Flash ad ID:10

PATROCINE O VIOMUNDO

SOMOS 31.817 FAÇA PARTE !

Flagrantes de uma política social

publicado em 23 de janeiro de 2012 às 19:11

As fotos são do UOL.

No alto, a Polícia Militar pratica a política social dos tucanos em São Paulo (foto Fernando Donasci); foi assim na USP, na cracolândia e, agora, em São José dos Campos, na reintegração de posse do terreno ocupado pelo bairro Pinheirinho. Não há nenhum motivo para que a política social de um governo seja entregue, ainda que por inércia ou incompetência, a policiais.

Abaixo, Claudineide da Silva, que sofre de câncer de mama, é acomodada em um colchão depois de passar a noite em uma cadeira de rodas (foto Rodrigo Paiva).

É incrível que 70 anos tenham se passado e a questão social, no Brasil, continue sendo caso de polícia:

“Questão social é caso de polícia.” Assim o ex-presidente brasileiro Washington Luís resumiu a postura que adotava contra os incipientes movimentos sociais que incomodavam seu governo, de 1926 a 1930. Passados mais de 70 anos do célebre disparate, o que vemos é que grande parte da imprensa brasileira ainda pensa tal qual o proeminente ícone da República Velha.

 

54 Comentários para “Flagrantes de uma política social”

  1. qua, 04/04/2012 - 19:45
    Pitagoras

    Polícia Militar e Polícia Civil. Qual a pior?
    tâmo mais é lascadu, cumpadi!

  2. qui, 09/02/2012 - 18:15
    Douglas

    Isso ainda vai dá sabe em que? http://www.youtube.com/watch?v=gPUjPyuTdWk .

  3. qui, 26/01/2012 - 13:46
    maria do carmo

    A resposta ao alkimin kassab e prefeito de sao jose e nas urnas nao merecem nossos votos,e tudo pelo poder.
    Imaginem esses arrivistas unidos com nagi nahas criminoso companheiro do banqueiro ladrao daniel dantas. que o delegado protogenes acabou punido e os bandidos soltos, pelo ministro gilmar mendes, reflitam… O povo trabalhadores construiram casa de alvenaria com sacrificio, verem destruidas com moveis e eletrodomesticos que nao acabaram de pagar, sairem a pancadas com criancas, idosos e deficiente com a roupa do corpo, hoje sao eles, amanha podera se voce das classes a-b-c, isso envolve poiticos, milionarios criminosos, pig, policia e justica , desrespeitam o governo federal que nao aceitam essas barbaries, essa gang nao tem limites, acordem.

  4. qui, 26/01/2012 - 13:11
    maria do carmo

    A resposta ao alkmin,kassab, prefeitode sao jose e nas urnas, nao sao dgnos de respeito emuito menos dos nossos votos.

  5. qui, 26/01/2012 - 13:08
    maria do carmo

    A resposta ao alkmin,kassab, prefeito de sao jose e nas urnas,nao sao dignos de respeitos, e tudo pelo poder.
    Imaginem esses arrivistas, macumunados com nagi nahas companheiro de cela de daniel dantas o banqueiro ladrao,que o delegado protogenes acabou punido, e os bandidos liberados pelo ministro gilmar mendes, analisem e reflitam… As familias em casas de alvenaria construidas com sacrificio, foram destruidas com moveis e eletrodomesticos sendo que muitos nao acabaram de pagar e expulsos a pancadas com criancas, deficientes e idosos com a roupa do corpo. Hoje sao eles amanha, podera ser voce das classes a-b-c, porque isso envolve politicos,milionarios criminosos, pig, policia e justica , essa gang nao tem limites, reaja nas urnas.

  6. ter, 24/01/2012 - 20:23
    Abolicionista

    Morte à PM!!!!

  7. ter, 24/01/2012 - 16:09
    Democracia!

    Reintegração "Dor e Sofrimento".

  8. ter, 24/01/2012 - 14:19
    Pancho Villa

    Todo ano a polícia brasileira, não apenas de São Paulo, dá ensejo a uma nova Canudos. A República ainda não chegou ao Brasil.

  9. ter, 24/01/2012 - 14:02
    Tunganos nunca mais

    Isso é neo-nazismo, crime contra a humanidade! Tribunal de Haia para o tucanato paulista!!!

  10. ter, 24/01/2012 - 13:42
    Flávio Nóbrega

    Mais uma estrela para "engrandecer" o o brasão de armas da polícia bandeirante!

  11. ter, 24/01/2012 - 11:42
    Gerson Carneiro

    Será que a revista CARAS vai liberar os padres Marcelo Rossi e Antônio Maria para uma visita aos desvalidos do Pinheirinho?

    • ter, 24/01/2012 - 15:17
      Luci

      Gerson pelas entrevistas de apoio à Cracolândia, USP, agressão á professores há muitas pessoas moralmente e intelectualmente envolvidas no lamentável ataque ao Pinheirinho.
      Nos tempos de Dom Paulo Evaristo Arns isto jamais aconteceria, ele tinha autoridade moral e intelectual e seus irmãos não seriam jogados à rua.

  12. ter, 24/01/2012 - 11:25
    FrancoAtirador

    .
    .
    República Velha, sob a vigência da Constituição de 1891.
    .
    .
    CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA DOS ESTADOS UNIDOS DO BRASIL
    (DE 24 DE FEVEREIRO DE 1891)

    TÍTULO IV
    Dos Cidadãos Brasileiros

    SEÇÃO I
    Das Qualidades do Cidadão Brasileiro

    Art 70 – São eleitores os cidadãos maiores de 21 anos que se alistarem na forma da lei.

    § 1º – Não podem alistar-se eleitores para as eleições federais ou para as dos Estados:

    1º) os mendigos;

    http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Constituicao

    • ter, 24/01/2012 - 13:07
      FrancoAtirador

      .
      .
      Ou quem sabe São Paulo ainda está sob as ordens imperiais,

      na vigência do Decreto 3029 (Lei Saraiva), promulgado em 1881,

      que concedia o direito de voto exclusivo aos cidadãos

      que tivessem uma renda mínima de 2 mil réis !!!
      .
      .
      Decreto n. 3029 de 9 de Janeiro de 1881

      DOS ELEITORES.

      Art. 2º E' eleitor todo cidadão brazileiro,
      nos termos dos arts. 6º, 91 e 92 da Constituição do Imperio,
      que tiver renda liquida annual não inferior a 200$
      por bens de raiz, industria, commercio ou emprego.

      http://www.livrosgratis.com.br/arquivos_livros/bd

  13. ter, 24/01/2012 - 11:10
    Marcelo de Matos

    (parte 2) Meu empenho em discutir a questão sem paixões é porque outras ocupações surgirão. Há vários fatores que concorrem para isso: 1) o déficit de moradias; 2) a falta de planejamento familiar; 3) o inchaço das cidades devido à monocultura (teremos muito mais investimento na formação de canaviais); 4) o oportunismo de pessoas que nem precisam de residência, mas, participam de invasões com objetivo de lucro. É preciso discutir o problema das ocupações sem paixão política. As pessoas começam a invadir áreas ribeirinhas e os fiscais das prefeituras não têm como impedi-lo. Aí surgem as tragédias que consomem dezenas de vidas e milhões de reais. Está faltando uma coordenação dos três poderes para resolver as questões das ocupações de terras. Se continuar ao alvedrio de prefeituras e do Judiciário boa coisa não teremos. O Pinheirinho é um exemplo eloquente disso.

    • ter, 24/01/2012 - 12:34
      Marcelo de Matos

      Está faltando uma coordenação dos três poderes… Na verdade, eu quis dizer que está faltando coordenação das três esferas de governo: municipal, estadual e federal.

  14. ter, 24/01/2012 - 11:10
    Marcelo de Matos

    (parte 1) Se fosse possível falar alguma coisa em meio ao turbilhão das paixões e do maniqueísmo político, da dicotomia esquerda/direita, PT/PSDB, poderíamos tentar uma análise do que aconteceu. “O maior impasse entre as esferas do governo está nas mãos da prefeitura de São José dos Campos, que se recusa a inscrever a ocupação no Programa Cidade Legal, o primeiro passo para a regularização da área”, dizia o portal R7 em 22 deste. É claro que houve falha nas negociações porque esse desfecho poderia ter sido evitado. Pode ter havido conluio entre a prefeitura e o proprietário e até a presteza do Judiciário em conceder a reintegração é suspeita. As reintegrações costumam demorar bem mais. O certo é que por mais antitucano que eu seja não sou capaz de culpar o Alckmin pelo que aconteceu. Havia uma ordem judicial e o Executivo tinha o dever de cumpri-la. Quando a Erundina era prefeita de São Paulo houve uma invasão de terreno do INSS junto à Estrada das Lágrimas. Não houve reintegração e o local virou um favelão.

  15. ter, 24/01/2012 - 10:55
    Luci

    Mostre os dados sobre saúde, educação, moradia, expectativa de vida de seu povo e direi quem voce é como governante, quais suas prioridades, e como age a justiça em seu país. !!!!!!!!!

  16. ter, 24/01/2012 - 10:43
    Maria

    A administração pública precisa ser transparente, nós pagamos impostos e temos o direito de exigir que os documentos sobre esté imóvel sejam apresentados à população. O que justifica esta ação truculenta? Qual a origem da disputa? Qual a origem de "propriedade" e demais transações?
    Transparência, para o poder público e fim do poder de uma pessoa decidir sobre invasão/reintegração policial a terreno onde habitem 9000 famílias que foram jogadas à rua pela Justiça!
    Que as entidades da sociedade civil denunciem a OEA, como sugeriu Prof. Comparato em mensagem ao CA.

  17. ter, 24/01/2012 - 10:30
    Maria

    A reintegração após 08 anos de ocupação de moradores, demonstra como está cristalizada e garantida pelo poder público a especulação imobiliária, o poder político e econômico de especuladores, banqueiros, empresários, empreiteiros, latifundiários e corruptos (ricos) que recebem benesses do poder público.
    Nagi Nahas é um megaespeculador, afronta as leis do país.
    Esta reintegração revela que a Justiça está sim com sérissimos problemas, e não está em sintonia com as necessidades do povo, ou este país está inaugurando democracia sem povo?

  18. ter, 24/01/2012 - 10:23
    Fernando

    Eu entendo a intenção de poupar o governo de Pernambuco, que é amigo, ainda mais nesse momento que o Nordeste é a nova maravilha; mas ignorar por completo o que a PM de lá fez com a manifestação dos estudantes contra o aumento das passagens de ônibus já é demais.

    Tão com o povo ou não?

  19. ter, 24/01/2012 - 9:28
    José Roberto

    Na Eduardolândia(Pernambuco) temos também uma eficiente política social que manda a polícia "dialogar" com os estudantes que protestam por causa do aumento das passagens.

  20. ter, 24/01/2012 - 8:02
    Gerson Carneiro

    Tribunal de Justiça de São Paulo se encarregou de trocar a fralda do Geraldo Alkmin.

  21. ter, 24/01/2012 - 7:58
    Gerson Carneiro

    Tribunal de Justiça de São Paulo emite nota para inocentar Geraldo Alckmin

    O Tribunal de Justiça de São Paulo divulgou uma nota, na tarde desta segunda-feira, em que afirma que a responsabilidade da operação de reintegração do bairro Pinheirinho, é da Justiça, e não do governo estadual.

    A nota informa que a ação da PM –com cerca de 2.000 policiais, inclusive da Tropa de Choque– foi comandada pela presidência do Tribunal de Justiça até o cumprimento da ordem.

    "O Executivo do Estado, como era dever constitucional seu, limitou-se à cessão do efetivo requisitado pelo Tribunal de Justiça", afirma o comunicado.

    É um conluio. Todo mundo viu a juíza da 6ª Vara Cível de São José, Márcia Mathey Loureiro, em Pinheirinho, a frente das trocas da PM.
    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/1038546-tj

    • ter, 24/01/2012 - 17:18
      del39

      absurdo. na hierarquia da PM, a cabeça é o governador!
      se Alckmin aceita declaração desse tipo, ele admite que perdeu o controle.
      pede pra sair, zero-dois!

    • ter, 24/01/2012 - 17:48
      Antonio Cavalcanti

      A postura omissa de bunda-mole desse Ministro da Justiça (Zé Mané Cardoso) do governo Dilma mostra bem que tem muito 'fanfarrão' ali… além de tudo há o decrépito Suplicy negociando o que não pode garantir (dos tucanos não se poderia esperar outra coisa mesmo a não ser o comportamento nazi-fasci)… o Ministro das Cidades é um cagão… do Judiciário nunca se pode esperar mais do que conivência histórica com o autoritarismo… da Policia Militar do Estado de São Paulo (Lealdade e Constância ao Golpe anti-democrático de 1964 – vide 18ª estrela do Brasão de Armas – não se pode esperar nada além de massacres – é a característica dessa corporação de apoio nazi-fasci)… das representações religiosas de hoje em dia (todas) não esperem mais do que orações… (foi o tempo em que bispos e monjes se expunham para salvar não só as almas, mas também as vidas dos fiéis)… PT, PSDB, PMDB e tantos outros Ps são tudo farinha do mesmo saco… Os jornalistas, mesmo grande parte dos que se demonstram 'engajados', têm transparecido estarem mais preocupados com esse ou aquele segmento partidário que tem ficado, no mais das vezes, acima do esclarecimento rumo à verdade… Está na hora de quem tem consciência fazer uma reflexão acerca do quê fazermos para nos transformarmos em uma República e Democrática…

  22. PINHEIRINHO RECORRE AO SUPREMO!

    A Associação Democrática por Moradia e Direitos Sociais de São José dos Campos, que representa os moradores do Pinheirinho, impetrou Mandado de Segurança no Supremo Tribunal Federal (STF), na noite de ontem (23), pedindo a suspensão imediata da operação de reintegração de posse iniciada no dia 22.

    No pedido, a Associação requer que o STF reveja decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que decidiu que a competência para julgar o processo de reintegração é da Justiça Estadual e não da Federal.

    Os moradores também solicitam que o STF reconheça que a União é parte do processo, o que faria com que a Justiça Federal tivesse competência para julgar o caso. A reintegração aconteceu por ordem da Justiça Estadual, enquanto a Justiça Federal havia tomado decisões no sentido de que a desocupação da área não fosse realizada.

    O caso está nas mãos do presidente do STF, ministro Cézar Peluso, que pode decidir sozinho ou aguardar o fim das férias forenses, em 02 de fevereiro, para que Pleno do Supremo decida sobre o assunto.
    ———————————————————————————-
    Essa informação está nos principais jornalões do país; eu só dei uma melhorada no texto (rsrsrs)

  23. ter, 24/01/2012 - 5:55
    Yarus

    PM ataca moradores em alojamento cedido pela própria prefeitura.
    [youtube nH3OBLdJYTE&feature=player_embedded http://www.youtube.com/watch?v=nH3OBLdJYTE&feature=player_embedded youtube]

    "Forças de choque da Polícia Militar atacando o interior do alojamento cedido pela própria Prefeitura de São José dos Campos para abrigar moradores desocupados do Pinheirinho. No alojamento provisório estavam famílias inteiras, crianças, idosos e pessoas portadoras de necessidades especiais. Uma criança foi levada carregada para a ambulância que estava montada em uma tenda enquanto os policiais continuavam a jogar bombas em direção aos moradores."

  24. ter, 24/01/2012 - 5:17
    Abolicionista

    Eu já cansei de apelar para os direitos humanos e à solidariadade do PT. Da última vez que esses covardes tomaram o poder nós fomos às armas e arrancamos eles de lá. Eu posso até morrer enfrentando essa corja, mas garanto que levo meia dúzia comigo. Não acredito em policial militar inocente e em bom policial, quem se submete a participar de uma corporação que pratica política de extermínio merece a morte, pura e simplesmente. E salário não é desculpa. Muitos nazistas também estavam "apenas trabalhando". Morte a essa corja! Vamos ver se eles ficam tão corajosos quando o sangue deles também estiver correndo!

  25. ter, 24/01/2012 - 1:39
    Luci

    Embaixo da Toga. No Palácio dos BANDEIRANTES: Copa Mundial de desumanidade é aqui.

  26. ter, 24/01/2012 - 1:06
    Justiça!

    A realidade é que votamos temporariamente, pagamos impostos (altíssimos) e as instituições públicas não funcionam para o povo pobre, e não tem celeridade para resolver questões desta dimensão. A velocidade são para mega eventos e para os milionários, para os pobres a morosidade é a prática. Isto é violência.
    http://g1.globo.com/videos/sao-paulo/sptv-2edicao
    Michel Silveira, agente de sáude da Prefeitura de São Paulo ficou preso ficou preso 02 meses (natal e ano novo), acusado de roubo a mão armada.No dia do crime ele trabalhava e a noite foi á escola- há gravações de vídeo. http://g1.globo.com/jornal-da-globo/noticia/2012/

  27. ter, 24/01/2012 - 0:22
    Maria

    Cruel, chocante, revoltante.

