VIOMUNDO

Diário da Resistência


Jean Wyllys denuncia Fakhoury e Marcos do Val como pais da fake news que o ligava a atentado
Reprodução
Política

Jean Wyllys denuncia Fakhoury e Marcos do Val como pais da fake news que o ligava a atentado


30/09/2021 - 17h45

O “machão” Fakhoury chamou Randolfe Rodrigues de “gazela”e fez ataque contra o senador Contarato

Da Redação

“O delegado, homossexual assumido, talvez estivesse pensando no perfume de alguma pessoa ali daquele plenário… Quem seria o ‘perfumado’ que lhe cativou?”, perguntou o empresário Otávio Fakhoury em uma rede social em maio.

O delegado a que ele se referia é o senador Fabiano Contarato (Rede-ES), que hoje pediu à Polícia Legislativa que investigue a homofobia de Fakhoury.

A mensagem de Fakhoury foi postada em resposta a um erro cometido por Contarato também em rede social, quando escreveu que o depoente Fabio Wajngarten, então secretário de Comunicação do governo Bolsonaro, merecia ser preso por ter se configurado “estado fragancial”. 

Contarato, ex-delegado de polícia, é casado e tem filhos. Hoje, num desabafo, ele denunciou Fakhoury frente a frente.

“Qual é o conceito de moralidade do senhor? Qual é o conceito de legalidade. O senhor pode ter todo o dinheiro do mundo, eu tenho a minha vida modesta e com muito orgulho, cuidando da minha família, orgulho com o meu esposo e com os meus 2 filhos: Gabriel de 7 anos e Ana que fez 2… eu quero que eles tenham certeza de que eu lutei e de que vou continuar lutando para reduzir essa desigualdade que há no Brasil”, afirmou Contarato.

A denúncia dele recebeu apoio do ex-deputado federal Jean Wyllys:

Por Jean Wyllys, no twitter

Como todos os liados deste governo genocida, o empresário Otávio Fakhoury é um mentiroso sórdido.

Ele disse à CPI que “nunca propagou fake news”, porém responde a um processo na Justiça por propagar a fake news gravíssima que me envolve no episódio da facada em Bolsonaro.

Fakhoury foi um dos principais motores dessa trama sórdida contra mim, espalhando e impulsionando por meio de seus perfis uma mentira gravíssima (fake news) que até os dias de hoje tem impacto nocivo em minha vida.

O ataque homofóbico dele ao senador Contarato também não deveria espantar ninguém.

Ele sempre se referiu e estimulou os bolsonaristas a se referirem nos termos da mais abjeta homofobia, que buscava me associar à pedofilia.

Num país sério, ele já estaria preso há algum tempo.

Acho muito bom que o senador Contarato tenha falado aos presentes na CPI sobre sua dor causada pelos insultos e insinuações homofóbicas de Fakhoury.

Essa dor eu carrego há anos. Sei com ela é.

E sei como os bolsonaristas são cruéis em suas mentiras e ataques homofóbicos.

O que me espantou mesmo foi a “solidariedade” do senador bolsonarista Marcos do Val a Contarato.

Do Val disse ter “vergonha de Fakhoury”.

Estranho, já que Marcos do Val estava ao lado de Fakhoury na disseminação da fake news que me envolvia no episódio do atentado a Bolsonaro.

O senador Marcos do Val e o empresário Otávio Fakhoury são ambos peças da engrenagem bolsonarista de fabricação e disseminação de mentiras, fake news e outras fraudes em favor do governo.

Ele também responde a um processo na Justiça por esse crime. Sua “solidariedade” é falsa.





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding