VIOMUNDO

Diário da Resistência


Altamiro Borges: Bolsonaro garente sigilo a Pazuello para evitar que milicos migrem para campanha do juizeco
Foto: Reprodução/CNN
Política

Altamiro Borges: Bolsonaro garente sigilo a Pazuello para evitar que milicos migrem para campanha do juizeco


20/01/2022 - 22h12

Bolsonaro garante sigilo ao general Pazuello

Por Altamiro Borges, em seu blog

Isolado politicamente e rejeitado nas pesquisas, o “capetão” Jair Bolsonaro faz de tudo para manter o apoio do “partido dos milicos”.

Segundo o noticiário desta quinta-feira (20), o governo manteve o sigilo de 100 anos para o processo interno do Exército contra o general Eduardo Pazuello pela participação num ato fascista ao lado do presidente em maio de 2021.

A desculpa para a criminoso sigilo é de que a divulgação do documento representaria “risco aos princípios da hierarquia e da disciplina do Exército”.

O ex-ministro da Saúde, o tal “craque em logística” que causou milhares de mortes por Covid, atualmente é “assessor especial” da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência. Ele está sumido, escondido!

O pedido para o acesso ao documento foi feito pela Folha.

Conforme argumentou, o general é investigado por infringir o Regimento Disciplinar do Exército, de 2002. O item 57 do Anexo I – que regulamenta as transgressões – veda ao militar da ativa “manifestar-se, publicamente”, “sem que esteja autorizado, a respeito de assuntos de natureza político-partidária”.

O jornal ainda questionou o fato de Eduardo Pazuello não ter sido punido até o momento.

Nos últimos dias, muito se especulou sobre possíveis fraturas entre os generais e o “capetão”.

A mídia lavajatista chegou até a divulgar que vários oficiais já teriam abandonado Jair Bolsonaro, o rejeitado, e migrado para a campanha do juizeco Sergio Moro, o empacado.

A manutenção do sigilo para o genocida Eduardo Pazuello talvez faça parte desse jogo!





3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

23 de janeiro de 2022 às 15h13

“São abrangidos pelo segredo de Estado os
documentos e informações cujo conhecimento
por pessoas não autorizadas possa ameaçar ou
causar dano à independência nacional, à unidade
e integridade do Estado e à segurança interna e
externa.”

Alguém poderia explicar em qual dos quesitos acima
se enquadraria a investigação disciplinar no âmbito
militar de um milico chinelo, embora oficial do exército,
enquanto exerceu um Cargo Civil no Poder Executivo ?

Responder

    Zé Maria

    24 de janeiro de 2022 às 17h46

    Aliás, há outra investigação – originária da CPI da Pandemia – que deverá
    ser apurada pela Polícia Federal, ou pelo Ministério Público Federal (MPF),
    ou, ainda, pelo MP do Tribunal Penal Internacional, em Haia, na Holanda.

Olavo Jr

21 de janeiro de 2022 às 19h58

Ei, general ?!
Meu cinto tá brilhando ?

Kkkkkk

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding