VIOMUNDO

Diário da Resistência


MPF sai à caça do curso sobre o Golpe de 2016 na Unicamp
Charles Damasceno/Secom/PGR
Denúncias Falatório

MPF sai à caça do curso sobre o Golpe de 2016 na Unicamp


16/08/2018 - 21h22

Raquel Dodge, a procuradora-geral, com Thompson Flores, presidente do TRF-4; Charles Damasceno/Secom/PGR

Nota da direção do IFCH sobre inquérito aberto pelo Ministério Público Federal

À comunidade do IFCH Unicamp

Campinas, 16 de agosto de 2018.

O Ministério Público Federal abriu Inquérito Civil Público para apurar “a legitimidade do curso sobre ‘O Golpe de 2016’ inicialmente instituído pela UnB (Universidade de Brasília) e, posteriormente, adotado – instituído – por outras universidades públicas do país, tais como a Unicamp e a UFG”.

Além de informações sobre o curso solicita “justificativas para a instituição do referido curso pela Unicamp”.

A Direção do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas (IFCH-Unicamp) recebeu hoje o processo e deverá manifestar-se até o dia 24 de agosto.

O princípio fundamental que orientou a organização deste curso, o qual nunca foi uma disciplina, é o da liberdade de cátedra, princípio este assegurado pelo art. 206 da Constituição Federal e reafirmado no art. 3º da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional.

A “liberdade de aprender, ensinar, pesquisar e divulgar a cultura, o pensamento, a arte e o saber” é a base da produção de todo conhecimento e sem essa liberdade não existe ciência.

Prevendo que esse princípio poderia ser questionado em um contexto de constrição democrática tomamos desde o início todos os cuidados necessários, tornando públicas todas as informações sobre o curso.

Todas as informações solicitadas pelo Procurador da República são públicas e sempre estiveram disponíveis para qualquer pessoa que desejasse conhecer o conteúdo do curso.

O Curso Livre “O Golpe de 2016 e o Futuro da Democracia” – é este o nome que lhe demos, facilmente recuperado no site do IFCH-Unicamp – encerrou-se no dia 26 de junho e congregou professoras, professores, pesquisadoras e pesquisadores com larga trajetória acadêmica e reconhecida produção científica, pessoas que com diferentes abordagens e pontos de vista discutiram um tema comum, algo muito usual no ambiente universitário.

O curso recebeu grande audiência e despertou interesse nos meios de comunicação. Temas de grande interesse social foram discutidos abertamente e de maneira informada.

As ementas e a bibliografia indicada também são públicas e encontram-se disponíveis em nosso site, assim como o vídeo a maioria das aulas filmadas.

Responderemos de maneira minuciosa a requisição encaminhada.

E o faremos reafirmando o princípio da liberdade de cátedra e nosso compromisso com a produção e a divulgação de conhecimentos.

Prof. Dr. Alvaro Bianchi
Diretor do IFCH-Unicamp

Prof. Dr. Roberto do Carmo
Diretor associado do IFCH-Unicamp

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Antonio José Alves Junior

17 de agosto de 2018 às 06h49

Participei como coordenador de uma sessão (“A economia política do Golpe de 2016”) em um curso semelhante na UFRRJ. Parece-me que o MP deve ser confrontado e ignorado. Eles que abram um processo judicial com o conjunto probatório que considerem relevante.

Responder

lulipe

17 de agosto de 2018 às 00h40

Estão certíssimo, universidade é lugar de se estudar assuntos sérios e não chororô de perdedor!!

Responder

    paulo roberto

    17 de agosto de 2018 às 10h36

    Lulipe, você poderia também estudar “gratuitamente” com qualquer publicação estrangeira que tratou de forma EXPLÍCITA E PEDAGÓGICA como foi dado o golpe midiático-judicial de 2016. Do contrário, recolha-se a sua insignificância de conhecimento da história do Brasil, desde os seus primórdios.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!