VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Opinião do blog

O aborto e os direitos civis: a hora da virada


10/10/2010 - 16h59

por Luiz Carlos Azenha

Nordeste garante vantagem de Dilma sobre Serra no segundo turno, diz a manchete da Folha deste domingo.

Os analistas do jornal procuram associar o voto da candidata governista aos grotões — o que os números da pesquisa do próprio jornal desmentem.

O fato é que o tucano, para se eleger, se associou aos extremistas da direita. Deu a eles púlpito, palco, protagonismo político.

Uma situação desconfortável para a própria Folha, que tratou de dizer, em editorial, que o aborto é um problema de saúde pública e que deve ser descriminalizado.

A Folha trouxe para as suas páginas a Soninha, que já fez aborto, e o senador eleito Itamar Franco. Uma tentativa de arejar uma candidatura calcada no extremismo religioso.

Sempre achei que a questão do aborto poderia ser positiva para a candidatura de Dilma Rousseff.

Isso porque a classe média urbana brasileira não é obscurantista e sabe muito bem — porque frequenta as clínicas — que a classe média e os ricos tem acesso ao aborto no Brasil. Os pobres… se viram.

E a classe média urbana tem medo de que Serra, eleito, permitirá que fanáticos religiosos comecem a bloquear as clínicas, atacar médicos e pacientes e buscar os arquivos das clínicas e hospitais onde estão os nomes de centenas de milhares de brasileiras que fizeram aborto de forma clandestina. Para colocá-las na cadeia.

Foi exatamente assim que aconteceu nos Estados Unidos, onde o aborto é legal. Sete médicos foram mortos, dezenas de clínicas bombardeadas e pacientes que fizeram aborto tiveram seus nomes disseminados com o objetivo de provocar execração pública.

Felizmente, as feministas brasileiras perceberam que era hora de reagir, como fez aqui a dra. Fátima Oliveira.

Felizmente o movimento gay percebeu que era hora de reagir, como fez aqui o Toni Reis.

Sim, porque o pastor Silas Malafaia, que espalhou outdoors pelo Rio de Janeiro, fez isso como forma de apoiar a chapa José Serra/Índio da Costa.

Malafaia recebeu apoio do vice de Serra — e a revista Veja, em defesa de seu candidato, tratou de dar um apagão nas declarações do vice, suprimindo um post que tratava do assunto.

Malafaia faz campanha em defesa de Serra suprimindo alguns fatos.

O candidato, quando era ministro da Saúde, normatizou o aborto na rede pública de saúde, o SUS (aplausos para ele por ter feito isso!).

Clique aqui para ver o kit completo do oportunismo de Serra.

O candidato, na sabatina da Folha, defendeu a união civil entre homossexuais e a adoção de crianças por casais homossexuais (aplausos para ele por ter feito isso!).

Fica claro, no entanto, o oportunismo de ambos — Malafaia e Serra.

É uma aliança de conveniência para os extremistas e oportunismo eleitoral de José Serra, o santo.

Hoje, a candidata Dilma já contratacou dizendo que tem a gravação da mulher de Serra, Monica, dizendo que ela, Dilma, “quer matar criancinhas”.

O eleitor do povão não é bobo, como quer nos fazer crer a Folha. Nem inferior, como Maria Rita Kelh deixou claro no artigo que custou a ela a demissão do Estadão.

A classe média urbana, que rejeita o fundamentalismo religioso que sequestrou a campanha de Serra, também não é boba. Não vai entregar os direitos civis assim de mão beijada para o oportunismo eleitoral.

Serra não é apenas o passado, é o atraso. Nem Soninha, nem Itamar serão capazes de esconder isso.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


69 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Alexandra

04 de novembro de 2010 às 17h04

O aborto, o estupro, o Estado, a política e a politicalha. http://alexandramcosta.blogspot.com/

Responder

rebeca

30 de outubro de 2010 às 14h47

O bispo Dom Luiz Carlos Eccel, de Caçador, Santa Catarina, divulgou nesta sexta-feira, 29, uma carta de apoio à candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, um dia depois que o papa Bento XVI pediu aos bispos que orientassem os fíéis para votar em candidatos “contra o aborto e a favor da vida”.
#Dia31vote13 .http://flitparalisante.wordpress.com/2010/10/29/dom-luiz-carlos-eccel-bispo-diocesano-agradece-ao-papa-e-defende-o-voto-em-dilma-a-dilma-e-a-resposta-para-as-nossas-inquietacoes-a-respeito-da-vida-quem-sofreu-nos-poroes-da-ditadura-nao-mata/

Responder

Claudio

11 de outubro de 2010 às 16h46

Azenha,

Com todo o respeito que tenho por vc pelo seu talento e é claro experiência, mas nesse assunto aborto e movimento gay, lamento dizer: vc está enganado.

Esse tema tem um sentido politicamente correto no primeiro mundo porque o cristianismo está em retração por lá, entretando não é o que acontece aqui no Brasil.

Se Dilma conduzir mal esse assunto, ou seja, sem recuar, ela perde essas eleições porque a igreja no Brasil patrulha até os não crentes.

Pessoas não crentes estão defendendo o anti-abortismo porque sabem que é a postura dos crentes tementes a Deus. Vc sabia disso ?

Ouça o que eu estou lhe dizendo o Brasil de hoje é a América moralista dos 30. Com lei sêca e tudo.

Responder

    ratusnatus

    24 de outubro de 2010 às 15h34

    Muito bla bla bla sobre religião quando o assunto deveria ser educação.
    Eu acho que não é a religião que esta em retração por lá, é a educação que esta em alta. Fica difícil para uma pessoa educada acreditar em criacionismo.

    E a educação do Brasil…

Fernando Trevas

11 de outubro de 2010 às 15h42

Azenha,

Com o perdão do trocadilho com meu próprio nome, se o Serra ganhar, entraremos em tempos de trevas.

Abs,

Fernando Trevas Falcone

Responder

John de Castro

11 de outubro de 2010 às 14h14

Prezados,

Gostaria de indicar a leitura deste livro:

La crisi del dono. La nascita e il no alla vita
http://www.claudio-rise.it/crisi/crisi.htm

Com apreço,

John de Castro

Responder

Baixada Carioca

11 de outubro de 2010 às 13h42

Azenha, Conceição…
Eu soube que o Malafaia andou pedindo uma concessão de TV ao presidente Lula e este o remeteu ao Congresso, e por isso ele ficou p… com o presidente. Vocês tem informação a respeito disso? Acham que isso tem que ver com o que acontece agora?

Responder

    JOSE DAVID RHODEN

    13 de outubro de 2010 às 08h51

    e para os carismaticos de plantão que preferem a morte de fome e miseria como existia no norte nodeste do brasil quanto se r realista veja este link http://www.youtube.com/watch?v=yst5IM8Q2os o Padre Leo criticando Serra e FHC por permitir o aborto no Brasil PLS – PROJETO DE LEI DO SENADO, Nº 78 de 1993

Jonas

11 de outubro de 2010 às 11h28

Concordo, mas por que a Dilma uma hora declara que é contra o aborto e noutra declara que é a favor?
O passado "terrorista" da candidata do PT não deve ser levado em consideração? A covardia em chamar o Lula toda vez que a corda aperta é legal?

Responder

    Nelson Menezes

    11 de outubro de 2010 às 13h24

    Passado terrorista foi do FHC – SERRA, que vendeu as empresa nacinais, terrorista é quem estava ilegal no poder,no caso os militáres,a Dilma defendia a volta do estado de direito que nos foi tirado, ela defendia um governo legitimado pelo voto que nos foi roubado,quem e o terrorista nesta história, com certeza não é a futura presidente

    linda

    11 de outubro de 2010 às 19h20

    vc sabe em k partdo ela militava pra isso rsrs?

    Baixada Carioca

    11 de outubro de 2010 às 13h37

    Jonas, você não entende porque não consegue mesmo. É um problema intelectual, não ideológico.
    Dilma é contra o aborto, mas a favor de descriminalizar. Mas se você não entende isso, pergunta para o seu candidato para que ele lhe responda porque normatizou o aborto no SUS quando foi ministro da saúde.

    @sergiobio

    12 de outubro de 2010 às 14h47

    Jonas, escrevi umas linhas no meu blog sobre o assunto. Na verdade, é para os meus amigos, mas serve pra todos.
    http://ducacete.blogspot.com/2010/10/aborto.html
    http://ducacete.blogspot.com/2010/10/terrorista.h

Thiago

11 de outubro de 2010 às 10h13

Azenha e demais leitores – Estou muito preocupado com essa história de extrema direita higiência e preconceituosa. Escrevi o seguinte texto que para mim, independente do resultados das eleições é o que deve ser derrotado:
http://arazaoporopcao.blogspot.com/2010/10/o-ovo-

Thiago

Responder

Antonio

11 de outubro de 2010 às 09h52

Nossa Azenha como vc entende de classe media urbana. Para vc falar tanto dela deve ser poque ela vai fazer a diferença de novo, como sempre faz nas eleições municipis de SP. Vamos ver…

Responder

@stelles_13

11 de outubro de 2010 às 07h47

Eu não quero Bushismo no Brasil! O moralismo não pode ser mais importante que os problemas mais fundamentais no país, o combate à miséria, à fome, à melhora da educação, mais acesso à cultura, à saúde, uma logística melhor. Serra não fala de nada disso, e agora entra nessa de campanha fundamentalista. Xô Bushismo, levou aos EUA a essa situação ridícula que estão atualmente (imagine o efeito no Brasil aonde a maior parte da população não possui riqueza alguma).

Responder

José Vinícius

11 de outubro de 2010 às 03h47

Como cidadão, co-responsável pela educação de uma criança (10 anos, curiosa e questionadora) acho deplorável a enxurrada de outdoors com essa cara feiosa desse senhor, pregador do ódio, da discriminação, homofobia, chauvinismo e de mal gosto gráfico. Posando de dono de uma verdade, saberdor dos mistérios do mundo, com dedos em riste, como que empunhando armas. Me enjoa e me faz aumentar a cota de antiácidos diários. Vo Mandar a Conta da farmácia pra congregação dele. talvez me enviem um toalhinha abençoada pra passar na barriga…Acho que as lideranças gays e ativistas em geral deveriam tirar as bundas da cadeira e irem as ruas dar uma bela ecrotizada nesses outdoors… Uma dica: Jacarepaguá, em suas vias principais( Geremário Dantas, Est. dos Bandeirantes, Candido Benicio) está medonhamente tomada por eles

Responder

ronaldo

10 de outubro de 2010 às 21h21

Tudo bem que o Serra esta se fazendo de santo e eu votarei na Dilma, mas farei uma pergunta ao blogueiro: entao que tal limitar o valor das pensoes alimenticias, se e para mexer em vespeiro vamos la.

Responder

    Ricardo Oliveira

    11 de outubro de 2010 às 09h10

    Caro Ronaldo, o bom senso diz que o valor das pensões alimentícias está associado ao padrão que o casal poderia oferecer aos filhos se mantivessem o casamento. Assim, o valor só pode ser limitado em termos percentuais não absolutos, como é feito hoje. Infelizmente, há pessoas que se aproveitam da situação e não fazem o uso legal das pensões. O princípio que deve nortear essa questão é que os filhos não podem, por hipotese alguma, ser prejudicados. Se isso acontece, o judiciário deve ser acionado, seja por parte de quem administra a pensão, seja da parte de quem paga. Vespeiro e tanto, meu!!!!

IV Avatar

10 de outubro de 2010 às 21h03

Enquanto Serra diz "direita, volver" nós com muito orgulho temos que gritar "esquerda, volver"
Temos muito a nos orgulhar destes 8 anos de governo de esquerda
Não podemos nos intimidar diante dos latidos destes pitbulls tipo Indio da Costa, Mônica Serra Daslua, Bilionária Verônica Serra, Zé Baixaria et caterva
Xô lixo

Responder

ejedelmal

10 de outubro de 2010 às 20h59

A lei talibã da "Periquita Enjaulada" é uma lei fundamentalista de uma religião fascinada por fimoses. Essa lei só serve para tirar o problema das mãos de médicos e assistentes sociais, profissionais especializados para tratar este problema, e põe nas mãos de advogados, políticos, padres e pastores, verdadeiros analfabetos funcionais inúteis na condução e solução do problema do aborto.

Responder

Augusto

10 de outubro de 2010 às 20h54

O objetivo é o de apenas evitar a vitória de Dilma. Todos sabem que Serra não apoiará essas medidas extremistas. Malafaia quer poder, quer mostrar que tem poder. Malafaia quer marcar presença, procura espaço, assim como fez Edir Macedo.

Responder

arlindo

10 de outubro de 2010 às 20h48

Tá na hora dizer com todas a letras: SERRA INSTITUIU O ABORTO NO BRASIL

Responder

    Loren Muniz

    10 de outubro de 2010 às 21h01

    Ora Arlindo, eu voto Dilma. Votei no primeiro turno e votarei no segundo. Mas por que temos de ser pinóquios?
    O debate não é por ai. Vamos deixar de bobagens. Aborto não se institui, as mulheres o praticam quando não querem continuar uma gravidez. É assim no mundo todo. Desde sempre.
    A Lei de aborto legal no Brasil, nos dois casos, é de 1940. Dá uma lida no Código Penal pra não falar bobagens e fazer acusações que não pode provar. Serra apenas normatizou serviços de Aborto previsto em lei, assegurando assim exercer um direito que existia há quarenta anos e não era cumprida. Não fez mais doq ue a obrigação. É certo que todos os ministros da saúde anteriores a ele não cumpriram a obrigação.
    .

EFerraz

10 de outubro de 2010 às 20h19

O aborto caiu de paraquedas na campanha e todos passaram a falar a mesma coisa. O aborto foi introduzido (PIG) não para pautar o tema, mas para tirar o discurso da comparação de governo Lula x FHC. Serra é a favor do aborto, da união homossexual. E daí? O PIG esconde ou mostra, convenientemente. Chamam a imprensa de "4º poder" (nem na Constituição, nem em qualquer outro lugar isso está previsto), pela concentração nas mãos de meia dúzia de famílias, como bem disse Plínio de Arruda Sampaio. Só.

Responder

Luis Liberdade

10 de outubro de 2010 às 20h15

Galera, e o comentário da mulher do Serra Aiatolá sobre o bolsa família? E o apoio que a mulher do Beto Richa deu, afirmando que eles vão acabar mesmo! Ninguém fala?

Responder

Gerson Carneiro

10 de outubro de 2010 às 20h13

Discordo em um ponto:

Essa classe média urbana que pratica aborto está em uma zona de conforto, conta inclusive com apoio da classe a qual pertence, e não está preocupada, tampouco com medo, que o Serra seja eleito e daí surja a possibilidade de um ataque de fanáticos religiosos.

Isso não passa pela cabeça dessa gente justamente pela zona de conforto em que estão, e sabem que o Serra, eleito, garantirá esse conforto, essa aparência de normalidade. Tanto que a Soninha Francine admite que realizou aborto, e as colegas do programa "Saia Justa", incluindo a Maitê Proença, justificam e a apoiam. Tem uma lá no vídeo que até diz "às vezes a gente precisa (fazer aborto)". E a Maitê fecha dizendo "a tua contradição era de foro íntimo. Essa é uma decisão pessoal que você fez apesar de vocêser contra". Ou seja, a classe média urbana pratica abordo, confessa e é perdoada. E tá tudo bem, ninguém a incomodará. O Serra jamais irá desagradar esse pessoal. Esse pessoal é justamente o eleitorado do Serra. Classe média urbana.

Responder

Luiz Carlos

10 de outubro de 2010 às 19h57

Encontrei esse e-mail no Twitter:
[email protected]
Já enviei todos e-mail que recebi pra lá.
Espero que de certo.
Vamos divulgar!

Responder

Regina

10 de outubro de 2010 às 19h55

Concordo com o Jairo. Se chegar ao poder o Serra muda o discurso. O Santo vira Demo. Aliás, já virou né.

Responder

Olga

10 de outubro de 2010 às 19h52

É preciso também, acabar com este fundamentalismo religioso, somos um País Laico, onde tds as manifestações de Fé são livres, fato que é objeto de elogio em todo o mundo. Além do mais, qualquer alteração da legislação vigente ( aborto, aumento do salário mínimo, união civil entre pessoas do mesmo sexoetc…) tem que ter aprovação doCONGRESSO, com ampla discussão da sociedade, através das audiências públicas. O Presidente não tem poder p/ numa canetada mudar as normas que estão em plena vigência.”. Discutir sem bláblá, sem fundamentalismo religioso, de classe social, de opção sexual. O BRASIL graças ao Presidente Lula e ao povo BRASILEIRO,está inserido de forma definitiva na agenda GLOBAL,democrático,grande, vigoroso, e como tal tem que se apresentar diante do mundo,inclusive no trato dos temas do interesse da Sociedade Brasileira.DILMA 13.

Responder

Fabio_Passos

10 de outubro de 2010 às 19h49

Já vi muito jogo sujo em eleições.

O jose serra é famoso pelo lodo que produz em abundância.
Mas deste vez o pilantra se superou…

"serra em transe" http://2.bp.blogspot.com/_my62t7rsr0s/TG9LOcvblVI

Responder

sergio

10 de outubro de 2010 às 19h33

o mulá serra e silas malafaia, que dupla improvável, mas, na campanha vale tudo, quanta sujeira!

Responder

youPode » Está na Internet

10 de outubro de 2010 às 19h30

[…] Serra normatizou o aborto quando er ministro da Saúde […]

Responder

neto

10 de outubro de 2010 às 19h21

Caro Azenha

Não se engane com a tal classe média urbana q rejeita o fundamentalismo religioso. É uma pena vc não conhecer a realidade desta tal classe. A CMU ( classe média urbana) não conhece nada de direitos civis. Vive de aparência. Esconde todos os traumas do mundo. A preocupação é com aquilo que os outros pensam. ~´E de um consrvadorismo sem tamanho. Praticam atos abomináveis, mas se manifestam contra todos estes atos. Ex; aborto. Missa aos domingos, culto aos domingos e pecados no restante das horas de vida. Vc está por fora

Responder

MCP

10 de outubro de 2010 às 19h20

Azenha, lendo este post me fez recordar, não tô lembrado direito, mas tempos atrás não teve um acontecimento de ataques a clinica lá no MS ou MT, tentativa de linchamento de mulheres onde tambem queriam o cadastro e parece inclusive que andou tendo condenação de muheres se não estou sendo traido pela memória aconteceu alguma coisa por aqueles lados que é tal qual voce escreve, voce que tem mais recursos e competencia podia levantar melhor esta informação.

Responder

    Lucia

    10 de outubro de 2010 às 20h47

    MCP
    Foi aqui em Campo Grande-MS. Se pesquisar no google Neide Mota Machado você encotrará as informações. A Dra. Neide Mota Machado era dona da Clínica.

Luiz Carlos

10 de outubro de 2010 às 19h18

Recebi 2 e-mails pesadíssimos contra a Dilma sobre terrorismo. Não sei de onde vieram. Foi no meu e-mail de trabalho, não o pessoal. Corri pro site da Dilma, quero denunciar e que a campanha tome conhecimento. Não encontrei nenhum local ou link para denunciar. Essa turma do site estão muito devagar. Temos de denunciar, já!

Responder

    carlos jose

    12 de outubro de 2010 às 15h28

    Luiz Carlos ,concordo com vc estão devagar mesmo. sou evangélico e elitor de Dilmae estava a meses tentando entrar em contato com alguem da campanha para denuncir os boatos bem no inicio deles nas igrejas mas ninguem respondia meus emails. Se alguem tiver contato avise para eles tomarem cuidado com a PL 122. essa pl está sendo usada por pastores para controlar o voto dos evangélicos, alegando que nós seremos proibidos de pregar contra o homosexoalismo. mas tb pode ser uma oportunidade para colocar o Serra contra a parede.

@liapsicologa

10 de outubro de 2010 às 19h02

Os animais não sabem que irão morrer. Darwin foi a luz q se acendeu no obscurantismo das religiões. As mulheres não são fêmeas do reino animal. São pessoas que pensam, que tem contas para pagar e que tem que educar seus filhos.Não vivem na selva. Vivem em casas onde tudo é comprado:água,luz,telefone,gás,alimentos,etc. Comparar uma mulher a uma fêmea animal é um absurdo total. Nós já não pertencemos mais ao mundo animal,no sentido de que uma civilização nos cobra a cada manhã nossos deveres de cidãdão e nossa participação no mundo. Que pensamento mais reducionista o seu! Reveja seus conceitos!
Darwin deve estar se revirando em seu túmulo!

Responder

Fabio_Passos

10 de outubro de 2010 às 18h59

"ela [Dilma] e Lula não saem por aí propalando, como fariseus, suas convicções religiosas. Preferem comprovar, por suas atitudes, que "a árvore se conhece pelos frutos", como acentua o Evangelho. É na coerência de suas ações, na ética de procedimentos políticos e na dedicação ao povo brasileiro que políticos como Dilma e Lula testemunham a fé que abraçam. "

Frei Betto http://www.cartamaior.com.br/

Responder

Fabio_Passos

10 de outubro de 2010 às 18h56

A campanha de jose serra é repugnante.
O sujeitinho usa o preconceito para fazer campanha.

Não é apenas oportunista.
É mau caráter.

Responder

Daniel

10 de outubro de 2010 às 18h47

Eh, mas nao vai adiantar nada, vai ficar restrito aos blogs….pros e-mails e outras redes sociais cambada! É pra rua! Pq se depender de marketeiro do pt, acho que bau bau..

Responder

Franciere Menezes

10 de outubro de 2010 às 18h43

“Se o PT tem essa gravação já passou da hora de levar essa Senhora Chilena para a justiça para que prove o que disse. “ [2]

Assino em baixo. Eu acho que o PT está muito brando em não querer responder as mentiras da oposição. Com essa oposição não se brinca, pois é uma oposição raivosa que só usa de mentiras e baixarias e sabemos muito bem o que significa ela no poder. O PT tem que ir a justiça e cobrar resposta. Ninguém pode sair por ai difamando as pessoas e ficar por isso. Vivemos ou não num Estado de direito?!

Responder

Franciere Menezes

10 de outubro de 2010 às 18h42

“Se o PT tem essa gravação já passou da hora de levar essa Senhora Chilena para a justiça para que prove o que disse. “ [2]

Assino em baixo. Eu acho que o PT está muito brando em não querer responder as mentiras da oposição. Com essa oposição não se brinca, pois é uma oposição raivosa que só usa de mentiras e baixarias e sabemos muito bem o que significa ela no poder. O PT tem que ir a justiça e cobrar resposta. Ninguém pode sair por ai difamando as pessoas e ficar por isso. Vivemos ou não num Estado de direito.

Responder

ruypenalva

10 de outubro de 2010 às 18h40

Serra que Zé Apostasia quer proibir células troncos também?

Responder

Ester Nolasco

10 de outubro de 2010 às 18h37

Emocionei, viu Azenha?
Parabéns pela lucidez.
Até o tucanto de alta plumagem está morrendo de medo do beato Serra. O tucanato conhece o Serra muito bem. E a Sra. Allende Serra, hein? Quem diria que uma Allende fosse obscurantista, mentirosa que sai por aí inventando mentira! Acho que ela não gosta do Brasil nem um pouquinho. O Chile de hoje, com um governo direitista, quem sabe é um bom lugar para ela.

Responder

    Baixada Carioca

    11 de outubro de 2010 às 13h39

    Estão nada. Eles sabem que isso é um trololó eleitoral, nada diz com o pensamento deles. Uma coisa é o que ele precisa dizer para ganhar eleitores, outra é aquilo que eles sabem que precisam fazer se fossem eleitos.

H.Walker

10 de outubro de 2010 às 18h34

Eu sou absolutamente contra o aborto e lamento profundamente que muitos dos eleitores de D Rousseff tolerem essa pratica. Parece-me que a vida humana ja nao tem mais valor, e pergunto-me: se a lei diz que mater eh crime, porque o aborto haveria de ser excluido dessa categoria? Ninguem mais faz essa pergunta, mas qdo começa a vida humana? Seguramente, minha gente, não é qdo o bebe sai da barriga.

Muitos defendem a legalização do aborto basendo seu argumento no fato que rico tem dinheiro para praticarem seus crimes do aborto, enquanto o pobre tem que se submeter ao aborto clandestino e domestico. Isso é o mesmo que dizer que porque o rico comete um crime em segurança, o pobre também deve ter a oportunidade de cometer o mesmo crime sem arriscar a propria vida! NÃO! Deve-se, ao invés disso, impedir que o crime ocorra e punir quem o pratica, e não liberar 'geral' para todo mundo!!!!

Seguramente, se soubesse que Dilma Rousseff simpatiza com a ideia, votaria em outra pessoa, e desaconselharia que votassem nela.

Responder

    Ed Döer

    10 de outubro de 2010 às 20h21

    Considerando que parte da população adoraria ver a pena de morte aplicada no país, diria que estão fazendo uma tempestade em copo d'água em relação ao aborto.
    E responder quando começa a vida é algo que exigiria um longo debate com especialistas, e dentro de uma ótica laica, pois o estado é laico. Fora que não vejo propósito em se aprofundar mais ainda nessa questão que não ajuda em nada no processo eleitoral.
    E os que defendem a legalização do aborto o fazem por não achar que deveria ser encarado como crime. Fora que nunca se ouviu falar de alguma mulher que foi presa por abortar. Mostrando que é uma lei que nunca foi aplicada e que não vingou.

    Aline C Pavia

    11 de outubro de 2010 às 00h37

    Não julgue para não ser julgado e não levante a primeira pedra.

    As diretrizes do PNDH3 que serão continuadas, ou não, pelo Congresso Nacional, e não pela presidente, são as mesmas definidas no governo Fernando Henrique Cardoso.

    Uma delas é a humanização do atendimento à mulher que realiza um abortamento.

    Isso não está em discussão e pobre Serra, se o que salvou a candidatura dele foi o aborto.

    O que está em discussão é a hipocrisia deste país moralista de gaveta que pratica hoje 1,5 milhão de abortos ao ano, com a morte de 30 mil mulheres em decorrência de abortos ou complicações. É muita gente morrendo e deixando crianças órfãs por considerarem QUE NÃO TÊM OPÇÃO. (continua)

    Aline C Pavia

    11 de outubro de 2010 às 00h38

    (continuando)
    Mas no carnaval teremos novamente aquele espetáculo ao vivo na TV a propalar o sexo, sexo, sexo, num país machista, moralista e patriarcal. Homem pode engravidar, estuprar e procriar à vontade, porque no final das contas tudo sobra sempre para a mulher, de qualquer maneira. Assumir o filho ou abortar, dar para adoção, amamentar ou não, por no mundo ou não. É muita responsabilidade e muito sofrimento, sem a necessidade de um artigo no Código Penal a dizer que ela ainda tem que ir para a cadeia por isso.

    Mas enquanto não tivermos educação sexual decente (e não máquinas de camisinhas e Malhação); enquanto não tivermos políticas de planejamento familiar e controle de natalidade, continuará havendo abortos no mundo inteiro. E continuará havendo oportunistas, fundamentalistas, talibãs, gente oriunda diretamente da Inquisição ou da Idade Média, a sentarem em seus próprios apêndices caudais para apontarem os seus lindos dedinhos para o seu semelhante.

Fernando Vaz

10 de outubro de 2010 às 18h33

Um dos argumentos mais utilizados pelo movimento que defende o aborto é que o
ser humano é um produto da natureza e, por conseguinte, é uma espécie animal como
outra qualquer. Este argumento tenta fazer uma ligação entre o ser humano, a natureza e
o aborto. De acordo com essa linha de pensamento abortar, ou seja, matar o feto ainda
no ventre da mãe é um ato natural, produzido pela própria natureza.
A teoria que afirma que o ser humano é produto da natureza e, portanto, é apenas
mais uma espécie animal foi desenvolvida pelo biólogo inglês Charles Darwin no
século XIX. Essas pesquisas científicas geralmente são apresentadas sobre o rótulo de darwinismo. Como toda teoria científica a teoria da evolução das espécies está cercada por críticas e por sérias dúvidas. Entretanto, não é intenção minha apresentar e discutir as críticas e objeções de cunho ético, filosófico, teológico e de outras formas
que são constantemente realizadas a essa teoria.
Venho portanto, fazer uma pequena relação entre essa teoria, ou seja, entre o darwinismo e o aborto.
Vamos partir da seguinte hipótese: a teoria darwinista está completamente correta e todas as dúvidas, críticas e objeções a essa teoria foram resolvidas. Dessa forma, a frase que sintetiza essa teoria é uma expressão da realidade. Essa frase é a seguinte: “O ser humano é produto da natureza, assim como qualquer outra espécie animal e, portanto, deus não existe”.
Dentro dessa hipótese é impossível se pensar, discutir e realizar um aborto, ou seja, o assassinato do feto ainda no ventre da mãe. O motivo é claro e simples, na natureza nenhuma espécie animal pratica o aborto. O aborto é antinatural e contrário à natureza. Na natureza uma fêmea de qualquer espécie animal dá a luz a todos os filhos que gerou. Na natureza uma preocupação constante das espécies animais é com a sobrevivência da própria espécie. Somente com a sobrevivência da espécie é que os indivíduos são capazes de estabelecer um projeto de vida autônoma.
O aborto é uma ameaça à existência da espécie, justamente porque mata e destrói os fetos da própria espécie, ou seja, destrói a esperança de sobrevivência e continuidade da espécie. As diversas espécies animais presentes na natureza podem até lutar entre si por causa, por exemplo, de comida e de água, mas nenhuma espécie tem um projeto de autodestruição. A conclusão que se pode tirar é que o argumento que tenta aproximar o darwinismo do aborto é uma grande mentira pregada, atualmente, livremente na sociedade. Se realmente os defensores do aborto fossem seguir este argumento ao pé da letra, sequer seria possível pensar no aborto, justamente porque na natureza nenhuma espécie tem um projeto tão negativo como este.
Entretanto, é necessário frisar que há, basicamente, dois fatores decisivos para se construir uma tentativa fracassada como a de ligar o aborto ao darwinismo. O primeiro fator é que essa tentativa visa dá um caráter “científico” e “natural” ao aborto. Já que o aborto é uma prática altamente rejeitada pela sociedade, para que a própria sociedade passe a perceber essa prática com olhos positivos é preciso torná-la “natural” e “científica”. O segundo fator é desfiar a atenção da opinião pública sobre a gravidade do aborto. Além de ser um assassinato, o aborto é uma prática que coloca em risco a própria sobrevivência da espécie humana. Entretanto, isto não é alertado e nem sequer discutido.
Os defensores da Teoria do Design Inteligente sempre em debates dizem que os evolucionistas são religiosos.
Eles não estão interessados na verdade, na ciência ou na correta interpretação do mundo natural. Eles só querem defender sua ideologia ateísta/materialista, estão cristalizados no secular “combate as religiões” para então impor a sua própria, o Materialismo/Ateísmo. Essa é maneira da ideologia eletista/ateísta/materialista (onde o Serra está inserido) de acelerar a seleção, a separação e a submissão das raças. Essa corrente ideologica é a mesma utilizada por Adolf Hitler, um Darwinista convicto e experimental, durante a segunda guerra mundial.

Responder

    @liapsicologa

    10 de outubro de 2010 às 19h01

    Pelo amor de Deus! Quanta bobagem! Os animais matam suas próprias crias quando estas não tem condições de sobrevivência. Isso é fato. Muitos filhotes são deixados para trás quando a mãe percebe que não sobreviverão. E comparar o ser humano a um animal, é no mínimo, estúpido. O ser humano afastou-se do reino animal há muito tempo, criou a civilização,transformou a natureza e o meio-ambiente, criou a linguagem e a cultura, utilizou-se de ferramentas e máquinas, criou cidades e leis,não vivemos pela lei da selva. O ser humano é um animal diferenciado dos outros, que raciocina, imagina e constrói (e destrói) e que tem consciência de que vai morrer.

    Fernando Vaz

    10 de outubro de 2010 às 21h48

    O homem, apesar de ser racional, age de uma forma bem diferente do animal, destacando a sua inteligência e a forma do seu comportamento. O homem tem inteligência, consciência e capacidade para analisar seus atos, executar suas tarefas, planejar suas atividades e colocá-las em prática. O homem através de sua inteligência e capacitação, chega a atingir as coisas sensíveis e corporais e também as realidades imateriais e incorporais. Como por exemplo: a verdade, o tempo, o espaço, o bem, a virtude etc.

    O homem, através das suas diferenças defronta-se com seu comportamento, pois o homem é um ser surpreendente; sua mudança é constante, seus hábitos, costumes, crenças e culturas. A palavra “razão”é o que predomina em seu vocabulário.
    Hoje é lamentável a forma em que o homem vive, ele se destrói a cada minuto, tanto de uma forma carnal, como espiritual.
    Hoje, nós podemos dizer que o homem luta contra si mesmo. Ele mesmo fabrica armas contra si, bombas atômicas, não respeita nem seu corpo, nem sua própria vida, ele, tão ganancioso, que pode um dia chegar ao ponto de se destruir totalmente, como já fez com várias espécies animais, com as florestas, e como ela, a fauna. Ele, na realidade, é o maior inimigo da natureza.
    Os animais, considerados como um ser irracional, por mais que possamos pensar que ele é um ser livre, realiza seus atos impelido pelas suas sensações, pelos apetites e pelo instinto natural, para um fim de que ele mesmo ignora e cujas conseqüências não consegue nunca prever.
    Os animais também são seres inteligentes, mas sempre se reduz à sensibilidade, é um ser que age de acordo com seu instinto, porém seus sentimentos são fortes e puros em relação ao homem.
    Os animais não visam um conhecimento para o futuro, mas vivem a realidade do momento, se expressam de uma maneira natural para a vida.
    Os animais são na verdade seres organizados, dotados de um sentimento profundo e expressam essa forma de vida aos olhos dos homens que não entendem, nem compreendem e nem respeitam um ser que é tão lindo e natural, independente de sua espécie.
    O homem domina todo espaço que encontra, ele infelizmente interfere até no espaço animal. O homem sempre visa o seu objetivo, sem se importar se irá destruir outras vidas, o homem ao mesmo tempo que constrói, destrói tudo num simples piscar de olhos, o homem fez deste mundo um barril de pólvora que a qualquer momento pode explodir.
    O homem é um ser que tem atitudes que muitas vezes deixam a desejar, nos deixam entristecidos e com os corações feridos.
    Fatos peculiares que afastam o homem do reino animal (segundo @liapsicologa):

    * eles falam;
    * eles existem até hoje;
    * é o único animal que pensa que não é animal;
    * são os únicos que mijam na água que bebem.
    * acham-se os seres mais inteligentes do universo mas matam, destróem, etc só para conseguir um pedacinho de papel com um número impresso (vulgarmente conhecido como cédulas de dinheiro, ou ainda, papel pintado) ou uma pedrinha branca (Crack, Cocaína, etc).

    Gerinho da Terra

    10 de outubro de 2010 às 19h07

    Tive uma cachorra que se alimentou de seus 6 filhotes vivos. Não sei explicar isso, mas se na natureza os animais não praticam aborto, eles praticam infanticídio.
    FUI!!!!!!!!!

    Ed Döer

    10 de outubro de 2010 às 20h32

    Hitler era cristão, o que em parte explica porque ele gostava tanto dos "assassinos de cristo".
    E superpovoar a Terra, dotada de espaço finito e capacidade finita de produção de recursos num espaço de tempo também provoca riscos para sobrevivência da espécie. Ou você acha que é adequada as pessoas continuarem a ter 1 dúzia de filhos como se tinha décadas atrás?
    O aborto só acaba sendo necessário porque as pessoas não tem acesso a métodos contraceptivos ou não se preocupam com eles, em parte porque existem certas organizações religiosas que combatem os mesmos. Ver o aborto como um projeto de autodestruição da espécie humano é um delírio sem tamanho.
    De forma parecida você poderia alegar o mesmo sobre o comportamento homossexual, que curiosamente também se observa entra alguns animais, o que faria dele algo natural embora supostamene um risco a espécie humana de acordo com sua lógica deturpada. Algo que não seria verdade graças a inseminação artificial, fruto da ciência.

Carlos

10 de outubro de 2010 às 18h31

Com todo respeito com a audiência que o Viomundo merece, muitos desses comentários trariam mais resultado para quem quer apoiar a Dilma nos blogs da Veja, Uol, Folha, Globo e tantos outros a serviço do Serra.

Responder

alexandre bivar

10 de outubro de 2010 às 18h30

Divulguem esse vídeo, mostrem ao povo nordestino como Serra os culpa pela péssima situação da ecudação em São Paulo, do qual é responsável: http://www.youtube.com/watch?v=bb57xxeYUEk

Responder

Nice Facundo

10 de outubro de 2010 às 18h30

Sempre fiquei muito tranquilo diante dessa questão. Quando surgiu o histerismo em torno desse assunto, eu sabia que ninguém iria correr o rísco de deixar o fanatismo religioso tomar conta, senão aqui viraria um país com leis quase de talibã, afinal! Todo mundo sabe o que as menininhas de classe média e alta fizeram no verão passado. Ninguém quer um conservado extremista no governo,o país é hipocrita demais pra correr esse rísco, é tanto que a diminuição da maior idade dividi, porque todo mundo quer que adolescente seja preso, desde que seja os da favela, mas como se sabe que a lei bem ou mal é para todos ( a classe média e alta não se arrísca tanto quanto se imagina ). O assunto que se tornou arroz de festa em todas as rodinhas de debate, já mostrava claramente que não se sustentaria. Temos que aprender que não devemos nos deixar pautar pela oposição.Que isso sirva de alerta para alguns, nos defender sim , mas não cair em uma histeria coletiva.

Responder

Jairo

10 de outubro de 2010 às 18h21

Todo este otimismo….. gato escaldado tem medo d'agua. A classe média urbana sabe que este papo todo religioso é abobrinha e que o Serra o está usnado para chegar ao poder. Poder, que esta mesma classe quer que ele tenha. tenho dúvidas quanto a esta sua avaliação.

Responder

ruypenalva

10 de outubro de 2010 às 18h16

Se a sociedade progressista se levanta depois de um sono profundo pra dizer um basta rotundo, que bom. Estavam todos calados, mudos, como Carolina ou Eleanor Rigby na janela ouvindo e vendo o transformista Serra passar da esquerda à direita, da direita à esquerda, sem romper com a esquerda nem com a direita. E o candidato Gilette 3 lâminas: Uma lâmina faz tchan, a outra faz tchum e a outra faz tchan-tchan-tchan-tchan. Será que o Allende da mulher dele, que se mostra odiosamente retrógada, é o mesmo Allende do presidente assassinado por essa mesma direita? Se for é a subserviência ao assassino, o reconhecimento da supremacia do inimigo. Serra não vendeu a alma ao diabo, primeiro porque não tem alma, segundo porque o diabo se existisse não compraria esse refugo. Duda Mendonça criou o errôneo bordão de candidato que bate não se elege, mas se esqueceu de dizer que candidato que não se defende também. Dilma não se defendia, embora tivesse provas, evidências, dolo, tudo que precisava à disposição para enfrentar essa canalhada. Agora parece que resolveu partir para a briga, com certeza contrariando seu marketeiro, que parece com Narciso, enfeitiçado pelo seu próprio trabalho imagético. Vamos aproveitar enquanto estamos na frente para retrucar, dar o troco, atacar, desmascarar, desnudar, mostrar quem é essa turma do bem, essa turma do bem-mal-me-quer.

Responder

Franciere Menezes

10 de outubro de 2010 às 18h13

Amigo Azenha você me deixou feliz agora com essa virada. Você e poucos jornalistas que tem por ai é que fazem a diferença no jornalismo brasileiro. Estou cada vez mais enojado com a grande imprensa (vulgo PIG). Me decepcionei muito com a jornalista Maria Lydia, pois ela está fazendo o jogo Fo patrão e depois ela vem falar de ética. Ela não passa de mais uma hipócrita.

Responder

    francisco.latorre

    10 de outubro de 2010 às 18h39

    maria lydia. da tvgazeta sp.

    pode crer. triste.

    parece que chegaram no preço dela.

    ..

Inácio Alves

10 de outubro de 2010 às 18h10

Caro Azenha,

procurei bastante para tentar encontrar os dados das pesquisas, pois não acreditei na grotesca chamada do jornal. Como nordestino, me sinto desrespeitado por ser tido como ignorante e incapaz de pensar sobre qualquer assunto.
Fico me perguntando: como pode um meio de comunicação tão importante fazer tais acusações (isto para mim é uma acusação grave – de que somente nordestinos votam em Dilma).

Fico feliz em ver alguém que luta para desmascarar estes hipócritas.

Responder

Daniel

10 de outubro de 2010 às 18h09

Se o PT tem essa gravação já passou da hora de levar essa Senhora Chilena para a justiça para que prove o que disse.

Responder

Mauro A. Silva

10 de outubro de 2010 às 18h06

O que está por trás de tudo isso é chantagear os candidatos para que eles se comprometam com o ensino religioso nas escolas públicas, pagando pastores e padres com o nosso dinheiro publico para catequizar nossas crianças..

Responder

Everbrito

10 de outubro de 2010 às 18h02

Ótimo… me sinto mais leve hoje, mas ainda preocupado. Contudo, creio que a verdade vencerá.

Para os que se intitulam cristãos e, se aproveitam da fé para promover seus próprios interesses, deixo o texto Bíblico:
"Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia". MATEUS 23:27

Para os cristãos que disseminam a mentira deixo o seguinte:
"Não admitirás falso boato, e não porás a tua mão com o ímpio, para seres testemunha falsa". ÊXODO 23:1

Responder

@liapsicologa

10 de outubro de 2010 às 17h41

Oi, Azenha
O q será q aconteceu com a Soninha, q parecia ser tão progressista? Será q o dinheiro sempre fala mais alto? Pq não dá para acreditar q ela esteja com Serra e defenda um candidato q é por si, indefensável. Como as pessoas mudam, hein? Pq o Malafaia sempre foi a m…q ele é. Mas a Soninha foi mesmo uma traíra, ou está temporiamente insana.
O q me incomoda mais neste momento é a falta de mobilização do PT, da militância nas ruas. O PT está esperando o quê? Q o Serra suba mais nas pesquisas?
Essa passividade me irrita e me apavora, pq a propaganda suja e mentirosa continua e não vai ser desmentida somente pela tv. Se precisa ir as ruas, precisamos de gente q esclareça a população q deve estar muito confusa e estupefata, pois essa eleição virou uma guerra. Aqueles q tem boa-vontade, ajudem o PT na sua militância, antes q seja tarde demais.

Responder

nina

10 de outubro de 2010 às 17h22

Ufa! Que alegria Azenha, gosto de ler vc qdo. solta o verbo….vá fundo amigo..
leu o artido de Frei Betto hoje em Tendências e Debates???Fiquei aliviada em
vê-lo finalmente dizer o que sabe, o que pensa sobre a fé cristã de Lula e Dilma.
No momento isso é muito importante…concorda???

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!