VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Índio não apita nada na Rocinha


30/10/2010 - 12h46



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


40 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

ricardo

07 de novembro de 2010 às 09h08

parafraseando o comercial, ver isso não tem preço !!!

já assisti umas 20 vezes.

é bom demais.

uma lição para esses políticos demagógicos que só aparecem nas favelas para pedir voto e depois somem.

cordial abraço

Ricardo

Responder

Eibel

31 de outubro de 2010 às 15h41

Vá fazer tomografia, boy da extrema direita……

Responder

Bisa Rio

31 de outubro de 2010 às 11h18

Esse fascista do Índio (esteve na Espanha aprendendo a derrubar os fundamentos de Filosofia à G. Politzer), aprendeu com o seu padrinho e guru, o proscrito César Maia, a" arte" de observar a desgraça alheia do "alto" de suas coberturas no Leblon. Só não contava com o abjeto "gênio da lâpada" saindo mais cedo de casa, colocando-se prostrado diante da realidade sensível dos depauperados moradores da Rocinha (afinal contemplados com as obras do PAC). Ficou sem graça diante da própria desgraça moral e objetiva realidade. Voltou com o rabo entre as pernas, provavelmente numa termenda crise existencial. Atenção psicanalistas, podem cobrar caro que ele pode pagar. Ao termo da consulta, peça para rever o revés engendrado pela escolha _pelos próprios pais_ do próprio nome…ante as escolhas feitas no decorrer da sua existência em nossa terra brasilis.

Responder

Wildner Arcanjo

31 de outubro de 2010 às 09h35

"Eu moro, na comunidade carente, lá ninguém liga pra gente, nós vivemos muito mal. Mas este ano, nós estamos reunidos, se algum candidato atrevido for fazer promessa vai levar um pau…"

Nada mais apropriado…

Responder

    Paulo Rollo

    31 de outubro de 2010 às 13h02

    Excelente, assim é cidadania. E assim, os impostores irão aprender. Parabéns.

Paulo Rollo

31 de outubro de 2010 às 08h54

Sou Torcedor do VASCO.
Gostei muito do Vídeo.
Ele revela muitas verdades a respeito do tal do índio e as mentiras dele conforme disse o Povo da Comunidade da Rocinha no RJ.
No meio dos anos 90, pessoalmente, lutei – como cidadão – contra um shopping que inescrupulosos queriam construir na Lagoa Rodrigo de Freitas e que levaria a região ao caos urbano.
Contudo, a forma de luta que sobrou, pela falta de números de votos para evitar estupro ao plano diretor, era a de constantes apresentações de emendas ao inescrupuloso projeto.
E precisávamos, sempre, de 1/3 de assinaturas. Pelo que me lembro, teriam que ser – no mínimo – 14.
Na ocasião, o tal do índio era um dos vereadores. Em uma das tentativas de aprovação do projeto, dois deles assinaram uma emenda que adiaria a aprovação do famigerado projeto.
E a estratégia era a de sempre apresentar emendas e assim o cretino e imoral projeto jamais ser votado.
Pois bem, alguns minutos antes de o projeto ser examinado, com as emendas, um vereador e o tal do índio – como traíras – retiraram as assinaturas deles. Enfim, a retirada das assinaturas levaria o projeto à votação.
Contudo, descobriu-se que havia 16 assinaturas e não quinze como fora precipitadamente contadas. Assim, com a retirada das 2 dos traíras, sobraram 14 e a votação foi mais uma vez adiada naquele dia.
Embora a luta contra o projeto fosse grande, semanas mais tarde, os inescrupulosos conseguiram aprovar o imoral projeto . Semanas depois da aprovação da modificação do plano diretor, o Zózimo Amaral – na coluna dele em o globo – iria dizer que vereadores estavam arrependidos de terem votado a favor do projeto por não terem recebido, até então, as 80 mil “alegrias” prometidas. O nome usado pelo Zózimo foi exatamente esse: alegrias.
Enfim, esse é o índio.

Responder

Flávio

31 de outubro de 2010 às 02h21

Imaginem se fosse o Michel Temer (não que ele seja grandes coisas)…
Iria aparecer até nos programas da Ana Maria Braga e do Faustão.

Responder

Baixada Carioca

31 de outubro de 2010 às 00h48

Em Nova Iguaçu, junto com a santa [do buraco oco] Monica Serra, foram ignorados até que dona Monica teve a bendita ideia de interpelar um evangélico dizendo que Dilma era a "favor de matar as criancinhas".

Lá no calçadão de Nova Iguaçu tinha um evangélico folclórico que vivia gritando [e somente isso]: "JESUS CRISTO, VOLTARÁ!"

Ele desistiu disso e apareceram Indio e dona Monica. Pareciam o evangélico nos seus tempos mais percebidos. O moleque parecia perdido entre seus assessores e deixava para dona Monica o papel ridículo de ofender a honra da Dilma.

Foram embora do mesmo jeito que chegaram. Sem serem reconhecidos.

Responder

ruypenalva

30 de outubro de 2010 às 22h55

Ele correu foi o risco de ter de dar o apito lá.

Como dizia a antiga marchinha de carnaval.

Iê, iê, iê, iê, iê, índio quer apito
Se não der pau vai comer
Lá em Bananal mulher de branco
Levou pra indio colar esquisito
Índio viu presente mais bonito (o bumbum da mulher)
"Eu, não quer colar. Índio quer apito"
]

Responder

Nina

30 de outubro de 2010 às 22h31

Nao entendu como existem pessoas mau informadas nesse pais. O Serra so fez coisas boas pros pobres e assim q vcs o tratam. Vcs nao conhecem o Dilmao, ela é assassina, incapaz,, é so a sombra do lula. Q Deus ilumine a mente de vcs.

Responder

Darcy Brasil

30 de outubro de 2010 às 22h00

Emanuel,você relmente não conhece o Rio!Quem dera os moradores da maior favela brasileira – na qual o governo Lula está a investir em saneamento básico mais recursos que o governo FHC alocou para todo o Brasi l- fossem "militantes do PT".O PT,aqui no Rio,infelizmente, tem pouquíssimas raízes nas comunidades cariocas,sabidamente,durante muitos anos, controladas por traficantes,milicianos e pelo clientelismo politico,praticado por deputados e veradores anti-éticos, que ofereciam serviços assistencialistas aos incautos moradores,desconhecedores de serem tais serviços obrigações do poder público e não frutos dadivosos do "espírito altruístico" deste ou daquele canalha.Aliás,tais práticas- que,representam formas sofisticadas de compra de votos com o dinheiro público e que deveriam,portanto,ensejar a perda do mandato político por parte do político infrator- foram marcas registradas dos detentores de mandatos legislativos ligados ao partido de Cesar Maia,ou seja, o mesmo de Índio da Costa,de quem é apadrinhado político. Diga-se,a bem da verdade,que estas relações políticas promíscuas, vêm sendo combatidas desde o estabelecimento das alianças virtuosas entre a prefeitura da cidade do Rio, o governo estadual e o governo federal.No lugar da oferta criminosa de favores clientelistas por parte dos inúmeros "centros sociais", em geral batizados com o nome do deputado ou vereador vigarista,os moradores das comunidades cariocas têm assistido a multiplicação de obras e investimentos em projetos de urbanização,em visíveis ,fotografáveis ou passíveis de serem registrados por qualquer outro meio por quem o quiser,canteiros de obras,que ,além de recrutar e qualificar basicamente a mão-de-obra entre os próprios moradores beneficiados, estão edificando equipamentos essenciais à melhoria expressiva da qualidade de vida destes cidadãos,antes aviltados em seus direitos e manipulados ,por meio da forma inescrupulosa acima descrita, pelos mesmos políticos que hoje se enfeixam em torno da candidatura neoudenisrta de José Serra.Não são apenas obras de saneamenteo,abertura e alargamentto de ruas que permitam a circulação de viaturas como caminhões coletores de lixo e ambulâncias em operações de salvamento de vidas, mas também equipamentos, que, de uma perspectiva neoliberal e antisocial demotucana,seriam considerados gastos comprometadores do "equíbrio " das finanças públicas,como praça de desportes,unidades habitacionais dignas, bibliotecas,instalação de UPAs e,em nome de um aberto e declarado combate ao crime organizado(apesar de pertinetes críticas contra alguns excessos verificados em sua consecução), a ocupação permanente destas comunidades pela Polícia Militar e posterior estruturação das UPPs.Portanto,Emanuel, os moradores das comunidades cariocas têm razão de sobra para apoiar o governo Lula ,sufragando maciçamente o nome de Dilma,e apulpando e repudidando,com justa e indignada revolta, os políticos do passado que eles, mais do que nós mesmos, desejam ver banidos do cenário político nacional.A vioência e truculência ,que você observou no vídeo, nem de longe poderia ser equiparada à que historicamente se praticou contra esses trabalhadores,obrigados a viver abaixo da linha da dignidade, constrangidos pelo poder das armas empunhadasde por criminosos comuns ou fardados,convivendo com índices de mortalidade por causas violentas superiores às registradas em Bagdá ou em Kabul.

Responder

Baixada Carioca

30 de outubro de 2010 às 21h16

Vai ver foi por isso que aceitou ser candidato a vice do tucano. Já sabia que não se reelegeria deputado federal. Agora vai ter tempo de sobra pra aprender a fazer política.

Responder

Luiz Henrique

30 de outubro de 2010 às 20h19

Índio da Costa, que vergonha!

Responder

jucanapoleão

30 de outubro de 2010 às 20h15

ESSE LÉO É ELEITOR DE DILMA. ELE NÃO QUER QUE O PRIMEIRO ÍNDIO DO BRASIL SEJA ELEITO VICE-PRESIDENTE.

Responder

El Cid

30 de outubro de 2010 às 20h13

… será que ele foi fazer uma tomografia? Sabe como é né… agora é moda!!

Responder

Emmanuel

30 de outubro de 2010 às 19h45

Não vi uma "pessoa que não apita nada".
Vi um ato explicito de autoritarismo, de prepotência, de agressividade.
Típica atitude de militantes petistas, que acreditam que democracia é somente aquilo que lhas interessa.

Responder

flavio marcio

30 de outubro de 2010 às 19h29

Atenção, Azenha e internautas:
Este vídeo retrata, na verdade factual, uma briga de cobra com cobra (o nefasto I. da Costa em conflito com líderes facciosos da comunidade que têm ligações perigosas. Inclusive, sobre um deles pesa uma forte suspeita forte pedofilia).
Não convém que caiamos em reducionismos ou simplificações nesta hora em que a verdade deve vencer a mentira.
Todos na rua, nas comunidades e nos locais de trabalho até a última hora para fazer Dilma a nossa presidente e deter as cobras da direitaça e do banditismo!

Responder

El Cid

30 de outubro de 2010 às 18h41

Não bate bem da bola. A coragem dele vem do pouco caso que faz da inteligência do povo. Um povo que não suporta mentiras mas que é bem mais educado do que ele: recebeu, conversou, ele entrou com bobo e saiu com bobo. Mas o que não pode é querer fazer o povo de bobo.

Responder

Gerson Carneiro

30 de outubro de 2010 às 17h56

Enquanto isso…
[youtube 68JUFIWF3g4&feature=fvsr http://www.youtube.com/watch?v=68JUFIWF3g4&feature=fvsr youtube]

Responder

El Cid

30 de outubro de 2010 às 17h47

… esse foi um tapa na cara não apenas do Índio, mas dos políticos que pensam que o povo é apenas uma massa ignorante que serve para elegê-los !!

Responder

Cris sp

30 de outubro de 2010 às 17h11

que feio heim… só falta agora ele dizer que foi agredido pelos moradores da Rocinha (que na verdade estavam disfaçados pois eram militantes do PT) e que acertaram uma bolinha na cabeça dele….mas que ninguém filmou.
RSRSRSRSRSRS…sem vergonha.
É isso ai Rocinha….

Responder

    El Cid

    30 de outubro de 2010 às 17h48

    … aliás, algum canal de televisão exibiu esse vídeo do índio na rocinha???

Rubens

30 de outubro de 2010 às 17h01

Deu no R7: "Antes de encerrar a campanha, Serra deve visitar as cidades de São Bernardo do Campo e Suzano, na grande São Paulo, em compromissos marcados de última hora."

É bom o PT ficar esperto. Ainda dá tempo para mais uma armação dos tucanos.

Responder

Bruno

30 de outubro de 2010 às 16h16

De fato, ele tinha que ficar lá e apanhar dos militantes petistas disfarçados… ah, faça-me o favor!

Responder

Jorge Nunes

30 de outubro de 2010 às 15h36

No geral a oposição teve seu pior resultado no pleito do Rio de Janeiro.

Acho que pela formação do novo congresso no Brasil inteiro.

Responder

Gerson Carneiro

30 de outubro de 2010 às 15h12

O senhor, morador da comunidade, colocou o dedo na cara do Indio e o chamou de covarde.
O bicho fugiu, saiu de fininho….

Responder

Wanderson Aguilar

30 de outubro de 2010 às 14h55

Sinceramente a cara do Sr. da Costa é impagavel, um simples e rapido confronto com a realidade e o homen desaba, afinal de contas ele como o resto da sua turma são feitos de mentira e silicone não resitem a um minuto de confronto leal, só vencem pel e num precisou nem de bolinha de papel são um bando de fake-brazil sonhando com as "beneses" de Washington e os passeios e Paris.

Responder

chanceLer

30 de outubro de 2010 às 14h50

É preciso que esses corajosos moradores da Rocinha que se expuseram na oposição ao Índio tomem cuidado com suas integridades físicas.
Bem sabemos como agem os coronéis.
Foi triste pro índio. Que vergonha!

Responder

Flávio

30 de outubro de 2010 às 14h38 Responder

    Flávio

    31 de outubro de 2010 às 02h18

    Pô, sensacional este vídeo. Precisamos que ele chegue a várias pessoas.

Flávio

30 de outubro de 2010 às 14h38

Este aí, de cacique não tem nada. Está mais para curumim. É um menino.

Responder

    Gerson Carneiro

    30 de outubro de 2010 às 20h04

    É um muleque.

rccorrea

30 de outubro de 2010 às 14h19

Perdeu, playboy, perdeu! É Dilma geral!

Responder

aldoluiz

30 de outubro de 2010 às 13h34

A diferença entre o vice de Serra e o Serra são os idosos cultivados calos do mau-caratismo.
Estamos no final do segundo turno, e os brasileiros já tiveram acesso a muitas informações sobre os candidatos à Presidência. O eleitor vai às urnas consciente da sua escolha e não sujeitará a formação de sua opinião àqueles que usam artifícios ingênuos para distorcer a realidade. Não há nenhum caminho "do" meio, ou estamos com a manutenção da casa grande e seu perene escravagismo ou estamos na energia vibracional para extinção plena e definitiva de todas as senzalas do mundo.
O resto é a delirante ilusória esperança de encontrar a inexistente paz eterna em escravistas religiosas mãos abençoando a chibata dos capatazes e capitães do mato ao longo dos descaminhos já cercados por silenciosas sete bases militares na Colômbia e a quarta frota armada até os dentes flutuando em cima do pré-sal esperando o sinal verde de Serras e Fernandos.
Brasileiros indecisos acordem, há um pesadelo rondando nossos sonhos, a hora é esta, estejam certos de que se errarmos essa escolha não haverá uma segunda chance, sinto muito. Vote 13! Vote Dilma!

Responder

DiAfonso

30 de outubro de 2010 às 13h22

O Índio da Costa é uma pessoa desprezível. Um sujeito típico da classe média alta carioca que pensa em fazer os outros de trouxas. Ainda bem que a imensa maioria dos cariocas são gente fina, de bem e extremamente elegantes na sua forma debochada de ver o mundo. Muito legal!

Só faço uma ressalva às conotações entre o vice de Serra e o nosso sofrido povo indígena. Índio da Costa não apita, pq não é índio. Índio possui saberes milenares que o dito homem branco e civilizado deveria procurar aprender. No Terra Brasilis não está permitido qualquer alusão aos índios a partir do nome deste mequetrefe chamado Índio da Costa.

ABs!

Responder

Fabio_Passos

30 de outubro de 2010 às 13h15

Confrontado com a realidade… o vigarista fugiu!

Responder

    Gerson Carneiro

    30 de outubro de 2010 às 15h06

    Isso é coisa de vigarista mesmo. Deu no pé… saiu de fininho.
    Usou a tática do Leão da Montanha: "Saída…. pela Direita!"
    Por pouco não apanhou.

    Roberto Locatelli

    30 de outubro de 2010 às 18h57

    Esse é o candidato a vice-presidente do Serra… Se o Zé Bolinha de papel ganhasse as eleições e depois tivesse que se afastar, teríamos esse sujeito como presidente da maior nação da América do Sul…

    Gerson Carneiro

    30 de outubro de 2010 às 20h39

    Imagine o quanto seríamos ridicularizados.
    O Brasil nas mãos de um indio genérico.

    Elizabete S. Fragoso

    30 de outubro de 2010 às 17h45

    Que maravilha! É a força do povo , consciente de seus direitos. A população organizada, não aceita mais ser enganada em tempo de eleição.Depois do cara eleito, some e só aparece 4 anos depois

    .O confrontos de idéias entre o Indio e a liderança comunitária, fez cair por terra as mentiras ditas e prometidas pelo deputado.Só que a verdade venceu a mentira.A comunidade saiu vitoriosa enqto o Índio,com o rabinho entre as pernas Amanhã, dia 31 é Dilma13.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!