VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Bolsonaristas passam vergonha no débito e no crédito, com agressões e bizarrices em defesa do golpe; veja
Reprodução
Política

Bolsonaristas passam vergonha no débito e no crédito, com agressões e bizarrices em defesa do golpe; veja


09/09/2021 - 14h16

Vergonha alheia

Da Redação

À medida em que emergem registros das manifestações de 7 de Setembro, fica cada vez mais claro aquilo a que o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, se referiu hoje: fanáticos e mercenários sem noção apoiam a clara tentativa do presidente da República de golpear as instituições brasileiras.

Barroso se referiu a “mercenários” no âmbito daqueles que se monetizaram nas redes sociais a partir de um discurso cada vez mais tresloucado.

Porém, as Forças Armadas podem ser incluídas no bolo, já que nunca antes na História deste país os fardados tiveram tantas boquinhas e benesses quanto agora — ao menos depois da Constituição de 1988.

Nossa colaboradora HB obteve o vídeo acima no instagram do ator Tuca Andrada.

Enquanto isso, a Polícia Federal identificou o paradeiro do caminhoneiro Zé Trovão: ele deixou o país no final de agosto em direção ao México, antes de ter a prisão decretada pelo ministro Alexandre de Moraes.

Ou seja, tudo indica que a futura decisão do ministro vazou.

Curiosamente, em vez de procurar esconderijo em Miami, a meca dos bolsonaristas, Zé Trovão foi para o México, hoje governado pelo esquerdista Andres Manuel Lopez Obrador, o AMLO.

Por outro lado, nas redes sociais, emergiram vídeos de caminhoneiros bolsonaristas agredindo colegas para forçá-los a aderir aos bloqueios — não, não para protestar contra o preço do diesel, mas em defesa do golpe.





Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding