VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Reagindo a artigo de O Globo, Gleisi sugere que diário seja publicado em inglês
O general Luna. Divulgação Exército.
Opinião do blog

Reagindo a artigo de O Globo, Gleisi sugere que diário seja publicado em inglês


20/02/2021 - 19h07

FHC quebrou monopólio, entregou ações na Bolsa de NY e quis mudar o nome da Petrobras. Temer e Bolsonaro entregaram pré-sal e dolarizaram o preço dos combustíveis. E Lula e Dilma é que fizeram intervenção indevida? O Globo devia sair em inglês. Fica mais fácil para a matriz.

Ainda sobre a Petrobras: o mercado compra ação com deságio por ser uma empresa cujo maior acionista é o Estado, mas quer que ela funcione com sua lógica, só acumulando lucro. Compram barato e querem alta remuneração. O povo, maior acionista, que se dane com o preço da gasolina, diesel e gás. Gleisi Hoffmann, presidenta do PT, no twitter

Da Redação

A troca no comando da Petrobras levou os liberais à polvorosa.

O diário conservador paulistano Folha de S. Paulo publicou vários artigos e reportagens sobre o assunto, mas todos com o mesmo viés: em defesa do Deus mercado.

Um deles foi assinado por David Zylbersztajn, genro que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso colocou para dirigir a Agência Nacional do Petróleo (ANP) — fato que o jornal não submete aos leitores.

O diário conservador carioca O Globo, por sua vez, publicou artigo dizendo que a Petrobras só foi “livre” sob Michel Temer — que, de fato, começou o processo de esquartejamento da estatal e de entrega do pré-sal aos estrangeiros, que seguiu sob Bolsonaro.

O artigo do diário da família Marinho critica a política de preços do governo Dilma e grandes obras iniciadas na gestão de Lula, como a refinaria Abreu e Lima e o Complexo Petroquímico do Estado do Rio de Janeiro.

O texto é raso, pois não toca no fato de que Lula e Dilma tinham uma política que priorizava o interesse público na gestão da Petrobras, enquanto Temer e agora Bolsonaro consideram apenas os interesses privados.

O artigo não fala que denúncias não apuradas de corrupção na Petrobras vem desde o governo Sarney e não foram feitas ao longo dos mandatos de FHC porque tanto a Folha quanto o Globo apoiavam despudoradamente o tucano.

Durante a ditadura militar, a Petrobras era uma caixa preta.





4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Cláudio

02 de outubro de 2021 às 07h27

Essa PresidentA (igual à Dilma) me representa. Tenho muito orgulho dela. Mulher supercorajosa e decidida. Tem que publicar esse pasquim (O Globo) em inglês mesmo, que é a língua da matriz (dele($))…

Responder

Kevin Cosmos

20 de fevereiro de 2021 às 23h46

Os governantes escolheram a indústria automobilística e as estradas para carros, então não tem muita opção fora de estradas (caminhão), é uma escolha política e o povo paga o preço de um país que pouco investe em outros meios de transporte de cargas e até de passageiros.
Falta de planejamento de longo prazo. Infelizmente o Brasil está bem atrasado comparado com os países ricos.
É diesel. O país é movido a diesel. Por maior que seja a carreta da para transportar muito mais carga por outros meios de transporte e a um custo menor.
Os economistas do PIG tão se lichando para esse país. Tipo a Mirian jibóia Leitão.

Responder

Alan Caio

20 de fevereiro de 2021 às 22h04

A paridade é só pra mais, para menos nunca.
Caminhão usado em trechos curtos e médios.
Não confio em certos índices.

Responder

Alan Caio

20 de fevereiro de 2021 às 21h56

Logicamente se continuar a paridade o preço da gasolina vai ultrapassar o preço do dólar e ficar mais ou menos 1,5 : 1 ou mais.
O brasileiro não recebe em dólar e os reajustes de salario qdo tem são anuais. A lógica dos economistas de mercAdo privilegiam acionistas estrangeiros. Além disso a inflação come o salário da classe média e dos pobres principalmente.
Sem falar na comida num país continental cortado por estradas (diesel). Vai encarecer os alimentos e aumentar a inflação da cesta básica bastante. Aí o governo divulga uma inflação de 4,5 %.
Se manipulam as pesquisas de emprego pq não manipulariam as outras pesquisas tb.
Caminhão deve ser usado em trechos curtos, salvo exceções. Nesses trechos deve gastar mais diesel do que numa rodovia “chão livre.” Aliás, outros meios de transporte não devem ter tanto impacto no escoamento da produção.
É bastante estranho um jornal tupiniquim e a Globo abordarem esse assunto exaustivamente.
Será que compraram um pedaço do pré sal via empresa estrangeira. Acho que sim. Se investigar acham essa globo dona de um pedacinho do pré sal.
É muito estranho essa defesa enfática do deus Mercado.

Responder

Zé Maria

20 de fevereiro de 2021 às 20h31

O Grupo G.A.F.E.* faz, como sempre, Manipulação Ideológica Pró-Mercado Privado,
Agora mesmo, acionou as Armas de Apoio ao Combate contra o Estado Nacional
para reforçar a Infantaria e a Cavalaria Neoliberal do Estado Mínimo.
A Mídia Venal mente fragrosamente, quando se trata de Regulação de Preços Abusivos,
sobretudo dos Combustíveis Derivados do Petróleo [ainda] Estatal.
Por trás dessas Mentiras Históricas está a Privatização das Refinarias.

*G.A.F.E. = Globo, Abril, Folha, Estadão.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding