VIOMUNDO

Diário da Resistência


Política

O filho de Bolsonaro e a juíza assassinada no Rio


12/08/2011 - 20h14

Do twitter do deputado estadual Flavio Bolsonaro, reproduzido pela Folha.com

Rogério Leonardo: Racismo explícito em rivalidade esportiva

Policiais federais: Abuso é vazar informações para a mídia

João Damasceno: Juízes sob escolta do Executivo

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



126 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cristovão

17 de setembro de 2011 às 23h59

Se a proposta é cobrir que não se vê na mídia, esse site devia ter tratado com mais atenção do brutal assassinato da juíza de São Gonçalo. O jornal O Globo está inequivocamente atrelado à versão do Tribunal de Justiça – que retirou a escolta – não dando qualquer espaço à versão da família e às manifestações feitas em frente ao TJ. Abjetamente, ainda insinuaram que o crime estaria atrelado a "relações perigosas" que ela teria com PMS (ela namorava um deles). Na minha opinião, esse episódio foi o que a imprensa carioca se portou da forma mais vil em todos os tempos.

Responder

Jair

17 de agosto de 2011 às 15h28

Quando vejo gente como essa falando besteiras desse naipe logo me passa pela cabeça a imagem dos covardes da KKK e das SS.
O mal tem que ser cortado pela raiz antes que ela aprofunde demais.

Responder

Jair

17 de agosto de 2011 às 15h24

Tanta oportunidade de ficar calado e não aproveitou. Esse cara deve ter cheirado muito orégano pra escrever uma besteira dessas num momento e lugar tão inoportunos.

Responder

Rodolfo

16 de agosto de 2011 às 00h23

saiu ingênuo como o pai… até parece que a juíza foi morta por humilhar PMs nas audiências….

Responder

Severino

14 de agosto de 2011 às 18h02

Senhor não os perdoem, eles sabem o que fazem!

Responder

Severino

14 de agosto de 2011 às 18h00

Este Bolsonaro de terceira, em sua reflexão nojenta se complicou, pois agiu como cúmplice de assassinato ao, de certa forma, justificar e até identificar os assassinos. Na verdade parece até um x9, delatando parceiros sem perceber.

Responder

beattrice

14 de agosto de 2011 às 14h41

Seria interessante conferir,
até porque pelo visto a lista pode ser consultada na porta do Maracanã por qualquer torcida,
se há outros juízes nessa lista dos "marcados para morrer"
que também estão sem proteção e segurança, só pra confirmar!
Convenhamos a simpes existência desta lista, sem que haja as providências cabíveis
por parte da PF e do MJ, envergonha o país.

Responder

Luiz Rogerio

14 de agosto de 2011 às 08h34

Prezado Azenha,

Me desculpe, sou de Niterói e o que ouvi ontem numa roda de amigos, vou te repassar, alguém disse que é a globalização ou a democratização da morte, pois agora alguns juízes estão sentindo "de repente" na própria "pele" a chegada da morte por um meio vamos dizer assim não convencional.

Que os "juízes" e "políticos" tomem alguma providência, pois estão chegando perto deles… Morrem vários inocentes e é sempre a mesma ladainha de melhoras no policiamento etc… Quer ver coisas mais rídícula, se matam alguém numa rua que não passa nenhuma viatura há horas, logo depois vem um coronelzinho da PM dizendo que estão aumentando o efetivo naquela área, ora bolas!!! Depois do ocorrido? Até parece que o bandido vai voltar lá para fazer tudo de novo, Isso acontece todo o dia…

Responder

Maíra

14 de agosto de 2011 às 07h01

O JAIR Bolsonaro tem ainda outro filho, vereador da cidade do Rio. Esse é mais reacionário e infantil do que o Flávio. O Flávio esteve ao lado dos bombeiros com o Marcelo Freixo (PSOL). Mas a falta de tato é de todos. No mínimo foi um desrespeito o comentário dele lago após a morte da juiza.

Responder

    beattrice

    14 de agosto de 2011 às 14h28

    A falta de educação está no DNA?

    Luiz Rogerio

    14 de agosto de 2011 às 15h19

    Maíra,

    Não se engane com o Flávio, é do mesmo saco (afinal saiu dele), essa de estar com os bombeiros é pura jogada política como diz Cidinha Campos em um certo momento na Assembléia (procure o vídeo que é interessante).

    Abraços.

A piada que vai demitir o estagiário | Viomundo - O que você não vê na mídia

14 de agosto de 2011 às 03h39

[…] O que o deputado Fábio Bolsonaro disse sobre a juíza assassinada no twitter (e não foi brincadeir…   […]

Responder

EUNAOSABIA

14 de agosto de 2011 às 00h09

Eu preciso de um companheiro urgente!! Eu to pegando fogo!!

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    14 de agosto de 2011 às 00h39

    É o Fabricio se passando pelo EUNAOSABIA?

    Gerson Carneiro

    14 de agosto de 2011 às 01h51

    Hummm… EUSABIA!

    beattrice

    14 de agosto de 2011 às 14h29

    O Azenha TUDO sabe.

    ana

    15 de agosto de 2011 às 10h54

    eu tenho um litro de álcool. será que dá?

Luis

13 de agosto de 2011 às 23h30

Tal pai (idiota), tal filho.

Responder

João Damasceno: Se os juízes tiverem medo, ninguém poderá dormir tranquilo | Viomundo - O que você não vê na mídia

13 de agosto de 2011 às 22h54

[…] As insinuações do filho de Bolsonaro sobre a juíza assassinada   […]

Responder

Evandro

13 de agosto de 2011 às 22h14

Lendo os textos do jovem Bolsonaro, entendi que ele recebe milicianos em seu gabinete e que ele os aconselhou a denunciar a juiza no Conselho Nacional de Justiça ao invés de utilizar violência.

Gostaria de saber:

1. Entendi errado?

2. Como o assunto "interesse em matar magistrado" surge no gabinete de um deputado sem causar nenhum constrangimento aos autores da ameaça que falam sobre isso com total liberdade diante de uma autoridade eleita?

Responder

Jairo_Beraldo

13 de agosto de 2011 às 19h08

Duas coisas me chamou a atenção na fala do distinto-"esta juiza"-está acima do bem e do mal o meliante. Arrigimentou inimigos na puliça…CARAMBA…deveria este marginal ser mais coerente com seus vomitos.

Responder

Jose Bentes

13 de agosto de 2011 às 18h17

Um Bolsonaro, aporrinha a gente, dois Bolsonaros aporrinha, aporrinha muito mais!!!

Responder

zé francisco

13 de agosto de 2011 às 17h32

Alem de reacionário e extremista de ultra-direita, se comporta como um bandido ordinário.

Responder

Gustavo Pamplona

13 de agosto de 2011 às 17h14

Já que falaram em "Bolsonaro" e sabendo que ele teve notoriedade no CQC eu vou mandar para vcs um RT que o @MarceloTas deu de um tal de @SandroVaia

"Para os petistas,o mundo se divide em dois: o dos ladrões comuns e o dos ladrões incomuns."

Status do Tweet: http://twitter.com/#!/SandroVaia/status/102461267

Como o sentimento PTista que tenho fala mais alto, eu confesso que fiquei EXTREMAMENTE incomodado com aquilo.

O lance é que o Tas tem quase 2 milhões de seguidores e sei o quanto isto pode influenciar a cabeça das pessoas. Ainda mais adolescentes (o público alvo do CQC) que ainda não sabem muito de política.

Nota: Outro dia contei para vocês que tenho um blog ligado a uma rede de blogs que falam de CQC, o "Monica Iozzi News" http://monicaiozzinews.wordpress.com/ e seu twitter @MonicaIozziNews dedicado a única mulher do programa, bom… falar dos "caras" eu é que não iria falar mesmo.

—-
Gustavo Eduardo Paim Pamplona – Belo Horizonte – MG
Desde Jun/2007 se incomodando extremamente com tweets do Marcelo Tas no "Vi o Mundo"! ;-)

Responder

j.felix

13 de agosto de 2011 às 17h14

Morte a todos os juizes que "humilham de forma absurda e gratuita" cidadaos de tao elevada indole e e tao e tao elevada qualidade moral,como sao os milicianos e os policiais corruptos

Responder

Rogerio

13 de agosto de 2011 às 17h12

Não sei se repararam, mas a mensagem diz mais ou menos isto """Que Deus tenha essa juiza mas, Policiais inimigos""" ou estou enganado??

Responder

operantelivre

13 de agosto de 2011 às 16h25

Onde já se viu humilhar um pobre meliante!!!??? Pode não. Parem de agredir o pobre Bolsonaro.
Ele só está demonstrando solidariedade aos seus amigos de prática. Não foram os juízes que o elegeram.
Provavelmente esteja querendo mostrar serviço ao seu eleitorado. É só prestação de contas para garantir reeleição.

Responder

EUNAOSABIA

13 de agosto de 2011 às 16h20

Vou falar um acoisa bem séria, fiquei indignado com esse filho do Bolsonaro..

Filho do deputado Bolsonaro… o senhor é um fanfarrão viu….

Responder

    cronopio

    13 de agosto de 2011 às 17h47

    EUNAOSABIA em sua fase humanista… faz lembrar torturador arrependido

    ana

    15 de agosto de 2011 às 10h58

    arrependido, nada. é mentiroso

FrancoAtirador

13 de agosto de 2011 às 16h07

.
.
Ao contrário do que alguns pensam, esses "policiais" têm como ocupação principal

os Grupos de Extermínio, antigamente denominados ESQUADRÕES DA MORTE.

São matadores de aluguel pertencentes a organizações paramilitares de ultradireita,

que fazem "bico" na Polícia apenas para manterem o status de Autoridade.
.
.

Responder

iconoclasta

13 de agosto de 2011 às 16h04

é…não é por falta de indignação moral que nao somos uma nação exemplar…impressionante como tem gente apoplética, a beira do colapso em sua ira santa…as cá entre nós: só consigo pensar em Macunaíma nessas horas; "aí que preguiça"..

Responder

EUNAOSABIA

13 de agosto de 2011 às 14h55

Eu preciso de um companheiro.

Responder

    Gerson Carneiro

    13 de agosto de 2011 às 18h23

    Entre em contato com o @FlavioBolsonaro.

    Tenha uma boa amizade.

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 23h34

    Tóim!!!

    rsrsrs….

    ana

    15 de agosto de 2011 às 10h56

    par perfeito, Gerson

    Valdeci Elias

    13 de agosto de 2011 às 20h32

    Acho bonito, voce assumir sua hosexualidade em publico. Parabens pela coragem !!!!

Conceição

13 de agosto de 2011 às 14h08

1 – Um recado para a presidente:
Se quiser acabar ou diminuir a corrupção, basta acabar com a imunidade parlamentar eo foro privilegiado.
Isto seria uma séria e grande decisão.
2- Com um pai como o dele, só restou isto. Vale tudo para aparecer e tem quem apoie…

Responder

    Silvio I

    13 de agosto de 2011 às 16h22

    Conceição:
    A corrupção nada tem que ver, com a imunidade parlamentar. Si não existirá a imunidade parlamentar não poderíamos ter nossos representantes. Eles têm toda a liberdade de poder dizer o que bem entender, na Câmara. Si assim não fosse, teríamos que fechar o parlamento.Com o que se tem que acabar e com a impunidade.

    EUNAOSABIA

    13 de agosto de 2011 às 16h31

    Se acabar com a corrupção o PT acaba e uns 90% de seus "quadros" vão em passar férias…

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 20h42

    O que acaba é tua raça, teu padrinho Herr Bornhausen, os corruptos e vendilhões demotucanos, os moços do PPS, que adoram boquinhas, desviam dinheiro de reaforma agrária, pagam massagem "for men" com dinheiro público…

    Ou seja, os bandidos que roubaram, achacaram e venderam o país por 500 anos, enfim, a direita reaça, bandida, corrupta e hipócrita. Tua turma, barriga-verde.

priscila presotto

13 de agosto de 2011 às 13h58

Ô família de DNA ruinzinho!

Responder

alício

13 de agosto de 2011 às 13h49

Os ditadores argentinos, pinochet, fujimori e outros mais cedo ou mais tarde pagaram e pagam por seus atos errados. Os bolsonaros terão o seu dia, vindo da justiça de Deus, que não é comprada.

Responder

Fabio_Passos

13 de agosto de 2011 às 13h17

Esta é a cara da direita brasileira: bolsonaros

Responder

Gerson Carneiro

13 de agosto de 2011 às 13h16

Que Deus tenha Jair Bolsonaro, mas a forma preconceituosa, machista e gratuita com que ele trata homossexuais, mulheres, pobres e negros, contribuiu para que ele tenha muitos inimigos.

