VIOMUNDO

Diário da Resistência


Gleisi, Boff, Bemvindo, Vicentinho, Beatriz, Rogério, Luizianne e Tânia convidam para o abraço a Lula, hoje às 15 h, em Curitiba; veja vídeos
Delegações de diversos estados chegam à Vigília Lula Livre para celebrar o Ano Novo com Lula. Foto: Ricardo Stuckert
Política

Gleisi, Boff, Bemvindo, Vicentinho, Beatriz, Rogério, Luizianne e Tânia convidam para o abraço a Lula, hoje às 15 h, em Curitiba; veja vídeos


01/01/2019 - 08h39

Lulaço Nacional no Facebook

por Conceição Lemes

Nesta terça-feira, 1º de janeiro de 2019, às 15h, numa Brasília sitiada por ostensivo aparato militar, o presidente fakenews Jair Bolsonaro toma posse no Congresso Nacional como presidente da República.

”Nada a celebrar. Apenas registrar o espetáculo da fascitização do país e o funeral da nossa democracia”, lamenta o sociólogo Marcelo Zero.

No mesmo horário, em Curitiba, militantes vindos de todo o Brasil participam do Lulabraço.

De mãos dadas, dão um abraço gigante, de paz, ao redor do quarteirão da superintendência da Polícia Federal no Paraná e onde o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está encarcerado há 270 dias.

”Será a nossa forma de abraçar o preso político Lula, condenado sem provas”, explica Tânia Mandarino, dos coletivos Lulabraço e Advogadas e Advogados pela Democracia (CAAD).

A ideia surgiu durante o depoimento de Lula à juíza Gabriela Hardt, substituta de Sérgio Moro na 13a Vara da Justiça Federal, em Curitiba.

Ali, segundo Tânia, ficou muito evidenciada a sensação de impotência diante de um aparato judiciário cruel e injusto.

Mais do que gritar Lula Livre, veio então o desejo imenso de abraçá-lo fortemente.

Nos dias seguintes, militantes e a Vigília Lula Livre foram consultados.

Fecharam com o 1º de janeiro, Dia da Confraternização Universal.

A partir daí, o Lulabraço passou a ser construído.

”É uma atividade amorosa que expressa o nosso carinho e solidariedade contra toda injustiça que pesa sobre o povo brasileiro na pessoa de Lula”, frisa Tânia.

Vários parlamentares já confirmaram presença no Lulabraço, entre os quais: a senadora Gleisi Hoffmann, presidenta do PT, os deputados federais eleitos Rogério Correia (MG), Luizianne Lins (CE), Zé Geraldo (PA) e a deputada estadual eleita Beatriz Cerqueira (MG).

Veja quem está convidando. Assista.

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Fábio Pessoa

01 de janeiro de 2019 às 13h03

Aproximadamente, pelas imagens, três centenas de indivíduos do Brasil inteiro? E só Gleisi de liderança presente?
Tá esquisita a “coisa” hem?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.