  28. ter, 24/01/2012 - 0:21
    Maria

    Estou coma dra Eliana Calmon. Verdades reveladas e o povo perseguido nas ruas. Abaixo estruturas que não permitem mudanças em estruturas arcaicas que mantém privilégios das oligarquias coronelistas da direita que o sociólogo Boaventura Souza Santos denuncia.
    Verdades reveladas e truculência contra o povo pobre, vitima de descasos e privilégios para a minoria da elie má e perversa, que domina há 512 anos de chicotinho nas mãos. De Palmares a Canudos é a mesma tática.

  29. seg, 23/01/2012 - 23:39
    Marcio H Silva

    “Questão social é caso de polícia.” Assim o ex-presidente brasileiro Washington Luís resumiu a postura que adotava contra os incipientes movimentos sociais que incomodavam seu governo, de 1926 a 1930.

    E o que culminou este pensamento elitista? a revolução de 30 com Getulio, que fez um bem enorme aos trabalhadores da época.

    No regime militar, por falta de lei garantidoras da liberdade, o que surgiu, os grupos paramilitares que foram lutar contra a falta de liberdade. Tamos quase tendo que fazer isto de novo. estes Governos estaduais que
    estão aí tá provocando esta situação. Enquanto não tiver um movimento popular forte, eles continuarão a fazer o que bem quiser, do jeito que quiser…..

  30. seg, 23/01/2012 - 22:20
    Marcos C. Campos

    o mais provável: http://www.cartacapital.com.br/sociedade/naji-nah

  31. seg, 23/01/2012 - 22:04
    Maria

    Esta foto deve ser afixada na porta dos gabinetes das autoridades deste país.É de emocionar, é revoltante, é paralisante. O que fizeram com o povo deste país? É preciso sair dos gabinetes refrigerados e governar junto com o povo.Sem marketing com a verdade e a justiça.

  32. seg, 23/01/2012 - 21:56
    Luci

    É o fim do modelo da sociedade capitalista que consome para ser classficada como classe média> Consome o que? Produtos para os capitalistas acumularem riqueza. Nós precisamos de respeito á dingidade humana de justiça social, de respeito aos direitos humanos, de Políticas Públicas que garantam acesso a direitos sociais básicos, fim da corrupção. Quem está no chão somos nós. A cidade não é do grupo que domina politicamente a cidade é de todos nós. Esta senhora expõe a desumanidade a que fomos submetidos ela, com sua doença gravíssima e todos nós. Todos nós. Não voto em mais ninguém.Não vendo esta imagem que lembra o Navio Tumbeiro. É a escravidão contemporânea explorar e enriquecer, e tratar o povo como sub cidadõ.Basta. Que modelo de sociedade é este com ações semelhante às do regime do apartheid.
    Por uma outra globalização, que inclua todos.Prof. Milton Santos.

  33. Apesar da lei, do Poder e das sentenças dos juízes, eu creio na Justiça!

    Não os perdoem: eles sabem o que fazem!
    Ao povo do Pinheirinho!
    Gerivaldo Neiva *

    Para o governador, a culpa é da Justiça.
    Para toda imprensa, a Justiça determinou, mandou, decidiu, despejou…
    Para o Juiz que assinou a ordem, cumpriu-se a Lei e basta: Dura lex sede lex!
    Para catedráticos cheirando a mofo, o Estado de Direito triunfou!
    Para o Coronel que comandou, ordens são ordens!
    Para o soldado que marchou sobre os iguais, idem!

