VIOMUNDO

Diário da Resistência


Jornalistas experientes aderem ao crowdfunding do Viomundo
Opinião do blog

Jornalistas experientes aderem ao crowdfunding do Viomundo


02/04/2013 - 09h41

Eu? Eu não.

por Luiz Carlos Azenha

Um golpe palaciano, daqueles que se viu no Vaticano, me relegou ao papel de cuidar dos vídeos e docs do Viomundo, sob as ordens da papisa Conceição Lemes.

A boa notícia é que jornalistas experientes já se declararam dispostos a submeter projetos ao crowdfunding do site, ou seja, ao financiamento de produção jornalística livre de governos ou patrocinadores privados, bancada pelos próprios leitores.

O formato está sendo organizado por Leandro Guedes, da Café Azul.

1. Importante produtor da TV brasileira, ganhador dos prêmios Vladimir Herzog, Esso e Embratel, pretende fazer um mini-doc no Nordeste sobre uma tribo indígena em extinção ameaçada por madeireiros.

2. Autor do livro Privataria Tucana, que por enquanto pretendemos não identificar, quer saber se a modelo morta em importante escândalo político de Minas Gerais cometeu suicídio ou foi assassinada.

3. Premiadíssima repórter pretende passar alguns dias em Minas Gerais, debruçada sobre números do governo e da oposição, para avaliar se o “choque de gestão” dos governos Aécio/Anastasia de fato arrumou as finanças do Estado.

4. Premiadíssima repórter de Direitos Humanos considera viajar para o interior do Brasil e, em um mini doc, avaliar se de fato mudaram as condições de vida onde se deu um foco guerrilheiro durante a ditadura militar, além de revelar fatos inéditos sobre a repressão.

5. Experiente repórter na área de economia junta documentos e entrevistados para se perguntar: o objetivo de FHC era mesmo vender a Petrobras ou foi apenas um truque eleitoral do PT para pintá-lo de privatista? Quanto se gastou com o projeto de mudar o nome pata Petrobrax? Quem foi autor da ideia?

6. Jovens repórteres querem explicar como é possível que o veneno dos agrotóxicos termine no leite materno; quais são as outras substâncias que podem afetar desde os primeiros dias a saúde do seu bebê?

7. Repórter desempregado pretende demonstrar como um terreno da Telesp, que na verdade ainda hoje deveria pertencer ao patrimônio público (um bem reversível, ou seja, só controlado pela concessionária durante o período da concessão) foi negociado para um dos maiores empreendimentos imobiliários do Brasil.

8. Veterana correspondente internacional vai aos arquivos norte-americanos e faz, pela primeira vez em vídeo, a cronologia dos documentos que demonstram que o golpe cívico-militar no Brasil se enquadrava num plano muito mais amplo de contenção que, ao fim e ao cabo, levou à Operação Condor.

Estas são apenas algumas das dezenas de ideias que nos foram sugeridas por gente quem tem interesse especial na elucidação de determinados assuntos obscuros de nossa História, passada ou contemporânea. Obviamente haverá um processo de seleção inicial para submeter apenas quatro ou cinco à decisão dos leitores.

Vocês poderão acompanhar online os que querem ver aqueles reportagens realizadas, através de um contador de adesões.

Algumas serão em texto, outras em mini-docs e, eventualmente, chegaremos aos documentários.

Como o processo é complexo, vamos começar devagar, mas um dos objetivos finais é permitir que leitores sugiram ou façam suas próprias pautas, com o auxílio de profissionais experientes.

Seria o embrião para estabelecer no Brasil uma rede de correspondentes comprometidos com o interesse público, no modelo da GRNlive.

Leia também:

Paulo Pimenta denuncia asfixia dos blogs

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



165 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Ednaldo Vieira osta

26 de julho de 2013 às 19h55

A questão é URGENTE!Estou dentro!

Responder

Adriano Medeiros Costa

23 de julho de 2013 às 18h23

Azenha,

No Jornalismo vc é o cara!!!

Responder

Theo

24 de abril de 2013 às 08h07

Caro Azenha,

Seguem mais idéias para levantar recursos para a luta:

– venda de camisetas e outros artigos com o logo do viomundo (canecas, etc)
– venda de ebooks
– assinatura do blog
– doações
– cartão de crédito c/ anuidade revertida para a causa
– publicidade: venda anúncios para pequenas / médias empresas
– renda de eventos c/ artistas que doem tempo para a causa
– Crie marca própria de alimentos ou outros artigos (todos os seguidores comem arroz e feijão. Eles já gastam dinheiro com isso, pq não reverter um pouco p/ a causa?)
– cofrinhos em estabelecimentos comerciais dos seguidores
– rifas e leilões de objetos doados por famosos que apoiam a causa

Entre em contato comigo por email se quiser mais ideias ou ajuda para operacionalizar alguma das ideias.

Responder

Hans Bintje

23 de abril de 2013 às 15h57

É o site SÓ DESGRAÇAS.

Será que é possível deslocar algum desses “experientes jornalistas” para fazer alguma pauta positiva, alguma coisa que esteja dando certo no Brasil?

Vou citar um exemplo.

*****

Aí, Hans Bintje, essa é pra ti :)

———- Mensagem encaminhada ———-
Data: 22 de abril de 2013 03:23
Assunto: [SLEdu] Blogoosfero, uma plataforma livre e autônoma, desenvolvida de forma colaborativa por [email protected] e ativistas do movimento do Sofwtare Livre e da Cultura Digital
Para: Software Livre Educacional – Geral

http://blogoosfero.cc/fundacao-blogoosfero

Permite você criar blogs e fazer backup do blog já existente em de outras plataformas com wordpress e blogspot etcs,

O que é o Blogoosfero?

Você já teve o conteúdo do seu blog atacado ou retirado do ar, sem motivo aparente?

Foi pensando em casos como esse que foi criado o Blogoosfero, uma plataforma livre e autônoma, desenvolvida de forma colaborativa por [email protected] e ativistas do movimento do Sofwtare Livre e da Cultura Digital, que visa proteger o seu conteúdo de ataques contra a liberdade de expressão.

O Blogoosfero é uma plataforma livre e colaborativa, que surgiu a partir da necessidade de [email protected] progressistas terem um provedor seguro e confiável de serviços de blogs e de redes sociais próprios, desenvolvido a partir da cooperação entre os usuários e desenvolvedores do sistema.

Afinal, em muitos casos de denúncias de cunho público, político ou social, blogs acabam sofrendo ataques e seu conteúdo é retirado do ar, antes mesmo de qualquer averiguação ou decisão judicial em última instância.

Aqui, no Blogoosfero, o seu conteúdo só sairá do ar após passar pelos devidos processos judiciais previstos em lei, e se condenado for. Em outras palavras, o Blogoosfero respeitará os amplos direitos de Liberdade de Expressão e de Defesa, proporcionando todas as ferramentas já existentes em outras plataformas, mas garantindo a liberdade de imprensa para o usuário.

O objetivo é criar um ambiente digital, livre e colaborativo que visa contribuir para o fortalecimento das redes sociais e comunidades de [email protected] e ativistas digitais, facilitando também os fluxos de informação sobre produtos, serviços e projetos relacionados a esse público.

O Blogoosfero é um projeto de desenvolvimento tecnológico nacional que, por meio da adoção do software livre (brasileiro) Noosfero, é resultante do intercâmbio de informações e experiências entre a Blogosfera Progressista Brasileira, as comunidades de Software Livre e da Cultura Digital.

Responder

jair Brega Marcatti

22 de abril de 2013 às 18h37

Gostaria de saber a conta para depósito , já que a anunciada não funcionou.

Tentei algumas vezes sem resultado

O BB. dizia não existir tal conta.

Por favor divulguem uma conta válida ,inclusive com CPF e nome do titular, para que possa ser transferido de outro banco para o BB.

Atenciosamente

Jair Marcatti

Responder

Igor

19 de abril de 2013 às 23h58

Entrei no site hoje disposto a fazer uma agressiva contribuição a um dos temas, mas os achei muito modestos. As chamadas poderiam estar mais apelativas, os temas são da maior relevância, maso os textos dos esclarecimentos dos temas não despertam muita motivação. O tema da Rede Globo me parece meio lugar comum, dado que vídeos como Muito Além do Cidadão Keine já me deixaram meio saturado de ataques à Globo. Mandei uma mensagem com a minha sugestão de tema, fiz uma contribuição ao site (mas não ainda aos vídeos).

Responder

Joana D´Arc

19 de abril de 2013 às 17h06

Torço para que o Viomundo seja um pioneiro no desenvolvimento desse modelo de assinatura mensal.
Eu já coloquei 100,00 no crowdfunding (importa menos o nome, o sentido já é universal)para uma reportagem, mas o acompanhamento diário é muito relevante. Inclusive os maiores aplicadores poderiam vir a ser remunerados no futuro, caso os produtos jornalísticos sejam bem-sucedidos. O modelo tem que ser inovador, usar as armas financeiras para se retroalimentar. O jogo é grande e deve olhar espaços da mídia tradicional também em seus nichos, como é o caso dos jornais de metrô, de farol etc. Acho que seria muito bem-vinda uma publicação que comentasse e desconstruísse a cobertura da mídia tradicional, inclusive o rádio. Hoje ouvi absurdos de comentaristas do Estadão no rádio sobre a recontagem de votos na Venezuela, sobre o prazo dado aos advogados dos pré-condenados do mesnalão e outras absurdices de má fé e ignorância. Essa militância midiática tem que ter contraponto, os tempos são de mobilização…

Responder

Sr.Indignado

14 de abril de 2013 às 15h33

Eu não entendi muito bem esse tal de croufundi. Acho que é para a gente contribuir financeiramente (desculpem a praticidade) para lermos matérias que na mídia em geral vem embaçada, mas aqui ficaria mais clara. Achei ÓTIMO. Até me sinto mal (como outro leitor acima) por ler matérias excelentes e de boa qualidade jornalística e não pagar por elas.
Como posso pagar?
A propósito voto na opção 2.

Responder

    Sr.Indignado

    14 de abril de 2013 às 15h43

    Achei o link no canto superior direito da tela!!!

Murilo Costa

12 de abril de 2013 às 13h09 Responder

Paulo Figueiredo

12 de abril de 2013 às 11h40

Concordo,e estou disposto a colaborar!É só informar como!

Responder

Pimenta quer que Helena Chagas explique critérios de verbas para a mídia - Viomundo - O que você não vê na mídia

11 de abril de 2013 às 12h56

[…] Jornalistas experientes aderem ao crowdfunding do Viomundo […]

Responder

Theo

07 de abril de 2013 às 08h24

Tomara que o Azenha consiga fazer o projeto virar realidade. Conte com minha ajuda.

A criação de uma mídia progressista capaz de disputar espaço com a mídia da direita é o primeiro passo da luta.

Atualmente, como mencionado pelo Roberto Locatelli, a maioria das pessoas automaticamente abre o UOL, Terra, e outros portais de esgoto para saber o que está acontecendo no mundo. Sofrem lavagem cerebral e passam a defender ideias que são claramente contrárias aos seus próprios interesses.

Responder

Geralda

06 de abril de 2013 às 21h22

Estou dentro,o que vocês decidirem, a hora é esta,não deixar para depois;vamos em frente…

Responder

NEI

06 de abril de 2013 às 00h36

Caro Azenha,
também estou nessa! Sugiro voltar a uma Pauta, pressionar e cobrar do Congresso a votação do Projeto de Lei nº 6826/2010, do ex-Presidente Lula para que sejam penalizados, como criminosos, também os corruptores.
Nei

Responder

João/PR

06 de abril de 2013 às 00h24

Azenha:

Já avisei aqui em casa que o orçamento doméstico terá que comportar mais duas despesas: o crowfunding do Viomundo, e a contribuição para o fundo dos blogueiros, na conta do Barão.
Azenha, meu caro, saiba que apesar de ter passado a noite do dia 01 para 02/04 em um ônibus, ter ficado o dia todo em São Paulo, participado da reunião no Barão, e depois encarar mais 9 horas em um ônibus de volta e ter que trabalhar na quarta-feira, me sinto revigorado! Vamos à luta, porque esse país tem que ser melhor para todos! E essa luta passa pela democratização dos meios de comunicação!

Responder

benjamim marchande

06 de abril de 2013 às 00h11

Tudo certo, não ok. FUNDO PARTICIPATIVO. Em Curitiba quando os gringos chegarem vão exclamar, chegamos á nossa COLONIA DE SEMPRE. No bairro do Batel (região de milionários e zés ricos) em Curitiba.todos os prédios tem nomes ingleses. Tower Hudson, Wood, Place, Tower Diamond, etc. Nas lojas Sale, 50% out, etc. Contem comigo.
Ben

Responder

Cleo

05 de abril de 2013 às 21h07

Na minha pequena opinião, se deveria iniciar pelas coisas que estão mais à mão: Verificação de informações disponíveis no Wikileaks ainda não estudadas, análises de documentos públicos, apresentação de sistemas e informações disponibilizadas publicamente na internet, maior discussão sobre orçamento público, programas e ações governamentais, e depois expandir para coisas que exigem mais recursos.
Só lembrando: “Vamos começar fazendo apenas o necessário. Depois, a gente vai fazer o possível e, quando menos se esperar, nós estaremos realizando o impossível”

Responder

    Batista Neto

    06 de abril de 2013 às 03h58

    Tem razão. Em São Paulo mesmo tem temas muito interessantes a esclarecer, como, por exemplo, o “extraordinário” projeto de requalificação e expansão do sistema de transportes públicos denominado de “Expansão São Paulo” que anunciava investimentos de 11 bilhões de reais em 2007. Era o “sonho” dos que sofrem no transporte público e, se levado adiante, teria impactos muito positivo na redução de veículos de passeio no caótico transito da cidade. Foi alardeado com grande pirotecnia publicitária que certamente custou uma fortuna e parece que teve apenas propósitos eleitorais.

vera

05 de abril de 2013 às 20h36

Mais do que na hora! Certamente, terão o nosso amplo apoio.

Responder

Hélio Gomes

04 de abril de 2013 às 22h22

Resistir é preciso. Enquanto houver pessoas corajosas e competentes como os blogueiros sujos, haverá esperança de que as coisas nesta terra querida, poderão melhorar muito ainda.

Força e coragem

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

04 de abril de 2013 às 19h46

AZENHA, CONCEIÇÃO,

Vamos prestigiar a nossa língua portuguesa?

Sugiro que passemos a usar uma boa tradução para o termo CROWDFUNDING.

Observem que para PRODUTOS PRIMÁRIOS alguém encaixou o garboso COMMODITIES.

Pouco a pouco desnacionalizamos, também, nossa língua!

Exemplos: Fundo solidário, fundo participativo, colaboração recíproca, interesse mútuo, solidariedade em rede, rede solidária, participação em rede, rede participativa etc. etc.

Responder

    Aline C Pavia

    05 de abril de 2013 às 16h43

    Vc tem toda razão. Fundo solidário ou fundo participativo.

    Toda vez que alguém fala em anglicismo eu me recordo do Oscar onde traduzem “nominee” por “NOMINADO/A” (essa atriz foi nominada ao Oscar p.ex.) quando é tão mais simples falar indicado/a ou nomeado/a.
    E nessa caíram o Wilker e o Ewald Filho.

    Renato Santos

    06 de abril de 2013 às 13h45

    FUNDO SOLIDÁRIO !!!!

    Pois somos solidários, e não individualistas !!!
    Pois somos coletivos, e não exclusivistas !!!

    @braços de Luta !!!

Lalia Reiff

04 de abril de 2013 às 16h57

Faço QUESTÃO de contribuir! Gentileza avisar-me por e-mail quando o projeto começa.

Responder

Haroldo Cantanhede

04 de abril de 2013 às 15h40

Espero a estruturação para poder contribuir; será um prazer retribuir um pouco do tanto que descubro e aprendo aqui. Saúde e força!

Responder

Cléverson Faria Costa

04 de abril de 2013 às 09h08

Prezado Azenha.

Aguardo com sadia ansiedade a implantação do projeto para aderir. Afinal já financio o PIG, compulsoriamente,com as verbas de publicidade bancadas com dinheiro público. Tenho direito à informação e para ter acesso e esse direito é necessário contribuir.

Um forte abraço com o desejo sincero de êxito na nova empreitada.

Responder

Walfredo

03 de abril de 2013 às 23h54

Sugiro o formato de portal, com a contratação de jornalistas de esportes, lazer, cultura, etc. Assim, vamos atrair um publico leitor maior do que centramos apenas em política. A divulgação de música e artistas alternativos aos do jabá também seria ótimo. A produção de vídeos por stremimg ou mesmo hospedados seria fantástico.

Responder

    ROGER - BELO HORIZONTE

    27 de abril de 2013 às 07h17

    Excelente idéia a do portal porque atrairia uma quantidade enorme de pessoas que entrariam interessados em outra área que não a política mas que a partir daí certamente tomariam conhecimento da parte política do portal e passariam muitos a engrossar fileiras contra mídia manipuladora e golpista.

Yara Bela

03 de abril de 2013 às 22h00

Adoro uma volta por cima… Contem comigo

Responder

Márcio Martins

03 de abril de 2013 às 19h15

CREDIBILIDADE, é o que o Azenha tem de sobra, dá para confiar de olhos fechados. Onde eu ponho o número do meu cartão de crédito? Quero doar.

Responder

Márcio Martins

03 de abril de 2013 às 18h53

Fantástic…ops, isto já tem dono! Supimpa, Maravilhoso, Sensacional!!!!!! É: estão transformando um limão numa limonada! Vai ser sucesso, com certeza. É um novo paradigma jornalístico que, na crise, está frutificando. Espero que além do apoio financeiro de nós leitores, você possa contar com a colaboração dos melhores parceiros neste grandioso projeto, tipo cooperativa jornalística. Quem sabe teremos até a revista “Vi o Mundo”!

Responder

Valmont

03 de abril de 2013 às 16h54

Gostei da ideia do doc sobre a Operação Condor e sua ligação com a “Brother Sam”.

Responder

Valmont

03 de abril de 2013 às 16h49

Será um grande sucesso. Uma experiência inédita no Brasil. O renascimento do jornalismo independente.

Responder

fred

03 de abril de 2013 às 12h05

Gostei da ideia e estou disposto a destinar o que deixei de gastar em assinaturas de jornais do PIG para boas reportagens investigativas.

Responder

José Soares de Aquino

03 de abril de 2013 às 10h58

Estou pronto a derir, é só definir a forma.
Sugestao de matéria.
Porque a mídia, os grandes empresários e a maior parte do congresso nao defendem a reforma política.
Promover um debate nacional sobre os principais pontos da reforma.
– Financiamento público de campanha
– Fim das coligacoes nas eleicoes proporcionais
– Voto em lista fechada
– Unificacao das datas das eleeicoes
– Fidelidade Partidária

Responder

Carlos Roberto de Messias

03 de abril de 2013 às 08h25

Certamente, participarei da construção dessa nova via, concordo em pavimentar com alguns recursos, fico feliz em viomundo… Não liberdade sem expressão, toda liberdade é expressiva.

Responder

    Carlos Roberto de Messias

    03 de abril de 2013 às 08h27

    Não há liberdade sem expressão, toda liberdade é expressiva.

Ronaldo Curitiba

03 de abril de 2013 às 07h16

Gostaria que me enviassem um email em pvt explicando porque fui censurado ontem neste post.

Comentei sobre a compra dos votos para a reeleição.

Obrigado.

Responder

FelipeB

03 de abril de 2013 às 01h24

Azenha,

mais uma sugestão para o financiamento das reportagens.

O Flattr (http://flattr.com/) é um sistema de micropagamentos de direito autoral. Foi idealizado por um dos iniciadores do Pirate Bay. Acho que vale a pena seguir o mesmo modelo ou utilizá-lo nesse novo projeto.

Abraço e parabéns por tudo

Responder

Mauro da Silva Noffs

03 de abril de 2013 às 01h16

Parabéns a todos do viomundo!Por resistir e avançar.Gostaria de propor uma matéria sobre a qualidade da água distribuida na grande São Paulo.Quanto tem de agrotóxicos ,de produtos químicos e outros poluentes que são usados ao longo dos cursos dos rios que abastecem os reservatórios da sabesp.É possível tratar esse veneno todo?Quantos milhões de pessoas bebem essa água? A água do nosso dia a dia é tão ruim como ar da metópole? Acho que seria interessante,além do mais,com certeza a Sabesp ocupará uma boa parte da discussão para o governo de São Paulo.

Responder

José Sena

03 de abril de 2013 às 00h14

Prezado Azenha,

Um assunto que eu gostaria que fosse tratado é a razão de nós brasileiros considerarmos o nacionalismo como um tabu. Por exemplo, porque o governo não fomenta a criação de montadoras de veículos 100% nacionais e competitivas, no setor eletroeletrônico porque não fomentamos o surgimento de Apples tupiniquins, etc. Como é que um banco que recebe o nome BANCO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL, BNDES, financia, com dinheiro do FUNDO DE AMPARO AO TRABALHADOR, uma montadora estrangeira a renovar sua linha de produtos (a um custo de bilhões de reais) e não há uma única montadora nacional competitiva para receber estes financiamentos. Porque nossa elite têm este espírito de cachorro vira-lata nas suas entranhas (não há coisa mais vira-lata, na minha opinião, que o talk-show da globo, ou aquele pseudo jornalista da globonews com aquela gravatinha borboleta), será que esta elite será trocada pelas pessoas pobres que conseguiram se formar pelo prouni, pelas cotas, etc.

Lembrando, Azenha e Conceição, que minha preferência como forma de contribuição é através de assinatura com débito mensal no cartão de crédito. Não assino revistas ou TV por assinatura devido a qualidade do jornalismo destes veículos ser péssima e para ter um jornalismo de boa qualidade, como o produzido pelos blogs sujos, eu contribuo com todo prazer.

Responder

    Horridus Bendegó

    03 de abril de 2013 às 09h17

    Boas sugestões, José.

    Para quem se dispuser a explorar o tema, sugiro começar a pesquisa pelo excelente livro “Aos Trancos e Barrancos, como o Brasil deu no que deu”, do Imortal (sem fardão) Darcy Ribeiro.

    Lá, fica-se sabendo como a elite brasileira, lacaia da$ potências estrangeiras, alienou o desenvolvimento de nossa Pátria.

Fernando

02 de abril de 2013 às 23h52

Azenha,
Parabens pelo contragolpe.
Sugiro que enviem por e-mail as novidades.
Abraço.

Responder

Laure

02 de abril de 2013 às 23h29

Excelente idéia, Azenha. Os blogs sujos trouxeram valiosíssima contribuição ao debate sendo o contraponto necessário ao monopólio da tendenciosa e partidarista informação divulgada pelo PIG. Agora, com essa maravilhosa proposta de crowfunding, subimos alguns degraus para verdadeira democratização da mídia, sendo nós mesmos os formuladores e financiadores da pauta para a busca de informações confiáveis e verdadeiramente relevantes para conhecimento de todo o povo brasileiro.

Responder

Paulo

02 de abril de 2013 às 23h23

Boa Azenha! Já passou da hora de replicar a mídia hedionda e facista. Toda a força do mundo…

Responder

FrancoAtirador

02 de abril de 2013 às 23h12

.
.
Eu apelo à memória do ‘Portuga Comunista’:

Pelamordedeus, troca esse ‘cráudifíundingue’

por Patrocínio ou Apoio Financeiro Coletivo.
.
.

Responder

    Augusto G. Sperandio

    03 de abril de 2013 às 02h50

    Apoio total, ao Azenha, Conceição Lemes, e ao Franco Atirador.

Alex Furlan

02 de abril de 2013 às 22h22

Azenha o terreno da Telesp é o da Barra Funda ? Acompanhei os desdobramentos desta história de muito perto . Participei da equipe vencedora do projeto urbano . E que triste fim teve aquela região .

Responder

Jonas Aguiar

02 de abril de 2013 às 22h21

São várias ótimas propostas, e é lógico, que vou colaborar. Mas gostaria de sugerir que fosse criada uma associação de blogueiros de modo que, ao invés de fazermos pequenas contribuições à diversos blogs pudéssemos fazer uma contribuição para a associação, que administraria os recursos. Será possível??

Responder

JC SOUZA

02 de abril de 2013 às 22h01

Era o que faltava para despertar os progressistas do Brasil . Vamos abandonar as assinaturas de Folha , Veja , Globo e Estadão . Tenho certeza que muitos aqui assinam estas aberrações que se dizem democráticas e imparciais .Falta ao País uma midia progressista impressa e com força na internet . Podemos e temos condições de organizar uma grande frente de oposição a essa situação.

Responder

Sérgio José de Andrade

02 de abril de 2013 às 21h49

Assino Carta Capital, assino Caro amigos…assinaria com prazer VI O MUNDO…muito melhor do que gastar meu dinheiro com jornais facistas e perder tempo assistindo Jornal Nacional. Vida longa ao VI O MUNDO.

Responder

Artur

02 de abril de 2013 às 21h24

“Todos juntos somos fortes” (Chico Buarque – Os Saltimbancos); muito mais fortes do que os Kameis, os Mervais, os Noblats, os Azevedos e demais “rola-bosta” jamais imaginaram. Não tenho mais TV por assinatura (cancelei esta semana); náo assino mais jornais nem revistas, quer dizer, meu orçamento está livre para apoiar o projeto do Azenha. Vamu, que vamu, que ninguém nos segura!

Responder

Denise

02 de abril de 2013 às 21h18

Alvíssaras! A tristeza virou alegria. O limão virou torta de limão! Conosco ninguém podemos. Será um orgulho imenso contribuir.

Responder

Regina

02 de abril de 2013 às 21h01

Vou aderir. Mais que justo.

Responder

Luiz Aldo

02 de abril de 2013 às 20h47

Azenha, anota meu e-mail aí: quando o crowdsourcing funcionar mesmo, é só mandar a mensagem. participo, replico, multiplico, faço o possível! Esta causa é minha! Este país é meu, e não do PIG!…

Responder

Abel

02 de abril de 2013 às 20h43

O dinheiro que eu não vou dar para “O Globo” e a “Veja” bem pode ser usado para tão necessárias investigações :) Vamos em frente!

Responder

Ricardo da Costa

02 de abril de 2013 às 20h30

Azenha, já li ótimas reportagens no Jornal Brasil de Fato, Caros Amigo, Carta Capital e até em revistas vendidas, como a Veja.
Quando os transgênicos foram aprovados (erroneamente) no Brasil, só tolo não percebeu que as transnacionais Monsanto, etc, compraram deputados e senadores e até o presidente FHC.
Proponho que matérias sobre o assunto, tenham um histórico e sejam sempre apresentadas.
Quando alguém entrar, e ler sobre o assunto mencionado, terá o histórico pra se basear..

Responder

Luiz

02 de abril de 2013 às 20h10

Azenha, isso se chama virar o jogo. Parabéns. Acho que isso tem tudo para dar certo. En avant!

Responder

pretextato

02 de abril de 2013 às 20h01

Tô nessa! Vou pagar afinal já tem muito tempo que não gasto meu dinheiro nem com jornais e nem com revistas. Por um conteúdo sério ninguém vai reclamar.

Responder

JoãoP

02 de abril de 2013 às 19h58

Estou ansioso para ver tudo isso funcionando. O Viomundo turbinado cravará mais um prego no caixão do PIG…Ai, que delícia!
Reafirmando, estou pronto para ajudar a financeiramente.

Responder

cesar

02 de abril de 2013 às 19h57

Aguardo instruções.
Aliás poderia se pensar em trabalho voluntário também na organização desse crowdfunding, e também traduzir esse nome né? abs

Responder

Sérgio Pestana

02 de abril de 2013 às 19h56

Azenha, conte comigo e amigos.
Sugestão de reportagem a se somar as sugeridas pelo amigo: fazer uma reportagem sobre o SUS, sua importância, como o dinheiro destinado a amparar nossos semelhantes são desviados e/ou mal empregados pelas prefeituras. Além disso, como grupos privados se aproveitam de falhas nos controles dessa verbas para se locupletarem; e as OS’s como se comportam e seus grandes patrocinadores a ganharem rios de dinheiro à custa da saúde de nosso povo; mais, fazer um levantamento preciso sobre isenções de impostos desses grupos privados de saúde, os quais não atendem minimamente a população mais carente; e mais, por que o governo federal não tem ainda um efetivo controle sobre suas transferências às prefeituras? Por que não se faz um estudo definitivo sobre as remunerações dos médicos, enfermeiros,auxiliares de toda ordem, etc.? Afora tudo isso, devemos levantar os dados sobre os problemas sanitários que infestam as cidades grandes, médias e pequenas. São dados relevantes para nos dar um quadro fidedigno da situação da saúde no país. E as prevenções? E as medidas de contenção de epidemias, pandemias, etc. que os governos federal, estaduais e municipais devem observar e agir com rapidez e eficiência. Tenho por mim que os planos de saúde não podem ser a alternativa primordial, como querem muitos interessados em privatizar a saúde pública, mas sim complementar e olhe lá. Nosso povo sofre nas filas dos hospitais públicos. E o que dizer dos hospitais e clínicas particulares? Será que atendem perfeitamente bem as necessidades dos que podem pagar suas mensalidades exorbitantes? E os serviços prestados por estes, são eficazes? Quando estão diante de um procedimento com alguma complexidade fogem de suas responsabilidades e é preciso, então, recorrer-se judicialmente para se ter um serviço digno. Azenha, essas são algumas sugestões para enriquercer o blog e, principalmente, informar com a máxima precisão nossos companheiros de luta. Abraços.

Responder

Mariah

02 de abril de 2013 às 19h49

Se jám era bom, vai ficar ainda melhor! Maravilha!

Responder

PedroAurelioZabaleta

02 de abril de 2013 às 19h21

2,3 e 7.
e a conta bancária?
(“aqueles” bancos NÃO!
Eles querem juros, recessão e desemprego).

Responder

    Hélio Pereira

    03 de abril de 2013 às 10h38

    Concordo,principalmente que a conta não seja naquele Banco que Roberto Requião apontou como “Agência de Viagens de FHC”.

Zacarias Francisco Assis

02 de abril de 2013 às 19h16

Caro Azenha
Gostaria de participar e contribuir.
Os assuntos acima relacionados são de interesse de toda a sociedade.
Muitos querem mante-los em sigilo e que até caiam no esquecimento.
Aguardo as informações de como posso contribuir.
Um abraço.
Zacarias

Responder

Jorge Moraes

02 de abril de 2013 às 18h32

Fazer do limão a limonada. Aplaudo a iniciativa e proponho-me a ajudar, com dinheiro (algum) e com idéias (mais). A sensação de estarmos em uma esquina perigosa (perigosa sendo muito benevolente) da aventura humana na Terra, nas Américas, no Brasil, leva-me a pressentir mudanças nos ventos. Encabeçando ou não o “vi o mundo”, continuaremos a vê-lo, o Azenha e o mundo. Recusemos a barbárie!

Responder

Horridus Bendegó

02 de abril de 2013 às 18h24

URGE! URGE!

Cheguei agorinha de uma padaria aqui de Ribeirão Preto e ouvi de seu dono e três clientes a garantia de que Lula é o maior ladrão da história do Brasil; que a PETROBRAS agora é dele e que ele e Dilma só têm a popularidade que ambos têm por causa “desse povo do nordeste que recebe bolsa esmola”.

E todos de uma classe social que se julga bem informada.

Há algo de muito grave com a informação no Brasil.

Responder

jaime

02 de abril de 2013 às 18h09

É pouco todo o elogio que se puder fazer a essa atitude; seu alcance e capacidade de multiplicação para outros setores é imenso. O site do Viomundo merecia ser pago mesmo antes dessas mudanças. Está sendo aproveitada uma oportunidade que ainda não havia se apresentado, de reunir pessoas (produtores e leitores) interessadas em informação verdadeira, de qualidade. A mídia é a fundação sobre a qual se erige todo o resto da superestrutura. É aqui que você informa ou ilude, engana ou esclarece e todo o resto é consequência.
O Viomundo ainda vai dar textos para análise em concursos, testes, vestibulares.

Responder

Luciano Baia

02 de abril de 2013 às 18h06

Caro Azenha,

Demorô, como dizemos na surreal baixada fluminense, mas que faça muito barulho quando começar ! Quando podemos contribuir ? Não aguento mais o pensamento único. Quero notícias mais coloridas e que não desrrespeitem a inteligência !

Luciano Baia.

Responder

Messias Franca de Macedo

02 de abril de 2013 às 18h01

… E que tal algum(a) repórter escarafunchar os meandros da cessão de um terreno do Estado de São Paulo à Rede Globo – mais uma OBRA(!)-prima dos (des)governos tucanos!…

… E/ou ainda, perscrutar os meandros, o caráter inusitado e a (i)legalidade dos [indecorosos] habeas corpus notívagos concedidos pelo Gilmar Dantas em favor do banqueiro bandido e condenado…

… E/ou ainda descongelar (sic) a ‘neonegociata’ da filha do José (S)erra…

… E/ou empreender uma investigação hercúlea (idem sic) no sentido de localizar ‘o tal do grampo’ do – até agora – ‘grampo sem áudio'(!?) alardeado pela impoluta dupla de magistrados(?!) Gilmar e DEMÓstenes, e repercutido pelo “diligente” PIG!…

… E/ou entrevistar a filha [bastarda?!] do Álvaro Dias e desvendar a fortuna do beato rumo aos arredores do Vaticano e caçador de CPMIs!…

… Como é possível inferir, pauta é o que não falta! PQP!…

Mãos à obra!

BRASIL (QUASE-)NAÇÃO
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Yacov

02 de abril de 2013 às 17h52

GOL DE PLACA !!! É mídia de esquerda se estruturando para enfrentar os tubarões da desinformação. Aonde é que eu faço uma assinatura do novo BLOGÂO, véi ?!?!?

NO PASSARÁN!! VIVA GENOÍNO!! VIVA ZÈ DIRCEU!! VIVA A LIBERDADE, A DEMOCRACIA E A LEGALIDADE!! VIVA LULA!! VIVA DILMA!! VIVA O PT!! VIVA O BRASIL!! ABAIXO A DITADURA DO STF E MÍDIA LACAIOS & SEUS ASSECLAS!! LIBERTEM BRADLEY MANNING JÁ!! FORA YOANI !!CPI DA PRIVATARIA TUCANA, JÁ!! LEI DE MÍDIAS, JÁ!! “O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

Responder

Geraldo

02 de abril de 2013 às 17h32

Conte comigo

Responder

Geraldo

02 de abril de 2013 às 17h31

Fantástico. Excelente. Não saio mais do blog

Responder

Sávio

02 de abril de 2013 às 17h24

Caros amigos navegantes, acho que todos estão sentindo o que eu sinto neste momento: estamos vivendo um momento histórico! Provavelmente, estamos dando início a uma nova forma, talvez ainda não definida, mas nova, de informação e circulação de notícias, com credibilidade. Pelo que vejo, se depender dos leitores do blog, essa nova forma, seja qual for, já está viabilizada fincanceiramente, visto a disposição de todos em colaborar. É isso. Vamos em frente!!

Responder

Liz Almeida

02 de abril de 2013 às 17h06

Eeeita que isso vai bombar…

E os piguianos e associados piram..rs. Acho é pouco!

Muito criativa a idéia! Como leitora, farei questão de colaborar com sugestões e participar.

Abraços!

Responder

francisco niterói

02 de abril de 2013 às 16h49

O azenhao!!!!

Como um comentarista acima, eu tb estou com uma sobra ja que nao consumo mais nada da midiazona. E to doido pra gastar em jornalismo de qualidade. Falando serio, mas eu acho que a coisa pode gerar frutos muito bons.

Se do limao podemos fazer uma limonada, esse vai ser o grande exemplo de comunicaco no brasil, nao tenhamos duvidas.

