VIOMUNDO

Diário da Resistência


Eliara Santana: Jair subiu no telhado?
Jair Bolsonaro em hospital em São Paulo. Foto: Reprodução/rede social
Política

Eliara Santana: Jair subiu no telhado?


03/01/2022 - 16h58

JAIR SUBIU NO TELHADO?

O ano mal começou, e as surpresinhas já aparecem: a situação de Jair aparenta ser grave, e o quadro eleitoral pode ficar bem bagunçado

Por Eliara Santana*, em seu blog

Parece que a situação de Jair é bem mais séria do que imaginamos. Recebi há pouco a informação de que a situação de saúde dele é grave e que os grupos ávidos pela terceira via ou segunda via ou algo que impeça a vitória de Lula já trabalham com a perspectiva de que Mourão possa assumir (não nos esqueçamos da mídia nesse contexto). O jornalista Luis Costa Pinto falou sobre esse cenário um pouco mais cedo.

A fonte que me passou a informação (ouvida de bastidores do hospital) é de absoluta confiança, mas eu não posso revelar – além das notícias quentes, a fonte lembrou que Jair e Mourão estão rompidos há algum tempo.

Mourão não aparece atrelado a nada do governo Bolsonaro, nem é mais visto na mídia, portanto, talvez um nome mais civilizado. O certo é que o quadro é mesmo grave e que já estão articulando uma segunda via mais palatável e mais confiável, no caso o vice, Hamilton Mourão.

Pode ser uma versão 2022 do episódio da facada?

Pode: uma nova espetacularização de um quadro de saúde inesperado pode comover o eleitorado e mudar o figurino eleitoral todo.

Pode ser mesmo um quadro gravíssimo que vai tirar Jair de cena (por ora ou para sempre)?

Pode: e isso bagunça totalmente o jogo eleitoral, para todos os lados.

Pode ser uma armação espetacularizada dos grupos de elite e midiáticos e outros para tirarem o bode, digo, Jair, da sala sem que isso fique explicitado como armação, viabilizando um jogo mais intenso?

Pode: e isso se configura uma tentativa de moldar uma outra via que não esteja manchada pela indecência do comportamento de Bolsonaro.

E tudo isso, junto ou separado, vai bagunçar muito o cenário eleitoral.

Como venho dizendo, o derretimento de Bolsonaro, consolidado como está, é um impedimento para a disputa eleitoral.

Como venho dizendo, a ausência de Jair do quadro eleitoral muda completamente o cenário, reconfigurando possibilidades de segunda e terceira vias.

Mais do nunca, as coligações e articulações de Lula serão essenciais para consolidar a candidatura de centro-esquerda. Nada está dado.

De qualquer forma, já estava causando muita estranheza o comportamento nada eleitoral de Jair, o ogro incomível, que deu uma bela banana para as enchentes na Bahia e foi andar de jet-ski em Santa Catarina – candidato nenhum faz isso.

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. Elas serão emocionantes. E o ano mal começou…

*Eliara Santana é jornalista e doutora em Linguística pela PUC-MG.

Leia também:

Radiografia de Bolsonaro na imprensa alemã





8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Henrique martins

04 de janeiro de 2022 às 13h37

Ouvi agora no rádio que a consulta pública cujo resultado foi que 100 mil pessoas são contra a vacinação de crianças não permitia a opção a favor só a contra. Ora, cem mil pessoas não representam 200 milhões de brasileiros. Que cara de pau. Difícil encontrar uma coisa mais antidemocrática. Cazuza tinha razão quando profetizou: essa turma está transformando o país num p….

Responder

Henrique martins

04 de janeiro de 2022 às 13h18

https://noticias.uol.com.br/colunas/jamil-chade/2022/01/04/oms-com-reproducao-inedita-omicron-sera-dominante-em-questao-de-semanas.htm

Complementando comentário anterior:
Observe a fala da OMS: “nunca vimos um vírus tão transmissível
“.

Eu explico: a questão é que a existência da turma das falhas geológicas foi descoberta por 4 nações e eles estão nos retaliando e ameaçando para que estas 4 nações nao lutem contra eles.
Portanto, o apocalipse já começou.
Acontece que a despeito da superioridade tecnológica deles nós seres humanos nos uniremos e qvamos derrota-los.

Responder

Cláudio Carvalho Fernandes

04 de janeiro de 2022 às 01h47

Talvez Mourão, um milicu, seja um nome mais civilizado? E desde quando milicu é civilizado? Civilização e militares, militarismo, milicus, são autoexcludentes, são extremamente opostos: Ou é uma coisa ou é outra. São inconciliáveis, antípodas. Uma segunda via mais palatável e mais confiável, no caso o viXe, Hamilton Mourão. Para quem? Ambos são milicus, ambos são execráveis, indigestos, inconfiáveis. Bom texto mas com muita coisa a subentender e a comunicação precisa ser explícita, direta, sem margens para ambiguidades que podem ser exploradas pela direita e ela, a direitona canalha, sempre sabe fazer isso e faz. Por isso, as esquerdas brasileiras (e mundiais) devem usar a razão para combater “cenas [e/ou cenário(s)] emocionantes”. Inclusive para combater a ditadura midiática que, infelizmente, ainda assola o Brasil.

Responder

Henrique Martins

03 de janeiro de 2022 às 21h28

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2022/01/rio-e-ceara-registram-casos-de-flurona-coinfeccao-por-covid-e-influenza.shtml

Eu sugiro que os cientistas acompanhem as coinfecções de H3N2 com a cepa ômicrom da Covid, sobretudo, talvez em pacientes com problemas em órgãos como o pâncreas, pois o pulmão não é a bola da vez nesta cepa da Covid.
Digo que não é coincidência que surja um surto de Influenza concomitante a uma nova cepa de Covid uma vez que a humanidade conseguiu chegar às vacinas e a pandemia arrefeceu.
Eu já disse uma vez aqui nesse blog que tem uma turma supostamente ‘alienígena’ cujo mundo sempre esteve dentro de um determinado tipo de falha geológica em cavernas gigantescas e a temperatura dentro delas não é tão alta quanto pensam os nossos cientistas. Essa turma supostamente alienígena entra e sai por alguns extratovulcões que ficam às margens das falhas geológicas.
É ela que cria os vírus e tem ligação direta com certos seres humanos de ‘sangue azul’. Inclusive, um deles é proprietário de quase um sexto das terras do planeta, incluindo terras geladas.
Há muitas coisas entre o céu e a Terra do que supõe sua vã filosofia, já dizia Shakespeare. Não é a toa que esse é o dramaturgo preferido desses seres humanos desprezíveis. Pronto falei…
Agora pouco me importa que acreditem ou não, pois num futuro próximo – coisa de 5 a 7 anos – a humanidade saberá toda a verdade e os senhores da guerra e da escravização da humanidade serão desmascarados e derrotados. MALDITOS.!!!

Responder

Henrique Martins

03 de janeiro de 2022 às 20h49

https://www.brasil247.com/blog/e-da-outra-obstrucao-ninguem-diz-nada

Senhor articulista Eric Nepomuceno

Leia ‘Por que o intestino é considerado nosso ‘2º cérebro’ e outros 5 fatos surpreendentes sobre o órgão’ bem como outros artigos na internet.

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/geral-45664504

Pois então. O intestino é considerado o nosso segundo cérebro. O senhor tem razão. De fato, o homem tem os dois cérebros obstruídos sim.

Responder

Henrique Martins

03 de janeiro de 2022 às 20h37

A propósito doutor de Bolsonaro, o senhor sairá dessa aventura tão desonrado quanto seu paciente. A verdade sempre aparece doutor. Compactuar com as mentiras de um paciente – ainda mais para satisfazer interesses políticos e espúrios – não tem nada a ver com ética médica…

Responder

Henrique martins

03 de janeiro de 2022 às 17h38

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/deputados-ficam-furiosos-com-bolsonaro/

Elementar meu caro Watson. ..

Ele nao pode correr o risco de outro médico atende-lo e dizer que o problema não tem nada a ver com facada. Simples assim.

Responder

Henrique martins

03 de janeiro de 2022 às 17h31

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/bolsonaro-nao-esticar-facada/

Ue, é claro que eles ficarão em maus lençóis quando a população descobrir a verdade sobre os problemas desse homem abjeto.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding