VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas
Cartas de Minas

De Aécio a Padilha, mentores do golpe e da reforma da Previdência estão todos na lista da Odebrecht; hora de ir à rua contra eles

15 de março de 2017 às 10h09

Captura de Tela 2017-03-15 às 10.35.07

Da Redação

O nome de Aécio Tarja Preta Neves, senador da República, presidente nacional do PSDB e megadelatado, está na lista de propinas da Odebrecht.

Quando ele argumentou que havia recebido por dentro, com recibo, da construtura, os comprovantes estavam em nome de uma empresa laranja ligada a uma cervejaria — anotações sobre a Leyroz de Caxias estavam na contabilidade paralela da Odebrecht.

O ex-governador José Serra assistiu ao golpe de algum esconderijo.

À noite, sim, saia da caverna para articular.

Ganhou um cargo no governo Temer. Enterrou a política externa, vendeu o pré-sal e pediu para sair.

Saiu com R$ 23 milhões da Odebrecht, gastos ou não, parte deles recebido no exterior. Caixa dois no exterior? Serra foi candidato na Transilvânia?

Leyroz, conta no Exterior, ainda assim Fernando Henrique Cardoso e, sob ele, o juiz tucano Gilmar Mendes vão argumentar que existe uma diferença: tudo que o PT recebeu fez parte de um esquema criminoso, tudo o que foi para outros partidos produziu santinhos e sacolas para distribuir na feira.

O PT corrompeu a política. PSDB, PMDB e outros ajudaram as velhinhas nas compras, elas que fiscalizam os preços nos supermercados.

Em resumo, o que a Odebrecht fez com o governo federal sob Lula e Dilma foi corrupto, mas o que a mesma empreiteira fez em campanhas regionais não envolveu as obras estaduais dos tucanos ou peemedebistas.

Não houve troca entre financiamento de campanha e construção do Rodoanel, por exemplo. O que o Sergio Cabral aprontou no Rio jamais teria sido reproduzido em São Paulo pelo Paulo Vieira “Não se Abandona um Líder Ferido na Estrada” de Souza.

A partir das delações da Odebrecht, o procurador-geral Rodrigo Janot pediu ao STF 83 inquéritos envolvendo políticos em atividades. Os ex-presidentes Lula e Dilma deverão ser investigados em instâncias inferiores.

Toda a corja do golpe dos ladrões aparece na lista, inclusive cinco ministros que trocaram cargos pelo apoio ao impeachment: Eliseu Padilha e Moreira Franco, os homens-chave de Temer nos bastidores do Congresso e dos negócios, Gilberto Kassab — essencial para as votações na Câmara –, Aloysio Nunes, o penduricalho de Serra no Itamaraty, e Bruno Araújo.

Acrescente-se aí os homens-chave das “reformas” golpistas, inclusive a trabalhista e a da Previdência: Rodrigo Maia e Renan Calheiros, presidentes da Câmara e do Senado.

Falta algum motivo para ir às ruas hoje? Na avenida Paulista, em São Paulo, às 16 horas, com a presença do ex-presidente Lula.

Veja aqui a programação.

Leia também:

Quem pediu a tarja preta sobre o nome de Aécio Neves?

Apoie o VIOMUNDO

Crowdfunding

Veja como nos apoiar »

O lado sujo do futebol

A Trama de Propinas, Negociatas e Traições que Abalou o Esporte Mais Popular do Mundo.

Entre os mais vendidos da VEJA, O Globo, Época e PublishNews. O Lado Sujo do Futebol é o retrato definitivo do que acontece além das quatro linhas. Um dos livros mais corajosos da história da literatura esportiva, revela informações contundentes sobre as negociatas que empestearam o futebol nos últimos anos. Mostra como João Havelange e Ricardo Teixeira desenvolveram um esquema mafioso de fraudes e conchavos, beneficiando a si e seus amigos. Fifa e CBF se tornaram um grande balcão de negócios, no qual são firmados acordos bilionários, que envolvem direitos de transmissão e materiais esportivos. Um grande jogo de bolas marcadas, cujo palco principal são as Copas do Mundo.

por Luiz Carlos Azenha, Amaury Ribeiro Jr., Leandro Cipoloni e Tony Chastinet.

Compre agora online e receba em sua casa!

 

3 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

sueli

15/03/2017 - 10h36

Azenha, quando aconteceram as manifestações verde-amarelo, o Metrô ajudou até com catraca livre. A greve dos metroviários e motoristas ajuda significativamente para o esvaziamento da população que deseja participar, já que ela se locomove apenas de transporte público… Ninguém pensou nisso ou foi uma manobra da mídia e do governo?

Responder

Lukas

15/03/2017 - 10h19

Muitos que são contra a reforma da previdência TAMBÉM estão nesta e outras listas.

Como é que fica? Ou não fica?

Responder

    Isaacs

    15/03/2017 - 15h42

    Que diferença faz?

Deixe uma resposta