VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Deputado que chamou Moraes de cabeça de ovo se revolta com pirueta de Bolsonaro: “O leão que não ruge vira gatinho”
Foto: Reprodução de Facebook
Política

Deputado que chamou Moraes de cabeça de ovo se revolta com pirueta de Bolsonaro: “O leão que não ruge vira gatinho”


10/09/2021 - 16h15

Da Redação

Referindo-se ao ministro relator do inquérito dos atos antidemocráticos no STF, Alexandre de Moraes, como um déspota, o pastor Otoni de Paula (PSC-RJ) disse na tribuna da Câmara que o presidente da República se apequenou ao assinar nota redigida pelo usurpador Michel Temer.

Otoni foi um dos alvos de busca e apreensão da Polícia Federal, a pedido da PGR e com autorização de Moraes, alguns dias antes do 7 de Setembro.

Ele está com seus perfis nas redes sociais bloqueados.

Otoni de Paula já havia sido condenado em primeira instância a pagar R$ 70 mil em danos morais ao ministro do STF por chamá-lo de “cabeça de piroca”, “cabeça de ovo”, “lixo” e “esgoto”, num vídeo que publicou no Facebook.

“Não vou recuar um milímetro”, ele disse depois que a PF cumpriu mandado de prisão em sua casa.

No depoimento que fez, o deputado negou ter financiado “cartazes, faixas, camisetas, ônibus, comunicação, gasolina, cozinha comunitária e banheiro químico” para manifestantes que acamparam em Brasília nos protestos anteriores contra o STF.

O ex-vereador é pastor da Assembleia de Deus e pretendente a disputar uma vaga no Senado pelo Rio de Janeiro. A pirueta de Jair Bolsonaro, depois de tanto investimento na imagem de anti-STF, poderia desgastar Otoni com seus próprios eleitores.





8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

11 de setembro de 2021 às 09h05 Responder

Henrique Martins

10 de setembro de 2021 às 20h15

Urgente

Recado para MBL e cia limitada

O MBL e o Vem pra rua são movimentos que nasceram na juventude. Os jovens brasileiros não sao bolsonaristas, tanto é verdade que eles – bolsonaristas – reclamaram de não haver jovens nas manifestações deles. Devemos nossa democracia ao movimento jovem das Diretas Já.
Nossos jovens precisam de educação e emprego e se depender de Bolsonaro eles vão ficar a ver navios. Ainda que eles não sejam tão politizados quanto os jovens da época das Diretas Já, além do regime democrático,
eles têm direitos a defender. Portanto, deixem claro para eles em suas convocações o que eles estão perdendo e vao perder se não lutarem para tirar esse monstro do poder.
As manifestações de 12 de setembro têm tudo para serem grandiosas.

Vocês precisam pressionar pelo impecheament e pela renúncia. Políticos não sobrevivem sem eleições e os congressos não funcionam nas ditaduras. Vocês precisam pressiona-los a agir. A prova de que Bolsonaro pretendia fechar, emparedar ou manter o congresso de joelhos se tivesse conseguido dar o golpe é que mesmo já tendo perdido na questão do voto impresso continua insistindo no assunto.

O país está indo para o ralo. A mais alta corte do país está sendo atacada. Já era projeto deles fechar o STF antes mesmo de se elegerem. Foi por isso que Eduardo Bolsonaro falou que nao era preciso nem um cabo e nem um soldado para fechar o STF antes mesmo deles ganharem as eleições. O ataque ao STF nao vem de agora. Portanto, vocês têm o apoio da suprema corte.

O povo está sofrendo. A elite e o mercado financeiro não rasgam dinheiro. A imprensa precisa manter o direito à liberdade de expressão. A Globo, por exemplo, fatalmente perderia a concessão se Bolsonaro tivesse conseguido dar o golpe. Ou seja, os militares de pijama, os reacionários, os evangélicos, o agronegócio e os fanáticos bolsonaristas não vão conseguir segurar Bolsonaro no poder. Vocês precisam empurra-lo para dentro da cova que ele mesmo cavou para si em 7 de setembro.
A propósito, eu pergunto: o que o agronegócio está ganhando ajudando Bolsonaro a desestabilizar o país? O preço dos alimentos e da carne estão nas alturas. Desde o início eles deixaram Bolsonaro atacar a China o que em tese seria um suicídio . Será que essa turma está tirando proveito da situação? Urge discutir o assunto. Pela lógica, tem alguma coisa errada aí.

Responder

Responder

    Henrique Martins

    10 de setembro de 2021 às 20h28

    # o que em tese é um suicídio #

Túlio Verme

10 de setembro de 2021 às 17h37

Este país nunca foi ou será sério.
Chamaram o cara que saiu da cadeia de terno e gravata pela porta da frente.

Puseram bolso nãaro
para reeditar o grito ridículo de dão Pedro. a

Responder

Henrique Martinss

10 de setembro de 2021 às 16h56

Agora a pergunta que pode não estar calando: Por que antes mesmo de serem eleitos Bolsonaro e seus filhos planejavam fechar o STF? Eu digo: porque a corte tinha e ainda tem 7 ministros nomeados pelo PT. Então para eles o STF é petista. Portanto, mesmo que não houvesse os confrontos atuais eles iam tentar fechá-la de qualquer jeito.

Responder

    Henrique Martins

    10 de setembro de 2021 às 19h26

    Eu disse isso por causa da frase: “não precisa nem de um cabo e um soldado para fechar o STF” dita por Eduardo Bananinha bem antes das eleições.

Henrique Martins

10 de setembro de 2021 às 16h55

Agora a pergunta que pode não estar calando: Por que antes mesmo de serem eleitos Bolsonaro e seus filhos planejavam fechar o STF? Eu digo: porque a corte tinha e ainda tem 7 ministros nomeados pelo PT. Então para eles o STF é petista. Portanto, mesmo que não houvesse os confrontos atuais eles iam tentar fechá-la de qualquer jeito.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding