VIOMUNDO

Diário da Resistência


Depois de enfiar cloroquina em seus seguidores sem comprovação científica, Bolsonaro cobra comprovação científica para vacina; vídeo
Reprodução de vídeo
Opinião do blog

Depois de enfiar cloroquina em seus seguidores sem comprovação científica, Bolsonaro cobra comprovação científica para vacina; vídeo


04/09/2020 - 15h46

Da Redação

O presidente da República Jair Bolsonaro é um pateta.

Ele passou meses dizendo que, apesar de não existir comprovação científica, recomendava o uso de cloroquina — um remédio para malária — no tratamento precoce do coronavírus.

A cloroquina pode causar efeitos colaterais, inclusive arritmia cardíaca que leva à morte.

Bolsonaro, infectado pelo vírus da covid-19, tomou cloroquina. Ele se diz o exemplo vivo da eficácia do remédio. Porém, milhões de pessoas se recuperaram da doença sem tomar cloroquina.

A maioria dos estudos internacionais diz que a cloroquina é ineficaz contra a covid, quando não causa danos ao coração.

Bolsonaro, de acordo com seu ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, fazia três eletrocardiogramas por dia durante o tratamento com a droga — um privilégio ao qual a maioria dos brasileiros não tem acesso.

Agora, no entanto, para se manter no campo dos terraplanistas anti-vacina, dentre os quais tem muitos eleitores, o presidente da República lança dúvidas sobre a eficácia das vacinas, sergundo ele “por não terem comprovação científica”.

Isso talvez tenha relação com o fato de que a Rússia desenvolveu uma vacina que já passou nas fases 1 e 2 dos testes, de acordo com trabalho científico publicado na prestigiosa revista britânica Lancet.

Tudo indica que a vacina, batizada de Sputnik, será a primeira a ser aplicada em grande escala, depois de passar pela fase 3.

Os bolsonaristas, no entanto, relacionam a vacina russa e a chinesa — em teste no Brasil — com o comunismo e o governador paulista João Doria, provável adversário de Bolsonaro em 2022.

A estupidez de um contamina outros — e vice-versa.





7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

geninho

07 de setembro de 2020 às 14h41

Sob a Lei da Gravidade qq um na pirâmide social engrossa a fila…então antes ele do que eu…

Responder

Zé Maria

04 de setembro de 2020 às 23h30

Agora que foi publicado um Estudo nos EUA
asseverando que pode haver Reinfecção,
Jair Bolsonaro vai fazer Prevenção com Ozônio
aplicado com um ‘caninho’ de 2 polegadas.
Um Santo Remédio … Cura até Homofobia.
https://br.reuters.com/article/saude-coronavirus-reinfeccao-idBRKBN25O2LT-OBRWD

Responder

    geninho

    07 de setembro de 2020 às 14h42

    Igual caxumba…volta e vem mais forte…ao contrário das afirmações

marcio gaúcho

04 de setembro de 2020 às 16h27

Bolsonaro é um pândego. Tomou cloroquina, porém com supervisão médica três vezes ao dia. É um fanfarrão e boquirroto. O Brasil é um fértil terreno para o desenvolvimento de pragas e ervas daninhas…

Responder

robertoAP

04 de setembro de 2020 às 16h15

hahahaha
Trata-se de uma anta da espécie “brochus cloroquinadea”, raríssima e em extinção por ter apenas 1 neurônio.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding