Lelê Teles: Cadê os brancos endinheirados, de sapatênis, entre as pessoas presas em Brasília?

Tempo de leitura: 2 min
Fotos: Reprodução de imagens de Ueslei Marcelino/Reuters e Tom Molina / AFP

A cor do criminoso

Por Lelê Teles*

observe bem a imagem das pessoas presas durante os atos antidemocráticos em brasília.

a maioria é formada por gente parda, preta e idosos cheios de comorbidades.

tem mais gente entre 60 e 70 anos do que jovem de 25.

lembra daquela gente branca, de sapatênis, copo stanley e camisa polo com um jacarezinho com a boca aberta que aparecia nos acampamentos?

cadê-las?

no momento da triagem, da seleção de quem dos arruaceiros iria pra tranca, os brancos endinheirados foram poupados.

dá uma olhada no perfil da moçada que tá presa, a grande maioria foge daquele perfil típico do bolsonarista raiz.

esses bois de piranha pagarão pela arruaça patrocinada pelos ricaços.

uma boa parte dessas vovós vieram ao protesto incentivadas por pastores picaretas.

é uma gente lobotomizada em igrejas, midiotas deseducados em redes antissociais e idosos desiludidos com a solidão e aqueles passeios enfadonhos.

o grupo deu a essa gente uma sensação de pertencimento, uma causa pra lutar e a recompensa em adrenalina e serotonina que recebiam após xingamentos, coreografias, churrascadas, orações coletivas e quebra-quebras.

é sintomática a expressão de perplexidade das pessoas detidas.

elas acreditavam que escapariam como os brancos endinheirados escaparam.

não se esqueça de que no episódio anterior, no ensaio geral em brasília, os caras prenderam apenas um indígena(!). um cacique de festa junina.

o fato de você andar com morcego não lhe dá habilidade de dormir de cabeça pra baixo.

os ricos têm um sofisticado sistema de defesa que só serve pra eles, o decotelli (quem se lembra dele?) se lascou todo porque caiu nessa onda de que os não brancos podem cometer os mesmos erros que os brancos cometem.

e é bom que se diga, e isso é muito importante, engana-se quem pensa que esse golpe é verde-amarelo, isso é apenas simulação e simulacro pra engabelar o gado branco, o boi de corte.

o golpe, na verdade, é verde-oliva.

palavra da salvação

*Lelê Teles é jornalista, publicitário e roteirista.

Leia também:

Lelê Teles: O badernaço da elite branca deve ser punido com rigor

Pedro Carvalhaes: O que se viu em Brasília foi a cornitude dos bolsofascistas


Siga-nos no


Comentários

Clique aqui para ler e comentar

Zé Maria

.

“Agora podemos concluir que o Exército bloqueou a ação
da PM do DF, já sob intervenção do governo Lula,
por uma noite, para dar tempo dos parentes de militares
vazarem do acampamento diante do QG de Brasília.
No acampamento, só ficaram os [patri]otários”

Jornalista LUIZ CARLOS AZENHA
https://twitter.com/luizazenha23/status/1613868661323845632

.

Zé Maria

“O mercado fez o L!”
“Estoquem comida!”
“Vamos virar Venezuela!”

Curioso que agora o Primo Rico não tá falando da Bolsa, né?
Quando o cara só fala da bolsa pra atacar o político [LULA]
que ele não gosta, ele só mostra que é apenas
um ideólogo medíocre.

Vítor Soares
Prof. de História
https://twitter.com/ProfVitorSoares/status/1613342790574014465

Zé Maria

Excertos

“esses bois de piranha pagarão pela arruaça patrocinada pelos ricaços.

uma boa parte dessas vovós vieram ao protesto incentivadas por pastores picaretas.

é uma gente lobotomizada em igrejas, midiotas deseducados em redes antissociais”
[…]
“elas acreditavam que escapariam como os brancos endinheirados escaparam.”

.

Deixe seu comentário

Leia também