VIOMUNDO

Diário da Resistência

Sobre


Chioro rejeita imposição de cloroquina para todos com covid-19: ‘Atitude irresponsável e criminosa contra a sociedade brasileira’
Reprodução e Agência Brasil
Blog da Saúde

Chioro rejeita imposição de cloroquina para todos com covid-19: ‘Atitude irresponsável e criminosa contra a sociedade brasileira’


16/05/2020 - 16h25

por Conceição Lemes

Deu nessa sexta-feira, 15/05, no Estadão:

Bolsonaro manda general assinar decreto que vai liberar cloroquina a todos os pacientes de covid-19

Alçado a chefe interino do Ministério da Saúde nesta sexta-feira, 15, o general Eduardo Pazuello deve assinar o novo protocolo da pasta que libera o uso da cloroquina até mesmo em pacientes com sintomas leves da covid-19.

A medida é uma determinação do presidente Jair Bolsonaro, que o oncologista Nelson Teich se recusou a cumprir.

Atualmente, a orientação é para profissionais do sistema público de saúde prescrever a substância apenas em casos mais graves.

A cloroquina e seu derivado, a hidroxicloroquina, são medicamentos usados há bastante para tratar malária, com manejo muito criterioso.

Porém, o presidente dos EUA, Donald Trump, e seu capacho brasileiro, Jair Bolsonaro, insistem em “prescrevê-las” generalizadamente para a doença causada pelo novo coronavírus, a covid-19, apesar das evidências científicas contrárias.

Não há embasamento científico ou clínico comprovado para usar cloroquina e hidroxicloroquina no tratamento da covid-19.

Muitas entidades científicas, de saúde pública e bioética, no Brasil e no exterior, já se posicionaram contra o uso desses medicamentos na covid-19.

O Comitê Científico do Consórcio Nordeste, coordenado pelo neurocientista Miguel Nicolelis e o ex-ministro Sergio Rezende, reforçou no seu último boletim a recomendação contra o uso desses medicamentos, em qualquer fase da infecção produzida pelo coronavírus:

Estudos clínicos em múltiplos países demonstram, categoricamente, a inexistência de qualquer efeito terapêutico destes medicamentos e o gravíssimo risco de morte súbita por parada cardíaca irreversível.

O maior instituto de pesquisas do mundo, o National Institute of Health (NIH), anunciou na última quarta-feira, 22 de abril, que estes medicamentos não devem ser usados em pacientes com coronavírus.

Ainda seguindo recomendações do NIH, o Comitê Científico do Nordeste reafirma: só devem haver exceções para possíveis estudos clínicos randomizados que sigam todos os procedimentos dos comitês de ética locais.

“Impor o uso desses medicamentos sem eficácia comprovada e potencial enorme de reações adversas graves e até fatais é  atitude irresponsável e criminosa”, afirma o médico sanitarista Arthur Chioro, ministro da Saúde no governo Dilma Rousseff.

Ele conclama os colegas médicos a observarem os princípios éticos e rejeitarem contundentemente tal imposição.

“Um novo ministro que se sujeite a esse absurdo deve ser repudiado e desrespeitado por todos os profissionais de saúde e pela sociedade”, defende.

“É inadmissível qualquer atitude de conivência com esse crime contra a sociedade brasileira”, arremata.



Ajude o VIOMUNDO a sobreviver

Nós precisamos da ajuda financeira de vocês, leitores, por isso ajudem-nos a garantir nossa sobrevivência comprando um de nossos livros.

Rede Globo: 40 anos de poder e hegemonia

Edição Limitada

R$ 79 + frete

O lado sujo do futebol: Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!

R$ 40 + frete

Pacote de 2 livros - O lado sujo do futebol e Rede Globo

Promoção

R$ 99 + frete

A gente sobrevive. Você lê!


5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Sônia Bulhões

18 de maio de 2020 às 15h08

Os usuários do sistema público de saúde estão sob irresponsabilidade de um inominável que não é médico e está coagindo um ministro da saúde que tampouco médico é, a regulamentar uma substância e inadequada para os infectados pelo coronavírus. Meu Deus. Quero que alguém me belisque para eu pensar que estou acordada….

Responder

Zé Maria

17 de maio de 2020 às 22h12 Responder

Zé Maria

17 de maio de 2020 às 01h36

https://twitter.com/i/status/1261460445443035137

Parafraseando Martinho da Vila
(https://youtu.be/hqWWiGZfay8),
Ana Carolina Apela e Recomenda:
(https://youtu.be/-2w5yQ9tAEs)

Pandemia
(Paródia: Edu Krieger)

Eu quero que sossegue o facho
Peço que não saia por amor ao mundo
Prometo também me empenhar
pra não dar abraço só o cotovelo
Lavar as mãos a todo instante
com muito sabão por 20 segundos
Me deixe em isolamento,
vê se bota fé e ouve meu apelo:
Respeita o isolamento
fica em casa até passar o pesadelo.

Eu quero que o Chefe de Estado
tenha Consciência e não seja Omisso.
Que bom se fosse um Resfriado
ou uma gripezinha, mas não é só isso.
Me deixe te pedir Cuidado,
pra acabar de vez com essa Pandemia.
Vai logo pro Confinamento,
troca o corre-corre pela Calmaria
Vai logo pro Confinamento,
troca o corre-corre pela Calmaria.

Responder

a.ali

16 de maio de 2020 às 22h03

vindo desse desgoverno o que não é irresponsável ? exatamente isso que o genocida quer: exterminar um tanto de brasileiros, bem que o doutor bozo poderia aplicar em toda a milicada da laia dele que faria um grande favor ao pais

Responder

Edison de Queiroz Albuquerque

16 de maio de 2020 às 18h55

O Bolsonaro está em exercício ilegal da medicina quando se arvora em impor um remédio rejeitado pelos dois Ministros da Saúde e pelo esmagadora maioria de especialistas do mundo.
Isto não é crime?
Ele deveria se ater a fazer churrasco. Será que ele sabe fazer isso, pelo menos?

Responder

Deixe uma resposta

Apoie o VIOMUNDO - Crowdfunding
Loja
Compre aqui
O lado sujo do futebol

Tudo o que a Globo escondeu de você sobre o futebol brasileiro durante meio século!