PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Especialistas alertam: Hipotiroidismo não causa obesidade nem remédio para a doença dá doping

publicado em 14 de fevereiro de 2011 às 21:13

por Conceição Lemes

Hoje, ao anunciar a sua aposentadoria, Ronaldo, do Corinthians, responsabilizou o hipotiroidismo para o ganho acentuado de peso nos últimos anos:

– Há quatro anos, no Milan, eu descobri que sofria de um distúrbio que se chama hipotiroidismo. É um distúrbio que desacelera o seu metabolismo, e que para controlar esse distúrbio eu teria que tomar alguns hormônios que não são permitidos no futebol porque seria doping. Muitos aqui agora talvez estejam arrependidos de terem feito chacota do meu peso, mas eu não guardo mágoa de ninguém.

Coloque a mão sob a ponta do queixo. Deslize os dedos até a parte inferior do pescoço. Aí fica a tiroide, glândula produtora dos vitais hormônios tiroidianos. O hipotiroidismo significa que eles estão sendo fabricados abaixo do nível considerado normal.

“Estranho o Ronaldo dizer que não tratou o hipotiroidismo, porque seria doping”, afirma o endocrinologista Gilberto Vieira, professor da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). “O tratamento é com levotiroxina, o hormônio tiroidiano sintético. O paciente toma o suficiente para atingir níveis normais no sangue. Nunca ouvi falar em doping por esse remédio.”

Checamos a lista de substâncias proibidas pela Agência Nacional Anti-Doping. A levotiroxina não consta.

“O remédio não dá doping de jeito nenhum”, avisa o endocrinologista João Hamilton Romaldini, professor da Faculdade de Ciências Médicas da PUC de Campinas. “A levotiroxina não é detectada na urina nem produz qualquer efeito colateral se for bem quantificada.”

“O Ronaldo usou uma má justificativa para o excesso de peso”, alerta Romaldini. “O hipotiroidismo é sonho dourado de diagnóstico de dez em cada dez gordinhos. No entanto, não causa obesidade.”

Devido à hipofunção tiroidiana, substâncias chamadas glicosaminoglicanos se acumulam nos tecidos, retendo líquido. A pessoa incha. Ao mesmo tempo, diminui a filtração dos rins. O resultado é 3 a 6 quilos a mais na doença avançada, embora nem 40% dos hipotiroideos tenham aumento de peso importante. Não há ganho de gordura. Em três meses de tratamento, o peso volta ao normal.

“Além disso, boa parte dos casos de hipotiroidismo é subclínico, ou seja, os sintomas são muito discretos”, acrescenta Vieira. “Logo, não precisaria tomar remédio prontamente, mas ser bem acompanhada. O tratamento em geral é para toda a vida, mas com a dosagem certa o metabolismo volta ao normal.”

“Ronaldo prestou um desserviço aos obesos e aos hipotiroideos”, lamenta Romaldini. “Aos obesos, ao levá-los a acreditar equivocadamente que hipotiroidismo causa obesidade. Aos hipotiroideos, que o remédio daria doping. Por causa dele, talvez alguns parem o tratamento. Pelo amor de Deus, não façam isso, sem conversar com o seu médico. O Ronaldo não sabe o que disse.”

DONA TIROIDE, PEQUENA PODEROSA

E já que o Ronaldo levantou a bola,vamos aproveitar para falar da tiroide e do hipotiroidismo. Afinal, quem não faz, toma, concordam?

Com formato de borboleta e pesando cerca de 20 gramas, a tiroide é uma das nossas principais glândulas. Ela fabrica os poderosos hormônios tiroidianos — substâncias que, via sangue, agem no corpo inteiro, no desenvolvimento e manutenção de todos os órgãos e funções. Por exemplo, ajudam o corpo a usar energia e reter calor; fazem cérebro, coração, músculos e outros órgãos trabalhar devidamente.

“A tiroide trabalha em conjunto com a hipófise (glândula situada no cérebro), num processo de feedback”, ensina Vieira.

Simplificadamente, funciona do seguinte modo: a hipófise fabrica o hormônio TSH (hormônio estimulante da tiroide), que é lançado na corrente sanguínea, de onde vai diretamente para a tiroide, levando-a a produzir hormônios tiroidianos; esses, por sua vez, agem em seguida na hipófise, controlando a quantidade de secreção de TSH, que, de novo, estimula a tiróide a fabricar seus hormônios.

E, assim, continuadamente. Se, por qualquer razão, os hormônios tiroidianos caem ou sobem um pouquinho na circulação, o organismo se defende. No ato, a hipófise  aumenta ou diminui a produção de TSH. Por isso, sempre que se quer saber como está funcionando a tiroide, tem que se “consultar” primeiro a hipófise, local mais sensível à ação dos hormônios tiroidianos. A dosagem do TSH no sangue fornece a informação.

“É como se a hipófise fosse o motorista; a tiroide, o motor do carro; os hormônios tiroidianos, a velocidade; e o TSH, o acelerador”, compara Vieira.

No hipotiroidismo, especificamente, a velocidade se reduz. O motorista pisa, então, no acelerador na tentativa de fazer com que o carro ande mais e atinja a velocidade de cruzeiro. A princípio, ele consegue, ainda que à custa de esforço maior do motor.

“Nessa fase, apenas o TSH sobe; a tiroide mantém a produção praticamente normal e a pessoa não sente nada”, explica Vieira. Mas, com a evolução da doença, não há acelerador que dê jeito. A atividade da tiroide cai, o nível dos hormônios tiroidianos baixa muito no sangue e o metabolismo do organismo todo diminui. É o hipotiroidismo.

TIROIDITE, CAUSA FREQUENTE

Má-formação da glândula, radioterapia ou cirurgia no pescoço e uso de certos medicamentos, como amiodarona (para angina e arritmia cardíaca), lítio (antipsicótico), fenilbutazona (antiinflamatório) e sertalina (antidepressivo), podem ser a causa.

Mas, em 90% dos casos, é a tiroidite de Hashimoto, doença auto-imune que acomete mais o sexo feminino — principalmente após os 40 anos:  o sistema imunológico não reconhece a tiroide como parte do corpo e a ataca, inflamando-a ou destruindo-a progressivamente.

“A tiroidite resulta da interação entre predisposição genética e fatores ambientais”, informa Romaldini.

Ou seja, é preciso nascer com o gene responsável pela tiroidite e se expor aos fatores desencadeantes, que a ciência tenta desvendar. Provavelmente fatores hormonais influenciam, já que, com freqüência, ela começa na gravidez, após o parto ou na menopausa. Iodo demais também torna a tiroide suscetível a doença auto-imune nas pessoas predispostas.

Existente principalmente em peixes e frutos de mar, o iodo é a matéria-prima básica para a tiróide fabricar hormônios. Na carência do nutriente, ela não trabalha direito. Em situação extrema, o adulto tem bócio e a criança, deficiência mental. Não é à toa que a Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda universalmente adicioná-lo ao sal de cozinha, pois o iodo é raro na natureza. A dose indicada é 20 a 60 miligramas de iodo por quilo de sal.

No Brasil, de 1998 a 2003, se colocaram de 40 a 100 mg/kg. Trabalho realizado na época com 2.160 crianças de várias regiões constatou, por meio de exame na urina, que 69% estavam ingerindo acima de 300 microgramas de iodo/dia, quando o recomendado pela OMS é de 100 a 300 microgramas/dia. Foi um sinal vermelho, mas hoje já está no verde. Nenhuma criança tinha alteração da função da tiróide.

TUDO EM MARCHA LENTA

Independentemente da causa, a redução dos hormônios tiroidianos no sangue leva aos poucos o organismo inteiro a “andar” em marcha lenta.

Eis o que pode provocar na pessoa afetada:

* Cansaço, desânimo, com fraqueza.

* Lerdeza para reagir às situações do cotidiano.

* Raciocínio moroso, concentração difícil e memória ruim.

* Sonolência durante o dia.

* Dores nas juntas.

* Sensação de frio quando as outras pessoas sentem calor.

* Pálpebras e rosto inchados ao amanhecer.

* Cabelos ressecados, quebradiços, que caem mais do que o habitual.

* Unhas quebradiças.

* Pele muito ressecada e grossa.

* Prisão de ventre.

* Irritação.

* Pele amarelada ou alaranjada.

* Alteração na menstruação, principalmente com aumento do

sangramento.

* Surgimento ou agravamento da depressão.

* Aumento da taxa de colesterol.

* Diminuição do apetite.

* Ganho de peso (por retenção hídrica e não por aumento de gordura) ou dificuldade de perdê-lo.

* Voz rouca.

* Aumento do tamanho da língua.

CLÁSSICO OU SUBCLÍNICO?

“Hoje, raramente atendemos hipotiroideo com tudo isso junto”, salienta Romaldini. É o hipotiroidismo clássico, ou manifesto. Usualmente, o diagnóstico é feito numa fase mais precoce, e o paciente apresenta apenas alguns dos sintomas acima, que, aliás, são comuns a diversas condições, como anemia, depressão, stress e menopausa.

Já o hipotiroidismo subclínico é, em geral, um achado laboratorial. As sociedades de ginecologia e endocrinologia preconizam o TSH para mulheres após os 40 anos, os médicos solicitam-no e o resultado dá entre 4,5 a 10 miliunidades/litro. Ou a pessoa refere cansaço que não consegue explicar direito, o médico pede o teste e o resultado vem também nesse intervalo.

O TSH, vale relembrar, é o exame para saber como a tiroide está funcionando. O normal é ter de 0,3 a 4,5 miliunidades de TSH por litro de sangue. Acima de 10, considera-se hipotiroidismo. De 4,5 a 10 miliunidades é a faixa do hipotiroidismo subclínico.

Justamente a que, neste momento, intriga médicos aqui e no exterior, que se  perguntam: será essa ligeira elevação já a doença? Será que ela piora a qualidade de vida? Será que esse cansaço vago decorre de stress ou já é um sintoma da disfunção mínima da tiroide? Pesquisas em andamento vão dar resposta a essas questões nos  próximos anos.

TSH, EXAME-CHAVE

O diagnóstico de hipotiroidismo é feito através de dosagens hormonais. Na maioria das vezes basta o TSH. Para facilitar a vida, pode-se dosar no mesmo dia o T4 livre.

Mas o TSH é o exame-chave. Seu nível aumenta ou diminui 100 vezes a cada mínima mudança do hormônio T4, portanto é o primeiro a detectar qualquer alteração de função da tiróide.

“Nos resultados normais, pode-se parar por aí”, assegura Vieira. Nos alterados, devem ser feitos mais dois testes:

1) T4 livre, particularmente útil no diagnóstico do hipotiroidismo subclínico. O T4 livre normal combinado a TSH pouco elevado indica disfunção mínima da tiroide.

2) Anticorpos antitiroide, para identificar a causa.

Resultado positivo é forte indício de tiroidite de Hashimoto, o que significa sete vezes mais risco de o hipotiroidismo progredir. Logo, esse exame pesa bastante na decisão de tratar.

ACIMA DE 10, MEDICAR

É consenso entre os especialistas: pessoas com TSH acima de 10 devem ser tratadas. Objetivo: aliviar e/ou evitar sintomas do hipotiroidismo, e principalmente prevenir suas consequências cardiovasculares e psiquiátricas.

“O hipotiroidismo está associado a aumento de colesterol, favorecendo aterosclerose e infarto do miocárdio”, justifica Romaldini. “Também pode alterar o humor, contribuindo para a depressão.”

A terapia consiste em tomar diariamente, e para o restante da vida, comprimidos de levotiroxina (há várias marcas comercializadas no Brasil). É hormônio T4 sintético. Não cura o hipotiroidismo, apenas substitui o que a tiróide doente não está produzindo em quantidade suficiente. A melhora dos sintomas é lenta, podendo levar meses se eles forem intensos.

OBSERVAR VERSUS TRATAR

Já o tratamento do hipotiroidismo subclínico é controverso. Alguns médicos tratam toda pessoa com 4,5 de TSH. Já a conduta do Ambulatório de Tiroide da Unifesp é não tratar paciente com TSH entre 4,5 e10, salvo se tiver queixa importante ou fator de risco associado. E, a cada seis meses, o paciente passa por nova avaliação. Se alterar o TSH ou o quadro clínico, inicia-se o tratamento.

Ou seja, deve-se acompanhar e agir na hora certa em cada caso. “O motivo não é econômico”, frisa Gilberto Vieira. “É para evitar a medicalização desnecessária.”

Na verdade, são várias as razões contra o tratamento indiscriminado de pessoas com TSH pouco elevado:

1) O tratamento precoce não previne a destruição da tiróide, pois não age na causa. A doença propriamente dita continua evoluindo. É uma terapia substitutiva, tal como a insulina para diabéticos.

2) Parte dos pacientes tem elevação circunstancial do nível de TSH, normalizando naturalmente depois.

3) A doença tem evolução lenta. Dos pacientes com hipotiroidismo subclínico, 2% a 5% por ano progredirão para o hipotiroidismo manifesto. A alguns isso acontecerá no ano seguinte. A outros, 10, 15 ou 20 anos depois. Logo, tem gente que tomará remédio por tempo prolongado sem precisar.

4) Avaliação das principais pesquisas feitas no mundo sobre hipotiroidismo subclínico concluiu recentemente que não há evidências científicas suficientes para recomendar o seu tratamento de rotina.

5) O tratamento pode causar hipertiroidismo. E hipertiroidismo provoca fibrilação atrial (batimentos anormais do ritmo cardíaco), o que ocasiona infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral, além de levar à osteoporose.

“É quase impossível manter os hormônios tiroidianos em níveis adequados no sangue quando o TSH está em 4, 5 ou 6”, alerta Romaldini. “Por isso, em pacientes com 4 a 8 de TSH, é preferível acompanhar em vez de tratar, a menos que ele tenha fator de risco associado, como aumento do colesterol total e da fração LDL (o ‘mau’ colesterol), angina, doença do pânico ou depressão que não melhora com antidepressivos, diminuição de memória e de concentração.”

A propósito, muitíssima atenção: “A grávida hipotiroidea, mesmo subclínica, precisa ser sempre tratada”, avisa Vieira. A tiroide do feto só começa a funcionar entre a 12ª a 15ª semana de gestação, fase em que depende exclusivamente dos hormônios tiroidianos passados pela mãe. Aí, o hipotiroidismo materno pode afetar o cérebro do bebê, comprometendo o seu desenvolvimento neuropsicomotor.

PARTICIPE DA DECISÃO

Provavelmente a esta altura, você deve estar se perguntando: afinal, quem está sujeito a ter hipotiroidismo?

Certamente têm mais risco as pessoas com história familiar de doença tiroidiana, quem tem mais de 60 anos e as mulheres. “Se sentir cansaço, desânimo ou depressão que não consegue explicar direito, consulte o seu médico”, orienta Romaldini. “Pode ser que não seja stress ou excesso de trabalho, mas hipotiroidismo.”

Se porventura o TSH der pouco alterado, lembre-se de que cada caso é rigorosamente um caso. Participe da decisão de iniciar ou não a medicação de imediato. O tratamento é para a vida toda.

“Tem muita gente sendo rotulada de hipotiroidea desnecessária e equivocadamente”, adverte Vieira. “Está havendo excesso de diagnóstico e de tratamento. Por trás, está a pressão dos laboratórios farmacêuticos para vender mais hormônio tiroidiano sintético.”

Cuidado, portanto. Qualquer opção exige acompanhamento periódico, pois a tiróide muda. O hipotirodismo, além de doença do momento, é um dos negócios da hora.

********

PS1 do Viomundo:  A informação  de que hipotiroidismo não causa obesidade consta do livro Saúde — A Hora é agora, do qual, eu Conceição Lemes, sou coautora. O professor Milton de Arruda Martins, titular de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP, e o doutor Mario Ferreira Júnior, responsável pelo Centro de Promoção da Saúde do Hospital das Clínicas de São Paulo,  são os outros coautores. Entrevistei  70 profissionais de saúde entrevistados, principalmente do HC-FMUSP, para fazer este livro.

PS2 do Viomundo: O doutor Gilberto Vieira, da Unifesp, é corinthiano. Roxo.

PS3 do Viomundo: Infelizmente,  médicos  desatualizados contribuem para a disseminação da ideia errada  de que o hipotiroidismo causa obesidade. Os dois médicos entrevistados — os doutores Gilberto Vieira e João Hamilton Romaldini são  referência nacional na área. E tudo o que eles disseram sobre hipotirodismo é conhecimento baseado nas mais recentes evidências científicas.

PS4 do Viomundo: Os médicos entrevistados não disseram que Ronaldo mentiu sobre o diagnóstico nem que ele não tem hipotiroidismo. Apenas que, do ponto científico/médico, as declarações dele sobre hipotiroidismo-obesidade e remédio para hipotiroidismo-doping estão equivocadas.

PS5 do Viomundo: A título de hipótese, o caso de Ronaldo seria hipotiroidismo subclínico, leve. Se ele tivesse TSH acima de 10, estaria obrigatoriamente se tratando, para baixar esses níveis a títulos normais. Do contrário, não aguentaria jogar.  E se jogasse, correria o risco de infarto. Nenhum médico permitiria isso.

Meu twitter: @conceicao_lemes, siga à vontade.

 

240 Comentários para “Especialistas alertam: Hipotiroidismo não causa obesidade nem remédio para a doença dá doping”

  1. sáb, 12/07/2014 - 0:41
    Eduardo

    MEU DEUS,estou de cabelo em pé, oque tem de pessoas com hipo hiper ai vai inclusive eu,oque esta acontecendo com nós todos que porra é essa desta tiroide começar a bagunçar tanto assim,tenho um filho de 5 anos e agora no exame a endocronologista pediu um outro exame porque dele est alto.Que lasca é esta e martirio que todo mundo ta passando, será que nao tem dedo dos bioquimicos ou medicação que tomamos quando criança,oque esta acontecendo???Que merda…FODA estou impressionado com o tanto de pessoas que teme este problema para o resto da vida!!!

  2. qua, 18/06/2014 - 0:12
    rosangela olimpio

    eu sei que engorda eu tenho hiportioridismo efeito do rémedio em mim era ao contrario me sentia muito mal estou fazendo exercício estou me sentindo melhor em mim eu li algumas reportagem quando vc toma remedio a tireode fica cada vez mais lenta minha irmá toma a anos parece que vai explodir não emagrece é agora apareceu um nodulo é ela toma o remedio a anos alguns medicos falam que nossa agua que faz mal a nossa agua fluoretada a maioria das mulheres que converso tem mulheres jovem é estranho né é fluor da pasta nós faz mal.obs. eu deitava de barriga para cima me engasgava com minha saliva tomando reméd

  3. qua, 05/03/2014 - 10:37
    pedro

    porra nenhuma, só quem vive com o hipotireodismo pode dizer o que é! vivo a 4 anos e engordei p cacete e nao consigo perder uma grama, malho todos os dias, parei de beber, tomo o remedio diariamente,dieta de 1400 calorias por dia e nada. tenho todos os sintomas, faço o exame a cada 6 meses e nenhum médico resolve.repito, só quem vive com o hipotireodismo pode comentar, os demais,por favor não opinem sobre o que não sabem

    • sex, 10/10/2014 - 14:34
      Letícia

      Concordo em número, gênero e grau! Tireóide não é desculpa de gordo. No início do tratamento até perdi os 10% do peso que ganhei, mas com o passar do tempo continuei engordando. Quanto menos eu como e mais exercícios faço parece que engordo mais!! Sempre cuidei do meu peso, agora me sinto um lixo. Noto que as outras pessoas começam a academia, malham um pouquinho já perdem peso, como menos, corro mais e continuo egordando. Doença maldita.

  4. Eu tenho tireoide Hipotiroidismo, estou desesperada, pois n consigo emagrecer, tomo medicamento manipulado, é o certo?

    • seg, 15/07/2013 - 23:07
      Taniata

      Eu fiz uma cirurgia de retirada total da tireóide, devido a um tumor, tomo eutyrox 112mg e me sinto muiiiito bem, procuro ter uma dieta equilibrada, faço ginástica e estou conseguindo manter meu peso, tenho 1,68 de alt. e peso 63k. Quanto a tomada do remedio tem alguns segredinhos para o melhor funcionamento dele. Que Deus maravilhoso abençoe a todos vcs, pois Ele é bom e tem me ajudado muito.

  5. qui, 02/05/2013 - 0:00
    nando roger

    ola, eu tenho hipotiroidismo tenho 25 anos,quando eu tinha 14 anos era um garoto normal era gordinho mas normal, aos 15 anos comecei a emagrecer muito, de 100 kg baixei pra 80 em 3 meses sem dieta ou exercicio fisico, ai meus pais resolveram me levar ao medico, quando descobri que tinha hipertiroidismo, o meu metapolismo estava super acelerado. havia duas opções, cirurgia para retirar o nodulo na tireoide, ou queima-la atravez de iodo radioativo, meus pais optaram por iodo, e então eliminei minha tireode, desde então tenho que tomar remédio, pro resto da minha vida. tomo puran de 200 mlg. hj tenho hipotirosdismo, e infelismente recuperei todo meu peso, e naum consigo redusir, perco peso, mas naum consigo manter, sinto muito cansasso e dores musculares e inchaço, ja faço tratamento a mais de 10 anos.

  6. dom, 17/03/2013 - 17:16
    Fatima Silva

    Descobri no ano passado que tenho hipotiroidismo. Engordei quase 10 quilos, malho muito e não perco uma só grama. Além do calor insuportavel que sinto. Faço acompanhamento com endocrino. E da ultima vez que fui a médica aumentou a dose do medicamento. Eu tomo o euthirox 75.

  7. qui, 14/03/2013 - 10:42
    SHIRLEY

    MEU FILHO TEM HIPOTIROIDIMO SUB-CLINICO ELE TEM 4 ANOS E TOMA SYNTROID A 2 ANOS 25MG DIA – ONTEM FIZ EXAME DE SANGUE E O TSH DEU 6,9MUIL QDO O LIMITE ERA 6,0MUIL – QUERO ENTENDER SE O TSH ESTA AUMENTADO ELE ENTÃO NÃO DEVERIA CONTINUAR A TOMAR O REMEDIO AFINAL PASSARIA DE HIPO PARA HIPERTIROIDIMO NÃO É MESMO.O T4 DEU 9,06MUIL QDO O LIMITE PARA A IDADE É DE ENTRE 7,0MUIL E 15MUIL. ALGUEM PODE ME AJUDAR GRATA.

  8. seg, 25/02/2013 - 18:35
    Joelson

    Bom. Antes de mais nada, penso que devemos manter a urbanidade e mesmo que discordemos de qualquer afirmação feita até então, as ofensas não contribuem em nada para o debate. Digo isso apenas como mero leitor das opiniões muito bem expostas.
    Quanto ao hipotiroidismo, devo testemunhar que obtive resultado de TSH com 5.98 uUI/mL e T-4 LIVRE com 1.25 ng/dL em 22/03/2012, quando então decidi, junto com o médico, apenas controlar melhor a dieta, pois o colesterol estava em 230 mg/dL e o LDL em 159 mg/dL, não dando muita importância para o já “apontado” hipotiroidismo. Passei também a praticar exercícios físicos (ciclismo e musculação) com mais regularidade.
    Cerca de 1 ano depois, já em 06/02/2013, realizei novos exames laboratoriais, obtendo colesterol 180 mg/dL, LDL 113 mg/dL, TSH 9.28 uUI/mL e T-4 LIVRE 1.22.
    Todos os outros indicadores (glicose, ácido úrico, creatina, perfil lipídico, hemograma e leucograma) estão absolutamente dentro da faixa desejável.
    Assim, tomamos nova decisão e iniciei tratamento com PURAN T4 50mg, em uso contínuo. Daqui a 6 meses refazerei os exames laboratoriais.
    Pude concluir o seguinte: em meu caso não sinto e nunca senti desânimo, dares nas juntas e articulações, queda acentuada de cabelo, sonolência, “preguiça” ou qualquer coisa relacionada a depressão; não tive aumento de peso, ao contrário, com a dieta reduzi cerca de 7 quilos (tenho 1,78 e peso 81 quilos).
    Em resumo, o sedentarismo é o grande vilão, mais ainda quando vem associado com uma má alimentação e falta de repouso noturno (boas horas de sono).
    A cura está sob nosso controle e meu corpo só pode estar são se a minha mente tem saúde: no pensar, no agir, no falar, no ler, no assistir, no convier, no VIVER!
    A ciência e os cientistas aí estão para nos ajudar e não importa o que digam (ainda que baseados em estudos, experiências e estatísticas), cabe a você direcionar seu tratamento e resistir bravamente nas suas batalhas. Portanto, caros colegas hipotiródeos, levantem-se e vamos juntos vencer mais essa…

    • sáb, 09/03/2013 - 14:46
      Paulo

      Excelente o seu comentário. Meu caso ésemelhante ao seu. Tenho colesterol de 236. só que estou com TSH 5,2. Retomei maiores cuidados com a alimentação e estou ampliando a atividade física.

    • sáb, 23/03/2013 - 4:38
      adilson nascimento

      Meu caso é parecido. Exames efetuados Há cerca de um mês atrás detectou TSH 6,5 e o T4 normal. Meu colesterol total e o LDL também estão altos. Por orientação médica, estou tomando a levitiroxina há cerca de 20 dias, mas ainda não estou muito convicto da decisão. Passei a ter problemas com insônia e ligeira agitação, tipo ansiedade. Não sei se tem relação com a reposição hormonal ou se são sintomas casuais e momentâneos, de qualquer forma, vou refazer os exames na próxima semana e, após analisar as informações deste site, estou mais propenso a não mais tomar a levitiroxina e fazer apenas o acompanhamento.

    • ter, 02/04/2013 - 1:57
      Bela

      Oi Joelson. Gostaria de saber de onde és, qual o médico que foste? Para me auxiliar também, quero evitar usar remédio desnecessário.

      belissima007@yahoo.com.br

  9. dom, 24/02/2013 - 19:04
    GEISA

    TENHO PROBLEMAS NA TIREÓIDE DESDE A ADOLESCÊNCIA, PRIMEIRO HIPERTIREOIDISMO, ERA MAGÉRRIMA NÃO TINHA FOME, DORMIA MUITO E EM CONSEQUÊNCIA DO PROBLEMA FIQUEI COM OS OLHOS MAIS SALTADOS, DURANTE ANOS TOMEI PROPILTIORACIL PARA DESACELERAR A TIREOIDE QUE DESENVOLVEU UM BÓCIO DIFUSO TOXICO O RÉMEDIO NÃO MELHORAVA EM NADA OS SINTOMAS, DEPOIS DOS 30 ANOS TUDO SE REVERTEU E PASSEI DE HIPER PARA HIPO, A TIREÓIDE PAROU DE FUNCIONAR E PASSEI A FAZER USO DE LEVOTIROXINA SÓDICA, ENGORDEI APESAR DE CONTINUAR A COMER POUCO, VIERAM AS DORES NAS JUNTAS, A QUEDA DE CABELO, O INÍCIO DE OSTEOPOROSE,MEMÓRIA FRACA, DISTÚRBIOS NO SONO, DIFICULDADE DE CONCENTRAÇÃO, TOMO PURAN TODOS OS DIAS,SEI QUE É PARA O RESTO DA VIDA, GOSTARIA QUE A CIÊNCIA SE EMPENHASSE UM POUCO MAIS NA DESCOBERTA DE UM TRATAMENTO MAIS EFICAZ QUE CURASSE OS SINTOMAS QUE SÃO DIFÍCEIS DE SUPORTAR, NÃO TEM UM DIA SEQUER QUE EU NÃO TENHA DORES NAS ARTICULAÇÕES, SEI QUE EXISTEM PROBLEMAS DE SAÚDE BEM PIORES, MAS ISTO NÃO SIGNIFICA QUE OS MÉDICOS, CIENTISTAS E ESTUDIOSOS DA SAÚDE MENOSPREZEM UM MAL QUE ALCANÇA TANTAS PESSOAS. COM CERTEZA O HIPOTIREOIDISMO ENGORDA PORQUE DESENCADEIA UMA SÉRIE DE DIFICULDADES NO ORGANISMO COMO PRISÃO DE VENTRE, DEPRESSÃO, FALTA DE SONO ETC…SE ALGUNS HIPOTIREOIDEOS NÃO PASSAM POR TUDO ISSO AGRADEÇAM A DEUS, MAS NÃO JULGUEM OS OUTROS QUE PASSAM POR TODOS ESTES PROBLEMAS

    • ter, 21/05/2013 - 18:22
      DALVANA

      pois e eu tenho a hipo tambem apesar de ter eu não engordo pese 42 quilos recebi o diagnostico a um mes e tambem perdi muito cabelo minhas unhas quebram muito e durmo muito sinto muita fome como muito e se eu não comer na hora certa eu começo a tremer e a passar mal mas meu colesterol esta bom e todo o resto tambem meu hipo esta em 10,93 ou seja muito aumentado eu sei como as dore são constantes principalmente nas pernas não e muito facil de lidar com isso

  10. sáb, 23/02/2013 - 21:35
    Nivia

    Descobri a 4 meses que estou com hipotiroidismo,me sinto pessima,cabelo cai,falta de ar,palpitação nocoração.dor nas juntas e td mas um pouco,sem dizer que o médico me falou que não possso beber uma cervejinha que tanto gosto,fazer o que né,a não ser se tratar ,acho que vou pirar.

  11. qua, 20/02/2013 - 15:16
    helena pedroso

    olá!tnh uma filha de20 anos queéautoimune/hipotiriodismo..el andou muito desrgudo em seus mdicaentos eagora volou a tomar,saindo do pluran…mas est´com problema nas gladulas edoi:cas de cirurgia eserá que irá resolver,e que fzer até que consiga menizar ate uma soluçao demodo natural que possa ela meklhorar seu desempenho….obrigado.por favorfico muito preocupada pois moro separada dela

  12. ter, 13/11/2012 - 2:02
    S. Mendes

    li os comentarios de mt gente e discordo em partes da maioria deles quando dizem q a hipo aumenta o peso…nao é vdd…tenho hipo e quase todos os sintomas porem o meu peso se mantém…nem q eu coma o dia inteiro por dias seguidos…é como se td q eu comesse evaporasse no estomago,acredito q as consequencias da doença varie de pessoa pra pessoa e só agrave o q ja é genetico de cada um…então alguem com tendencia a engordar provavelmente tera um ganho de peso devido a todos os outros sintomas q a deixam praticamente sem vida ativa….digo fisicamente,porem é consequencia do cotidiano e nao algo q venha direto da doença…e eu sou exemplo disso pq se fosse ralmente vdd q a hipo aumenta o peso eu teria q ter ganhado peso tbm nao é msm? porem nunca consegui engordar em hipotese alguma…sempre tive tendencia a emagrecer msm comendo de td…então dizer q hipo aumenta o peso é errado…é como jogar a culpa na doença em uma coisa comum do seu proprio organismo,cada um vai reagir de uma forma diante da depressão do desanimo,do cansaço e etc…no meu caso td acontece…porem o peso é estavel!Então Ronaldo foi sim infeliz no comentario q fez,na minha opiniao…foi como falar sou gordo e a culpa é toda da hipo como se nao tivesse tendencia alguma a engordar.Quis tirar sua responsabilidade da reta jogando culpa em uma doença comum hj em dia…se fosse assim todos os gordinhus com hipo poderiam dizer q a culpa é da doença…e os q nao tem hipo? é culpa é do q?

    • ter, 21/05/2013 - 18:26
      DALVANA

      e vdd porque eu tambem tenho a hipo em 10,93 e não engordo uma grama sequer sempre tive o mesmo peso tenho a maioria dos sintomas principalmente as dores mas mesmo assim não engordo nada nem quando engravidei eu engordei tbm acho que e de pessoa pra pessoa eu como de tudo e um pouco mais

  13. ter, 02/10/2012 - 14:45
    ro gouveia

    Hipotiroidismo causa obesidade sim, e não venham me dizer o contrário, e digo por experiência própria. Meu peso sempre foi entre 47 e 50 quilos, até eu começar engordar do nada, então resolvi ir ao médico para ver o que estava acontecendo e foi ai que descobri que estava com esse bendito “Hipotiroidismo”. Então começou o martírio, isso já faz 13 anos que tomo esse hormônio sintético, mas mesmo assim continuo engordando, além de todos os outros problemas que tenho em decorrência dessa doença como muito desanimo, colesterol altíssimo, depressão,ansiedade, osteoporose, vários nódulos na tireoide e por ai vai… Então não venham me dizer que essa bendita glândula não altera quase em nada o metabolismo que vou continuar dizendo que altera sim e muito.

    • sex, 10/10/2014 - 14:39
      Letícia

      Concordo!
      Comigo aconteceu exatamente a mesma coisa.
      ENGORDA SIM.

      Os médicos não admitem pra não desanimar a gente, mas parece que nenhum esforço é o suficiente pra emagrecer.

      Cansada já.
      Aí vem uns fdp dizer que não engorda.. Só quem tem sabe!

  14. seg, 01/10/2012 - 11:10
    mayara

    Bom dia , gostaria de saber quais são suas referências, pois gostaria de utilizar seus dados para confeccionar o meu trabalho da faculdade. O meu tema é Tireoidite de Hashimoto. Agradeço sua atenção, fico no seu aguardo.

  15. sáb, 01/09/2012 - 23:23
    Francisca Pereira da Silva

    Eu tenho hipotiroidismo,engordei muito,vivo muito cansada e sem animo ,os cabelos caem demais fora outros sintomas que não vou citar todos que são muitos.Toma medicamentos que não consigo ver nenhum resultado,não sei onde vou parar!

  16. ter, 31/07/2012 - 16:30
    Silvia priscila

    Tenho 32 anos e parece, minha vida acabou depois dessa doença, nao tenho animo pra nada, antes era uma pessoa ativa, e agora nao consigo dar atençao pros meus filhos, meu marido nao entende, vivo cansada, nao tenho forças pra ir ao medico..

  17. ter, 29/05/2012 - 15:09
    Priscila

    Tenho 30 anos e assim como minha mãe, acabei de ter resultado alto para TSH demonstrando o início de um problema. Sempre tive pavor de imaginar ter a mesma doença que deixou minha mãe obesa. Ela descobriu a doença com a mesma idade que eu, e um médico infeliz não quis tratá-la dizendo ser muito cedo, resultado, meses depois do diagnostico ela tinha ganho mais de 10 kilos. Hoje, 20 anos se passaram e ela é uma senhora com problemas de obesidade e tudo o que tem de ruim que acompanha o sobrepeso e o problema na tireóide.
    Agora ao me ver nessa situação, depois de consultar 2 Endócrinos…nenhum deles quis realizar qualquer tipo de exame e nem sequer deram bola para a possibilidade do problema. O histórico para essa doença na minha família é bem grande. Uma das minhas primas está com tumor na Tireóide..a outra faz tratamento com iodo regularmente..minha mãe toma remedios…e eu? vou ter que esperar ficar com mais 20 kilos para que algum médico resolva fazer algum tratamento ainda que preventivo?? Depois que eu estiver gorda..quase sem cabelos e depressiva não venham me dizer que foi o destino ou sei-la o que…mas sim um descaso médico. Aliás aqui em Floripa os médicos ultimamente tem deixado a desejar. Nos tratam como açougueiros. Enfim…preciso é de um excelente médico especialista para não correr o risco de ser mais uma gorda depressiva no mundo, com menos de 40 anos.

  18. seg, 23/01/2012 - 21:51
    Nanie

    Uma doença que causa desanimo, dificuldade em perder peso e depressão acaba levando a obesidade por consequência nao e? A pessoa ta depressiva, come muito, nao tem animo pra atividade física… Ganha peso, tenta perder nao consegue piora a depressão come mais tem menos animo e assim chega a obesidade… Nao e obvio? Talvez os médicos devessem parar de ver seus pacientes como uma glândula descontrolada e passar a ver o todo…

  19. [...] Mas atenção. Tem muita gente sendo tratada desnecessariamente de hipotiroidismo no Brasil.  Nós …   [...]

  20. [...] blog do Luiz Carlos Azenha tem um post interessante de Conceição Lemos, possivelmente motivado pelo anúncio da aposentadoria do jogador [...]

  21. [...] Ronaldo recentemente se aposentou. Como justificativa, falou em motivos de saúde – um deles o hipotireoidismo, doença que, segundo o jogador, o impedia de perder peso e cujo tratamento seria considerado dopping (não é bem assim, segundo médicos). [...]

  22. qui, 17/02/2011 - 10:10
    joni

    Ser gordinho não é ser obeso. E o hipotireoidismo provoca, sim, sobre peso. Eu sei bem porque sofro dessa disfunsão. E quanto ao Ronaldo, como jogador, ele foi maravilhoso.

  23. qui, 17/02/2011 - 6:40
    leozenith

    Não pretendo aqui defender o Ronaldo mesmo porque não acompanho futebol e nem gosto. Gosto mesmo é de ler o Vi o mundo. Me desculpem os entrevistados que são considerados notorios em endocrinologia. Tudo que vivo na propria carne parece não corresponder com as orientações medicas. O sobrepeso me acompanha e pior, a dislipedimia também…mesmo tomando medicações, as mais modernas do mercado. O que acontece então??? Existe um elo perdido que separa a vida das pessoas com hipotireoidismo e a opinião medica…..As orientações de uns não consegue promover uma vida harmoniosa do outro…..Onde está o erro? Ninguem gosta de viver cansado, com dieta restrita , intestinos preso, cabelos caindo, deprimido…onde encontrar harmonia entre orientações medicas e vida "normal' como dizem ter as pessoas com hipertireoidismo que fazem uso de hormonios sinteticos????socorro!!!!!

  24. É mais um inócuo, travestido de especialista, querendo surfar na popularidade do Fenômeno. Vá lamber sabão ô bobão…

  25. qua, 16/02/2011 - 19:47
    Fabio Rem

    Hipotireodismo causa obesidade sim. O texto está enganado nesse aspecto. talvez nao cause obesidade sempre, mas causa sim. Agora, é tratável, é só usar a medicação correta que o hipotireoidismo é corrigido, e a obesidade, se houver, em decorrência do hipotireoidismo, também desaparecerá.
    E como a medicação nao consta como sendo doping, essa história do Ronaldo está pra lá de esquisita.
    Ele por acaso mentiu? Acho que sim.

  26. qua, 16/02/2011 - 19:32
    Jojô Kat

    É duro ler quase 200 comentários e perceber que muita gente não entendeu nada do texto. Pior ainda é ficar na defensiva e ofender o Viomundo porque o tal de Ronaldo é "ídolo". Qual é? O cara é gordo mesmo, vacila na dieta – basta ver as fotos do rapaz na praia, sem camisa nas férias ou "tratamentos" etc. Aquilo é gordura pura e não o acúmulo de líquido tão comum no hipotiroidismo.

    Tenho hipo há mais de 10 anos, controladíssima e vou bem, obrigada. Tive a sorte de encontrar um excelente médico especialista, faço exames a cada 3 meses e a dose do hormônio mantém o TSH e T4 na linha. Antes do diagnóstico tive aumento de peso, mas nada de tão alarmante. Pior era a moleza, a falta de sonho ou sono agitado, o cansaço, irritabilidade e outros sintomas citados também por uma comentarista aqui. Infelizmente todos os exames levaram à cirurgia de tireoidectomia total. Havia um imenso tumor que, de acordo com a biópsia, era maligno. A biópsia é feita durante a cirurgia, usando a "congelação".

    Acho difícil esse ex-jogador estar falando tudo correta e completamente. A assessoria de imprensa do rapaz (ou seus chefes) pensou ter achado a saída mágica: a culpa é da tireoide, não da idade que chega para todos, da falta de motivação ou da boca nervosa. Montaram uma cena tocante, cercado pelos filhos (sendo que um deles teve dificuldade de ser reconhecido como tal até pouco tempo atrás), lágrimas, suspiros… Um discurso "humilde" do "futuro embaixador -captador do Corinthians" e em 30 segundos a questão principal passou a ser a tireoide.

    Como pode um discurso oco daqueles convencer multidões como parece ter acontecido? Basta ver as reações dos leitores aqui que estão confundindo "ser fã" do jogador com "sérias questões de saúde pública", além de total desinformação. A grande mídia conseguiu marcar outro gol contra e o povo acredita. Quando especialistas de verdade explicam a situação clara e diretamente, o povo vem aqui e os desmerece , os desautoriza como se o povo fosse o maior dos médicos e não o melhor dos fãs.

    Especialidades médicas existem e devem ser respeitadas. Ou você ainda acredita que leite com manga faz mal? Se por acaso você estivesse com câncer de garganta, iria resolver o problema em um ortopedista ou num oncologista de cabeça e pescoço? Cadê o médico do grande ídolo para explicar essa bobagem esfarrapada – que começou anos atrás quando a Europa não mais se interessava pelo jogador?

    Quatros anos é muito tempo para conviver com o hipotiroidismo sem tomar nenhuma atitude. Como diz o excelente texto, o cara poderia ter tido enfarto e morrido no meio do campo. Talvez a morte tivesse sido uma saída mais honrada, pelo menos essa teoria de última hora teria sido comprovada e Ronaldo seria o mártir que tenta parecer ser.

    Saber ler (e separar joio do trigo) é tudo de bom na vida.

  27. qua, 16/02/2011 - 18:36
    Milton Freitas

    Bem um jogador tem que se alimentar bem pois gasta mais energia .
    O hipo faz o corpo ficar lento,logo este ser humeno não é normal .
    Levando se em conta que um atleta é exigido alem do normal ,e tendo a doença nem normal ele é .
    Isto levaria alguns a pensar .
    mas como compramos pensamentos prontos ……..
    Agora somamos o fato deque Ronaldo vendia um produto raro ,mesmo para ele que é superação e saude ,se ele fala-se que tomava ou engeria reposição hormonal ,com a midia e a cabeça que temos onde estaria Ronaldo .
    Talvez no mesmo patamar de Maradona,agora certamente não estaria entre os garotos propaganda preferido de empresas esportivas ou alcolicas.
    Mas como o lema no Brasil é queimar ,destruir ,enterrar .
    Vamos praticar oque mais gostamos.ver apenas o lado macabro.
    Agora quanto ao hipo não engordar alguem poderia dizer isto para o meu corpo,pois a cada 3 meses faço exemes e dosagem sempre tem que ser mudada,112,125,150,volta para 125 enfim oque acontece no periodo que dosagem não esta correta .
    Deveria fazer exemes todos os dias ,para ai então tomar a dosagem?

    • qua, 16/02/2011 - 18:42
      Conceição Lemes

      Milton, não sou médica, sou jornalista. Vou consultar um dos médicos entrevistados sobre essa oscilação nas dosagens. Amanhã eu te respondo. abs

  28. qua, 16/02/2011 - 16:12
    Ana Amélia

    Eu juro pra vocês que eu não tinha acreditado nesse papo do Ronaldo, agora então…

  29. qua, 16/02/2011 - 15:04
    João Carlos

    O Ronaldo poderia ter se despedido de forma bem mais elegante, não acham?

  30. Não conheço coisa pior do que a miserável ignorância com dinheiro. E não há doença pior do que a alienação miserável que a midiocracia do labirinto do nada produz em seu auto beneficio para o malefício das massas senzaladas que "ESQUENTA" e explora na ignorância e infantilismo. Não escapa ninguém. Autoridades e especialistas na dolosa casa grande e na culposa senzala. É o "hiperestupidismo" brasileiro (e internacional).
    Enquanto isto avançam no verdadeiro campo de batalha genocida onde matam os escravos insurretos substituindo-os por "máquinas humanas" burras e obedientes, os "intocáveis" verdadeiros inimigos da humanidade que são os inumanos fazedores de leis "TRABALHANTES" que esta democracia de faz de conta nos faz autorizar coonestando-os com nossos "ingênuos" votos. CONTINUAMOS JOGANDO CONVERSA FORA E AUTORIZANDO O DESMONTE E SAQUE DO BRASIL PELA PIRATARIA INTERNACIONAL.
    Tô aqui pensando como agradecer aos intocáveis deuses banqueiros, donos da vida e da morte, com sua eficiente administração da escassez planejada de tudo, e o que fazer com este "discutidíssimo" falso aumento no salário mínimo para compra de "pirão de farinha com prazo de validade vencida" antes que os "invisíveis" HAARP & CHEMTRAILS, sem aviso prévio e sem carta de alforria, acabe conosco como fez com a região serrana do Rio de Janeiro e vem fazendo com outras localidades mundo a fora e que a midiocracia não nos mostra. Sinto muito. Aceito sugestões… Sou grato.

  31. qua, 16/02/2011 - 2:44
    Guga

    Artigo sobre o que poderia ter sido as causas da "morte" de Ronaldo… http://www.rue89.com/rue89-football-club/2010/11/

  32. Caramba, porque o cara tem que dizer o que tds querem ouvir.
    Ninguém antes dele assumiu a incapacidade de continuar fosse qualquer o motivo. O Pelé, e tantos outros, nunca disseram que estavam parando porque estavam velhos, drogados, lesados etc
    Com a grana q ele tem poderia mto bem mandar td mundo as favas, mas foi humilde, dando explicações e até se desculpando.
    HIPOTIREOIDISMO se manifesta com sérios sintomas ou não, depende do organismo. Sofro com isso há um ano, com muita dificuldade de ajuste nas doses do hormônio, o q me obriga a fazer exames periodicamente, por causa dos sintomas.
    As pessoas não sabem do que falam. É fácil falar, difícil é ser ele.
    Mentindo ou não, tem muito MAGRO que não faz metade do que ele fez.

  33. ter, 15/02/2011 - 22:25
    Gerson Carneiro

    Futebol pra mim, só prestou até a época de Zico, Sócrates, Falcão, Leandro, Raul, Adílio, Júnior, Éder, Mozer, Nunes, Tita, Telê Santana… e etc.

    E meu ídolo das antigas é o Mané Garrincha. Além de tudo ainda tomava umas. Sabia o que era bom.
    Hoje em dia a molecada ganha muito e não sabe como gastar a grana. Perdeu boas referências.
    Futebol pra mim é como música: é passado. Só presta o que já não existe mais.

  34. ter, 15/02/2011 - 22:19
    Valeria

    Conceição, tenho hipotireoidismo há mais de 4 anos, e consegui ganhar bons 12 kg, nesse tempo.
    Não há dieta, exercício ou jejum, que me faça perder uma grama sequer.
    Vou viver de luz, e quem sabe algo aconteça.
    E depois os médicos dizem que somos preguiçosos, que culpamos a doença por tudo.
    Mas se tomo o tal hormônio sintético todo dia e é tudo "psicológico" como dizem, e que aliás, estou cansada de ouvir, numa Via Sacra, sou serä Crucis, por vários médicos, como explicar a queda excessiva de cabelo, as unhas quebradiças, o intestino preso, a pele ressecada, os inchaços que nem roupa ou sapatos cabem em mim, o sono excessivo, a depressão que está deixando meu psiquiatra sem opções para a subsituição do antidepressivo ??
    Sem dizer os vários nódulos que povoam minha tireóide…
    Os médicos se dignam a ler um bendito exame de TSH e de T4 e dizer, que estão normais.
    Mas "Eu" não estou normal.
    Gostaria de conhecer um médico "fera" ou referência, que tenha hipotireoidismo, e que o mesmo dissesse que tomando o tal hormônio sintético, ELE está normal…..
    Quero minha vida de volta!!!!

  35. ter, 15/02/2011 - 21:51
    Guanabara

    Eu acreditei tanto nessa história quanto acredito no Papai Noel ou na Veja.

    Quanto ao "fenômeno", tem seus méritos, mas nunca achei láááá isso tudo. Vi muita gente jogar mais e não ter esse crédito midiático todo.

  36. ter, 15/02/2011 - 21:50
    NIvaldo Gross

    Me desculpem mas ser pautado pela midia burguesa é isso aí!!!!
    Que assuntinho sem vergonha esse da hipertiroidismo do Ronaldo!!!

    No mundo todo, menos no Brasil, a manchete é o milào nas ruas contra o Berlusconi e seu indiciamento por corrupção de menores!!!!!

    Mas no Brasil, não!
    Aqui o problema é a despedida do Ronaldo…

    Façam me um favor: não digam mais que sua missão é denunciar a mídia corporativa!

    Ela bloqueia, bloqueia e nós ficamos indo atrás das bobagens que ela pauta…

    Vejam isso: em todo mundo a queda de Berlusconi é a torcida gerall….
    VAMOS FURAR A MIDIA OU IR ATRAS DELA, DA SUA CENSURA, DO SEU BLOQUEIO?

    http://www.unita.it/italia/premier-a-processo-in-

  37. ter, 15/02/2011 - 21:36
    Alvaro Tadeu Silva

    Não sou médico e não entendo patavina da tireóide, mas conheci oito mulheres e um homem que precisaram extrair a tireóide por causa de tumores, alguns benignos, outros malignos. Acredito que todas essas pessoas tomavam seus remédios regularmente, apenas uma dessas mulheres não apresentava excesso de peso visível. Uma delas comentou comigo que criou uma rede social de mulheres sem a tireóide e a grande maioria lutava contra a balança.

  38. ter, 15/02/2011 - 21:12
    davimoura

    Segundo um grande professor da UFPE… numa aula sobre disfunções…
    … Em seu primeiro momento da aula ele dissi: ´´ Não existe DOENÇA caros estudantes e almejados colegas…pausa de + – 1 min… mas sim o Doente“.

    aparti dai nunca mais tentei diagnosticar a doença e sim o doente …

    provavelmente um simples copo de leite possa ao mesmo tempo saciar uma pessoa e matar outra .

    É obvio q os doentes tenham estatisticamente comportamentos similares q convensionamos chamar pro exmplo: hipotireodismo.
    mais cabe ao medico analisar cada paciente isoladamente.

  39. ter, 15/02/2011 - 18:46
    Fátima Oliveira

    Ronaldo com certeza passou as informações que, como leigo e paciente, tinha do seu caso. O que falou, certo ou errado, não pode ser considerado MENTIRA – ele não é endocrinologista. Não tem obrigação de falar como um especialista, que não pode dar informações que cientificamente não estão comprovadas. É da forma que expressou que ela a vê. Qual o crime? NENHUM!
    Não esquecendo que medicina não é matemática; que em medicina só excepcionalmente 2+ 2 dá 4, médicos e "pacientes" falam línguas bem diferentes, embora usando o mesmo idioma. Opiniões diversas sobre a mesma doença e sobre tratamentos é a regra em medicina. Tanto que algumas vezes se faz JUNTA MÉDICA para decidir sobre determinada conduta terapêutica.
    Ou alguém aqui acha que rico com câncer toma os mesmos remédios que pobre com o mesmíssimo câncer? Nem aqui e nem em lugar nenhum do mundo! É triste, mas é a realidade. O rico pode até nem se curar, mas provavelmente sobreviverá mais. E para “zuar” mais, temos o dr. Google (Ronaldo é internauta de carteirinha e deve visitá-lo bastante).

  40. ter, 15/02/2011 - 18:44
    Fátima Oliveira

    Vi parte da entrevista do Ronaldo, quando ele disse que dedicou a sua v ida ao futebol. Ora, tinha mais era que dedicar. Encheu as burras chutando bola. Deve a vida que tem ao futebol, pois não estudou e nem aprendeu nenhum outro ofício na vida. O futebol foi o seu porto seguro. É IMORAL O QUE GANHA UM ASTRO DE FUTEBOL HOJE EM DIA!

    • ter, 15/02/2011 - 20:40
      Klaus

      Fátima, vou te explicar a lógica dele e outros ganharem tanto: os clubes, por meio de publicidade e direitos de transmissão ganham fortunas. Vc não acha que os jogadores, que são os verdadeiros artistas, não tem o direito de levar sua parte? Se o dinheiro não for para eles ficará com os clubes. O que eu acho é que o dinheiro poderia ser melhor rateado, mas acho que entre o Ronaldo ganhar o que ganha e o clube ficar com o dinheiro, prefiro que vá pro menino. ele ganha tudo porque ele faz algo que poucos fazem.

      • ter, 15/02/2011 - 23:08
        Depaula

        Klaus é imoral desde a lógica cara! Entendo o que a Dra. Fátima Oliveira falou. E é imoral mesmo.
        Não é à-toa que há tanta picaretagem e lavagem de dinheiro no futebol, em todo o mundo.
        E um professor absolutamente bom no que faz, que s epreparou e não pára de estudar nunca, deve ganhar quanto? Há professores que sãoa ssim, do pré à universidade. Há mais gente assim do que relapsas.
        E um médico, que leva anos e anos, estudando, se graduando, se especializando, fazendo mestrado, doutorado, pós-doutorado; e entrega a sua juventude à medicina e sabe que terá uma vida de sacrfício e salários baixos e indignos a vida inteira? Qual é a moralidade da disparidade salarial entre um profissional comum, fera em sua profissão e um chutador de bola fera, que nem precisa saber assinar o nome? Pensa. Não é só imoral , mas enquanto exemplo para jovens e crianças é péssimo.

  41. ter, 15/02/2011 - 18:20
    Paulo

    O Ronaldo em si ja deveria ter parado antes de entrar no Corinthians, por causa das suas lesões anteriores que poderiam acabar em uma lesão totalmente ireversível a ponto de deixar ele com alguma deficiência em se locomover.. ainda bem que ele parou sem ter tido alguma lesão grave… essa doença ai.. foi apenas uma desculpa para ajudar as pessoas entender o sua saida.. pois a torcida do seu time foi totalmente insana em querer que o time ganhe todas e não aceitaram a derrota contra o TOLIMA.

    Para mim não são pessoas mas sim bandidos.. muitos foram lá.. jogaram pedras acertando os carros dos jogadores.. ameaçaram o Roberto Carlos no transito.. entre outras..

    Esses caras ai.. dão muita importância para uma simples e mera partida de futebol.. eles julgam os jogadores como se fossem funcionários da empresa deles que se algum fizer algo errado pode dar prejuízo a sua empresa e agem de maneira insana.

    Essas pessoas deveriam estar em sua casa cuidando da sua familia ou participando do ambiente familiar e ou trabalhando..

  42. ter, 15/02/2011 - 18:09
    Ivania Araujo

    faltou dizer que bebês também podem nascer com hipotiroidismo. é o chamado hipotiroidismo congênito, quando a tireoide da criança não produz os hormônios. Esse problema é detectado no exame do pézinho, que é feito ainda no hospital. A falta de tratamento causa deficiência física e mental, mas com o uso do hormônio sintético logo nos primeiros dias de vida a criança tem seu desenvolvimento normalizado. O remédio deve ser tomado todos os dias em jejum, por toda a vida. Minha filha de 2 anos, nasceu com esse problema e com o uso da medicação, felizamente, está com o desenvolvimento perfeito.

  43. ter, 15/02/2011 - 18:09
    Armando S Marangoni

    Caramba!!
    Um jogador de futebol fala uma bobagem e o mundo cai em cima dele!! Todo mundo se anima a falar alguma coisa (inclusive eu).
    Que poder é esse?!??!
    VIVA A ESTUPIDEZ!

    • ter, 15/02/2011 - 22:25
      Marcia Costa

      Dependendo de quem fala, a influência é maior. O Ronaldo tem um problema na tireóide. Eu também tenho. ele é gordinho; eu também sou. Ele é (era) um atleta; eu sou uma funcionária pública. Ele está na mídia todo dia; eu bate ponto na repartição de 8 às 17h. Pergunto a vc: quem pode influenciar as pessoas com conceitos tortos e sem lógica? Isso é ser famoso e eu, sinceramente, não tenho nenhuma inveja de que é posto que perde-se completamente a privacidade. Mas, como ganhar milhões sem se expor? Ele fez essa escolha de forma voluntária. Então, aguenta o tranco.

  44. ter, 15/02/2011 - 18:05
    Samuel Velasco

    Penso que existam médicos desinformados, como alega a Conceição, seja por não estudarem, não absorverem profundamente um objeto de estudo ou por receberem dados errôneos. E por outro lado, existe gente que tirou quase 2 anos para fazer o THS em quase 1400 pacientes de maneira a determinar – com rigor estatístico – a incidência de obesidade nos portadores dos variados graus de hipotiroidismo e também se a obesidade é causa ou consequência. É o caso de um estudo publicado em março de 2008, conduzido por Verma e Jayamaran M. em Hyderabad, Índia. Divulgo aqui em suma, a metodologia, os resultados e a conclusão do estudo:

    "Método: Nos últimos 18 meses, dados de 625 pacientes com hipotiroidismo primário (Grupo I) e de 450 pacientes da Clínica de Obesidade (Grupo II) foram analisados. A diferença de frequência entre os 2 grupos foi avaliado pelo teste Qui-quadrado.

    Resultados: No Grupo I, 278/625 (44%) tinham índice massa corpórea >25 kg/m2. Obesidade era maior (46% contra 34%) em hipotiroidismo clínico do que no hipotiroidismo subclínico. Mais pacientes estavam com sobrepeso no grupo de hipotiroidismo clínico do que no subclínico (p=0.02). Nos pacientes com obesidade, hipotiroidismo clínico estava presente em 33% e hipotiroidismo subclínico em 11% dos pacientes.

    Conclusão: Geralmente disfunção na tireóide foi encontrada mais em pacientes obesos com vários graus de significância. Estudos detalhados são requeridos para avaliar a relação de causa e efeito entre obesidade e hipotiroidismo."

    Traduzido do artigo original "Hypothyroidism and obesity. Cause or effect?".

    Reparem que não há afirmação categórica "não, não causa obesidade".

    Me indago como é que a ciência brasileira vai crescer, e como as crianças e adolescentes vão tomar gosto pela pesquisa, ao verem que é uma aristocracia de autoridades – e não cientistas – que comanda a rédeas curtas o conhecimento no país? Como despertar a curiosidade, o interesse pela ciência, se a universidade continua fechada em seus paradigmas e na sua burocracia cultivada pelos pesquisadores A1 do CNPq? Já diria o Nicolelis (que respeito muito): Einstein não seria pesquisador A1 do CNPq…

    • Samuel, diante de outras causas de obesidade, como fatores constitucionais/genéticos, associação com síndrome metabólica, hábitos alimentares e físicos, níveis de estresse, e assim por diante, e que não foram discutidos e analisados neste artigo que você citou, que trata-se de um estudo naturalístico do tipo "corte transversal", continua válida a assertiva de que o hipotireoidismo não é a causa da obesidade.

      • ter, 15/02/2011 - 22:25
        Rafael

        Como é triste quando alguèm se agarra a um conceito nitidamente equivocado e se nega a enxergar a esmagadora quantidade de evidências corroborando o contrário. Isso é pseudociência.

  45. ter, 15/02/2011 - 17:59
    J.L. Brandão Costa

    Acho isso de uma pequenês incrível. Tireóide ou não, não muda o que esse rapaz foi. Um gênio do futebol. O melhor centro-avante que já ví jogar. Não conta Pelé, que também ví menino, que era tudo, até centro-avante.
    Só fiquei magoado com o que fez com meu Mengão. Mas tá perdoado, perante as alegrias que lele me deu!

  46. ter, 15/02/2011 - 17:59
    Michael Lima

    Rapaziada, eu tenho pena é de um cara que foi professor de língua portuguesa a vida toda em escolas públicas e que aos 40 anos de idade descobriu que tinha câncer nos ossos. Agora…esse estardalhaço todo por um cara que não fez nada em prol da humanidade e que ganhou rios de dinheiro pq jogava bem futebol…. O único problema dele vai ser agora não emplacar a melhor jogada toda semana, nem ser mais o melhor do mundo no ano corrente. Tem um monte de gente por ae que tem enfermidades piores e que nunca tiveram glória nenhuma e nem grana de verdade. Quanta hipocrisia!!!!!

  47. ter, 15/02/2011 - 17:27
    Julio Silveira

    Uma coisa é certa, eu sempre quis ter corpo de atleta mas todo mundo vivia dizendo que eu estava acima de peso, que devia aliviar no choppinho, eu sempre resisti, mas tava pensando em malhar. Ai veio o Ronaldo mais pesado que eu, todo mundo chamando ele de fenomeno, então passei a entender que para ter corpo de atleta basta ter uma cabeça leve um passado bonito. Cobrei, de meu amigos essa isonomia, pararam de dizer que eu estava acima do peso. Hoje desfilo meu 110kg, sempre aludindo meu idolo, super orgulhoso com o corpo que alcancei. O Ronaldo me redimiu, volta Ronaldo.

  48. ter, 15/02/2011 - 17:10
    José Carlos

    Hipertiroidismo pode ser simplesmente o nome de alguma boa pasta italiana.
    Acho que devemos considerar jogadores de futebol como artistas (há, é claro, os coadjuvantes dispensáveis). Separar a pessoa da persona. Dostoievski prescrutador de nossas almas, do russo viciado em jogo. O conservadorismo de Borges, do escritor genial.
    Os seres humanos Pelé, Garrincha, Ademir da Guia, Zico, Maradona, Shakespeare, Van Gogh, Picasso e tantos outros conquistaram o que provavelmente nenhum de nós será capaz: sobreviver definitivamente como Outro. Para nós resta-nos sobreviver confiando apenas na memória dos viventes mais próximos. Meu avô José, o elegante, ainda sobrevive porque o recordo e falo sobre ele para alguns, meu filho principalmente. Um dia dependerá somente do bisneto que mal conheceu.
    E como escreveu Pessoa em Tabacaria
    (…)
    Ele morrerá e eu morrerei.
    Ele deixará a tabuleta, eu deixarei os versos.
    A certa altura morrerá a tabuleta também, os versos também.
    Depois de certa altura morrerá a rua onde esteve a tabuleta,
    E a língua em que foram escritos os versos. (…)

    Os destinos pessoais de cada uma dessas e de tantas outras personagens são meros acréscimos imprescindíveis à continuação da inevitável tragicomédia humana.
    Evoé!

  49. ter, 15/02/2011 - 16:36

    Ainda temos que ouvir que o cara doou a vida ao futebol. Levou a vida na farra e na falta de profissionalismo. Demais, com a grana que esses jogadores ganham, qualquer um doaria a vida ao futebol.

  50. ter, 15/02/2011 - 16:35
    Salvador

    Um povo covarde e cinico prefere cobrar decencia dos outros que de si mesmo, é mais facil acusar o erro do outro em vez de reparar a propria hipocrisia ou corrupção, um povo covarde e cinico prefere agredir seus idolos de futebol, transferindo uma revolta safada contra os impostos, a corrupção, o descaso, contra esses astros, como se eles fossem funcionários desse povo, pagos por este povo. Queria ver as torcidas depredarem ou agredirem figuras como o Sarney, o Cesar Maia, o Lobão, os Marinho, os donos dos sindicatos, dos conselhos regionais profissionais, das igrejas picaretas, das sociedades secretas manipuladoras, etc.

  51. ter, 15/02/2011 - 16:02
    Gerson Carneiro

    Pois o Ronaldo contou uma, e eu contarei outra:

    Quando era adolescente no interior da Bahia pensava em ser jogador de futebol.
    Em um dos jogos machuquei o joelho e criou água.

    Na época, atravessávamos uma seca braba, só comparada a de 1897 no Ceará. E então espalhou na pequena cidade do interior a notícia que havia um rapaz que tinha água no joelho. Pronto. Perdi a minha paz.

    A população passou a me seguir aonde que eu eu fosse. Crianças, mulheres, idosos, com baldes e cabaças nas mãos, querendo pegar o rapaz que tinha água no joelho.

    Tive que abandonar os planos de ser jogador de futebol e fugir pra Sun Palo.

    • ter, 15/02/2011 - 16:43
      Luci

      Gerson o Ronaldo anunciou que vai aposentar , muitas pessoas dependerão de sua "aposentadoria". Ronaldo criou uma emprêsa e já está desenvolvendo trabalhos e futuramente temos Copa do Mundo Pan-Americano, ele fará muitos gols como empresário.

    • ter, 15/02/2011 - 18:59
      Fátima Oliveira

      Gerson Carneiro: NOTA MIL pela piada MA-RA-V-ILHO-SA! Estou rachando o bico de tanto rir…

  52. ter, 15/02/2011 - 15:58
    Luci

    A esposa dele afirmou que "a decisão da aposentadorai já estava sendo estudada há muito tempo".
    Ronaldo há muito tempo deixou de ser um jogador, ele é uma marca e como tal deveria fazer o teatro que fez na entrevista de aposentadoria Inteligente, bom de câmera e domínio de platéia. Convenceu e já assumiu seu novo cargo.Em torno da marca que ele representa centenas de pessoas (ricas/enriquecidas trabalham), a redução de peso perdeu um aliado. A empresa com a qual ele tem contrato vitalíco exige comportamento de bom moço.
    Que ele seja feliz, merece.

  53. ter, 15/02/2011 - 14:54
    Gerson Carneiro

    Agora, meu lado Smurf Ogênio: há alguém aqui com piedade do Ronaldo?

    Eu não tenho um pingo de piedade. Tenho sim inveja. Queria aposentar com a idade dele, com a grana que ele tem, e os contratos que ele tem, inclusive o vitalício com a Nike.

    Tenho muito piedade de mim que ainda vou trabalhar mais meio século até aposentar, e pelo visto não ganharei nem a metade da grana que ele ganhou, e quanto ao valor da minha aposentadoria, é melhor abafar o caso.

    Seria muito mais simples admitir humildemente que o tempo dele passou, e que não conseguiu retomar a forma física de antes. Agora vir com uma trololózinho choroso não dá. Não é mais fácil ser sincero? Ou simplesmente não dá satisfação alguma. Por que esse pessoal acha que consegue nos enganar?

    Tenho dúvidas se Rubinho Barrichelo quando aposentar dará uma desculpa esfarrapada por não ter sido campeão, ou por estar encerrando a carreira.

    • ter, 15/02/2011 - 15:28
      Gustavo Pamplona

      Eu não tenho piedade alguma com o Ronaldo.

      Um cara que faz filhos com praticamente toda mulher que deita com ele, um cara que fala mal de outras emissoras (Band) e se nega a dar entrevistas para outras (Record) e não se esqueça do caso do relacionamento com uma travesti .

      Enfim… é um protegido da Globo.

      É… o Gargamel me adora… Mas amigo… se quiser eu te dou umas aulas de como ser um "provocador".

      • ter, 15/02/2011 - 17:00
        Gerson Carneiro

        Ahahahaha…
        Muito obrigado Smurf Ogênio. Não quero ser muita coisa não.
        Ser um Gerson Carneiro já atende à parte que me cabe nesse latifúndio.
        Graças à Bahia que me deu régua e compasso.

      • qui, 17/02/2011 - 10:33
        geraldo de carvalho

        aí gerson ( o cara q descobriu anderson, o caminhoneiro). pelo menos vc admitiu q tem inveja. a maioria age como se esse sentimento nem passasse por perto, ou seja , são hipócritas msm.

    • qua, 16/02/2011 - 12:58
      Marcia Costa

      Se ele não é um miserável trabalhador que tem que acordar de madrugada pra ir ao trabalho como o Azenha mostrou nas reportagens sobre os transportes, como ter compaixão?

      Ele tá é trsite porque a máscara caiu!

      Vai deixar de ganhar muito, mais muito dinheiro.

      Qq um chora por isso….

    • qui, 17/02/2011 - 9:18
      Jotaroberto

      Se a moda pega, Rubinho Barrichelo na sua despedida das pistas, choroso, vai alegar problemas de miopia.

  54. ter, 15/02/2011 - 14:33
    Antonio Alves

    BOMBA, BOMBA!!!! Ronaldo, o fenômeno, troca de médico e abandona a aposentadoria.
    ou…. Ronaldo troca de médico, vira evangélico e volta ao futebol.

  55. ter, 15/02/2011 - 14:17
    AdrianoM

    Gostaria de mudar um pouco o foco da discussão. Penso que a questão fundamental é o preconceito que acomete nossa sociedade com relação ao excesso de peso. Como é comum a responsabilização do indivíduo por tudo que lhe acontece sem que seja considerado as condicionantes histórico-culturais, assim também ocorre com o sobre-peso, normalmente associado ao descaso, ao desleixo e principalmente à preguiça. Assim, apontado na rua como um sujeito preguiçoso, desleixado, que não cuida da própria saúde, o "gordinho" busca muitas vezes justificar sua condição associando-a a doenças ou à genética para encontrar alívio para a culpa que carrega. No caso do fenômeno, não deve ser fácil manter contratos de venda de imágem estando associado às características impostas àqueles cujo corpo não deixa esconder o acúmulo de gordura. Porém, nós que defendemos um outro modelo de sociedade, mais humano, mais justo, deveríamos refletir sobre como alguns padrões de corpo e de beleza tornam a vida das pessoas que não correspondem a tais padrões muito mais dura, sofrida e violenta. Assim, sugiro uma reflexão em outro sentido…

  56. ter, 15/02/2011 - 13:29
    celso

    O GANHO DE PESO NÃO É DE GORDURA MEU POVO. LEAIM.PLEASE! É DA RETENÇÃO DE LÍQUIDOS. TAL COMO ACONTECE COM ANABOLIZANTES! POR CAUSA DA RETENÇÃO DE LÍQUIDOS NAS CÉLUAS O CORPO INCHA, MAS NÃO EM TODOS OS CASOS! ASSIM QUE O MEDICAMENTE É ADORADO O INCHAÇO DESAPARECE! TEM QUE DEIXAR DE COMER CHURRASCO COM PÃO E CERVEJA E FAZER UM POUCO DE ESTEIRA, AFINAL, DINHEIRO ELE TEM PRA COMPRAR AQUELE QUE TEM ATÉ LCD!

    • ter, 15/02/2011 - 14:59
      Rafael

      Para quem precisa correr por 90 minutos, pouco importa se o excesso de peso provém de gordura ou retenção de líquidos. Até mesmo excesso de peso em tecido muscular pode prejudicar a mobilidade.

  57. ter, 15/02/2011 - 12:56
    Klaus

    Repararam nos anúncios do Google aqui na página? Anti-caspa? Why, Google, why?

  58. ter, 15/02/2011 - 12:41
    Armando do Prado

    Apenas um mercenário. Assim, coerente.

  59. ter, 15/02/2011 - 12:35
    Gustavo Pamplona

    Conceição… não sei se já ouviu falar disto mas… existe uma doença chamada "doença de hashimoto" e é relacionada com a tireóide também

    TIREOIDITE DE HASHIMOTO http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?414

    Bom… conheço uma garota que tem isto… ela até desenvolveu dois nódulos benignos (ou seja câncer) na região da tireóide e todo dia tem que tomar um comprimido para regular a tireóide e ela tem apenas 26 anos.

  60. ter, 15/02/2011 - 12:14
    Fernando

    Ronaldo perdeu créditos ao chamar o presidente Lula de bêbado em 2006 e se reunir com José Serra em 2010.

    • ter, 15/02/2011 - 15:04
      Bola

      Pelo seu raciocínio, não deveríamos admirar Pelé por conta de suas preferências políticas. O PT e o Lula não são a medida do universo. Cada coisa no seu quadrado, amigão.

  61. ter, 15/02/2011 - 12:09
    Paulo Spannenberg

    Ronaldo foi vítima de uma brincadeira e confundiu tudo. Algum gaito lascou que ele sofria de 'hipopotismo'(alguma alusão maldosa a roliça forma, similar ao hipopótamo) e ele associou ao Hipotiroidismo.
    De resto, o craque dentro do campo soube fazer seu mercado fora dele. Mas o seu futebol diferenciado é a causa do sucesso mercadológico.
    Lamentável é que ele podia ficar engando no time de l..ápios mais algum tempo. Libertadores , um dia o curintia ganha uma!

  62. ter, 15/02/2011 - 12:07
    priscila presotto

    Tenho amigas com hipotiroidismo e posso garantir que todas elas ganharam peso.Fazem exercícios físicos ,se alimentam com orientação de nutricionistas e tem dificuldade de perder peso.
    Qto aos médicos "feras",cada caso é um caso.
    Acredito em Ronaldinho ,mas qto a violência da torcida ;é imperdoável.
    O futebol é o ópio do povo.
    Podem me massacrar ….

  63. ter, 15/02/2011 - 11:56
    Henrique de Carvalho

    Tudo muito bom, tudo muito bem. Mas "Fenômeno" foi(e continua sendo) Pelé. Ronaldo foi um grande atacante. Só. Ao lado de muitos outros.

    • ter, 15/02/2011 - 13:40
      Grillo

      Mais um "pelé" de araque que adentra o cemitério de elefantes do Curíntia. Quanto a elogios partindo de "meninos", não conta nada; nunca viram nada, a não ser um médiano jogador e seus empresários hienas loucos por dólares. Crianças, só escutem. Toda vez,a casa cai e não aprendem. Que lástima. Vem aí o dentuço pipoqueiro do framengo e sua mansão na Barra, de 20 milhões de Reais!!! Precisa dizer mais?

  64. ter, 15/02/2011 - 11:35
    Gerson Carneiro

    A gafe do Ronaldo foi pensar que estava falando apenas para os manos curintianos que só se ligam no Curingão, e mais nada.

  65. ter, 15/02/2011 - 11:32
    waleria

    Depois de destruir o Fenomeno – e sobre os cadaveres de Pelé e Garrincha – quem mais vocês vão destruir?

    Sugiro que ataquem – como já fazem – o Neymar.
    Destruam o menino, antes que ele cresça!

    E depois o Ganso.

    Assim o Messi será, com Cristiano – mais rei do futebol.

  66. ter, 15/02/2011 - 11:26
    Gerson Carneiro

    Esse moço é médico. Sigam o cara:

    @PeterPerson
    Ronaldo foi irresponsável ao creditar sua obesidade ao hipotiroidismo e, pior, a ausência de tratamento como se a Levotiroxina fosse doping.

    @PeterPerson
    A Sociedade Brasileira de Endocrinologia deveria vir a público orientar sobre o hipotiroidismo e a facilidade que é o seu controle.

  67. ter, 15/02/2011 - 11:17
    Gerson Carneiro

    Esse rapaz , um dos meus seguidores no twitter, é médico. Observem o que ele declara:

    @PeterPerson
    Essa história de hipotiroidismo e obesidade num marmanjo como o Ronaldo é um blefe. Ele está gordo porque come e bebe muito!

  68. ter, 15/02/2011 - 11:14
    Marco Túlio

    Não sou da área médica, mas vasculhei a web sobre o assunto e há entrevistas e artigos de endocrinologistas que incluem sim ganho de peso entre as diversas conseqüências da doença.

    Além disso, no próprio artigo acima está incluído "Ganho de peso ou dificuldade de perdê-lo".

    Não creio que o ex-atleta tenha sido prestado serviço nem "desserviço", já que nem os "especialistas" se entendem e duvido que alguém vá parar de tomar medicamento por causa da declaração de um boleiro.

  69. ter, 15/02/2011 - 11:05
    José Eduardo Dyonisi

    Mesmo que seja verdade o que o Ronaldo disse sobre não poder tomar remédio, etc, não podemos esquecer que ele só deu essa declaração agora que encerrou a carreira. Se omitiu esse fato antes é porque seria desvalorizado em algum contrato por conta da doença. De qualquer forma, ele pensou em tirar vantagem da situação, como tirou, fazendo bons contratos. Só que agora, na hora de pagar o preço da sua omissão, ele não aceita, fica se fazendo de vítima, não se importando com as consequências. Aí você percebe que ele deu a entrevista na hora que o Globo Esporte quis, então percebe que ele é um mercenário, egoísta, não tem preocupação social alguma. Só faltava ter colocado no filho o nome de Ronald McDonald

  70. ter, 15/02/2011 - 10:58
    Marciliosp

    esta doença é história do fumante que nao tem saco paa enfrentar uma torcida
    http://sujoseempoeirados.blogspot.com

  71. ter, 15/02/2011 - 10:47
    José Eduardo Dyonisi

    Pois é. O Ronaldo começou a entevista exatamente no instante que o Globo Esporte retornou dos comerciais. Falei comigo: vou relevar, afinal o cara me deu muita alegria. Mas quando ele falou aquele papo de tiroide e que as pessoas que gozaram dele deveriam se arrepender, fiquei com a pulga atrás da orelha. Agora, lendo a matéria, fico com a certeza de que o Ronaldo é um sujeito cafajeste, mercenário.

  72. ter, 15/02/2011 - 10:45
    Klaus

    Ronaldo agora poderá se tratar. Se, mesmo sendo um ex-jogador, começar a perder peso, aí estará comprovado que o aumento de peso é do hipertireoidismo.

  73. ter, 15/02/2011 - 10:40
    Elisabete Otero

    Não gostei de ler depoimentos de médicos desmentindo o Ronaldo, porque entendo que ele possa ter outros problemas de saúde associados, decorrentes do hipotireiodismo e, mais interessante ainda, pareceu-me que nenhum deles examinou o próprio… logo, medicina sem paciente ao vivo é sério ?

    • ter, 15/02/2011 - 14:09
      Emilio Matos

      Os médicos não disseram nada sobre ele ter ou não ter hipotireoidismo. O que disseram foi que hipotireoidismo não causa obesidade. E, para isso, não é necessário examinar o Ronaldo.

  74. ter, 15/02/2011 - 10:33
    ma.rosa

    Nao podemos negar! o Ronaldo e de fato um fenomeno. vejam so a polemica que gerou com sua declaraçao. isto so aqui, nos comentarios. fala serio!!!!

  75. ter, 15/02/2011 - 10:22
    waleria

    Lendo o que se diz aqui, acabo por dar a mão à palmatória aos argentinos.

    O único bom mesmo no futebol foi Maradona.

    Pelé canta mal, e fala bobagens em politica. Está desqualificado.
    Garrincha era um cachaceiro. E morreu pobre. Desqualificado.
    Ronaldo Fenomeno, um enganador em matéria de medicina. Desqualificado.

    Para os comentaristas brasileiros bons mesmo só Maradona, Zidane e Messi e o tal do Cristiano.

    Entre os bons, prefiro Maradona.
    Assim tenho que concordar com os hermanos.

    Os titulos de Pelé – a genialidade dinamica inigualável do atleta do século XX que deixou diante do mundo atrás de si Muhammad Ali – provavelmente não valeram nada.
    Nem os titulos e os dribles do Garrincha.
    As arrancadas do Fenomeno também não.

    Nós os desqualificamos.

  76. ter, 15/02/2011 - 9:51
    Fernando

    O anticorinthianismo é ainda mais raivoso que o antipetismo, incrível.

  77. ter, 15/02/2011 - 9:44
    Ney Henrique

    A que legal … vocês primeiro acusam o Ronaldo de ser mentiroso e depois colocam na lista de sintomas de hipotireoidismo: Ganho de Peso ou dificuldade em perde-lo.

    Engraçado isso. Se reclama do PiG … mas por aqui poucos perdem uma oportunidade de bater em quem não têm como se defender.

  78. ter, 15/02/2011 - 9:19
    Benedito

    A generalização faz parte da ciência médica. Osmédicos trabalham seus diagnósticos dentro de uma curva estatística que atinge a maioria. Mas os bons médicos também sabem que cada organismo tem um funcionamento particular. A exceção faz parte da regra. Sem analisar o quadro clínico do Ronaldo, como afirmar categoricamente que ele está equivocado ao falar sobre o problema da tireóide?

  79. ter, 15/02/2011 - 9:09
    Adilson C F

    a causa da obesidade dele se chama hiperlevedurismo, hipercevadurismo, hiperbramismo, ou seja hipercervejimo… ora pois!

  80. ter, 15/02/2011 - 9:01
    Rafael

    Como? Hipotiroidismo não causa aumento de peso? E ainda chamam o Ronaldo de mentiroso. É o fim. Quanto à levotiroxina, mesmo não sendo diretamente proibida, seria extremamente temerário ingerir uma substância que poderia gerar metabólitos possivelmente confundíveis com outras susbstâncias listada no Manual Anti-Doping. Sempre haveria o risco de não se conseguir provar a boa-fé do usuário. Mais uma vez, os "especialistas" prestam um desserviço à opinião pública, gerando mais dúvidas do que esclarescimentos.

    • ter, 15/02/2011 - 10:11
      Conceição Lemes

      Rafael, quem prestou um desserviço à saúde pública foi o Ronaldo. Os dois médicos entrevistados são feríssimas na área.

      • ter, 15/02/2011 - 10:47
        Luana

        Eu conheço o filho de uma instrumentadora que tem e ele tem excesso de peso, sim. O que estão esquecendo de levar em consideração no caso de Ronaldo é o seu histórico clínico, Conceição. Ronaldo passou ao longo de sua carreira por anabolizantes, antibióticos ao longo de suas recuperações, fadigas físicas por jogos e excesso de exercícios físicos. Esse é o preço de terem criado um deus, só esqueceram de que deuses não existem, Ronaldo é ser humano como outro qualquer ainda que seja atleta, tem suas limitações. Não acredito que ele minta, ninguém melhor do que ele para conhecer seu próprio corpo.

      • ter, 15/02/2011 - 11:38
        Conceição Lemes

        É claro que o Ronaldo tem excesso de peso, Luana, mas por aumento de gordura. abs

    • ter, 15/02/2011 - 10:36
      Samuel Velasco

      Rafael, a ciência é pautada no benefício da dúvida. Sempre duvide de um especialista que não oferece um contraponto ao próprio estudo. Os médicos são especialistas nisso. Mesmo aqueles que não são pesquisadores são palpiteiros. Aí fica difícil encontrar honestidade científica em quem se embebeda com o prestígio da profissão ao invés de se devotar à pesquisa séria. A levotiroxina é citada por vários pesquisadores norte-americanos e canadenses como a próxima na lista de substâncias proibidas (o que não seria de surpreender, tendo em vista que até a insulina é proibida). Se você pesquisar por Synthroid (nome comercial da substância) vai encontrar vários sites vendendo o remédio como esteróide para halterofilistas. Abs.

    • ter, 15/02/2011 - 12:12
      NELSON NISENBAUM

      Rafael, a levotiroxina é produzida naturalmente pela tireóide. Na falta, faz-se a reposição. Não há como gerar substâncias estranhas e doping.

      • ter, 15/02/2011 - 12:22
        Samuel Velasco

        Nelson, a insulina também é produzida "naturalmente" e dá no antidoping. O mesmo é válido para o testosterona, vide o exemplo recente do Vitor Belfort que foi pego no teste. O critério do antidoping não é o que é "natural" ou sintético. Ademais, a levotiroxina é um composto sintético, o nome do hormonio "natural" é somente tiroxina. Espero ter esclarecido.

      • Samuel, LEVOTIROXINA o nome que se dá ao levógiro da tiroxina, que é o metabolicamente ativo. A Tireoide fabrica também a "dextro"tiroxina, a variante molecular enantiomórfica dextrógira. Logo, a levotiroxina é produto tireoidiano e não gera doping. Da mesma forma, a testosterona não gera doping, e sim moléculas SIMILARES androgênicas, de estrutura esteróide mas com algumas sutis diferenças nos "anexos" ao peridrociclopentanofenantreno, base de todos os esteróides, sejam androgênicos, progestágenos, estrogênicos, mineralocorticóides e glicocorticóides. Insulina humana não dá doping, há nadadores e jogadores diabéticos insulinodependentes. Para a molécula da Insulina podemos dizer o mesmo. Se for insulina humana, não dá, mas insulinas análogas, suínas, bovinas podem dar. Amigo, vá estudar um pouquinho, está bem?

      • ter, 15/02/2011 - 18:53
        Samuel Velasco

        Não estou familiarizado com a terminologia técnica usada pelos brasileiros. Quanto a pedir que eu vá estudar, gostaria de manter o debate sem agressões pessoais, mantendo assim a civilidade e o não-autoritarismo. Não sou detentor de poder sobre outro ser humano e não tenciono dar ordens ou comandá-los… Um grande abraço.

      • ter, 15/02/2011 - 22:19
        Rafael

        Testosterona não gera doping? Já houve casos de atletas com alta secreção de testosterona que foram apontados no exame antidoping e só não foram punidos após longa e complicada defesa, apresentando várias provas para sustentá-la. Ou seja, os atletas seriam, sim, punidos, mesmo com níveis essencialmente endógenos de hormônio. Agora, mandar o sujeito estudar é o cúmulo da arrogância e ignorância. Pelas suas "contribuições" ao debate, Sr. Nelson, fica claro que não é o dono da verdade.

      • Rafael, vá estudar bioquímica. Eu aprendi nos livros. Espero que você aprenda também.

      • ter, 15/02/2011 - 14:46
        Rafael

        O que estou tentando explicar é que ingerir um esteróide, mesmo não diretamente listado como doping, é extremamente temerário. Depois de um escândalo, até conseguir restabelecer a verdade, vai um grande esforço, com perda de tempo, dinheiro e credibilidade. Quanto ao fato de ser substância produzida pelo organismo, a insulina, a testosterona etc, também são; nem por isso foram excluídas da lista.

  81. ter, 15/02/2011 - 8:56
    trombeta

    Ronaldo amigão do Serra e do Andre Sanches que é amigo do Ricardo Teixeira que é compadre da rede globo, que é padrinho do Mano Menezes etc.

    O futebol brasileiro voltou a ser um clube de amigos?

    • ter, 15/02/2011 - 12:17
      priscila presotto

      Desculpe ,vi uma entrevista com Ronaldo ,no ano passado ,onde ele execrava Ricardo Teixeira e olhe ,não sou corintiana,apenas detesto injustiça.

  82. ter, 15/02/2011 - 8:51
    Mônica Rangel

    Excelente matéria. Descobri que tinha tiroidite de Hashimoto com 27 anos, numa consulta de rotina e desde então faço acompanhamento. Nunca tive alteração significativa de peso, nem mesmo antes de começar a tomar a levotiroxina. Nem mesmo quando engravidei dos meus dois filhos( engordei apenas oito quilos). Enfim, o importante é ter sempre o acompanhamento médico . O tratamento é simples e barato. Se a doença estiver sob controle, vida normal.

  83. ter, 15/02/2011 - 8:49
    sergio

    Eu li o artigo inteiro, aprendi muitas coisas, principalmente porque tenho hipotiroidismo manifesto. Meu TSH bateu em quase 20. Não engordei, apenas apresentei outros sintomas. Mas pode ser que em alguns cause obesidade.
    O fato, e este é o cerne da quetão, que a declaração do Ronaldo presta sim um deserviço à saúde pública. Independe do fato de ele ter sido um "HERÓI" do futebol. Se foi por ingorância dele, ou por má-fé, foi uma mentirinha que ele contou, pois certamente os médicos que fizeram tal diagnóstico saberiam como proceder.
    Não sou fã dele e nem tenho nada contra ele. Não precisava deste falso argumento para se justificar, pois a história da sua carreira já é o suficiente para tapar a boca de seus críticos. Mas ao querer ficar bem com os critícos acaba escorregando no tomate e faz um deserviço para o sistema de saúde.

  84. ter, 15/02/2011 - 8:37
    bissolijr

    aqui e ali, só os tais "especialistas" médicos biológicos. nem uma nota de cunho, digamos, mais psicossociológica. é sabido que o ex-jogador inclusive fuma. um cara que não tinha dinheiro nem para ônibus, pode desfrutar hoje de todos os prazeres que a vida fausta permite, sexo de "todo tipo" (se me faço entender), droga, álcool, mulheres (as "melhores", considerando beleza e juventude), comida. resumindo: é o prazer que engorda, o prazer colocado (ou se colocando) em primeiro plano, o prazer como motivo primeiro e último do viver, como quer o "zeitgeist" hoje, que também privilegia o individualismo, descaracterizando qualquer possibilidade solidária, enfim, algo assim. ah, e a mentira impune que tornou-se companheira inseparável…filosofia de botequim, eu sei, mas quem não gosta de passar a noite com amigos nos bares, rindo da vida, rindo da morte…

  85. ter, 15/02/2011 - 8:07
    Carla Lipton

    Isso é coisa do PIG.

    Fora PIG.

  86. ter, 15/02/2011 - 6:37
    Samuel Velasco

    "Use it (Synthroid) if you have to, but only if that’s the case, and you can’t get
    Cytomel or Tricana. It works, and will eventually get you to the desired body
    temperature for optimal fat burning, but it just isn’t as elegant as the less
    suppressive Tricana, or the more effective Cytomel.
    Reference:
    1. The effect of a low-calorie diet alone and in combination with triiodothyronine therapy
    on weight loss and hypophyseal thyroid function in obesity. Koppeschaar HP,
    Meinders AE, Schwarz F.
    Int J Obes 1983;7(2):123-31"

  87. ter, 15/02/2011 - 6:17
    Samuel Velasco

    Conceição Lemes, ao pesquisar no Cleveland Clinic Journal of Medicine, volume 74, nº 5, encontrei uma referência ao Synthroid (levotiroxina) na página 346 classifcando a substância como de uso de "steroid abusers". Se a substância ainda não caiu na ilegalidade, é só uma questão de tempo até que estudos mais aprofundados tomem uma decisão definitiva a respeito disso, pois a meu ver ela está por um fio. Forneço aqui o link para o artigo do Cleveland Clinic Journal of Medicine:
    . http://ccjm.org/content/74/5/341.full.pdf+html
    .

    • Samuel, os "steroid abusers" são os que abusam de esteróides, que frequentemente abusam TAMBÉM de hormônios tireoidianos e similares. Levotiroxina não é esteróide e não dá doping. É isso que dá quando leigo lê jornal científico.

  88. ter, 15/02/2011 - 5:00
    Samuel Velasco

    O Gilberto Vieira nunca ouviu falar em doping pelo uso de levotiroxina? Mesmo que a substância seja classificada como "legal doping"… é legal até quando? Quanto deve o atleta se arriscar até manchar sua carreira? Acredito que o especialista tenha ouvido falar de Synthroid. O Synthroid (levotiroxina) é usado como doping sim. Uma pesquisa rápida no Google comprava isso. São vários os sites oferecendo Synthroid sem prescrição para incrementar o desempenho de atletas, como pode ser verificado aqui:
    . http://www.steroidsrx.com/Articles/Synthroid.cfm
    .
    Conceição Lemes, espero que amplie o debate e traga o ponto de vista de outras autoridades a respeito do assunto. Vejo muita gente dizendo que o Ronaldo mentiu, mas ele pode somente ter passado por uma consulta com um médico por assim dizer, de uma "escola" diferente da do Gilberto. Ademais, os médicos da medicina do esporte são mais cautelosos que os médicos "gerais" na prescrição de medicamentos. Um errinho e a carreira dele vai pro ralo!

  89. ter, 15/02/2011 - 5:14
    mac

    O que não dá é pra jogar bola e ser ameaçado se morte .

  90. ter, 15/02/2011 - 4:56
    Dida

    Conceição: Não gosto de futebol, não assisto, mas leio tudo que se publica neste blog. Não tenho a intenção de colocar dúvida sobre o que disseram os especialistas consultados- quem sou eu – no entanto, não concordo que o Ronaldo mentiu sobre o ganho de peso e o hipotireodismo. O que penso é que em medicina não se pode generalizar processos e produtos, já que quando se trata de metabolismo, cada caso é um caso e depende da história genética, além dos hábitos alimentares e modos de vida de cada um. Avalio que nosso sistema endócrino esta sujeito e reflete uma serie de circunstâncias bastante complexas do mundo atual que não podem ser simplificadas, já que todos nós estamos sujeitos às pressões do cotidiano, num mundo cada dia mais exigente e isso atua na pessoa como um todo e diferentemente em cada caso, principalmente quando se trata de atletas de alto desempenho, como é o caso do Ronaldo. Não sou atleta, mas vivi algum tempo sob grande pressão por questões profissionais e isso culminou numa grave disfunção da glândula tireóide que durou anos e que foi descoberta exatamente pelo aumento de 12 quilos em 3 meses e elevação dos batimentos cardíacos, sem mudança de hábitos alimentares ou a utilização de qualquer medicamento que pudesse provocar estes fenômenos. E, sinto muito, mas não era o caso de edema por retenção de líquidos, era ganho de peso mesmo, constatado e assegurado pelos especialistas que cuidaram de mim. Eu tive o Mal de Graves ( Bócio Tóxico Difuso) e o Mal de Hashimoto ( hipotireodismo auto-imune). Embora se considere que são doenças incuráveis, meu processo de degeneração da tireóide se deteve e eu estou muito bem atualmente. No meu caso específico há o componente genético de predisposição a doenças da tireóide, mas ainda assim, acho importante dizer que diversos colegas de profissão desenvolveram doença da tireóide semelhante a minha nos últimos anos e todos tiveram aumento de peso.

  91. Obrigado, Conceição. Muito esclarecedor! Estas informações deveriam ter uma abrangência maior de maneira a evitar uma corrida aos médicos… imagina todo mundo que ganhou 3 kgs e tem andado com sono de dia pedindo o exame TSH??

    • ter, 15/02/2011 - 10:05
      Conceição Lemes

      É uma indústria que enche o bolso de muitos médicos. Por isso, concordo com o dr. Romaldini. O Ronaldo prestou um desserviço à saúde pública. Infelizmente. Beijo

  92. ter, 15/02/2011 - 2:35
    Gustavo Pamplona

    Conceição… não sei se já ouviu falar disto mas… existe uma doença chamada "doença de hashimoto" e é relacionada com a tireóide também

    TIREOIDITE DE HASHIMOTO http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?414

    Bom… conheço uma garota que tem isto… ela até desenvolveu dois nódulos benignos (ou seja câncer) na região da tireóide e todo dia tem que tomar um comprimido para regular a tireóide e ela tem apenas 26 anos.

    E gostei de não ter me vetado e gostei de ter me respondido… Falou!!!

    • qua, 16/02/2011 - 22:22
      Jojô Kat

      Gustavo,
      nódulos "benignos" não são câncer, ao contrário. Os "malignos" o nome já diz o que são. Nódulos benignos podem até ser controlados com observação assídua e medicamentos, os malignos precisam e devem ser extirpados. Pouca gente sabe que há graus de câncer de tiroide e também causa metástase quando não tratado. Abraço.

  93. ter, 15/02/2011 - 2:35
    Miguel

    No futebol existem dois Reis: Diego Maradona e Zinedine Zidane !!

  94. ter, 15/02/2011 - 2:10
    Wilma

    Boa noite Conceição.
    Minha filha é portadora do hipotireoidismo. Só fomos detectar a doença ou distúrbio, depois que ela havia passado no vestibular. Pois engordou horrores, vivia com sono, sem ânimo para levantar cedo para ir a universidade. Depois de uma consulta acho que com um clinico geral, e todos os exames feitos, descobrimos o que a acometia. Foi encaminhada para um endocrinologista que receitou este medicamento. Interessante, que depois de 05 anos, agora casada e acabando de ter uma filinha. Passou a gravidez toda tomando doses cavalares para suprir as suas necessidades e a da filha. Já estava com sobre peso e com a gravidez chegou a pesar 100kg e quase enloqueci de pavor que ela tivesse algum problema na hora do parto, já que estava apresentando aumento da pressão no finalzinho da gestação, que aliás só durou 35 semanas( minha neta nasceu dia 12/02 passado). Agora vai ter que fazer um esforço sobrehumano para voltar a pesar pelo menos uns 70 kg. Este disturbio não contribui para o ganho de peso, Conceição???

    • ter, 15/02/2011 - 10:03
      Conceição Lemes

      Wilma, os dois problemas podem estar juntos. Engordar (ganho de gordura mesmo) por falta de ativividade física, alimentação errada — e que em época de vestibular acontece, pois a vida fica uma loucura. E ganhar peso (inchar por retenção de líquido) por causa do hipotiroidismo. Por isso é importante que ela seja acompanhada por um endocrinologista competente. Para emagrecer, não tem dieta nem remédio mágico. Ela vai ter de fazer mita atividade física e mexer na alimentação, para torná-la mais saudável. Que bom que deu tudo certo no parto, com a tua filha e a bebê. Parabéns pela netinha. beijo

    • ter, 15/02/2011 - 12:16
      NELSON NISENBAUM

      Não, Wilma, é EXTREMAMENTE IMPROVÁVEL que sua filha tenha ganhado tanto peso por causa da tireóide, ao contrário do que se pensa. Ela pode ter tido outros distúrbios não detectados, e até mesmo uma DEPRESSÃO pode causar ganhos de peso muito superiores ao do hipotireoidismo. Por outro lado, não existem doses "cavalares" de levotiroxina, existem as doses fisiológicas.

  95. ter, 15/02/2011 - 1:58
    Helena Mansano

    Achei td meio forçado, e acredito q assim como o Roberto Carlos foi ameaçado e à sua família pelos fanáticos do Corinthians após a derrota, ele tb deve ter sido ameaçado e "armou" todo o teatro pra td ficar bem. Claro, ele tem família, e esta é a preocupação número um.

  96. ter, 15/02/2011 - 1:42
    maconheiro

    Os tucanalhas se disfarçam de heróis porque os petralhas são uns palhaços .
    http://www.dailymotion.com/video/xh1dx9_o-morcega

  97. ter, 15/02/2011 - 1:39
    mac

    Se a torcida respeitasse o atleta ,o gordnho ainda jogava um tempo .

  98. ter, 15/02/2011 - 0:57
    Pedro Luiz Paredes

    Ta bom, mas vai falar isso la na cadeia para ver o que acontece! rs

  99. ter, 15/02/2011 - 0:29
    Miltinho

    Tenho guardada minha opinião sobre Ronaldo há anos.

    Porém chegou a hora.
    Quando ele estava no auge na Europa, não permitiu que seu primeiro filho Ronald nascesse no Brasil, alegando que preferia que o filho tivesse naturalidade européia.
    Um atitude explicita de renegar sua origem, seu país, o país que o projetou internacionalmente.

    Outra vez, quando o Brasil perdeu uma COPA ele disse que os campeonatos europeus eram muito mais importante e exigiam muito mais do que uma Copa do Mundo. Pura arrogância e desfaçatez pelo péssimo desempenho.

    Depois que foi deletado na europa, veio ao Brasil para faturar mais uns tostões, como se precisasse.
    Aprontou todas com mulheres, travestis e filhos ilegítimos, inclusive se negando por 3 anos a fazer o tal exame de DNA.

    Por fim, termina com essa entrevista estranha que está ainda sem autenticidade.
    Portando, para mim não é herói, foi um bom jogador de bola, mas só isso e por pouco tempo.

    • ter, 15/02/2011 - 9:59
      Rafael

      É incrível como uma figura pública consegue fazer emergir tantos recalques na população, que fecha os olhos para os grandes feitos do atleta (e são muitos) e mesquinhamente se apega a pequenas mazelas comuns à natureza humana. Ninguém está dizendo que ele é perfeito. Seus atropelos na vida privada em nada desmerecem o fato de ele ter sido um dos gigantes do esporte.

  100. ter, 15/02/2011 - 0:26
    Zilda Santiago

    Ganho de peso ou dificuldade de perdê-lo.Esta frase está logo acima na relação do que pode afetar na pessoa com o problema.Afinal,ganho de peso e dificuldade de perdê-lo,não é engordar?Que incoerência é esta?

    • ter, 15/02/2011 - 9:48
      Conceição Lemes

      Não é gordura, é ganho de peso por retenção de líquido, Zilda. Como já havia dito antes, não repeti. Mas vejo que é importante para não gerar confusão. Obrigada. beijo.

      • ter, 15/02/2011 - 10:03
        Rafael

        A dificuldade de jogar do Ronaldo era advinda do excesso de peso. Pouco importa se era de gordura ou líquidos.

  101. ter, 15/02/2011 - 0:25
    Paulo

    Acabei de diminuir um pouquinho minha ignorância sobre hipo e hipertireoidismo lendo http://www.cidmed.com.br/pdf/endocrino02.pdf. Ali encontrei o seguinte: "Muitos doentes com hipotireoidismo aumentam de peso, têm prisão de ventre e são incapazes de tolerar o frio." Como diria Cícero, in dubio pro reo.

    • ter, 15/02/2011 - 9:43
      Conceição Lemes

      Paulo, não conheço o endereço citado, mas há médicos desinformados. Infelizmente. Os dois médicos entrevistados são feríssimas na área, são referência nacional. E mais. O professor Mílton de Arruda Martins, titular de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP, também diz (isso está no nosso livro) que o hipotiroidismo não causa obesidade. Não se trata de achismo, mas de informação baseada em evidências científicas. Abs

      • ter, 15/02/2011 - 9:53
        Rafael

        Já ouvi tanta bobagem de pretensas "referências" que sempre fico com desconfiado de informações desses "especialistas", que tanto sabem sobre um assunto cada vez mais específico que ao final sabem tudo sobre nada.

