VIOMUNDO

Diário da Resistência


Coletivo Juntas pela derrubada do veto do genocida: Absorventes ficam, Bolsonaro sai!; abaixo-assinado
Reprodução do Coletivojuntas
Blog da Saúde

Coletivo Juntas pela derrubada do veto do genocida: Absorventes ficam, Bolsonaro sai!; abaixo-assinado


08/10/2021 - 13h13

O genocida vetou, ninguém se conformou. Absorventes ficam, Bolsonaro sai!

Assine a petição pela derrubada do veto à distribuição gratuita de absorventes.

Coletivojuntas

O presidente Jair Bolsonaro vetou nesta quinta (07 de outubro) o projeto de lei que previa a distribuição gratuita de absorventes para estudantes de baixa renda de escolas públicas, pessoas em situação de rua ou de extrema vulnerabilidade social e pessoas encarceradas.

Essa medida expõe mais uma vez a face mais misógina e cruel do bolsonarismo.

A pobreza menstrual é uma realidade para meninas, mulheres e pessoas que menstruam no Brasil: uma pesquisa da ONU aponta que, no Brasil, uma em cada quatro meninas já deixou de ir à escola por não ter absorventes.

Muitas vezes, essas pessoas que vivem em situação de vulnerabilidade precisam recorrer a pedaços de jornais, retalhos de roupa, meias e até mesmo miolo de pão para conviverem com os dias de menstruação.

Bolsonaro ignora a realidade dessas pessoas e lhes nega dignidade!

Diante de um cenário onde a crise econômica afeta a renda de milhares de famílias, com a alta dos preços no mercado e a insuficiência do Auxílio Emergencial, é ainda mais difícil o acesso aos produtos de higiene pessoal.

A escolha entre ter comida para colocar no prato ou ter direito à higiene íntima é perversa. Bolsonaro mais uma vez dá demonstrações de sua misoginia.

Quem despreza a vida das mulheres não pode seguir governando.

Nós, abaixo-assinado, exigimos que o Congresso Nacional derrube urgentemente este veto absurdo ao projeto de distribuição gratuita de absorventes.

Precisamos garantir mais este pequeno passo em direção à dignidade menstrual de todas nós. Absorventes, ficam! Bolsonaro, sai!

Para assinar também a petição, clique aqui.

PS do Viomundo: Na hora em que postamos a petição, 12.845 pessoas já tinham assinado





9 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Zé Maria

12 de outubro de 2021 às 14h02

Delinquentes Mínions das Motociatas do Genocida Federal
andam de Moto passando a Mão na Bunda de Mulheres
em Cidades do Paraná, até na terra do Marreco de Maringá

Responder

Ivan J. Ellena

12 de outubro de 2021 às 09h00

Fora bolsonaro.

Responder

Zé Maria

11 de outubro de 2021 às 10h04

“Damaris “querida”, dá pra ter vacinação
e ter absorvente também.
Uma coisa não impede a outra.”
https://twitter.com/JanaDahoui/status/1446912000236339206

“Se o apelo neoliberal implantado por Guedes
impõe retenção de gastos a população
por que não se aplica a eles governo?”
https://twitter.com/Joana45335132/status/1447164557827493891

Responder

Zé Maria

10 de outubro de 2021 às 17h55

“Colonia Dignidad no Chile:
líder cristão nazista abusa de crianças, ajuda e é ajudado
pelo Pinochet, um ladrão corrupto que escondeu $ milhões
no Exterior.
Pedófilo nazista com corrupto “defensor da família”.
Por que não me surpreendo?”
https://twitter.com/VIOMUNDO/status/1447210744228061193

Os segredos da colônia alemã que uniu nazismo,
abuso sexual de crianças e tortura em nome do
General Augusto Pinochet. Ditador Chileno.

O Parlamento alemão aprovou em 30 de junho de 2017
a criação de um fundo de ajuda para as vítimas da
Colônia Dignidad, assumindo a “responsabilidade política”
do Estado alemão no fracasso à proteção dos direitos
humanos de centenas de vítimas da seita no Chile.

[Reportagem: Max Seitz | BBC Mundo de Berlim]

Relatos como o do homem torturado com olhos vendados
na chamada Colônia Dignidad, um enclave fundado por
nazistas no Chile em 1961, integram milhares de documentos
diplomáticos que acabam de ser desclassificados pelo
governo alemão.
A BBC Mundo, teve acesso ao material.

Íntegra da Reportagem:
(https://www.bbc.com/portuguese/internacional-36882123)

“Colonia Dignidad: Uma Seita Nazista no Chile”
(https://www.netflix.com/title/80196160)

Responder

Zé Maria

10 de outubro de 2021 às 10h53

.
Cidadã Carol Solberg, Atleta Brasileira
do Vôlei de Praia, arrasa novamente!
.
https://twitter.com/i/status/1447028476964446208
“Viva a consciência de Carol Solberg.
Que lucidez e coragem!
Brilha no vôlei e bate um bolão
na resistência democrática!”
Carlos Minc
Deputado Estadual (PSB=RJ)
https://twitter.com/Minc_RJ/status/1447028476964446208

Responder

Sandra Sanches Salomão

09 de outubro de 2021 às 16h23

Fora gângster

Responder

Zé Maria

09 de outubro de 2021 às 13h49

Agora, contando a minha assinatura,
já são 26.791 Assinaturas em Apoio.

“Absorventes ficam, Bolsonaro sai!”
#ForaGenocida

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding