VIOMUNDO

Diário da Resistência


Em show com ingressos que custaram até 800 reais, internauta desabafa: “O que eu vi hoje foi uma amostra grátis da ditadura”
Reprodução das redes sociais
Denúncias

Em show com ingressos que custaram até 800 reais, internauta desabafa: “O que eu vi hoje foi uma amostra grátis da ditadura”


10/10/2018 - 14h10

Está no DNA de Waters esta veia combativa. Seu pai, que foi do partido comunista inglês e depois se definia como pacifista, morreu em combate durante a Segunda Guerra Mundial, em 1944, quando Waters tinha apenas cinco meses de vida. “Ele achava que tinha de se envolver num necessário combate aos nazistas, mas isso custou sua vida”, disse o músico, quando inaugurou um memorial, em 2014. Do UOL, sobre o show na Arena Palmeiras.

Da Redação

Fãs que estavam no estádio do Palmeiras para ver o show de Roger Waters narraram momentos de terror depois que efeitos visuais colocaram Jair Bolsonaro numa lista de neofascistas e a frase #EleNão foi estampada no telão.

Houve aplausos e gritaria, mas também muita vaia e protestos.

Os ingressos mais próximos do palco custaram R$ 810,00, o que garantiu que perto de Waters estava um grande número de apoiadores endinheirados do neofacista.

O show chamou à resistência contra o neofascismo e “a aliança não sagrada entre o Estado e a igreja”.

Vídeos do ápice da gritaria circularam pelas redes sociais:

Um internauta, que não identificamos por motivos óbvios, escreveu: “Vaiado não. Ele foi humilhado. Eu e minha namorada fomos chamados de comunistas, vieram pra cima da gente quando nós aplaudimos o #EleNão que ele mandou no telão. A gente tá com muito medo. Houve mais de cinco pontos de briga física perto de onde estávamos, na pista premium. Empurra empurra, xingamentos, valentões indo pra cima de quem discordava deles. Foi um cenário de guerra”.

No mesmo texto, acrescentou: “Eu tô com medo, o que eu vi hoje foi uma amostra grátis da ditadura. Ao fim do show, no lado de fora do Allianz, todo mundo xingando o Roger. Velho comunista, tá com Alzheimer, vai pra Cuba, seu doente“.

A lista de neofascistas que apareceu no telão incluia outros líderes mundiais, como Donald Trump e Vladimir Putin, dos Estados Unidos e da Rússia.

Também mencionou Viktor Orban, primeiro ministro da Hungria, cujo programa educacional implantado em 2018 ensina nas escolas que “meninos e meninas não possuem as mesmas capacidades físicas e aptidões intelectuais”, de acordo com a descrição do diário liberal francês Le Monde.

A lista inclui Sebastian Kurz, chanceler austríaco que lidera o Partido Popular Austríaco. Ele mandou fechar sete mesquitas e determinou a expulsão de mais de 50 líderes religiosos muçulmanos, num aceno a um partido ainda mais conservador que faz parte da coalizão governista.

Jarosław Kaczyński lidera o partido da Lei da Justiça na Polônia. Desde que assumiu o poder, o partido modificou a mais alta corte do país, o Tribunal Constitucional, para controlar a Justiça e impôs maiores restrições ao aborto.

O britânico Nigel Farage e a francesa Marine Le Pen, também na lista de Roger Waters, atuam especialmente por leis mais duras contra imigrantes e militam como “eurocéticos”, trabalhando pela demolição da União Europeia.

Leia também:

Marcelo Zero: Direita brasileira de olho nos cargos do Bolsonaro

Livro do Luiz Carlos Azenha
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet



11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

cleberson

11 de outubro de 2018 às 09h50

Nao sou admirador do Pink Floyd (Roger ), mas me emocionei pra caramba quando
as frases surgiram e a gritaria começou.
Só discordo um pouco do Putin, pois sem ele hoje nao existiria Siria. Só por isso (existem varias coisas mas..) ele ja tem um cantinho do lado de Deus -se é que ele existe-.

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Sabe aquela sensaçao de falar com zumbis? Com mortos vivos?
Sabe a internet e esta merda de “zap zap”.? Pois bem, ela deve ter um poder muito forte, tipo estes pastores que ordenham “direitinho” seu rebanho. Porque eu to vendo cada coisa extranha, bizarra, absurda. E o mais impressionante de tudo, é dita por gente pobre, que fica se humilhando por alguns reais. Duvidam disso? Entao vejam essa:
Falei pro cara:
-o cara quer acabar com 13 salario.
-Ih! Nao to nem aí, eu nao trabalho pensando em decimo terceiro. Pode tirar a vontade.

Ouvir isso já foi chocante, pior é saber que o tipo que disse isso, ficou a vida inteira pagando aluguel, e quando conseguiu uma casa, foi no governo que ele ABOMINA.
Falei que o cara ta fugindo do debate e ele:
– Se nao ve que o cara levou uma facada.
Experimenta levar uma pra voce ver.
– mas ele ta toda hora na internet, viajando, parecendo um papagaio.
– mais é diferente, ele nao pode ficar em pé.

Senhores, o PT errou, por pior que Ciro fosse, pelo menos ele nao teria nas costas o
anti-petismo, e nao teriamos a chance REAL e praticamente certa deste capitao entreguista ,mau, ignorante, etc, etc e etc… ser “nosso” presidente.
Eu falava que o Temer vivia em um universo paralelo (afinal, ele chegou a pensar em reeleiçao!!!!!!!!!!). Mas o Lula tambem tem o seu universo paralelo (onde nao existe Moro, Globo, Antipetismo -de ate quem mesmo foi beneficiado pelo PT-.

So tem uma frase bem mineira pra terminar isso: Nos Lascamos.

Responder

Jardel

11 de outubro de 2018 às 01h06

“Era tão bonito quando ninguém brigava. Dava até gosto… ”

Foi naquela época em que pessoas de classe média baixa podiam viajar de avião. Os “cheirosos homens de bem” se incomodaram muito com isso.
Lembro até de um comentarista de uma TV catarinense reclamado do Lula por causa do alto número de veículos nas ruas. Dizia ele: “qualquer miserável agora pode comprar carro”.
Confiram:
https://www.youtube.com/watch?v=uwh3_tE_VG4

Responder

Edgar Rocha

10 de outubro de 2018 às 17h08

Classe média apanhando de classe média… Só o Lula pra conciliar este povo, meu Deus!
Era tão bonito quando ninguém brigava. Dava até gosto… Será que já tem bolsonarista na FFLCH – USP?
É como disse o Mujica: a política costuma ter revezamentos. Tem tempos em que só se bate em pobre. E tem tempos em que se bate em pobre e em classe média. É assim mesmo. A luta continua.

Responder

    Jardel

    11 de outubro de 2018 às 01h03

    Era tão bonito quando ninguém brigava. Dava até gosto…

    Foi naquela época em que pessoas de classe média baixa podiam viajar de avião. Os “cheirosos homens de bem” se incomodaram muito com isso.
    Lembro até de um comentarista de uma TV catarinense reclamado do Lula por causa do alto número de veículos nas ruas. Dizia ele: “qualquer miserável agora pode comprar carro”.
    Confiram:
    https://www.youtube.com/watch?v=uwh3_tE_VG4

    Edgar Rocha

    11 de outubro de 2018 às 14h53

    Sr. Jardel. Não sei se o senhor entendeu a ironia. É que esta história de pacto conciliador da sociedade, de líder pacificador das classes precisa ser analisada de forma mais criteriosa por aqueles que se vangloriam e atribuem as conquistas sociais ao referido “pacto”.

maria do carmo

10 de outubro de 2018 às 16h29

O que esta acontecendo no Brasil e o que aconteceu na Alemanha, mas historia nao e forte de fascistas, Hitler exterminou seis milhoes de judeus e era ignorante, nos ja estamos vendo morte e agressoes pelos eleitores desequilibrados iguais , Bozo nao vai a debate por ser ignorante, nao sabe se expressar e nao tem argumentacao, e bem aquele covarde que so fica valente com arma, agora fica se escondendo atraz de recomendacao medica, candidadto a presidente que coisa feia, o mundo esta vendo seja homem pare de fugir, nao entende de nada a nao ser de agredir, vinte oito anos ( 28 ) deputado so aprovou dois ( 2 ) projetos, mas levou tres filhos e duas ex-mulheres para politica, a mamata e boa vergonha so dois projetos, foi expulso do exercito por terrorismo recebendo ate hoje como capitao, se fosse bom teria feito carreira no exercito brasileiro, mentiu ao se candidatar escondendo tres milhoes em propriedades ( enriqueimento ilicito ) bem seriam laudas e laudas , machista, fascista, xenofobo etc., etc.,etc., pare de fugir e va ao debate seja homem! Eleitores votar nao e como futebol gosto do time e pronto, votar e o presente e o seu futuro e de seus familiares, pesquizem o candidato antes de votarem e o futuro seu e deseu pais!

Responder

    Emerson Acosta

    10 de outubro de 2018 às 19h57

    Vcs desde o início fazem discurso de ódio contra Bolsonaro e seus eleitores, e neste acontecimento devem ter provocado e ido pra cima dos que vaiaram a #Ele não (é de praxe dos militantes de esquerda), e agora estão se fazendo de vítimas colocando a culpa nos eleitores do Bolsonaro p tentar denegrir sua imagem . Mas vão ter que se esforçar mais, porque ninguém acredita mais nessas historinhas ;)

    Luiz Carlos Azenha

    11 de outubro de 2018 às 18h11

    “Denegrir” é um verbo rechaçado pelos negros, que alegam que a cor de sua pele é associada a algo negativo no uso do verbo. Fica o registro. abs

Luis

10 de outubro de 2018 às 16h02

Eu já amava o Floyd e principalmente Waters, agora tenho que bater palmas, o cara não é só roqueiro de verdade, é militante, para aquilo que aprendi a admirar no rock. PARABÉNS ROGER WATERS. De um cinquentão a pelo menos 40 anos ouvindo rock de qualidade. Ainda bem que entendi desde muito cedo as músicas do Floyd, ela não é para principiantes.

Responder

Celso

10 de outubro de 2018 às 14h52

Na lista do Waters, ele pode colocar agora uma grande parte, mais abastada, do povo brasileiro.

Responder

Ronaldo

10 de outubro de 2018 às 14h49

Tão reclamando do que ? A Infa e assim. Porrada, porrada, e mais porrada.
Quem não é Bolsonaro e inimigo e portanto senta o braco, porrada.
Imagine qdo o Bolsonaro virar presidente, ele vai dispersar os manifestantes com tanques de guerra.
Haja vista que já tem jornalista que defende que se jogue os tanques em cima dos caminhoneiros.
Os trouxas bolsonaristas pensam que os filhos do mito, Bolsonaro, vão lutar na Venezuela no caso de uma guerra. Como tem Loki nesse mundo.

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!