dizer que ela tenha se revoltado com a fala de Lula de que não permitiria que um tucano voltasse ao poder. Para isso, bastaria que tivesse um amigo ou namorado tucano, o que não é dificil de se conceber. Falamos isso sem preconceito, levado apenas pela imagem que a mídia criou da própria Luana. Não é impossível que Luana esteja bem informada e seja pessoa muito preocupada com o mundo político ou o mundo jurídico. É possível que ela tenha tomado uma coisa pela outra. O ideal seria algum blog fazer uma pequena entrevista com Luana, para esclarecer.

Gustavo Pamplona

04 de junho de 2012 às 17h34

Analisem isto aqui:

http://noticias.r7.com/brasil/noticias/luana-piovani-diz-ter-vontade-de-bater-em-lula-20120604.html

Bom… além de ser uma atriz global (e que deve estar a mando da Globo para proferir uma “asneira” destas) é de certa maneira uma atriz “fracassada” já que não consegue papéis decentes na própria Globo.

Ela se diz ter vontade de bater no Lula mas será que ela ainda tem e teve vontade de bater no ator Dado Dolabella quando este mesmo a agrediu no passado numa boate do Rio de Janeiro?

Foi um caso que rolou por volta do final de 2008 (http://extra.globo.com/famosos/dado-dolabella-condenado-por-agredir-luana-piovani-367621.html) e que inclusive rolou uma certa discussão sobre a aplicação da Lei Maria da Penha neste caso.

Bom… mesmo sendo uma mulher que foi agredida… tecnicamente falando uma atriz rica como ela não precisaria de uma Lei Maria da Penha, já que esta lei se aplica as mulheres pobres que não tem como se defender.

—-
Há 5 anos agredindo asneiras proferidas por globais no “Vi o Mundo”! ;-)

Responder

    pperez

    04 de junho de 2012 às 19h23

    A queridinha do Brasil Regina Duarte tambem fez uma declaração apavorante destas na TV, afirmando o caos em que o Brasil se transformaria, caso Lula fosse eleito em 2004!
    Taí! Lula bombou durante os 8 anos de governo e a Regina… ei cadê a Regina hein?

    João

    04 de junho de 2012 às 20h06

    rapaz, te contaram não?

    Regina Duarte entrou em depressão profunda, foi demitida da Globo, engordou, perdeu os dentes e ficou pobre…

    ela tá muito infeliz ainda mais agora q vc falou mal dela!

    Geysa Guimarães

    04 de junho de 2012 às 22h53

    pperez,
    Regina Duarte certamente só conhecia um lado da História. Entendo porque também já fui “midiota”, admirava Lula mas faltava coragem para votar nele, então votei no Collor. Pimba! Ele fez com a gente tudo que temíamos que Lula fizesse.
    Regina é a celebridade mais simpática que já vi, sempre sorrindo para todos, até nos restaurantes vips. De uma simplicidade encantadora.

    Mário SF Alves

    06 de junho de 2012 às 14h02

    Ah! A Luana. Parece que primeiro ela deveria se entender com relação àquela questão da acusação feita a ela sobre proselitismo a favor da canabis. Será que o preço cobrado foi tão alto assim?

Hélio Pereira

04 de junho de 2012 às 16h45

Gilmar Mendes esta com TPC (Tensão Pré CPI).

Responder

Vinicius Garcia

04 de junho de 2012 às 16h45

Falta ao Gilmar Mendes a comprovação do fato, do modo exposto parece coisa de comadre de cortiço, aumenta a cada descrição, sem a devida noção de realidade, típico prato para a revista de detrito sólido.

Responder

lucas

04 de junho de 2012 às 16h35

Será que foi para tirar o foco do bolinha de papel?

Responder

maria olimpia

04 de junho de 2012 às 16h24

Graças a Deus o Dep.Paulo Teixeira foi eleito vice-Presidente dessa CPMI. Pela abrangência da mesma, contamos com um parlamentar íntegro e correto, que cumprirá com seu dever, apesar de todos os entraves, inclusive da mídia.

Responder

Mardones Ferreira

04 de junho de 2012 às 16h15

No alvo, senhor Deputado! A intenção do PIG e do Gilmarginal Mentes é uma só: tentar desviar o foco da CPI que já pegou a Veja, o ex-ético Demóstenes, o Perillo e já bateu às portas da Globo e do Serra.

Ou seja, chegou à Casa Grande e isso o PIG não tolera!

Força Deputado, pois a Cachoeira é mais forte que as quedas do Iguaçú.

Responder

Joana Costa

04 de junho de 2012 às 15h29

Paulo Teixeira está crescendo muito e acertrou sobre Gilmar. Alguma coisa de podre no reino do ministro pode estar vindo à tona. Será?

Responder

    manoel de hortolandia

    07 de junho de 2012 às 20h21

    vejo que muita coisa pode acontecer,a justiça e a mídia se vale do seu poder para mudar o foca da situação,em 1989 a globo com o seu poder de informar passou o dia inteiro fazendo plantão do jornal nacional,com a mensagem ,vejam hoje no jornal nacional quem sequestrou o empresário Abílio Dinís e quem comandava a policia em são paulo era a família Fleuri que ja vinha da ditadura, ai a noite com todos na frente das tvs os justiceiros obrigou os sequestradores vestirem as camisas com o símbolo do pt e vimos oque aconteceu e hoje vem o Gilmar mendes com esta história [acredite se quiser]

pperez

04 de junho de 2012 às 15h20

Ou seja: O Gilmar tá querendo dizer que não era batom o contorno de uma boca de cor carmin flagrado na sua cueca!

Responder

Regina Braga

04 de junho de 2012 às 15h19

Tadinho do Ministro fez o papel de palhaço…orientado pelo mui amigo.Meu Presidente,o senhor expõe a si e a suprema corte.Mas o STF não é o apêndice da sua vida pessoal.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!