VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Campanha de Serra tentou tirar do ar blog do presidente da CUT


18/10/2010 - 14h49

Reforma Administrativa

18 de outubro de 2010 – 12h10
Suspensa distribuição de impresso feito pela CUT em favor de Dilma

do site do TSE

O ministro Joelson Dias (foto) deferiu em parte o pedido de medida liminar apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pela coligação “O Brasil pode mais” contra Dilma Rousseff, a coligação “Para o Brasil seguir mudando”, a Editora Gráfica Atitude Ltda., a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e seu presidente, Artur Henrique da Silva Santos.

Em síntese, a coligação “O Brasil pode mais”, que apoia a candidatura de José Serra, afirmava, que a CUT e outras entidades sindicais estariam patrocinando a produção de “farto material” impresso para promoção de Dilma Rousseff. Sustentava que as representadas também estariam fazendo campanha, na internet, em favor da candidata.

Liminar

O pedido foi deferido, em parte, pelo ministro Joelson Dias, relator do processo. Segundo ele, o TSE tem precedentes no sentido de que a regra do artigo 24, inciso VI, da Lei 9504/97, dispõe que os sindicatos não podem contribuir direta ou indiretamente para a campanha de um candidato ou de um partido.

“No caso específico dos autos, a representante noticia e traz elementos que demonstram a divulgação, por entidade sindical, ou criada por sindicatos, de mensagens de conteúdo aparentemente eleitoral, em publicações que distribuem e também em seus sítios na Internet, o que, ao menos em tese, configuraria violação ao inciso VI do art. 24 da Lei nº 9.504/97”, ressaltou o relator.

Quanto às mensagens de conteúdo aparentemente eleitoral, o ministro Joelson Dias lembrou que o TSE, ao julgar a RP 138443, decidiu que a suspensão da divulgação de matérias que caracterizem ofensa ao direito somente pode ocorrer “quando determinada com a precisa identificação de qual informação deve ser extirpada. Essa identificação deve constar precisamente da inicial e do pedido formulado pelo interessado”.

Deferimento

O ministro determinou à Central Única dos Trabalhadores, que se abstenha de continuar distribuindo ou fazer distribuir o Jornal da CUT, ano 3, nº 28, setembro de 2010, bem como que suspenda a divulgação da referida publicação no seu sítio na internet. Determinou, ainda, que a CUT suspenda a divulgação em seu site da Revista do Brasil, edição nº 52, out/2010, bem como das chamadas e textos das mensagens discriminadas nos autos.

O relator também ordenou que a Editora Gráfica Atitude Ltda. se abstenha de continuar distribuindo ou fazer distribuir a Revista do Brasil, edição nº 52, out/2010, bem como que suspenda a divulgação da referida publicação na internet.

Indeferimento

Tendo em vista a data de publicação do jornal e da revista, além do fato de que inclusive já se encontram disponibilizados na internet, o ministro Joelson Dias considerou fragilizado o perigo na demora e, consequentemente, desnecessária a busca e apreensão requerida. Por essa razão, a indeferiu.

O relator também indeferiu o pedido de suspensão do “Blog do Artur Henrique”. “Não obstante as alegações da inicial, tenho, ao menos nesse juízo preliminar, que se trata de blog de pessoa natural e, portanto, autorizado pelo disposto no art. 57-B, IV, da Lei nº 9.504/97”, disse.

Ainda foi negado pelo ministro o pedido de liminar para que a CUT e a editora apresentem os documentos referentes à contratação da produção das referidas publicações e a empresa gráfica onde foram confeccionados. Ao final, por ausência de previsão legal e “por não vislumbrar a utilidade da medida de busca e apreensão reclamada”, Joelson Dias indeferiu pedido de que o processo tramite em segredo de justiça, até a conclusão das diligências. “Em regra, os processos judiciais correm publicamente, salvo raras exceções, como nas ações de impugnação de mandato eletivo, o que não é o caso”, observou.

Multas

No mérito, a coligação de José Serra requer a imposição de multas previstas na Lei 9504/97 (artigos 57-C, parágrafo 2º, e 57-E, parágrafo 2º), que variam de R$ 5mil a R$ 30 mil, bem como seja reconhecida a ilegalidade das publicações.

*****

O site do jornal da CUT fica aqui.

O site da Revista do Brasil fica aqui.

O blog do Artur fica aqui.





95 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Recolhendo das bancas

23 de dezembro de 2011 às 10h50

[…] como jamais existiu deste a implantação da República. Agora, a coligação de Zé  Serra propôs e a Justiça  acatou parte da solicitação,  proibindo a circulação  do Jornal da CUT e da Revista do […]

Responder

Hiro

19 de outubro de 2010 às 00h10

Curioso, enquanto os outros partidos de esquerda acusam o PT e a CUT de entidades que não mais são de esquerda, a direita representada pelo P$DB-Demo e o PIG procuram a todo custo, sistematicamente, acabar especificamente com o PT e a CUT.
Só por este fato fica claro o quanto o PT e a CUT estão vivos sim e representam o que há de mais crítico contra a direita do $erra-P$DB-Demo.
Creio que os partidos de esquerda que atacam o PT e a CUT, na prática, colaboram indiretamente para a direita de $erra-P$DB-Demo.
Fico a imaginar um pouco se o estado de SP e o Brasil não tivessem o PT, a CUT e o MST. Dá até medo! Seria o inferno na Terra para os trabalhadores e o paraíso para a direita…
Logo, Viva, Dilma Presidenta! Viva, PT! Viva, CUT! Viva, MST! Viva, blogues progressistas! E viva todos aqueles que fazem aquele pouquinho que está ao alcance, anonimamente, pela defesa dos trabalhadores e pelo país, mas de coração e com grande Esperança!

Responder

beattrice

19 de outubro de 2010 às 00h01

Azenha
vamos divulgar em post se possível.

O PT pede que
Você que é DILMA
e recebe mail, panfleto, qualquer material de campanha calunioso INFORME:

[email protected]
[email protected]

Responder

Manoel Eudes osorio

18 de outubro de 2010 às 23h56

O pesadelo dos tucanos.

PROTOGENES DE QUEIROS, vem com a força máxima!

Agora sim vai voar pena de tucano pra tudo quanto é lado. Segura peão….

Responder

costa

18 de outubro de 2010 às 23h40

Aloysio defende Preto, mas diz não por a "mão no fogo" por ele
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

Responder

Marat

18 de outubro de 2010 às 23h24

Dilma deveria ser um pouco mais esperta e aproveitar as perguntas do PIG para retrucar: "Vocês, jornalistas são sempre muito solertes para investigar o PT… por que não vão atrás do Serra questioná-lo sobre po Paulo Preto? Por que não procuram saber sobre a gráfica do PSDB que imprime panfletos sujos contra minha pessoa"?

Responder

Marat

18 de outubro de 2010 às 23h16

Serra é tão democrata quanto os donos da globo, da folha, da abril, do estadão e do resto do PIG, ou seja, são democratas desde que seus desejos sejam atendidos, o resto é o resto…

Responder

Dirce Novo

18 de outubro de 2010 às 22h38

Apóie o recurso do MSM à Procuradoria Geral Eleitoral http://www.blogcidadania.com.br/2010/10/apoie-o-r

Responder

paulobueno

18 de outubro de 2010 às 22h37

AZENHA PORQUE O PT NÃO DENUNCIA O SILAS MALAFAIA E BAND JUNTO AO TSE POR PROPAGANDA NÃO AUTORIZADA NAS MADRUGADAS NA REDE BANDEIRANTES?
NÃO CONSIGO ENTENDER PORQUE?.
.
.A RECORD FEZ UMA REPORTAGEM EM FAVOR DA DILMA E CORE O RISCO DE SER MULTADA EM 20A 100 MIL REAIS
O SILAS MALAFAIA FAZ CAMPANHA P/SERRA TODO DIA E O PT NÃO SE MANIFESTA PORQUE ?

.
.
O CAMBADA DE JUSSASICOS ATRASADOS E IMCOMPETENTES ESTA TURMA DO PT HEIM.
.
POR FAVO REPASSEM PARA O PESSOAL QUE COORDENA A CAMPANHA

Responder

ZePovinho

18 de outubro de 2010 às 22h21

Tu é o Klaus de Minas Gerais??Se não for foi mal entendido e me desculpe.

Responder

Flávio

18 de outubro de 2010 às 22h18

Azenha e amigos,

Saiu o novo panfleto do Bob: Lula x FHC (2)
http://lulavsfhc.tumblr.com/

Responder

ZePovinho

18 de outubro de 2010 às 21h54

http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com/2010

O PT anunciou hoje a criação de um e-mail: [email protected] para que as pessoas denunciem material de campanha apócrifo. A legislação eleitoral obriga que material de campanha tenha os dados da gráfica e do candidato.

Responder

Luciene

18 de outubro de 2010 às 21h50

Acredito que esse episódio acaba criando jurisprudência. Sendo assim, podemos até fechar a Globo por ums instantes, proibir a circulação da veja, folha de são paulo e tantos outros veículos..

Responder

    Gisele Vianna

    18 de outubro de 2010 às 22h30

    E o risco de vitimizar a vênus platinada?

El Cid

18 de outubro de 2010 às 21h45

Serra utiliza funcionárias da Secretaria de Educação de SP em horário eleitoral: Contribuição do Prof. Idelber Avelar
http://www.idelberavelar.com/

O programa do candidato José Serra, apresentado na noite do dia 15 de outubro, traz algumas imagens interessantes, que aguçaram a minha curiosidade e me levaram a uma pesquisa que trouxe curiosos resultados. Para quem não tem paciência de ver o vídeo até o final, pule para o minuto 04:10 e comece a observar a “sala de aula” do programa de Serra:

<div class="idc-video_youtube"><object height="295" width="480"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/eVfL086z2RM&feature=related&hl=en&fs=1&rel=0"><param name="allowFullScreen" value="true"><param name="allowscriptaccess" value="always"><embed src="http://www.youtube.com/v/eVfL086z2RM&feature=related&hl=en&fs=1&rel=0&quot; type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" height="295" width="480"></object>

Curiosamente, não há um único fio saindo dos laptops retratados no programa de Serra. Até aí, nada de extraordinário. Entendemos que se trata somente de uma simulação. Afinal de contas, o sujeito que inventou a favela de plástico e a Elba que não é Elba não teria nenhum problema em simular o laptop de bateria infinita.

Mas impõem-se algumas outras perguntas sobre os componentes do vídeo. Quem são esses alunos? Essa é uma aula de quê? Onde eles se encontram? Onde isso foi filmado? Quando? Aí a coisa começa a ficar bonita e interessante mesmo. Por volta do minuto 04:48, vemos a seguinte imagem: (ver no blog)

A “aluna” do vídeo de José Serra é ninguém menos que Silvia Galletta, funcionária de alto cargo que trabalha na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Silvia Galetta é Gerente de Apoio Pedagógico da Fundação para o Desenvolvimento da Educação da Secretaria de Educação de São Paulo. Ela responde ao Sr. João Thiago de Oliveira Poço. O organograma está disponível neste pdf ( http://file.fde.sp.gov.br/portalfde/Arquivo/Organ… ) . Repito: uma funcionária de alto cargo na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo aparece no vídeo eleitoral de José Serra simulando ser uma professora ou aluna. Ela trabalha no prédio da praça da República. Será que o vídeo foi gravado em hora de expediente?

Mas as interessantes simulações não terminam aí. Por volta do minuto 04:40, vemos outra imagem: (ver no blog)

Quem é a “professora” que aparece no horário eleitoral de Serra explicando as maravilhas do seu projeto educacional? Outra funcionária paga com o dinheiro do contribuinte paulista, desta vez Nely Aparecida Silva, concursada na Fundação para o Desenvolvimento da Educação. Ela também está locada na Secretaria da Educação, no prédio da Praça da República.

Em que horário em que foi gravado o vídeo? As citadas funcionárias participaram de livre e espontânea vontade ou terá havido, digamos, algum outro estímulo? Elas estão cientes de algum impedimento legal regulando a participação de funcionários públicos em horário eleitoral? De onde vieram os laptops? Quantos outros participantes deste vídeo são funcionários públicos locados na Secretaria de Educação?

Com a palavra, o Sr. José Serra.

Responder

ZePovinho

18 de outubro de 2010 às 21h04

http://www2.tijolaco.com/28857

Serra culpa o Terra, Terra enterra o Serra

Editei e coloco aí em cima uma versão mais explícita do baita desmonte que o portal Terra fez com as desculpas esfarrapadas que José Serra deu ontem no debate da RedeTV! Quem tiver dúvidas, pode ver a versão integral, sem cartelas, publicada hoje à tarde pelo Terra. Mas acho que a versão aí de cima está melhor para divulgarmos.
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

[youtube _seh6OcKZL8 http://www.youtube.com/watch?v=_seh6OcKZL8 youtube]

Serra cobra do Terra explicação que não deu.Compare falas do candidato Serra sobre Paulo Preto

BOB FERNANDES
Direto de São Paulo
O candidato do PSDB à presidência da República, José Serra, afirmou no debate promovido pela RedeTV!/Folha no domingo (17) à noite que o Terra não publicou uma explicação que ele teria dado em Goiânia sobre o ex-diretor do Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, também conhecido como Paulo Preto. Na verdade, o portal publicou as únicas informações a respeito dadas por José Serra naquele dia. E mais: em todos os demais portais, jornais, emissoras de rádio e TV não há nenhum registro de explicação adicional do candidato Serra além do que foi veiculado na segunda-feira (11).
Acima, disponível para os internautas, o áudio da pergunta e a resposta de Serra no debate da RedeTV! e também o áudio do que ele disse exatamente em Goiânia.
Em tempo: Paulo Preto, segundo Dilma Rousseff afirmou no debate da TV Bandeirantes no domingo (10), ao referir-se a matérias de revistas semanais, teria sumido com R$ 4 milhões arrecadados para a campanha eleitoral tucana.
Minutos após o debate na Rede TV! a repórter Marcela Rocha, do Terra, questionou o candidato sobre qual reportagem e a que dia ele se referiu no debate. Serra detalhou estar se referindo ao texto enviado na segunda-feira (11) desde "Goiânia".
Marcela Rocha não esteve em Goiânia. Mirelle Irene, correspondente do Terra em Goiás, acompanhou o candidato na segunda (11). E foi quem escreveu a reportagem aqui publicada e quem tem em mãos o áudio reproduzido acima.No único trecho em que Serra cita Paulo Preto, ou Paulo Vieira de Souza, Mirelle Irene descreve:

Responder

    Sonia Suescun

    19 de outubro de 2010 às 00h42

    Esse video precisa ir para o programa eleitoral urgente.

Celso

18 de outubro de 2010 às 20h52

18 de outubro de 2010 17:52
Dona de gráfica com folheto anti-Dilma é filiada ao PSDB

agestado

O secretário-geral nacional do PT, José Eduardo Cardozo, afirmou que "há indícios veementes" de que os panfletos contra a candidata Dilma Rousseff (PT), apreendidos ontem pela Polícia Federal (PF) em São Paulo, tenham sido feitos pela campanha do tucano José Serra. Segundo ele, 1,1 milhão foi impresso na gráfica Pana Editora. Arlety Satiko Kobayashi detém 50% dos ativos da empresa e é irmã do coordenador de infraestrutura da campanha de Serra, Sérgio Kobayashi. Ela é também filiada ao PSDB desde 1991, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e funcionária da Assembleia Legislativa paulista de São Paulo.

Conforme Cardozo contou em entrevista coletiva convocada para hoje, cerca de 20 milhões de panfletos estavam para ser distribuídos. Além disso, afirmou que a oposição também organizou ações de telemarketing contra Dilma. Cardozo e o presidente do PT paulista, Edinho Silva, afirmaram que os panfletos apreendidos pela PF foram encomendados por Paulo Ogawa. Segundo eles, Ogawa foi nomeado por Serra, em 2000, para trabalhar no Ministério da Saúde.

Cardoso anunciou uma ofensiva jurídica no TSE para apurar a autoria da publicação dos panfletos, que divulgavam nota de segmentos da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) que são contra a candidatura da petista. A direção nacional do PT enviou petição hoje à Corte, juntando documentos que comprovariam a ligação política de Arlety Kobayashi e Alexandre Ogawa, donos da gráfica Pana, com o PSDB.

Telemarketing

O material impresso já foi apreendido pelo TSE por se tratar de propaganda irregular. Em outra frente, o PT elaborou outro pedido para que a Justiça Eleitoral apure uma propaganda feita por telemarketing, em Minas Gerais, em que o eleitor é questionado se votou em Marina Silva (PV). Quando a resposta é afirmativa, inicia-se um discurso contra a campanha de Dilma.

"É indiscutível a relação com a campanha de José Serra. É evidente que não poderíamos deixar de entrar com uma ação pública. Os fatos são graves. A central de calúnias que vem atingindo a nossa candidata começa a ter seus autores identificados. É uma coisa tão articulada que não pode ter sido feita por amadores", disse Cardozo.

Para ele, "é uma propaganda eleitoral manifestamente ilegal". "Vamos entrar com ação também contra um telemarketing que pergunta se alguém na casa votou em Marina Silva e então começam a pedir votos para Serra. Há de se perguntar quem tem recursos para uma ação cara como a do telemarketing. A ética não serve só para ser evocada em arroubos. Não agiremos da mesma forma."

Edinho Silva afirmou que a denúncia chegou aos petistas por meio de um eleitor. "Não pode ser coincidência. Eu peço que a campanha do outro candidato se manifeste a respeito disso", disse. "Existe uma logística para distribuir 20 milhões de panfletos. Esperamos que as respostas sejam dadas, como quem financiou."

Responder

Klaus

18 de outubro de 2010 às 20h47

URGENTE!!!

Aqui em Porto Alegre existe um serviço de mensagens por telefone que “conta” a história da Dilma, “instruindo” a não votar nela.
Cheguei em casa e o telefone tocava. Atendi. Quem falava era uma máquina, com uma mensagem gravada por uma mulher. A mensagem começou assim: “se você vai votar em Dilma, precisa saber a sua história. Erenice Guerra foi seu braço direito…” Infelizmente, não tive estômago para escutar tudo. Desliguei o telefone.
É uma pena eu não ter uma Bina, para saber quem gerava tal ligação.
Mas fica o aviso: ESTÃO APELANDO PARA TUDO!!!

Responder

    ZePovinho

    18 de outubro de 2010 às 22h21

    Ué,Klaus???????????E você não gostou????????????

maria izabel

18 de outubro de 2010 às 20h47

O delegado eleito Protogenes Queiroz esteve no debate da redetv a convite de Dilma e declarou no portal ig que é um quadro estratégico e que tem documentos relativos à privatizações e ao governo tucano. Que tudo vai ficar pro último debate e que nocauteará o serra. Alguém sabe de algo? Tô morta de curiosidade.

Responder

Gisele Vianna

18 de outubro de 2010 às 20h33

Sinto muito, mas a vaca foi pro brejo.
Não há militância do PT nas ruas, só cabos eleitorais mercenários dos tucanos.
A juventude está até com vergonha de dizer que vota na Dilma.
O estigma de sapatão pegou e está em piadas em cada esquina.
A mídia elitista trabalha com notável sintonia para ridicularizar a Dilma, sem parecer orquestração (vide entrevista de agora há pouco no JN).
Só se Lula tirar coelho da cartola, senão podemos enfiar a viola no saco.

Responder

    Joana

    18 de outubro de 2010 às 22h27

    Ê, gisele… porque vc não vai para a rua? ficar mandando pessimismo não resolve nada… VAI PRA RUA fazer campanha prá Dilma…

    adenilde petrina

    18 de outubro de 2010 às 22h31

    Gisele, nós militantes estamos nas ruas, fazendo manifestações, discutindo e trabalhando. Acho que há um certo exagero seu. Não concordo. Temos orgulho de nossa candidata que é um exemplo. Quanto a mídia, a gente já sabia que ela iria fazer o trabalho sujo e não surpresa.. Faço minha as palavras de Leonardo Boff na manifestação de apoio a Dilma no Teatro Casagrande: " A verdade vencerá a mentira!"

    Ivanir

    18 de outubro de 2010 às 23h54

    Essa Gisele é uma serrista descarada infiltrada aqui para injetar desânimo. Sai prá lá Geladeira, Vai secar outro!! DILMA NELA!!!!!!!!!!

Marcos de Almeida

18 de outubro de 2010 às 20h30

Azenha, comprovando que os falsos panfletos, de fato são da campanha do Serra, ele tem que ter sua candidatura impugnada por crime eleitoral. Cadê os advogados para entrar com ação so TSE?Sou Lula e Dilma.

Responder

jõao

18 de outubro de 2010 às 20h24

porque esta tendo mais inserção de propaganda nos espaços comercial em favor de josé serra e menos de DILMA
ALGUMA COISA ESTA ERRADA O TSE E
O PT TEM QUE INVESTIGAR ISSO URGENTE

Responder

    Joana

    18 de outubro de 2010 às 22h27

    Eut ambém observei isso… é dois, três do serralho e, de vez em quando, um da Dilma…

jõao

18 de outubro de 2010 às 20h22

VEJA, FILHA,ESTADÃO ;GLOBO;EPOCA PODE FAZER PROPAGANDA A CUT NÃO PODE ASSIM VAI SER O BRASIL SE FOR GOVERNADO PELO DITADOR SERRA

Responder

D.O.P.

18 de outubro de 2010 às 20h22

Olhem esa aqui:
http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2010/10/1

Quero ver o que Caetano tem a dizer, depois de ver isso.

Responder

ANTONIO ATEU

18 de outubro de 2010 às 19h24

olha só o farsante do serra

Responder

ANTONIO ATEU

18 de outubro de 2010 às 19h23

Digite o texto aqui![youtube BDhpwmJZK38 sehttp://www.youtube.com/watch?v=BDhpwmJZK38 youtube]

Responder

Messias Macedo

18 de outubro de 2010 às 19h21

ENTENDA O RESPEITO DO JOSÉ (S)ERRA EM RELAÇÃO AOS PROFESSORES!

José Serra: 'Protesto de professor é trololó'
SEXTA-FEIRA, MARÇO 19, 2010
"Não tem greve. Só tem marketing para a imprensa noticiar", arrematou o "gerente, competente e eficiente" (des)governador de São Paulo, que hoje comemora aniversário de 68 anos.
(…)
FONTE: “grande” mídia nativa

Messias Franca de Macedo
Feira de Santana, Bahia, República de Nós Bananas

Responder

Rodrigo Leme

18 de outubro de 2010 às 19h15

E a manchete do Azenha é estilo Folha de SP: ignora o assunto principal e vai no acessório: o maior assunto da notícia é a suspensão dos dois veículos de propaganda dos sindicatos, não o blog do presidnete da CUT.

Um título honesto, digno de quem se propõe e se dedica a condenar a prática da "grande mídia" inclusive ao não repetir seus métodos, seria "campanha de José Serra suspende circulação de veículos sindicais". Podia até dizer que o partidarismo é uma "suspeita", mesmo sendo tão descarado, pq a gente sabe que jornalista no Brasil não gosta de termos absolutos, mesmo quando o crime é evidente.

Responder

Rodrigo Leme

18 de outubro de 2010 às 19h12

Uma leitura simples da Revista do Brasil e do Jornal da CUT permite a qualquer um ver que são panfletos de campanha para o PT. O da CUT nem esconde direitoa intenção: ao mesmo tempo que diz que Dilma está pronta para ser a primeira mulher presidente, coloca uma matéria falando que a administração tucana em SP foi "desastrosa para as mulheres".

Incrível não terem vetado os dois panfletos antes, se não pelo motivo de campanha irregular, pelo motivo de usar imposto sindical para financiar. Se a CNBB, que não recebe dinheiro do governo, é alvo de tanto escândalo petista, pq não sindicatos, que usam recursos de impostos e de contribuições sindicais por vezes compulsórias?

Responder

    Marco Antonio

    18 de outubro de 2010 às 19h41

    É bastante simples, porque o governo do PSDB foi "TRÁGICO" para TODOS os trabalhadores.

    E a mais tênue possibilidade deles voltarem, seria CATASTRÓFICA. Portanto, os sindicatos, DEVEM defender os interesses dos trabalhadores, é pra isso que eles existem.

    Simples assim……

    Marco Antonio

    Rodrigo Leme

    18 de outubro de 2010 às 21h51

    É verdade, eles têm a obrigação de pegar dinheiro do governo, que é de todos nós, e fazer campanha para um candidato de uma parte da população. Realmente, parece justo.

    Wildner Arcanjo

    18 de outubro de 2010 às 19h56

    O problema é usar dois pesos e duas medidas. Por que não fez o mesmo com os panfletos da "suposta" CNBB?

    Marcia

    18 de outubro de 2010 às 21h40

    Tenho certeza que isso vai sair na grande mídia…Agora a da CNBB?

    Celso

    18 de outubro de 2010 às 21h43

    Engano seu,Rodrigo, a igreja está isenta de vários compromissos fiscais. É o povo que contribui. Sindicato em deliberação deveria, sim, escolher um candidato.

    Wilson

    18 de outubro de 2010 às 22h02

    ô Amigão , essa é uma das funções de um sindicato , ou vc não sabe´para que eles servem ? Ao contrario de igrejas , que deveriam trazer o alimento espiritual aos infiéis..não alimentar políticos nefastos e bandidos como PSDB/DEM

Neyla

18 de outubro de 2010 às 19h07

Olá pessoal do Blog do Azenha.
É SÉRIO. NUNCA FOI TÃO SÉRIO.
Favor repercutirem o link abaixo a seus contatos.
É nitroglicerina pura. BOMBA, BOMBA. http://cloacanews.blogspot.com/

Responder

Paulo Godoy

18 de outubro de 2010 às 18h55

Azenha,

Venho aqui trazer uma campanha que eu acredito vai pegar:

"SERRA NUNCA MAIS!!!!!"

Começa aqui no seu sítio.

Abraços

Responder

Lili

18 de outubro de 2010 às 18h52

Eu digo uma coisa: o povo deve ir às ruas. Se por acaso esse Zé Alagão vencer, que eu acho que não vai acontecer, o povo deve ir às ruas, protestar veementemente em vários locais do Brasil. Não podemos nos calar diante disso. Um governo golpista não tem legitimidade para governar em nome de 190 milhões de brasileiros.

Responder

Marcio H Silva

18 de outubro de 2010 às 18h34

E onde está a novidade?
Estas noticias são uma constatação do que já sabíamos e os PIGs, que já estão nas mãos deles, não divulgam.

Responder

El Cid

18 de outubro de 2010 às 18h34

Cuidado, ele Morde – http://maureliomello.blogspot.com/2010/10/cuidado

Meu filho mais velho, Pedro, me perguntou ontem se eu tenho certeza que o Serra não faria um bom governo. Absoluta, respondi. Depois fiquei pensando, por quê? Resolvi listar pelo menos sete razões concretas para ter construído esta certeza:

1. Desde que foi para Brasília, onde ocupou cargos no Legislativo e, depois, no governo Fernando Henrique, Serra montou uma central de inteligênica clandestina, cuja finalidade era investigar, intimidar e chantagear seus adversários (usando para isso jornalistas inescrupulosos que conheço);
2. Quando se candidatou à presidência, em 2002, para tirar do caminho sua principal adversária do PMDB, Roseana Sarney, tramou contra ela e o marido uma operação com a ala tucana da Polícia Federal, para expor o caixa dois da pré-campanha da adversária (como se caixa dois fosse privilégio apenas de opositores);
3. Tentou derrubar com ilações seus principais companheiros de partido: Geraldo Alckmin e Aécio Neves, um em 2006, e outro em 2009. (sobre Alckmin, expôs suas ligações com a Opus Dei (que hoje apoia Serra ferrenhamente) e, sobre Aécio, insinuações de que, o agora senador, seria dependente de cocaína e tinha predileção por agredir mulheres), o que demonstra um enorme do mau-caratismo;
4. Sempre calou a imprensa paulista com dinheiro, na forma de anúncios, assinaturas e negócios nebulosos. Todos os jornalistas que se impuseram em seu caminho foram massacrados. Ele próprio, Serra, tem o péssimo hábito de telefonar para as redações para "conversar" diretamente com os diretores de jornalismo. Já testemunhei uma dessas conversas. Para ficar em apenas dois exemplos, na TV Cultura: Luis Nassif e Heródoto Barbeiro foram afastados, depois que fizeram críticas a seu governo;
5. Recentemente, deu à TV Globo um terreno (que era do povo paulista) numa das áreas mais valorizadas da capital, em troca de um projeto – no mínimo esquisito – de formação de mão de obra para a televisão. Um escândalo que só não foi investigado porque o Ministério Público Estadual está nas mãos do PSDB há 16 anos!
6. Como Governador, nos últimos anos, determinou que sua Polícia Militar sempre reprimisse manifestações, seja de policiais civis em greve, de estudantes da USP e, até, de professores, o que expôs toda sua truculência em governar, em detrimento ao diálogo e à conciliação;
7. Agora, em 2010, o candiato e seus apoiadores têm promovido uma das campanhas eleitorais mais sujas da história do país. Serra posa de estadista, enquanto um grupo de profissionais (colegas jornalistas entre eles) espalham calúnia e difamação em e-mails apócrifos, panfletos e nas redes sociais, como o twitter. Há uma coleção de pessoas já identificadas com seus número de computadores, que serão objeto de análise pelo Ministério Público e a Justiça Eleitoral – crimes que podem levar até à impugnação do candidato.

Costumo brincar com o Pedro que, se Serra fosse eleito, eu e meus colegas perderíamos o emprego. Não duvidaria disso!

Responder

Lea

18 de outubro de 2010 às 18h12

Audio do Padre indignado com os panfletos contra Dilma.
http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/os-audio

Responder

Wildner Arcanjo

18 de outubro de 2010 às 18h07

Só uma pergunta Azenha, que pode ajudar a desconstruir mais uma patranha entre o PIG e o Zé Serra (á baixo):

Quando a Dilma perguntou sobre o Paulo Vieira (Vulgo, Paulo Preto) ao Zé Serra, ela fez questão de dizer o Nome real e o apelido do referido, ou só a fez pelo apelido? Tem como checar no vídeo original?

Abraços!

Responder

Jairo_Beraldo

18 de outubro de 2010 às 17h46

"Os ministros Joelson Dias e Henrique Neves, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinaram a suspensão da veiculação de duas inserções da propaganda eleitoral da candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT) contra o adversário tucano José Serra. Uma das inserções sugeria a existência de 'caixa dois' na campanha de Serra e outra afirmava que ele teria abandonado a Prefeitura de São Paulo para ser governador.Para o ministro Henrique Neves, os termos utilizados na segunda inserção são inadequados. 'A crítica política ainda que ácida, não deve ser realizada em linguagem grosseira', (que só vale para Lula e Dilma serem atacados) concluiu o ministro. Na inserção, a coligação de Dilma afirmava 'esse tal de Serra não trabalha para ninguém'." (Ultimo Segundo)

Mas chamar Lula de vagabundo, cachaceiro e Dilma de homossexual, de matar criancinhas está liberado, né senhores zelosos ministros!

Responder

Beto Crispim - BH

18 de outubro de 2010 às 17h33

Pessoal, não vamos nos render a esse censurador, vejam que a liminar diz que a CUT não pode distribuir o material, nada impede que nós cidadãos façamos cópias de destribuimos. Se a turma do Zé pediu a censura do matrial é porque eles têm medo.
http://www.catolicoscomdilma13.blogspot.com

Responder

Adilson

18 de outubro de 2010 às 17h24

Azennha e comentaristas,

Observem o que acabo de ler no Blog do Nassif. A desfaçatez do Zé Baixaria não tem limite. Ajudem a divulgar.

Enviado por luisnassif, seg, 18/10/2010 – 13:34

"Do Blog do Rovai

Censura: Serra pede suspensão de Jornal da CUT e da Revista do Brasil

Acabo de ser informado pelo Paulo Salvador, diretor da Rede Brasil Atual, que a coligação da candidatura Serra solicitou a suspensão do Jornal da CUT e da Revista do Brasil.

Não há outro nome para definir isso: censura.

Quero ver se a ANJ e/ou ANER vão se manifestar sobre a questão".

Eis a atitude do candidato que o PIG apresenta como competente e democrático. Imaginem se o Lula tomasse a mesma atitude, com certeza, seria expulso do país, como criminoso de lesa-pátria.

Responder

    Gersier

    18 de outubro de 2010 às 20h02

    Pois é, e é o Lula que eles tucanóides e PIG dizem ser o censor,quando são eles que andam censurando tudo e a todos que contam a verdade sobre esses crápulas.

easonnascimento

18 de outubro de 2010 às 17h15

Aloysio Nunes foge da mídia como o diabo foge da cruz. Já eleito e com esta história da amizade e dinheiro emprestado com este tal de Paulo Preto, é prudente se distanciar do noticiário. Dona Monica Serra também. Afinal quem "mata criancinhas" prefere se esconder. Nunca acessei o blog da CUT mas passo a fezê-lo desde agora. Este pessoal é do "Lula ameaça a democracia". É muita cara de pau" este Serra e seus aliados.
http://easonfn.wordpress.com

Responder

Rodrigo Brandão

18 de outubro de 2010 às 17h12

E o TSE infelizmente suspendeu os jornais da CUT http://www.band.com.br/jornalismo/eleicoes2010/co

Só uma amostra do que vem por aí se o vampiro ganhar.

Responder

antonienko

18 de outubro de 2010 às 17h08

A Bomba Atômica já tinha sido lançada.
Ninguém percebeu esta grandeza toda.

A Bomba esta no tijolaco do notável Brizola, mais o comentário do Gonzales..
Imperdível!!!!!.

Responder

Victor

18 de outubro de 2010 às 16h55

Censura. Se o Brasil não fosse o país dos dois pesos, duas medidas, a Veja deveria ser proibida de divulgar suas capas, em clara manifestação pró-Serra. Isso sem falar nos panfletos criminosos contra a Dilma. Agora, a direção atual do PT tá de brincadeira. Não vão fazer nada a respeito? Nunca vi tanta incompetência. Palocci pode entender de economia, mas na campanha é um desastre (pelo menos nesta).
Se já assim hoje, imaginem se esse sujeito ganhar as eleições… a censura será institucionalizada. Qualquer voz discordante será duramente reprimida. Jornalistas de oposição terão suas cabeças "cortadas", como é de costume do candidato Serra. O último que sair apaga a luz!

Responder

Guilherme

18 de outubro de 2010 às 16h44

Azenha. Li à pouco uma notícia estarrecedora sobre privatização, que teria ocorrido ontem à noite, dia 17, em Foz de Iguaçu, com a presença do senhor Fernando Henrique Cardoso.
Segue o link:- http://redecastorphoto.blogspot.com/2010/10/fhc-e

Responder

maria izabel

18 de outubro de 2010 às 16h33

Caramba, os hômi nem ganharão a eleição e já estão loteando o Brasil. O vendilhão FHC reunido em Foz com os possíveis compradores, que horror. Tá tudo lá no blog da hildegar angel. Dilma tem que fazer algo urgente.

Responder

ZePovinho

18 de outubro de 2010 às 16h31

SEGUINDO SUGESTÃO DE AMIGOS,AÍ EMBAIXO,QUE DERAM A DICA:
http://noticias.r7.com/blogs/hildegard-angel/2010

Denúncia gravíssima de reunião, ontem, de FHC com investidores estrangeiros interessados em privatizações

18
OUT
13h43
2 Comentários »

Recebi hoje este e-mail impressionante. Uma denúncia gravíssima, que já repercute na internet, e que merece ser apurada pela grande imprensa e deve ser sabida por todos os brasileiros, para tirarem dela suas próprias conclusões.

Trata-se do encontro-jantar que houve ontem, em Foz de Iguaçu, reunindo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, falando em inglês para 150 investidores estrangeiros no Hotel das Cataratas. Exatamente às 21h30m, enquanto os candidatos Dilma Rousseff e José Serra debatiam na RedeTV, e este se esquivava de dar respostas concretas sobre possíveis intenções tucanas de privatizar ainda mais o Brasil, pois bem, naquele exato momento, naquele evento fechado, FHC teria feito uma palestra sobre a privatização da Petrobras, de Itaipu e do Banco do Brasil, além de outras “oportunidades” de negócios no Brasil. Segundo o jornalista mineiro Laerte Braga, a idéia inicial dos organizadores de realizar o evento no Hotel Internacional foi afastada para evitar presença de jornalistas. Laerte, que acompanhou o evento do lado de fora, recebendo as informações em conta-gotas, afirma em seu texto que FHC assumiu com os empresários o compromisso de venda dessas empresas em nome de José Serra.

Vou transcrever o texto, que está claro, muito bem explicado e no tempo presente de verbo, pois ele postou a matéria enquanto o evento acontecia, suprimindo algumas partes:

"Cada um dos investidores recebeu uma pasta com dados sobre o Brasil, artigos de jornais nacionais e internacionais e descrição detalhada do que José FHC Serra vai vender se for eleito. E além disso os investidores estão sendo concitados a contribuir para a campanha de José FHC Serra, além de instados a pressionar seus parceiros brasileiros e a mídia privada a aumentar o tom da campanha contra Dilma Roussef. Segundo FHC disse a esses empresários logo após ser apresentado pelo organizador do evento, “se deixarmos passar a oportunidade agora jamais conseguiremos vender essas empresas”.

Para o ex-presidente, é fundamental a participação desses grupo na reta final de campanha. A avaliação de FHC é que a campanha de Dilma sofreu um golpe com a introdução do tema religioso (o que foi deliberado pelos tucanos para desviar a atenção das pessoas dos reais objetivos do candidato José FHC Serra). É preciso, na concepção do ex-presidente arrematar o processo derrotando a candidata e impedindo-a de respirar nessa reta final.

O acordo com empresários internacionais em Foz do Iguaçu envolve a instalação de uma base militar norte-americana na região, desejo antigo dos governos dos Estados Unidos.

Para o ex-presidente também não há grandes problemas com a mídia privada “sob nosso controle”, mas é preciso evitar a divulgação de notícias mesmo que sejam pequenas ou de pequenos fatos e que possam prejudicar o projeto de venda do Brasil (…)".

Laerte informa que o evento "foi organizado por Raphael Ekman – Investor Relations at Tarpon Investment Group São Paulo e região, Brasil – que no momento ocupa cargo de Commercial Manager da Globosat (Setor Serviços financeiros)”.