    Ei, Justiça, cadê você que não responde e aceita impassível tantos absurdos?
    Não percebes o que estão fazendo com teu nome santo?
    Em teu nome, atiram, ferem, tiram a casa e roubam os sonhos e nada dizes?
    Tira esta venda, vai!
    Veja o que estão fazendo em teu nome! Revolte-se!
    E o pior dos absurdos: estão dizendo teus os atos do Juiz e do Poder que ele representa!
    Vais continuar impassível?
    E mais absurdos: estão te transformando em merdas de leis.
    Acorda, vai?
    Chama o povo, chama o Direito das ruas e todos os oprimidos do mundo e brada bem alto:
    - Não blasfemem mais com meu nome! Não sou o arbítrio e nem a ganância! Não sou violenta, nem cínica e nem hipócrita? Não sou o poder, nem leis, nem sentenças e nem acórdãos de merda!
    Diz mais, vai! Brada mais alto ainda:
    - Eu sou o sonho, sou a utopia, sou o justo, sou a força que alimenta a vida, sou pão, sou emprego, sou moradia digna, sou educação de qualidade, sou saúde para todos, sou meio ambiente equilibrado, sou cultura, sou alegria, sou prazer, sou liberdade, sou a esperança de uma sociedade livre, justa e solidária e de uma nação fundada na cidadania e dignidade da pessoa humana.
    Diz mais, vai! Conforta-nos:
    - Creiam em mim. Um dia ainda estaremos juntos. Deixarei de ser o horizonte inatingível para reinar no meio de vós! Creiam em mim. Apesar da lei, do Poder Judiciário e das sentenças dos juízes, creiam em mim e não perdoem jamais os que matam e roubam os sonhos em meu nome, pois eles sabem o que fazem!

    * Juiz de Direito (Ba), membro da Associação Juízes para a Democracia (AJD) http://www.gerivaldoneiva.com/2012/01/apesar-da-l

    • ter, 24/01/2012 - 12:13
      FrancoAtirador

      .
      .
      DISSE TUDO !!!
      .
      .

    • ter, 24/01/2012 - 12:45
      Leirbag Said

      As utopias são necessárias…. A esperança é necessária…. São elas que matêm e renovam nossos sonhos a cada geração de jovens idealistas, e velhos imaturos que teimam em ser jovens, e, revolucionários… E a maioria adere à desesperança, ao egoísmo, à indiferença ou ao cnasaço de vida já aos trinta anos Para desespero da opressão entretanto, as utopias sobrevivem….

    • Belo artigo, mas o autor deve estar sofrendo muito, justamente pelo que vê todos os dias, porque a justiça da Bahia é o mais claro exemplo a NÃO ser seguido.. Bahia é onde está o metrô de 1 bilhão que não sai do lugar. A última justificativa de quem deveria fazer cumprir a lei é de que faltava barbante para amarrar o processo e por isso ele estava parado.. Bahia é o único estado onde os cartórios são públicos, você leva, em média, 3 horas para reconhecer uma firma… e por aí vai, existem milhares de exemplos.. No Brasil em geral, e na Bahia em especial, os juízes desprezam a lei..

  34. seg, 23/01/2012 - 21:43
    Zé Brasil

    Sem qualquer pecha racista ou de preconceito de qualquer espécie, mas eu seria capaz de apostar que muitos braços cor de terra armados até os dentes vieram da beira do valão, do córrego de língua negra. Um dia lhes disseram: – agora vocês são autoridade e desalojem-se a sí mesmos da beira de seus valões, de seus córregos e de seus guetos nem que para isto seja necessário a força letal e total na calada da noite, na impunidade da madrugada. Algozes de sí mesmos, eternos prisioneiros de suas consciências, inexorável, sem perdão.
    Eldorado do Carajás, Pinheirinho, Capão Redondo… quantas mais?

    • ter, 24/01/2012 - 1:31
      Joaquim

      Existem duas elites no Brasil: a "elite puro-$angue", aquela que vive encastelada no seu mundo de riqueza, poder e posses, e que está alheia ao que acontece no Brasil real, normalmente sendo alimentada pela grande mídia que apenas legitima e fomenta sua "visão de mundo". E a "elite vira-lata", aquela formada por gente tão pobre ou classe média quanto os que ela critica, mas que não se envergonha de lamber as botas da elite puro-$angue como se isso fosse faze-la entrar para o seleto clubinho. Normalmente, também é alimentada pela grande mídia, mas não tem visão de mundo. Sua visão é emprestada dos puros-$angues. Qual a pior? Sinceramente, não sei.

  35. seg, 23/01/2012 - 21:02
    João-PR

    Bem lembrado, na Tucanolândia "questão social é caso de polícia". Vale lembrar das políticas higienistas, tão em voga na República de Piratyninga.

  36. seg, 23/01/2012 - 20:54
    Dom Pedrito

    Nos tempos da ditadura as polícias civil e militar batiam nos grevistas taxando-os de vagabundos. Hoje cansamos de ver ambas as polícias na grita por salários justos e fazendo greves para isso. Até milico galonado já andou fazendo greve branca por melhores soldos. O tempo é o senhor da razão. No futuro veremos muito mais. A classe média na Europa e EUA já está acampando em praças públicas porque ficaram sem casas. O que será que falta para que muitos cabeçudos entendam a dinâmica da história?

  37. seg, 23/01/2012 - 20:19
    Carlos

    Afinal, aquele povo só serve para fazer política?

  38. seg, 23/01/2012 - 20:18
    Carlos

    Flagrante :

    Secretário da Presidência baleado no Pinheirinho critica governo de SP

    Ele disse que tentou se identificar para policiais com cartão da Presidência da República, mas foi recebido com armas apontadas. “Eu afirmo aqui, com toda a sinceridade, que não houve nenhum tipo de provocação por parte daquelas pessoas”, assegurou o secretário, que conversava com moradores no início dos disparos da polícia.

    “Pelas costas, eu recebi tiros dados pela tropa de choque, que foram atingidos na perna, uma coisa bastante dolorida”, relatou Maldos, que afirmou que em anos de militância, inclusive durante a ditadura militar, nunca tinha sofrido uma agressão dessa natureza.

    Fonte : Terra

    Quem ainda não perdeu de vez a esperança espera um pronunciamento de Dilma . Pelo jeito ela prefere cuidar de assuntos mais importantes. A gente desculpa. Afinal, ser Presidente é ocupação total do tempo. ELa certamente vai deixar terceirizado o seu sentimento a respeito. Afinal, ela logo deve se encontrar com Alckimin novamente. E este sim é importante.

    Sinceramente, política não é para gente que tem boa índole. É preciso ser falso, trair, fingir, etc. Coisas que não fazem parte de mim.

    Flagrante também da falta de atitude de uma presidente. Ela não tem lado, claro. Só espera que os outros fiquem ao lado dela de qualquer modo, sem critérios , sem opinião.

    Aquela gente é só um detalhe ? A política acima das pessoas ?

    Pra mim não serve. Tem quem aprecie… ah, sempre tem.

    • ter, 24/01/2012 - 19:02
      Maria

      Carlos o silêncio as vezes é uma tortura. Governar com o povo e para o povo é o desafio do século em todas as Nações do mundo, é um sonho de quem ainda não chegou.
      A representação parlamentar nos desilude, não promove, não renova e utilizam o poder em benefício próprio dos parentes e amigos, o nepotismo é um grande partido e negócio – são as COTAS da elite.
      Aqui a economia está acima do ser humano, o dinheiro constróe castelos para que lá planejem como manter seus privilégios e poder político, voce tem razão .."tem quem aprecie…ah sempre tem".
      Não seja pessimista, nem otimista , mas mantenha a fé.É dificil estou nesta encruzilhada, chorando, humilhada, decepcionada, mas e os que dependem de nossa luta.Sigamos, não podemos nos dispersar. Voce já assistiu este vídeo? http://www.youtube.com/watch?v=-UUB5DW_mnM

  39. seg, 23/01/2012 - 19:53
    André

    Onde estavam os "progressistas" para se indignar com a ação das polícias militares do PIAUÍ, PERNAMBUCO e ESPÍRITO SANTO durante a repressão e espancamento dos que se manifestavam contra a elevação da passagem de ônibus?

    Nesses três estados, a polícia socialista/petista DESCEU O SARRAFO NOS JOVENS! Balas de borracha, bombas de efeito moral, bombas de gás lacrimogênio, cassetetes, spray de pimenta etc, teve até estudante ficando cego.

    Repito: onde se escondeu a indignação dos "progressistas"?

    Detalhe: Ao contrário de SP. o porrete esquerdista no PI, PE e ES funcionou sem ordem da justiça, mandaram bater gratuitamente!

  40. seg, 23/01/2012 - 19:32
    Antônio

    Essa postura nazista do governo de São Paulo é pertubadora. Cadê a Ministra dos Direitos Humanos?

  41. seg, 23/01/2012 - 19:18
    francisco niteroi

    a foto da senhora com cancer corta o coração. É PRA ISSO QUE SOMOS UMA NAÇÃO?

Comentar