VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Gleisi: Calar a voz da oposição é a única justificativa para o MP aceitar pedido de cancelamento de registro do PT
Gleisi: "É ultrajante e fantasiosa a admissibilidade pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés de pedido para cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores junto à Justiça Eleitoral". Fotos: Lula Marques/PT na Câmara e PGR
Política

Gleisi: Calar a voz da oposição é a única justificativa para o MP aceitar pedido de cancelamento de registro do PT


04/04/2020 - 18h02

PT: 40 anos ao lado do povo!

“O Ministério Público pode querer calar a voz da oposição, atendendo aos desejos do governo, só isso justifica a admissão de um pedido esdrúxulo e ilegal como este”

PT nacional

É ultrajante e fantasiosa a admissibilidade pelo vice-procurador-geral eleitoral Renato Brill de Goés de pedido para cancelamento do registro do Partido dos Trabalhadores junto à Justiça Eleitoral.

Não há provas e nem indícios de que o PT tenha recebido recursos oriundos do exterior, o que nunca aconteceu. A decisão é arbitrária e política, sem amparo em fatos ou na realidade.

O pretexto usado pelo MP Eleitoral é irreal. Mais uma vez temos o lawfare — o uso do direito e do sistema jurídico contra o inimigo — para perseguir os adversários do regime e do atual presidente.

Na história da República, somente em períodos de arbítrio, como nos anos 40 e 60, em que ditaduras calaram a voz de opositores, partidos políticos tiveram seus registros cassados, a exemplo do Partido Comunista Brasileiro.

O PT tem 40 anos de história em defesa da democracia e do povo brasileiro, e uma longa tradição em luta pelos direitos sociais no país, contra o abuso do poder político e econômico e por uma sociedade menos desigual.

O Ministério Público pode querer calar a voz da oposição, atendendo aos desejos do governo, só isso justifica a admissão de um pedido esdrúxulo e ilegal como este.

Gleisi Hoffmann

Partido dos Trabalhadores

 



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

05 de abril de 2020 às 21h11 Responder

Zé Maria

05 de abril de 2020 às 20h50

Hoje na História do Brasil

No Dia 5 de Abril de 1968, o Ministro da Justiça da Ditadura Militar editou
a Portaria nº 117 proibindo todas as atividades da Frente Ampla – que reunia,
desde outubro de 1966, os líderes políticos João Goulart, Juscelino Kubitschek
e Carlos Lacerda – dias depois da Grande Manifestação Operária com apoio do
Movimento Estudantil, contra a Ditadura, num comício em Maringá, no Paraná,
com a presença de mais de 15 mil Pessoas, coincidindo com as manifestações
estudantis realizadas em todo o país em repúdio à Violência Policial que, no final
de março de 1968, causara a morte do estudante Edson Luís de Lima Souto , no
Rio de Janeiro.

https://cpdoc.fgv.br/producao/dossies/Jango/artigos/Exilio/Articulacao_da_oposicao
https://www1.folha.uol.com.br/poder/2018/06/1968-estudantes-lideram-grande-protesto-contra-a-ditadura-militar-no-rio.shtml
http://www4.pucsp.br/comissaodaverdade/downloads/movimento-estudantil/documentos/volume-2-texto9.pdf

Responder

Zé Maria

05 de abril de 2020 às 18h46

Janá Roda-Bandeira Madalena acusa o Astrólogo [“Demônio”] da Virgínia
pelo “inegável fracasso do único governo de direita no Brasil”.

| Reportagem: Marcelo de Moraes | Brpolítico .com | 31.03.2020 |

A deputada estadual Janaína Paschoal (PSL-SP) usou sua conta no Twitter
para atribuir a Olavo de Carvalho grande parte da responsabilidade
pelo “inegável fracasso do único governo de direita no Brasil”.

“Qualquer pessoa observadora
sabe dizer quem controla
e quem é o fantoche.
O demônio da Virgínia anda nervoso.
Anda nervoso porque sabe que aqueles
que, hoje, o aplaudem não têm competência
para ler nem a primeira página dos seus livros.
São leitores de manchetes e nem entendem”,
criticou Janaína.

A deputada foi mais além nas suas críticas.
“Mas não é só. O demônio da Virgínia também está nervoso
por saber que os poucos que leram e compreenderam seus livros
logo perceberam ser ele uma fraude.
Denunciou o totalitarismo dos petistas, mas não se intimidou
ao tentar instituir o seu. Traidor da própria obra!”,
escreveu. E acrescentou:

“O demônio da Virgínia, que não quer o certo, quer estar certo,
também se ressente, pois na lista de suas frustrações, agora se soma mais uma”.

Por fim, Janaina admite até que pode estar “sendo má”.
Mas afirma que “ele merece”.

“Ele já era um fracasso acadêmico e econômico, dependente da caridade
dos que se iludiram com ele. Agora é também um fracasso político e
quem o leu e conhece sabe. Estou sendo má? Talvez! Mas ele merece”,
diz.

https://brpolitico.com.br/noticias/janaina-olavo-e-o-grande-responsavel-pelo-fracasso-do-unico-governo-de-direita-no-brasil/

Responder

Fátima Pinheiro

05 de abril de 2020 às 04h19

Não adianta fazer jejum nacional, se o coração está cheio de ódio. E isso está demonstrado com clareza, pois excluiu os católicos. Só protestantes, hoje denominados de evangélicos foram chamados para esse jejum. Esse procurado do MP só tem Brill, no nome.

Responder

Zé Maria

05 de abril de 2020 às 02h41

Isso tem o dedo do Moro e as mãos sujas
dos Patifes da Força-Tarefa da OLJ
nas Falcatruas das Delações à la carte
do DD com a Panelinha de Curitiba

Responder

    Zé Maria

    05 de abril de 2020 às 04h04

    O Propagador de fake news Heitor Freire, um deputado canalha do PSL ligado aos Patifes da Força-Tarefa da OLJ de Curitiba e ao Moro, foi o autor
    dessa Ação contra o PT no TSE.
    É o mesmo que disseminou nas Redes Sociais montagens de fotos do Jornalista Glenn Greenwald, fazendo afirmações falsas, caluniando o Deputado do PSoL David Miranda acusando-o de terrorismo e mentindo que o esposo de Glenn foi condenado por crime contra a segurança do Reino Unido.

    https://abraji.org.br/abraji-repudia-ataques-a-glenn-greenwald-e-equipe-do-intercept

    Zé Maria

    05 de abril de 2020 às 16h11

    https://cn7.com.br/wp-content/uploads/2019/10/WhatsApp-Image-2019-10-08-at-22.52.08.jpeg

    Heitor Freire [PSL-CE) é o Ladrão
    que grita ‘Pega Ladrão’ e corre
    para o colo do “juiz ladrão”

    Denúncias de cunho financeiro e político contra Heitor Freire aprofundam crise

    | PSL-CE | Delegado Cavalcante e André Fernandes apertam críticas
    a Heitor Freire e intensificam racha na legenda

    Deputados estaduais do PSL no Ceará convocaram coletiva de imprensa
    para apresentar denúncias contra Heitor Freire

    Os deputados estaduais Delegado Cavalcante e André Fernandes, ambos do PSL,
    justificaram os motivos que os levaram a pedir a saída do deputado federal
    Heitor Freire da presidência estadual da agremiação.

    Segundo eles, houve orientação da cúpula nacional da legenda.
    Na manhã de ontem, em coletiva de imprensa, dispararam uma saraivada
    de críticas de aspectos econômicos e políticos à condução de Heitor Freire
    no partido.

    Os deputados repercutiram denúncias apresentadas por O POVO nas duas
    últimas edições, como o uso de repasses da cota parlamentar para aluguel
    de imóvel particular — no qual funcionou a Lumens Light, empresa da família
    do deputado — ou a agressão física de um dos seguranças de Heitor
    a uma liderança conservadora, no aeroporto de Fortaleza.

    Cavalcante e Fernandes estiveram ladeados pelo ex-candidato ao Senado,
    Márcio Pinheiro, pelo inspetor aposentado Alberto Júnior, pelo suplente de
    deputado federal Coronel Bezerra, além de Perpétua Aguiar Germano, líder
    de movimento pró-Bolsonaro.

    Fernandes aponta que desde o ano passado, no curso da campanha eleitoral, reclamações que não surtiram efeito têm sido feitas contra Heitor Freire.
    Por isso, relata, a cúpula nacional pediu que se interviesse na gestão.

    O deputado estadual relembra que votou em Freire, fez campanha para o então
    candidato. “Mas com o passar do tempo a gente vai se decepcionando
    com muitas coisas que acontecem”, explica.

    Para Fernandes, a melhor solução a ser tomada é a saída do ex-amigo da
    presidência estadual do partido. Se isso não ocorrer, ele elenca, irão se intensificar
    os desgastes, a divisão e os questionamentos sobre a integridade da legenda
    a nível estadual.

    “Estão chegando mais coisas, denúncias gravíssimas, condomínio que ele foi síndico… Nenhum (dos que denunciam) tem pretensão de ser presidente do partido. Eu não faço nem empenho. Pegar um partido do jeito que está pra começar tudo de novo? Porque o PSL está acabado, nosso partido faliu”,
    adicionou Cavalcante.

    Conforme narra as páginas do pedido de saída, a suspensão da verba partidária por seis meses acentuou o cenário negativo das contas do partido. Embora a Justiça Eleitoral tenha condenado o exercício financeiro de 2014, quando a legenda não era comandada por Freire, os parlamentares alegam omissão do atual comando, já que não se buscou contato com a antiga direção em busca de explicações ou documentos para adicionar ao processo.

    “A imagem do partido também não tem sido preservada pela comissão
    provisória estadual pois, sobre o assunto, o secretário-geral da estadual declara
    que o partido ‘não tem nada’ de Ceará”, descrevem os assinantes do texto,
    usando matéria publicada por O POVO de 29/5/2019.

    Outra queixa dos pesselistas foi sobre a composição da executiva estadual,
    grupo que não abriga nomes da “linha de frente” do partido, segundo Cavalcante.
    Em vez disso, consta na relação o irmão do deputado, Leonardo Freire,
    o motorista e segurança do político, Cristiano Azevedo Costa.
    Ambos como vogais.
    Há ainda, na primeira tesouraria, José Alcy Alves.
    Os três não são filiados ao partido.

    Suplente de Freire, Coronel Bezerra desabafa que o partido é usado
    como “propriedade privada” do atual presidente [Heitor Freire].
    “Onde coloca, sem satisfação nenhuma, os seus prepostos, familiares e amigos,
    como um verdadeiro Clube do Bolinha para atender seus interesses pessoais”,
    disparou.

    MUNICIPAL [FORTALEZA]
    Na executiva municipal da legenda, ocupa a vice-presidência
    Gislani Maria Fontenele Maia.
    Ela é investigada por ter atuado como candidata “laranja” na última eleição.
    Mesmo sem expressão política, ela recebeu R$ 150 mil do Fundo Eleitoral do PSL
    e obteve 3.501 votos.
    https://www.opovo.com.br/jornal/politica/2019/06/28/denuncias-de-cunho-financeiro-e-politico-contra-heitor-freire-aprofundam-crise.html

    Candidata sem expressão no Ceará recebe R$ 150 mil do PSL
    Gislani Maia recebeu essa quantia dois dias antes da eleição

    As denúncias de candidaturas suspeitas de serem “laranjas” do PSL chegaram
    ao Ceará.

    Segundo informações do site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a candidata
    a deputada estadual Gislani Maia, que teve votação inexpressiva de 3,5 mil votos,
    recebeu do partido o valor de R$ 150 mil em recursos públicos do fundo eleitoral
    no dia 5 de outubro, dois dias antes da eleição.
    No mesmo dia, a candidata pagou cerca de R$ 143 mil a três gráficas que seriam
    para impressão de materiais de campanha.

    Em reportagem publicada na edição desta sexta-feira (22), o Jornal O Globo
    revela que a candidata foi a única entre 18 mulheres do partido a receber
    recursos na campanha.
    Além dela, apenas o presidente estadual e deputado federal eleito pelo partido,
    Heitor Freire, teria recebido recursos da direção nacional – Freire recebeu cerca
    de R$ 50 mil. Em toda a campanha, Heitor declarou gastos de R$ 64 mil,
    menos da metade da quantia recebida por Gislani.

    A dois dias da eleição, a candidata pagou pelo fornecimento de 4,8 milhões
    de santinhos, panfletos e botons, além de 20 mil adesivos para carros.
    A gráfica M C Holanda Carvalho recebeu R$ 103,2 mil às vésperas da eleição
    para impressão dos materiais.
    https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/editorias/politica/online/candidata-sem-expressao-no-ceara-recebe-r-150-mil-do-psl-e-levanta-suspeita-1.2066601

    Detalhe: Heitor Freire quer ser Prefeito de Fortaleza de qualquer jeito.
    https://cn7.com.br/deputado-heitor-freire-comemora-aniversario-ao-lado-de-sergio-moro-e-luciano-bivar/

    A Milícia do Moro mais uma vez coloca o PT na Defensiva.
    Toda vez que o PT desponta como Protagonista Político,
    esses Patifes da Lava-Jato põem o Partido contra a parede.

    https://noticias.uol.com.br/colunas/chico-alves/2019/10/22/deputado-que-chamou-moro-de-juiz-ladrao-e-absolvido-no-conselho-de-etica.htm

    Zé Maria

    05 de abril de 2020 às 16h17

    O PSL e a Patifaria da Lava-Jato é um Laranjal Empesteado: só tem Laranja Podre.

abelardo

04 de abril de 2020 às 22h04

Em sendo verdade, o Poder Judiciário deve tomar uma atitude imediata de repreensão e punição contra todos os delinquentes que tentam fragilizar o estado democrático de direito, que tentam contra a constituição e, principalmente, que se pertencerem a seus quadros tentam contra a desonra da Instituição Maior do Poder Judiciário. É preciso dar um basta definitivo as autoridades, seja de qualquer poder, que estão passando dos limites de suas atribuições. Afinal, quando usam sem limites e sem responsabilidades o seu cargo para propagar gratuitamente preconceitos e/ou preferências que indicam ser para favorecer uns e prejudicar outros, se torna claro que já estão descendo abismo abaixo.

Responder

Valdeci

04 de abril de 2020 às 20h30

Ainda tem gente da Esquerda, que acredita que a resposta pra Lula ser preso, é lançar outro candidato. Oque ´ impede de o outro candidato, também sofre perseguição da policia, ser condenado e preso , pra não vencer a eleição ?????

Responder

robertoAP

04 de abril de 2020 às 19h11

Vamos aproveitar que o nome desse coitado ignorante é Bom Brill e fazer uma faxina em seu cérebro poluído e sua alma tortuosa e errante.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!