O jornalista conseguiu apurar a participação, no evento, dos senhores Alice Handy, Keith Johnson e Anjum Hussain, CFA, CAIA…

O fato é realmente grave e pode ser visto como um ato contra a soberania brasileira e seria importante tanto o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso como o candidato José Serra virem a público esclarecer essa denúncia, que foi postada ontem, em texto assinado por Laerte, e pode ser lida no http://redecastorphoto.blogspot.com/2010/10/fhc-e

Nascido em Juiz de Fora, Laerte Braga é jornalista, já tendo trabalhado no mais importante veículo de seu estado, o jornal Estado de Minas, e, no Rio de Janeiro, no Diário Mercantil.

Responder

    Rodrigo Leme

    18 de outubro de 2010 às 19h10

    Que engraçado: quanto mais o PT acusa o PSDB de táticas sujas e mentirosas, mais o PT usa das mesmas. É sensacional essa tal de política,viu…

    ZePovinho

    18 de outubro de 2010 às 21h20

    Tática suja???Desde quando notícia é tática suja???O evento existiu,o hotel confirmou.Vocês publicitários,Rodrigo,fazem tudo para não brigar com os patrões da imprensa grande.Eu te entendo.Tem que pagar as contas,né???

Demarchi

18 de outubro de 2010 às 16h30

Vão aqui alguns endereços que consegui onde se pode retirar material de campanha. Precisamos sair às ruas. A internet não vai fazer mais diferença nessa reta final. Quem não quiser chorar depois, passe em algum desses endereços para retirar material de campanha e saiam às ruas :

DIRETÓRIOS ESTADUAIS (site abaixo ): http://www.pt.org.br/portalpt/o-partido/diretorio

Estado de SP :
http://www.pt-sp.org.br ( entre em "o partido", depois escolha a cidade em "MACROREGIÕES".

Cidade de São Paulo ( alguns )- vejam os demais no site
do PT, indicado acima.

Centro : Rua Silveira Martins, 132 – Tel. 3243-1313

Bela Vista : Rua Asdrubal do Nascimento, 266 (próximo à Praça da Sé) – Diretório Municipal – Tel. 3215-1313

Bela Vista : Rua Abolição, 297 – Tel. 2103-1313 – Diretório Estadual
Alto de Pinheiros : Av. Antonio Batuira, 447 – Tel. 3035-4610

Indianópolis : Av. Indianópolis, 888 – Tel. 5054-5070 – Comitê Supra-partidário

Responder

    Bonifa

    18 de outubro de 2010 às 17h38

    Às ruas. Pontos de trem e de ônibus, fluxo comercial, etc. Peguem material e, com um largo sorriso, vamos lutar nas ruas por Dilma!

Urbano

18 de outubro de 2010 às 16h28

A oposição ao Brasil o que mais sabe fazer é mentir, ameaçar e proibir, coisas tipicamente de fascistas.

Responder

Demarchi

18 de outubro de 2010 às 16h27

Novo PDF que está circulando na rede, que mostra de modo bem elucidativo o que foi o governo PSDB / FHC :
http://cambuca.ldhs.cetuc.puc-rio.br/~miguel/lula

Responder

João de Azevedo

18 de outubro de 2010 às 16h24

Já estão vendendo a pátria antes mesmo de ganharem as eleições. Se é que ganharão. Pois, um portal de Foz do Iguaçu, o Clickfoz, confirmou junto ao Hotel das Cataratas que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso esteve presente em um evento fechado ontem à noite no hotel com a presença de vários estrangeiros. Veja matéria completa em: http://www2.tijolaco.com/

Responder

cesar a giometti

18 de outubro de 2010 às 16h08

Azenha, há um artigo sobre saneamento, que Serra tanto mentiu ontem no debate, no blog da CUT, escrito pelo Malvezzi (Gogó), muito esclarecedor sobre o que são os compromissos do candidato e do Psdb com o bem-estar da população mais pobre. Você podia publicá-lo aqui no seu blog. Veja, é muito bom.

Responder

    Conceição Lemes

    18 de outubro de 2010 às 16h11

    César, por favor, coloque o link para lermos. abs

Juarez Marques

18 de outubro de 2010 às 16h08

No blog O biscoito fino há um post que vale a pena ver e divulgar.

Responder

Wildner Arcanjo

18 de outubro de 2010 às 16h02

Poderíamos fazer um protesto silencioso no dia das eleições. Algo como um Outubro Vermelho (poderia ser até esse o nome). Todo mundo iria votar com uma camisa vermelha (sem imagens ou textos em alusão ao PT ou a campanha política). Dessa forma poderíamos intimidar a aqueles que poderiam (de alguma forma) querer melar as eleições.

Responder

    Archibaldo S. Braga

    18 de outubro de 2010 às 17h43

    Wildner, tô contigo, vou de camisa VERMELHA!!! Aliás vou coloca-la dia 30 e tirar dia 2 ou 3, um abraço!!! A. S. Braga

    Ricardo Ferreira

    18 de outubro de 2010 às 22h50

    E eu já estou fazendo camisetas com a DILMA para mim e minha esposa para andarmos no dia a dia e no dia 31.

    Wildner Arcanjo

    19 de outubro de 2010 às 10h40

    Melhor não, conforme lei eleitoral utilizar qualquer material com alusão ao candidado, que possa ser explícito (boné com a sigla, camiseta com foto ou sigla) é proibido. Sugiro só a camisa vermelha (se for lisa melhor). É uma forma de expressar, indiretamente e dentro da lei, o que pensamos e de nos identificar-mos.

    Se for só para usar antes das eleições, aí pode.

fabio sp

18 de outubro de 2010 às 15h58

Igreja NÃO pode, CUT pode, santinho impresso NÃO pode, jornal impresso pode.

Tá ficando engraçada essa lógica…

Responder

Luiz Fabiano

18 de outubro de 2010 às 15h54

http://noticias.r7.com/blogs/hildegard-angel/2010

Denúncia gravíssima de reunião, ontem, de FHC com investidores estrangeiros interessados em privatizações

Recebi hoje este e-mail impressionante. Uma denúncia gravíssima, que já repercute na internet, e que merece ser apurada pela grande imprensa e deve ser sabida por todos os brasileiros, para tirarem dela suas próprias conclusões.
…..

Responder

    Chico Doido

    18 de outubro de 2010 às 16h30

    eu ví o texto caro amigo, e repassei o lik a meues contatos, se quer fazer algo bom, então divulgue também, pois o Psdb já colocou uma tabuleta escrita: Pechincha, leve um Brasil por R$ 1,99.Favor falar com FHC.

    Archibaldo S. Braga

    18 de outubro de 2010 às 17h52

    Acho que isso deve ser apurado e, em sendo confirmado NÓS BRASILEIROS TEMOS QUE PARTIR PARA UMA ATITUDE DRÁSTICA!!! ESSES VENDILHÕES NÃO PODEM FICAR IMPUNES!!! !!! A. S. Braga

Rose freitas

18 de outubro de 2010 às 15h54

Acabei de ver no Blog da Hildegard Angel, a reunião que FHC teve ontem com investidores p/tratar da venda da Petrobrás, Itaipu e BB.
Muito sintomático a queda das ações da Petrobrás, depois a subida e o cinismo de dizer que está subindo, agora, devido a subida do Serra nas pesquisas (ele mesmo falou isso ontem no debate). Aí tem "truta"…..
A reunião foi ontem à noite. Literalmente, na calada da noite queremacabar de doar nosso patrimônio….. Daí o afã do PSDB em voltar ao poder……

Responder

    Chico Doido

    18 de outubro de 2010 às 16h31

    Fique tranquilo companheiro contribuinte e dono deste patrimônio, não vamos deixar esses criminosos se apossarem do país.

    Dulce

    18 de outubro de 2010 às 18h45

    Rose, acabei de ler também…ESTOU EM ESTADO DE CHOQUE!!!!!!

Marco Aurelio

18 de outubro de 2010 às 15h52

Digite o texto aqui![youtube HAB6YCnHw7k http://www.youtube.com/watch?v=HAB6YCnHw7k youtube]

Responder

Dêda Ferreira

18 de outubro de 2010 às 15h48

Uai, o Serra não disse que ama e defende a liberdade de expressão?! A campanha dele tá desobedecendo.

Responder

Marco Aurelio

18 de outubro de 2010 às 15h46

Tem podridão pesada nessa história de Serra com a extrema direita católica,pastores evangélicos,TFP,nazistas e o escambau.Lembrem que a P2(Propaganda 2,de Licio Gelli-mensageiro de Mussolini),facção da maçonaria,esteve imbricada na morte de João Paulo I como nos conta David Yallop no livro "Em nome de Deus": http://www.scribd.com/doc/7053712/David-Yallop-Em

O pastor Caio Fabio vem denunciado a lavagem pesada de dinheiro do tráfico de drogas,de armas,do sistema financeiro e o escambau pelas igrejas de todos os tipos.
O Silas Malafaia vem sendo acusado de estar envolvido com facções pesadas da maçonaria.E agora aparece fazendo campanha para Serra.Olhem o que o PHA fala do Silas Malafaia:

"Em tempo: Fernando Collor não confiava em Roberto Marinho. (Quem confiava ?) E me disse, em Nova York, na ante-sala do plenário do ONU, que tentaria ajudar José Carlos Martinez, um político do Paraná, a formar uma rede nacional. Um passarinho pousou na minha janela e contou, esta madrugada: o Malafaia é o Martinez do Serra". http://www.conversaafiada.com.br/politica/2010/10

[youtube egp-XZTPQeA http://www.youtube.com/watch?v=egp-XZTPQeA youtube]

Responder

JOSUE MECENAS

18 de outubro de 2010 às 15h45

Caro Azenha,

A questão da Diocese financiar a impressão dos panfletos também incorre em crime eleitoral.

Diz o art. 24° :

Art. 24. É vedado, a partido e candidato, receber direta ou indiretamente doação em dinheiro ou estimável em dinheiro, inclusive por meio de publicidade de qualquer espécie, procedente de:

(…)
V – entidade de utilidade pública;

(…)
VII – pessoa jurídica sem fins lucrativos que receba recursos do exterior.

(…)
VIII – entidades beneficentes e religiosas;

No caso da Diocese de Guarulhos ou da CNBB, o enquadramento se dá nos três itens.

Responder

    Archibaldo S. Braga

    18 de outubro de 2010 às 18h10

    É Josué, mas com as paneladas de curau infestando o nosso judiciário(sic) é dificil termos uma justoça imparcial!!! A. S. Braga

PAULO ANGELO (MG)

18 de outubro de 2010 às 15h44

Os "Malafaias da Vida", e Santa Madre Igreja podem distribuir panfletos a vontade. Nao apareceu ninguém para mandar apreeder folhetos.
O congresso, agora com maioria progressista(!), deve alterar com urgencia dispositivos anti-democráticos. Folhetos devidamente identificados nao podem ser proibidos.
Assim é que folhetos da TFP, com propagandas para o Serra, desde que devidamente identificados, devem ser liberados, assim como os da CUT a favor da Dilma!

Responder

    Marcio H Silva

    18 de outubro de 2010 às 18h57

    O que não pode é folheto do candidato A acusar sem provas o candidato B.
    Folhetos identificados devem falar bem de seu candidato e não falar mal de seu opositor.
    É o caso da CUT e não é o caso da CNBB-SP.

    beattrice

    19 de outubro de 2010 às 00h11

    e a CNBB do RIO embarcou nessa tambem

Diogo Gustavo

18 de outubro de 2010 às 15h41

Azenha. Nesse mesmo teor, então não daria para entrar com liminar contra Veja por patrocinar a produção de “farto material” impresso contra de Dilma Rousseff, e por conseqüência, promovendo Serra?

Diante dos ataques promovidos pela revista (e afins) há um farto e claro material que se propoe a difamar a impludir a candidatura.

Responder

PauloBR

18 de outubro de 2010 às 15h22

Como sempre repete José Serra, naquele recorrente ato falho (ou seria ato de pusilanimidade e de caradurismo): é a tática do ladrão que grita "pega ladrão". Depois da apreensão do sacrossanto material pró-tucano e anti-dilma, em gráfica de peessedebista, era de se esperar esta manobra. Agora, o São José do Pau Oco dirá que é o PT quem difama, que é o PT quem pratica crime eleitoral, etc… e vai ser repercutido na Globo, na Veja, etc.

E alguém sabe do paradeiro de Santa Mônica Serra?

Responder

    Márcia Aranha

    18 de outubro de 2010 às 19h12

    Está no Chile… Foi entregar a imagem de Nossa Senhora Aparecida aos mineiros e, aproveitando, parece que também foi negociar a queimar de certos arquivos comprometedores numa certa Clínica de Santiago…

Abraão Melo

18 de outubro de 2010 às 15h14

Engraçado que o ditador da mídia – segundo eles – é o Lula.
Em tempo: alguém saberia o motivo da Sra. Monica Serra não ter ido ao debate de ontem? E o Aloysio Nunes… também não o vi?

Responder

    beattrice

    19 de outubro de 2010 às 00h10

    O Aloysio está fugindo do Paulo Preto, a Mônica fugiu para o Chile, eles adoram fugir para o CHILE


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding