VIOMUNDO

Estadão diz que alta cúpula do Judiciário vê sinais de que Moro ‘extrapolou’

24 de março de 2016 às 14h23

sérgio-moro-1

Da Redação

No dia seguinte às manifestações de 13 de março de 2016, o Viomundo publicou um artigo de Francisco Luís: No 13 de março, sinais de preparação para um novo Collor.

Um dos aspectos que lhe chamaram a atenção foi o fato de o juiz Sérgio Moro vez ter enviado mensagem a jornalista da Globo agradecendo o apoio nas ruas.

O insuspeito Estadão publica nesta quinta-feira 24 uma análise, dizendo que o Judiciário vê  sinais de que Moro “extrapolou” na Lava Jato.

Beatriz Bulla, autora da matéria, lista três atos considerados por ministros do STF como “extrapolação”.

Um deles foi justamente a divulgação de nota em que Moro se diz “tocado” com as manifestações, o que havia sido denunciado por Francisco Luís aqui no Viomundo.

Segue o artigo do Estadão e também o de Francisco Luís. Como nós estávamos sob ataque de crackers, muitos leitores não puderam lê-lo.

Análise: Judiciário vê sinais de que Moro ‘extrapolou’ na Lava Jato

Beatriz Bulla, no Estadão

24 Março 2016 | 09h 05

A alta cúpula do Poder Judiciário tem relatado incômodo com atos recentes do juiz federal Sérgio Moro, em Curitiba, na condução das investigações da Operação Lava Jato. A insatisfação, relatada a interlocutores por ao menos dois ministros do Supremo Tribunal Federal e por integrantes do Superior Tribunal de Justiça, foi vocalizada de forma aberta na decisão de anteontem do ministro Teori Zavascki.

Ao determinar que Moro envie ao Supremo os áudios do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva interceptados nas investigações, Teori, que é relator da Lava Jato na Corte, fez críticas à divulgação do material. De acordo com ele, a justificativa de que há “interesse público” em tornar as conversas públicas é “descabida”. Ele falou em direito à privacidade e intimidade dos atingidos pelo grampo e destacou que Moro não era competente para fazer análises sobre conversas de autoridades com foro privilegiado.

Nos bastidores, os ministros consideram três atos de Moro como sinais de que o magistrado “extrapolou” na condução da Lava Jato: o grampo a advogados de Lula, a divulgação do áudio da conversa do petista com a presidente Dilma Rousseff e a divulgação de nota em que o juiz se diz “tocado” com as manifestações do último dia 13.

Um integrante do STF aponta que Moro “acendeu o fósforo” ao divulgar a conversa de Lula e Dilma logo após o anúncio da nomeação do petista à chefia da Casa Civil. Diante dos atos do juiz, ministros da Suprema Corte concordam nos bastidores que o STF terá de assumir o papel de se restringir à discussão jurídica do caso, sem ampliar tensões sociais e políticas.

No protesto contra o governo, no dia 13, manifestantes levaram faixas e camisetas de apoio aos trabalhos de Moro. A avaliação de ministros do STF e STJ era de que, até então, o juiz agiu corretamente e, apesar da repercussão nacional do caso que conduz, não buscou a “espetacularização” do processo. A maioria dos atos do magistrado foi confirmada em decisões do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região, do STJ e do STF.

No Supremo, a avaliação é de que condutas “abusivas” de juízes ou tidas como “políticas” podem atingir em cheio a imagem da Justiça.

Além de Moro, interlocutores do Supremo citam, por exemplo, o juiz federal Itagiba Catta Preta Neto, o primeiro a conceder liminar suspendendo a posse de Lula na chefia da Casa Civil. Nas redes sociais, o juiz se mostra favorável aos protestos a favor do impeachment de Dilma e aparece em fotografias participando de manifestações contra o governo.

Francisco Luis: No 13 de março, sinais de preparação de terreno para um novo Collor

publicado em 14 de março de 2016 às 14:05

moro, o diabo e bolsonaro

Os sinais do 13 de maço:os tucanos chamados de corruptos e preparação de terreno para um novo Collor.

por Francisco Luis, especial para o Viomundo

Os atos no Brasil de 13 de março de 2016 cresceram e voltaram ao patamar de março de 2015, e as pesquisas apontam  dois pontos importantes: os protestos são dos mais endinheirados e que o ato na Paulista, mais do que pelo impeachment, foi contra a  corrupção.

Isso fez com que a oposição não conseguisse alcançar os seus objetivos, especialmente quando vivemos uma situação econômica que se deteriora e aumentam os ataques a Lula, feitos  por meio de diversas ilegalidades.

Claro, o PT e Dilma  também são atingidos, mas convenhamos isso não é a novidade, visto que isso vem acontecendo.

A grande novidade são as vaias aos tucanos, que governam o Estado de São Paulo há mais de 20 anos. Isso mostra que s críticas nas redes sociais a Alckmin e Aécio surtiram efeito e desgastaram as respectivas imagens.

A própria pesquisa Datafolha mostra o PSDB perdendo espaço entre os mais ricos e deixando de ser referência neste setor da sociedade.

Parte das vaias se relaciona à percepção de que todos partidos estão envolvidos na Lava Jato e que os políticos querem parar a investigação a todo o custo.

A tática do PSDB, sendo compartilhada tanto por Aécio quanto Alckmin, era bater bumbo contra o PT para desviar o foco das denúncias contra eles, como os escândalos da merenda, a lista de furnas e outras delações que atingem o senador tucano por Minas Gerais. Isto parece que não cola mais. Dessa forma, se coloca em risco a sobrevivência do próprio PSDB.

Creio que se aprofunda entre os mais ricos o sentimento pelo fim da polarização PSDB e PT. Isso atinge profundamente o PSDB, que tem seus votos concentrados neste espectro da população. E aponta para a busca de outras opções. Provavelmente se expressará nas urnas nas eleições municipais com o crescimento do voto em pequenos partidos, crescimento do voto na pessoa e maior fragilidade dos partidos. Este quadro de maior pulverização partidária tornará mais difícil governar , e isso vai ocorrer em todos os níveis da federação.

Por outro lado, chamo a atenção para a um ponto da análise de  Paulo Abrão, publicada aqui no Viomundo.

Concordo com boa parte de suas considerações, entre as quais a sobre o crescimento do movimento mais fascista em torno de Bolsonaro.  Isso significa que aumenta o risco de surgir um novo Collor  e termos uma “ditadura branca” com perseguições contra a esquerda.

O juiz Sérgio Moro, por sua vez, publicou mensagem a jornalistas da Globo, agradecendo o apoio, o que levanta a possibilidade de se apresentar como candidato em 2018. Curiosamente,  já há pesquisa de instituto do Paraná que o aponta com 17%.

Devo lembrar que em sua manifestação disse que se deveria ouvir as vozes da rua, o que levanta uma dúvida: ele está sinalizando  que irá deixar de ser seletivo e avançará sobre os tucanos e companhia?

Monica Bergamo, reforçando Noblat, aponta hoje que os políticos em geral querem tirar Dilma para interromper a Lava Jato antes que esta os atinga.

Não nós enganemos: o ataque é contra toda a esquerda. Por exemplo, as pichações contra a sede da UNE, do PCdoB e à invasão do perfil do deputado federal Jean  Wyllis (PSOL-RJ). A história ensina que, ante à crise brutal do capitalismo, a ditadura e o fascismo são saídas perfeitamente viáveis para os conservadores.

Neste momento, é fundamental a presidente Dilma proteger a sua base social.  Para isso, deveria começar por engavetar a reforma da previdência e tomar medidas anticíclicas para garantir o emprego. Sem melhorar a economia e proteger os pobres, não há saída para o governo federal.

De outro lado, para o PT o caminho é voltar a ser PT, ou seja, um partido de lutas, ligado umbilicalmente aos movimentos sociais e e volte a denunciar os absurdos que a direita faz. Só assim poderá sobreviver.O tempo de conciliação entre capital e trabalho acabou. Agora é tempo da luta de classes na rua.

Devemos concentrar todos os esforços em defesa da democracia, de Lula.  Ao mesmo tempo, cobrar do governo que proteja a sua base social para ter condições políticas para debelar a crise.

Leia também:

Globo ainda não descobriu sua própria herdeira na Lava Jato!

Investigação VIOMUNDO

Estamos investigando a hipocrisia de deputados e senadores que dizem uma coisa ao condenar Dilma Rousseff ao impeachment mas fazem outra fora do Parlamento. Hipocrisia, sim, mas também maracutaias que deveriam fazer corar as esposas e filhos aos quais dedicaram seus votos. Muitos destes parlamentares obscuros controlam a mídia local ou regional contra qualquer tipo de investigação e estão fora do radar de jornalistas investigativos que trabalham nos grandes meios. Precisamos de sua ajuda para financiar esta investigação permanente e para manter um banco de dados digital que os eleitores poderão consultar já em 2016. Estamos recebendo dezenas de sugestões, links e documentos pelo [email protected]

R$0,00

% arrecadado

arrecadados da meta de
R$ 20.000,00

90 dias restantes

QUERO CONTRIBUIR

 

22 Comentários escrever comentário »

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do VIOMUNDO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie. Leia o nosso termo de uso.

jose carlos lima

01/05/2016 - 19h07

A Lava Jato deu somente 60 bi de prejuizos? Claro que não. Descontados os 2 bi que teriam sido recuperados[grande parte da grana recuperada foi parar no bolso dos sortudos delatores premiados), em agosto de 2015 o prejuizo estava em aproximadamente 200 bi…segundo o insuspeito G1

http://g1.globo.com/economia/noticia/2015/08/impacto-da-lava-jato-no-pib-pode-passar-de-r-140-bilhoes-diz-estudo.html

Responder

carlos

29/04/2016 - 16h51

Jornal GGN – Os reservatórios da Grande São Paulo foram afestados pela seca e pelo calor deste mês de abril, sendo que quatro dos seis mananciais registram o menor índice de chuvas da história. No caso do Sistema Cantareira, o principal da região, foram apenas 3,9 mm de chuva até agora. A mínima história de abril de 7,6 mm de chuva.

O cenário é o mesmo nas represas de Guarapiranga, Alto Tietê e Rio Claro. Para especialistas, o governador Geraldo Alckmin foi precipitado ao declarar, no mês passado, que a crise hídrica em São Paulo havia acabado, encerrando também medidas de economia de água, como bônus para quem gastasse menos. Pedro Cortes, geólogo da USP, afirma que a situação do sistema Cantareira é pior que em 2013, e que há risco de que o manancial volte a entrar para o volume morto até o final do ano.

Da Folha

Mês de abril tem seca recorde em reservatórios da Grande São Paulo

A seca e o calor que incomodaram os paulistanos em abril afetaram os reservatórios da Grande SP. Dos seis mananciais, quatro registram neste mês o menor índice de chuvas da história.

No Cantareira, o principal sistema da região metropolitana, foram apenas 3,9 mm de chuva nos 28 primeiros dias do mês –a mínima histórica de abril é de 7,6 mm (cada milímetro equivale a um litro de água por m²). O cenário, que se repete nas represas de Guarapiranga, Alto Tietê e Rio Claro, fez acender o sinal amarelo entre especialistas, principalmente em relação ao sistema Cantareira.

Para eles, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) se precipitou ao “decretar” no mês passado o fim da crise hídrica no Estado, o que foi seguido pela extinção de medidas que buscavam a economia de água, como o bônus e a sobretaxa nas contas.

“No caso do Cantareira, a situação hoje é pior do que a de abril de 2013, quando ninguém falava em crise hídrica [que começaria no início de 2014]”, diz o geólogo da USP Pedro Cortes, especialista em Recursos Hídricos.

Hoje, o volume útil do Cantareira (sem contar o volume morto) tem 36,1% de água. Em 2013, nesta época do ano, tinha 63,1%, relembra Cortes. Segundo ele, há risco de o Cantareira voltar a entrar no volume morto até o início do próximo período chuvoso, no final do ano.

Somando-se o volume útil e o morto, o manancial tem hoje 50,8% da capacidade. A escassez de chuva não foi a única notícia ruim de abril para o Cantareira. A quantidade de água que entrou pelos rios no sistema também foi baixa.

A vazão média aferida desde o dia 1º, segundo a ANA (Agência Nacional de Águas), foi de 20,12 mil litros por segundo. O volume está abaixo da média histórica (42,87), mas, por outro lado, acima do registrado em 2014 (13,46), ano mais agudo da crise. Quanto ao sr. Moro esse vagabundo não move uma palha, e ainda ameaça,

Responder

Cláudio P. Pinheiro, o CPP!

26/04/2016 - 12h03

Caia pra cima DILMA DO BRASIL! TENTE MAIS UMA VEZ E VENCEREMOS! OS SENADORES ESTÃO EM TORMENTOSA DÚVIDA! OS NÃO ALIADOS DA QUADRILHA ESTÃO ESPERANDO SÓ UM EMPURRÃOZINHO PARA ENTENDER DE VEZ O VERDADEIRO PAPEL DE UM SENADOR DA REPÚBLICA! ELES JÁ ESTÃO PREOCUPADOS! NÃO QUEREM EMBARCAR NESSA FRIA! NESSE VERGONHOSO GOLPE ENGENDRADO POR CUNHA, AÉCIO, FHC, TEMER, GILMAR MENDES E SEUS ASSECLAS! PARTE PRA CIMA DILMA DO BRASIL E O BRASIL DA VERDADE VENCERÁ! O GOLPE NÃO PASSARÁ! DILMA DO BRASIL ENTÃO FICA!
CEM POR CENTO DEMOCRACIA JÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ…!!!
Meus Brothers, Gente boa, Caro Darlan, o Dan Matias, o mal não se traduz em siglas partidárias, estas ou aquelas e sim nos facínoras oportunistas nelas infiltrados! São verdadeiras “superbactérias”! Agem livremente, escancaradamente, propiciando abalos perigosíssimos à nossa, ainda incipiente, democracia! Elementos perniciosos de altíssima periculosidade que estão sempre tramando, dia e noite, incessantemente, contra a Nação brasileira, contra as nossas liberdades democráticas conquistadas com suor, sangue e sacrifício de preciosíssimas vidas de jovens brasileirinhos e brasileirinhas! Entendeu meu brother Dan Matias! Vida que segue! Sem golpe! Sem traição! Sem conspiração! Sem corrupção! Não podemos nos acovardar! Acovardados? Nunquinha! É preciso estar atento e forte! Viva o nosso heróico Nordeste, viva o nosso Brasil varonil! Viva o nosso amado povão! Ao trabalho! SEM GOLPE! SEM TRAIÇÃO! SEM CONSPIRAÇÃO! SEM CORRUPÇÃO! CEM POR CENTO DEMOCRACIA JÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ…!!! JUÍZO GENTE! JUÍZO MESMO! JUÍZO JÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁÁ…!!! AMANHÃ PODERÁ SER TARDE DEMAIS!

Responder

Leo

25/03/2016 - 09h50

Quem extrapolou foram os políticos que saquearam a Petrobras e o Brasil.
.
Moro é um exemplo a ser seguido. Não fosse sua atuação, em conjunto com o MP, RF e PF, o Brasil, em uma certa noite dia dormiria feliz e, no dia seguinte, acordaria falido e nas mãos de abutres internacionais.
.
Parem de defender Lula, PT e cia. Defendam o Brasil!

Responder

    leonardo

    26/04/2016 - 12h47

    Coitado. mais 1 alienado pela imprensa brasileira!

FrancoAtirador

25/03/2016 - 02h04

.
.
Juiz Sérgio Moro afronta Ministro do STF Teori Zavascki
.
E Polícia Federal do Paraná desafia Ministro da Justiça.
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/o-xadrez-do-enfrentamento-da-lava-jato)
.
.

Responder

Messias Franca de Macedo

25/03/2016 - 01h42

EU JURO!
E DE PÉS JUNTOS!

Há cerca de uma hora, eu fui acometido de uma crise paroxística de gargalhadas!
“Foi tanto” que quase eu não estaria mais aqui: pensei que iria morrer!
Traduzindo:
coloquei uma máscara e um óculos antissépticos, passei repelente no corpo inteiro, vedei as narinas, e lá fui zapear a porra do ‘Jornal das Dez’ somente para ver aquela turma falar do caranguejos do Listão das propinas da Odebrecht…
Mas, que nada!
No entanto, valeu:
o estúdio do Projac [pseudo]jornalístico estava mais tétrico do que nunca!
Parecia um cemitério!
No protagonismo da esculhambação a ‘Maria Leilane Leubarth Louca’ mais aloprada e em polvorosa do que nunca – mal conseguia achar a câmera, totalmente desnorteada…
O MERDAL Pereira &$ o Gerson ‘Cama(ar)rotti’ ‘O Arrotador-mor dos Marín(ho) completavam a lástima televisiva!
Merdal chamou um diplomata do Itamaraty de sujeito aloprado e outros covardes impropérios!
O ‘Cama(ar)rotti concordando com o MERDAL na tese esdrúxula e canalha de que “o impeachment não é golpe porque o STF já definiu o rito do processo”!
Será que esse pessoal não se toca em relação ao ridículo que protagonizam?!
Lá pra não sei das quantas a Leilane – a âncora na edição de hoje do “telejornal” – tirou não sabemos de qual tumba um ranking onde aparecem celebridades mundiais incluindo bilionários a artistas passando, pasme, pelo sérgio ‘mor(T)o’, não sabendo a Leilane que o “juiz” psicopata está com passagem destino Antártida ou Sibéria…
Enfim, uma coisa horrenda!…

***

Mas havia um caranguejo no neio da redação do Projac:
A âncora ‘Maria Louca’ [A Leilane Neubarth] notícicia com pesar do rosto lívido e olhar catatônico:
“Líder do DEM, Pauderney Avelino é condenado a devolver R$ 4,6 milhões
De acordo com o Tribunal de Contas do Estado, Pauderney Avelino teria superfaturado contratos quando era secretário da Educação de Manaus”

– Boa noite!
– Boa viagem, disse eu!

Responder

Messias Franca de Macedo

25/03/2016 - 01h41

Líder do DEM, Pauderney Avelino é condenado a devolver R$ 4,6 milhões

De acordo com o Tribunal de Contas do Estado, Pauderney Avelino teria superfaturado contratos quando era secretário da Educação de Manaus

postado em 23/03/2016 10:07
Conteúdo Estadão

Brasília – O líder do DEM na Câmara dos Deputados, Pauderney Avelino (DEM-AM), foi condenado pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) a devolver R$ 4,6 milhões aos cofres públicos do Amazonas e multado em R$ 23 mil. A acusação é de que Pauderney, no período em que era secretário da Educação de Manaus, teria superfaturado contratos de imóveis alugados pela prefeitura para a instalação de escolas. A decisão foi divulgada na última quarta-feira, dia 16, e está suspensa até hoje devido a apresentação de embargos pela defesa do parlamentar.
(…)
Pauderney Avelino atuou como secretário municipal de Educação, na gestão do ex-prefeito Artur Neto (PSDB) no período de janeiro a dezembro de 2013. Já o ex-secretário Mauro Lippi foi titular da pasta na gestão do ex-prefeito Amazonino Mendes, na época do PTB e hoje do PDT, em 2012.

FONTE [LÍMPIDA!]: http://www.em.com.br/app/noticia/politica/2016/03/23/interna_politica,746477/lider-do-dem-pauderney-avelino-e-condenado-a-devolver-r-4-6-milhoes.shtml

Responder

Messias Franca de Macedo

24/03/2016 - 23h55

EU JURO!
E DE PÉS JUNTOS!

Há cerca de uma hora, eu fui acometido de uma crise paroxística de gargalhadas!
“Foi tanto” que quase eu não estaria mais aqui: pensei que iria morrer!
Traduzindo:
coloquei uma máscara e um óculos antissépticos, passei repelente no corpo inteiro, vedei as narinas, e lá fui zapear a porra do ‘Jornal das Dez’ somente para ver aquela turma falar do caranguejos do Listão das propinas da Odebrecht…
Mas, que nada!
No entanto, valeu:
o estúdio do Projac [pseudo]jornalístico estava mais tétrico do que nunca!
Parecia um cemitério!
No protagonismo da esculhambação a ‘Maria Leilane Leubarth Louca’ mais aloprada e em polvorosa do que nunca – mal conseguia achar a câmera, totalmente desnorteada…
O MERDAL Pereira &$ o Gerson ‘Cama(ar)rotti’ ‘O Arrotador-mor dos Marín(ho) completavam a lástima televisiva!
Merdal chamou um diplomata do Itamaraty de sujeito aloprado e outros covardes impropérios!
O ‘Cama(ar)rotti concordando com o MERDAL na tese esdrúxula e canalha de que “o impeachment não é golpe porque o STF já definiu o rito do processo”!
Será que esse pessoal não se toca em relação ao ridículo que protagonizam?!
Lá pra não sei das quantas a Leilane – a âncora na edição de hoje do “telejornal” – tirou não sabemos de qual tumba um ranking onde aparecem celebridades mundiais incluindo bilionários a artistas passando, pasme, pelo sérgio ‘mor(T)o’, não sabendo a Leilane que o “juiz” psicopata está com passagem destino Antártida ou Sibéria…
Enfim, uma coisa horrenda!…

***

Mas havia um caranguejo no neio da redação do Projac:
A âncora ‘Maria Louca’ [A Leilane Neubarth] notícicia com pesar do rosto lívido e olhar catatônico:
“Líder do DEM, Pauderney Avelino é condenado a devolver R$ 4,6 milhões
De acordo com o Tribunal de Contas do Estado, Pauderney Avelino teria superfaturado contratos quando era secretário da Educação de Manaus”

– Boa noite!
– Boa viagem, disse eu!

Responder

    Messias Franca de Macedo

    24/03/2016 - 23h58

    … Até ‘ontem’ o caranguejo abaixo apontava os dedos IMUNDOS para a honrada presidente Dilma Rousseff e o honesto [eterno] presidente Lula

FrancoAtirador

24/03/2016 - 23h44

.
.
Gilmar Serra ou Aécio Mendes?
.
“Não estou proibido de conversar com Serra, nem com Aécio”‘, afirma Gilmar Mendes (BBC)
.
Não. Gilmar só é Suspeito em Processos relacionados ao PT e ao PSDB, no STF e no TSE.
.
.
(http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/03/160321_gilmar_mendes_entrevista_ms_rb)
.
.

Responder

Hell Back

24/03/2016 - 22h11

Sr. Athos, está certo que certos nomes não têm condições de serem ministros do STF, como foi por exemplo a ministra Rosa Weber mas, independente que quem fosse nomeado, agiria da mesma forma por causa da massacrante “opinião pública” moldada pelos meios de comunicação que usaram a velha fórmula utilizada pelos nazistas na Alemanha da Segunda Guerra Mundial: ” Uma mentira contada mil vezes, se transforma em uma verdade”.

Responder

Hell Back

24/03/2016 - 21h45

Cida Jube, isso já está resolvido. O Moro parte para planos mais elevados. Vai ser candidato a presidência.

Responder

Samuel Souza

24/03/2016 - 21h37

Extrapolou?? Quaquaqua. Esse pig é mesmo um cagão. Fosse o estado comatoso um jornal sério!!!
http://cartamaior.com.br/?/Editoria/Midia/Imprensa-internacional-denuncia-o-golpe-no-Brasil/12/35784

Responder

Julio Silveira

24/03/2016 - 20h16

Espero que essa “extrapolação” ilícita seja vista e punida com o mesmo rigor que ele costuma dedicar a seus réus. E que o espírito corporativo que habita o judiciário não transforme o crime institucional cometido por ele, quando for buscado um reparo, numa forma de impunidade do tipo todos por um é um por todos. Já que o que se diz é que todos devem se submeter ao peso das Leis, mas principalmente aqueles que se propuseram a serem a representação delas.

Responder

    Hell Back

    24/03/2016 - 21h54

    A “justiça” nos tempos modernos serve mais como uma das inúmeras formas de controle social. A “justiça” serve somente aos que pertencem à elite.

FrancoAtirador

24/03/2016 - 18h00

.
.
E a Ajufe, que achou Normal a Extrapolação da Constituição pelo Fascista do Paraná,
.
agora vem reclamar das Agressões dos Fascistas ao Ministro do STF Teori Zavascki .
.
(http://jornalggn.com.br/noticia/ajufe-repudia-ataques-e-intimidacoes-contra-zavascki)
.
.

Responder

roberto

24/03/2016 - 15h52

Será?! Puxa, como essa “alta cúpula” é perspicaz, eu nem havia percebido que ele extrapolou…

Responder

FrancoAtirador

24/03/2016 - 15h46

.
.
É. Mas há pelo menos 5 [email protected] do STF que já disseram
.
que o Impíxi Comandado por Eduardo Cunha não é Golpe.
.
.

Responder

Deixe uma resposta