Que Deus sacie meu desejo.
Amém.

Responder

    Coralina

    13 de agosto de 2011 às 15h40

    Muito bom seu comentário, Gerson, adorei!!! (aliás, como em geral acontece. Hoje, resolvi me manifestar). Com poucas palavras – às vezes com ironia, outras com sutileza, quase sempre com bom humor – você vai direto ao ponto que politicamente é importante.

Renato Lira

13 de agosto de 2011 às 13h06

Como seria um desses reality shows com a famiglia Bolsonaro, hein?

Botaria os Osbourne no chinelo.

Responder

Renato Lira

13 de agosto de 2011 às 13h04

Até o "Foia da ditabranda" se escandaliza com os Bolsonaro.

Proceis vê…

Responder

Elias SP SP

13 de agosto de 2011 às 13h04

FILHO DE PEIXE!

Responder

Renato Lira

13 de agosto de 2011 às 12h58

A canalhice é genética.

Responder

jaime

13 de agosto de 2011 às 12h39

Existe aí alguma ligação entre ser morto por humilhar os réus (um excesso) e ter uma prisão anulada por causa do uso de algemas (outro pretenso excesso)?

Responder

    Bonifa

    13 de agosto de 2011 às 16h28

    Quem humilhou quem? Quando? Onde? O que é humilhante para um humilhador profissional? A verdade humilha quem não está preparado para ela? Um cadáver humilha seu assassino? Um simples gesto facial é humilhante ao extremo para um matador feroz? Como pode a Justiça humilhar a personificação da injuça?

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 20h48

    Bandido, rico ou pobre, é algemado no mundo inteiro.

    Só aqui, no país das zelite, "não poooode".

    Aliás, "rico não pooode".

    Elitezinha ridícula.

Marcus

13 de agosto de 2011 às 12h37

Ele não quebrou o decoro parlamentar ao defender e/ou justificar um crime contra a vida?

Responder

Julio Silveira

13 de agosto de 2011 às 12h33

E essa mentes ainda fazem Leis. O que nos espera?

Responder

Julio Silveira

13 de agosto de 2011 às 12h32

Esse deputado não se toca da repugnância que consistiu seu ato de compreensão,'até defesa da motivação criminal. Incompreesivel é ainda termos eleitores que votam nessas almas. Que são capazes de justificar crimes de morte, crime irrecorrivel para a vitima, principalmente se tratando de uma representante da Lei, da sociedade. Teorizando, com pensamento assim pode abrir temporada das caça das mentes criminosas, que por qualquer insatisfação com o representante legal, busquem justiçar com a próprias mãos. O próprio, nesse caso pode ter que se precaver pois poderia virar alvo de seus adversários ou desafetos e, de acordo com sua opinião, caso se tornasse vitima, seria justificado.

Responder

Bonifa

13 de agosto de 2011 às 11h46

Qualquer baixa em membro da Justiça do Bem é um golpe terrível para o Brasil e para a Democracia. Isto porque estes membros são vistos hoje pela população como raras exceções, quando deveriam ser a regra.

Responder

Mara Goes

13 de agosto de 2011 às 11h31

"Quem sai aos seus não degenera"

Responder

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 20h51

    Nesse caso degenera sim.

    É uma família de degenerados.

GilTeixeira

13 de agosto de 2011 às 11h30

Quem sai aos seus não degenera…
se bem que nesse caso viraria ameba mesmo!

Responder

José Oliveira

13 de agosto de 2011 às 11h26

Ridículo é pouco… Como o colega falou é a única maneira dessa gente aparecer… IGNORAR é a melhor arma! Deixá-los falando sozinho é mais elegante e bem mais saudável pra alma!

Responder

Sergio Luis

13 de agosto de 2011 às 10h55

É um boçal tal como o pai!

Responder

Nãoaguentogenteburra

13 de agosto de 2011 às 10h49

Justificaria o Bolsonaro ser assassinado por homossexual por humilhá-lo constantemente? É uma anta, mesmo…op"s…desculpa anta, se eu a ofendi…

Responder

Regina Braga

13 de agosto de 2011 às 10h28

A banda podre da polícia é covarde em tudo…E quem os entendem são ainda piores,pois além de covardes,sorrateiros e mentirosos,querem, acabar com o Estado de Direito sem assumir a postura(amo o governo paralelo e sou contra a democracia),,,Mas como poderia ser diferente…filho de peixe..!!

Responder

BetoAlmeida

13 de agosto de 2011 às 10h17

O CARA É UM INDIGENTE MORAL, E NÃO É PORQUE ELE É BOLSONARO – É POR CAUSA MESMO DA SUA POUCA FORMAÇÃO. ONDE JÁ SE VIU JUSTIFICAR UM ASSASSINATO DE UMA MAGISTRADA PORQUE ELA ERA DURA COM MELIANTES. ESSE IRRESPONSÁVEL DEVE SER CHAMADO ÀS FALAS.
POR OUTRO LADO É SOMENTE ASSIM QUE ELE CONSEGUE DEIXAR O OSTRACISMO – É SENDO RIDÍCULO.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    13 de agosto de 2011 às 11h10

    Beto, para facilitar a leitura de todos, em minúsculas, por favor. abs

Mauro A. Silva

13 de agosto de 2011 às 05h07

Esse pode ter sido o maior "elogio" recebido pela juíza Patrícia Acioli, pois significa que ele era "dura" com policiais bandidos, principalmente contra os das "milícias".
Os comentários, vindo de um reacionário, só fazem reforçar a admiração pelo trabalho da juíza que enfrentava os bandidos uniformizados.
é uma pena que só ficamos conhecendo o trabalho da juíza após a sua morte. Isso é também culpa da imprensa caolha que impera no Brasil, que prefere ficar dando palanque para "valentes juízes", que ficam criando "toque de recolher contra crianças e adolescentes" ao mesmo tempo em que ignoram os maiores criminosos: os agentes públicos corruptos.

Esperamos que a mídia dê amplo destaque aos juízes que verdadeiramente enfrentam o crime organizado, a exemplo da juíza Leticia Pozzi Buassi, da 4ª Vara Criminal de Rio Preto-SP. Essa juíza colocou na cadeia mais de 100 traficantes. Longa vida para a juíza Leticia Pozzi Buassi!

SP, 13/08/2011.
Mauro Alves da Silva. http://blogdomaurosilva.wordpress.com/

Responder

bradrio

13 de agosto de 2011 às 01h18

Uma juiza trabalhista, promulgou uma sentença na qual disse que minha lesão provocada em função do trabalho não era passível de indenização (acidente de trabalho). Varios amigos meus tambem tiveram a mesma indenização negada. ficamos revoltados, mas, nem por isso nos armamos para matá-la.

É QUE NÓIS NUM É POLICIA!
NUM SOMO ÔTORIDADE!!!!

Bosltanaro vai se f….

Responder

Marcio H Silva

13 de agosto de 2011 às 00h19

Faço uma pergunta que não quer calar, porque o Governo do estado retirou a segurança desta Juíza? e pior, porque a globo divulgou este fato?

Responder

    Étore

    13 de agosto de 2011 às 12h54

    E porque não deveria ter divulgado, já que é fato ?

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 20h50

    É porque não sei se é fato ou invenção sensacionalista da imprensa.

    Marcio H Silva

    13 de agosto de 2011 às 22h11

    Acho que a pergunta foi para meu comentário. Bem sabemos que no RJ o atual Governador é blindado pela Rede Globo. O presidente do TJ-RJ é o Senhor Luis Zveiter. Ambos são como corda e caçamba. Daí o MPE do RJ também blindar o Governador. Lembram do post do deputado do PSOL? onde fala que se algum promotor do MPE-RJ interfirir nas desapropriações de imóveis é congelado? O escritório de advocacia da família Zveiter defende a rede globo. Todos estão interligados por interesses próprios, daí minha surpresa da Rede Globo ter divulgado a retirada da segurança da Juíza, que foi por ordem do presidente do TJ-RJ, como já divulgado na imprensa.

    Sergio

    14 de agosto de 2011 às 12h50

    Marcio, voce está confundindo tudo e trocando os nomes. Como ja apareceu em varias reportagens, o presidente do TJ em 2007, que retirou a escolta da juiza era o Des. Murta Ribeiro. O Zveiter foi só a partir de 2009. E atualmente tem outro Desembargador no cargo. E quanto ao seu comentario abaixo sobre a vida pessoal da Juiza, qual seria a ligaçao com ela ser assassinada com 21 tiros, em uma emboscada grande como a que ocorreu?? Isso é ranço machista ou a velha tatica de desqualificar a vitima ??

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 12h57

    Ouvi na imprensa (Bandnews) que foi o presidente do TJ do rio que mandou tirar a segurança dela.

    Mas, como se trata de imprensa brasileira, todo cuidado é pouco.

Marcio H Silva

13 de agosto de 2011 às 00h17

Azenha, não to defendendo político nenhum aqui no blog. Mas pesquise um pouco mais sobre a vida, comportamento e ligações desta Juíza. Claro que não to concordando com este crime, não concordo com nenhum crime, mas de uma pesquisada, ok?

Responder

    GilTeixeira

    13 de agosto de 2011 às 11h29

    O espaço é aberto e democrático, coloque aqui o que sabe.

    Marcio H Silva

    13 de agosto de 2011 às 12h32

    O espaço é democrático sim, mas não leviano. Estou sugerindo investigação a um jornalista que pode obter informações por fontes seguras e documentadas já que trabalha num dos veículos de comunicação que tem infra-estrutura e isenção para apurar os fatos verdadeiros.

    El Cid

    13 de agosto de 2011 às 15h57

    "Carro apertado é que canta"…

    Leider_Lincoln

    13 de agosto de 2011 às 16h28

    De "fato" e de "verdadeiro" me parece que sabemos o básico: criminosos mataram uma juíza que era implacável com criminosos, inclusive fardados. O resto me parece que são os detalhes…

    beattrice

    14 de agosto de 2011 às 14h32

    Depois da morte física SEMPRE vem o assassinato de reputação, infalível.

    Luiz Carlos Azenha

    13 de agosto de 2011 às 21h59

    Vou ver o que posso fazer. abs

    Leider_Lincoln

    13 de agosto de 2011 às 11h39

    Hipocrisia com covardia é sempre uma mistura asquerosa e repugnante…

    Silvio I

    13 de agosto de 2011 às 12h30

    Marcio H Silva:
    Pela forma que você escreveu, da à impressão de que sabe alguma coisa. Em este caso será muito importante que isso se divulgue .Veja, de acordo com o que diz Bolsonaro ate podemos pensar que foram integrantes da policia, que acabarão com ela.Si sabe de alguma coisa, faz mal em não divulgar,e porque solicita que Azenha faça as averiguações, quando você as conhece?

    El Cid

    13 de agosto de 2011 às 13h47

    está sabendo de algo, Márcio ?? por gentileza, nos conte…

    quanto ao "ilustre deputado" acima, gostaria de perguntar uma coisa: ela foi assassinada por ser mal educada?

    que estranho… tsc, tsc, tsc

Henrique Oliveira

12 de agosto de 2011 às 23h45

Não é de se esperar muito dessa linhagem. O defeito é original, de natureza. Vamos torcer que um dia haja luz e sabedoria nesta estirpe.

Responder

Polengo

12 de agosto de 2011 às 23h42

Curioso.
Será que esse meliante era um dos inimigos? É o que parece.

A PF devia investigar esse imundo. Não vai ser difícil achar alguma coisa.

Responder

    Marcus

    13 de agosto de 2011 às 12h34

    Pelo visto ele deve chefiar alguma dessa milícias ou grupos. Só fazer uma varredura…

Francisco Hugo

12 de agosto de 2011 às 22h59

Policiais e Deus com inicial maiúscula; e juíza, assim, com minúscula.
Va bene!

Responder

    Marisa

    14 de agosto de 2011 às 12h45

    Concordo com você quanto a "Policiais" escrito desta forma mas, Deus deve ser escrito com maiúscula e, também, respeitado.
    Tenho certeza de que os Bolsonaro escrevem Deus com minúscula.

Morvan

12 de agosto de 2011 às 22h48

Boa noite.
Não posso alegar surpresa (quem sabe, surpresa pelo fato de a "Faia de SunPalo" ter repercutido). Vindo do "fermento reacionário" destes bolsonaros, nada pode causar estupefação.

Acredito até que um filho do "Bolsa" já nasça equipado com acessórios básicos (lança e tacape).

Morvan, Usuário Linux #433640.

Responder

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 23h38

    É isso, Morvan.

Nilva

12 de agosto de 2011 às 22h43

Filho de peixe.

Responder

Jorge Zimbábue

12 de agosto de 2011 às 22h24

Se o Bolsonaro, pai, tão "correto", fosse o Juiz da Vara Criminal de São Gonçalo e por ser austero no cumprimento do dever, colocasse na cadeia com o mesmo rigor, agentes políticos pegos na criminalidade e por isso figurasse na lista de autoridades a ser executadas pelo crime organizado, tivesse o mesmo fim, assassinado com 21 tiros na porta de sua residência, o que falaria o Bolsonaro, filho?
É uma comparação que os familiares da juíza assassinada e toda sociedade prezaria ver respondido pelo Bolsonaro filho, apenas uma comparação repito!

Responder

Marcia Costa

12 de agosto de 2011 às 22h20

Não tem classificação um ser que emite um teor de pensamento tão baixo e vil.

Responder

Tiago

12 de agosto de 2011 às 22h04

No mínimo irresponsável este cidadão postar uma coisa dessas no twitter! Lamentável!!

Responder

Alexandre Moura

12 de agosto de 2011 às 22h01

O comentário desse indivíduo não está protegido pelo manto da imunidade parlamentar, já que proferido fora do exercício do mandato e, também, pelo fato de não guardar qualquer relação com seu exercício. Que a família procure o judiciário a fim de responsabilizá-lo, por tamanha falta de sensibilidade. Não nega de quem é filho.

Responder

Azarias

12 de agosto de 2011 às 21h53

A bandidagem, as máfias, tomaram conta de nossas instituições. Seus representantes nem se dão ao luxo de se esconderem, abrem a boca e falam suas conveniências, que para nós se tornam inconvenientes.

Responder

Rogerio

12 de agosto de 2011 às 21h52

Quer dizer que "essa juiza" deliciava-se…, comprazia-se…, absurda e gratuitamente humilhando e destratando policiais militares idõneos, integros, honestos, éticos, corretos????????? Que qui é isso ÔÔÔ bolsonarofilho…me poupe!!! Pela mor de DEUS,!!!! que vc mesmo invoca…………….

Responder

SILOÉ-RJ

12 de agosto de 2011 às 21h30

Não sei não:
"Mas a forma absurda e gratuita com que seu pai humilha nas sessões e na mídia, os homosexuais que não são nem delinquentes e nem travestidos de policiais, contribui também para ter muitos inimigos",
Você não acha???
Daí eu pergunto: Justificaria um ato desses???

Responder

ENOJADA

12 de agosto de 2011 às 21h27

Ele se refere a bandos de extermínio, saqueadores do povo e do Estado, e 24hs. após o assassinato da JUÍZA, sem respeitar a dor da família e a indignação dos seus pares e da população que contava com o seu trabalho.;
Quem votou numa criatura dessas, os mesmos que deram o seu voto para o seu pai? Se merecem.

Responder

Ramalho

12 de agosto de 2011 às 21h24

O lamentável assassinato da juíza no Rio de Janeiro é atestado da incompetência do Judiciário. Como é possível que um juiz criminal ameaçado de morte não tenha proteção? Mesmo que não a queira? Teria de haver protocolo de segurança que ativasse automaticamente dispositivos de proteção a juízes, e, também, de testemunhas, vítimas etc. (a proteção tem de independer de pedido de juiz que, muitas vezes, não têm meios para avaliar o perigo a que estão submetidos)..

O Judiciário que flagela a Sociedade com sua desorganização, prazos intermináveis e arrogância, voltou a própria incompetência contra si mesmo, e esta não é a primeira vez. O Judiciário brasileiro não está a altura do Brasil.

Responder

Luiz Soares

12 de agosto de 2011 às 21h24

Tal pai, tal filho…

Responder

Mateus

12 de agosto de 2011 às 21h23

É lamentável. Essa família tem problemas mentais. Ou será que são os eleitores que votaram neles é que tem problemas?

Responder

P A U L O P.

12 de agosto de 2011 às 21h21

Boçalidade explicita.

Responder

Palmas

12 de agosto de 2011 às 21h06

Tal pai, tal filho.Um la´em Brasília a destilar seus venenos verbais e preconceitos contra o povão. O Bob filho é do mesmo berço.Que Deus tenha pena de Bob pai e Bob filho.

Responder

SILOÉ-RJ

12 de agosto de 2011 às 21h03

Tal PAI, tal FILHO…

Responder

Wendell Lima

12 de agosto de 2011 às 21h03

As letra que formam o DNA da família Bolsonaro na realidade são substituídas pelas iniciais K.K.K.

Responder

ZePovinho

12 de agosto de 2011 às 20h55

O mínimo de respeito para com a família e o esposo da juíza,Deputado.Isso não é comportamento de parlamentar e,muito menos,de ser humano.

Responder

    Fabio SP

    14 de agosto de 2011 às 10h54

    Esposo??? Qual deles?

    beattrice

    14 de agosto de 2011 às 14h28

    Já vai começar a desqualificação da vítima, como é mulher, naturalmente fica "mais fácil."

    francisco.latorre

    14 de agosto de 2011 às 17h53

    o seu.

    agora. pisa na calcinha.

    porco reacionário.

    ..

    Renato Lira

    15 de agosto de 2011 às 00h56

    Qual o problema de ela namorar. falso-moralista?

    ana

    15 de agosto de 2011 às 10h51

    como, Fábio? ela não era casada? conta aí, fala, vai. todos queremos saber essa "fofoca". diga, assim a gente envia para a família dela. o que você acha?

    ana

    15 de agosto de 2011 às 10h50

    não é comportamento de gente. defendendo milicianos, deputado? será o que senhor tem algum negócio com eles?

Myriam

12 de agosto de 2011 às 20h46

ISTO É UM ASCINTE, COM ESSE COMENTÁRIO, ELE ESTA INCITANDO A VIOLENCIA CONTRA OS PROFISSIONAIS DA LEI!!!! NUM PAÍS SÉRIO ELE TERIA QUE SE EXPLICAR !!!!!
É O CÚMULO UMA COISA DESSA !!!! POR FAVOR, ALGUÉM PROCESSE ESSE CARA !!!! NAO BASTA COLOCAR NUM BLOG!!!! ELE ACHINCALHA COM A MORAL DA JUIZA !!! A FAMILIA DELA TEM QUE REAGIR!!!
E PAGO COM DINHEIRO PUBLICO!!!!

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    13 de agosto de 2011 às 22h02

    Oh, Myriam, ajuda a gente: comentário em maiúscula afasta leitores. É o equivalente a gritar! abs

    FrancoAtirador

    14 de agosto de 2011 às 00h15

    .
    .
    Caro Azenha.

    Neste caso, acho que a Myriam está realmente gritando.

    E entendo eu que ela tem mesmo de gritar.
    .
    .

EUNAOSABIA

12 de agosto de 2011 às 20h43

Não concordo com o filho do deputado Bolsonaro.

Responder

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 13h02

    Richard Leporino Smith.

    Se fosse uma frase de alguém do PT tua irias desancar com tuas expressõede praxe reservadas a petistas tais como "medíocres", "cretinos", etc e tal.

    Mas como é de um direitinha sen-vergonha, tu limita-se ao "não concordo".

    Cadê aquela veemência reaça, Leporino Smith?

    Leider_Lincoln

    13 de agosto de 2011 às 16h31

    Ele não é o Richard Smith não. Até eu pensei isso, mas segundo o Stanley ele é de outra facção de trolls.

    Renato Lira

    13 de agosto de 2011 às 20h39

    Mas é que esses reaças são tão parecidos, Leider.

    A forma de ofender, o "pensamento" limítrofe, a mesma ladainha batida…

    Mes com certeza os antidepressivos que tomam são os mesmos.

    De qualquer forma, valeu pela informação.

    Panambi

    13 de agosto de 2011 às 17h00

    O TROLHA EUNUCOSABIA não morreu…

Edmilson Fidelis

12 de agosto de 2011 às 20h29

O que deve fazer um magistrado para não colecionar inimigos?

Responder

    Louise Rosemblatt

    13 de agosto de 2011 às 10h34

    Deve fazer o que costuma fazer o Gilmar Mendes. =)

    Cleber

    13 de agosto de 2011 às 11h17

    Você quis dizer Gilmar Dantas, segundo o Noblat.

    Rafael

    13 de agosto de 2011 às 12h29

    Isso mesmo, Gilmar Dantas!!!!!!!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.