VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Macartismo à brasileira avança: dossiê teria sido entregue à embaixada dos EUA por Eduardo Bolsonaro
Reprodução de vídeo
Política

Macartismo à brasileira avança: dossiê teria sido entregue à embaixada dos EUA por Eduardo Bolsonaro


10/08/2020 - 19h15

É gravíssima a denúncia de que Eduardo Bolsonaro, o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, entregou à Embaixada dos EUA um dossiê com mil nomes de opositores do governo de seu pai. Vamos ver se agora o Comitê de Ética da Câmara toma uma atitude. Lindbergh Farias, ex-senador

Da Redação

O deputado estadual Douglas Garcia (PTB-SP) disse em depoimento que seu aliado Eduardo Bolsonaro protocolou “junto à Embaixada dos Estados Unidos” um dossiê que o próprio Garcia elaborou com informações sobre militantes antifascistas.

Garcia foi condenado a pagar R$ 20 mil de indenização num dos processos de que é alvo por organizar a deduragem. Cabe recurso. 

O juiz Guilherme Ferreira da Cruz escreveu na sentença que o deputado “catalisou e sistematizou, naquilo por ele mesmo chamou de dossiê uma lista com 700 a 1.000 nomes de pessoas (fotograficamente identificadas) suspeitas de integrarem o tal grupo ANTIFAS”.

Outras pessoas citadas no dossiê também acionam o deputado.

De acordo com o colunista Rogério Gentile, do UOL, em depoimento Douglas ironizou, afirmando que as pessoas citadas na lista seriam impedidas de visitar a Disney. 

O deputado Eduardo Bolsonaro não foi encontrado para confirmar se de fato entregou a lista a diplomatas dos Estados Unidos.

O governo Trump tem o poder de impedir a entrada de qualquer pessoa no país e não precisa explicar o motivo.

O dossiê compilado por Garcia não se confunde com outra tentativa do governo Bolsonaro, esta oficial, de perseguir adversários políticos.

A Secretaria de Operações Integradas (Siopi) do Ministério da Justiça teria feito um dossiê com os nomes de 579 professores e policiais identificados como integrantes do “movimento antifascismo”, de acordo com denúncia do jornalista Rubens Valente, também no UOL.

Alegando sigilo, o ministro da Justiça André Mendonça desistiu de comparecer a uma audiência da Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Senado, que queria esclarecimentos sobre o caso.

Os dois casos — de Douglas Garcia e do Siopi — estão em investigação pelo Ministério Público.

Porém, no Rio Grande do Norte foi o próprio MP que montou um dossiê com os nomes de 23 policiais antifascistas do estado.

A justificativa foi “identificar uma possível organização paramilitar ou milícia particular ou partidária”.

Nos Estados Unidos, o presidente Donald Trump transformou os “antifas” em um espantalho para sua campanha eleitoral baseada na “garantia da ordem”.

O deputado Eduardo Bolsonaro é presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara.

No twitter, o deputado federal Orlando Silva (PcdoB-SP) protestou: “É GRAVÍSSIMO! Eduardo é um TRAIDOR DO BRASIL, INFORMANTE DOS EUA! Deve explicações. Isso pode dar CASSAÇÃO!”



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sebastião Farias

11 de agosto de 2020 às 23h36

Se isso é verdade, o que mais falta acontecer, para envergonhar ainda mais a nação, o Brasil é suas instituições ?
Então, sobre o assunto, o STF solicitou do Ministério da justiça o envio desse dossiê sobre sobre investigação, vigilância e possível perseguições de cidadãos contrário ao fascismo no Brasil, ele enviou? O que resultou?
Depois, o nosso CN tem se mostrado nesses tipos de crimes contra o país, muito leniente, omisso e ao que parece, conivente, porque nunca age tempestivamente em defesa da honra da nação e do país.
Só mais uma pergunta, é se um ato desse fosse realizado nos EUA, por um agente dele, contra a soberania daquele país, o que aconteceria com esse cidadão, traidor da pátria ?
Acho que está faltando nos cidadãos brasileiros, maior zelo com sua responsabilidade, firmada pelo § Único do Artigo 1º da Constituição Federal da República Federativa do Brasil, para entenderem que o poder constitucional é seus, e que, os dirigentes dos 03 Poderes são seus servidores, eleitos diretamente ou, nomeados nos termos da CF, para que, como legisladores, seus representantes e fiscais; como administradores e governo e; como guardiãos da CF, de promotores e executores da justiça imparcial, deveriam em suas funções , em respeito ao Artigo 2° da CF, pois todos juntos são governo e Estado Brasileiro, procederem correta e eticamente, para o bem-comum, para proteção à vida, para a segurança e para a ordem pública, como manda a CF, tanto da população, como da nação e do Bresil.
Negar isso ou deixar de cumprirem, por exemplo, os Artigos 3°, 4°, 5°, 6° e 7° da CF do Brasil é, se nosso povo, tivesse consciência cidadã para reconhecer sua responsabilidade de cobrar isso das autoridades, certamente, esse país, o nosso Brasil, seria outro.

Responder

marcio gaúcho

11 de agosto de 2020 às 20h30

Quando um governo faz listas com nomes de pessoas “antifascistas” para futuras retaliações, confirma o que nega: é um governo de viés fascista! E, bota fascista nisso.!Temos que reagir contra o controle ideológico governamental sobre as Forças Armadas e a formação de milícias, clubes de tiro, órgãos de imprensa e empresariado que apoiam esse regime abjeto. É muito nojento!

Responder

Mancini

11 de agosto de 2020 às 15h25

Quando se vêm bandeiras do ‘nosUSA’ e de Israel em profusão, alguma coisa cheira mal. E o Trump escorraça o País! Sabujos e traidores! http://refazenda2010.blogspot.com/

Responder

Henrique Martins

11 de agosto de 2020 às 10h33

https://www.terra.com.br/noticias/eleicoes/pt-usa-lula-na-campanha-de-sp-para-conter-apoio-a-boulos,c4b6410768c4cc5d4512b95876cf12cdx35uwmf1.html

Com esse egoísmo fica difícil não é PT?

Temos que dar chances à outros líderes de esquerda, sobretudo, jovens e cultos como Guilherme Boulos.
Fiquei surpreso do Lula compactuar com esse tipo de coisa nessa altura do campeonato e com a grave crise que o Brasil atravessa.
Pois eu sou Boulos até a medula!
É uma questão de racionalidade, justiça e consciência.

Responder

Zé Maria

10 de agosto de 2020 às 22h04

Sempre foi evidente que os Bolsonaro
são X9, puxa-sacos de Trump. e tal.
Porém, entregar Rol de Nomes de [email protected], com foto e tudo,
para embaixador dos EUA repassar pra NSA, FBI & CIA
aí já é Crime de Alta Traição.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!