VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Política

Brasil de Fato analisa as manchetes no período eleitoral


11/10/2010 - 15h08

O Brasil de Fato fez uma análise das manchetes dos jornalões brasileiros em relação à candidata Dilma Rousseff.

São os números que aparecem acima.

Para ir ao Brasil de Fato, clique aqui.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Gilson Cabral

12 de outubro de 2010 às 13h44

É com pesar que vejo as estatísticas, ou seja os não eleitores de Dilma , com um discurso raivoso em ralação a vida pessoal , digo "calúnias infundadas, ' ,é palavrão do tipo biscate, terrorista, sapatão, e agora essa mais recente do aborto, .È momento ímpar do Brasil, escolher o lado do respeito , da dignidade, do humanismo, de ser um verdadeiro quadro de mudança , para esquecer as mazelas do nosso passado, seja ele do período militar, ou da democracia do sr. Jader Barbalho ,Paulo Maluf, Celso Pita, Fernando Collor, e tantos outros Severino Cavalcante, e alguns demagogos, ditadorsinhos disfarçado de coroné e coisa e tal , os caciquesinhos regionais que tem nesse imenso país, que estão afim de dominarem para vender à preço de liquidação como fizeram com a companhia de energia de são paulo,minaradora vale, e outras, é o momento que como diz o poeta quem sabe faz, a história , de pensar,com a cabeça , "redundancia", a mulher brasileira que tanto queixa de violencia, o pobre que queixa das condições de vidaç, do negro queixando – se falta de oportunidades boas, iguais, do racismo, das questões religiosas, amorosas, enfim da libertdade, literalmente, é triste ver que paulo maluf , tittitica sendo os mais votados, com coisa que a vida é brincadeira, ? só se for de péssimo gosto!obrigado, desculpe o português.

Responder

Cláudio Henrique

11 de outubro de 2010 às 23h21

"AUTOREGULAMENTAÇÂO" assim fica fácil para os barões da mídia. Vida fácil muito fácil. É a mesma coisa na publicidade, "AUTOREGULAMENTAÇÂO" que vende cerveja as 24 horas….

Responder

Josnei Di Carlo

11 de outubro de 2010 às 23h06

Cuidado, Brasil de Fato, a Drª Cureau pode pegar você. Ela é o caveirão do PSDB.

Responder

Baixada Carioca

11 de outubro de 2010 às 19h40

Tem colocado no jogo eleitoral uma disputa entre classes. Não há dúvidas que essa gente, sobretudo os "barões" da velha mídia que sempre estiveram de braços e beiços colados nas tetas do poder, não engolem a ascensão de pessoas pobres ao consumo, em verdade, à cidadania.

O que eles desejam é manter uma massa pobre e manipulável enquanto se fartam com milhões de reais do tesouro nacional. O tesouro, para eles, não nos pertence, mas pertence à eles por herança do regime ditatorial. A estratégia que usaram sempre foi essa. Só que agora tem um diferencial: a internet. Esta ferramenta traz à luz a verdade distorcida de suas páginas, vozes nos rádios ou imagens e áudios de seus vídeos. Eles não contavam com isso.

Nós precisamos nos dar conta disso. Eles tentam desesperadamente manter a hegemonia que lhes era garantida até o último dia de governo do Fernando Henrique Cardoso. A nós, resta-nos lutar para romper essa hegemonia e criar novos paradigmas. Não me surpreende os números da pesquisa. Me surpreende que ainda há muitos entre nós que acreditam na única fonte que possuem para se informar: o Rádio, a TV e os jornalões covardes.

Responder

carlos

11 de outubro de 2010 às 17h53

Obama nunca governou nada; é o presidente dos Estados Unidos. Angela Merkel foi ministra da juventude e do meio ambiente; é a primeira mandatária da Alemanha. Sarkozi foi prefeito e ministro; é o presidente da França. E muitos outros também são iguais a esses citados. Dilma foi secretária no Sul e ministra de duas pastas, mais de 7 anos; portanto pode ser presidente também. Os outros são. É preciso se antecipar a "falha", quando ela, aos poucos, for mostrando detalhes da vida da Dilma. Turma da campanha do PT, outdoors seria ideal para denunciar o novo golpe.

Responder

Lucio

11 de outubro de 2010 às 17h47

Isso é retratar a realidade ou fazer campanha? Pelas manchetes estaríamos vivendo o pior governo que esse país já teve.
No máximo eu aceitaria deles 40% de manchetes negativas.

Responder

Mário de Oliveira

11 de outubro de 2010 às 17h44

Enquete:
Quem se saiu melhor no debate da Band?
Dê sua opinião sobre o desempenho dos presidenciáveis José Serra e Dilma Rousseff no primeiro confronto do segundo turno. http://ultimosegundo.ig.com.br/eleicoes/enquete+q

Responder

Fabio_Passos

11 de outubro de 2010 às 17h14

Ciro Gomes… na veia:

"Eu que não tenho papa na língua e não dou valor a uma tradição conservadora de botar a elegância em cima da mesa, digo que estão fazendo uma das campanhas mais imundas, mais sujas, mais desonestas que eu já vi"
http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/notici

O PIG está unido nesta campanha suja contra Dilma.
Vamos enfrentar esta mídia-corrupta!

Estas oligarquias decrépitas vão ter de engolir Dilma Presidenta do Brasil!

Responder

    Elisa

    12 de outubro de 2010 às 10h51

    Corruptos são eles!!!! Os bandidos de colarinho branco…
    E se tanto a mídia conservadora quanto à modernista têm a mesma opinião… hum…acho que vale a pena considerar.

ZePovinho

11 de outubro de 2010 às 16h57

http://dilmanarede.com.br/ondavermelha/noticias/e

Combater a ação difamatória contra #Dilma13 é parte estratégica da nossa campanha neste segundo turno. Juntos, vamos fazer a verdade prevalecer e desfazer cada uma das calúnias que circulam por aí.

Se você receber mentiras sobre a Dilma na web ou nas ruas, encaminhe para os e-mails [email protected] e [email protected]. Esse novo canal de comunicação tem o objetivo de agilizar a nossa militância on-line a esclarecer os fatos.

Como você sabe, nossa candidata tem sido atacada sistematicamente por uma campanha mentirosa. Mas nós acreditamos que a boa luta se faz com verdades. Em respeito ao povo brasileiro, manteremos o debate no nível elevado que praticamos até aqui.

Até o dia 31 de outubro, nossa militância adquire um papel mais importante do que nunca. Converse e divulgue esses endereços para seus amigos. Espalhando a verdade iremos eleger #Dilma13 a primeira mulher presidente do Brasil.

Responder

Fredd Oliveiras

11 de outubro de 2010 às 16h28

A Dilma precisará estimular a concorrência entre estes jornais. Aumentar a concessão de Rádio e TV. ada cidade precisa ter umas 200 rádios e uns 150 canais de TV aberta. Valorizar e Fomentar os Blogs de modo a diluir o poder de influência colocado nas mãos de poucos e democratizar a informação. Nem é necessária a regulamentação. Estas empresas estão muito mal acostumadas com a época da ditadura quando não havia concorrência. É preciso que se ofereça mais ao cidadão em termos de informação, pois estamos muito mal servidos.

Que estes jorais apóiam o Serra todo mundo sabe. O problema é: quem vai divulgar este apoio pra grande massa da população?

Fredd Oliveiras

Responder

    Baixada Carioca

    11 de outubro de 2010 às 21h57

    Precisamos da Banda Larga ampla, barata e de qualidade para todos os brasileiros. Em pouco tempo esses jornalecos serão meros panfletos de seus interesses.

King Childerico

11 de outubro de 2010 às 15h52

http://altamiroborges.blogspot.com/2010/10/chefao

Chefão da Veja confessa apoio a Serra

Por Altamiro Borges

Na semana passada, durante o MaxiMídia – Fórum Internacional de Marketing e Comunicação, em São Paulo, o presidente do Conselho da Editora Abril, Roberto Civita, defendeu abertamente o ativismo político dos meios de comunicação e elogiou o Estadão, que manifestou seu apoio ao demotucano José Serra em editorial. Segundo reportagem do Portal Imprensa, no painel “Papo de CEO”, o capo da famíglia Civita confessou o que só os ingênuos não sabiam:

“O jornal [Estadão], assim como a maioria da imprensa, tem seguido durante toda a cobertura das eleições a premissa de que José Serra tem melhores condições que Dilma para assumir a presidência do Brasil”. O chefão da Abril, que edita a escrota Veja, afirmou que “considera mais difícil os meios de comunicação assumirem uma cobertura neutra sobre a política no país. Civita também defendeu no encontro a liberdade de imprensa e criticou qualquer autorregulamentaçao por parte dos veículos. ‘Cada empresa deve se regulamentar’, concluiu”, relata o Portal.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!