VIOMUNDO
O VIOMUNDO só é possível também através de anunciantes, e detectamos que você utiliza um AdBlock, bloqueador de anúncios.
Por favor considere ajudar o VIOMUNDO desativando o bloqueador para este site.
Cartas de Minas

A carta dos petistas maranhenses ao partido

14 de junho de 2010 às 10h35

CARTA ABERTA AOS PETISTAS E AO POVO BRASILEIRO!

Companheiros,
Companheiras,

Somos fundadores do PT, nosso primeiro e único partido. Nestes 30 anos dedicamos o melhor de nossas vidas à sua construção, andando a pé, debaixo de chuva, sob o sol quente, enfrentando a fome, pobreza, violências, perseguições, abusos do poder econômico e o massacre político e midiático da família Sarney.

Não desistimos e nem nos curvamos ao arbítrio da oligarquia Sarney: consolidamos o PT no estado e contribuímos humildemente para a construção da liderança e a eleição do Presidente Lula.

Durante a ditadura, enquanto Manoel da Conceição gemia na tortura, a família Sarney construía seu império econômico, transformando o estado em seu feudo político. Quando foi Governador as maiores realizações do Sr. José Sarney foram a entrega de nossas terras aos grupos econômicos, inclusive estrangeiros e mandar cortar a bala a perna de Manoel da Conceição.

Nas décadas de 80 e 90, enquanto lutávamos pela construção do PT, pela reforma agrária e a democracia, o Senador Sarney se apoiava nas Forças Armadas para ficar no lugar de Tancredo, se arranchando depois nos governos Collor, Itamar e FHC para manter seu esquema de poder político e empresarial, sustentado no latifúndio, no grande capital e nas operações subterrâneas que agora estão vindo à tona pela Polícia Federal.

Com a eleição do Presidente Lula sonhamos que a democracia, a paz e a liberdade finalmente chegariam ao Maranhão, estado que entrou no século XXI com a economia e o sistema político do século XIX. Infelizmente Sarney continua grudado no governo, apossado de quase todos os cargos federais para humilhar os maranhenses, massacrar os petistas e tirar vultosas vantagens pessoais, reveladas nas investigações policiais e em outros esquemas ilícitos.

Em 2003 e 2004 quando o PT governou Imperatriz, segunda cidade do Maranhão, a família Sarney moveu implacável perseguição contra o petista Jomar Fernandes, tomando sua reeleição para neutralizar o seu crescimento político e o fortalecimento do Partido no Estado.

Nas eleições de 2006, a família Sarney manobrou e canalizou o apoio do Presidente Lula para o Senador Cafeteira, impedindo a eleição do petista Bira do Pindaré para o Senado Federal, justamente para não permitir o surgimento de uma nova liderança no cenário estadual, tirando do PT a possibilidade de apresentar uma nova alternativa ao povo maranhense.

Ainda nas eleições de 2006, conseguimos no segundo turno eleger Jackson Lago (PDT) Governador do Maranhão. A família Sarney, no tapetão em Brasília cassou o mandato de Jackson, restabelecendo a escuridão política, econômica e social no estado, pois apesar de já ter sido até Presidente da República, após 44 anos de domínio político transformou o Maranhão no Estado mais pobre da Federação.

Desde 2007 a coligação da família Sarney tenta cassar o mandado do Deputado Federal Domingos Dutra, visando calar sua voz firme e corajosa.

Agora o Senador Sarney quer se apossar e destruir o PT do Maranhão, contando infelizmente com a colaboração de parte do CNB (Construindo um Novo Brasil) local. Felizmente, outra parte dessa importante corrente interna, já declarou apoio à aliança do PT, PC do B e PSB, em torno da candidatura do deputado Flávio Dino.

No dia 27 de março realizamos o Encontro Estadual. As regras do encontro foram proposta pelo CNB. A votação foi aberta, nominal, filmada, fotografada e testemunhada pelo Secretário de Organização Nacional, Paulo Frateschi.

A família Sarney transformou o Palácio dos Leões em Quartel General, de onde partiam ofertas de dinheiro, cargos no governo, vagas na chapa majoritária e ameaças a prefeitos e delegados do Partido.

Com a força de nossa história, a dor do nosso sofrimento e as lágrimas da emoção derrotamos a prepotência e o abuso do poder econômico e político da família Sarney.

Agora o Senador José Sarney e sua filha movem o céu e a terra para inverter o resultado do encontro, pressionado, chantageando e constrangendo o Presidente Lula para intervir no PT, pressionar o PC do B a retirar a candidatura de Flávio Dino ou anular o encontro estadual.

A decisão do Encontro Estadual foi limpa, transparente, democrática e de acordo com a resolução do 4º Congresso que estabelece a existência de dois palanques aonde não for possível palanque único.

Se haverá dois palanques no Rio, Bahia, Paraíba, Rio Grande do Norte, Pará, Mato Grosso do Sul e outros estados, porque não pode haver dois palanques no Maranhão?

A aliança do PT, PSB e PCdoB tem o apoio da sociedade, dos movimentos sociais, com destaque para a CUT, MST e FETAEMA, além da base do Partido, inclusive de muitos militantes do CNB.

O PSB e PCdoB são aliados do PT desde 89. O Deputado Flávio Dino é da base do Governo. Esta coligação oferece à companheira Dilma um palanque forte e limpo, sem a catinga dos escândalos da Lunus (Jorge Murad); das remessas ilegais de recursos para exterior (Fernando Sarney, Roseana Sarney, Jorge Murad) e das irregularidades praticadas na gestão do Senado pelo seu Presidente.

O palanque do PT, PSB e PCdoB representa a esperança de democracia, liberdade, transparência e inclusão social. O palanque do PMDB, dominado pelo DEM, simboliza o atraso, o continuísmo do latifúndio, da corrupção e da exclusão. Os caciques do DEM que mandam no Governo do Estado vão fazer campanha para Serra. Sarney Filho, do PV, vai fazer campanha para Marina e assim Sarney repete o velho método: espalha jogadores em todos os times de forma que ele nunca perde para continuar escravizando os maranhenses a partir do poder que mantém na esfera federal.

Nós do PT, PSB e PC do B não exigimos exclusividade do Presidente Lula e da companheira Dilma, pois entendemos que dois palanques terão mais votos do que apena um, ao contrário do Senador Sarney que a qualquer custo quer privatizar Lula e Dilma, pois a sua prioridade é a filha e a manutenção do esquema de poder que mantém há 44 anos.

A anulação do Encontro Estadual será uma violência contra os direitos políticos e humanos dos petistas. Por isto apelamos ao companheiro Lula, à candidata Dilma, aos dirigentes do partido e aos petistas do Brasil para que não deixem acontecer esta injustiça, que atingirá o PT e o povo do Maranhão.

Não é justo assassinar política e moralmente fundadores e a militância do PT para dar vida e perpetuar o poder de uma família oligárquica cujos antecedentes são incompatíveis com a ética, a decência e a democracia. O Senador Sarney não tem o direito de se intrometer nas decisões do PT. O PT não é mercadoria para ser negociado.

O Maranhão é Brasil e exige democracia. Não somos sapos para morrer debaixo do pé do boi. Rogamos algo simples e sublime. RESPEITO. Respeito à nossa história. RESPEITO A DECISÃO DO ENCONTRO ESTADUAL.

Maranhão (Brasil), 13 de maio de 2010.

MANOEL DA CONCEIÇÃO – Fundador Nacional do PT e Presidente de honra do PT/MA
DOMINGOS DUTRA – Fundador do PT e Deputado Federal
JOMAR FERNANDES – Fundador do PT, Ex-Deputado Estadual e Ex–Prefeito de Imperatriz
VALDINAR BARROS – Líder Camponês e Deputado Estadual
TEREZINHA FERNANDES – Fundadora do PT e Ex – Deputada Federal

 

115 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

Pedro Ayres

16/06/2010 - 16h37

Caro Azenha
Creio que o drama vivido por Manoel da Conceição e Domingos Dutra é algo extremamente grave, pois, além de ser uma questão humanitária, é um problema ético de grande força. Manoel da Conceição faz parte daquela estirpe de homens que honram a natureza e a própria humanidade. Junto com João Pedro Teixeira, Padre Alípio e Chico Julião fez parte daqueles líderes brasileiros que já na década de 1950/60 lutavam pelos direitos dos camponeses e pela Reforma Agrária. O seu prêmio foi a perseguição ditatorial e dos oligarcas maranhenses, como os Araújo Costa (Sarney), que ampliaram a sua miséria e o adoentaram de forma defnitiva. Hoje, solidário com a luta do deputado federal Domingos Dutra, do Maranhão, está em greve de fome e pode vir a falecer se não for imediatamente cuidado.
Para melhores informações: http://www.dzai.com.br/depdomingosdutra/blog/depd

Responder

Maria Lucia

16/06/2010 - 15h47

Aumeta a cada momento a gravidade da situação criada no Maranhão dentro do PT. http://www.oimparcialonline.com.br/noticias.php?i
Essas são as notícias de hoje num pequeno jornal maranhense. Já que os grandes pertencem ao conglomerado dos poderosos oligarcas.

Responder

Armando do Prado

16/06/2010 - 15h22

Cadê os que disseram que lutariam até a morte caso Lago fosse deposto? É o mesmo grupo de muitas palavras e poucas ações concretas.

Responder

Beto Crispim - BH

16/06/2010 - 15h21

Não exagero na critica como muitos. Acho que passa do absurdo e do ridiculo chamar o companheiro Dutra de Hitler. Quem o faz, de duas uma, ou não sabe nada sobre o Hitler ou não conhece a história do Dutra. Sou contra a intervenção, como sou contra o "acordo" feito em Minas pelo Pimentel e Reginlado Lopes. Entendo que a DN deveria rever a decisão. Repeitar a decisão do Encontro do Maranhão. Reconheço a importancia da eleição da companheira Dilma. A DN deve tentar garantir a aliança nacional com PMDB, mas não atropelar os Estados, até porque o PMDB não está fazendo um minimo de esforço para impedir alguns Diretórios estaduais seus de apoiar o Serra.

Responder

Gerson Carneiro

16/06/2010 - 10h05

Essa do klaus merece destaque:

"Alianças policiticas são circustanciais, opiniões não".

É o caso de Jesus com Judas. Muito embora sabendo e tendo a certeza que seria traído por Judas, Jesus não o expulsou do seu quadro de discípulos, em nome de um projeto maior.

Qualquer um de nós aqui se descobrirmos que há um traíra dentro da equipe, qual será nossa primeira atitude?

Responder

carlos hely

16/06/2010 - 08h54

O Partido dos Trabalhadores está perdendo uma grande oportunidade com a total aprovação do governo lula para vencer as eleições nos estados. Aqui em minas o PT tinha um forte candidato a governador e a ordem de cima era que helio saisse para governador, uma lastima pois este vai perder mesmo estando na frente agora. Estou vendo que aconteceu o mesmo com o maranhão e poderá ter acontecido com outros estados também que o PT poderia lançar governador. Será que é importante para a governabilidade se associar a um partido (PMDB) que sempre foi um partido dividido ao meio e que sempre se apoia em quem está no poder? Acho lamentável estas desições de cima para baixo. Lula está pisando na bola.

Responder

Maria Lucia

16/06/2010 - 01h01

Importante ler esse texto do Luís Nassif para se ter a exata dimensão da gravidade da situação dessa greve de fome de históricos e expressivos líderes populares petistas no Maranhão http://www.advivo.com.br/blog/luisnassif/a-crise-
Já corre na internet um abaixo-assinado em apoio aos grevistas. http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/632

Responder

william porto

15/06/2010 - 21h36

Infelizmente o PT de hoje mandou para a lata do lixo a sua historia, esta cuspindo no prato que comeu e comendo npo prato que cuspiu. O mesmo partido que se recusou apoiar Tancredo no colegio eleitoral, defende agora a alianca com Sarney em detrimento aos seus companheiros do Maranhao.. E um absurdo.

Responder

Supertramp68

15/06/2010 - 10h50

O PT morreu!!! Em seu lugar brotou o lulismo. Quando Mercadante renunciou a
renuncia, era o prenuncio do fim. O PT da etica e da moral não existe mais.
Saiu dos ideais do Araguaia para os mensalões do poder. Se prostitui, vende
seus ideais partidarios por tempo de propaganda na tv, na tentativa de eleger
uma candidata criada por Lula, sabe-se lá com que finalidade.

Só falta esclarecer o por que de continuar nos quadros do partido? Ideologia? Não creio…

Responder

    dvorak

    15/06/2010 - 12h17

    E se forem questionados irão dizer que não sabiam de nada, não viram nada, quem sou eu? De onde venho?, para onde vou?…Esse pessoal é perigoso!!!

    eheheheheheeheheh

    Jairo_Beraldo

    16/06/2010 - 10h40

    Ou até mesmo "esqueçam tudo que falei, tudo que escrevi"…não é mesmo Dvoaraque!

    Carlos

    15/06/2010 - 19h04

    Deixa fluir….

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 19h56

    Que venha o Lulismo! Avante!

    Ruim é agonizar como o DEMOCRATAS que a cada eleição tenta se reinventar mudando de nome mas não passa jamais de mais do mesmo.

    Jairo_Beraldo

    16/06/2010 - 10h42

    O que está havendo no PT, é uma limpeza ideologica. Lulismo, é o nome que se dá ao que acontece pelos fisiologistas de plantão. Mercadante? Era filho de militar…um estranho no ninho..tão esquerdista, quanto o Iliuminado, FHC!

assalariado.

15/06/2010 - 13h02

Embora não seja mais petista(continuo socialista),devo dizer aos companheiros do diretório do Maranhão fazer o mesmo que os companheiros do diretório de Fortaleza/CE, fizeram em 2004(?),que tiveram ideologia o suficiente e( não fisiologia),para lançar a companheira Luizianne Lins a prefeitura daquela cidade.Lembrem-se do caso do PT do Rio de Janeiro em 1998,a intervenção? Então o que virou aquilo mesmo? Prefiro continuar acreditando em Karl Marx que disse no 18 de Brumario; – "A história se repete,a primeira vez como tragédia e a segunda como farsa",- ou seja,o golpe do DN,no Rio de Janeiro(1998),foi tragica,sobrou o que daquilo? A segunda,em nome da santa famila Sarney, o Diretório Nacional atropela as bases populares do partido no(MA),em nome de uma farsa chamada PMDB e seus apóstolos,com judas e tudo.

Responder

Hélio Jacinto

15/06/2010 - 12h22

O PT do Maranhão, tem uma luta histórica contra a Familia Sarney, para isto se compondo inclusive com o ex Governador cassado Jackison Lago, que sempre foi aliado dos Tucanos e jamais apoiou Lula. O ex Governador, apoiou os Tucanos mesmo estando coligado com os Petistas do Maranhão. Lago não moveu uma palha pra defender o Governo Lula no escândalo do mensalão, jamais pediu ou fez campanha aberta pro Lula, esperou até o ultimo instante pra dizer que apoiava o PT, tendo apoiado Lula só quando a candidatura Tucana estava irremediavelmente perdida. O ex Governador jamais ajudou o Governo Lula, sempre foi um Tucano enrrustido, sempre jogou no time de Serra/FHC.
Roseana ao contrario, apoiou Lula desde o primeiro mandato, o ex presidente Sarney também sempre apoiou o Governo . Portanto uma coligação com Rosseana faz parte do projeto nacional, se aliando a aliados que sempre apoiaram o Governo Lula.

Responder

Francisco Xavier

14/06/2010 - 23h31

Prezados companheiros do Maranhão, sinto-me totalmente solidário com vocês e pela mesma motivação que descreveram acima: "Somos fundadores do PT, nosso primeiro e único partido. Nestes 30 anos dedicamos o melhor de nossas vidas à sua construção, andando a pé, debaixo de chuva, sob o sol quente, enfrentando a fome, pobreza, violências, perseguições, abusos do poder econômico e o massacre político e midiático dos "Sarneys" de São Paulo. Eu, minha esposa à época, chegávamos do trabalho e saíamos a campo, batento de porta em porta, levando a proposta do partido e filiando centenas de pessoas no bairro da Bela Vista. Que pena companheiros, que degradação do nosso PT, onde vamos chegar? Que mensagem os donos do PT querem passar? Para mim, eles estão cada vez mais parecidos com os outros partidos e não adimitem cobranças. Estou desesperado com tudo isso. O que me resta é meu abraço e respeito aos bravos companheiros do PT do Maranhão
Francisco

Responder

    assalariado.

    15/06/2010 - 10h59

    Caro Francisco Xavier,a sua história de lutador social é o mesmo que a minha.Aprendi com a história das lutas operárias e camponesas,que a nossa libertação,enquanto explorados pelo capital(os patrões) iria se dar quando construissemos um partido com ideologia socialista(de fato),fazendo um trabalho de base,para com isso acordarmos politicamente o nosso povo,para implantarmos uma sociedade socialista no Brasil.Aprendi também,com a história a diferenciar um partido social democrata de um partido socialista(de fato),e que a social democracia num primeiro momento esta á frente dos trabalhadores,ou seja,defendendo os interesses dos explorados,num segundo momento esta ao lado dos trabalhadores,ou seja,defende mas nem tanto,e num terceiro momento esta às costas dos trabalhadores,ou seja,faz alianças com a burguesia e sai de braços com o capital,melhor dizendo,trai a classe assalariada,resta saber em que estágio o PT está? Não se desespere,juntos,(os socialistas),construiremos uma sociedade sem explorados e nem exploradores e nem precisaremos nos submeter a direções partidarias social democratas(pequenos burgueses), travestidas de socialistas.

Bernardo

14/06/2010 - 23h20

Sinceramente, não se justifica a posição da DN do PT em impor a seção do MA uma coligação regional com os Sarney. Até se entende um acordo na esfera federal com o PMDB, que os envolva, e até a concessão de cargos federais no estado, afinal temos um modelo de governabilidade baseado numa coalizão de partidos.
Qual então seria o motivo? Se o MA representa em torno de 3% do eleitorado nacional ? Se não risco alguma da coligação com o PMDB se desfazer por conta desta decisão? Se a votação de Dilma no MA não depende em nada do apoio de Roseana, que é uma política extremamente desgastada no estado? Se programas que são tão caros ao governo Lula, como o luz para todos e o Pronaf nunca atingem suas metas no estado?
Roseana não quer o apoio do PT do MA, por quem ela tem até despreso. todos os seus movimentos e do seu pai, são no sentido de inviabilizar ou impedir que a candidatura ao governo do deputado Flavio Dino do PC do B, ganhe força e empurre a eleição para um segundo turno.
A decisão da DN e do Lula não é só contra a militância do partido, mas sobretudo contra os maranhenses que não estão tendo o direito de escolha.

Responder

    Carlos

    15/06/2010 - 12h54

    Decisão do diretório nacional foi unânime?

Anderson

14/06/2010 - 23h15

Devemos ouvir o grito dos petistas do Maranhão. Quem não tem moral mesmo é o clã do Sarney. O problema é a tal governabilidade. Mas tudo tem limite!

Responder

Gerson Carneiro

14/06/2010 - 22h21

Se o Sarney existe é porque alguém, algum povo, colocou ele lá. Assim como o Agripino Maia, Arthur virgílio, Heráclito Fortes, Kátia Abreu… e muitos outros. E não foi o Lula quem os colocou lá. E o Lula não tem o poder de extirpá-los.
Portanto, racionalizem. Essa euforia em atirar pedra não passa de precipitação de quem aguarda ansiosamente por uma mínima chance.

Responder

    Fabio SP

    15/06/2010 - 12h04

    "Se o Sarney existe é porque alguém, algum povo, colocou ele lá."

    Você diria o mesmo dos ditadores de 64 a 84?

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 12h24

    Não digo, por algo óbvio que talvez você não saiba, ou não se recorda: entre 64 e 84 não havia eleições diretas.

    Jairo_Beraldo

    16/06/2010 - 10h44

    As vezes, Carneiro, temos que ler coisas como esta aí do colega Fabio…falam sem pensar!

    Gerson Carneiro

    16/06/2010 - 10h59

    paciência Berardão, paciência… o menino é de Sun Palo… e a Educação lá, sabemos que não está como mostrado nas propagandas do PSDB.

Antonio Capistrano

14/06/2010 - 22h13

Desde sempre o nosso processo de mudança tem sido pelo caminho eleitoral, a única tentativa de uma revolução verdadeira foi com a Aliança Libertadora Nacional (1935), mas fracassou. Nunca houve no Brasil uma revolução que permitisse mudanças com rupturas profundas no modelo político, administrativo e econômico do país. Todo o processo de “mudança”, desde a independência até os nossos dias, tem sido feito entre as forças oligárquicas, com o único interesse de manter o seu domínio sem nem um risco para os donos do poder. Romper isso tem sido uma tarefa muito difícil para as forças de esquerda, mesmo com o governo do presidente Lula os avanços de tem sido obtidos com muitas concessões, às vezes de difícil explicação, mas temos avançado, tanto na política interna como externa. O resultado positivo para as forças de esquerda ns eleições de 2010 é fundamental

Responder

Antonio Capistrano

14/06/2010 - 22h11

Seria bom que todos os candidatos do campo progressista, em todos os estados, tivessem a unidade das esquerdas em torno dele, mas isso é o desejo, a realidade impõe outras composições, muitas vezes contra as nossas convicções. É bom lembrar que estamos jogando um jogo com as regras montadas pelas forças políticas que comandam o nosso país há décadas e que sempre procuraram dificultar a participação das forças progressistas no processo eleitoral, é um faz de conta democrático. Basta ver o financiamento de campanha para entender o que estou dizendo ou o emperramento das reformas de base.

Responder

Antonio Capistrano

14/06/2010 - 22h09

O caso do Maranhão merece uma reflexão com pés no chão, é um uma questão de estratégia levando em conta a importância do PMDB para a vitória de Dilma, é a questão nacional impondo uma posição acima do interesse local. A solução é o pessoal do Maranhão montar uma estratégia visando superar essas dificuldades e votar em Flávio Dino, sem prejuízo da eleição dos seu parlamentares.

Responder

Antonio Capistrano

14/06/2010 - 22h08

Na eleição desse ano não podemos analisar as alianças partidárias apenas do ponto de vista ideológico ou local, temos que ter uma visão ampla do significado dela para o Brasil. Esse ano a prioridade é a eleição presidencial, claro que não se pode perde a visão de que é necessário, também, a presença em Brasília de um forte bancada de esquerda na câmara e no senado, base política fundamental para os avanços desejado pelas forças progressistas, não só do Brasil, mas de toda a América Latina. Estamos assistindo todos os dias através da grande mídia (PIG) e dos pronunciamentos dos parlamentares de direita, na câmara e no senado, uma campanha violenta contra o governo do presidente Lula, mesmo com todas as nossas concessões, estamos incomodando a direita. O governo Lula avançou, e muito, precisamos eleger Dilma para avançar mais.

Responder

klaus

14/06/2010 - 21h53

Alianças políticas são circunstanciais. Não há o que fazer.

Responder

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 19h35

    Não, não pode ser o klaus verdadeiro.
    Se for o klaus verdadeiro eu tenho que parabenizá-lo.

    klaus

    15/06/2010 - 21h23

    A diferença, caro Gerson, é que esta minha opinião vale para o PT e para o PSDB. Caso fosse o PSDB a fazer aliança com Sarney, todos aqui os criticariam e uma opinião exatamente como esta que eu dei seria criticada por vc. Alianças policiticas são circusntaciais, opiniões não.

    Gerson Carneiro

    16/06/2010 - 09h52

    klaus, o que está acontecendo? Foi empolgação por causa do jogo do Brasil ou "Jesus tocou teu coração"? :)

    Você se engana, caro klaus. Se fosse o PSDB a fazer aliança com Sarney eu não criticaria tua opinião porque em assim sendo o PSDB não me surpreenderia, estaria dentro da previsibilidade do PSDB.

    Funciona assim: um caso de corrupção ou incoerência no PSDB / DEM é tido como "normal"; no PT, basta um indício para virar escândalo (o que eu acho bom).

Pitagoras

14/06/2010 - 21h40

Até hoje não entendi ou engoli a aliança espúria de Lula com a escória da política nacional. Particularmente aquela com sarney e seu clã, triste figura que desgovernou o país, não em meu nome, com o repentino falecimento de tancredo. Sua performance dirigindo desgovernadamente o país passou para a História. Em seu estado natal, controla tudo há mais de de 40 anos, graças às concessões de um serviço PÚBLICO ( frisemos ), em nome de seus familiares e cabos eleitorais em todo o estado, saturando o povo diuturnamente com sua propaganda, ao mesmo tempo que demole seus opositores.
Lula prestou um inesquecível, imperdoável, humilhante desserviço ao Maranhão.
Resta indagar se seu governo precisava do apoio de tantas corjas? Se sim, forçoso admitir que quem manda realmente nesta suruba que é este país, são as máfias regionais. Ponto.
As eleições estão aí, moçada, pau neles!

Responder

joaquim machado

14/06/2010 - 21h29

Será que o PT do Maranhão não entende que , o mais importante neste momento, é a eleição da nossa Dilma Roussef para Presidente do Brasil? Esse PT do Maranhão quer dar uma de Heloisa Helena magoada? Se manca, meu!

Responder

    Pitagoras

    14/06/2010 - 23h12

    Os fins justificam os meios, ô meu? Lá no maranhão o candidato alternativo é do PCdB, também da base do lula. Além do que o diretório regional decidiu democraticamente apoiar este candidato e não o da sarneyzada. O que houve foi outro golpe contra o povo maranhense, depois do golpe judiciário contra governo eleito.
    Por fim, o PT nacional apoiar teimosamente os sarney fará lula é perder votos naquele estado.

    Pau neles, moçada!

Taques

14/06/2010 - 20h11

Rá, rá, rá …

Adoro ver petistas chorando.

Como eu gosto disso.

Adoro também ver aquelas "explicações" que tentam justificar as alianças com personalidades do naipe de Sarney, Renan, Jucá, Temer, Collor, Garotinho, Hélio Costa, Paulinho da Força …

Chorem, petistas, chorem …

Rá, rá, rá.

Responder

    Neno Fogaça

    14/06/2010 - 20h49

    Taques,
    Estou com muita raiva, irado mesmo contigo, com vontade de te dar uma sapatada, mas tu tens razão.

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 17h11

    Fogaça,

    Fundamente-se melhor no que acreditas. Não jogue a tolha, meu caro. E nem o sapato no Taques. Ele apenas faz o papel dele.

    Gerson Carneiro

    14/06/2010 - 21h54

    Não, meu rei.
    Os petistas não estão chorando, os petistas são assim: verdadeiros. Discutem em público até o que não lhes agrada. Não foge igual a você e outros capitães-do-mato que só aparecem em textos postados que aparentemente desagradam os petistas. Teu ídolo, o Serra, é igual a você: quando a coisa fica preta foge, como fugiu pra Dinamarca e largou São Paulo no caos dos alagões de 8 de dezembro de 2009.

    Taques

    15/06/2010 - 11h51

    Leia menos PHA, caro Ram.

    Não entra nessa de zé alagão, zé fujão, zé pedágio …

    Abraços.

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 19h38

    rsrsrs… leia menos a Veja.

    (esses abraços aí são de tamanduá?)

    Gerson Carneiro

    14/06/2010 - 22h02

    E quer saber o motivo que faz existir personalidades do naipe de Sarney, Renan, Jucá, Temer, Collor, Garotinho, Hélio Costa, Paulinho da Força … ? É o mesmo que faz existir personalidades do naipe de José Serra, Geraldo Alckmin, FHC, Orestes Quércia, Arthur Virgílio, Agripino Maia, ACM Neto… ou seja, é porque existem Taques que votam neles. E a democracia permite isso, não é possível que decapitemos tais Taques. Se fosse possível, tenha certeza que não existiriam. Ou seja, a culpa é toda dos Taques.

    Taques

    15/06/2010 - 11h35

    É impressão minha ou você odeia a democracia pois ela não permite que pessoas como eu não sejam decapitadas ???

    Mude para Cuba, caro Ram, lá os opositores, apesar de não serem decapitados, são gentilmente fuzilados.

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 12h33

    É só impressão sua, meu caro. É que para explicar algo tão óbvio tenho que descer alguns degraus e elevar o assunto ao extremo, mas ainda assim você não conseguiu entender. Perdão, sinto muito. Gostaria imensamente de ajudá-lo, mas não permito a mim ir além disso.

    Jordam

    15/06/2010 - 03h55

    Taques,

    Pior é que a a tucanalha não tem vice, o Alckimin apoiado pelo Quercia e Campos Machado junto com a bancada ruralista do interior, quem está pior acompanhado? Lembrando ainda tem Kassab, Rodrigo Garcia, Arnaldo Jardim, Marrey e tantos entre outros.

    Isso sim é para chorar….

    Taques

    15/06/2010 - 11h28

    Caro Jordam, esse pessoal que você citou, perto do Sarney e do Renan, é tudo neném.

Rogério Tomaz Jr.

14/06/2010 - 20h08

Azenha, legal vocês publicarem a carta, mas estou realmente surpreso que um blog que se diz progressista e se propõe a organizar um Encontro Nacional de Blogueiros Progressistas não dê UMA ÚNICA LINHA sobre a greve de fome de um deputado federal, no plenário da Câmara dos Deputados, que já se aproxima das 80horas. Sem falar que junto do parlamentar está um dos líderes camponeses mais importantes do Brasil no século XX, um senhor de 75 anos que foi preso, sequestrado, torturado e exilado, perdeu uma perna com um tiro de fuzil, reconhecido e homenageado em vários países e que está vivo sabe-se lá como… se esse fato não é notícia para um blog "progressista", eu realmente não entendo nada de jornalismo…

Responder

    Mario Campos

    14/06/2010 - 21h29

    Matéria contra o PT por aqui? Espera sentado, filho.

Jordam

14/06/2010 - 19h31

Teve um tempo aqui em São Paulo que andar com a estrela do PT no peito era sinônimo de Buillyng, verdade, no governo Erundina a direita espertamente assim que completou os primeiros 100 dias de governo assumiu uma manobra de cobrar tudo o que foi prometido pelo Partido em campanha, em uma linha do tempo tivemos que assumir erros e aprender que governar uma cidade com a dimensã de São Paulo ainda seria um desafio a ser construido, Lula foi eleito, Marta foi Prefeita entre erros e acertos em todo este período tivemos que ter a maturidade necessária de que o PT não governaria sozinho, sabemos o quanto custou nossa primeira experiência em São Paulo, claro que ver uma aliança com Sarney é totalmente desconfortável, mas o projeto de nação passa por este engodo politico.

É muito desconfortante ver companheiros despretigiados, sei que tem razão todos argumentos dos companheiros do Maranhão, mas infelizmente o Brasil estaria sendo entregue aos cães se Serra estivesse com uma vantegem irreversível, isso seria pior, entregar 8 anos de avanço a batuta do neoliberalismo que já não é modelo para o mundo, da mesma forma que na década de 80 quando Lech Walesa tentou governar de maneira absoluta sem base de governo e teve um resultado infeliz, desqulificando todas suas conquistas como o grande sindicalista que foi.

Me apego nestes exemplos, para poder falar que existem muitos Companheiros(as) estejam com a faca entre os dentes mais para fazer tipo o que não é o caso dos companheiros do Maranhão, mas é preciso sentar na mesa e retomar um diálogo com o DN, nós somos o único partido ainda que senta na mesa para resolver suas diferenças, e todos sabem o por que, SOMOS O ÚNICO PARTIDO FORMADO POR MILITÂNTES.

Responder

    Supertramp68

    14/06/2010 - 21h00

    O fim justificam os meios…

    Neno Fogaça

    14/06/2010 - 21h06

    Errado amigo. Existem outros partidos, o PCdoB, o PSol, são também partidos de militância. O PT tem que acabar com essa história que são os "únicos". O PT é e foi um partido que se formou e teve a ampla participação e construção de sua militância. E também já foi uma esquerda ideal para a direita como bem disse Brizola.
    O que ocorre no Maranhão é uma afronta do diretório nacional à militãncia no estado. Este sim é o novo PT. Quer impor sua vontade a título de estratégia em detrimento de gente histórica que ajudou a fundar e sustentar o partido até aqui. Seria interessante dar apoio e sustentação a decisão regional, balançar (sem descartar) Sarney e ter dois palanques no Maranhão.
    O PCdo B e PSB estão juntos nessa batalha. Eu, como militante do PCdoB do RS, apóio e dou força aos Petista Maranhanses. Fora à oligarquia dos Sarney.

    Jordam

    15/06/2010 - 03h44

    Neno verdade no calor de digitar o texto cometi um erro grotesco, mas na verdade era para fazer uma comparação entre o PT e DEM,PSDB entre outros direitosos que não tem militancia

    Miguel

    14/06/2010 - 21h38

    Apreciei a tuas observações, mas é bom lembrar que essa resistência da militância maranhense deveria ter também existido na época do dito "escândalo do mensalão", em 2005, que jogou o PT no colo do PMDB. As consequências eram previsíveis então, aos que tivessem olhos políticos de ver. Mas poucos ou quase nenhum militante veio a público defender o executivo petista, que optara pela única maneira de governar sem se curvar ao fisiologismo pemedebista – preferia-se pagar alguma coisa a um pequeno bando de corruptos que o desleixo eleitoral do País coloca no Congresso.
    O moralismo hipócrita de alguns e a ingenuidade política de muitos fez o que fez e, agora, só podemos contar com o heroísmo desses tais quais os do Maranhão para contrapor aos Sarneys, Temers e outros, que o mensalão elegeu como vices do Lula.

    Jordam

    15/06/2010 - 03h48

    Miguel por mais que possamos discorrer neste caso é chover no molhado, o Maranhão tem toda razão, mas a história e as questões politicas estão no olho do furacão, gostaria muito de estar hoje vivendo tempos onde as tendencias do partido eram mais fortes e ouvidas, por mais que se contemporize a questão é muito delicada.

Sagarana

14/06/2010 - 19h20

Ah o barulhino das fichas caindo. Como é gostoso…

Responder

    Leider_Lincoln

    14/06/2010 - 23h28

    É: Roberto Jeferson, Maluf, Quércia, Arruda, Crusius, a Alston… A lista dos apoios de vocês parece que não os desonra, não é mesmo? Nós, pelo menos, lamentamos!

    Fabio SP

    15/06/2010 - 12h09

    Peraí!!! O Maluf apoia a Dilma desde criancinha!

    Sagarana

    16/06/2010 - 00h19

    "apoios de vocês"??? Eu voto na Marina meu chapa.

    Gerson Carneiro

    16/06/2010 - 09h55

    Marina??? A que está pintada de laranja???

    Então meu caro, pode considerar os apoios citados pelo Leider.

LuisCPPrudente

14/06/2010 - 19h13

O Maranhão continua sendo uma capitania hereditária graças às ações conjuntas do Sarney, seu órgão de iprensa (a Teve Mirante) e o TSE.

Será que a capitania hereditária do clã Sarney só se enfraquecerá quando forem cassados a concessão pública da Teve Mirante? Será que ela foi concedida legalmente?

É necessário transformar em leis as resoluções da Confecom.

Responder

Francisco Santos

14/06/2010 - 19h12

O PT do maranhão tem suas razões apoiado pela história deste país. td sabem que Sarney não é flor q/se cheira.

Responder

Adriano

14/06/2010 - 18h58

Lula criou o PT e o destruirá…sou solidário com os verdadeiros militantes do PT do Maranhão…quem é do Nordeste sabe o que é ser massa de manobra de oligarquias…sempre lutamos contra tudo isso que sempre esteve ai…uma coisa é ter um projeto de Estado, outra é um projeto de Poder…admiro Lula pela sua história de vida, passado e intuição…mas o que restou do PT??? vive a sobra de um líder, como muitos partidos da América Latina viveram…o PT poderia e pode vencer as eleições sem se submeter a esses canalhas que sempre estiveram ai…mas a intuiçao do Presidente Lula fala mais forte…projeto de PODER e não de Nação!!!!

Adriano

Responder

    Gerson Carneiro

    14/06/2010 - 19h04

    Adriano,
    Se fosse "projeto de PODER e não de Nação" o Lula, com o PT, faria um arrastão em cada Estado na tentativa de extirpar as velhas raposas. Mas exatamente por ser projeto de nação é que se respeita a democracia e tem que governar com a presença das velhas raposas e costurar acordos políticos com elas em nome da governabilidade. A política é isso cara, a não ser que se reinvente outro sistema.

    dvorak

    14/06/2010 - 22h09

    Mas não era o PT que combatia e criticava essa maneira de se fazer política, caro Carneiro???

    ehehehehehehehe

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 10h29

    Era não, é. E ainda combate. Ocorre que Sarney sempre foi exatamente o mesmo Sarney nos seus 40 anos de vida política. E só agora o PSDB e DEM descobriram o "lado mau" do Sarney? Há uma ano atrás quando quiseram arrancar Sarney do Senado não era porque queriam moralizar o Senado mas sim porque queriam enfraquecer o governo Lula substituindo o Sarney por um opositor do Lula. Não conseguiram porque o Lula é sábio.

    Política caro dvorak, é igual xadrez, quem sabe jogar, joga com as peças que estão dispostas no tabuleiro. E ganha.

    Não é possível jogar todas as peças fora e montar um tabuleiro somente com peças escolhidas. Quem colocou Sarney e Severino Cavalcanti (o do "mensalinho") não foi o Lula. Foi exatamente a oposição ao Lula. Ou seja, meu caro, perceba que a todo instante estão querendo dar um xeque mate no Lula e não conseguem porque o CARA é bom. Ganha todas sem fazer uso de golpe baixo.

    dvorak

    15/06/2010 - 10h50

    Sem fazer uso de golpe baixo, mas deixando de lado princípios que defendeu a vida toda e jogando "cupãneros" à própria sorte, não é Carneiro???Quanta hipocrisia, não???Por mais alienado que você seja, chega um momento em que não dá para defender o indefensável, meu caro.Acorda!!!

    ehehehehehehe

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 15h39

    "…jogando "cupãneros" à própria sorte" ???

    O Lula até hoje defende o José Dirceu (e com razão porque o Dirceu não foi julgado). A cassação no Congresso foi apenas um ato político, mais uma das inúmeras tentativas da oposição de enfraquecer o governo Lula. E mais uma vez a oposição se deu mal porque daí surgiu a Dilma. ehehehehehehe

    Gerson Carneiro

    15/06/2010 - 19h40

    sabe caro dvo,
    sou muito grato a essa "alienação" a qual você se refere.
    É que não me oriento pelo PIG (especialmente Veja e TV Globo), e isso me faz feliz.

Gerson Carneiro

14/06/2010 - 18h38

Lula sempre foi sincero, ao ponto de dizer que Jesus Cristo, na política brasileira, teria que fazer aliança com Judas para ter governabilidade. E não mentiu.

Responder

    Neno Fogaça

    14/06/2010 - 21h09

    Por que só a militância tem que ceder? As instâncias estaduais, regionais não fazem do grande Brasil?

    Gerson Carneiro

    16/06/2010 - 09h59

    Fogaça,

    Além de tudo o que eu já disse preste atenção no que o klaus falou lá em cima: "Alianças policiticas são circusntaciais, opiniões não".

Ana Maria

14/06/2010 - 18h30

Uma decisão traumática mas necessária, o Maranhao tem muito mais condições de ser ajudado com um governo federal ao seu lado, Imagina só o Serra sendo eleito, de que adiantaria um governo de esquerda no MA
Muitos dos que aqui se manifestam e que se dizem petistas ou ex petistas na verdade não o são.
Quem é petista sabe o quanto foi doída esta decisão, claro, necessaria à eleição de Dilma.

Responder

dvorak

14/06/2010 - 18h13

"

Com ataques a Lula, José Sarney, José Eduardo Dutra, José Genoino e Cândido Vaccarezza, cerca de 10 militantes do PT do Maranhão iniciaram um protesto na sede do diretório nacional do partido. Gritos e denúncias de suborno de delegados no Estado. Por 43 a 30 votos, e apenas dois em cima do muro, a cúpula petista revogou o apoio a Flávio Dino (PCdoB) e fechou a aliança com a governadora Roseana Sarney (PMDB). Quatro seguranças protegiam os cardeais petistas, na hora da confusão.

Gritos ouvidos na portaria do PT:

– Heil Hitler! Heil Dutra!

– Fascistas!

– Patrus (Ananias), jogaram sete anos de sua luta no lixo!

– Vocês vão matar milhares de crianças maranhenses!

– O que a (revista) Veja revelou é fichinha!

– Temos gravações!

– Tentaram me comprar por R$ 20 mil!

– Botaram R$ 100 mil na minha frente pra comprar meu voto!

– Genoino, ponha logo Roseana no PT!

– Vou jogar fora minha estrela!

– José Eduardo Cardozo disse que, pelo que ouviu lá, era pra estarem uns dez na cadeia!

"Me ofereceram R$ 20 mil. Devia ter recebido! É o partido da molecagem", berrava a militante Maria de Lourdes. O líder do governo, Cândido Vacarezza, tentou dialogar, mas foi recebido por insultos. "Vocês não vivem lá, é fácil, estão condenando os maranhenses à morte!", atacou Genilson Alves, secretário de formação do PT maranhense.

Sob ataques, Genoino procurou não olhar os manifestantes. "Recebi uma proposta de R$ 100 mil. Estou na reportagem da Veja", relata Arnaldo Colaço. "É o Estado mais pobre do Brasil e vai ficar pior. Que vergonha…"

De passagem, o ex-ministro Patrus Ananias, derrotado nas prévias mineiras, comentou: "Já me chegam mais problemas lá em Minas…"

No texto final, o diretório nacional petista decidiu "aprovar a coligação estadual majoritária com o PMDB no Estado do Maranhão e à candidata ao Governo do Estado, Roseana Sarney."

(Fonte:Terra)

Esse PT….

eheheheehehehehe

Responder

Leider_Lincoln

14/06/2010 - 18h11

Na boa? A razão dos cães terem tantos amigos é que movem suas caudas mais que suas línguas… Isso explica por quê as cobras nao tem tantos. E por que não se pode confiar nelas! Acorda, PT: o Temer e o Hélio Costa já são sapos mais do que suficientes.

Responder

    dvorak

    14/06/2010 - 18h48

    E ainda reverenciam Rousseau, Sócrates, Platão, Kant…A filosofia seria outra se fossem dados os devidos créditos ao pensamento Leideano….

    eheheheheheehe

    Leider_Lincoln

    14/06/2010 - 19h50

    Da mesma forma que poderiam dispensar o Arrelia e o Carequinha, se te achassem tão engraçado como você pensa que é.

    Gerson Carneiro

    14/06/2010 - 18h59

    Tem um fato que eu acho engraçado pela coincidência: o último nome do Temer é Lulia.
    Michel Miguel Elias Temer Lulia.
    É muita coincidência :)

    Leider_Lincoln

    14/06/2010 - 19h31

    E a Dilma é de origem búlgara. Kubistchek era de origem tcheca, ambos da Europa Oriental. E o Serra é descendente de italianos, como o Médici. Mais coincidência ainda.

FatimaBahia

14/06/2010 - 17h03

Já assinei.
Como escrevi na abaixo assinado,infelizmente as alianças são indispensáveis para elegermos Dilma e garantirmos governabilidade,mas tolerar a esta altura coligação de cabestro é um retrocesso inadmissível para qualquer um de nós que sempre apoiamos este governo.Entendo que o Lula e a Dilma têm que fazer essas alianças e ficaram de "mãos atadas",mas nós,os cidadãos,não.Que se faça palanque duplo no Maranhão,como aqui na Bahia,e que o PT tenha o direito de lançar seus candidatos,vamos levar adiante esse manifesto e abaixo assinado,aposto que Lula vai ficar aliviado!temos que lembrar sempre que não são eles quem decidem,SOMOS NÓS!(ou deveria ser :))

Responder

rodrigo aguiar

14/06/2010 - 16h37

A história do PT no Maranhão deixa claro algo: o partido deve acabar, mudar de nome e se recompor sob uma nova sigla. Do jeito que está, apenas irá destruir a história que construiu. A agenda do PT parece ter chegado ao fim com a reeleição de Lula e seu espaço deve ser ocupado por um novo partido de esquerda. O PT, então, sob nova denominação, seria uma espécie de PMDB melhorado, de centro-esquerda, e, ao contrário daquele, forte em eleições presidenciais. Se o nome continuar o mesmo, todos os grandes nomes petistas enterrados com a bandeira do partido não pararão de se revirar nos túmulos…

Responder

Remindo Sauim

14/06/2010 - 16h16

Só vou dizer duas coisas.
1. O Sarney é invenção do Maranhão e não do Lula.
2. Roupa suja se lava em casa, ou o PT é um só seguindo uma orientação nacional ou vira outro PMDB, nunca vai conseguir eleger um presidente por causa de suas desavenças regionais.
Companheiros do Maranhão, combatam o Sarney regionalmente, mas pensem num PT grande.

Responder

    Neno Fogaça

    14/06/2010 - 21h15

    Mas é só isso que eles querem.

    rodrigo aguiar

    16/06/2010 - 15h11

    acho que não resta muito mais a não ser fazer como você diz, entendo, tudo bem. mas é meio doloroso, não?

Yacov

14/06/2010 - 16h13

Sinuca de bico, hein?!?!? Sem o PMDb, a eleição da DILMA e a continuação do projeto nacional de desenvolvimento pode ficar comprometida, e apoio do DEM e/ou PSDB, nem pensar… Logo, "vão-se os anéis mas fiquem os dedos"… Penso que, apesar do "não apoio" do PT, as esquerdas devem ter candidato no estado e lutar para que o candidato dos oligarcas, com o "apoio do PT", não se elejam.

"O BRASIL DE VERDADE não passa na gLobo – O que passa na gLOBo é um braZil para TOLOS"

Responder

Carlos

14/06/2010 - 16h04

"Só o povo pode corrigir essas distorções"

Responder

Dirce Novo

14/06/2010 - 15h49

Olá Azenha, foi ótimo você ter publicado essa carta.
Voto na Dilma mas já me "cansei" do "PT". Depende de cada um de nós impedir as injustiças. É revoltante e vergonhosa, essa coligação com a roseana sarney. Há limites para a ambição política. Isso não beneficiará a Dilma.
Precisamos nos posicionar e pressionar a direção nacional do PT. Se tem "sarneis" no meio, sou contra. Já não basta ter que engolir o michel temer. A Dilma já vai perder votos por isso e mais essa dos sarneys agora…
Vou enviar mensagens à direção nacional do PT e ao site de apoio a Dilma e ao Presidente Lula.
"Sou pelo apoio à aliança do PT, PC do B e PSB, no Maranhão,em torno da candidatura do deputado Flávio Dino." e Manifesto minha solidariedade a Domingos Dutra e Manoel da Conceição em greve de fome.
Prefiro enviar mensagem direta ao site do PT, da Dilma e do Presidente, não aprovo esses sites de "abaixo assinado".

Responder

Maria A.M.Branco

14/06/2010 - 15h36

Aos meus conterrâneos Dep.Domingos Dutra e Manoel da Conceição, vocês sempre foram homens de luta, leal ao que sempre acreditaram, saíam dessa greve de fome e vão à luta, as suas vidas valem pouco para os Sarneys, voltem para o Maranhão e junto com o que restou do PT ético e aliados tentem eleger o candidato Flávio Dino, essa é a melhor resposta que os maranhenses pode dá aos Sarneys, Lula. Estamos com vocês apoiando para o dê e vier. FORÇA, voltem para sua trincheira de luta e elegem Dino, o Marnhão por meio do governador Flávio Dino comprará sua carta de alforria, em fim, a LIBERDADE.

Responder

Fernando

14/06/2010 - 15h04

Essa é histórica, e não faz tanto tempo:[youtube AQOAZi__7hk http://www.youtube.com/watch?v=AQOAZi__7hk youtube]

Responder

    Gerson Carneiro

    14/06/2010 - 18h51

    Essa também, e não faz muito tempo:

    O Jornal Folha de São Paulo, 22/10/2009.

    FOLHA – Nunca se sentiu incomodado por ter feito alguma concessão?

    LULA – Nunca me senti incomodado. Nunca fiz concessão política. Faço acordo. Uma forma de evitar a montagem do governo é ficar dizendo que vai encher de petista. O que a oposição quer dizer com isso. Era para deixar quem estava. O PSDB e o PFL (hoje DEM) queriam deixar nos cargos quem já estava lá. Quem vier para cá não montará governo fora da realidade política. Se Jesus Cristo viesse para cá, e Judas tivesse a votação num partido qualquer, Jesus teria de chamar Judas para fazer coalizão.

    GERSON CARNEIRO – Até pelo princípio da democracia, ninguém, mas ninguém mesmo, será eleito presidente e conseguirá expulsar de Brasília as velhas raposas, mesmo porque quem as coloca lá é o povo (de forma consciente ou não). Portanto, no atual sistema, até Jesus.

Carlos Magno

14/06/2010 - 14h33

A estratégia do Lula tem dois efeitos imediatos: (1) é super-arriscada, pois se não ganhar a presidência vai ficar com quase nada nos Estados: será um baque enorme no PT, que já se transformou num partido tradicional há tempos; (2) esta desmotivação dos militantes é de dar dó, no plano individual geral uma insatisfação difícil de suportar.
Mas, o PT já atropelou antes, basta lembrar o Rio de Janeiro, primeiro caso, ao que me lembro. Então, só resta aos maranhenses lamentar e ficar com a nossa solidariedade.

Responder

Roberto Locatelli

14/06/2010 - 14h27

Toda solidariedade ao PT do Maranhão. Chega de Sarney. Vamos depurar, cada vez mais, a Base Aliada, eliminando Sarneys, Quércias e outros aproveitadores da mesma laia.

Responder

Antonio Carlos

14/06/2010 - 14h07

Acredito que o projeto nacional é mais importante, entretanto, mesmo com alianca o eleitor nao é obrigado a votar em Sarney. Entretanto, o jogo sujo do PMDB faz essas exigencias ao PT. Se as forças progressistas tivessem maioria no Congresso esses acordo nao seriam necessario mas continuamos a votar em candidatos do mal para o Congresso. Só o povo pode corrigir essas distorcoes.

Responder

alexis

14/06/2010 - 13h59

Poderiam fazer o mesmo em Minas Gerais, outro Estado onde o PT entregou de bandeixa a prefeitura de BH e agora o governo estadual. Que ganha Dilma com isso??

Responder

Raphael Tsavkko Garcia

14/06/2010 - 12h52

Minha solidariedade e apoio! O que a Direção NAcional fez é vergonhoso e humilhante! Aliança com o PMDB nestes termos é criminoso! http://tsavkko.blogspot.com/2010/06/pt-e-pmdb-fal

Responder

Marcelo

14/06/2010 - 12h40

Através do estudo, consciência política e conhecimento dos direitos e deveres os cidadãos de todo Brasil deixarão votar em familias sarney, magalhães, garotinhos, pseudo intelectuais e demais enganadores ou usupardores.

Responder

Benedito

14/06/2010 - 12h18

Tudo isso pra ter um vice como o Temer? Reforma política já!!

Responder

    carlos hely

    16/06/2010 - 09h03

    concordo com voce. Esse temer é um picareta. Só vai na boa.

Cesar

14/06/2010 - 12h14

Dou razão aos Petistas maranhenses, porém o projeto nacional de sustentação num provável governo de coalizão mostra certas incoerencias regionais. Espero que seja um embrião de uma profunda reforma reforma partidaria do Brasil

Responder

dvorak

14/06/2010 - 12h12

O PT da ética, da defesa da democracia, da coerência, da decência só existe em contos da carochinha ou na cabecinha de alguns alienados..Hoje o PT se transformou no partido de uma única pessoa, está fragmentado.Os melhores quadros do partido já saíram e a tendência do balaio de gatos que se transformou o PT é o fim melancólico….Viva a divindade!!!

eheheheheheheeh

Responder

    Jairo_Beraldo

    14/06/2010 - 14h51

    E vida longa ao Zé…no ostracismo, junto ao Iluminado!

    Yacov

    14/06/2010 - 16h22

    Olha o rôto falando do maltrapilho… Pelo andar da carruagem se os PSDBobos ficarem com Sâo Paulo, será muito. E pelo apoio que até o DEM nega ao PSdbolhas, acho que nem sampa levarão… AHahahahahaha…… Ao passo que o partido de uma única pessoa, "fragmentado", ficará no poder pelos próximos 20 anos. Quem realmente está em vias de extinção, cara pálida??? Não dá prá levar a sério estes DEMentes…

    "O BRASIL DE VERDADE não passa na gLobo – O que passa na gLOBO é um braZil para TOLOS"!

    Marta

    14/06/2010 - 21h43

    ô se "eheheheh", você parece um macaco sentado sobre o próprio rabo e rindo do rabo dos outro. Tomara o PT fosse realmente um partido de uma só pessoa, no caso o partido do Lula, um presidente reconhecido pelo seu povo e pelo mundo. O que se pode dizer do partido fragmentado em FSP, Estadão, inVeja, Globo, Abril, … e dvoraks?

Franklin

14/06/2010 - 12h09

Azenha, se puder, divulga o abaixo-assinado em solidariedade à greve de fome do Dutra e do Manoel.

Abaixo-assinado mobiliza solidariedade a Dutra e Manoel da Conceição

Já está na internet o abaixo-assinado em Solidariedade à greve de fome de Manoel da Conceição e Dutra contra a entrega do PT-Maranhão à oligarquia Sarney.

Os destinatários são Luís Inácio Lula da Silva – presidente da República, José Eduardo Dutra – presidente do PT e Dilma Roussef – candidata à presidência.

Contribua para essa corrente e assine neste endereço: http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/632

Responder

Álvaro Dias

14/06/2010 - 14h55

Meus Deus! É vergonhosa a situação política do Estado do Maranhão. Como pode? Como é possível o governo Lula compactuar com tudo isso? Eleitores maranheses tudo depende de vocês. Está na hora de apear os Sarneys do poder. Eles representam um retrocesso. Um atraso! Uma vergonha!

Responder

    Jairo_Beraldo

    14/06/2010 - 12h26

    Achei que era o Alvaro Botox…mas que rata!

Ricardo Pereira

14/06/2010 - 14h54

Ninguem mais tolera esta oligarquia maranhense do bigode. To com o Flavio Dino, aliás torço pro pc do b se tornar um partido forte, pois suas propostas sao um avanço para nossa politica

Responder

Chico Nunes

14/06/2010 - 14h52

É profundamente lamentável que a Direção Nacional do PT venha a adotar qualquer medida que venha a anulação do Encontro Estadual. “Não será uma violência contra os direitos políticos e humanos dos petistas”, mas contra a democracia. Democracia essa, que quem vos fala vivenciou nos anos 80 com as suas zonais e seus militantes. Felizmente, aqui na Bahia, Geddel Vieira Lama resolveu sair candidato a governador. Pois o seu passado é de filhote de ACM. Vejam neste vídeo. “Histórico de Geddel Vieira Lima” http://www.youtube.com/watch?v=D0YfQ6ZoLXs

Responder

Jairo_Beraldo

14/06/2010 - 14h48

Vi no canal Camara, o discurso de Domingos Dutra, acerca deste tema. No dia o achei oportunista e desleal…venho a público pedir desculpas ao Deputado, pelo julgamento precipitado e incoerente, por não estar a par à quantas anda a politica no MA. Temos que ter cuidado com nossos julgamentos…quase sempre injustos.

Responder

voxetopinio

14/06/2010 - 14h47

Aí que entra a tralha da tal "Governabilidade". Agora cabe questionar, aí sim, "o por que dela existir". Sarney é uma dessas múmias da política brasilira que… sei não. Melhor ficar calado.

Responder

Elmo Cordeiro

14/06/2010 - 14h41

O maranhão não vai aceitar mais essa violência contra a democracia, primeiro cassaram o mandato do governador Jackson Lago e a vontade da maioria dos eleitores através de um golpe via T$E e agora tomaram na marra o PT maranhense para beneficiar a filha do oligarca sarney e governadora biônica (roseana sarney murad), é muita desgraça para um estado só.
O Manoel da Conceição e o domingos Dutra estão nesse momento em greve de fome no plenário da câmara dos deputados como forma de protesto contra mais esse golpe articulado com o consentimento do Lula.
A sociedade maranhense não se responsabilizará caso algum dos nossos companheiros vier a falecer!!!!!

Responder

Ana Cruzzeli

14/06/2010 - 11h35

Apoiado PT do Maranhão, nos cidadãos de Brasília estamos com vocês.
Foi José Sarney que nomeou Joaquim Roriz para Governador Biônico no Distrito Federal e instalou essa praga aqui no Cerrado .
A relação entre José Sarney e Joaquim Roriz são das mais suspeitas desde sempre.
Foi José Sarney que administrou o Senador de maneira a ajudar as falcatruas naquela instituição a última delas teve um capítulo especial no MPF/PR/DF no dia 14 de dezembro de 2009 , por conta do RECADASTRAMENTO ILEGAL dos servidores do Senado. Ninguém mais fala do tal recadastramento ( era falcatrua para encobrir servidores fantasma ).
Maiores informações
Gabinete da Procuradora da República no DF – sala 121- quadra 604 L2 sul lote 23 – Brasília DF -CEP 70.200.640
Anna Carolina Resende de Azevedo Maia
correio-e : [email protected]
protocolo de DENÚNCIA CONTRA RECADASTRAMENTO DE SERVIDORES NO CONGRESSO NACIONAL
VAMOS AJUDAR O LULA E DILMA A PASSAR ESSE PAÍS A LIMPO!!!

Responder

Carlos

14/06/2010 - 11h19

PT-RJ paga o preço da intervenção em 1998…

Responder

    Elmo Cordeiro

    14/06/2010 - 12h02

    Toda a sociedade maranhense e brasileira esta se solidarizando com a nobre causa dos companheiros Manoel e Dutra, e pedimos a todos que assinem o abaixo assinado e divulguem http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/632
    contamos com a mobilização da sociedade, sindicatos e movimentos sociais em geral.

Deixe uma resposta