VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Carro que liderava desfile em defesa do pandemito em Belém acumula R$ 22 mil em multas
Na Itália, os desfiles macabros são de caminhões do Exército. Reprodução redes sociais.
Denúncias

Carro que liderava desfile em defesa do pandemito em Belém acumula R$ 22 mil em multas


29/03/2020 - 15h28

Da Redação

O automóvel que liderava o desfile em defesa do fim do isolamento social contra a pandemia de coronavírus em Belém do Pará acumula R$ 22 mil reais em multas, informou hoje o Detran daquele estado.

O licenciamento está vencido desde 2015.

“O valor [das multas] será revertido em ações de combate ao Novo Coronavírus no Pará, representando a aquisição de cerca de 600 caixas com 50 luvas e 300 caixas com 10 máscaras, que serão distribuídas aos locais mais necessitados”, informou o Detran.

Eram 15 veículos na carreata, que segundo autoridades violou o decreto assinado pelo governador Helder Barbalho (MDB) contra aglomerações.

Criminosos comuns

Os participantes foram levados para a delegacia.

O delegado geral da Polícia Civil, Alberto Teixeira, explicou:

“As pessoas foram detidas por desobediência ao decreto e por infringir norma sanitária. É um crime de baixa periculosidade, por isso as pessoas serão liberadas assim que assinarem um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), que afirma que não cometerão mais a mesma infração. Caso não assinem, serão presos imediatamente. Para os que forem identificados como líderes, que incitaram o movimento, e portanto são mais responsáveis do que aqueles que apenas entraram no ‘oba-oba’, podem ser enquadrados até no crime de organização criminosa”.

Apoiadores do presidente da República Jair Bolsonaro, apelidado de Capitão Corona pelo colunista Bernardo de Mello Franco, vem se organizando nas redes sociais para sair às ruas contra as medidas de isolamento social.

Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - A mídia descontrolada e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

30 de março de 2020 às 18h09

https://youtu.be/i8rVI7AMKiY

Para aliviar a Barra do Isolamento Social, e Homenageando Eric Clapton,
“While My guitar Gently Weeps”, Obra-Prima Musical de George Harrison:

https://youtu.be/VJDJs9dumZI

Responder

Zé Maria

29 de março de 2020 às 21h35

O Gado Burguês vai fazer uma “Vaquinha”
pra pagar as multas e o IPVA atrasado.

https://www.coronavirusnobrasil.org/
https://www.coronavirusnobrasil.org [Clique em Mobile no Canto Superior Direito]
http://ricegis.maps.arcgis.com/apps/opsdashboard/index.html#/284165f26c224c3c951da5455600230b
.
.
Nikkei Paulista, Jovem (26), Saudável,
Praticante de Exercícios Físicos,
Advogado formado no Mackenzie,
procurou atendimento médico,
por 3 vezes, em 2 Hospitais de SP.
Os médicos disseram que era só
“um Resfriadinho, uma “Gripezinha”.

Detalhes na Reportagem de Manoella Smith, da FSP:

Mauricio [ Kazuhiro Suzuki], que morava com os pais em Itaquera
(zona leste de SP), começou a ter febre na segunda (16).

Segundo sua irmã, ele foi ao Hospital Cruz Azul, na quarta (18),
acompanhado de sua mãe, após a febre persistir mesmo
com o uso de medicamentos.

Durante a [primeira] consulta [no Hospital Cruz Azul]
não foi realizado nenhum exame e os médicos disseram
que era uma gripe, receitando remédios para aliviar os sintomas.

Preocupado, Mauricio não voltou para a casa dos pais, já idosos,
e foi para a casa da irmã, que vive em Diadema com o marido.

No dia seguinte, após nenhuma melhora, ele voltou ao hospital,
desta vez [a segunda vez] no Santa Cruz, e acompanhado da irmã.

Uma tomografia mostrou que havia fortes sinais de infecção por …

coronavírus,

mas, como não apresentava nenhum quadro grave, foi enviado
novamente para casa e sem realizar exame de confirmação.

A indicação era que voltasse caso os sintomas evoluíssem.

E foi o que aconteceu.

O jovem procurou [pela terceira vez] o pronto-socorro
da unidade no dia 23 com quadro de síndrome respiratória grave
e foi direcionado para a Unidade de Tratamento Intensivo [UTI].

O quadro foi se agravando até que, no sábado (28),
ele não resistiu e …

morreu.

Íntegra em:
https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2020/03/jovem-de-26-anos-morto-por-coronavirus-era-saudavel-e-visitou-hospitais-tres-vezes.shtml

Leia também:
https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2020/03/paciente-morre-por-coronavirus-quatro-dias-apos-ser-liberado-por-hospital.shtml

“A Burguesia Féde. A Burguesia [só] quer ficar Rica.”

Cazuza
Poeta e Músico Brasileiro

Responder

Cristina Silveira

29 de março de 2020 às 19h43

uai de máscaras e luvas?

Responder

    nico

    31 de março de 2020 às 22h55

    Eu também achei estranho. De máscara e luvas? Mas não é só uma “gripezinha”. Vai na passeata a pé, de sunguinha e peito aberto. Estão com medo do que? Psicopatas.

Ivan Monte

29 de março de 2020 às 18h03

Se anotarem todas as placas dos carros que participam desses desfiles. vão descobrir muitas dessas. São sonegadores, infratores de trânsito, procurados pela justiça…

Responder

Zé Maria

29 de março de 2020 às 17h55 Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.