VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Proposta do governo Bolsonaro para mudar financiamento da saúde é uma caixa-preta; tudo o que se sabe é por powerpoints
A proposta de mudança é do secretário da SAPS, Erno Harzheim, apoiada pelo ministro Henrique Mandetta. Fotos: Ministério da Saúde e Agência Brasil
Blog da Saúde

Proposta do governo Bolsonaro para mudar financiamento da saúde é uma caixa-preta; tudo o que se sabe é por powerpoints


31/10/2019 - 09h46

por Conceição Lemes

Nesta quinta-feira, 31/10, as atenções das entidades do movimento da reforma sanitária estão voltadas para a reunião da Comissão Intergestora Tripartite (CIT), que acontece em Brasília.

A CIT é composta por gestores da União, estados e municípios.

E o primeiro item da pauta é o financiamento da Atenção Primária à Saúde.

Até ontem, o Ministério da Saúde não havia divulgado uma proposta formal, oficial.

Tudo o que se tem são apresentações de power point feitas por gestores da Secretaria de Atenção Primária à Saúde (SAPS), do Ministério da Saúde. Entre eles, o próprio secretário da SAPS, Erno Harzheim.

Isso está impedindo uma análise aprofundada por parte das pessoas e entidades que têm uma luta histórica em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS).

A proposta do governo Jair Bolsonaro está parecendo, de certa forma, uma caixa-preta.

Na semana passada, o Conselho Nacional de Saúde (CNS) solicitou (veja carta abaixo) ao chefe de gabinete do ministro da Saúde o envio de toda a documentação sobre a mudança na política de financiamento da atenção primária.

Isso havia acordado na reunião do CNS, em setembro, e estranhamente não foi cumprido.

Afinal, o que o Ministério da Saúde escondendo? Por quê?

Preocupadas com as mudanças no financiamento à atenção básica, que podem aumentar ainda mais a desigualdade na assistência à saúde, entidades da reforma sanitária enviaram nessa quarta-feira ao ministro da Saúde, Henrique Mandetta, um documento (na íntegra, abaixo)

Nele, as entidades pedem que, em vez de já se aprovar a mudança na CIT, se tenha um documento formal, para ser discutido nos espaços de controle social junto com a academia e a sociedade brasileira.

Com base do que se viu nos powerpoints dos gestores da SAPS, elas criticam vários pontos.

Assinam o documento:

Associação Brasileira de Economia da Saúde – ABrES

Associação Brasileira de Enfermagem – ABEN

Associação Brasileira da Rede Unida – REDE UNIDA

Associação Brasileira de Saúde Coletiva – ABRASCO

Associação Paulista de Saúde Pública – APSP

Centro Brasileiro de Estudos de Saúde – CEBES

Frente Nacional contra a Privatização da Saúde – FNPS

Instituto de Direito Sanitário Aplicado – IDISA

Rede de Médicas e Médicos Populares – RMMP

A propósito. Circulou nos últimos dias a informação de que o Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems) iria apoiar a proposta do Ministério da Saúde.

Ontem à noite mandei uma mensagem ao secretário-executivo do Conasems, Mauro Junqueira, perguntando se a informação procedia.

Até o momento desta publicação, ele não deu retorno.

Se o  Conasems realmente apoiar, será um equívoco histórico.

Tiro no próprio pé.

A proposta do governo reduzirá o repasse de recursos aos municípios.

Últimas unidades

A mídia descontrolada: Episódios da luta contra o pensamento único
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação.

A publicação traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.

Por Laurindo Lalo Leal Filho



Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.


Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
A mídia descontrolada

O livro analisa atuação dos meios de comunicação e traz uma coletânea de artigos produzidos por um dos maiores especialistas do Brasil no tema da democratização da comunicação.