      • ter, 15/02/2011 - 11:10
        Jairo_Beraldo

        Em tese, seria isso mesmo Rafael. O tomate, por exemplo, já foi "causador" de cancer, depois era um "preventivo" e por agora não passa de um exemplar para saladas e vinagretes.

      • ter, 15/02/2011 - 10:27
        Ney Henrique

        Mas vocês mesmos colocaram ganho de peso ou dificuldade em perdo-lo como sintoma!!!!

        Ha … pelo amor vai!!

      • ter, 15/02/2011 - 16:38
        Conceição Lemes

        Leia direito. abs

      • qua, 16/02/2011 - 11:38
        Ney Henrique

        MUdou o texto depois que eu critiquei e vêm querer escrever pora eu ler direito? Muito feio isso … ainda se usando da moderação pra se valer da ultima palavra … Isso é um comportamento democrático? Não se assume quando se comete um erro?

        Sempre falei muito bem desse espaço … mas ele acabou de perder credibilidade comigo! Lastimável tal comportamento … patrulhamento ideológico é o fim da picada. Olha o naipe dos leitores que vocês estão formando … qq comentário em que apareça o nome Serra associado a um contxexto negativo, qualquer, recebe trita pontos positivos. Se alguém alerta pra disseminação de pensamento único … recebe 30 negativos. É esse o senso crítico que vcs querem difundir? Eu duvido … mas pelo jeito estão tropeçando no próprio ego!

        No mais … vc bloqueou meu outro comentário … onde eu lamento a falta de rigor em discussÕes que se pretendem científicas. Fiz o mesmo comentário no Nassif, e ele teve a dignidade de discordar em aberto! Não que os temas não sejam relevantes … mas quando voces se propoem a diuscutir algo que nao é óbvio do ponto de vista científico, a discussão vêm sempre abarrotada com o o pesso da opinião que vocês acham mais legal. Ciência é boa quando confirma a opinião que eu já tenho? Cadê o divergente?

        Acho uma pena … pode bloquear esse comentário tb … é o ultimo que eu escrevo pra esse blog!

      • qua, 16/02/2011 - 13:55
        Conceição Lemes

        Ney, não bloqueamos nenhum comentário seu. Ás vezes, alguns perdem, devido ao Intense Debate. Quando ao texto, permanece o que foi dito. Os médicos entrevistados são de primeira linha. Contradizer com quem medicos que não entendem do assunto, não estão atualizados? Pra quê? Pense bem. Saudações

      • qua, 16/02/2011 - 15:00
        Ney Henrique

        Você diz que elkes não estão atualizados por que já fez seu julgamento … como em outras questões médicas abordaas nesse blog. Alguém foi atrás de oucir o médiuco que diagnosticvou o Ronaldo? Que eu saiba não … então fica fácil ouvir os "bolas nossas" e taxar quem fez o diagnóstico de incompetente!

        Ciência não se faz assim … já disse isso antes aqui. O assunto é sim grave, mas não é fazendo acusações de incompetência que vai se lançar luz no assunto. Melhore seria ouvir o médico que diagnosticou o Rolnaldo e saber em que ele se basea. A escola de Medicina da USP não é a única escola de medicina do mundo. E não é a única respeitada. Medicina é uma ciência aplicada … e como tal tê, muitos pontos em aberto. Eu não sei se o ponto em questão é fechado ou não… mas pelo que parece não é, uma vez que existem muitos profissional do ramo, todos "desatualizados" segundo suas fontes, que têm possiäções conflitantes com as desse blog! A maneira de resolver esses conflitos äe indicando a literatura cientäifica – arbitrada – apropriada ao tema. Sem isso fica o dis que me disse …

        E sinceramente … não é ofendendo os profissionais que vai se espalhar os últimos avanços da ciência médica.

        Quanto ao texto: É isso ai mesmo! Estava escrito: Ganho de peso ou dificuldade em perde-lo. Você mudou depois que eu critiquei 2 vz … e depois usou de má fé no seu comentário pra dar a entender que eu não tinha lido direito. Tudo isso pra evitar se retratar e assumir que pisou na bola!

        Se não se consegue manter a honestidade em uma discussão secundária com um zé ninguém como eu … como você espera que eu acredite em algo que vocês escrevem daki pra frente?

        Errar todo mundo erra … em ciência principalmente! Erros bobos acontecem a toda hora … todo dia. Não deveria haver problema nisso … mas o ego não deixa!

        Sinceramente! Sua frase "leia o texto direito" foi de uma leviandade incrivel! Por causa de um assunto bobo. Coisa de jardin da infância mesmo … e eu fiquei muito magoado com isso!

        Perderam a minha confiança! E o pior… por bobeira!!

      • qua, 16/02/2011 - 15:27
        Conceição Lemes

        Ney, vc até agora não entendeu. Ninguém taxou o médico do Ronaldo de incompetente nem que o Ronaldo mentiu, ou seja, que ele não tem hipotiroidismo. O que os médicos entrevistados disseram foi que hipotiroidismo não causa obesidade (entenda aumento de gordura no corpo) nem dá doping. Foram as justrificativas que o Ronaldo deu por estar gordo. E isso não procede, do ponto de vista científico. Infelizmente, o que o Ronaldo fez foi péssimo. O médico dele, aqui, também poderia ter vindo a publico, numa coletiva, e esclarecido. Não o fez. A minha responsabilidade é com a saúde pública. Não posso permitir que declarações infelizes levem as pessoas a parar o tratamento, por exemplo. Um abraço.

      • qua, 16/02/2011 - 16:13
        Paulo Roberto

        Ficou magoado, é? E agora? Vai contar tudo pra sua mamãe? Ou vai chamar o irmão mais velho?

        Torcedor fanático é "soda"!

      • qua, 16/02/2011 - 17:27
        Ney Henrique

        A é … faz mais de 5 que eu não assisto um jogo do corinthians e eu sou torcedor fanático … aff.!!

        Mas o mais ridículo forem terrem bloquieado mais uma resp[osta minha e deixado essa falta de educação ai em cima!!

        Essa blog est';a merecendo o ttipo de público que está atraindo!

        Lastimável!

      • qua, 16/02/2011 - 17:44
        Conceição Lemes

        Ney, revi os teus comentários, lendo o conjunto. Vc diz estava escrito "Ganho de peso ou dificuldade em perde-lo". Continua escrito isso, concorda? Eu apenas repeti a informação que estava acima " por retenção hídrica e não por aumento de gordura", para reforçar o que já havia dito. Onde está o erro? Saudações.

      • qua, 16/02/2011 - 17:55
        Ney Henrique

        A ofensa foi em vc me mandar ler o o texto direito depois de ter arrumado ele por causa da cräitica que eu fiz! Usou da revis°ao do texto pra fayer pensar que eu que tinha lido o texto com mäa vontade! Isso foi coisa de criança!

        Do mesmo jeito que deixar passar o comentário do bebezão ai embaixo! Säo fay 5 anos que eu nao assisto uma partida de fuitebol… pra ser chamado de torcedor fanático …. olha o nipe dos comentarios…

        No mais, minha crítica quanto a falta de rigor em discussões científicas permanece!

        Pra alguém que é historiadora, essa crítica deveria ser levada a sério!

        Coordialmente!

      • qua, 16/02/2011 - 18:19
        Conceição Lemes

        Ney, priumeiro, eu mandei ler antes de repetir a informação, que estava atrás. Desculpe-me se o magoei. Segundo, sou jornalista, faço saúde há 29 anos. Exatamente por isso conheço um pouco mais os profissionais da área, sei quem é sério, quem não é. Além disso, faço questão de checar tudo antes de publicar. Vc não tem noção do quanto. Saúde é uma área em que não se pode errar. Vc está lidando com o bem mais precioso de todos nós: a nossa vida. Saudações

      • qua, 16/02/2011 - 19:06
        Ney Henrique

        Conceição, e eu fa';co ciência à 13 anos. Seguir a literatura científica não é tarefa fácil, nem pra quem vive exclusivamente disso.

        Os profissionais da saúde têm de fato uma responsabilidade enorme, e quem me conhece sabe que eu sou um crítico ferrenho da classe médica ( corporativista até o osso ). Mas a minah questão aqui não é essa.

        A coisa começou por que o texto que escrevera tem uma conotação pra lá de agrassiva … como se um jogador de futebol tivesse culpa de repetir o que seu médico lhe falou.

        Depois fiquei indignado com a cr';itica sendo que vocês citaram o mesmo sintoma que estavam desmentindo acima. Ficou parecendo simples pegação de pé.

        Mas o que me pegou mesmo é essa história de assumir a posição de um profissional e desqualificar todo o resto como desinformado ou inconpentente, não sério! Desculpe, mas em quanquer ciência ( medicina inclusa) existem profissionais que são muito sérios, muito competentes e muito apaixonados pelo que fazem, mas que discordam entre si! Não d;a rpa sair desqualificando opiniões diversas só por que são diversas.

        O que eu quero dizer é que existem sempre, opiniões igualmente sérias que podem ser divergentes. E é irresponsável sair taxando os profissionais de desqualificados, desinformados e etc, só por que eles frequentam uma outra fonte. Que se tragam os fatos … que se tragam as referências. Que se coloquem as cartas na mesa … mas assumir logo de cara de alguém não é sério por que têm outra fonte … isso não dá!

        Desculpe conceição … com todo o respeito a sua carreira … o tempo de serviço não lhe confere o direito de julgar quem é sério em seu trabalho ou não!

        Especialmente em ciência … muita gente boa na história da ciência foi taxa de "aventureiro" … inclusive Luis Pasteur quando do seu tratamento para hidrofobia!!

        Gente do nipe de um Ostwald – um dos melhores quimicos que a ciência produziu – dizia aos 4 ventos que atomos não existiam!

        Linus Pauling … pra mim O grande químico da história, genio, dono de DOIS premios Nobel, errou feio quanto a etrutura do DNA … tinha a solução na mão e jogou fora!

        Mesmo Newton!!!! Talves o maior genio da historia humana, perdeu um bocado de tempo com uma notação seca pro seu calculo diferencial … simplismente por que não queria dar o braço a torcer que a notação de Leibnitz ( que a gente usa até hoje ) era muito melhor!

        Se nem esses monstros sagrados são infalíveis … quem dirá os especialistas que você consultou! Eles são humanos … eles eram… assim como eu e você!

        E também não gosto dessa hist;oria de mistificar a profissão do médico!

        Se o motorista de ônibus erra ele leva 80 passageiros pra copva junto!! Responsabilidade todos temos! E mais … OS MEDICOS SÃO HUMANOS TB. Ningué está acima da próproia natureza humana!

        Eles só podem agir dentro de algum conceito científico aceito … nos casos onde não há copnsenso, não dá pra desqualificar!

        Por fim … eu fiquei puto por que voc&e escreveu dando a entender que eu tinha lido o texto de forma desatenta … quando na verdade voc&e o escreveu de forma desatenta! Isso foi sacanagem. poderia muito bem ter escrito : "opa .. a informação correta é essa e eu arrumei o post acima, Obrigado" Mas não foi o que vc fez! Só colocou "leia o texto direito!" … desculpa… mas isso foi desonesto!

        Coordialemente!

  102. ter, 15/02/2011 - 0:20
    Luiz Fernando

    Há dois anos atrás fiz uma cirurgia de tireoide, depois é logico, fiquei sabendo sobre a mazelas da cirurgia, aumento de peso, taquicardia, angina etc, causados pelo uso do hormônio sintético, não tinha nada na tireoide fui levado por médicos mercenários que estavam de olho no dinheiro do laboratório pelo uso continuo da substância e o ganho na cirurgia, esta coisa de dizer que não aumenta o peso é coisa de médico que ganha dinheiro de laboratório! O Brasil tem os piores mérdicos do mundo é a impressa, a justiça apoiam e deixam fazer o que querem, estão matando gente estes mérdicos!

  103. ter, 15/02/2011 - 0:12
    Paulo

    E se ele confundiu hipo com hipertireoidismo? Este último causa ganho de peso?

    • ter, 15/02/2011 - 9:37
      Conceição Lemes

      Paulo, o Ronaldo foi explícito. Disse hipotiroidismo. Condiz com desaceleração do metabolismo, que ele disse em seguida. O hipertiroidismo não causa aumento de peso. abs

  104. ter, 15/02/2011 - 0:00
    Gustavo Pamplona

    Provavelmente vocês vão me vetar mas eu não resisto dizer isto, tudo bem? ;-)

    Que papelão, eihnnn… Conceição? Defendia os obesos agora anda criticando… interesssante… hahahahahah

    • ter, 15/02/2011 - 0:17
      Conceição Lemes

      Gustavo, nada contra os gordinhos. Abs

    • ter, 15/02/2011 - 2:17
      Polengo

      De quem é mesmo o papelão?

    • O que realmente causou esta Hipoti…Foi a overdose de marketing milionário em torno de um jogador que se encontra em qualquer várzea brasileira, e do auxílio onipresente da nefasta Rede Globo e seu execrável enfermeiro Babão Bueno, ao longo de décadas! Quando o saco de toucinho não aguentou mais os comandos dos dois neurônios dos cérebros (Ronaldo só tem um) marketeiros, repassaram para a estardalhante última colocada BAND, e para o hospício (eles que se dizem) e, ultimamente, cemitério de elefantes, Curínthia, 100 anos, 100 nada.

  105. seg, 14/02/2011 - 23:57
    elena

    Olha sou Corintiana estou de luto pela aposentadoria do FENOMENO .Se foi hipo ou sei lá o que o fato é que
    demonstrou muita dignidade em reconhecer que seu corpo não respondia as suas jogadas mentais.É indiscutível a sua habilidade futebolistica. PARABÉNS RONALDO ! Seja feliz ! Muitíssimo feliz ! Sou muito grata por ter me dado muitos momentos alegres.

  106. seg, 14/02/2011 - 23:52
    David R. da Silva

    No Popular, quem sofre desse H……não tinha que apresentar UM PAPO exterior, isto é, UM PAPO, uma bolsa anormal? A Tiróide, glândula….com esse problema até hoje, e não manisfestara in vivo. Por que nos POBRES agente ver o PAPO? Muito estranho, a Justificativa, ora, dada pelo Ronaldo. Aqui, Não! Não vi seu PAPO Crescer ainda, mesmo não Tomando os anti-Tireódios. Acorda! Não Somos LIXO! de Belo Horizonte.

    • ter, 15/02/2011 - 2:37
      Lucas Cardoso

      O bócio não é sinônimo de hipotireoidismo. É causado por falta de iodo, e se caracteriza por hipertrofia da tireoide acompanhado de hipotireoidismo. Não necessariamente hipotireoidismo vem acompanhado de hipertrofia da tireoide.

  107. seg, 14/02/2011 - 23:37
    SILOÉ

    Essa mentirinha foi só prá ele ficar bem na fita, Não vamos crucifica-lo por isso. Por toda a alegria que ele nos
    deu, pelas belíssimas jogadas, pelos maravilhosos gols; por mim ele será sempre reverenciado como o melhor jogador do mundo de sua era.

    • ter, 15/02/2011 - 0:02
      Analise

      Desculpe, mas convocar jornalistas do mundo inteiro pra contar mentira, é inadmissível.
      Por mais "herói" que ele tenha sido, isso não justifica essa atitude.
      Se ele admitisse a verdade, seria muito mais digno e mais respeitoso com seus fãs.

      Essa história virou mais uma página suja na sua vida, ele não precisava disso.
      Ele poderia passar sem esse capítulo negro.
      Lamentável.

      • ter, 15/02/2011 - 0:36
        Paulo

        Capítulo "negro"? Não entendi . . . . está me cheirando à racismo!

      • ter, 15/02/2011 - 9:59
        Gambazinho

        Ronaldo sofre de uma doença muito comum à celebridades e pseudo-celebridades… a mídia-dependência. Gente como ele simplesmente não consegue viver fora das manchetes e, inconscientemente, como no caso dos Travestis, mete-se em situações embaraçosas para não ser esquecido.

        Temo pelo futuro do Fenômeno. Cedo ou tarde a poeira vai baixar e mesmo com toda sua fortuna, que não é pequena, ele começara, sem se dar conta e sem senso de ridículo, a enfiar os pés pelas mãos em busca de manchetes que o tragam, novamente, para o centro das atenções.

        Espero estar enganado…

    • ter, 15/02/2011 - 0:53
      SILOÉ

      Se é que foi mentira.

  108. seg, 14/02/2011 - 23:10
    Fernando

    Olha não li a matéria, porque acho que este "especialista" é uma fraude, pois tenho hipertireoidismo e só percebi pq engordei 10Kg em um mês, sem que tenha mudado em nada meus hábitos alimentares.
    Digo para este "especialista" que ele é uma fraude, deveria tomar cuidado com o que diz para aparecer

    • seg, 14/02/2011 - 23:42
      Conceição Lemes

      Fernando, vc leu toda a matéria? São especialistas seriíssimos. Provavelmente inchou. Agora vc tem hipo ou hipertiroidismo?

    • ter, 15/02/2011 - 9:31
      jose marcos

      Voce esqueceu da questão do doping. Outra coisa , Fernando toda minha familia de 7 irmãos mais pai tem este problema e ninguem é gordo, voce parece que não leu bem a matéria, ela explica o seu caso. Quero deixar claro que não torço por nenhum time, portanto sou imparcial, a questão aqui não é sobre futebol mais de ética de uma pessoa publica.

    • ter, 15/02/2011 - 14:35
      Antonio

      hipo e não hipertireoidismo

  109. seg, 14/02/2011 - 23:03
    Jairo_Beraldo

    Li a reportagem ,mas não tinha lido os comentarios…caramba…o cara foi genial, um exemplo dentro de campo, fora nem tanto, mas chegou a ser embaixador da UNESCO, e essa ira toda contra ele? CARAMBA!

    • ter, 15/02/2011 - 9:27
      jose marcos

      Mais isto justifica mentir para uma coisa séria????

      • ter, 15/02/2011 - 10:47
        Klaus

        Se é que ele mentiu.

      • ter, 15/02/2011 - 11:36
        Conceição Lemes

        Nem eu nem os médicos disseram que ele mentiu sobre o diagnóstico. Apenas que, do ponto científico, as declarações dele não corretas, estão equivocadas. abs

      • ter, 15/02/2011 - 11:05
        Jairo_Beraldo

        Tem gente que faz coisa pior e o povo nem se revolta!!! Por exemplo….os DEMo/ tucanos, não só em São Paulo, pintam e bordam em qualquer circunstancia, e ainda são eleitos por muitos que agora se revoltam contra o Ronaldo, que não fez mal algum a ninguém…ME POUPE…futebol, é uma diversão… política, rege a minha, a sua e as nossas vidas.

    • ter, 15/02/2011 - 15:15
      Gerson Carneiro

      Cumpadi Jairo,
      O que o povo não está aceitando é o trololózinho dele para justificar o encerramento da carreira.
      Por que ele não fez essa declaração logo assim que chegou ao Corinthians?
      O que o povo quer é simplesmente a verdade. Ninguém está desmerecendo a carreira dele.
      E tenha certeza que ele foi, e é, muito bem recompensado pelo que foi em campo.
      O povo tem direito de saber a verdade, sempre.

  110. seg, 14/02/2011 - 23:01
    Jairo_Beraldo

    Desculpe, Conceição, mas o hipotireoidismo pode levar sim a obesidade. Não é regra, ma s uma exceção.

    • seg, 14/02/2011 - 23:37
      Conceição Lemes

      Não sou quem digo isso, são especialistas de primeira linha. O problema é que há muitos médicos desinformados. Infelizmente. Aliás, essa informação de que não causa obesidade está no livro que fiz com médicos/professores do Hospital das Clínicas/Faculdade de Medicina da USP.

      • ter, 15/02/2011 - 0:45
        Jairo_Beraldo

        Então terei que informar a 3 colegas da faculdade que elas estão sendo enganadas pelos seus medicos. Eles controlam elas pelo que coloquei. Estão sendo enganadas pelo que voce colocou e AFIRMOU.

      • ter, 15/02/2011 - 9:53
        Conceição Lemes

        Infelizmente, Jairo,muitos médicos são desinformados, desatualizados. Eles mesmos acabam contribuindo para disseminação desse mito. Posso te garantir, como já disse a um outro leitor, que os médicos entrevistados são ATUALIZADÍSSIMOS, feras na endocrinologia brasileira. abs

      • ter, 15/02/2011 - 11:20
        Charles

        Conceição,então quer dizer que os "outros médicos" são menos competentes do que aqueles que você procurou?Os que foram procurados por você podem até ser ATUALIZADÍSSIMOS,mas você não pode julgar os demais,sem ao menos conhecê-los.

      • ter, 15/02/2011 - 11:46
        Conceição Lemes

        Eu não disse TODOS os outros. Eu disse que médicos desatualizados contribuem para disseminação de informações erradas. Eu posso julgar, sim,pois sou repórter especializada em saúde há 29 anos. São fontes de minhas reportagens apenas aqueles que são ATUALIZADISSIMOS, COMPETENTES E ÉTICOS. Por conta de reportagens, conheço vários incompetentes, muitos desatualizados, alguns picaretas, que inclusive já denunciei em matérias. Saudações.

      • ter, 15/02/2011 - 16:45
        Ney Henrique

        Essa äe um problema recorrente nesse blog …

        Toda vez que a conversa vai pra algo que necessite de mais ciencia a coisa descamba pro achismo.

        Se os profissionais que voce consultou sao serissimos… cade as referencias?

        E por que voces mesmos citaram ganho de peso ou dificuldade de perdeßlo como sintoma se isso äe o que os medicos mal informados do Ronaldo afirmam?

        Esse site ta prescizando de jma consultoria cientifica com o Nicolelis …

  111. seg, 14/02/2011 - 22:52
    sávio

    o crépúsculo dos ídolos já é triste por si só. como disse milton nascimento, no albúm, anima, 'no analices, no analices'..

    racionnalizar sobre isso, pouco importa, a lenda é mais importante.

  112. seg, 14/02/2011 - 22:49
    waleria

    Ronaldo não é médico – mas foi um craque.

    Depois de Pelé, vem Pelé e vem Pelé.
    Depois vem Pelé e vem Garrincha e Maradona.
    Depois vem Ronaldo Fenomeno, vem Zidane.

    O resto é conversa.

    • Você esqueceu do Romário.

      • ter, 15/02/2011 - 11:50
        waleria

        O Romário vem depois, e depois Zico e Coutinho e Edu… depois vem depois…

        Mas os grandes mesmos são esses 15 – Pelé vale por 10.

        Mas Ronaldo – dentuço, com ou sem joelhos – é um dos 5 maiores de todos os tempos. Maior que Kruiff, que Tostão e Rivelino, maior que Messi e outros que tais.

        Só teve o azar de ser brasileiro – um lugar que gosta de destruir os seus – e exaltar o alheio – principalmente o alheio branco, de olhos azuis, que fala enrolado… e vier do outro lado do mundo.

        Este tópico por si só já mostra nosso complexo de vira-latas.

        Temos no futebol o melhor… Pelé… Pelé… Pelé…. Garrincha, Ronaldo, Romário, Zico, Coutinho…

        Mas esses desqualificamos…. são uns farçantes… bom mesmo é o Maradona, o Zidane então um maestro….

        É muita vira-latice pro meu gosto.

  113. seg, 14/02/2011 - 22:45
    Givaldo Barbosa

    Pode ser que o Pelé nunca tenha saído com travestís, mas no tocante à paternidade, o Fenômeno deu um show, pois fez questão de levar um filho recém reconhecido na sua última coletiva como jogador.
    Penso ainda que os leitores deste seleto espaço, bem como o seu tutor, o qual tive a oportunidade de conhecer e nutro especial e fraternal carinho, não devam cair na armadilha de julgar o Ronaldo pelos erros ou fraquezas, as quais estamos todos sujeitos. Que o julguem por aquilo que ele mas soube fazer, ou seja gols, afinal, são os gols que irão imortalizá-lo e não o que ele disse ou deixou de dizer em sua despedida. Abço à todos.

    • seg, 14/02/2011 - 23:57
      Analise

      Show?????
      Que show???
      Ronaldo ficou 3 anos sem reconhecer o filho e sem querer fazer o DNA.
      Só fez quando foi obrigado, ele não queria reconhecer o filho.
      Ou foi mal orientado, ou tem péssima índole.

      Ronaldo é apenas um fantoche, criação da mídia pra render milhões.
      Fez bonito sim, quando era jovem, mas depois… se resumiu a um objeto midiático e rentável.

      Isso é muito degradante pra um atleta verdadeiro.

      • ter, 15/02/2011 - 11:01
        Jairo_Beraldo

        Como mineiro, devo concordar com o Givaldo….Ronaldo foi obrigado a fazer DNA, fez e assumiu o filho … e o crápula do Edson Arantes do Nascimento, vulgo Pelé, que fora obrigado a fazer o DNA para comprovar ser pai da Sandra, fez e ainda assim se negou a assumir? Nem estando ela em estado terminal por causa e um cancer, sensibilizou o comentarista da Globo, o garoto propaganda da Coca Cola e de outras empresas sódidas, a pelo menos dar um alento à filha nos seus dias finais? … Não passa de um biltre!

    • ter, 15/02/2011 - 12:12
      priscila presotto

      Givaldo :

      Perfeito!!!!!!

  114. seg, 14/02/2011 - 22:45
    Givaldo Barbosa

    Polêmicas à parte, penso que o momento é muito mais de refletir e agradecer a tudo que este rapaz fez pelo futebol do que buscar a perfeição em quem apesar da genialidade é mortal como nós. Imaginem se nós esquecessemos dos drilbles desconcertatntes do Garrincha para discutir-mos seus vícios e suas fraquezas fora de campo, e ainda, questionar-mos o que o Pelé – atleta do século, rei do futebo, o qual nos orgulhamos até hoje – foi capaz de fazer por um grupo etnico oprimido no Brasil desde o século XVI, e por fim que ele rescusou-se até a última instância em reconhecer a paternidade de uma filha mesmo já tendo sido confirmada com DNA, a qual padeceu sem o sonhado abraço e reconhecimento fraterno do pai.

  115. seg, 14/02/2011 - 22:27
    Denise Paiva

    Eu fico feliz, que Ronaldo tenha apreciado sua estada no Corinthians, mas eu não apreciei, nesta fase enxerguei uma triste realidade de que o Brasil tem seus Meninos e na melhor fase de suas vidas têm de vendê-los para times do exterior. Um grande equivoco ele ter falado da tiroide. Lembro do meu querido ex presidente Lula pedindo a ele para emagrecer e ele devolveu este golpe.
    Só comecei a assistir futebol e a me alegrar com o time do Santos do ano passado e agora com os Meninos do Sub 20. Considero inteligente só o clube santista, que investe na criação de craques, abre portas, inicia carreiras e apresenta um futebol espetáculo.

  116. seg, 14/02/2011 - 22:09
    Analise

    Ronaldo é igual a Lady Gaga. Só mídia e sem conteúdo.
    Ronaldo é uma máquina de fazer dinheiro e se prestou a isso até o último minuto.
    Uma pena… De exemplo a mal exemplo.

  117. seg, 14/02/2011 - 22:03
    Sônia Bulhões

    Conceição, me esclareça uma dúvida: eu epnsei que a palavra correta seria hipotireoidismo. Se puderes responder, para mim é importante. Grata.

  118. seg, 14/02/2011 - 22:02
    Gerson Carneiro

    Daria uma bela manchete: "Hipotiroidismo tirou o Ronaldo do futebol".

    Viiiixe… aqui na Bahia é tudo em marcha lenta.

    E geralmente nóis têm:

    * Cansaço, desânimo, com fraqueza.
    * Lerdeza para reagir às situações do cotidiano.
    * Raciocínio moroso, concentração difícil e memória ruim.
    * Sonolência durante o dia.
    * Prisão de ventre.

    Será que nóis baiano tem essa doença?

    • ter, 15/02/2011 - 12:01
      Edson

      Bom dia, bom baiano. Aqui é paulista estilo Paratodos do Chico Buarque. Ouvi numa sala de aula que alguns vivem dizendo que estão em crise. Ora, se acrise é contínua não é crise, é :"estado de coisas."
      Assim, não é hipotireoidismo baiano, é: "estado baiano preguiçoso de coisas." …rs rs rs rs.

      • ter, 15/02/2011 - 13:22
        Gerson Carneiro

        rsrsrs…
        inclusive uma das doenças mais difíceis de se diagnosticar na Bahia é a dengue. Dizem que ela deixa a pessoa com o corpo mole. Pois aqui, não sabemos se a pessoa está com dengue, ou com dengo.

    • ter, 15/02/2011 - 15:48
      Rafael

      Ué, mas no carnaval tá todo mundo bem animadinho.

  119. seg, 14/02/2011 - 21:58
    Mauro Silva

    Caros Cristina e Azenha
    Acho que foi um dos melhores da geração dele: o melhor atacante.
    Pena que, nesse final desesperado, tenha sacrificado esse bom jogador, Bruno Cesar, jovem e em início de carreira.
    Ronaldo poderia deixar o futebol sem essa nódoa. Ele não precisava disso.

  120. seg, 14/02/2011 - 21:56
    duarte

    Uma mentira dura pouco tempo. Ronaldo foi rei no tempo em que mereceu. No final da carreira, quando foi expurgado da europa (eles não brincam, não jogou vai embora) voltou para o Brasil e foi ensaiado uma grande farsa, tendo como produtores a Traffic (belo nome), a globo, o corinthians e alguns jornalistas que se vendem por pouco. Ronaldo estréia no time faz gols contra times pequenos,a globo faz uma festa em cima dos gols que até a mamãe faz.. Mas, a mentira sempre tem perna curta, no momento que precisavam do craque, ele não tinha mais pernas e sim, muita barriga. Sem aguentar a mentira ele reune seus filhos, vai até a tv, chora e diz que não vai mais jogar. Vc que acreditou nas lágrimas dele foi o mesmo que torceu pelos gols em times pequenos e que pediu a cabeça depois da derrota da libertadores.
    Caros amigos, vamos parar de torcer por mentiras fabricadas (vinda de ronaldinho,já viram que eles so pintam em times de maiores torcidas?) e torcer por novos valores, como os campeões do sub20. O Brasil precisa parar de ser um celeiro e criadouro de jogadores e virar um palco do verdadeiro futebol, sem gorduchos, jogadores bichados e em fim de carreiral, mas alguém ganhou muito dinheiro, só quem não ganhou nada foi vc torcedor.

  121. seg, 14/02/2011 - 21:49
    Lusíadas

    Chiiii… já estava arrumando uma desculpa para minha insistente barriga…
    Agora, eu confesso: é a "mardita" cerveja e o tiragosto.
    Ô Ronaldo, não abusa né. Nem da nossa paciência. Nem da comilança…

  122. seg, 14/02/2011 - 21:49
    Ronaldo Caetano

    Na boa… Adoro o xará e, como brasileiro, sou lhe grato pelos títulos, incluindo uma Copa, e pelo lindo futebol que jogou até 2.002. Estará para sempre na Galeria mundial dos Grandes.

    Mas esta passagem pelo Corinthians – incluindo o Teatro montado hoje, onde ele, que é bom de Mídia, teve uma performance pífia, com emoções claramente fabricadas – foi de amargar… E a cereja do bolo da coletiva foi a questão do hipotiroidismo e a explicação esdrúxula de que seu tratamento poderia acarretar em doping…

    Sua vinda ao Timão foi uma claríssima armação para captar patrocínio junto a incautos e como resultado o Corinthians perdeu duas Libertadores porque, ao contrário de torneios menores, como o Paulistinha e Taça do Brasil, lá ninguém amacia. O risco de se jogar com dez, porque os patrocinadores assim exigem, geralmente dá no que deu.

    Uma pena que um ídolo mundial, tão talentoso e com uma história tão bonita, tenha encerrado a carreira de forma tão pouco nobre.

  123. seg, 14/02/2011 - 21:38
    Analise

    Que coisa feia, héim Ronaldo, terminar a carreira com uma mentira grosseira e grave como essa.
    E pensar que eu chorei com a declaração dele…
    Afffffffffffffffffffffffffff

    • ter, 15/02/2011 - 12:10
      priscila presotto

      O ser humano é assim ,enqto ele era "fenomeno"…tudo bem !"Grande Ronaldo …Perfeito….que cara…..Agora em decadência física e por dizer o que disse é a massacrado….
      Que tal enaltecer pelo futebol de outrora ?Atirem pedras quem for perfeito….

  124. seg, 14/02/2011 - 21:35
    Julio Silveira

    Se ele ainda dissesse que sua banha era inchasso devido a corticoide tava mais realista, mas esse papo parece conversa para gente ficar com pena enquanto ele come uma pizza e um monte de chopp.

  125. seg, 14/02/2011 - 21:25
    Eric R

    Fora que o problema não é nenhuma novidade, já que havia sido levado a público há mais de três anos, como pode ser visto nesta matéria de agosto de 2007: http://oglobo.globo.com/esportes/mat/2007/08/17/2

    Ronaldo foi genial em todos os clubes em que jogou, um pouco menos no Milan e no Corinthians, mas ainda assim gênio. Podia ter terminado a carreira melhor do que isso, e de forma mais sincera tambem.

Comentar