VIOMUNDO

Diário da Resistência


Consumidores se dão mal com a Nota Fiscal Paulista: Governo Doria deixa de pagar mais de R$ 900 mi em créditos, denuncia sindicato
Cartaz do Sinafresp - Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo
Denúncias

Consumidores se dão mal com a Nota Fiscal Paulista: Governo Doria deixa de pagar mais de R$ 900 mi em créditos, denuncia sindicato


25/11/2021 - 21h14

Sinafresp*, em perfil de rede social 

Em razão da mudança no prazo de validade dos créditos da Nota Fiscal Paulista, o governo de João Doria deixou de pagar mais de R$ 900 milhões aos consumidores.

O pior de tudo é que, apesar de ter sancionado essa norma há mais de um ano, Doria optou por pegar a população de surpresa e só começou a divulgar a redução da validade apenas uma semana antes do prazo final para o resgate.

Durante a semana que antecedeu o último dia para resgatar os créditos, muitos cidadãos tiveram problemas para conseguir realizar a operação por conta de dificuldades para acessar o sistema online e em decorrência das longas filas que se formaram nas unidades de atendimento da Secretaria da Fazenda e Planejamento.

Assim, depois de toda a confusão gerada, somente R$ 100 milhões foram resgatados e mais de R$900 milhões, que poderiam ter sido resgatados pelos consumidores, ficaram nos cofres do governo.

Propositalmente ou não, o tucano João Doria atrapalhou e dificultou a vida de diversas pessoas que, confiando no Estado, deixavam seus créditos acumularem.

Para o atual governo, aparentemente, não basta não ajudar, tem que atrapalhar.

#joaodoria #notafiscalpaulista #psdb #sp Ver menos

*Sindicato dos Agentes Fiscais de Rendas do Estado de São Paulo (Sinafresp)





1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Miteiro

27 de novembro de 2021 às 00h40

ESCÂNDALO! Cadê o Ministério Público prevaricador? E o impítima na Alesp?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding