VIOMUNDO

Diário da Resistência


Caetano reclama de O Globo: “Eu esperaria mais seriedade”
Opinião do blog

Caetano reclama de O Globo: “Eu esperaria mais seriedade”


16/02/2014 - 13h59

por Luiz Carlos Azenha

O black bloc Caetano Veloso reclama da cobertura de O Globo sobre o deputado Marcelo Freixo, do Psol.

Talvez ele precise ler esta entrevista exclusiva dada ao Viomundo para entender as motivações da família Marinho.

Se o Psol divertiu-se com a destruição do PT no processo do mensalão, agora parece ser a hora da vingança.

Simpatizantes do PT se juntam à direita para uma caça às bruxas da esquerda.

Que começou pela fada.

Na reportagem A Fada da Baderna, de Veja, uma montagem colocou Sininho caminhando diante de dez mascarados que erguem uma barreira de madeira.

Sim, uma montagem fotográfica faz a moça passear diante da destruição.

“Sininho faz a ponte entre os blacks blocs e a parcela da classe política que nutre simpatia pelo grupo. Dela constam, por exemplo, os vereadores Renato Cinco e Jefferson Moura, ambos do PSOL. Eles aparecem numa planilha que circulou em grupos fechados da internet, revelada pelo site de VEJA, com os nomes de pessoas que, a pedido de Sininho, patrocinaram um “evento cultural” que ela ajudou a organizar em dezembro passado”, diz a revista.

A revista não diz que este evento foi uma ceia de Natal.

A capa da revista traz o intertítulo “a militante Elisa Quadros, protetora dos black blocs, é a chave para descobrir quem financia, arma e treina os vândalos”.

O texto, repleto de adjetivos, faz muitas ilações mas não avança sobre se de fato há gente patrocinando “terrorismo”, “arruaça” e “baderna”.

É muita fumaça e pouco fogo.

A revista não menciona nem o juiz, nem o delegado que teriam doado dinheiro à Sininho.

Sem problemas, no Facebook já corre uma foto de Sininho ao lado do delegado, a “prova” de que eles urdiram alguma trama assassina.

Dedurismo explícito.

É a criminalização por associação: quem estiver na agenda da moça, quem tiver doado dinheiro para os eventos que ela organiza, quem tiver alugado o apartamento onde ela mora está, a partir de agora, sob suspeita.

A polícia carioca vai, obviamente, fazer a festa no inquérito que apura “aliciamento” de manifestantes.

Nunca se sabe, talvez Sininho seja mesmo do barulho, mas não dá para acusá-la de ser agente do bin Laden sem provas.

Em comentário aqui, o leitor Alexandre Tambelli fez algumas observações sobre o momento político:

A Rede Globo está na dela. Fez o que sempre faz. Resolveu solucionar o problema do descontrole das passeatas com uma estratégia inteligente: vamos pautar a investigação da morte do Cinegrafista, tentar mostrar a verdade que nos convém. E colocaram o PSOL e o Deputado Marcelo Freixo como os culpados de tudo. Por quê?

Dois motivos ao menos:

1) Queimar o filme do PSOL e do Marcelo Freixo, perante o eleitorado carioca. A circunstância eleitoral de 2014 deflagrou essa necessidade;

2) Insuflar a galera do PT e da centro-esquerda para descontarem na extrema-esquerda todo o ódio guardado pela forma como ela enxerga politicamente o PT e abraçarem a ideia da velha mídia: O PSOL é formado só por radicais e porra loucas. E, as notícias que a Rede Globo e Veja publicam servem como referência para a “vingança”.

A Rede Globo precisou abandonar as passeatas e esse clima de violência por dois motivos ao menos:

1) A Copa do Mundo e os patrocinadores que não devem estar satisfeitos com esse clima de “Não vai ter Copa!”, imagina que empresas pagaram cotas bilionárias à emissora e vão arriscar ter prejuízo?
 Capitalista não entra no jogo para perder dinheiro e sim para lucrar.

2) A Rede Globo descobriu com atraso que o melhor para ela é a manutenção do PMDB no poder do Estado do Rio de Janeiro. Isso depois de queimar o filme do Governador Sérgio Cabral, depois de ajudar no rompimento da aliança PMDB/PT no Estado. O intuito era detonar a Presidenta DILMA via Rio de Janeiro e demais Estados, não deu certo. Quem ficou sem cartaz foi o Governador Sérgio Cabral. A Presidenta DILMA recuperou sua popularidade nas pesquisas subsequentes, o Governador CABRAL não.

Agora é a situação nova: dá-se apoio ao PMDB e seu pré-candidato Pezão.

Afinal do outro lado tem:

1) Lindemberg Farias do PT;

2) O Bispo Crivela dos evangélicos;

3) Anthony Garotinho desafeto antigo da emissora;

4) E Marcelo Freixo, o novo inimigo da emissora.

Agora o Governador Cabral e sua Polícia vão ser competentes e elucidar com maestria as causas da Morte do Cinegrafista da Band e vão coibir novas passeatas dos black blocks e da militância de extrema-esquerda nas ruas.

E a Rede Globo e demais mídias velhas vão aplaudir o Governador CABRAL, por conveniência política nas eleições de outubro ao Governo do Estado.

Enquanto nós das esquerdas nos pautarmos pela Rede Globo, que tem interesses diametralmente opostos aos nossos, nós não vamos vencer a batalha pela democratização dos meios de comunicação.

Também achei interessantes as observações feitas pela Cristiana Castro, no Facebook. Reproduzo parcialmente:

Não é o PT, não é o PSOL… se a gente for seguir nessa toada não sobrará um partido político. A tentativa de criminalização da política começa a encontrar alguma resistência, até que enfim. Qdo MPF/Mídia levaram PT ao banco dos réus, levaram TODA a política como conhecemos.

O PT e seus quadros mais representativos, simbolizavam todos e, foi escolhido, apenas, por ser o maior e de mais difícil desconstrução por ser governo com forte apoio popular, por manter uma militância aguerrida e por representar a possibilidade de uma política de integração e inclusão na América Latina ( junto aos demais que tb passam pela mesma situação ).

Ou seja, desconstruído o PT, o resto dos partidos viria a reboque. O espaço forjado pelo consórcio Mídia/MPF/STF não abriga partidos, militantes e representantes políticos. Não por acaso, qdo, pela primeira vez em 500 anos, a sociedade brasileira passa a sentir-se representada, explode a tese de crise de representatividade (!!!??? ); as urnas não confirmam a tal crise e as ruas mascaram uma elite que, embora sentindo-se não representada não ousa aparecer politicamente, ou melhor, a partir de máscaras tenta impôr suas “propostas” fantasiada de povo sem cara.

Eles são os sem cara, os sem partido, os não representados; atacam todas as instituições menos o judiciário, responsável por ” julgar” a política que está no banco. São o braço “popular” do judiciário. Tudo que esses grupos exigem está intimamente relacionado ao discurso dos ministros no julgamento da AP 470 e não tem nada a ver com a proposta dos partidos políticos. Até pq já partem do sem partido; detonar as eleições, voto nulo, não me representa, candidatura avulsa… ora, qual partido chancelaria esse paradoxo?

Só um partido que embora sendo partido não fosse bem um partido mas uma rede… E, o que diabos significa uma rede? Não sabemos mas a ideia é de algo que substitua os partidos tradicionais, muito embora fazendo a mesma coisa. O fato é que, no lugar de militantes, temos pessoas anônimas, no lugar de partidos temos uma ” rede” e no lugar dos políticos qq um com um discurso completamente vazio que se encaixe em qq situação sem qq compromisso.

Em suma, o fim da política (deve ser o tudo que está aí ) e o Judiciário assumindo o Estado até que se resolva o que entra do lugar da representação popular pq os “sem partido”, estarão representados pelo Poder Judiciário; quem ficará a mercê desses grupos é a maioria da sociedade que mesmo que de forma precária, está representada na política tradicional. É a retomada do poder pelas elites, com uma roupa nova; um golpe acadêmico-filosófico, ou sei lá o que é isso…

É preciso considerar também o que disse Luiz Moreira em entrevista à Conceição Lemes: o que estamos vivendo agora no Brasil é um processo de subordinação da política ao Judiciário, que passa pela desmoralização de qualquer tipo de militância. Ou, como diz a Veja, é o Brasil que se nega a “crescer” e ganhar dinheiro.

Depois de sugerir que toda ação política é corrupta, a ideia agora é dizer que toda militância é arruaceira, baderneira e terrorista.

A deslegitimação da política é ótima para preparar o terreno para salvadores da Pátria ou para “enquadrar” um eventual segundo mandato de Dilma Rousseff dentro de parâmetros que permitam a retirada de direitos sociais sem que as ruas explodam.

Pessoalmente, acredito que a destruição da esquerda “por associação” tem a ver com este enquadramento.

A resposta mais adequada seria isolar politicamente os black blocs. Ou seja, como escrevi anteriormente, os movimentos sociais deveriam seguir a linha do MST e se afastar das manifestações contra a Copa.

Leia também:

As dúvidas sobre o advogado dos indiciados por homicídio





57 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Chavez

14 de outubro de 2017 às 01h06

Necesita una suma definida en un tiempo determinado; El préstamo personal clásico permite la compra de un bien, el pago de una factura: ¡todo es imaginable!
El préstamo personal clásico es la solución para ocasiones únicas y situaciones excepcionales.
El préstamo personal clásico está destinado a las personas que residen en Francia, Bélgica y que reciben ingresos regulares entre 1000 € a 1000000 €.
NB: las personas jubiladas también se ven afectadas

VENTAJAS DEL PRÉSTAMO PERSONAL CLÁSICO

Usted elige el monto a pedir prestado, la duración del crédito, así como los pagos mensuales que se deben pagar: ¡no hay sorpresas desagradables!
La tasa de interés se fija directa y definitivamente.
La cantidad de dinero se paga en su cuenta actual de forma inmediata y de una sola vez: ¡tiempo ahorrado!
Puede realizar la compra que prefiera o satisfacer todas sus necesidades: no es necesaria una justificación de uso.
¿Buscas un préstamo personal clásico con nosotros?

contáctenos:

Nuestros asesores están ahí para ayudarlo a obtener su préstamo.

comente sobre seria seriedad

Responder

Desmascarando as caras de pau.

20 de maio de 2014 às 16h57

Este post nada tem a ver com o texto. Foi o local possível para comentar o post que segue sobre roqueiros neoconservadores em outro site:

“””O projeto de regulação da mídia seria a salvação dos roqueiros para que se volte a ouvir na mídia uma maior diversidade de rítmos musicais (hoje dominado pelo sertanejo), mas o projeto é acusado injustamente pelo Lobão de ser uma tentativa do PT de censurar a imprensa.”””

Em minha modesta opinião estes músicos são preguiçosos e revoltados.
Estavam acostumados a ocupar um espaço só deles. Nunca foram muito criativos. Nem fizeram grandes investimentos em melhorias. Pretem atenção nas batidas de suas – a maioria – baterias. Parece ou são coisas de garagem mesmo. Aquelas batidas secas nos discos.

Nunca fizeram pesquisa de mistura de som. Não imitaram Luiz Gonzaga em inovações. Nunca fizeram um rock Olodum.
A melhor coisa de Skank é um reag. Curtiram o couro até gastar.

Agora é só internet. E a massa idiotizada, mas tem ouvidos, ouve qq baladinha americana e baba. Lá os caras passam o inverno estudando, e só às vezes e só alguns usando drogas. Misturam elementos. Ouvem música brasileira e todas do mundo. Copiam também. Inventam.

As bandinhas daqui querem continuar enrolando trouxas e já não é possível. Salva-se um Oswaldo Montenegro que experimenta. (por que não vai pras rádios? Sem inglês não tem charme? )

No mais é imitação de banjos, traduções sem citações, cópias baratas, cantos gemidos e letras melecas. Se forem novidades, ainda com essa qualidade têm público, mas se forem batidos……jamais.

Responder

mario dantas

24 de fevereiro de 2014 às 17h44

conclusão ,Caetano é um babaca !!

Responder

Elder

17 de fevereiro de 2014 às 22h58

Depois de ler e ouvir as opiniões sobre o julgamento da AP 470 dos dirigentes psolistas Chico Alencar, Plínio de Arruda Sampaio,Ivan Valente e, principalmente,Randolfe Rodrigues descobri que o psol é um partido que se fundamenta no trotskismo-cristão-udenista. A covardia desses senhores diante da situação de companheiros de outrora como Genuíno, por exemplo, foi constrangedora. A oposição que fazem ao PT é irracional,neste mundo redondo que vivemos querem tanto estar à esquerda que passam andar coladinhos à direita. Aí que mora o perigo, pois enquanto são úteis aos interesses da direita está tudo bem, mas quando perdem essa condiçao tomam porradas do mesmo jeito que o PT. Não sei quem é mais oportunista.

Responder

Ana Virgilio

17 de fevereiro de 2014 às 19h01

Eu queria ver uma nova foto do Caetano, com o rostinho enrolado, como um black bloc, com ele fez, nas primeiras “manifestações. Ultimamente, o grande compositor Caetano não está dando uma dentro: já se queimou com o Procure Saber, levou uma rasteira do Rei, que desdisse tudo que tinha dito e agora com o apoio aos mascarados, criados e mantidos (enquanto o bicho não pegava) pela Globo.
Caetano, meu rei, saiba envelhecer, sem tentar dar passos maiores que suas pernas e se abstendo de entrar em polêmicas, pois vc tem perdido todas

Responder

abolicionista

17 de fevereiro de 2014 às 18h51

O nível dos comentários anti-Caetano aqui do site está baixíssimo. Comentários preconceituosos como esse apenas dão mais razão ao Caetano, que, como intelectual provocador, de fato apontou o conservadorismo recalcado ainda presente em largos setores da esquerda brasileira. O reacionarismo enrustido, machista, recalcado, conservador, que acha que prostituição é defeito de caráter e que artista não tem direito à opinião política, está aí para quem quiser ver. Também presente na esquerda, infelizmente.

Parabéns ao Caetano, que usa a palavra, essa faca só lâmina, como dizia João Cabral, para arrancar as vestes imaginárias do conservadorismo reinante na sociedade brasileira, rei que nunca esteve tão nu.

Responder

Paulo Bicudo

17 de fevereiro de 2014 às 17h57

O Caetano tem mais é que fechar a matraca e soltar a franga no carnaval e cantar éo que ele sabe pois o resto é o resto é o resto do resto…..
Vai compondo e cantando que é melhor assim mesmo está precisando caprichar mais nas novas composições que por sinal dos velhos tempos já não são mais aquelas e está vindo cada merda cada vez pior para os ouvidos de quem gosta de belas musicas,vai caprichar nelas que voce ganha mais o boca aberta e passe bem!!!!!!!!!!!

Responder

Carlos Lima

17 de fevereiro de 2014 às 17h46

Nossa, Li no Blog Amigos do presidente que Joaquim Barbosa disse para uma Revista semanal não citada que “o PT só tem bandidos”. Se o presidente do STF disse isso não pode julgar nada do PT já são todos considerados bandidos, portanto já condenados. Que resposta a PT, a OAB dará ao Sr. Barbosa por tamanha “chucresa”. Isso é digno de “bacurais”.

Responder

Paulo Bicudo

17 de fevereiro de 2014 às 17h37

O Caetano é inteligente para composições e cantar,mas para esta de políticos é nota zero.Hoje não existem mais tolerâncias como tempos atrás em que vc apareceu em São Paulo com vários bahianos da sua turma e de noite sentavam quando não na Pça da República ficavam alí em frente a Galeria Metrópole)eu tinha na época uma boate alí) e ficavam fumando suas maconhas e ninguém pertubava voces.O Brasil mudou seu Caetano portanto limite-se a fazer o que vc sabe que é compor e cantar………….

Responder

    abolicionista

    17 de fevereiro de 2014 às 19h17

    O Brasil mudou, é fato. Mas algumas coisas continuaram iguais. Aliás, continuam na mesma desde a Colônia…

Edmilson

17 de fevereiro de 2014 às 16h42

Caetano parece aquele cara que casa com uma mulher retirada de um bordel e tempos depois reclama de ter sido “depenado” e traído…

Responder

Maria Izabel L Silva

17 de fevereiro de 2014 às 16h35

A “hora da vingança” consiste em deixar o PSOL enfrentar a malediscencia e a patifaria da Globo, como nós enfrentamos sozinhos, todos os dias, SEM A SOLIDARIEDADE DELES. Pelo contrario. Avaliam o governo de Dilma como sendo pior do que o do general Medici.E são aliados do DEM e do PSDB na midia e no Congresso. Agora o PIG se voltou contra eles. Eu também não entendo por que. A midia sempre os tratou como “bucha de canhão” das “manifestações” de junho. Agora querem acabar com eles?? E sou eu que vou me meter nesse tiroteio? Nem pensar. Por mim eles que resolvam sua relação com o PIG.

Responder

Bonifa

17 de fevereiro de 2014 às 16h03

Caetano dá a vida por uma futrica como esta. Mas querem encarar a Globo com toda a seriedade, falar dela como alguém importante que está decepcionando só um pouquinho, sem querer, francamente. É ser pior que a Globo.

Responder

Patrícia Campos

17 de fevereiro de 2014 às 14h56

Depois de tudo que a Globo fez o Cabral nos últimos anos de governo, tentando desestabilizar a situação, ainda tem gente como o Garotinho que quer colocar os dois juntos no mesmo barco. Não dá pra acreditar que exista uma real ligação entra a emissora e o governador. É um pouco loucura acreditar em “revolucionarismo” aqui no Brasil, especialmente o de esquerda. Política no Brasil é altamente conservadora e tolo será o que não observar isso. Até mesmo os grandes partidos de esquerda estão assumindo esse conservadorismo como foi o caso do PT quando chegou ao poder com Lula.

Responder

Carlos Lima

17 de fevereiro de 2014 às 10h44

A coisa esta tão estranha que um palpiteiro esportivo do ESPN, no programa BATE BOLA do domingo no início da noite falou sobre a vergonha de “gastar dinheiro público” com atletas nas olimpíadas de inverno, por causa de uma acidente nos treinos das brasileiras na modalidade BOBSLED, que aliás vários outros países que tem neve sofreram acidentes até mais graves que as brasileiras em que ninguém se machucou e elas irão continuar a competir, ele citou o filme “JAMAICA ABAIXO DE ZERO” para menosprezar os atletas e ainda no uso verborragia disse que os nossos atletas treinavam em “CARRINHOS DE SUPER MERCADO” numa completa humilhação para com os atletas que foram representar o nosso país. É uma vergonha de como os pseudos jornalistas esportivos estão tentando acabar com o esporte nacional para atingir o governo, se na sua ótica que não tem neve não pode participar da olimpíadas de inverno, então que tem neve não poderia participar das olimpíadas normais, assim sendo esse pobre jornalista esportivo mostrou total desconhecimento do que comenta e o faz ganhar seu salário. Porém esse mesmo jornalista não disse nada, quando esse mesmo ESPN transmitiu os X GAMES que também recebeu dinheiro público para realizar os jogos no sul do Brasil. E ao abrir seu blog na pagina do ESPN com surpresa um Banner da CAIXA FEDERAL que também é dinheiro público. Para eles podem, para os atletas não. É esse o tipo de jornalista que permeia e “divagueia” pela mídia brasileira. Nota zero para este bobo da corte.

Responder

    Bonifa

    17 de fevereiro de 2014 às 16h00

    Querem isolar o Brasil. Tudo se pode defender em nome da pobreza não assistida. Aqui sim, mas nunca nos Estados Unidos, por exemplo, onde a pobreza desassistida está aumentando a passos largos. Até o fechamento de embaixadas para não gastar dinheiro à toa, os defensores hipócritas da pobreza desassistida podem começar a exigir. E o fim dos gastos com o cinema, vão exigir também. Para que fazer cinema, se podemos importar filmes americanos excelentes muito barato? O dinheiro destinado ao cinema iria, segundo os golpistas, “para a construção de hospitais”. O Brasil segundo eles não pode ter copa, não pode ter cinema, não pode ter embaixadas em todos os países. Nasceu para ser capacho.

Jose C. Filho

17 de fevereiro de 2014 às 09h40

Desmoralizar os políticos e militância de esquerda; prioridade da mídia fedorenta e direitona golpista visando arrancar o PT do governo em 2014. Difícil será rotular o judiciário como “mocinhos salvadores da pátria”. Afinal, quais exemplos de moralidade poderemos listar nas ações de Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes?

Responder

Aline C. Pavia

17 de fevereiro de 2014 às 09h16

PSTU, PSOL e PCO são “extrema-esquerda”?
Piada da década.

Responder

Mauro Assis

17 de fevereiro de 2014 às 09h11

Caetano, que ultimamente apoiou a censura e a violência posando de mascarado black-bloc agora vem defender o Freixo. Fato é que existe uma declaração por escrito do advogado e do estagiário dizendo que a Sininho entrara em contato com eles oferecendo ajuda em nome do Freixo, que inclusive confirma isso. Ele alega que o contato aconteceu porque a Sininho ficou preocupada com a possibilidade dos rapazes serem torturados. Se toda vez que alguém for preso no Brasil alguém fosse interceder por ele em delegacia por medo de maus tratos, o Freixo não faria outra coisa a não ser ficar em porta de cadeia.

Caetano apenas tenta marcar posição ao lado de sua turma, depois dos tiros no pé recentes.

Responder

    Abolicionista

    17 de fevereiro de 2014 às 09h45

    Eu sei que o Caetano é uma figura politicamente contraditória, mas onde ele apoiou a censura? Poderia dar mas informações a esse respeito?

    abolicionista

    17 de fevereiro de 2014 às 14h13

    Ah, era uma referência à questão das biografias. Ele errou feio nessa, mas não foi só ele, né? Foi um grupo de artistas. O Chico Buarque estava nessa também. E tanto ele quanto o Caetano voltaram atrás:

    http://www.purepeople.com.br/noticia/caetano-veloso-volta-atras-e-agora-e-a-favor-das-biografias-nao-autorizadas_a12922/1

    Acho que todos nós estamos sujeitos a esse tipo de equívoco, que tem de ser reconhecido, claro. Eles alegaram que estavam defendendo os direitos dos artistas à vida privada. Erraram feio, claro. Mas reconheceram. O problema é dizer que, por conta disso, Caetano e Chico são a favor da censura. Isso é macartismo de esquerda, como disse o Azenha. Essa não é a posição que eles sustentam. É só perguntar para qualquer um deles.

    Que o Caetano seja uma figura contraditória (ao contrário do Chico, que é quase sempre muito coerente), concordo, mas dizer que ele defende tortura me parece totalmente descabido. Aliás, uma das coisas que sempre me incomodou entre a esquerda (e eu me considero de esquerda) foi esse clima de perseguição, sectário. Acho que o Caetano é uma figura muito inteligente e provocadora. Elegê-lo como alvo é apenas cobri-lo de razão.

Silas

17 de fevereiro de 2014 às 06h35

Quanto à assistir ou não a globo, eu acho que se não assistir como vai se fazer o contra ponto?

Responder

Avalos

17 de fevereiro de 2014 às 04h48

Se a globo mostrar a sininho sem oculos escuro, voces terão uma bela surpresa, ao que parece, colocaram a foto de uma outra pessoa no lugar da sininho, é coincidencia demais, ou a sininho é gemea de uma celebridade.

Responder

Indignado

17 de fevereiro de 2014 às 04h39

O caetano foi o “BOBO UTIL” utilizado por acm para se eternizar no poder na Bahia, espertamente o acm viu que o sujeito era um deslumbrado, e o fez o imperador do carnaval na Bahia, assim o carnaval que era de 03 dias, passou para mais de 08 dias, e muitos outros deslumbrados e deslumbradas surgiram, a exemplo do carlinhos, ivete e etc, assim o acm consegiu alienar gerações inteiras com o circo do caetano, carlinhos ivete. O carnaval da Bahia (Salvador) é uma verdadeira tragedia para o povo baiano, o governo do estado gasta em 08 dias de carnaval, mais que todo o orçamento com a educação em 01 ano, segundo informação da propria imprensa, que tambem se beneficia dessa “IMORALIDADE”, os “BOBOS E BOBAS UTEIS”, estão milionarios, e um povo “IDIOTIZADO” e pobre, e se um governante serio acabar com a “IMORALIDADE CARNAVALESCA”, não mais será eleito, nem sindico de predio, por isso, a imoralidade tem que continuar, porque senão o grupo do acm voltará com mais força ao poder, e aí adeus “LIBERTAÇÃO DO POVO BAIANO”, só com a aposentadoria do caetano, carlinhos, ivete e outros, os baianos enganados abrirão os olhos para a realidade, “CONHEÇAM AS FAVELAS DE SALVADOR”…….

Responder

Conectado

17 de fevereiro de 2014 às 04h16

A sininho é parecidissima com uma atriz da globo, e agora como fica as atrizes que mandaram o povo irem para essas badernas?, sempre desconfiei desses “FALSOS” manifestantes, como pode pessoas que nunca utilizaram transporte coletivo irem protestar contra o reajuste do transporte coletivo, naquelas manifestações de junho passado, dava para se notar que 90% dos manifestantes não eram usuario de transporte coletivo, e porque aquelas manifestações só aconteciam no final da tarde?, a resposta é simples, eles queriam incitar as pessoas que utilizam o transporte coletivo, a depredar os onibus, e no dia seguinte não ter onibus para ir ao trabalho ou a escola, e porque usavam mascaras, agora a mascara caiu, eram apenas baderneiros sim, e o PSOL e o PSTU que deu apoio, agora está sendo criminalizado pela globo, quem mandou se juntar ao diabo, agora aguente.

Responder

    Leo V

    17 de fevereiro de 2014 às 11h26

    Dá para notar que quem nunca usou transporte coletivo deve ser você.

    leprechaun

    17 de fevereiro de 2014 às 14h44

    quer dizer que vc estava em casa nas manifestações de junho? petista detected

Adilson

17 de fevereiro de 2014 às 02h09

Assim como JB e Gilmar Dantas se merecem, o PIG e o Caetano se merecem, razão pela qual perdi a admiração pelo artista Caetano e nunca mais sintonizo minha TV nas emissoras dos Marinhos.
Perdi a admiração pela artista não pelas suas posições e escolhas políticas, mas pela sua incoerência, que é mais uma vez demonstrada com essa reclamação, eis que do Globo pode se esperar tudo…menos jornalismo com seriedade, imparcialidade e responsabilidade. É bom lembrar que até ontem o Caetano era frequentador daquele antro de podridão, se toca meu camarada, reclamar da própria comida que um dia te alimentou, é o cúmulo da hipocrisia.

Responder

Valdci Elias

17 de fevereiro de 2014 às 00h21

Eu fico na duvida, se o objetivo é desmoralizar o poder legislativo e prepara o caminho pra volta da Ditadura ? Ou se objetivo é dividir o país e levar a uma guerra civil?

Responder

nigro

16 de fevereiro de 2014 às 23h08

Cara é gatinha essa Sininho. Mas fica por aí. É lixo e merece ser tratada como tal, junto com seus colegas e intelectuais de araque (Caetano e outros).

Já que vocês não gostam de conclusões precipitadas ou por associação, poderiam apagar metade do texto pois basicamente há apenas suposições. A não ser que tenham bola de cristal para ler a mente do Kamel e dos marinho.

Longe de mim defender a Globo. Mas sejamos coerentes.

Responder

    Leo V

    17 de fevereiro de 2014 às 11h28

    Exatamente por qual motivo ela é “lixo”?

    abolicionista

    17 de fevereiro de 2014 às 12h33

    Acho que você conseguiria defender sua posição sem apelar para a baixaria, meu caro. Dizer que alguém “é lixo e merece ser tratado como tal” é apelar, sinto muito. Tente argumentar mais e usar uma linguagem menos violenta nos comentários, quem sabe você começa a fazer sentido?

    Além disso, defender que seres humanos merecem ser tratados como lixo (sem nem explicar por que) não condiz com um dos princípios democráticos fundamentais da Constituição de 1988, o da “dignidade da pessoa humana”. Fora o fato de que ofensa pessoal é falácia, “argumentem ad hominem”.

FrancoAtirador

16 de fevereiro de 2014 às 22h04


(Foto: Armando Paiva/Fotoarena/Estadão Conteúdo)*

A foto original de Sininho, a Fadinha de Copacabana,

que foi ‘remasterizada’ no ‘photoshop’ da Revista Veja.

O Grupo Abril virou uma associação de Naspers com Fox.

*(http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/02/sininho-presta-depoimento-em-inquerito-sobre-morte-de-cinegrafista.html)
.
.

Responder

    Luiz Carlos Azenha

    16 de fevereiro de 2014 às 22h13

    Boa, FrancoAtirador.

Isidoro Guedes

16 de fevereiro de 2014 às 21h50

CORREÇÃO: Dizia-se no início dos anos 1960 (antes dos famigerado golpe militar de 1964) que “a esquerda só se une na cadeia…”. Hoje parece que o ditado ainda está em voga. O PSOL se deliciou com a criminalização do PT e a condenação dos petistas no processo do “mentirão” e se perfilou junto com a direitolândia nesse episódio, pensando em tirar proveito político disso…
Pobres coitados! Os psolistas esqueceram-se que a desmoralização do PT é a desmoralização de toda esquerda, e que desconstruindo-se e criminalizando-se o PT (que é o principal partido do campo popular) fica bem mais fácil desconstruir-se os nanicos PSOL, PSTU, PCO… De muito barulho, mas pouca representatividade…
Agora o PSOL comete outro ato falho. Flerta com os revoluciotontos dos black bobocas… Era a deixa que a direitolândia (e sua mídia serviçal) tanto queria… De um lado vendem a imagem do partido do governo (trabalhista), o PT, como uma espécie de “sucursal da corrupção”. De outro vão vender a ideia de que o resto da esquerda não presta, é pior ainda, pois “financia” e participa de atos de “vandalismo” e até de “terrorismo”.
Resumo da ópera: nenhuma esquerda presta ou é confiável. E enquadram todos (da esquerda) no mesmo saco: o do “comunismo” – que eles primeiro diziam ter acabado, mas que agora ressuscitaram por conveniência sob a alcunha de “chavismo”.
Para o PSOL que fique a lição do velho e sábio Leonel Brizola: “quem com o demônio (da direita) se junta, com o demônio fica” e por esse demônio será engolido. É o que está acontecendo não apenas com o PSOL, mas também com o PSTU, que é rotulado à esquerda e à direita como um partideco ou um ajuntamento de porra-loucas (ainda que a turma do PSTU não tenha se lançado nos braços dos black bobocas).
A direitolândia usa esses revoluciotontos como inocentes uteis, lança-lhes elogios de crocodilo ou de hiena através de sua mídia serviçal e depois puxa-lhes o tapete, bem no momento em que eles acreditam que estão abafando. Que estão se tornando a “vanguarda revolucionária” da sociedade.
É bom que esses revoluciontos entendam que pra direitolândia esquerda boa é esquerda aniquilada. E que ao invés de se preocuparem tanto com o PT, deveriam se preocupar bem mais com os inimigos ideológicos que estão do outro lado da trincheira.
Não que não possam divergir do PT e até fazer-lhe oposição pela esquerda. Mas fazer oposição com os mesmos argumentos da direita e deixar-se encantar pela mídia direitista (por ingenuidade ou “esperteza” de maluco) é candidatar-se ao prêmio de idiota do século.
O PT pode até ser um adversário, mas jamais será um inimigo dos revoluciotontos. O mesmo não se pode dizer da direita, que lança o bote e depois, na primeira oportunidade destila seu veneno. Esta sim é mais do que adversária, é inimiga política e ideológica.
Que PSOL e PSTU aprendam isso o mais urgentemente possível (ainda há tempo…), antes que aprendam da pior forma possível. Como a esquerda dos anos 1960 e 1970 teve que aprender, com milhares na cadeia (muitos torturados e mortos), e quase aniquilados politicamente.

Responder

    Bode do Lula

    17 de fevereiro de 2014 às 05h06

    [ Para o PSOL que fique a lição do velho e sábio Leonel Brizola: “quem com o demônio (da direita) se junta, com o demônio fica] Logo Brizola que queria que a dita dura acabasse como o imposto sindical e destruir no berço quem estava nascendo como a melhor esquerda do mundo? Não era Brizola que dormia no sofá do Tumão?

Luís Carlos

16 de fevereiro de 2014 às 21h50

O melhor e mais lúcido post dos últimos meses. Ótimos comentários do Tambelli, da Cristiana e fechamento do Azenha certeiro. O Caetano?? Não prejudicou o conjunto.

Responder

Isidoro Guedes

16 de fevereiro de 2014 às 21h46

Dizia-se no início dos anos 1960 (antes dos famigerado golpe militar de 1964) que “a esquerda só se une na cadeia…”. Hoje parece que o ditado ainda está em voga. O PSOL se deliciou com a criminalização do PT e a condenação dos petistas no processo do “mentirão” e se perfilou junto com a direitolândia nesse episódio, pensando em tirar proveito político disso…
Pobres coitados! Os psolistas esqueceram-se que a desmoralização do PT é a desmoralização de toda esquerda, e que desconstruindo-se e criminalizando-se o PT (que é o principal partido do campo popular) fica bem mais fácil desconstruir-se os nanicos PSOL, PSTU, PCO… De muito barulho, mas pouca representatividade…
Agora o PSOL comete outro ato falho. Flerta com os revolucioto ontos dos black bobocas… Era a deixa que a direitolândia (e sua mídia serviçal) tanto queria… De um lado vendem a imagem do partido do governo (trabalhista), o PT, como uma espécie de “sucursal da corrupção”. De outro vão vender a ideia de que o resto da esquerda não presta, é pior ainda, pois “financia” e participa de atos de “vandalismo” e até de “terrorismo”.
Resumo da ópera: nenhuma esquerda presta ou é confiável. E enquadram todos (da esquerda) no mesmo saco: o do “comunismo” – que eles primeiro diziam ter acabado, mas que agora ressuscitaram por conveniência sob a alcunha de “chavismo”.
Para o PSOL que fique a lição do velho e sábio Leonel Brizola: “quem com o demônio (da direita) se junta, com o demônio fica” e por esse demônio será engolido. É o que está acontecendo não apenas com o PSOL, mas também com o PSTU, que é rotulado à esquerda e à direita como um partideco ou um ajuntamento de porra-loucas (ainda que a turma do PSTU não tenha se lançado nos braços dos black bobocas).
A direitolândia usa esses revoluciotontos como inocentes uteis, lança-lhes elogios de crocodilo ou de hiena através de sua mídia serviçal e depois puxa-lhes o tapete, bem no momento em que eles acreditam que estão abafando. Que estão se tornando a “vanguarda revolucionária” da sociedade.
É bom que esses revoluciontos entendam que pra direitolândia esquerda boa é esquerda aniquilada. E que ao invés de se preocuparem tanto com o PT, deveriam se preocupar bem mais com os inimigos ideológicos que estão do outro lado da trincheira.
Não que não possam divergir do PT e até fazer-lhe oposição pela esquerda. Mas fazer oposição com os mesmos argumentos da direita e deixar-se encantar pela mídia direitista (por ingenuidade ou “esperteza” de maluco) é candidatar-se ao prêmio de idiota do século.
O PT pode até ser um adversário, mas jamais será um inimigo dos revoluciotontos. O mesmo não se pode dizer da direita, que lança o bote e depois, na primeira oportunidade destila seu veneno. Esta sim é mais do que adversária, é inimiga política e ideológica.
Que PSOL e PSTU aprendam isso o mais urgentemente possível (ainda há tempo…), antes que aprendam da pior forma possível. Como a esquerda dos anos 1960 e 1970 teve que aprender, milhares na cadeia (muitos torturados e mortos), e quase aniquilados politicamente.

Responder

lulipe

16 de fevereiro de 2014 às 19h28

Parafraseando o “filósofo” Romário, Caetano calado é um poeta!!!

Responder

    abolicionista

    16 de fevereiro de 2014 às 23h22

    lulipe, recomendo que você faça algumas sessões de análise, esse seu temperamento anal está se tornando patológico, meu caro.

    Marcus Vinicius

    17 de fevereiro de 2014 às 08h59

    Abolicionista, esse aí de cima exala o fedor da “má-fé” mesmo !!

Igor

16 de fevereiro de 2014 às 19h27

Azenha, só não entendi vc achar que a esquerda deve se afastar de manifestações críticas à Copa.

A Copa do Mundo não é um evento bancado só pelo governo federal. Diversas instâncias do Estado brasileiro estão comprometidas com os interesses em torno da Copa. Um Alckmim, um Aécio, um Cabral não estão isentos de responsabilidade nesta questão. As críticas à Copa não são, portanto, críticas ao governo Dilma, mas à atuação do Estado Brasileiro em geral (o congresso que votou a Lei Geral da Copa, o Judiciário que fecha os olhos para as inconstitucionalidades e arbitrariedades aí embutidas, as câmaras de vereadores por isenções tributárias etc.).

Como dizer para a esquerda esquecer e abandonar lutas por direitos que estão sendo violados em nome deste Mega Evento?
Vou falar pelo Rio de Janeiro: Como deixar pra lá o fato de que milhares de moradores pobres estão sendo removidos de suas casas? Que trabalhadores ambulantes serão proibidos de exercer sua profissão, uma vez que os entornos dos estádios serão territórios exclusivos da FIFA? Como não criticar o investimento de 2 bilhões de reais em um aparato repressivo que servirá para calar as manifestações e depois a ser utilizado nas favelas e periferias? O 1,5 bilhão gasto pelo governo Cabral na reforma da Maracanã seguido de uma privatização para a Odebrecht que não traz de retorno para o Estado em 35 anos nem 20% do dinheiro?

Enfim… há uma série de questões que são levantadas pelos movimentos críticos à Copa que não são reivindicações coxinhas abstratas, mas problemas concretos, bandeiras históricas da esquerda e que não podem ser deixados de lado, sob o risco de que, aí sim, sejam manipuladas pela direita.

Responder

Francisco

16 de fevereiro de 2014 às 19h13

Quem abraça o DEMO, vai ao inferno…

Responder

Gerson Carneiro

16 de fevereiro de 2014 às 19h06

Ah, daqui a pouco Caetano será convidado para o “Esquenta” da Regina Casé e o calundu passa.

Isso aí é só porque O Globo mexeu com o “brotinho” do Caetano.

Responder

Flavio Lima

16 de fevereiro de 2014 às 18h30

Azenha, gostei da conclusão do artigo. Mas defender o psol, sinto muito. Minha energia política não vai ser gasta aí. Deixa que eles experiemntem um pouco do veneno que tem nos servido desde 2005, oportunisticamente. Que, sabe eles amadurecem um pouco.

Responder

Edgar Rocha

16 de fevereiro de 2014 às 17h47

Até que enfim,caiu a ficha. Ou, ao menos, começa a cair. O texto do Azenha, enquanto conjunto de referências a outros posts, revela que o frissom gerado pelos movimentos mascarados, aos poucos vem ganhando o significado que muitos desconfiavam ter (e agora, Lincon Secco?). E o oportunismo – igualmente danoso – de quem apoiava esta tática reivindicatória, agora vai ficando tão evidente quanto a tendência conservadora das manifestações. A única contradição no post advém de que este, ao expor as artimanhas da Veja e da Globo contra a figura da Sininho, parece não ter decidido se esta é militante de esquerda ou vilã e articuladora do processo em questão. Afinal de contas, se ela sempre se colocou como liderança de um movimento que o próprio autor do post admite como instrumento da direita para desqualificar o jogo político, como imaginar que a Sininho possa ser vítima, senão de suas posições e de seu próprio oportunismo. A heroína recebeu toda a atenção como porta-voz dos “movimentos de junho”. Fez pacto com o diabo e este sempre pressupõe a traição. Que tudo que foi dito sobre ela e a suposta “máfia” que banca baderneiros seja mentira, disso não há dúvida. Daí imaginar uma Sininho coitadinha… são outros quinhentos. E pelo jeito, tem muito petista repetindo o mesmo erro que ela. Se sentirão vingados diante das calúnias contra o PSOL e fazer o jogo da Globo. O post faz menção a isto e esta é a parte mais relevante do texto, na minha opinião. Acertou em cheio.

Responder

Fabio Passos

16 de fevereiro de 2014 às 16h28

É muito bom Caetano reclamar das armações e mentiras do PiG.

Mas é engraçado saber que ele esperava seriedade da globo. O único compromisso da globo é com os interesses da casa-grande…

Responder

Regina Braga

16 de fevereiro de 2014 às 16h14

O manifesto do psol foi publicado no blog Cidadania…Se o psol foi usado (como acredito)então, cabe ao PT, procurar conversar com o psol.Mas o PT,se afastou dos movimentos populares,se afastou da militância,fez uso de tudo para se aproximar da direita.O preço está sendo pago…Dirceu,Genoino,Delúbio…politização da justiça,lei antiterror,whiteblocs…e nem com todo o dinheiro dado ao pig,vai conseguir reveter ,a antipatia com o trabalhismo!

Responder

Danilo Morais

16 de fevereiro de 2014 às 14h58

Não voto no PSol, mas tenho de defendê-los desta vergonhosa tentativa de criminalização. Entretanto, será que os dirigentes do PSol vão fazer a auto-crítica de que muitas vezes foram linha auxiliar da direita, indo na onda midiática, na criminalização do PT??

Responder

Silvestre

16 de fevereiro de 2014 às 14h56

Tá certo, e eu do povo, o que faço?
Não assistir a Globo? Faz mês que eu nem ligo a TV, e com o fim da novela muita gente também. Ler Globo e amigos também não leio. Mesmo sem contato, estão ai fazendo o que querem, e eu, o que faço?

Responder

    Leo V

    16 de fevereiro de 2014 às 16h01

    Idem. Desde o fim da novela nao ligo a TV.

    vinícius

    16 de fevereiro de 2014 às 16h04

    Silvestre, boa tarde. Também sou do povo e tenho uma sugestão.

    Que tal refletir em quem vc votou.
    Se foi eleito, acompanhe os passos do político que vc ajudou a eleger.
    Se ele pisou na bola, escolha outro com mais cuidado.

    Quando não é possível identificar opções coletivas ou para quem não tem paciência com a demora de ações coletivas, podemos pensar em ações individuais.

    O que vc acha disso? Ações indiciduais são ótimas!

    Já estou avaliando meus possíveis candidatos lá em Juiz de Fora-MG e as eleições serão apenas no fim do ano.

    luca brevi

    16 de fevereiro de 2014 às 17h58

    Não mais assistir a Globo engodo.Batalha contra as grandes redes.

    Luís Carlos

    16 de fevereiro de 2014 às 21h47

    A última novela que assisti o Fábio Jr. ainda estava no primeiro casamento.
    A Globo, não assisto há anos. Quando assinei TV fechada pela primeira vez, pedi uma que não tivesse a Globo, e comprei a Directv, à época. A sensação de pesar aos finais de domingo acabou. Quando passou para SKY, demorei, mas logo depois deixei de lado. Hoje, não tenho mais tv em casa. Me informo só pela internet e me divirto com livros, cachorros e minha família.
    Minha vida mudou para melhor desde que minha filha nasceu 12 anos atrás. A outra grande mudança para melhor, foi quando deixei a tv de lado desde início do ano passado.

    Bode do Lula

    17 de fevereiro de 2014 às 05h07

    De fato, quando não tiver nada para assistir ou ler é que o povo terá tempo para trabalhar

giovani montagner

16 de fevereiro de 2014 às 14h52

Concordo, é o meu posicionamento há algum tempo.
Não se trata deste ou daquele partido, o que está em jogo são interesses maiores.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding