VIOMUNDO

Diário da Resistência


Datafolha: Petismo é a melhor fórmula para chegar ao segundo turno, mas antipetismo pode ter papel importante no resultado final
Ricardo Stuckert
Opinião do blog

Datafolha: Petismo é a melhor fórmula para chegar ao segundo turno, mas antipetismo pode ter papel importante no resultado final


10/06/2018 - 18h41

Da Redação

A decisão do ex-presidente Lula de não arredar pé de sua candidatura ao Planalto mergulhou a política brasileira num balé bizarro, que só gênios políticos como o próprio Lula são capazes de navegar.

A divulgação de uma nova pesquisa Datafolha neste domingo, 10, confirma que Lula — ou o candidato indicado por ele — vai ao segundo turno.

No melhor cenário da pesquisa anterior, divulgada em 31 de janeiro, Lula aparecia com 37%; hoje, tem 30%, contra 17% de Bolsonaro, 10% de Marina Silva, 6% de Geraldo Alckmin e Ciro Gomes.

Essa variação nos números de Lula pode ter múltipla explicação: os cenários mudaram, com entra e sai de candidatos (Luciano Huck e Joaquim Barbosa, por exemplo); uma pequena fatia de eleitores de Lula pode ter se convencido de que ele não é um candidato juridicamente viável e migrou para outros candidatos, etc.

É significativo que a prisão de Lula não tenha provocado uma alteração fundamental no quadro, um atestado não só do apelo popular de Lula, mas da resiliência da militância do PT

O que parece sólido neste — e em outros levantamentos — é que 30% dos entrevistados vão votar em Lula preso ou em quem ele indicar, o que significa que uma das vagas no segundo turno será do PT.

Já no segundo turno, tudo vai depender do adversário.

Neste momento, Jair Bolsonaro é o candidato a ser derrotado. Não por acaso, nas últimas semanas Geraldo Alckmin e Ciro Gomes voltaram as baterias contra ele, enquanto o candidato da extrema-direita se recolheu

Bolsonaro, de longe, seria o melhor adversário para Lula ou um candidato indicado por Lula no segundo turno.

Pelo Datafolha, Lula teria hoje 49% x 32% contra Bolsonaro.

Um candidato indicado por Lula poderia ter até 47% garantidos (30% que com certeza votam em quem Lula indicar e outros 17% que talvez votem).

Qualquer outro candidato que enfrentar Lula ou seu indicado, num segundo turno, não poderá descontar a intensidade do antipetismo: no Datafolha de hoje, 51% rejeitam de pronto um indicado por Lula.

O antipetismo, em grau a ser definido, certamente será um dos componentes do segundo turno contra Lula ou o candidato do PT.

Isso explica o malabarismo de Ciro Gomes, que se apresenta como alternativa clara não apenas a Temer e ao MDB, mas de maneira mais sutil a Dilma, Lula e o PT.

O chamado de Lula por um pacto de não agressão com Ciro, recém revelado, faz todo sentido: com um petista praticamente garantido no segundo turno, os 6% com que Ciro aparece na pesquisa de hoje podem se tornar essenciais.

Difícil será convencer milhares de eleitores petistas, que passaram ao ataque contra Ciro nas redes sociais nas últimas semanas, lembrando que ele foi da Arena ou que pode se compor com o DEM para dizer que Ciro não pertence ao campo da esquerda.

Nos cálculos de Lula, agora, estão os diferentes cenários de eventual segundo turno: a chapa do PT teria de contar com votação maciça no Nordeste, com números expressivos em Minas, Rio de Janeiro e São Paulo para ter chance de vitória (como, aliás, aconteceu com Dilma).

Por isso as especulações com Jacques Wagner e Fernando Haddad seguem fortes, sem descartar Celso Amorim pela capacidade de desarmar o antipetismo.

A surpresa, se existe uma, é que Lula tenha sobrevivido com tamanha solidez ao distanciamento físico dos eleitores.

Leia também:

A maldição do impeachment pega mais um

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Maristela

11 de junho de 2018 às 13h31

Se deixarem o Lula fazer o que aprendeu desde que nasceu(política) mesmo preso injustamente como está, ele vai eleger o seu indicado no 1° turno. Não são cofiaveis os números das pesquisas. Lula Livre!!

Responder

Fabio

11 de junho de 2018 às 09h31

Voto Lula ou quem ele indicar.
Minha familia tambem.
Sou do interior de São Paulo.

Responder

River

10 de junho de 2018 às 18h58

TODO PETISTA é POR.RALOUCA:
PETISTAS NUNCA MAIS!
Temer comparado com PT é erudito.
PT: grosseiro, grotão, tosco, de mau gôsto, primitivo da Idade da Pedra (pedra lascada).
Aquela mulher, sabe? — a tal de Gleisi Hoffmann? — é uma múmia em questão de bom gosto, em cultura erudita e em bom senso! Uma total imbecilizada de marca maior. Uma idiota! O mau gôsto tem cheiro de mau hálito (dente podre).
Mídia Ninja o mesmo!
Mas temos outras. Vejamos:
As temos bem descritas aqui:
1. Temos “Graça”.
2. Temos “Sem-Graça”.
3. Temos “Desgraça”,
e Temos:
4. “Nem-de-Graça”.
Eis aí as políticas brasileiras!
Você, curió, escolhe!
|
A “Nem-de-Graça” é a Graça Foster.
A “Desgraça” é a dilma.
A “Sem-Graça” é a Fernanda Lula Petista Montenegro.
E, finalmente, a “Graça” é a Marcela Temer.
== FIM ==

Responder

    Jair Vieira

    10 de junho de 2018 às 22h27

    E temos o reaça… A desgraça ao quadrado. O imbecil útil que antes era coxinha, virou patinho e hoje anda morimbundo. Temos a versão “pobre de direita”, que se acha bem informado na grobo, no ambiente de trabalho onde escuta as excreções verbais dos patrões ou dos clientes. Temos o reaça “crasse média”, também bem informado na “grobo”, uma catástrofe, uma desgraça ambiental. Posa de cristão e vai à missa aos domingos, distribui belas mensagens à época do natal. Enche o coração de bons sentimentos, mas tao logo passe a data festiva da cristandade, volta ao modo capeta. O pobre que ascendeu socialmente volta a ser seu inimigo mortal. E, por fim, o capeta-mor, a besta fera, a desgraça das desgraças menores: o rico, o mega empresário, o mega investidor, os donos do capital, os donos da grande mídia nativa. Junte-se a eles os emissários do capeta, aqueles evangelicos do psc, como feliciano, cunha, bozonaro, irmão Lázaro, pastor everaldo… Acrescente a versão togada e vampiresca, os sanguessugas do judiciário. Estes sim, são as verdeiras des-graças da nação. Em qual delas vc se enquadra?

    Gertrudes

    11 de junho de 2018 às 10h42

    River, aonde está o seu cérebro!? Aonde está pelos menos um pouquinho do seu discernimento??? Ninguém pode ser tão pobre assim não é?! Quanta asneira você escreveu! São todas inverdades! Quanta falta de dignidade e pobreza de espírito! Como é que vc aguenta ser vc?!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!