Responder

Mateus Paul

02 de abril de 2013 às 16h22

Tremei conglomerado dominante dos meios de comunicação!

Responder

Gege Roussef Lula da Silva

02 de abril de 2013 às 16h12

Apoiadíssimo. Aguardo instruções!

Responder

João - Rio de Janeiro

02 de abril de 2013 às 15h30

Ueba! Vou contratar o Amaury!

Responder

Arthur

02 de abril de 2013 às 15h24

Azenha, boa tarde! Uma pauta interessante seria relacionada aos trabalhos de Miguel Nicolelis e a tentativa desesperada de um grupo de tentar manchar a imagem dele.
Porque um ex-aluno se dedica incessantemente a destruir Nicolelis? O que acontece na Universidade onde esse ex-aluno está lotado atualmente? Porque quando se questiona a conduta desse grupo todos silenciam? Quanto o governo gasta com eles? É verdade que passam boa parte do ano fora do Brasil ou viajando? Fica aí a sugestão.

Responder

Adriano Gomes

02 de abril de 2013 às 15h21

Apoiado !!! Que comecem os jogos !!

Responder

Sergio

02 de abril de 2013 às 15h01

Genial.

Parece que estamos acompanhando a criação da revista nos moldes da aquela trilogia MILENNIUM.
Pelo que percebo as histórias serão muito mais interessantes que as reportagens publicadas pelo Mikael Blonkvist na ficção. Acho que vocês não terão dificuldade em encontrar Lisbeth Salander’s de carne osso dispostas a ajudar e a leitores como eu, disposto a contribuir.rsrsrs

Até que enfim alguma coisa que vale a pena eu virar assinante!!

Alvíssaras!!

Responder

roberto

02 de abril de 2013 às 14h52

Caro Azenha, creio que essa seja a melhor alternativa para, de uma vez por todas, darmos sustentação àqueles que verdadeiramente fazem um jornalismo sério e profissional.
Contem comigo.

Responder

    Denise

    02 de abril de 2013 às 21h27

    è isso!!

Gilberto Marotta

02 de abril de 2013 às 14h23

Caro Azenha, gostei de tudo aí exposto, mas senti falta sobretudo da grande reportagem que vc disse que fará, com outros ex-colegas de Globo, sobre aqueles sinistros bastidores das eleições de 2006, 2010 e 2012. Acho que vc disse que seria um livro, certo? bem, mas nada impede que tenhamos, pelo menos, um minidoc introdutório, pra botar lenha na fogueira, não? e claro, antes de outubro de 2014! rsrsrs Muita força! Abs!

Responder

Lafaiete de Souza Spínola

02 de abril de 2013 às 14h22

Creio que algumas pessoas já notaram que dou prioridade à EDUCAÇÃO.

PERGUNTA: Seria possível que se criasse no VIOMUNDO uma área específica para a EDUCAÇÃO? Tratando de temas como:

Denúncias, análises, sugestões, como a educação é relegada e boicotada, estudo sobre como aumentar o investimento que é pífio, como organizar a gestão e dificultar os desvios, comparação com outros países, as vantagens e desvantagens da federalização, uniformidade do ensino em todo o país, preparação de professores, creches, grandes centros escolares com toda infraestrutura para uma escola em tempo integral prevendo toda logística etc.

Considero a educação a prioridade das prioridades!

Responder

Sérgio C. Franca - Piracicaba/SP

02 de abril de 2013 às 14h14

Tô dentro; pro que der e vier…
Há momentos na vida em que precisamos tomar um “baque”, ter nossas estruturas abaladas, sentir a falta de chão e acima de tudo refletir se é aquilo mesmo o que buscamos…
Para fazer florescer com mais força nosso DNA pelas verdades.
Sozinho não sou ninguém; juntos somos gigantes…

Responder

Fátima Torres

02 de abril de 2013 às 14h05

Genial!!! Já me sinto inteiramente comprometida com o projeto. Aguardo ansiosa poder contribuir.

Responder

Eton Santos Filho

02 de abril de 2013 às 14h04

contem comigo.

Responder

    Riri Farinha

    02 de abril de 2013 às 18h08

    E comigo também.

Urbano

02 de abril de 2013 às 14h01

A idéia é bem empolgante…

Responder

Caracol

02 de abril de 2013 às 13h57

Azenha:

1- Raciocine comigo: considerando que eu moralmente subscrevo o que você escreveu e que ocasionou o processo do Ali Kamel, eu também me considero réu nesse processo. Logo, devo contribuir para irmos à segunda instância (que espero, seus, digo, NOSSOS advogados já tenham providenciado). Portanto, diga aí o número da conta.

2- Voto de cara no ítem 6, o do leite materno contaminado por agrotóxicos. Essa matéria versa sobre segurança nacional.

Responder

    Sávio

    02 de abril de 2013 às 17h05

    Assino embaixo. Nós, leitores, somos corresponsáveis pelas reportagens e artigos, pois os lemos e, por óbvio, se não os lêssemos, eles não seriam escritos, não? E por isso mesmo, somos corréus no processo, pelo mesmo motivo. Nada mais justo, portanto, que a gente se mobilize para pagar o valor da condenação, se a sentença de primeiro grau for confirmada. A ver.

Euler

02 de abril de 2013 às 13h32

Boa inciativa, caro Azenha e equipe. Contem com a minha modesta contribuição para o “financiamento de produção jornalística livre de governos ou patrocinadores privados”. É hora de avançar de forma autônoma nas comunicações. Se dependermos de entidades sindicais, de governos ou partidos, quase sempre presos a conveniências e compromissos corporativos e privados (ou privatizados), não avançaremos. Parabéns, portanto, pela proposta.

Responder

Daniel

02 de abril de 2013 às 13h15

Parabéns! Cada tema melhor do que o outro,gostaria de dar uma sugestão de tema,sei que alguns vão criticar,faz parte .,gostaria de assistir um video, com a credibilidade desse blog, investigando o que aconteceu com a vida das pessoas que presenciaram os acontecimentos em Varginha .Vao me crucificar rsrs….viomundo!

Responder

raymond

02 de abril de 2013 às 13h13

Este blog ainda preserva o bom nível dos comentários.

Responder

trombeta

02 de abril de 2013 às 13h12

Não vão esquecer de mim, estou dentro!

Responder

Maria C

02 de abril de 2013 às 12h58

Onde houver alguém que sente vergonha, haverá esperança.

Sem notícias confiáveis qual será minha referência?

Não pode ser um jornal que coloca “poema” de mulher enganchada com cachorro,ou encarte “como fazer maquiagem”, como apelo desesperado de vendas.

Responder

Mari

02 de abril de 2013 às 12h52

Estou emocionada. E aqui na torcida e no apoio. O VIOMUNDO virou uma propriedade do Brasil que pensa

Responder

julio

02 de abril de 2013 às 12h49

quando teremos o numero da conta para fazer o deposito

Responder

    JOSUE MECENAS

    02 de abril de 2013 às 13h03

    Idem.

Mateus

02 de abril de 2013 às 12h42

A Globo (Ali Kamel) deu um tiro no pé ao tentar calar o Azenha. Em vez de calar os blogs, eles estão é se reinventando pra melhor. Isso é bom pra todos nós.

Responder

    LuizCarlosDias

    02 de abril de 2013 às 14h30

    Gravem noticias do dia e deixem por nossa conta ver, criticar e comentar.
    Se bem que poderia ser um de manhã, um a tarde e outro a noite, videos curtos dando noticias interessantes e verdadeiras da politicas do Brasil.
    Blogs sujos? tá limpo.

assalariado.

02 de abril de 2013 às 12h40

Acrescentaria mais um item, de nº9, com uma pergunta, que pintou na cabeça de (UM OPERÁRIO EM CONSTRUÇÃO). Aproveito para provocar a turma navegante, no intuito de construir uma mídia horizontal, ao alcance dos olhos do povo.

Quem é que vai avisar o povo?

OPA!! Mais uma interrogação.

Será que estas propostas não se chocarão com as do BlogProg?

Caminhando e cantando seguindo a canção, … Saudações Socialistas.

Responder

Elvys

02 de abril de 2013 às 12h31

Parafraseando um slogan de um “importante jornal de SP”, realmente “de rabo preso com o leitor”.
Parabens Azenha, estou ansioso por contribuir para viabilizar as materias. E tambem tenho algumas sugestoes de reportagens.

Responder

lacoste

02 de abril de 2013 às 12h20

a geografia serve…

Responder

    Elvys

    02 de abril de 2013 às 16h54

    ….em primeiro lugar para fazer a guerra – livro de Yves Lacoste. Um tostao por seus pensamentos Lacoste.

baader

02 de abril de 2013 às 12h18

fantástica saída. um embrião de algo maior, posso inferir. parabéns pela iniciativa.

Responder

Paulo Figuiera

02 de abril de 2013 às 12h17

Pensando em 2014 votaria nos ítens 2 e 3, essas informações seriam muito úteis.

Responder

    Scan

    02 de abril de 2013 às 14h16

    Assino embaixo.

    Suzy/Rio de Janeiro

    02 de abril de 2013 às 16h55

    Idem.

    Marisa

    02 de abril de 2013 às 20h34

    A vida é uma delícia! Avante Azenha, aguardo ansiosa dados para contribuir com a empreitada.

Marcelo Rodrigues

02 de abril de 2013 às 12h10

Contem comigo. Colo abaixo algumas sugestões que fiz no blog do Eduardo Guimarães:

“Como a luta pela democratização da informação é coletiva, é preciso encontrar já uma forma de institucionalizar a defesa dos blogs sujos em bloco, para que ninguém sirva de bode expiatório, para acabar com a lógica terrorista do “hoje foi o Azenha, amanhã quem será?”.

Proponho algumas idéias que talvez sejam úteis:
1. Formar uma “banca” de advogados voluntários, que atuarão conforme dispuserem de tempo e condições em cada momento, para atuarem segundo uma cartilha jurídica exaustivamente estudada. Por exemplo, a ação tramita no Rio de Janeiro e os advogados de lá estão assoberbados com a própria subsistência, então alguém de Bauru elabora a peça para os colegas cariocas juntarem ao processo.
2. Instituir um fundo com doações dos internautas, para ser usado em custas processuais e eventuais condenações. Por exemplo, 5.000 pessoas doando 10 reais por mês, em um ano tem caixa de 600 mil.
3. Botar a boca no mundo.
4. Procurar saber quem são os juízes censores, como vivem, que apito tocam, que tipo de justiça praticam. E divulgar.
5. Contra-atacar com processos.
6. Encontrar formas de afastar oportunistas e de estabelecer quais os blogueiros são dignos de serem defendidos, talvez criar uma associação com critérios claros para admissão e processo sumário e irrecorrível de expulsão. Esta associação pode ter um portal que abriga os blogs sujos (que devem permanecem independentes), inclusive sugiro que se crie a própria estrutura de hospedagem na internet para uso compartilhado.

Vamos que vamos!”

Alguns ponderam que a contribuição financeira pode esperar, pois as ações não tramitaram em julgado. Contrariamente, acho que seria interessante ter um fundo desde logo.

Responder

    Horridus Bendegó

    02 de abril de 2013 às 14h03

    Parabéns, pelas sugestões!

    Estou sentindo que sairá mesmo uma Frente Popular pela Libertação da Informação.

    Iniciemos (o quanto antes) essa Frente.

    Sávio

    02 de abril de 2013 às 17h10

    Apoiado.

    Marisa

    02 de abril de 2013 às 20h39

    Também apoio.

    leia

    03 de abril de 2013 às 05h24

    Parece que está nascendo um jornal de esquerda ? Que bom, estamos precisando. Estarei contribuindo.

Mauricio

02 de abril de 2013 às 12h07

Luiz Carlos Azenha e equipe,

Achei extremamente positiva a iniciativa e descordo apenas num ponto: que o dinheiro não será utilizado para pagar a defesa do viomundo em processos judiciais.

Sou a favor de criarem um fundo destinado apenas para esse fim. Talvez uma porcentagem dos financiamentos serem destinados para esse fim.

Estou muito ansioso pelos resultados.

Parabéns!

Deram a volta por cima da melhor forma possível!

Responder

PEDRO HOLANDA

02 de abril de 2013 às 12h02

Muito bom, muito bom… Deveriam se ´´pendurar´´ no sítio da Carta Capital e da Caros Amigos Tudo junto e misturado. Iria ser arretado.

Responder

André Almeida

02 de abril de 2013 às 11h59

Eu pago.

Responder

Carlos Lima

02 de abril de 2013 às 11h56

É isso ai, já que nos tornamos obsoletos do ponto de vista dessa “Nova Esquerda” ou seja a esquerda de direita, para não morrermos é melhor emancipar. Vamos ver quem vai sair perdendo nessa “taição” ou no mínimo esse amor platonico, se precisar meu blog está pronto para replicar. blog.calinux.com.br

Responder

Fabiano Amorim

02 de abril de 2013 às 11h50

O poder econômico da grande mídia é absurdamente grande. Constatei isso mais uma vez ao ver o programa especial “Vem aí” da Globo, em que foram chamados em torno de uns 50 cantores muito famosos cujos cachês são bem altos apenas para cantar a música de abertura. Dessa forma passam uma imagem de credibilidade, o que dá público a eles para contarem as mentiras que desejarem em seus telejornais.

A única forma de a imprensa alternativa enfrentar essa mídia tão poderosa é se unindo. Cada site e blog alternativo isolado é muito fraco. Nenhum tem força para peitá-los. Somente uma grande rede de jornalistas e blogueiros unidos é capaz de enfrentar o jornalismo da grande imprensa. O crowndfunding pode ser uma excelente alternativa. Pode ser que isso seja apenas o início de algo maior.

Uma idéia que tive seria criar benefícios para pessoas que doassem valores fixos mensalmente. Por exemplo, que doasse 50 reais mensalmente teria direito a uma publicação especial que receberia em casa. Quem doasse 500 reais por mês teria direito a algum outro benefício interessante, enfim, é bom buscarmos formas de financiar isso de forma sustentável. São só ideias. Podem ser melhoradas.

Responder

ma.rosa

02 de abril de 2013 às 11h47

Maravilhaaaaa! Também já tenho minha escolha, a de nª6. Em qual conta faço depósito?

Responder

Waldir

02 de abril de 2013 às 11h46

De cara, elejo para apoiar os projetos 2 e 3. É só dizer a conta.

Responder

Aloísio da Costa Val

02 de abril de 2013 às 11h32

Apoiadíssimo! Com colaboro? Contem comigo para o que der e vier.

Responder

Marcos L. Peixoto

02 de abril de 2013 às 11h27

Azenha pode contar comigo. Já tenho minha pauta preferida. É só falar para aonde depositar que farei isso imediatamente.
Abraço e vamos em frente.

Responder

H. Back™

02 de abril de 2013 às 11h27

Apoio qualquer idéia que venha contrapor essa indecência que é a propagação desta “verdade” que aí está. Há muito tempo, a dita opinião pública, deixou de ser pública, para ser a maneira exclusiva do modo de ver dos detentores dos meios de comunicação.

Responder

Zilda

02 de abril de 2013 às 11h26

Gostei da idéia e continuo com toda disposição e entusiasmo para participar do Crowdfunding. Essa parte do meu salário considero que será bem aplicada.Esse parto (crise)dará um bom fruto, com certeza!

Responder

Yuri Ismael

02 de abril de 2013 às 11h18

Fico feliz demais com essa volta por cima, e com uma proposta MASSA de reestruturação!

Verás que seus filhos mais valorosos não fogem à luta, ó pátria amada, e que após cada batalha, mesmo que perdida, eles se/nos/te erguem 100, 200, 500, 1000 metros pra cima!

Responder

Vera

02 de abril de 2013 às 11h14

Podem contar comigo. Quando começa a votação?

Responder

nely souza

02 de abril de 2013 às 11h13

amei

Responder

Cunha

02 de abril de 2013 às 11h10

Que tal “digibárbaros” ? Refiro-me aos povos bárbaros perante a Roma de outrora.

Responder

Apolo

02 de abril de 2013 às 11h08

Avante, Avante, Avante, pessoal do Viomundo !!!!

Responder

Alexandre

02 de abril de 2013 às 11h04

Seria bom abrir uma conta para pessoas (combatentes fazerem depósitos bancários ou transferêcias para determinada matéria ou para o geral. No entanto, continuo achando que o blog ou os blogs que tem elevado acesso diário deveriam exigir participaçāo na distribuiçāo publicitária dos governos.

Responder

Gerson Carneiro

02 de abril de 2013 às 11h01

…e alguém, em algum lugar, está sentado no chão, chorando e se perguntando: – O que foi que eu fiz?

Responder

    H. Back™

    02 de abril de 2013 às 11h44

    Bem observado! E esse alguém, também deve estar refletindo que a sua ação acabou gerando uma ótima solução para quem sofreu a injustiça.

    maria olimpia

    02 de abril de 2013 às 13h36

    Concordo!
    Apoio total!

    Sávio

    02 de abril de 2013 às 17h15

    Rsrsrsrsrs. É isso mesmo. Bem feito!

Avel de alencar

02 de abril de 2013 às 10h58

Como colaboro?

Responder

Márcia

02 de abril de 2013 às 10h55

Já escolhi minhas preferidas. E a ansiedade tomou conta do meu ser. Onde deposito os valores?

Responder

FrancoAtirador

02 de abril de 2013 às 10h46

.
.
OCCUPY VIOMUNDO

?w=640

(http://filosomidia.blogspot.com.br)

Responder

Francisco

02 de abril de 2013 às 10h44

Que tal chamar o Michael Moore?

Responder

    Fabiano Amorim

    02 de abril de 2013 às 11h36

    Na verdade o que precisamos é criar os nossos próprios “Michael Moore”.

Francisco

02 de abril de 2013 às 10h42

Está provado que vocês fazem limonada com um limão – embora quanto mais tenhamos, melhor ficará a limonada.

Ainda não entendi exatamente como vamos contribuir, mas já estou me preparando para tal.

Parabéns!

Responder

    Francisco

    02 de abril de 2013 às 10h43

    Só para perguntar: a foto acima não é a do tal da Privataria? rs

    Conceição Lemes

    02 de abril de 2013 às 10h48

    Simmmmmmmmmmmm, Francisco rsrs. Abs

Ruy

02 de abril de 2013 às 10h41

A Globo não calou, mas tudo indica que despertou um gigante!!!!! O que quero saber é se depois de concluidas as reportagens, elas poderão ser replicadas em outros blogs…

Responder

Wagner Saback Dantas

02 de abril de 2013 às 10h35

Boa idéia, gostei!

Responder

Roberto Locatelli

02 de abril de 2013 às 10h33

Sensacional!! Já era hora de a Blogosfera subir de patamar e se tornar uma referência de informação, no sentido de notícia mesmo. Mesmo nós, do campo da esquerda, quando queremos saber as notícias acabamos acessando, ig, uol, terra e outros sites que, como sabemos, são de direita e dão a visão da direita para os acontecimentos, inclusive sonegando informações.

Responder

Horridus Bendegó

02 de abril de 2013 às 10h29

CARACA!!!

Estou começando a adorar a Ação (e sentença favorável da Justiça) do kamel!

Que venham outras!

Responder

Arthur Saraiva

02 de abril de 2013 às 10h25

Vou cancelar a TV a cabo e dar meu dinheiro pra vocês.

Responder

    Francisco

    02 de abril de 2013 às 10h59

    Boa, Arthur. Eu já estou diminuindo a verba da cerveja… rsrs

    Sávio

    02 de abril de 2013 às 17h18

    Da cerveja, não, mas da tv a cabo, concordo. Já estava mesmo decidido a cancelar. Agora é que vou mesmo.

    Horridus Bendegó

    02 de abril de 2013 às 11h13

    Já havia declarado aqui (e em outros Blogs sujos) que sentia um certo constrangimento por ter acesso a tantos artigos de excelente qualidade e não pagar nada por eles.

    O meu dinheiro destinado à compra de jornais e revistas (quando os lia, antes de revelarem ser quem de fato eram. após a eleição do Presidente operário pioraram muito) ainda está à disposição para a rubrica INFORMAÇÃO E CULTURA.

    Pelo menos 10% do meu orçamento.

    Aguardando (igual a um cão de Pavlov) o Crowndfundig!

Igor Michael

02 de abril de 2013 às 10h22

Até que fim um jornalismo, JORNALISMO!!!

Responder

J Fernando

02 de abril de 2013 às 10h19

Onde puder ajudar para o blog continuar existindo, estarei presente. Acompanho o Viomundo desde quando era da globo.com. Aqui obtive muitos e muitos esclarecimentos que jamais encontraria na grande mídia.

Responder

Sergio

02 de abril de 2013 às 10h13

SIM . Muito bom

Responder

dukrai

02 de abril de 2013 às 10h09

eu só não entendo o mistério de não dar os nomes dos profissionais rs Voto no item 2 da pauta, “2. Autor do livro Privataria Tucana, que por enquanto pretendemos não identificar, quer saber se a modelo morta em importante escândalo político de Minas Gerais cometeu suicídio ou foi assassinada.” Moro aqui em BH e todo mundo sabe, a modelo foi suicidada.

Responder

    Odenir

    02 de abril de 2013 às 10h43

    Com todo respeito à modelo mas, Chorei de rir com o termo “Suicidada” kkkk

Leitor assíduo

02 de abril de 2013 às 10h01

Excelente! No que ouder, ajudarei!

Saudações humanistas!

Responder

    ROSI SOUSA

    02 de abril de 2013 às 13h05

    Estou dentro!

Edson (BH)

02 de abril de 2013 às 09h57

:)

Responder

    Denise

    02 de abril de 2013 às 21h15

    Tô nessa!


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.