VIOMUNDO

Diário da Resistência


ComunicaSul, da Colômbia: Eleitores e o candidato progressista Gustavo Petro denunciam cédulas eleitorais adulteradas
Queixas ocorreram por conta do vazamento de um vídeo por parte da Registradoria — órgão responsável pelas eleições no país. Foto: Marcha Noticias
Política

ComunicaSul, da Colômbia: Eleitores e o candidato progressista Gustavo Petro denunciam cédulas eleitorais adulteradas


19/06/2022 - 18h07

Eleitores colombianos e Gustavo Petro denunciam cédulas eleitorais adulteradas

Com temor de fraude e irregularidades, segundo turno da eleição colombiana ocorre neste domingo (19); imagens nas redes sociais mostram guias impressas rasuradas, o que causaria a anulação automática da votação

Por Felipe Bianchi, ComunicaSul

A jornada eleitoral na Colômbia começou, neste domingo (19), marcada pelo mesmo tema que dominou o debate na véspera deste segundo turno: as denúncias de fraudes e irregularidades. Com ampla repercussão por parte de um dos presidenciáveis, Gustavo Petro, pipocaram, nas redes sociais, imagens denunciando cédulas eleitorais adulteradas em diversos centros de votação.

Nas guias impressas, os eleitores assinalam com um “xis” a opção entre os candidatos — no caso, Gustavo Petro, representando a coalizão progressista Pacto Histórico, e Rodolfo Hernández, da Liga Anticorrupção dos Governadores.

Os vídeos e fotos registrados por dezenas de eleitores, inclusive por Petro, que exerceu seu direito ao sufrágio em um colégio eleitoral ao sul de Bogotá, mostram rasuras em várias cédulas eleitorais sobre a opção “voto em branco”, o que anula automaticamente o voto em qualquer um dos candidatos.

No sábado, as queixas ocorreram por conta do vazamento de um vídeo por parte da Registradoria — órgão responsável pelas eleições no país — com supostos resultados eleitorais no qual se vê o ultra-direitista Rodolfo Hernández com 45,75% dos votos e o progressista Gustavo Petro, com 45,39%.

A Registradoria alegou apenas que não simula e nem projeta resultados, mas o juiz do Conselho Nacional Eleitoral Luis Guillermo Pérez confirmou a veracidade do vídeo, checado junto ao diretor de informática do órgão.

A projeção teria sido realizada pela empresa Indra, responsável pelo software, justamente na sala de imprensa da Registradoria. Também chamou a atenção o fato de que a CNN repercutiu as mesmas informações do vídeo.

*A Agência ComunicaSul está na Colômbia cobrindo o segundo turno das eleições presidenciais graças ao apoio das seguintes entidades: Associação dos/das Docentes da Universidade Federal de Lavras-MG, Federação Nacional dos Servidores do Poder Judiciário Federal e do MPU (Fenajufe), Confederação Sindical dos Trabalhadores/as das Américas (CSA), jornal Hora do Povo, Diálogos do Sul, Barão de Itararé, Portal Vermelho, Intersindical, Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Sindicato dos Bancários do Piauí; Associação dos Professores do Ensino Oficial do Ceará (APEOC), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES-Sul), Sindicato dos Bancários do Amapá, Sindicato dos Metroviários de São Paulo, Sindicato dos Metalúrgicos de Betim-MG, Sindicato dos Correios de São Paulo, Sindicato dos Trabalhadores em Água, Resíduos e Meio Ambiente do Estado de São Paulo, Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp Sudeste Centro), Associação dos Professores Universitários da Bahia, Sindicato dos Trabalhadores no Poder Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS), Sindicato dos Bancários de Santos e Região, Sindicato dos Químicos de Campinas, Osasco e Região, Sindicato dos Servidores de São Carlos, Sindicato dos Trabalhadores no Poder Judiciário Federal de Santa Catarina (Sintrajusc); mandato popular do vereador Werner Rempel (Santa Maria-RS), Agência Sindical, Correio da Cidadania, Agência Saiba Mais, Revista Fórum e centenas de contribuições individuais.





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding