VIOMUNDO

Diário da Resistência


A “indicação técnica” da candidata derrotada do PSDB para comandar o Mais Médicos
Das redes sociais da doutora Mayra Pinheiro
Opinião do blog

A “indicação técnica” da candidata derrotada do PSDB para comandar o Mais Médicos


05/12/2018 - 19h01

Da Redação

A pediatra tucana Mayra Pinheiro, do Ceará, vai dirigir a Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde (SGTES), responsável pelo Mais Médicos.

Foi indicação do ortopedista Henrique Mandetta, deputado federal do DEM-MS desde 2011 e futuro ministro da Saúde.

“Queria hoje parabenizar as indicações técnicas escolhidas pelo Ministro Sérgio Moro e Mandetta que escolheram dois cearenses da maior qualidade. A Dra. Mayra Pinheiro como secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde e o general Theophilo como secretário Nacional de Segurança Pública. É uma indicação suprapartidária e técnica”, disse na Câmara de Vereadores de Fortaleza o tucano Pedro Matos.

Indicação técnica é uma muleta retórica de políticos que pretendem surfar na antipolítica fazendo política 24 horas por dia.

Os dois cearenses aos quais o vereador se referiu não tem expertise federal em suas respectivas áreas.

A doutora Mayra fez oposição ao Mais Médicos desde o surgimento do programa, em 2013.

Vestida de verde e amarelo, pregou o impeachment de Dilma Rousseff em Fortaleza.

Também por isso, foi eleita presidenta do Sindicato dos Médicos do Ceará.

Guiou equipes de televisão para denunciar problemas no Hospital Geral de Fortaleza.

Tudo isso, obviamente, fora do campo da… política.

Este ano, a doutora Mayra foi candidata ao Senado pelo PSDB — como se sabe, um partido não tradicional do Brasil.

Ficou em quarto lugar, com 882 mil votos.

Foi demitida do Hospital Geral de Fortaleza sob a acusação de gravar vídeos com denúncias contra o próprio hospital que impulsionaram sua campanha.

Acusou o governador Camilo Santana, do PT, de perseguí-la.

A doutora Mayra foi integrante do RenovaBR, um movimento que se diz da “sociedade civil” e tem como integrantes gente como o economista Fabio Giambiagi, também ligado ao Instituto Millenium.

É uma ideia que seduziu outro “apolítico”, o apresentador Luciano Huck, que contribuiu financeiramente com a causa.

A doutora Mayra já anunciou que quer rebatizar o programa pelo qual será responsável a partir de 2019: de Mais Médicos para Mais Saúde.

Segundo ela, só levar médicos aos municípios mais distantes não resolve o problema.

É preciso levar equipamento, especialistas e outros profissionais de Saúde.

Isso é de uma obviedade atroz.

Mas, por enquanto, é tudo no campo da retórica.

Ou, das “soluções” improvisadas, mas midiáticas: a doutora Mayra ajudou a formar um grupo de voluntários cearenses para “substituir” os cubanos que deixaram o estado, com o nome de Médicos Por Amor.

A iniciativa foi propagandeada em outdoors.

O período de voluntariado é de… 30 dias.

A pediatra questionou a capacitação dos cubanos e quer que todos os médicos estrangeiros ou brasileiros formados no Exterior façam o Revalida antes de integrar o Mais Médicos.

“O convite foi técnico. É o reconhecimento por esse trabalho”, disse ela ao UOL, sobre o convite feito por Mandetta, que presidia a Frente Parlamentar da Saúde.

O “trabalho” a que ela se refere é ter participado da Frente como representante da sociedade civil.

A doutora Mayra também é contra a expansão do número de escolas de Medicina.

Fica difícil saber, assim, como ela vai resolver todas as contradições de seu próprio discurso, já que desde o golpe de 2016 vivemos num quadro de austeridade permanente e milhares de municípios brasileiros certamente ficarão sem médicos a partir de 14 de dezembro.

Além disso, Jair Bolsonaro já anunciou que pretende manter o teto para os gastos com Saúde e Educação.

A doutora Mayra vai exigir o Revalida de brasileiros formados no Exterior? Se cumprir sua palavra, vai aprofundar imediatamente o problema do Mais Médicos.

Além da mudança de nome, a doutora Mayra anunciou outra ideia: oferecer vagas prioritariamente em municípios de extrema pobreza.

Só depois de preenchidas estas é que as outras vagas do Mais Médicos seriam oferecidas.

Ou seja, ela quer encurtar o cobertor ao mesmo tempo dos dois lados da cama.

Independentemente de sua qualidade como gestora, o forte da doutora Mayra não é exatamente a coerência: em sua página nas redes sociais, ela reproduziu uma denúncia segundo a qual candidatos derrotados à Câmara Municipal de Fortaleza foram contemplados com cargos públicos.

É, agora, exatamente o caso dela.

Como disse um comentarista na página da doutora, possivelmente com certa ironia, “agora que os desqualificados e explorados comunistas estão indo embora… não vai faltar médico patriota pra ir pra Morada Nova, Iguatu ou Serra da Lindeza!”.

Iguatu, por exemplo, fica a 365 quilômetros de Fortaleza.

Agora, resolver este problema é com a doutora Mayra.

Pela régua da pediatra, filmar e denunciar a falta de médicos, inclusive dentro de postos de saúde e hospitais, é uma obrigação patriótica.

Brasil acima de tudo!

Leia também:

Bolsonaro diz que a Petrobrás não tem capacidade de investir. É mentira

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

L'Amie

06 de dezembro de 2018 às 21h12

Ééééé ! Será que ela consegue aprovação no ré-Valida. Uma pé di Atra que não ouve queixas, afinal bebê não sabe dizer o que sente. Será que ela sabe que o bebê que indica dor na barriga poder estar com pneumonia? Certamente vai dizer que é a GENÉRICA ” Virose “. Sobre equipamentos de exames, valha-me o Criador; nem os de Capitais como Rio funcionam. Esse psdb faz parte da carteira de clientes JMB. Haja paciência pra esperar que tais cérebros venham a funcionar.L’Amie

Responder

oscar rissieri paniz

06 de dezembro de 2018 às 09h45

Excelente texto. Enxuto e objetivo. E a foto da Senhora do Relho com esta médica é bem emblemática. Neste momento, 6/12/2018, está iniciando uma Audiência Pública na Câmara, onde há uma proposta desta senhora de desestruturar totalmente o Sistema CEP/CONEP, que disciplina e acompanha as pesquisas sobre saúde neste país.

Responder

Zé Maria

05 de dezembro de 2018 às 21h32

“DEM, PMDB e PSDB já estão no Governo Bolsonaro.
Só falta chamar o Aécio e tá pronto.”
@jandira_feghali

https://twitter.com/jandira_feghali/status/1070068805567725573

Responder

Zé Maria

05 de dezembro de 2018 às 21h27

Toma-Lá=Dá-Cá
Bastou a Bancada do PSDB prometer uns votinhos em Brasília
e já emplacou 2 Sinistros no desgoverno do Botsonauro

Responder

Zé Maria

05 de dezembro de 2018 às 19h55

O Programa [Apartheid] Social “Mais Menos” do Botsonauro vai de vento em popa.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!