VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Caminhoneiro que transporta gado viraliza ao tocar a real: paga R$ 35 em marmitex; para lubrificar “era R$ 30 e hoje é R$ 80”
Reprodução
Política

Caminhoneiro que transporta gado viraliza ao tocar a real: paga R$ 35 em marmitex; para lubrificar “era R$ 30 e hoje é R$ 80”


09/09/2021 - 15h10

Da Redação

O vídeo original foi postado no Tik Tok, a plataforma chinesa — chinesa! — que é a grande febre entre os brasileiros no momento.

Foi recuperado por Guilherme Boulos, o candidato do Psol ao governo de São Paulo em 2022.

Nele, o caminhoneiro não identificado toca a real: o marmitex custa R$ 35 (um absurdo histórico), o diesel mais de R$ 5 e o conserto de um pneu saltou para R$ 80.

Os caminhoneiros em geral se agrupam para passar a noite em postos que oferecem a eles vantagens, como banho e uma refeição em conta.

Neste contexto, marmitex de R$ 35 é luxo (arroz, feijão e mistura — ao menos um pedaço de carne — em geral eram vendidos até recentemente por menos de R$ 20).

O fato é que a inflação sentida pela maioria dos brasileiros afeta os caminhoneiros.

E o Preço de Paridade de Importação (PPI) adotado pelo governo golpista de Michel Temer na Petrobras significa que a margem dos caminhoneiros está diminuindo, já que o combustível acompanha o preço do dólar e a competição por fretes é gigante.

Quem ganha com o PPI: acionistas estrangeiros e nacionais da Petrobras, dentre os quais se destacam os banqueiros.

Para manter caminhoneiros estacionados em Brasília, protestando, só um locaute patronal, como o promovido por Marlon Bonilha, da Pro Tork, amigo de Luciano Hang e apoiador de Bolsonaro.

Os caminhões de Bonilha buzinaram continuamente, na tentativa de ameaçar as reuniões do Supremo Tribunal Federal. Eram dez veículos ornamentados com faixas, apoiando o golpe contra a democracia brasileira.





10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

12 de setembro de 2021 às 22h37

“O governo perdeu o controle da economia.
O custo de vida está insuportável.
Tudo sobe: gás, luz, transporte.
Em um ano, o “prato feito” (arroz,
feijão, carne, ovo, batata frita e
salada) ficou quase 25% mais caro.
Gasolina a R$ 7,00; em 2021, até agora,
aumento de 51%.”
https://twitter.com/PauloPaim/status/1437015660538834952

Resolução do Partido dos Trabalhadores:
Unidade na luta pelo #ForaBolsonaro
“Ocupar as ruas pela democracia,
contra a carestia, por emprego e renda.
Impeachment já!”, defende o Diretório
Nacional do Partido dos Trabalhadores.
Íntegra da Resolução:
(https://t.co/vuOdSxhy0H)
https://twitter.com/PTbrasil/status/1436859435809452035

Responder

    Zé Maria

    12 de setembro de 2021 às 23h00

    Calendário de Lutas e Mobilizações:

    14/09: Dia de Mobilização do Serviço Público
    contra a Reforma Administrativa [PEC 32]

    19/09: Dia da Lei Orgânica do SUS, Ato da Saúde pela Vida

    02/10: ATO NACIONAL PELA SOBERANIA, DEMOCRACIA, DIREITOS DO POVO
    E FORA BOLSONARO! Impeachment já!

    16/10: Dia Mundial da Alimentação.

    https://pt.org.br/resolucao-do-partido-dos-trabalhadores-unidade-na-luta-pelo-forabolsonaro/

Zé Maria

10 de setembro de 2021 às 03h15

Metade mais pobre da população brasileira perdeu 21,5% da renda,
aponta estudo da FGV

A queda na média nacional de renda foi de 9,4% em relação a dezembro de 2019, incluindo quem tem emprego formal, inativos e desempregados.

Entre os 50% mais pobres, a perda se aprofunda para 21,5%.

É o que mostra o estudo “Desigualdade, Pobreza e Estagflação”, elaborado pela FGV Social.

Segundo o diretor do FGV Social e autor do estudo, Marcelo Neri, o cenário de estagflação, que combina baixo crescimento, portanto baixo emprego, com alta inflação, tende a agravar a pobreza.

Nessa quinta-feira (9), o IBGE anunciou aumento de 0,87% na inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em agosto.
É a maior inflação para o mês desde o ano 2000, ainda no Governo FHC (PSDB) – antes do governo Lula,.portanto..

Em 12 meses  — entre julho de 2020 e o mesmo mês deste ano —, a inflação entre os pobres foi de 10,05%, três pontos percentuais acima da inflação da alta renda, segundo o IPEA.
Durante a pandemia, a taxa de desemprego subiu de 26,55% para 35,98%, entre os mais pobres.

[Reportagem: Marta Sfredo | Colaboração: Camila Silva | GZH]

Responder

Zé Maria

10 de setembro de 2021 às 01h03

Ninguém na Mídia Venal Corrupta, Comprada e Vendida,
dá um pio sobre a Dolarização dos Combustíveis que está
ferrando a População Brasileira com Aumento dos Preços.

Responder

    Zé Maria

    10 de setembro de 2021 às 01h08

    Também a Inflação dos Alimentos
    está atrelada ao Preço em Dólar
    das tais Commodities, que nada
    mais são do que os Produtos
    Exportados pelo Agro-Negócio.

Zé Maria

10 de setembro de 2021 às 00h53

Pra quem não sabe, a Pro Tork é uma fábrica
de peças e acessórios para … motocicletas …
https://www.npdiario.com.br/economia/bolsonaro-recebe-diretoria-da-pro-tork/

Responder

Zé Maria

10 de setembro de 2021 às 00h33 Responder

Riaj Otim

09 de setembro de 2021 às 21h51

isso tem cheiro de infiltrado !!! o verdadeiro caminhoneiro bozo nem come marmita, só rodízio em churrascaria de luxo e nem pg tal mixaria pela graxa

Responder

Rubens Papa

09 de setembro de 2021 às 16h54

“Para lubrificar era 30.”
Que ?
Para lubrificar o caminhão era trinta.
Isso é trabalho escravo.
Pega fogo o cabaré, velhinho.

Responder

Henrique martins

09 de setembro de 2021 às 16h40

https://www.brasil247.com/brasil/ninguem-e-obrigado-a-cumprir-decisoes-inconstitucionais-diz-lira

Quem anda com porcos charfunda na lama senhor Lira. Aguarde e verás

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding