VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Haddad abre campanha em Minas, ataca Bolsonaro por corrupção e diz que petistas cogitam Trajano; veja a entrevista
Divulgação
Política

Haddad abre campanha em Minas, ataca Bolsonaro por corrupção e diz que petistas cogitam Trajano; veja a entrevista


25/02/2021 - 15h47

Tem gente no PT que tem saudade da dupla Lula-Zé Alencar. Ele foi a prova que um grande empresário pode ter compromisso com o País e ter responsabilidade social. Tem gente que acalenta o sonho de termos um vice assim. Fernando Haddad, na entrevista à rádio Super, de Belo Horizonte

A gente precisa fazer com que a governança funcione. Nós não podemos ter 10 ministros da Saúde em 9 anos. Nós não podemos ter uma governança que não seja do Estado. Saúde para todos é um pilar para a igualdade social. Luiza Trajano, dona da Magazine Luiza

Da Redação

O presidenciável Fernando Haddad disse em entrevista à rádio Super, de Belo Horizonte, que o presidente Jair Bolsonaro não vai participar dos debates durante a campanha de 2022 e que acredita que o ocupante do Planalto vai repetir a estrategia de polarizar, como já vem fazendo com o governador João Doria.

Haddad afirmou que hoje muitos brasileiros sabem que o “Mito” é um santo de pés de barro, que não consegue “explicar a evolução patrimonial dele, dinheiro na conta da esposa, dos filhos, agora conseguiu na Justiça bloquear a quebra de sigilo”.

O petista parece estar disposto a usar a corrupção contra Bolsonaro.

“O que é que ele tem a esconder? Aquele Mito não existe. Ele baixa a cabeça pro Trump, agora não sabe o que fazer com o Biden”, alfinetou.

“Nós reforçamos os órgãos de corrupção como nenhum outro governo”, acrescentou.

Hoje, Haddad e a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, tinham encontro marcado com o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, do PSD, que tem o melhor índice de avaliação dentre os prefeitos de regiões metropolitanas.

Kalil também é cogitado como vice numa chapa liderada pelo petista.

Na entrevista, o ex-prefeito de São Paulo criticou a campanha de Dilma Rousseff em 2014 por vender uma agenda otimista num momento de crise.

Para Haddad, Dilma só caiu por causa da dupla Eduardo Cunha-Geddel Vieira Lima, que “fizeram a cabeça” do vice Michel Temer de que o impeachment era o caminho para ele chegar à Presidência.

O petista elogiou José de Alencar como uma espécie de “conselheiro da República”, mas disse que não tem um vice dos sonhos.

Também elogiou Roberto Requião e Renan Filho, ambos do MDB, mas disse que seria difícil voltar a compor uma chapa com o partido.

Para Haddad, deve haver um compromisso prévio entre duas ou três chapas de oposição a Bolsonaro: união no segundo turno.





3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

26 de fevereiro de 2021 às 20h56

PT ingressa na Justiça contra flexibilização de
protocolos da bandeira preta em Porto Alegre

| Reportagem: Fernanda Nascimento | SUL21 | 25/02/2021 |

https://www.sul21.com.br/ultimas-noticias/politica/2021/02/pt-ingressa-na-justica-contra-flexibilizacao-de-protocolos-da-bandeira-preta-em-porto-alegre/

Responder

abelardo

26 de fevereiro de 2021 às 11h10

Penso que Luiza Trajano pode ser a alma gêmea, a cara metade e o par perfeito para compor a chapa do PT, nas próximas eleições. É uma empresária inteligente, vencedora, competente, séria e inspiradora de toda confiança da população. Gostei da possibilidade e tenho certeza que só a veiculação do seu nome já está causando preocupação no desgoverno atual. Talvez, neste momento, em vários pontos do país, arquivos estejam sendo revirados por defensores desse covarde arremedo de governo. Podem estar tentando encontrar fatos para que possam transformar em Fake News e disseminar nas redes sociais. Assim, a covardia continuará alimentando a mentira e a tentativa de destruir reputações ilibadas. Aqui, neste país, sabemos que algumas leis são ignoradas pelos que confiam em justiça seletiva e parcial, a mesma que se calou quando usurparam o governo de Dilma Rousseff e o transformaram nessa espécie de Torre de Babel da balbúrdia, do fracasso e da inoperância. Ela pode sim, nós ajudar muito para livrar o país das garras mercenárias que estão infiltradas nos três poderes, sob a proteção grande mídia, que juntos e misturados formam os quatro cavaleiros do Apocalipse brasileiro.

Responder

Zé Maria

25 de fevereiro de 2021 às 22h03

Certamente a Rejeição ao PT diminuirá. Em que Dimensão Ninguém sabe.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding